Mensagem/E-mail enviada pela Matrix/DNA ao LNA – Laboratório Nacional de Astrofísica em 28/11/12

O método simples da anatomia comparada entre sistemas naturais vivos (biosfera,célula, organismos,plantas) e não-vivos (particulas, átomos,galaxias), aplicado por sete anos na selva amazonica observando a atmo e biosfera, identificando sistemas e suas conexões, me levou inesperadamente à questões astronômicas. Os resultados sugerem a existência de um sistema-link evolucionario entre vivos e não-vivos e propõe um modêlo, um sistema astronomico. Acontece que o modêlo não parece racional em vista do atual conhecimento e teorias astronomicas, porem, após 30 anos confrontando suas previsões com fatos reais e principalmente fenômenos biológicos tem insistido que o modêlo é real, e tenho um website onde estou expondo as evidencias ( The Universal Matrix/DNA of Natural Systems and Life Cycles ). Para testar êste modêlo cosmológico estou com o mesmo problema da teoria da evolução biológica ao procurar os fósseis transicionais que confirmariam a teoria; meu modêlo requer que se encontre formas de astros transitionais para confirmar sua versão da evolução cosmológica. Apenas acompanhando no possivel o fornecimento de imagens publicadas dia-a-dia não será suficiente. A observação deveria ser dirigida pela teoria. Para ilustrar, a mesma teoria sugere uma interpretação sôbre lightwaves e desde que o observatório não dispõe da capacidade de observação nas sete frequencias,o modêlo sugere onde no cosmos deve estar localizada a região correspondente a cada frequencia. Por ultimo aviso que a compreensivel primeira impressão de se estar perante uma teoria sem nexo seria amenizada se conhecendo as milhares de evidencias já reunidas e ouvindo a explicação que a simples observação dos modêlos não fornece. A dificuldade é ampliada devido ao seguinte detalhe: “assim como a formação da primeira célula se deu pelo gradual desenvolvimento de moléculas separadas que se tornaram organelas e por simbiose se agruparam como sistema celular, não mais é repetida na formação das células posteriores, tendo estas aprendido o simples processo de multiplicaçào por divisão, assim tambem esta teoria sugere se deu com a formação da(s) primeira galáxia(s) original(is): as modernas se reciclam. Portanto êste detalhe sugere que o modêlo estaria perdido desde que o sistema não mais existiria, porem creio haver meios de remediar isto. Sendo um mero filósofo naturalista empreendendo uma pesquisa precária de recursos e não afiliado/apoiado por nenhuma instituição, mas sendo brasileiro atualmente residente nos USA cuja nacionalidade/idioma dificulta-me as coisas por aqui, apreciaria e agradeceria imensamente qualquer critica/sugestão de pessoas que estão integradas e melhor informadas nas instituições sociais. Nome: Luis Carlos Morello (brasileiro) e Louis Charles Morelli (americano). E-mail: austriak727@hotmail.com

Sala de Imprensa ( Tira-dúvidas com um astronomo.)

Contato: mabans@lna.br
MCT/LNA – Divulgação e Ensino- 2003

Tags: ,