Luz e Conhecimento Humano: o tanto que revela a mais o quase-infravermelho

xxxxx

A informação neste artigo de que:

“O espectrômetro da Cassini visualiza o Cosmos na luz visível e na quase-infravermelha…

E’ de grande valia para a Matrix/DNA. Segundo ela sugere, o conhecimento humano mesmo sobre o mundo material ainda é muito pouco devido aos nossos poucos e fracos sensores cerebrais captarem apenas o que é refletido pela faixa da luz visível e pelo que vibra na mesma intensidade dessa faixa, quando se sabe que existem 7 faixas no total, e que apenas o conjunto total destas sete faixas podem revelar toda a verdade sobre qualquer objeto material. O fato de que uma mera e tímida entrada em outra faixa vizinha da visível, a quase-infravermelho, mudou tanto as teorias anteriores, descartou elementos que se pensava existir e revelou outros elementos dos quais nada se sabia, demonstra como cada nova inserção nestas faixas invisíveis vão mudar nossa visão do mundo. ( veja meu comentário publicado no artigo e copiado abaixo) 

Saturno em detalhes: Nave Cassini revela aspectos do gigante gasoso

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2019/06/14/interna_ciencia_saude,762749/saturno-em-detalhes-nave-cassini-revela-aspectos-do-gigante-gasoso.shtml

Trechos relacionados com este tema:

” Os dados capturados pelo espectrômetro de Cassini, chamado espectrômetro de mapeamento visível e infravermelho (VIMS), por sua vez, solucionaram um mistério. O instrumento, que visualizou os anéis na luz visível e quase-infravermelha, esclareceu a composição dos anéis. Enquanto os cientistas já sabiam que a água congelada era o principal componente, o mapa descartou gelo de amônia e de metano como ingredientes, algo que se imaginava existir.”

“… as novas observações permitem uma visão muito mais aprofundada dos anéis do que se tinha. “Agora, todo mundo tem uma visão mais clara do que está acontecendo. Essa resolução extra (da imagem dos anéis) respondeu muitas perguntas, mas muitas outras permanecem”, admite, em nota.”

Avatar 
Mais um indicio de que os estudantes e acadêmicos/intelectuais em geral devem baixar suas bolas arrogantes e serem mais sensatos e humildes. Nos ainda quase nada sabemos do Cosmos e portanto nossas teorias estão muito distante da verdade. Louco aquele que acredita numa visão de mundo formulada com base nestas teorias, como por exemplo, a de que a formação de astros e sistemas se dão pelo acaso de livres movimentos de forças físicas brutas. O produto final destes sistemas astronômicos foi uma célula vital com uma supercomplexidade estonteante, portanto quem a produziu – só pode ter sido este sistema astronômico – tem que ser muito mais complexo do que nossas teorias estão sugerindo, e mais complexa foi sua formação. Os elementos e forças naturais que apareceram na célula viva como propriedades da vida tem que estarem neste sistema embutidos e atuantes de alguma forma, apenas não somos capazes de capta-los. Observe como uma simples e tímida inserção apenas no inicio de uma nova faixa do espectro eletromagnético da luz – o quase-infravermelho – mudou tantas crenças descartando existência de elementos supostos na teoria e revelando elementos dos quais nunca se suspeitou. Os meus cálculos e modelos teóricos estão sugerindo uma total diferente visão destes sistemas estelares e galácticos porque usei métodos investigativos diferentes e considerei a máxima de que “filho de peixe, peixinho sera”, ou seja, os sistemas biológicos aqui devem ter recebido os princípios para suas propriedades destes sistemas que já existiam, portanto estou procurando-os, e por isso estou notando que novas descobertas que estavam previstas nos meus modelos são feitas apenas quando avançamos a tecnologia com maior poder de captação em alguma das outras seis faixas alem da visível. Os interessados no conhecimento devem manterem-se alertas contra teorias vendidas como verdades e mentes abertas para surpresas que vão mudar nossos conceitos atuais.

 

Tags: , ,