Deus Imitado por Polonês Como Arquiteto do Cosmos?!

O incrível vídeo no youtube que está dando o que falar (veja: http://br.esportes.yahoo.com/colunas/malabarista-polones-faz-miseria-com-bolas-de-futebol-esportes-382.html )

quando assistido pela mente treinada na cosmovisão da Matriz/DNA escapa por reinos fantásticos da imaginação. As bolas movendo-se mecânicamente no espaço imediatamente nos lembra a cena do Cosmos se o víssemos num filme que acelerasse o tempo. A mecânica celeste Newtoniana é a primeira a ser associada com a cena, e num devaneio mais profundo, de alienados em termos de Newton, associa-se com Deus como a força cósmica que susteria a engenharia celeste, como já alguns posters aventaram nos comentários sôbre o vídeo. Também não resistimos e botamos nossa colher no negócio com um post conforme o texto abaixo ( o qual como sempre foi criticado impulsivamente pela galera que desconhece a Matriz/DNA, a mecânica newtoniana, e não usa o cérebro para pensar a nível cósmico):

” Reflexo condicionado à la Pavlov? Existe uma outra cena onde vemos tal malabarismo com “bolas”: o que a Natureza faz com os Astros no espaço sideral, e a bilhões de anos antes deste malabarista humano aparecer. Mas poucos como sir Isaac Newton aplicam a mente para analizar a cena, buscar causas e explicações racionais. A maioria de nós reagem como certos animais, aplaudindo e abanando as mãos, como aqueles abanam os rabos, e nada mais. Assim, os sinais de uma inteligência cósmica disponiveis como oportunidade para que evolua nossa inteligência é desperdiçada. 

Não procurar uma ligação entre as duas cenas que são naturais e crendo-se que a segunda cena não é sobrenatural (como alguém aqui já disse que é dom gratuito de Deus!), acreditando que a natureza inventou do nada esta capacidade aqui na matéria deste planeta não apenas é besteira mas indicio de completa ausência de raciocinio complexo. Ou as esferas movendo-se no espaço não é uma espécie de malabarismo natural?

Então, a explicação que encontro é a seguinte: Por herança genética os seres vivos tem o potencial latente para fazer os objetos ao redor funcionarem mecânica e automaticamente, tornando-os como extensão do sistema nervoso automatico que assim o faz com todas as partes do corpo apenas pelo subconsciente. Esta herança se explica pelo nosso ancestral de  4 bilhões de anos atras que f6ez a mesma coisa a nível macro-cósmico. LUCA, the Last Universal Common Ancestor, foi o building block das galáxias e tem a forma do building block do nosso DNA, e ele, como mostra sua anatomia em meu website, era regido pela mecânica newtoniana. Sendo nosso ancestral e estando registrado no nosso DNA, não é dificil concluir que o excesso de esforço como fêz esse rapaz em seu treinamento puxou os dados registrados no DNA localizado no centro dos neuronios para fazê-los emergir à tona do conjunto cerebral e sua memória.

Mas, pensando bem, esse rapaz parece ter estado preso, sem acesso ou algum estímulo ao desenvolvimento intelectual, para se dedicar dessa maneira a uma atividade que para nós não teria a menor utilidade. Porém, sem querer, êle acabou contribuindo para a evolução do conhecimento humano!

E a experiência dêle suscita margens a outras experiências… por exemplo eu tentaria obter esferas leves mas de metais ionizados de maneira que imitassem as fôrças dos átomos, como atração e repulsão. Assim talvez seria possível obter das esferas que façam curvas no ar, ora se afastando umas das outras, ora se atraindo, ao ponto de manter funcionando no ar uma réplica de um sistema solar…ou produzindo diversas combinações finais representando moléculas… E depois se incluiria no curso de pedagogia para professores das primeiras séries um treinamento de 4 anos de 4 horas por dia para que ensinem quimica com demonstração que atrai a atenção dos alunos… (deixa-me parar por aqui antes que os professores me linchem…) 

Tags: , , ,