O átomo de carbono foi o primeiro grande azar dos seres vivos. Mas veja que temos a oportunidade de corrigir isso.

xxxx

Por ser a copia mais fiel do nosso pecador antepassado (a Via Láctea como sistema fechado em si mesmo, extremamente egoísta) , o átomo de carbono foi pela galaxia o selecionado e o mais indicado para o processo de reprodução do malfadado antepassado na forma de sistema biologico, ao qual denominamos de “vivos”. E agora para que nos livremos dessa maldição desse pecado original porque aconteceu antes das nossas origens, não tem como mudar a matéria do corpo humano baseando-a em outro átomo, por exemplo, o nitrogênio. A unica alternativa para esta inteira biosfera e para nos que somos parte dela, escapar de se efetivar como reprodução do estupido ancestral que “caiu” derrubado pelas leis naturais maiores do Universo, seria depurar o nosso átomo de carbono de sua densidade material, destrona-lo de sua dominância entre os outros átomos, depurando assim nosso corpo físico para permitir o desenvolvimento do feto de auto-consciência. Mas para isso teremos que ter a vontade para faze-lo, conhecer o método de como faze-lo, e esse conhecimento depende antes de conhecer a verdadeira Historia Natural Universal, entendendo porque que nosso ancestral “criador” celeste selecionou o átomo do carbono para ser o senhor dominante dos átomos nos corpos dos seres vivos.

As figuras a seguir ajudam a entender a herança do carbono desde nosso criador ancestral astronômico:

Fig.1 –

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos

Fig 1 – Neste desenho (feito rudemente nas condições precárias na selva amazônica), esta’ o modelo teórico do building block das galaxias, a “Formula da Matrix/DNA no seu estagio evolucionário de sistema astronômico”. Este building block ( ou tijolinho principal) esta fielmente reproduzido com átomos e moléculas como building block do DNA, a essência da “Vida”. E isto significa que houve uma direta transmissão genética do sistema astronômico onde surgimos e existimos para os sistemas biológicos, como são os corpos humanos. Se isto foi produzido por alguma entidade divina, esta passagem do macroscópico para o microscópico estava nos planos divinos antes ou na hora que criou o Universo. Se esta passagem ocorreu através das teorias cientificas como a abiogêneses, isto significa que havia um proposito pre-estabelecido que produziu a vida, ao contrario do que acreditam – que a Vida teria surgido por acaso. Não existem argumentos contra fatos, e o fato e’ que nosso DNA existia antes das nossas origens e ele veio das estrelas.

Note que trata-se de um circuito esférico e que representa um ciclo vital de um único objeto, ou corpo material (click na figura para ver ampliada). Tudo começa com uma nébula de átomos gasosos e/ou poeira cósmica oriunda da morte de um sistema anterior. Pela dinâmica do Universo a nuvem inicial gira sobre si mesma criando um vórtice turbilhonar ou rodamoinho no centro, na figura representado por F1. No interior do turbilhão formam-se esferas chamejantes constituídas de massa e energia, as quais são ejetadas (F2) imitando o nascimento de seres vivos, estas esferas são cobertas por camadas de poeira em diferentes temperaturas e estados de densidade que vão formar as placas tectônicas transformando o bolido em planetas. Quando um planeta vagando no espaço cai na orbita de uma estrela (F3), a energia/luz desta reativa o germe no núcleo e o qual começa a se alimentar das partículas nos átomos das camadas, indo formar o pulsar (F4). O pulsar ( no papel de macho do sistema), começa a “ejacular” cometas que levam energia para o centro da nebulosa (F5) para reiniciar novo ciclo quando o sistema morrer (imitando exatamente o processo de reprodução dos seres vivos). Do pulsar emerge uma estrela supernova (F6) a qual queima seu resto de material tornando-se cadáver estelar (F7), cuja matéria fragmentada vai refazer a nebulosa inicial em F1). O primeiro building block não tinha estrelas ativas para reativar o germe, mas isto foi feito num estagio primordial quando apenas existiam os átomos gasosos, como o carbono. Naquele estagio quem realizou esta dinâmica de transformações foi a onda ou ondas de luz vindas do Big Bang, e como mostro em outro artigo neste website, aquelas ondas contem em si a formula para construir ciclos vitais na matéria gasosa. Em outras palavras, ondas de luz primordiais continham em si o código para construir sistemas naturais, ou seja, o CÓDIGO DA VIDA. Nós somos agnósticos, o que significa que nada sabemos e nada temos certeza do que existe na metafisica alem das fronteiras materiais deste Universo natural, mas como existem os que tem fé em um tipo de entidade sobrenatural criadora, um Deus, por assim dizer, deveria se alegrar com esta possibilidade de que “Deus cria universos e vidas usando a luz como software geral, o que O engrandece e O restitui ao seu merecido nível de grandeza cósmica, depois de ter sido tão rebaixado pela antropomorfização como projeção da pequenez humana”.

 

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos

Fig 2 – O ciclo vital formando o building block de galaxias originais como circuito esférico no centro da figura é comparado com o ciclo vital humano. Observe que a formula da Matrix/DNA enquanto estava no estágio evolucionário dos astros era ( ou é) hermafrodita. Em F1 ela expressa a função geradora feminina e quando chega em F4  ela expressa a função geradora masculina ( no caso humano, o jovem tornando-se maturamente sexual como adulto e no caso astronômico, tornando-se um pulsar).

The Universal Matrix/DNA

The Universal Matrix/DNA

Fig 3 – Destes circuitos – presentes em todos os tipos de sistemas naturais – extraímos a “alma” dos sistemas naturais, uma espécie de software acompanhando todas as formas de um corpo sistêmico, o qual foi primeiro formado como ondas de luz ( como explico em outro artigo aqui). Esta especie de “alma” sera’ a Matrix Universal, que tem funcionado como o DNA funciona para todos os seres vivos, enquanto a Matrix funciona para todos os sistemas, de átomos a galaxias a células vivas.

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Note que a Matrix surgiu primeiro apenas como a anatomia de uma onda de luz e veio desde então adentrando a massa/energia material modelando essa matéria em formas que reproduzem suas sete partes, ou frequências de ondas. Nesta evolução da matéria a Matrix só pode expressar a forma de corpo em que ela se encontra em dado momento, apenas mais tarde ela consegue expressar todas as formas num só sistema, o que aconteceu na forma biológica. Portanto, enquanto na sua fase de formação astronômica ela expressa separadamente as formas criadas, não existe um sistema astronômico fixo representando o building block. Assim era ( ou ainda é) com a Matrix enquanto se encontra no estagio de formação dos sistemas atômicos. Começando com o primeiro semi-átomo, o hidrogênio, este apenas materialmente expressa a função F1, apesar de eletromagneticamente já conter os princípios gerais da formula Matrix, cujas outras funções são apenas suas camadas eletrônicas. A presença de ao menos um elétron numa destas sete camadas eletrônicas faz o átomo expressar apenas a função correspondente. Quando a evolução na formação dos átomos chega no carbono, que contem seis elétrons ( numero atômico 6) e no núcleo seis prótons, seis nêutrons, a Matrix esta com sua formula completa de ciclo vital ( excetuando-se F5, pois átomos materiais não conseguem efetivar sua auto-reciclagem, ou se ressuscitarem). Por isso o carbono era o representante fiel da Matrix vinda do espaço sideral quando ela aqui iniciou a formação da forma biológica do sistema natural universal, por isso ele foi selecionado a compor e dominar os corpos dos seres vivos.

Quando a formula da Matrix foi plantada na superfície terrestre como uma espécie de semente, primeiro ela criou o ser unicelular que é hermafrodita. Então, no estado em que a formula veio, como hermafrodita, podemos ver o estado em que se encontrava os elementos macho e fêmea ( na figura abaixo), de cujo estado se originaram os cromossomas X e Y nos sistemas biológicos. Como simples curiosidade lembre-se da leitura de Gênesis, que sugere ter existido antes um paraíso perfeito ( que seria a maquina perfeita galáctica), onde existia uma arvore (cuja forma imita exatamente a forma da galaxia, inclusive com os frutos maduros amarelos nas pontas dos galhos imitando as estrelas nos braços espirais da galaxia, as folhas opacas imitando os planetas, etc.), onde teria existido Adão e Eva, e uma cobra ( cuja forma de serpente engolindo a própria cauda representa exatamente o circuito sistêmico de um sistema fechado que se auto-recicla como era o building block das galaxias) dando um conselho (para usarem o livre-arbítrio e escolherem a forma egoísta de sistema fechado), e depois a Queda, de onde os descendentes de Adão e Eva foram transformados em filhos da necessidade e num mundo infernal ( como a fragmentação e debandada dos fótons do sistema galáctico chegando na superfície da Terra e iniciando a reconstrução do ancestral celeste). Desta fantástica intuição vista nos escritores antigos estamos suspeitando que essa historia no seu aspecto cientifico esta registrada no DNA no centro dos neurônios, e casos alterados mentais produzem flashes de cenas daquela época, o que se torna as intuições com interpretações misticas equivocadas dos escritores. Se eles tivessem o conhecimento de astronomia e biologia que eu tinha quando entrei na selva, estes flashes teriam sido interpretados mais corretamente, e outra teria sido a lenda do Gênesis. Mas isto é apenas mais uma interessante hipótese que emerge de meus cálculos. Observe a figura 4:

Fig 4 – O circuito esférico é parecido com um cabo elétrico carregando internamente a corrente elétrica e alternando-se com as chaves liga-desliga, por isso, na figura azul acima, inclui a figura de um sistema elétrico domestico. Quando a chave esta em “liga”, o sistema expressa a parte ou órgão correspondente. Mas no caso da formula Matrix, o circuito esférico carrega a corrente das informações do sistema. Observe que quando chega em F4 o circuito se bifurca, lançando um ramo lateral que se constitui em F5 e retorna direto para o núcleo. Com isto, o circuito esférico total, de F1 a F7 contem todas as informações expressadas, enquanto o circuito meia-lua ou meia-face que vai de F1 a F4 expressa apenas a metade das informações, apesar de conter em si todas as informações também. Quando a formula passa do estagio astronômico para o estagio biológico, o circuito total torna-se o cromossoma feminino X, enquanto o meio-circuito torna-se o cromossoma masculino Y. No caso da reprodução sexual biológica, se a célula inicial tiver a combinação XX, o copro sera feminino, e se tiver XY sera masculino, porque a função de F4, masculina, é expressada duas vezes tornando-a dominante na construção do corpo.

Circuíto Sistêmico ou "Software" extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Circuíto Sistêmico ou “Software” extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Fig 5 – O desenho artístico de um átomo de carbono, no qual não se revela as sete camadas eletrônicas:

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Assim como uma célula inicial reproduz sua inteira arquitetura como um organismo multicelular, assim foi nas origens da vida quando o átomo de carbono começou a se compor como molécula multiatômica. Porque o átomo não podia se reproduzir crescendo e dividindo-se por mitose como as células, ele iniciou esta evolução capturando ou ligando-se a outros tipos de átomos que expressam as outras funções da Matrix, formando assim os primeiros aminoácidos, e com estes formando as moléculas complexas como RNA, proteínas e por fim o DNA. O que não pode ser esquecido é que toda essa evolução dos sistemas biológicos – os seres vivos – esta’ ainda sendo dirigida como mero processo de reprodução do ancestral celeste, o qual, por que era dotado de livre-arbítrio, sem inteligencia ou consciência própria, apenas obedecendo a tendencia das leis da matéria – que é a busca da acomodação eterna num estado de equilíbrio termodinâmico, ou sistema fechado em si mesmo – seria um desastre para nos se viesse a se concretizar plenamente. Pois o nosso ancestral é uma maquina perfeita, funcionando como um relógio, mas uma maquina estupida, sem consciência de sua existência, e isto faria desta total biosfera na superfície deste planeta uma reprodução biológica desta maquina, na qual a especie humana seria apenas mais uma parte, uma peça, robotizada e estupida. A presença e tentativa da consciência se instalar nos sistemas biológicos na forma humana vem de outro nível do Universo, acima das galaxias, mas ela obedece ao mesmo principio de evolução dirigido pelo principio do ciclo vital, por isso, em nossas cabeças-ovos, que tem como a função de placenta o nosso cérebro, esta’ a germinar um feto de auto-consciência cósmica. Mas se vencer o processo de reprodução do ancestral celeste este feto pode ser abortado e/ou aprisionado, suprimido, o que levaria a biosfera a se constituir tecnologicamente numa maquina perfeita e nos, nela, como peça estupida, robotizada, vivendo como num paraíso auto-suficiente mas sem futuro, apenas aguardando que as transformações do planeta e do sistema solar extingua a vida aqui.

Por isso insisto em divulgar esta cosmovisão, nos temos a opção de escolha, mas apenas se soubermos que existe esta opção de escolha, e soubermos o que existe para escolher, entre o que escolher, qual o caminho a seguir. Nenhuma outra cosmovisão ou conhecimento humano esta’ nos mostrando e alertando sobre esta ameaça que paira sobre nos, a qual, ao mesmo tempo, e uma grande oportunidade para transcender-mos esta forma física e psíquica animalizada. Mas sempre insisto e lembro que elaborei apenas uma cosmovisão “teórica”, e apesar de eu ver nesta cosmovisão maior logica e racionalidade do que em todas as outras existentes que conheço, não tenho certeza absoluta de que isto é a verdade enquanto não conseguir provar factualmente a existência da Matrix/DNA, por isso, o leitor, a leitora, deve raciocinar sobre o que estou sugerindo, e dirigir seus caminhos pela sua própria cabeça. A unica coisa que imploro aos leitores é lerem e raciocinarem sobre o que encontrei como resultado das minhas erradias e debeis pesquisas, feitas nas condições rudes da selva com o cérebro torturado retornando as condições dos primatas selvagens, pois sinto que essa reflexão e extremamente necessária nesta altura da nossa evolução. Quando vejo a juventude ignorando a vida e origens naturais, se apegando a aparelhos eletrônicos como celulares e computadores, cada vez mais escrava da atenção em imagens dos videos nas redes sociais, e vídeo-games, sinto um frio no estomago porque pressinto a dominância da maquina celestial mecanizando os seus cérebros, sinto que o feto de auto-consciência se contorce em agonia ameaçando ser abortado, e como tenho como unica missão e amor na vida a busca de deixar uma geração no caminho mais próximo do ideal para melhorar suas condições de existência, só me resta gritar a existência desta cosmovisão. Mas uma andorinha só não faz verão, se não houver leitores e racionando sobre este tema, acho que nada poderá salvar as futuras gerações. Pense nisso, por favor! Ignore-me totalmente se concluíres que estou dizendo asneiras, pois nem eu sei se estou certo ou errado, me submeto ‘a sua vontade e decisão, mas que ela seja sua decisão e sem a minha influencia.

Apenas para acrescentar entendimento, permita-me apresentar a figura do que denomina “a onda de luz primordial contendo em si, como sua própria anatomia, o principio do ciclo vital, o qual nada mais é que o principio do código da vida porque e’ o principio que organizou a matéria bruta e caótica na primeira forma do sistema universal natural do qual a forma de corpo humano e apenas mais um estagio de sua evolução:

Fig 5: Uma onda de luz inicia-se com uma fonte externa e propaga-se nas dimensões do tempo e espaço pelo mesmo processo do ciclo vital pelo qual nasce e cresce e se desenvolve um corpo humano. Ela nasce como “raios gama” e morre fragmentando-se em suas partículas, os fótons. Estes adentram os elétrons nos átomos e tentam assumir sua maquinaria interna para dirigi-los a se combinarem reproduzindo a anatomia da onda de luz. Os fótons deixam os átomos combinados no processo da radiação eletromagnética, e esta radiação é o que vemos como luz, cujo conjunto forma o que denomino “onda de luz” secundaria produzida no espectro eletromagnético.

Light-The-Electro-Magnetic-Spectrum by MatrixDNA THeory

xxxx

A seguir, o texto de uma seita com seu link abaixo que inspirou-nos neste artigo:

Mudando a densidade do carbono

Nos estamos limpando a básica densidade do carbono fora de nossas subatômicas e molecular estruturas, e tornando menos densos e mais refinados, e nisto estamos ancorando na nossa real cristalina estrutura, a qual e de base silicato cristalino.

Isto e como pegar  um átomo de carbono na sua mais densa forma e tentando alquimicamente mudando em mais refinados estados de padrões oscilatórios de mais eleadas vibrações. Assim, este e nosso objetivo nestes tempos, como natural parte do processo de Ascensão. Portanto, e importante manter isso em mente…

(traduzido em parte do texto abaixo:

Shifting Carbon Density

… there were groups of souls (see Soul Matrix) that were responsible to anchor and work with the first five DNA strands and to participate in the Earth experiment in working with those particular levels of consciousness. Our original goal was to re-evolve the divine human template to its original intention which was as a 12 strand DNA, which would mean 12 simultaneous dimensions of existence while still retaining a particular type of form. The form would not be this dense, in terms of the carbon material our physical elemental body is comprised of at this time. It would be more of a silicate or etheric Plasma Waves type of nature. So, this is where we are going, we are clearing the carbon based density out of our molecular and Subatomic structures, and becoming less dense and more refined, in that we are starting to anchor more of our actual crystalline structure, which is of a silicate crystalline base. We can imagine that as we go through this transformation it can be very intense at times. It’s like taking the most dense carbon form, a Carbon Atom and attempting to alchemically shift that into more and more refined states of oscillating patterns of higher vibration. So, that is our goal at this time, as a natural part of what the Ascension process is. So, it’s important to keep that in mind.

https://ascensionglossary.com/index.php/Silicate_Matrix

Este texto esta numa especie de Wikipedia da seita, cujo link para pagina principal e`:

https://ascensionglossary.com/index.php/Main_Page

O principal website da seita e`:

ENERGETIC SYNTHESIS

https://energeticsynthesis.com/

Tags: , , ,