Consciência Cósmica como Oceano Infinito e Consciências Humanas como bôlhas na superficie

Penso que somos como bôlhas de consciências - umas mais densas outras mais leves e luminosas -  num infinito oceano de Consciência Cósmica

Penso que somos como bôlhas de consciências - umas mais densas outras mais leves e luminosas - num infinito oceano de Consciência Cósmica

Esta imagem ( vista por acaso na Internet)  fica registrada como inspiração para um desenho futuro. Nossas ultimas descobertas sôbre as mais profundas fundações da matéria dêste Universo nos tem levado ao fenômeno das ondas de luz natural. No grafico aqui registrado sobre o spectrum electric-magnetic of light defendemos que qualquer onda de luz é a origem da fôrça que imprime a dinamica do ciclo vital na massa inerte. Então nos parece que o Big Bang funcionou (ou ainda funciona) como um vórtice ( ou muitos vórtices)  pipocando através de uma membrana do “nada” que separa universos ou mundos e que projetou uma onda de luz branca, a qual ainda continua a se expandir e é a responsavel pela expansão do Universo. Ou, se ainda continuam a pipocar tais vórtices, cada uma destas suas ondas resulta no distanciamento das galaxias entre si. Mas à medida que uma onda avança, cada uma de suas frequencias vai produzindo particulas fótons que pairam sobre as ondas, como bôlhas emergem e pairam na superficie das águas. Estes fótons se reumem num espaço acima das ondas, formando como espumas que vemos nas ondas do mar, e esta nova formação de espumas é justamente o nosso mundo material. A recente descoberta de que existe o inverso das ondas brancas de luz, ou seja, a luz negra, que faz o caminho contrário, retornando para formar os vórtices e desaparecendo para alem das membranas do nada, nos faz suspeitar que alem do nada existe uma fonte que se recicla, emitindo ondas le luz branca e sendo alimentada pelos fragmentos destas ondas que retornam.

Tudo isso é teórico, talvez esteja tudo errado, cabe-me agora “rezar” para conseguir os instrumentos cientificos  – como emissores de raios laser, etc. – e testar a teoria. Mas em paralelo a isto tudo nunca me esqueço que este mindo material produz auto-consciência, e portanto, alguma infinita consciência deve estar por traz  dos vórtices que emitem a luz branca, como algo que paira flutuando em toda parte. As bolhas nas imagens acima representariam porções de consciência que devem existir em cada fóton, e em cada pacote de fotons derivado do ajuntamento dêles, pacotes tais como nós, humanos. Resumindo: “Está ainda aí tudo por descobrir, temos muito trabalho à frente…”

E esta imagem tambem:

Fótons na forma de vórtices

Fótons na forma de vórtices

Tags: , , , , ,