Mais uma Espetacular descoberta da Matrix/DNA: Porque a Água-Viva é Imortal: Auto-reciclagem

xxxxxx

( Lembre-se que existe o outro caso da imortalidade da população inteira do jellyfish ou água-marinha em relação as ondas alternando-se me mare baixa e alta, com artigo aqui > digite jelyfish na busca) 

 

The only known living organism that is Immortal

O único organismo vivo conhecido que é imortal

http://wewillblowyourmind.blogspot.be/2013/05/the-only-known-living-organism-that-is.html

Ver o interessante video anexo: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=2kLSiE-eNjw

Foi descoberto que um ser vivo é imortal! Trata-se de uma especie de água viva. Ela começou um ciclo de vida normal como todos nós ( nascimento, maturação  reprodução  degeneração e morte), mas quando chegou na maturação e se reproduziu, seu ciclo retornou para o começo  para uma fase denominada “polipo” . Isto alvoroçou a comunidade cientifica, pois imagine o que isto significa se conseguir-mos reproduzir este fenômeno  Desde a cura do câncer ate o elixir da longa vida. Mas eu também fiquei tonto com a noticia (mais do que já sou) e corri para a formula da Matrix/DNA, meu supremo oraculo, buscar a explicação para o fenômeno  E a encontrei, é simplesmente fantástico! Tem muita coisa ai envolvida, os mais belos segredos e mecanismos da Natureza. Esta envolvido o mecanismo que gera o famoso numero Phi,  a sagrada geometria. Esta envolvida aquela imagem curiosa que surge em nossa mente quando tentamos entender o que acontece no núcleo atômico; um proton lança sua carga tornando-se um neutron, mas a carga alcança um neutron que torna-se um proton, em seguida a carga volta, e assim fica essa metamorfose eterna. Basta aqui olhar para água viva madura e pensar no proton, imaginar seu ciclo de vida como sendo a carga de energia, o polipo como sendo o neutron, e ai ver a cena transformando continuamente polipo em agua-viva e agua-viva em polipo. Fascinante tambem é perceber na formula da Matrix/DNA que na agua-viva, a forca da morte se torna a força do numero Phi! Mas só observando a formula se ve isso imediatamente.   

Mas que não se alegrem os humanos, não sera possível obter assim a imortalidade, simplesmente por um detalhe: não somos hermafroditas.

Vejamos o primeiro paragrafo do artigo em inglês: 

” While the humans have been looking for the elixir of life throughout every period of history, it appears that there is one species of jellyfish that are actually immortal. Turritopsis nutricula, or sometimes – Turritopsis dohrnii, is able to transform its cells from mature state back to immaturity, in other words – back to youth. The medusa leads a regular cycle of life, but after maturing and mating, it reverts back to its initial state – a polyp colony. The process is referred to as“transdifferentiation”, and it basically makes the jellyfish unable to die.

Read more at http://wewillblowyourmind.blogspot.com/2013/05/the-only-known-living-organism-that-is.html#FBXgxPBSUyPVuC0y.99

Vamos agora buscar a formula da Matrix/DNA e o ciclo de vida da agua-viva:

A fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

A fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

 

Jellyfish Life Cycle

 

Vamos explicar o segredo da imortalidade da agua-viva:

Observe a formula da Matrix/DNA. Ela apresenta um circuito esférico que passa por seis figuras, mas que se bifurca na figura numero 4 criando um ramo lateral que retorna a figura numero 1. O circuito esférico é o fluxo de um ciclo de vida, e as seis figuras representam seis principais diferentes formas que um corpo adquire em sua vida. Mas o corpo aqui é hermafrodita, sendo a figura numero 4 representando seu aspecto macho, e a figura numero um, representando a fêmea.  Esta é a formula no seu estado de perfeição  completa, que a Natureza usaria para transformar a matéria inerte em sistemas naturais ao mesmo tempo que lhe imprime a dinâmica da vida. Agora, observando o ciclo vital da agua-viva, vemos perfeitamente o circuito esférico  faltando o fluxo interno, Função numero 5.  Que é a função reprodutora do sistema. O que aconteceria na formula da Matriz se a Função 5 se encurvar e tomar o lugar do circuito que vai de 4 a 1… Vai ocorrer um vai-e-vem entre F1 e F4 ininterrupto, enquanto as figuras 6 e 7 desaparecem.  Ora, mas é justamente em F4 que começa a entropia, o decaimento da energia do sistema, ou seja, a força que leva o sistema a degeneração e morte. E na agua-viva esse trecho do circuito foi suprimido. A Função 4 é na Matrix/DNA o ponto da maturação e reprodução .. a agua-viva muito esperta parou por aqui! Esta assim explicado o segredo da imortalidade.

Tenho aqui um longo artigo explicando como o ponto do fluxo interno F5 que coincide com o centro da esfera é medido resultando no numero 1,618. E este numero é conhecido, trata-se do famoso numero Phi, que ev encontrado em muitos casos da Natureza e diz-se ser o numero que confere beleza as arquiteturas naturais. Portanto descobrimos na Matrix/DNA que o Phi é justamente o fluxo da reprodução que reproduz a face esquerda da Matrix numa copia como face direita, e por isso acontece a bi-lateral simetria, desde na face humana como nas flores, etc. Hora, vimos que na agua-viva esse fluxo se desloca para tomar o lugar do trecho a direita da esfera. Por isso a agua-viva é talvez o único ser vivo que não apresenta bi-lateral simetria. Alias, tudo isso aqui esta revelando que a agua-viva é um animal diretamente herdeiro de LUCA, o que é comprovado pela Ciência quando ensina que trata-se de uma das especies mais antigas, desde a 600 milhões de anos, tendo sobrevivido a seis eventos de extinção em massa de outros seres vivos. E sendo uma herdeira direta, ela respeita o velho lema: tal pai, tal filha. Sua forma e quase a mesma forma da Milk Way! Veja, compare, analise.

Como estamos vendo, esse mecanismo da agua-viva não foi inventado por ela, ele existe na formula universal, esta a disposição de todos os seres vivos, quando a formula se torna o par-lateral de nucleotideos do DNA. A Matrix apenas exige que o elemento seja hermafrodita, não ha como aplicar esse mecanismo em dois corpos separados. Mas então vemos tambem porque o fantástico fenômeno da cola nuclear que gruda protons a neutrons existe. Um proton emite sua carga energética tornando-se neutron, a carga alcança um neutron que o transforma em proton, assim como na agua-viva a medusa se torna polipo. Em seguida a carga retorna do proton que era neutron e volta a ser neutron para alcançar o agora neutron que era proton para voltar a ser proton, assim como o agora polipo que era medusa volta a ser medusa…

A agua-viva foi a pouco tempo atras noticia de sensação entre cientistas quando se descobriu porque a totalidade delas não se extingue quando a mare abaixa as arrasta para alto-mar todas as noites e no outro dia de manha elas reaparecem nas praias fazendo seu almoço. Tambem naquela ocasião a formula da Matrix/DNA forneceu outra explicação atordoante que foi motivo de um longo “artigo aqui e o leitor pode encontra-lo se puxar a categoria “agua-viva ou jellyfish”.

Meu amigo, minha amiga… a Natureza é fantástica!

Quando se descobre a Matrix!

Quando chega a um certo ponto de seu ciclo de vida (mais ou menos no meio do circuito), ao invés do circuito continuar para a face direita – da degeneração – ele retorna para Função 1. Assim, e claro, ela fica sempre na fase da energia crescente e nunca morre. Isto e totalmente novo, nunca pensado, e se conseguíssemos repetir este circuito, poderíamos ate conseguir o motor perpetuo.

Tenho que pesquisar a fundo isso.

– – – – – – – – –

E meu comentário para postar no artigo e no Youtube:

If immortality is fascinant, more fascinant is the explanation of this phenomena: the force that produces death becomes in jellyfish, the force of “Phi number”. For understanding it you need see the Matrix/DNA formula, where the Matrix is the building block of galaxies, and DNA is it biological shape. When the flow of the systemic circuit arrives at Function 4, there is a bifurcation. One (F6) will be entropy, death, the other (F5) is the flow of reproduction that goes to F1. This galactic mechanism was transferred to biological systems, but galaxies inherited it from atomic system, when proton becomes neutron and vice-versa. Here, at jellyfich, the mature shape mimics proton and the polypo shape mimics  neutron. See my article about.

Tags: , , , , ,