Psicologia humana, feminina: ARTIGO: “Mulheres bonitas são mais egoístas”, e a interpretação da Matrix/DNA

Superinteressante

http://super.abril.com.br/blogs/cienciamaluca/mulheres-bonitas-sao-mais-egoistas/comment-page-1/#comment-2888211

Êste é um assunto que tem considerável efeitos na nossa vida do dia-a-dia, apesar de não ser notado. O grosso da Humanidade se coloca como deslumbrados perante um temporario padrão de beleza fisica e apêlo sexual pagando um elevado prêço por isso. Quantas pessoas existem hoje que se omitem da maldição que cai sôbre todos os seres humanos mesmo antes de nascerem, resumida no “comerás o teu pão com o suor do teu rosto”. São pessoas atuando como predadoras, vampirizando a energia de outras pessoas, pois tudo o que consomem não cai do céu, exigem sacrificios humanos na sua feitura. Mas por outro lado, porque seres humanos se prestam a êsse absurdo irracional papel de serem escravos voluntários? A explicação é um prévio condicionamento mental que vem de raízes profundas nos tempos da história de nossos ancestrais, inclusive dos não-humanos. Outro efeito dessa ilusão hipnótica é vista nas borboletas atraidas para a luz de uma lampada e ali ficam orbitando até cairem mortas. Planetas escuros orbitam estrelas luminosas, eletrons descarregados de fótons orbitam prótons luminosos, isto está na nossa natureza e enquanto não conhecer-mos, não desmascarar-mos estas forças negarivas da natureza não nos livraremos delas. “Feios” orbitam submissamente em torno de “bonitos”, enquanto a teoria da evolução ensinada nas escolas rtransmitem às crianças que na natureza os melhores designs “comem” os piores designs e são naturalmente selecionados deixando prole maior. Mas aí está a grande armadilha que uma vez já provocou a queda de nossos ancestrais a que se deu os nomes de Adão e Eva. Abaixo daquele artigo na Superinteressante postamos o comentário abaixo que está agueardando aprovação para ser publicado:

The Matrix/DNA diz:

A explicação para o realçado egoísmo das mulheres mais bonitas e o aviso para que os mais feios não devem alimentar êsse egoísmo, vem de um mais profundo entendimento do mundo. Todos os seres humanos possuem uma dominancia do grupo dos “genes egoístas” ( descritos por Dawkins como selfish gene) herdados dos nossos ancestrais não-humanos pelo simples avançar da evolução. E quando seres humanos conseguem viver num ambiente confortável estes genes são mais incentivados a se expressarem. A origem da força natural expressada pelo egoísmo remonta aos tempos em que a matéria contendo um principio mental ainda “adormecido” estava formando as primeiras galaxias e as fêz como sistemas fechados em si mesmos, isolados do mundo, o que é a expressão maxima do egoismo. Como aquelas galaxias foram ancestrais dos sistemas biológicos como nós, aquele evento está registrado na memória do DNA e foi intuido/relembrado pelos autores da Biblia, os quais, sem entenderem direito o que estavam lembrando, expressaram aquelas lembranças metafóricamente, na forma da fabula de Adão e e Eva no paraiso. Basta ver os modelos cosmológicos da Matrix/DNA Theory para se entender isto. A força feminina era a rainha e ela criou aquele falso paraiso impondo à força masculina participar daquele sistema. Por algum motivo a Natureza não admite sistemas fechados egoístas, e aciona a força da entropia para destrui-los, prova disso foi a Queda. Agora estas mulheres bonitas, inconscientemente, se deixadas livres ditando as regras em nossa sociedade, tendem a repetir o êrro de Eva, a comer a maçã oferecida pela serpente que Eva mesmo criou, e elas vão nos levar a repetir o erro ancestral reconstruindo aqui o falso paraiso. Por isso não se deve lhes dar maior privilégios que a outros e lhes facilitar a vida: as dificuldades aqui tem justamente o efeito de combater o gene egoísta, reanimar o gene altruista dos sistemas abertos, extirpar aquele pecado original da nossa personalidade.

Tags: , , ,