Microeconomia: uma maneira de canalizar suas vendas

xxxxx

Voce conhece alguem que faz alguma coisa diferente , peculiar, como artesanatos, desenhos, artes, alimentos, brinquedos, etc? Nas feiras municipais devem ter elas. Pois elas talvez nao saibam que poderiam vender estas coisas a pessoas do mundo inteiro de forma facil, com a moderna tecnologia. E por incrivel que pareca, ha’ muita gente com dinheiro e tempo sobrando que fica procurando estas coisas em vitrines virtuais, na Internet. Me despertei para isso ao ver uma mulher faturando dinheiro da maneira mais esdruxula: fazendo desenhos tao simples como medalhas contendo uma frase curta ( ela se sentiu ofendida pelos homens que se acham os tais, aparentando serem cavalheiros que nao estupram mulheres, e por isso superiors, e tal. Entao ela criou um movimento no Instagran ( @awardsforgoodboys ), que visa ridicularizar estes boys, sob o nome de “goodboys”. A coisa chamou atencao que ela agora esta vendendo bolsas, camisetas, etc, com seus desenhos feitos a mao estampados). Bem, seguindo a maneira como ela pos isto a venda cheguei na ETSY, com link abaixo…

Pois e’… neste mundo, como dizia meu avo, “se voce embrulhar m… voce vende, porque tem gente para tudo”.  Afinal sao 8 bilhoes de juizos diferentes sem juizo. Ou nao vende, mas neste caso das vitrines virtuais, nada se perde em tentar alem de um pouco tempo na tentativa. Voce ja viu aqueles frascos de plastico nas pias de banheiros contendo sabao liquido? Pois dia destes eu fui escovar os dentes e me esqueci de levar o crème dental e entao pensei: porque nao por no banheiro um frasco com crème dental pendurado na parede acima da pia? Com um timpo de bomba-pistao encima do tubo, basta aperta-lo com a escova segura no bico do tubo e pronto. Seria enorme economia na ecologia sustentatavel, pois ao inves destes pequenos tubos de hoje, haveria nas lojas galoes de crème, para encher o tubo. E ficaria mais barato. E mais pratico. Porque fazer, porque nao fazer? Enquanto fico na duvida alguem corre a patentear e fica rico rindo na minha cara que continua pobre…

Raios… enquanto escrevia tive a ideia de googlar “suporte para crème dental” e surpreso percebi que ja’ existe. E bem sofisticado. Mas pelo depoimento dos compradores, o primeiro nao aprovou, quanto ao segundo nem sei como funciona. O principal problema e’ que a industria nao vende pasta dental em galoes de litros, teriamos que fabricar tambem os galoes e quica, a pasta tambem. Nao interessa, eu tive a ideia sem nunca saber que isso existia, so’ cheguei atrasado, mas continuo merecendo a honra de inventor dessa coisa:

See the source imageSee the source image

 

 

https://medium.com/etsy-impact/helping-cities-unleash-their-creative-economies-6fef076755f7

Neste link a ETSY informa que colabora com microeconomias numa parceria com:

https://www.nlc.org/

que e’ uma liga entre cidades, a ser visto.