TEORIA DO ACASO ABSOLUTO

acaso_car-accident.jpg

As quais têm o direito inalienável de se alinharem na lista dos possiveis, enquanto não identificar-mos o real e comprovado agente causal. Vamos por tanto ficar atentos e ver se o feitiço vira contra o feiticeiro, ou seja, se dizem que o acaso está na raiz primeira da evoluçào, vamos ver se esta crença mesmo seja pega nas malhas da evolução e evolui para o status de unica crença soberana porque se comprova real.

Mas por ora penso que temos um problema. Pelo que penso, o “acaso”, principalmente como regra absoluta,  não é cientificamente testável, como Deus não o é. Então queria que resolvessem isto urgente, pois se não for “scientifically falsiable”, qualquer cientista que falar nele deverá ser imediatamente interrompido e explicado à audiência que ele não está falando em nome da Ciência. Certo? Os nossos jovens despreparados e indefesos devem ser avisados. Estou notando nos debates e artigos marketeados que essa idéia pode se tornar uma obsessão, e aí, adeus à plena liberdade das faculdades mentais.

O que diz a Teoria da Matriz/DNA sobre o acaso:

Sendo o Universo uma produção genética, então existe um programa genético extra-universal dirigindo a evolução do Universo. Se a vida na Terra é produzida por LUCA no espaço, então existe um programa genético dirigindo a evolução biológica. Assim como o corpo de um ser humano foi dirigido pelo programa genético de seus geradores. Mas como existe o livre-arbitrio para todas as forças universais, ocorrem muitos eventos ao acaso, no sentido de serem imprevisiveis, porem, dos efeitos destes eventos são descartados pela evolução alguns e selecionados outros – aqueles que se encaixam no modelo sendo reproduzido, os quais, se não ocorressem por acaso, de qualquer maneira iriam ocorrer por força da genética.

Agora,… durma com um barulho desses…

Tags: ,