No Facebook expomos Intimidades porque Baby’s aplaudem outros Babys. A Consciencia Recem-Nascida

 

Uma jornalista publicou no New York Times o artigo “ O Facebook me fez fazer isto” sobre o fenômeno de pessoas cada vez mais estar expondo intimidades online: o motivo seria o incentivo dos interneteiros aprovando, o que funciona como uma retro-alimentação para pessoas se exporem cada vez mais. Se alguém quiser ver o artigo vai o link:

Facebook Made Me Do It

http://www.nytimes.com/2013/06/16/sunday-review/facebook-made-me-do-it.html?_r=0

A jornalista foi inspirada a escrever o artigo porque estava vendo o Instagran e ficou de boca aberta ao ver a foto de uma amiga apenas vestida de lingerie no corredor de um hotel. Segue-se então sua pesquisa com especialistas em comportamento social e suas explicações,  mas a visão de mundo da Matrix/DNA tem uma explicação bem diferente e peculiar.

Matrix/DNA: ” O ser humano esta sendo o palco da emergência de uma nova forma do sistema natural universal cuja penúltima forma foi ” o cérebro humano”. Esta nova forma ainda informe e abstrata, sem estrutura física definida, chama-se “Auto-Consciência”. Ela se encontra fragmentada, dividida agora em sete bilhões de fragmentos, cada qual ainda dentro de seu casulo, seu ovo, que são as cabeças dos humanos. Ela ainda nem abriu seus próprios olhos de ver, pois ainda não sabe qual a forma de seu próprio corpo. E isolada dentro de uma cela, sem contacto intimo com suas irmas, sem capacidade de comunicação direta com seus semelhantes, ela encontra através da nuvem da Internet, o meio que veicula seu linguajar sem forma e infantil ultrapassando as paredes da caixa óssea craniana. Toda essa parafernália de contatos físicos e comunicação oral entre corpos humanos, vai sendo aos poucos substituídos por um cada vez mais eficiente poder de contacto entre mentes.

Nascida ainda apenas a algumas horas atras, em termos de tempos astronômicos, universal, nosso comportamento mental imita o comportamento que tivemos quando nascemos como corpo físico. Os babies, e notadamente as crianças, são inescrupulosas e criativas quando vem  de seus comportamentos serem aprovados, aplaudidos. É possível levar uma criança a tentar abracar um tigre se adultos aplaudirem quando ela enfia a mãozinha pelas frestas da cerca da jaula. Ela não tem noção do perigo, não tem malicia e não sabe da malicia do tigre, mas ela é carente da aproximação e permanência de seus semelhantes ao seu redor, por isso ela faz o que for possível para obtê-los. Por isso a amiga da jornalista, se na vida real se comporta como uma mulher normal, quando online vai se despindo enquanto os “gostos” e comentários elogiosos no Facebook se avolumam. É bom ter essa definição de auto-consciência da Matrix na memoria, pois em muitas situações novas que estamos observando e enfrentando, ela nos ajuda a melhor compreensão do que esta acontecendo. Na verdade a explicação da Matrix/DNA é bem mais complexa, como por exemplo, quando ela re-escreve a Historia Universal Natural indicando que o Universo é composto de hardware e software, cuja mutua convivência e retro-alimentação é o que produz a evolução, sendo este software o elemento que iniciou na forma de ondas de luz emitidas pelo Big Bang e vem acompanhando o corpo físico do sistema universal que ali emergiu, um software que tem estado presente e dormindo nos átomos, sonhando nas galaxias, dirigindo inconscientemente o código genético como comando de instruções no DNA, que tem começado a se despertar nos animais e agora esta se levantando na especie humana. Depois que na Terra estes fragmentos de consciência agora dispersos estiverem mais unidos e interagentes, formando o inconsciente coletivo deste planeta, terá inicio o conhecimento e contato com os outros fragmentos de consciências coletivas que se desenvolvem em outros bilhões de mundos afora… ate que um dia acontecera, como processo final iniciado no Big Bang, o dia do Big Birth… e então vamos emergir como um só “baby”, para a luz do mundo que existe alem deste Universo, provavelmente sendo acolhido nos bracos dos pais deste ovo cósmico, seja la o que forem e quem forem eles.

– – – – – – – – – – – –

Comentario Postado no New York Times:

Respeito a explicação dos especialistas mas prefiro a da Matrix/DNA e sua diferente visão do mundo. No Facebook consciências nascidas apenas ontem em tempos cosmológicos se comportam como babys e crianças que repetem comportamentos e se tornam criativas quando sentem a aprovação de adultos ou outras crianças. Somos sete bilhões de fragmentos de um software natural que vem se desenvolvimento em feed-back com o hardware do sistema universal, ambos oriundos do Big Bang. Estes fragmentos do software que se chama aqui consciência estão isolados e prisoneiros dentro das cabeças humanas, sentindo a existência no exterior de seres de sua semelhança, mas sem poder fazer contatos físicos ou por meio eficiente de comunicação. A nuvem da Internet é o veiculo que conecta mentes ainda como embriões ou bebes recém-nascidos que nem mesmo ainda abriram seus olhos para verem a forma de seus próprios corpos. O comportamento de exposição d intimidades crescente na Internet é projeção do comportamento de nossos corpos físicos ainda na forma de babies ou crianças, as quais podem serem levadas a abracarem tigres se adultos aplaudirem quando enfiam suas mãos nas frestas da cerca de uma jaula. São sete bilhões de fragmentos se comunicando através das paredes ósseas do cranio, para se reunirem e formarem o inconsciente coletivo deste planeta. Quando nos aprendemos a pensar como a Matrix, nos nao estimulamos criancas-consciencias a fazerem o que nao e bom para elas.

– – – – – – – – – –

Em Ingles:

Although I respect the explanation of experts I prefer the other from the Matrix/DNA Theory and its different world view. Facebook This state of consciousness that was born just yesterday in cosmological time, behave like babies and children who repeat behaviors and become creative when they feel the approval of adults or other children. We are seven billion pieces of a living natural software that has been developing in feedback with the hardware of the universal system, both originating from the Big Bang. These fragments of software called consciousness here, are isolated and prisoners inside the human heads, feeling the existence of similar beings outside of their jail, but without being able to make physical contact or through efficient communication. The cloud of the Internet is the vehicle that connects minds even as embryos or newborn babies who did not yet opened their eyes to see the shape of their own bodies. The behavior of intimacies increasing exposure on the Internet is the projection behavior of our physical bodies as babies or children, which may be taken to embrace tigers if adults applauds them when they stick their hands in the cracks of the fence of a cage. Seven billion fragments communicating through the walls of the skull bone, on the way for joining and forming the collective unconscious of this planet. When we think as the Matrix, we don’t stimulate children for doing what is no good for them.

 

Tags: , , , , ,