Consertando os atuais êrros da Sociedade, Economia, Politica: Primeiras Ideias para Pensar e Discutir

No Brasil, você não deve aceitar que alguém trabalhe para ti como empregado mais que 30 horas semanais e por menos de R$ 1.500.00. Se o fizer, estarás sendo um inimigo da Humanidade e contra a Natureza, como um empecilho para a Evolução Universal.

A grande causa da Humanidade agora é ajudar o embrião de auto-consciência a se desenvolver e nascer. cada um dos 7 bilhões de humanos é um gene com uma informação especifica nesta construção. Se um apenas não cumprir sua missão, nasceremos aleijado. Portanto, a principal meta é investir tudo para que os 7 bilhões cresçam intelectualmente absorvendo informações sobre o mundo real natural. Nas atuais condições sociais, econômicas e tecnológica, para se iniciar esta meta, a vida de cada humano deve ser assim planejada:

30 horas semanais ( 5 dias de 6 horas) no trabalho produtivo.

56 horas semanais para dormir;

20 horas semanais (5 dias de 4 horas, a vida toda) para estudar a natureza

27 horas semanais para cuidados pessoais (almoço, janta, banho)

Sobram 11 horas – relativas a sábados e domingos, que cada qual emprega como quiser.

O salario base para todo mundo é 1.500,00. Como fica a situação dos que estudaram, possuem profissões de engenheiros, médicos, etc?

Toma-se por base 6 anos de estudos, 120 horas mensais, 11 meses por ano. 6 x 11 x 120 = 8.000 horas. Ele recebe do governo, 8.000 x 50,00 p/h, 400.000,00. Depois de formado vai ganhar durante 30 anos os 50,00 por hora mais a proporção de 400.000,00  dividido por (30 anos, ou 40.000 horas de trabalho), para pagar com esse acréscimo o que recebeu do governo. Ta ruim? Então vá trabalhar na fabrica, na lavoura, na construção, como os outros.

O avanço da tecnologia e automatização vai cada vez mais diminuindo a necessidade do trabalho direto humano, então essa carga de 30 horas vai caindo.

Mas… e quanto aos ricos, como vai ficar?

Bem, se querem continuar mantendo suas propriedades e demais balangandãs, que o façam se puderem, trabalhando com as próprias mãos, limpando o chiqueiro das vacas, a madame esfregando o chão da mansão, porque empregados não existirão mais: todos os locais de trabalho terão como donos os que realmente trabalham no local.

Tags: