Sensacional! Imagens do Momento da Ovulação Idênticas às Imagens do Modêlo Cosmológico da Matrix/DNA

Momento da ovulação é fotografado pela primeira vez

http://hypescience.com/momento-da-ovulacao-e-fotografado-pela-primeira-vez/comment-page-1/#comment-240015

HypeScience

Óvulos e Imagens Iguais à Cosmologia da MatrixDNA

Óvulos e Imagens Iguais à Cosmologia da MatrixDNA (click na imagem)

Incrível como isso possa acontecer! Desenhos feitos precáriamente nas árduas condições da selva amazônica, há 30 anos atrás, agora são fotografados como fatos reais! E maior a surprêsa quando sabemos que a observação da natureza biológica aqui na Terra nos conduziu a suspeitar que estes fenômenos seriam evoluções de fenomenos que ocorrem no espaço sideral, e que poderiamos calcula-los, desenha-los. Mais uma vez mais uma previsão correta, quando esta nova visão do mundo previu que a formação de óvulos e tôda a sequencia que leva ao nascimento de humanos é exatamente igual a toda a sequencia que leva ao nascimento de astros, planetas e estr6elas!

Observe o desenho calculado na selva para origens dos astros:

Matrix/DNA Universal - Modêlo Cosmológico Original

Matrix/DNA Universal - Modêlo Cosmológico Original

Estás vendo como se trata exatamente do mesmo processo, até as formas são imitadas biológicamente aqui?!

Texto do artigo e a seguir, comentário explicativo:

“Observar a ovulação em humanos é extremamente raro e as imagens anteriores foram confusas. Jacques capturou o evento por acidente enquanto preparava uma histerectomia parcial em uma mulher de 45 anos. A liberação do óvulo foi considerada um evento repentino e veloz, mas as imagens, que serão publicadas na revista científica Fertility and Sterility, mostram que o evento leva, ao menos, 15 minutos. Pouco antes da liberação do óvulo, enzimas decompõem o tecido do folículo maduro, uma bolsa cheia de fluído na superfície do ovário que contém o óvulo. Isso leva à formação de uma protuberância avermelhada e, depois de algum tempo, surge um buraco, do qual o óvulo emerge envolto por células de apoio. Em seguida ele entra na trompa de Falópio, que o leva até o útero.”

Comentário postado pela Matrix/DNA:

Louis Morelli6.12.2012

Muito grato por estas imagens que são mais uma evidência para os modêlos evolucionarios da Teoria da Matrix/DNA. Estas imagens foram desenhadas e registradas há 30 anos atrás como resultado dos modêlos teóricos, porque são exatamente iguais às imagens do nascimento de uma nova estrêla, como se pode ver no site da Matrix/DNA Theory. Mera coincidência? Não, isso é evidencia de Evolução Universal. Compare os dois textos descritivos:

Matrix/DNA: “Antes da formação e uma nova estrêla, a entropia (enzima)decompõe uma velha gigante vermelha em fragmentos os quais formam uma nebulosa (ovário) a qual gira em rotação formando um vortex central (folículo maduro)contendo a massa degradada com todas as informações do sistema (genes). O turbilhão produz esferas incandecentes e se fundem com cometas capturados (óvulos mais espermatozóides) e com certo pêso são emitidos ao espaço sideral onde passarão pelas fases de baby-stars, planetas, pulsares, supernova, gigante vermelha e o ciclo recomeça…

Como vemos, o que está em baixo é cópia do que está encima e nós somos filhos das estrêlas.

Mas na Natureza, para realizar um processo, muitas vêzes um mecanismo é várias vêezes repetido. Podemos ver tambem os óvulos como sendo as partículas e fragmentos que resultam da fragmentação da estrêla na Função 7. Assim o cadaver estelar que é formado e aparece na imagem como metade da estrêla se decompondo pode ser visto como folículo maduro, e o canal que conduz os fragmentos a se contituir no vortex pode ser visto como a trompa de Falópio. Na verdade o óvulo é o fragmento estelar. pois apenas ele serás misturado aos cometas para formasr a esfera incandescente, que representa o óvulo depois da fecundação.

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,