Sushi? Não, é a Natureza mais uma vez aprontando das suas!

Na primeira vez que ví esta foto me deu água na boca, pois pensei logo em sushi. Mas ao ler a descrição fiz uma careta pois lembra aquele mal cheiro daqueles bichinhos verdes chamados de percevejos que dá no jardim. Pois esta figura retrata nada mais nada menos que os ovos já maduros e transparentes onde se vê a larva lá dentro. Por exemplo, os dois pontos vermelhos são os olhos da larva. Eu penso que essa cara de riso das larvas é porque elas já nascem com o instinto malicioso de bagunçar a nossa vida como quem diz ” vou entrar pelas suas narinas e quero ver você sair correndo!”.

Porem, como nêste mundo tem gôsto para tudo, no Laos estes percevejos são comidos, saboreados justo devido seu forte cheiro, misturados com pimenta e uma pitada de catch up… Mas se você é daqueles ricos excêntricos que gostam de experimentar tudo que é importado talvez já tenha comido percevejos sem saber, pois são ingredientes de uma pasta chamada “cheo”, que também contem chilis e ervas… ( agora fui pêgo pelo mesmo instinto malicioso e estou fazendo aquela mesma careta de riso das larvas, rindo dos ricos… kikiki…).

Mas… o que isto interessa à nossa Matrix/DNA Theory?  Hummm… tem alguns segredos, alguns detalhes muito interessantes na vida destes bichinhos… principalmente no tocante ao seu ciclo de vida, que é um tema muito importante na evolução da vida, e no tocante às cinco antenas dos percevejos , pois estamos procurando onde diabos foi parar as antenas dos insetos que nós perdemos na evolução, e no cérebro humano foi encolhida até ficar uma pequena glândula lá no centro do nosso cocuruto. Eu quero minhas antenas de volta!

Seja como fôr, é sempre válida mais uma pesquisa dêste fenomeno, pois ela pode nos fornecer uma luz no sentido prático para resolver-mos um grande problema que prejudica nossas vidas. Êsse inseto é uma praga na agricultura, portanto, culpados da morte de milhões de humanos a quem faltou alimento, eles enveredaram pelo caminho errado da super-especialização num nodo de vida ( o cheiro é uma quimica mantendo-os livres de predadores), estacionaram aí e nada mais tem a fazer pela evolução, a natureza já os condenou ao perecimento eterno, temos que apenas acelerar ajudando a Natureza e elimina-los da existência. E o segredo para isso pode estar na sua genética.

Ovos de insetos como persevejos

Êsse bicho tem o nome cientifico de “pentatomidae” porque tem cinco antenas!, apesar de que eu só vejo quatro. Para que tantas?! Como e porque se desenvolveram estas antenas e justo nesta espécie?  Quando os ovos se partem, a larva imediatamente nasce com a forma de jovem adulta, e então se torna uma completa adulta em um mês. Porque o percevejo nasce como miniatura de adulto e tem apenas 3 seguintes formas de desenvolvimento (ovo, larva ou ninfa, adulto), é dito que tem uma disfunção de incompleta metamorfose, que muitos outros insetos, como môscas e borboletas, progridem de ôvo, para larva, para pulpa, e adulta.

Bem,… aqui o danado do “mister sorriso fedorento” tocou fundo na nossa visão do mundo! Eu nunca pensei que isso seria possível, pular uma fase, uma forma da sequencia do ciclo vital. É como se um humano embrião, ao nascer, sofresse uma súbita expansão e transformação, com a forma de 18 anos e se apresentando para servir o exército! Ora, quem sofreu essa súbita expansão e transformação ao nascer foi o Universo! – segundo a visão de mundo acadêmica, não a nossa. Mas isto me faz correr a buscar uma explicação na fórmula da Matrix/DNA, então vamos trazê-la para cá:

Matrix/DNA as software/diagram of astronomic closed system

Matrix/DNA as software/diagram of astronomic closed system

Esta fórmula representa um corpo qualquer dentro de um ciclo vital fechado que torna o corpo auto-reciclável, constituindo assim um sistema natural completo, perfeito, fechado em si mesmo. A forma de ôvo está representada na F1 – o vórtice nuclear turbilhonar. Dêle nasce o ovo ou semente dependendo de que tipo de corpo seja, na F2, parte para F3 que é a forma de criança/adolescente na F3, chega na F4 que é a forma da maturação sexual e inicio da forma adulta. Pois o danado do percevejo “pula” F2 e F3, caindo direto em F4 !!! Nesse pulo ele desenvolve mais antenas. Terá algo a ver? Terá expressado genes para antenas ao invés dos genes normais de crescimento? Se sim, porque?! O que tem a ver a invenção incomum do seu mal cheiro com isso?

Não resta duvida, o danado do persevejo tem cartas escondidas nas mangas, ele está ocultando segredos terríveis, que nos levariam a melhor entender o mundo! Acho que é mais por isso que o danado nasce rindo! De nós, pobres e ignorantes humanos.  Mas eu vou me agarrar em seus calcanhares, quero ver tudo, desde quando ele era um monticulo de atomos, como se desenvolveu sua anatomia, etc., onde e como ficou incubadas a F2 e F3, como formas de um corpo podem ser transformadas em antenas… Algo muito sutil já me desponta como intuição: sabendo-se que na verdade as formas F’s nada mais são que o aspecto particula ( e não o aspecto onda) do fluxo de energia/informação que corre no circuito do sistema, e sabendo-se que antenas estão relacionadas com a captação de informações… parece que não é impossivel ao fluxo dar estes pulos.

Meus comentarios na Internet:

PHARYHGULA 

Are we all ready to wake up and face the world?

http://freethoughtblogs.com/pharyngula/2014/02/10/marys-monday-metazoan-are-we-all-ready-to-wake-up-and-face-the-world/

Ver aqui os interessantes comentarios

Meu comentario postado no Pharyngula:

louismorelli

10 February 2014 at 3:33 pm (UTC -6) 

From Matrix/DNA Theory perspective, this information is very important and it opens a new branch for research. Why and how this insect jumps two shapes of life’s cycle process?!

The quickly expansion and transformation at birth is a possible existent mechanism in Nature – if the current standard academic model is right: the Universe did it.

But, instead developing the normal two shapes, this body developed antennas. Since that the life’s cycle process transforms the shapes of a body, then, fixing each different shape and keeping the sequential connections of that cycle creates a new system, we know that the process of life’s cycles is the internal circuit of systems that carries on the energy/information about the system.

And knowing that antennas are related to “informations” ( captation of external informations), we can preview that instead expressing the normal genes for development, this DNA triggers signals that express genes for antennas. This is very interesting because we are trying to understanding why, when, and where we loose the insect’s external antennas, and they has collapsed to a small glandula inside the brain.

This research also is beneficial since that this stink bug is a prague in agriculture, we need eliminate its existence, and the secret is hidden in its genetics. There is an article opened for this research at our website.

Resposta ao meu post, de:

=8)-DX

11 February 2014 at 8:47 am (UTC -6) Link to this comment

@louismorelli.. #8 such an odd SPAM – it’s so Chopra-esque!

Those stink-bugs look purrty =)

Minha resposta a =8)-DX : 

louismorelli

11 February 2014 at 3:19 pm (UTC -6)

8)-DX You say: “… such an odd SPAM – it’s so Chopra-esque!”

Are you kidding me?! Are you here as psychoanalyst or someone interested on natural phenomena? Yours comments represents this bad doctrine being taught at schools today: reductionism for collapsing human intelligence towards mechanicism. What about systemic view, which is the basics of my post above? It is not my fault writing English with grammatical errors that makes you didn’t understanding nothing of my post, it is total unknowledge about natural systems. I respect the search for knowledge about consciousness doing by Chopra but I don’t approve his kind of fanatic beliefs, I have nothing to do with Chopra.

Stink-bugs look purrty? As pretty? These insects are a prague in agriculture, so, they have killed millions of human beings missing food, they are our enemies. Their bad smell is a chemistry for defense against predators, so, they are free for population grow, but they have super-specialized in a way of living, and stopped here, closing the doors to their evolution. They have nothing to do here, anymore. Nature has condemned them to extinction, it is a question of time. This planet will change, will not support life here, those species accommodated will disappear. Eliminating them from existence is helping Nature’s work, which normal process is transforming the initial state of chaos of this salvage biosphere into a state of order. Stink bugs are resistance of the chaos forces. Before doing that, they are useful due their singular expression of ancient natural mechanisms that reveals new knowledge about the broader horizon of Nature.

Yours comment “look purrty” is a spam, it does not contributes anything to our knowledge. The issue about systems is such unknown by you that it seems “mysticism”, then, you quick made the imaginary link with these mystical people talking about cosmic consciousness. Nothing to see one with the other. You, as human body, is a system, and while you and yours school does not understanding it human kind will be victim of these milenar diseases like cancer, diabetes, etc. because these diseases are produced by the invisible identity that emerges from a body as a system. Go to my website learning something about system, or you will be lost in the darkness, forever… Why the stink-buggs jumps two shapes of the vital cycle ( as a human embryo jumping the shapes of baby and child, borning as being 18 years old? If you know the natural formula for life’s cycles that build systems, the aspects of waves and particles taking by the flow of energy/information, you should see here, at this event exhibited by the stink-bug, how the waves are accelerated and surpass two particles phases. When the stink-bugs reveal that Nature has this mechanism, quickly your mind leave here the stink bugs and go to Cosmology, re-thinking our models and calculations about the formation of this Universe, because our cosmological models are suggesting that this mechanism was applied there. This is systemic thought, there are no limits inside the hierarchy of natural systems.

xxxxx

Mas chega de especulações, vamos ao trabalho duro iniciar a pesquisa:

Wikipedia (Port.) – Pentatomidae ( é o nome cientifico destes bichinhos) , (do grego Pente = cinco, tomos = seção) é uma família de insetos pertencentes à ordem Hemiptera. Suas antenas têm 5 segmentos, por isso o nome Pentatomidae. Os Pentatomídeos se alimentam de plantações de gergelim. Por isso às vezes é considerado uma praga agronômica.

Wikipedia Inglês ( como sempre tem muito mais informação):

The stink bug, also called stinkbug, derives its name from its tendency to eject a foul smelling glandular substance secreted from pores in the thorax when disturbed. The chemicals involved include aldehydes, making the smell similar to that of coriander; whether or not a human finds the smell unpleasant or pleasant may be genetic. In some species the liquid contains cyanide compounds with a rancid almond scent. This is a form of antipredator adaptation.

Pesquisar o que é aldehydes, etc. para ver como estas substancias se relacionam, como catalistas ou não, com o processo do ciclo vital.

( continuar a ler Wikipedia e depois googlar)

xxxxx

Texto extraído de:

BIOINTERACTIVE

http://www.hhmi.org/biointeractive/pearls-or-stink-bug-eggs

You can tell that these eggs are ready to hatch because the baby stink bugs, called nymphs, are clearly visible. The two red dots in each egg are the fully developed compound eyes of the nymph. Each egg is 0.7 mm in diameter—about the width of a pencil lead. Upon hatching, the nymph will have the form of a tiny adult, and then shed its cuticle five times to become an adult in a about a month. Because the stink bug hatches as a miniature adult and has only three major stages of development (egg, nymph, adult) it is said to undergo incomplete metamorphosis to distinguish the process from the complete metamorphosis that most insects, such as fruit flies and butterflies, undergo, progressing from egg, to larva, then pupa, and adult.

Tags: , , , ,