O que todo jovem, todo adulto, enfim, todo brasileiro precisava pensar…

xxxx

Artigo em construcao, inspirado no artigo do IBGE:

https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-quem-somos.html

PNAD Contínua: 10% da população concentravam quase metade da massa de rendimentos do país em 2017

O que todo jovem, todo adulto, enfim, todo brasileiro precisava pensar…
No que significa estar vivendo neste pais chamado Brasil? O que e’ ser “brasileiro”.?
Acho que cada pessoa que pensar nisso com energia sabendo que tem uma resposta e que so ele ou ela pode encontra-la, cada um vai encontrar uma resposta so sua, com alguma minima diferenca de todas as outras 200 milhoes de crencas. Pois isso depende do nivel de informacoes globais que cada pessoa tem, depende da visao especifica dela sobre o mundo e nossa existencia nele, a qual determina como cada pessoa interpreta cada fato real, cada evento, cada fenomeno natural, de uma planta ao vento, da sua experiencia intima de vida, etc.
Seria uma grande ideia as escolas tirarem um dia para por esse tema como redacao, e depois debaterem as diferentes respostas. Acho que no final da aula, a maioria dos alunos sairia com a sua resposta diferente da sua resposta que ele escreveu na redacao. E isso seria muito bom para se ir aparando as diferencas, os conflitos com os outros na nossa relacao social.
Por exemplo, vou explicar resumidamente qual a minha resposta atual.
Ser brasileiro e’ antes de mais nada, ser socio-proprietario de tudo que existe como bens, terras, capital, etc., de uma especie de empresa capitalista, chamada Brasil. O nome “socio-proprietario” tem sido trocado pelo nome “cidadao”.
Ora, os socios-proprietarios tem direitos sobre a empresa, mas tem tambem deveres para com os outros socios-proprietarios. Ou seja, ser cidadao brasileiro e’ ter direitos no Brasil, do Brasil, e deveres com os outros cidadaos. Os direitos fundamentais, a meu ver, comecaria pela propriedade da terra: no inicio quando se resolve constituir um pais, deve-se conhecer a terra toda, destacar a terra agriculturavel, mineralizavel, etc., contar o numero de socios e dividir estas terras em partes iguais. Muita gente ja vai torcer o bico aqui, principalmente os que tem mais terra do que a cota comum, e para estes eu respondo: ” Ok, voce nao quer assim? Voce quer que os tamanhos de terras sejam desiguais, que uns tenham terra e outros nao? Tudo bem, se voce ficar com terra nenhuma ou um pedaco menor que a cota comum, porque eu quero a minha cota. Se pensas que vais avancar na minha cota, nao vamos fazer negocio nenhum, nao vai ter sociedade, nao vai ter empresa, pais. So vaI ter uma alternativa: a guerra. Pois sei que voce nunca vai descansar na vida de olho na minha terra, e eu na sua.”
Mas… ja comecaram o Brasil a 500 anos atras, o Brasil era uma biosfera no estado de caos, desordem, os animais se comiam. os humanos que chegaram aqui vieram de uma origem igual, de uma terra de caos, desordem, enfim, eram e ainda somos filhos do caos. Portanto, nao temos a natureza para fazer coisas com perfeicao e isto comeca com os tipos de regimes, de sistemas sociais que criamos, seja monarquia, feudalismo, capitalismo, comunismo, e’ tudo produto vindo do caos. Todos estes sistemas sociais imitam exatamente o sistema social dos nossos ancestrais animais na selva, salvo pouquissimas evolucoes, como por exemplo, o contrato social que produziu o cuidado dos idosos, chamado “aposentadoria”. Os nossos antepassados indios sem esse contrato, quando as pessoas chegam a velhice ela tem a obrigacao de sair da aldeia e ir morrer sozinha no mato.
Portanto, a posse da terra comecou toda errada e agora parece nao ter mais solucao para quem deseja a perfeicao do sistema social, principalmente porque 99% dos brasileiros nem sequer nunca pensaram nisso.
Mas para quem tem mais informacao sobre os fenomenos naturais, sobre as leis e mecanismos naturais que dirigiram todas as forssas e elementos naturais nisto que chamamos de Historia Natural, ja viu nesta Historia que a humanidade tem que mudar o caos em ordem, se nao quiser ser descartada e atropelada pelo caminhar da Natureza, que esta em constante mudanca no sentido caos>ordem, maturacao, acomodacao, degeneracao, caos, dor, ordem… sendo que em cada ciclo o caos inicial e’ menos desordeiro que o anterior e a ordem alcancada e’ mais ordeira que a anterior, por isso tem esse fenomeno que chamamos de “evolucao”. Entao, a busca da perfeicao e ordem do sistema social nao e’ uma questao de acho ou nao acho, gosto ou nao gosto, concordo ou nao concordo. A natureza esta pouco se lixando para o que cada especie viva acha, qual sua opiniao. se atuar como dinossauro vai ser um beco sem saida ate se extinguir, se atuar como o pequeno e mais humilde reptil cinodonte vai ser transformado e vai se transcender para a especie de mamifero e nesta forma vai herdar a terra. isto aconteceu entre as especies de atomos quando transcenderam para galaxias, com as moleculas organicas quando transcenderam para proteinas ou acidos nucleicos, portanto e’ Lei Natural, vai ser ou esta sendo aplicada a especie dos humanos. Ou concordamos que a paz social so sera obtida se dividirmos a posse da terra em partes iguais, ou sempre o latifundiario estara cercado dos despossuidos esperando o momento e oportunidade para atacar e tomar sua cota de terra. Isto pode demorar centenas, milhares de anos, mas para uma Natureza que ja tem 13,8 bilhoes de anos, milhares de anos sao como um piscar.
Entao estamos vendo que ser cidadao se torna complicado, a questao da terra e’ apenas uma de centenas, milhares de questoes igualmente complexas. E para exercer a cidadania ‘e preciso mudar os habitos atuais, e’ preciso investir mais tempo lendo as fontes destas informacoes exercitando o intelecto do que o tempo que se gasta na academia exercitando os musculos ou no espelho buscando a beleza artificial. Quem nao age assim adquire exibiveis musculos, mas estes de nada adiantam num conflito com raquiticos que agiram assim, pois estes adquiriam as informacoes para fabricar bombas atomicas. Quem ganhou?
Ser bom cidadao, ou cidadao de bem, significa ser bom socio-proprietario, e isto significa fazer voluntariamente sua cota de trabalho na manutencao e progresso da propriedade, assumir seus deveres perante os outros socios. E quando estiver fazendo sua parte do trabalho social, tem que faze-lo com a maior eficiencia possivel, pois se fizer porcaria vai prejudicar os outros socios. E para ser eficiente nesta atividade ‘e preciso ser bem informado, ter obtido o certificado, o diploma que todos devem ter.
A nossa propriedade, ou empresa, ou pais, esta com muitos problemas, e para a amioria dos socios nao esta rendendo nada, ao contrario, esta dando muito prejuizo. Ao inves de receberem mais dividendos e nao terem que sacar dinheiro do bolso todo mesm para cobrir o deficit, a maioria esta sacando dinheiro que ‘e entregue na empresa sob o nome de “impostos”. O qual leva 2,00 reais num pe’ de alface que na verdade, numa empresa sem deficit, deve custar apenas 1,00 real. Para aguentar essa sangria, atacando a cada minuto os bolsos da maioria, esta vive numa pessima qualidade de vida, diria mesmo, como um escravo voluntario, da sua empresa. Explicacao? Ora o territorio e’ rico. Se isso esta acontecendo e’ porque do povo que nele vive, a maioria dos socios-proprietarios, os cidadaos, estao com um problema dentro deles mesmos, nao estao assumindo seus deveres para com os outros socios.
E’ pegar ou largar. Ou essa maioria se acomoda na porcaria que ai esta’, ou decide que vai mudar seus habitos, suas atitudes para com os outros socios e vai ser um “chato de galocha” em cima dos outros socios, exigindo que mudem tambem, se quiser melhorar a qualidade de sua vida, de sua familia.
Ao tentar mudar, a pessoa e’ obrigada a se perguntar onde estao os defeitos da empresa, e dai’ e’ obrigada a refletir, a raciocinar sobre estes defeitos, buscando qual seria a solucao para cada um deles. Tem que encontrar uma solucao, pois ela existe, e trata-se de mudar alguma coisa na empresa, uma regra, uma lei social, que foi feita por aqueles semi-animalizados vindos do caos maior do que o que nascemos.
E de cara, quando a pessoa inicia a refletir nos defeitos, se depara com um problema-monstro, praticamente a causa primeira da maioria dos outros problemas. Dentre os socios-proprietarios, surgiu um grupo que formou uma mafia privada as ocultas, nas costas da maioria dos socios, e se dispos a trai-los, roubando o que lhes pertence. Ficando com os dividendos e nao pagando os impostos. Para este grupo a empresa esta’ otima.
Entao, em relacao aos socios, se pensamos que o problema era porque alguns socios sao preguicosos, negligentes na fiscalizacao da empresa e dos empregados da empresa ( os ditos ” funcionarios publicos”, de faxineiros ao presidente), que parecem gostar mais da porcaria do que das ruas limpas e bem sinalizadas, etc., nao e’ apenas isso: tem socios criminosos no nosso meio, traidores, ladroes. Vamos ter que expulsa-los da sociedade, cassar suas cotas, nao tem como consertar a empresa mantendo-os aqui. E como convocar a maioria para fazer isso? Como a maioria vai fazer isso?
Eu nao deveria me surpreender com essa desagradavel descoberta. A culpa foi minha. Eu sabia que os humanos vieram do caos, das selvas dos animais, que continuam a imitar as regras das selvas entre predadores e presas, e portanto, que havia em nosso meio o instinto para predador. Devia ter tomado as providencias para inibir a expressao deste instinto, e nao o fiz. Agora, somos macaquinhos entre chimpanzes canibais. Mas paira no ar sobre os macaquinhos uma lei natural que se eles usarem-na, se salvarao. E’ a lei do esforco para o salto da inteligencia. Basta aos macaquinhos pegarem galhos de arvores e cipos, fazerem arcos e flechas, e de cima das arvores atacar a gang de chimpanzes, nao sobra um. Esse salto de inteligencia esta a disposicao da maioria lesada dos socios-proprietarios.
Bem, aqui surge nova desagradavel surpresa: a gang, na calada da noite, entrou no almoxarifado e se apossou de todas as armas dos agentes de seguranca da empresa. Agora complicou de vez! Decididamente, nao tem como expulsar esta gang. Caimos refens deles? Para toda eternidade? Quer dizer, para ate o dia que a Natureza vier atropelando tudo e mandar todos para a casa do chapeu?
Nos temos filhos, pais, maes, sobrinhos, parentes. E amigos, vizinhos, a quem apreciamos. Essa nova geracao depende de nos, qual sera sua situacao amanha. Entao, mesmo que eu pessoalmente decida que sera melhor abaixar o rabo e fazer o trabalho de rotina para dar a metade dos meus produtos para a gang na forma de impostos, e ficar sem receber dividendo nenhum do grande lucro que a empresa produz, eu ainda tenho consciencia, eu sei que meus filhos, meus maigos sao meus socios-proprietarios, eu tenho deveres para com eles, eu nao posso ser o socio negligente, irresponsavel, ineficiente, eu tenho que buscar uma solucao, nao vou entregar os pontos assim.
As armas, o grosso do dinheiro, os titulos das maiores propriedades, estao nas maos deles…da gang. Do outro lado, estao os socios fora da gang, que sao a grande maioria. Entao ja temos algo a nosso favor, algo com que comecar uma estrategia para expulsar a gang. Porem isso e’ inutil agora porque a maioria desa maioria de socios esta totalmente desinformada sobre a empresa, o que impede que todos, apenas por si mesmos, soubessem o que fazer, conhecessem a solucao. Isso nao pode ser informado por um ou alguns socios bem informados, pois a gang imediatamente, localiza lideres e os tira de circulacao.

Tags: , ,