Choice architecture:O Método que a Arquitetura LUCA nos Conduz Ao Robótico Novo Mundo?

Nós existimos dentro de um Sistema Solar que funciona como um relógio. Se nosso ambiente e nós mesmos tivéssemos sido criados apenas dentro e pelo Sistema Solar, tanto nossa biosfera como nós mesmos, funcionaria tudo como um relógio, mecanicamente. Claro, as fôrças e leis naturais funcionam na base do “tal causa, tal efeito”. Aliás, não seria biosfera e sim mecanosfera, e nada de biológico deveria existir.

Apenas esta constatação seria suficiente para refutar a Moderna teoria do RNA-World, e tôdas as outras que tem como base a crença na emergencia da vida apenas nos ingredientes conhecidos dentro da sôpa primordial terrestre.

Portanto, na teoria de Oparin e na experiência de Urey está faltando ingredientes, e forçosamente tais ingredientes têm que ter vindo de algum outro lugar que não apenas o Sistema Solar tal como captado pelos nossos sentidos e instrumentos cientificos. O que não nos obriga a aceitar a crença em ingredientes supernaturais, pois existem alternativas, como a sugerida pela Teoria da Matrix/DNA, que sugerem ingredientes naturais vindos da galáxia, porem, sugerindo um novo modêlo cosmológico.

Para entender isto é bom fazer-mos uma analogia com o corpo humano. Os fundamentais building blocks do corpo humano são os átomos. Mas quando nos reproduzimos, nossos filhos saem na forma de sistemas atômicos? Não. Os segundos building blocks são as células. Ainda não é um sistema celular a forma de nossos filhos. Em universal macro-evolução acontece a mesma coisa. Sistemas estelares são como átomos, os fundamentais building blocks do Universo, quase que puramente eletro-magneto/mecânicos; êstes compõem os sistemas galácticos, segundos building blocks do Universo. Assim como a forma mais complexa de organização celular desce sôbre os átomos do corpo humano mudando algo em seus comportamentos inorgânicos, assim a galáxia deve ter uma organização mais complexa que o Sistema Solar. Pois galaxias contem novos elementos que sistemas estelares por si só não produzem e nem sempre contem, como buracos negros, quasares, pulsares. Foi por aqui, com êstes tipos de raciocinios que comecei a suspeitar que nosso teórico modêlo de galáxia estava incompleto, a 30 anos atrás no meio da selva amazônica. As leis caóticas e selvagens da selva, filha da galaxia, apontavam para uma diferente forma de sua mãe, e eu acreditava apenas em leis e fôrças naturais.

Portanto a galáxia tem uma organização sistêmica mais complexa, mais evoluida que os sistemas estelares, e a evolução se dá na direção do sólido+gasoso/eletro-magnético/mecânico para tudo isso mais o liquido/semi-biológico. Ao menos é isso que eu via aqui na Terra.

A evolução cosmológica deve ter mudado de direção quando chegou ao sistema galáctico porque êle fechou as portas à evolução quando sua matéria alcançou o estado de perene equilibrio termodinamico e êle se constituiu em sistema fechado em si mesmo. Não creio que o Universo vá nos surpreender mostrando-se como um unico sistema, um corpo vivo. A evolução mudou de direção, no sentido que vinha do menor para o maior, retornando ao microscópico, como nossocorpo, ao se reproduzir, deixa suas dimensões maiores para se resumir em espermatozóides e óvulos microscópicos.

E quando a evolução contra-atacou com sua entropia, liquefez parte da matéria e recomeçou pelo sistema celular. Mas a evolução não é magica. São simples leis e forças naturais em livre curso, talvez com influencias modeladoras do meio ambiente. Ela determina que filho de peixe, peixinho será, mesmo que em outro mundo. E o Sistema Solar não pode ter sido o peixe da célula como peixinho, o salto seria mágico. Por isso voltei os olhos para a galáxia. Por isso re-calculei como deve ser o corpo do peixe.

LUCA seria o ingrediente que está faltando na sôpa de Oparin. Êle seria o agente oculto por trás do que vamos denominar “Choice Arquitecture”. Eu cheguei a êle como o delegado elabora um retrato-falado do assassino e se põe a procurá-lo. LUCA quis me matar na selva porque desobedecí seu comando, pelo qual para sobreviver eu teria que regredir ao estado ancestral de mera maquina biológica, o macaco assassino.

Mas o LUCA da Matrix/DNA seria ainda mais máquina que o Sistema Solar. O motor perpétuo quase-eterno. E êle estaria modelando nosso ambiente à medida que se recobra da enfermidade da entropia. Ao modelar nosso ambiente, seria êle que estaria nos dirigindo a um destino, apesar da aparência de que somos as livres fôrças da evolução em marcha e que teríamos o livre-arbitrio para escolher. Estamos escolhendo o que nos é propagandeado como os slogans da Coca-Cola estão sempre à nossa frente. Estamos escolhendo o que LUCA escolheu para nós. Se não desenvolver-mos racionalmente o intelecto e botar nossa mente como agente da escolha. Se continuarem agindo como os rapazes e garôtas alegres que têm preguiça de estudar e ler artigos longos como êste, que ao menos, exercita o raciocinio.

Mas como seria isso?

Uma nova teoria elaborada por um economista lança luz nessa questão. Vou registrando aqui o material que for compilando a respeito para fazer um estudo final e elaborar mais um artigo:

Amazon.com: What is “choice architecture” and how does it affect the average person’s daily life?

Thaler and Sunstein: Choice architecture is the context in which you make your choice. Suppose you go into a cafeteria. What do you see first, the salad bar or the burger and fries stand? Where’s the chocolate cake? Where’s the fruit? These features influence what you will choose to eat, so the person who decides how to display the food is the choice architect of the cafeteria. All of our choices are similarly influenced by choice architects.

xxxx
From Wikipedia

Choice architecture

Choice architecture describes the way in which decisions are influenced by how the choices are presented (in order to influence the outcome), and is a term used by Cass Sunstein and economist Richard Thaler in the 2008 book Nudge: Improving Decisions about Health, Wealth, and Happiness.[1] Parallels are drawn between choice architecture and traditional architecture. (Ver mais)

xxxxx

The Design Matrix
Designing Evolution

Designing Evolution

Posted on May 30, 2010

xxxxxxxxxxxx

Tags: , , , ,