Genes FOXG1 causando mutações completamente ao acaso e 400.000 babies com doenças neurológicas

xxxxxx

Qual a causa espontânea da mutação de genes, sem herança dos pais, causando severas doenças?

Uma cientista, pesquisadora de biologia genética ( existem apenas 1000 trabalhadores nesta função dentre 8 bilhões de humanos!), especializada na pesquisa dos genes FOX, teve uma filha com doença rara ( apenas 300 pessoas no mundo!), causada por uma mutação justo no gene FOXG1.

Que justo essa mulher tenha tido justo essa filha seria uma chance em trilhões de possibilidades. Podemos chutar que isso e’ impossível! Ou seja, existe forte probabilidade que a função nada comum da mãe – manipulando genes Fox do cérebro de ratos – esteja ligada como causa na doença incomum da filha. não seria uma mutação ao acaso, espontânea, como todos dizem e querem acreditar. Na cosmovisão da Matrix/DNA existe campo para hipóteses de causas ( inclusive trazemos neste assunto a existência da epigenética: não seria apenas os genes relatados a formação do cérebro que funcionam numa construção de cérebro, mas também o próprio cérebro do corpo onde o novo cérebro esta sendo formado), e nisto vamos nos concentrar nesta pesquisa.

https://www.nytimes.com/2018/04/23/health/genes-mutation-foxg1-brain.html

Infinitesimal Odds: A Scientist Finds Her Child’s Rare Illness Stems From the Gene She Studies

Este grupo de genes, FOX, são responsáveis pelo desenvolvimento fetal do cérebro ( ou o gene FOXG1 apenas? ).

Mutações nos genes não são herdados dos pais, ocorrem espontaneamente durante gravidez.

Uma estranha hipótese, minha: Triangulação cerebral holográfica dos genes

Talvez a mãe estava observando este gene no microscópio quando estava gravida. Talvez o cérebro da mãe se sincroniza com os grupos de genes do genoma que estão produzindo o feto. Talvez de alguma forma o cérebro tem a imagem do gene que esta no genoma do feto. Talvez alguma estrutura do cérebro seja idêntica a estrutura do gene, o que e’ normal, desde que ambos foram feitos pela mesma formula. Talvez os olhos da mãe levaram para o cérebro a imagem do gene do cérebro de rato na lente do telescópio, o qual corresponde ao gene humano que estava ocupado no desenvolvimento do cérebro fetal, e o cérebro tenha se atrapalhado na interação com os genes humanos pela triangulação com a imagem no microscópio. Se isto fosse possível, significaria que tanto genes como cérebros se interconectam e se interagem por meio da luz interna a eles ( a formula da Matrix feita de fótons) que formaria especies de hologramas semelhantes entre si.

A mae mesmo se faz esta pergunta:

“What did I do wrong?” Soo-Kyung grilled herself. Had she eaten something while pregnant that infected Yuna? “I was traveling a lot during the pregnancy to attend seminars — was I too stressed?”

Epa !!! Sinal de alarme:

A mãe de Yuna também tem problemas de saúde, talvez ativados devido ao stress da sua profissão mais o tratamento da filha. Um destges problemas interfere na sua visao… lembrando minha hipotese acima:

”  Soo-Kyung ( a mae) cannot look at her computer more than 25 minutes straight, reads with a yellow filter often used by children with autism, and does visual exercises using paper images taped to her office wall.”

Talvez a triangulacao de imagens tenha sido afetada ainda mais pelo defeito visual da cientista enquanto era mae gravida?

E a mae tem mais problemas com ondas de luz e som:

” Soo-Kyung ( a mae) needed physical, occupational and speech therapy. A psychiatrist prescribed an antidepressant. Instead of sleeping in Yuna’s room, Soo-Kyung began blocking out light and sound by sleeping on a mattress on the floor of the master bedroom closet. “They say I may not recover to a normal level.

Mas… algo contraria a minha hipotese: a mutacao no gene se refere a falta de um nucleotideo, que parece ter sido um erro produzindo na transcricao do genoma para as copias de DNA que formariam o corpo:

Scanning the data, Soo-Kyung spotted the problem instantly: Yuna was missing one nucleotide, Number 256 in the 86th amino acid of one copy of FOXG1, which has 489 amino acids. It was a random mutation…”

Ok. o gene FOXC1 tem 489 aminoacidos. No 86th aminoacido esta faltando o nucleotideo numero 256.

Suponhamos que cada gene tenha a configuracao da formula Matrix, o que e’ quase certo. Os aminoacidos e nucleotideos compoem o circuito esferico, setas do tempo mais particulas do espaco, ou partes concretas do sistema. Faltar um elemento no circuito ( seja um aminoacido ou um nucleotideo, significaria que o circuito seria interrompido devido a um ponto vazio nele. Ora… isto indica que nao haveria circuito, nem formula. A nao ser que o circuito nao seja uma linha, mas sim duas linhas entrelacadas em espiral, tal como e’ o DNA. Faltando num ponto de uma linha um nucleotideo, o circuito se manteria suportado pelo mesmo ponto cheio na outra linha paralela.

Espera ai… A proxima informacao sugere que minha suposicao nao e’ tao infundada quanto parece:

Since patients like Yuna, with one dysfunctional and one functional FOXG1 gene, produce half the necessary FOXG1 protein, Soo-Kyung wonders if gene therapy could restore some protein or boost protein activity in the good gene.

Esta ai! Se entendi direito, este gene FOXG1 existe no genoma dividido em duas copias. Deve ser uma copia herdada do pai e outra da mae. Isto sim, levaria ao circuito com duas linhas entrelacadas que previ acima. E isto indica que imaginar genes sendo construidos e modelados pela formula Matrix pode estar muito proximo da verdade! Se sim, teremos um grande novo recurso para conhecer os genes.

Teriamos que localizar este ponto no circuito, para saber a que funcao pertence. Vejamos estas informacoes:

” Dr. Barkovich said Yuna’s scans revealed “a very unusual pattern,” one he had not seen in decades of evaluating brain images sent to him from around the world. Yuna’s cerebral cortex had abnormal white matter, meaning “there were probably cells dying,” he said, and the corpus callosum, the corridor across which cells in the left and right hemispheres communicate, was “way too thin.”

Searching scientific literature, he said, “I found a gene that seemed to be expressed in that area and found that when it was mutated it caused a very similar pattern.” That gene was FOXG1.

FOXG1 is so crucial that its original name was “Brain Factor 1,” said Dr. William Dobyns, a professor of pediatrics and neurology at University of Washington, who published a 2011 study recommending a separate diagnosis: FOXG1 syndrome. “It’s one of the most important genes in brain development.”

FOXG1 provides blueprints for a protein that helps other genes switch on or off. It helps with three vital fetal brain stages: delineating the top and bottom regions, adjusting the number of nerve cells produced and “setting up the organization of the entire cortex,” Dr. Dobyns said.

  • 1) modela as regioes do topo e da base do cerebro;
  • 2) ajusta e controla o numero de celulas nervosas produzidas;
  • 3) comanda a organizacao do cortex inteiro;
  • 4) providencia o blueprint para uma proteina que ajuda outros genes ligarem ou desligarem.

Because FOXG1 is crucial so early in development, Dr. Rowitch said, “I don’t think you can just go back when the baby’s born and build the brain back up.”

Sim, o problema esta antes mesmo de iniciar a construcao do cerebro, a mutacao ocorre antes desse inicio. Nao lhes e’ possivel colher a celula inicial de um novo feto, analizar todo o DNA e ver se existe algum defeito de transcricao e ainda consertar-lo antes que esta celula comece a se dividir. E uma vez ocorrida a mutacao e iniciada a formacao do cerebro, ele vai ser construido com estes defeitos, nao existe como modificar a sua estrutura. A chave esta em saber qual a causa da mutacao, elimina-la antes que ocorre a mutacao. Mas se acreditam que estas mutacoes sejam espontaneas, ocorreriam por puro acaso, nao existe como prever e evitar o acaso. No entanto, para nos da formula da Matrix, e’ possivel que estas mutacoes nao sejam ao acaso, acontece que o quadro envolvendo o evento da fusao dos genomas e a conjuntura de elementos influenciando esta fusao e’ muito mais complexa do que sabemos, pois envolvem dimensoes da luz (presence da formula da Matrix) que nossos instrumentos cientificos ainda nao captam.

Outra forma de ver o problema:

DNA e’ um sistema no estado de ordem, dentro da celula que e’ outro sistema em estado de ordem, que esta dentro de outro sistema em estado de ordem que ‘e o corpo humano, o qual esta dentro de um sistema metade em ordem- metade em caos que e’ o sistema social, o qual esta num sistema biosferico planetario em estado de caos, o qual esta num sistema solar em estado de ordem. Eventos ao acaso nao deveriam acontecer em um sistema em estado de ordem que esteja dentro de outro sistema em estado de ordem. Isso apenas ocorreria se uma forca externa vinda de um estado de caos perturbasse ou ate destruisse o estado de ordem da celula. E teria antes que perturbar ou destruir o organismo em estado de ordem. Mas a mutacao para pior, destruindo o estado de ordem do DNA aconteceu. Como? De onde? E’ um misterio.

E mais outra forma de ver o problema: Waves of Complexity

Aformacao de um corpo humano e’ um processo muito complexo, alias, e’ o mais complexo processo natural nesta regiao do Universo. Este processo pode ser chamado de “formacao de sistemas naturais”, ou ainda ” organizacao da materia em sistemas naturais”. Ora, formacao de sistemas ja’ acontece desde as origens do Universo, quando se formou o sistema atomico. Depois se formou os sistemas estelares, os galaticos, o celular… Uma certeza que podemos conferir a este processo e’ que ele tem vindo desde as origens sob evolucao. Entao podemos imaginar este processo como a imagem de ondas concentricas que se formam quando atiramos uma pedra na agua. Sua manifestacao no primeiro sistema e’ o ponto onde a pedra cai, formando uma onda circular pequena. A segunda formacao de sistema seria a onda maior seguinte e assim por diante, as ondas vao se expandindo e ampliando. Desta forma, imaginando a formacao de um corpo humano como uma destas ondas – talvez a quarta ou a quinta, a partir da primeira – buscamos o que poderia vir de fora paara causar uma mutacao indesejada na estrutura interna ou modo como as coisas estao organizadas dentro desta onda. Parece que por aqui vamos a lugar nenhum, porem todas as possibilidades e abordagens devem ser consideradas.

xxxx

Informacoes nos comentarios:

,,, there is a new foundation devoted to curing the FoxG1 disorder, which was formed by three heroic moms of FoxG1 kids, Nasha Fitter in California, Nicole Johnson in New York and Christine Revkin in Switzerland (please check: https://www.foxg1research.org/). ( ver isto)

xxxx

A good place for more information on FOXG1 Syndrome: https://foxg1.org/

xxxx

I have a daughter with a mutation of gene SCNA8. She too has severe developmental delays. At 7 years old she has low muscle tone, an inability to speak, stand, walk, sit up straight without assistance, and has a seizure disorder. I’m not sure if it would make things easier if me and my wife if we were geneticist / neurologist, but I certainly felt connected to the parents in this article.

xxxx

Este comentario abaixo reforca minha luta para que humanos nao tenham opiniao formada sobre qualquer fenomeno ou evento natural – tal como mutacoes em genes. O neurologist da menina negou autorizar a analise do gene FOXG1 dela, porque acredita que ” a possibilidade de obter a informacao sobre a mutacao ser improvavel e nao iria mudar o tratamento da menina. A mae nao aceitou esta negative e ela mesma fez a analise, descobrindo o nucleotideo mutado, o que indica um avanco no conhecimento cientifico. Nao sei porque humanos ainda tem atitudes desse tipo. Qual a sua vantagem? nao aprenderam que crencas existem para serem destrruidas? E nesta linha de pensamento esta’ a crenca de que estas mutacoes sejam espontaneas por puro acaso. Esta crenca e’ um severo “science-stopper” No entanto ela continua firme e presente na maioria da academia.

This, very generally speaking, highlights the important difference in knowledge (& wisdom) between MD’s/DVMs and PhD Scientists: “Yuna’s neurologist declined to authorize FOXG1 gene analysis, considering the possibility improbable — and irrelevant because it would not change Yuna’s treatment, Soo-Kyung said. So she decided to sequence the gene herself, preparing to seek university permission since her lab only worked with animals.”

xxxx

We are constantly picking up and ‎derramamento ‎DNA. Is there a danger in studying such genes ? Are they absorbed into the body and do they mix with our own DNA ? The “coincidence” is striking.

Outro comentario na mesma linha:  ” Such a huge odd coincidence. Incredible. How does that work? “

Realmente estes comentarios tem um forte suporte. A coincidencia de que uma dentre apenas 300 criancas com essa doenca entre bilhoes seja produzida por uma cientista que mexe com genes relacionados ao mesmo tipo de doenca em animais entre bilhoes de humanos que nao sao cientistas, e’ uma coincidencia suspeita. O autor lanca a suspeita de que ao mexer com estes genes eles podem entrar no corpo da pessoa e se misturar aos genes das celulas inclusive modificando-as. Mas o gene mutado nao esta no corpo da mae, a mutacao ocorreu com um gene no utero apenas. Seria entao estes stem-genes os unicos vulneraveis ao gene invasor?

xxxx

Para meu comentario no NYT:

My focus is on the cause of this mutation, it can not be “by chance” as said the article, an ” infinitesimal odd”. We need to know the cause, it is our enemy, it is torturing and killing human beings. Since I am coming from a totally different and unknown world view ( there is a universal natural formula as blueprint of all natural systems), which opens the mind to several hypothesis about the cause, I am disgusted with this modern academic world view believing in things like “‘ this mutation is spontaneous, by chance”. This is science-stopper, this is given up a fight that we can’t. If it is by chance it is not in the field of knowledge and control by science. Let’s see this problem from our perspective ( the cause of this mutation seems to be a perturbation of epigenetic effect from the triangulation between mouses’ genes, the mother’s brain, and the fetal genome).

The fundamental unit of DNA is a working system composed by two parallels nucleotides. Genes are groups of nucleotides aligned in the same configuration of a DNA unit. The whole human body is another projection of this configuration. And the brain is the last evolutionary employment of this pattern, its structure and functioning is a projection of the structure and functioning of a DNA’s unit.same thing for genes of mouses. Conclusion: everything has a unique blueprint, the Matrix formula, which is at my website.

Our problem to learn the microscopic and almost quantum world at play here is that we do not have a able brain with developed sensors neither scientific instruments for to see it. And this formula emerged in this world as the whole spectrum of electromagnetic radiation, which we call “waves of light”. it is not the seen genes that are working and interacting with others at the brain formation, the command is coming from an intricate network like sinapses performed by photons inside the electrons of te atoms of these genes. But, is we know the universal formula as units of this network we can build theories for scientific experiment to test it. Such as discovering the cause of these mutations, and eliminating them. I know that it hurts a lovely and suffered mother to tell that maybe she has produced the cause, the triangle epigenetic effect. But, I think she will be grateful to any hypothesis that could help her daughter or/and the scientific advance in this issue. ( if someone wants more information we have began a research in this topic here:  http://theuniversalmatrix.com/pt-br/artigos/?p=13838

Genes FOXG1 causando mutações completamente ao acaso e 400.000 babies com doenças neurológicas

 

Tags: ,