Como se Auto-Corrigir de um Vicio Que se Torna uma Armadilha

Numa recente artigo aqui chamei a atenção de um ateu materialista e cientista que está criticando as pessoas que cometem o erro de projetar o mundo humano sobre os mistérios do mundo para elaborar suas explicações destes mistérios, o qual ele denomina de “self-centerers”, ou “egocentristas” e diz que isso é o principio forte do antropomorfismo. Eu apontei para os modelos da cosmovisão da Matrix/DNA que sugerem que tudo no mundo humano é produto evolutivo do que quer que esteja no lugar destes mistérios para alerta-lo que um pouco de antropomorfismo é saudável racionalmente, mas ele precisa olhar-se para dentro e tambem se corrigir, pois evidentemente ele está pecando por apelar ao principio forte do anti-antropomorfismo.

Claro… na realidade nem creio que um cientista inglês vá ler o comentário cujo “inglês” contem erros de concordância, o que demonstra um elevado grau de analfabetismo… para ele. Segundo, explico antes que tal visão de mundo foi elaborada por métodos simples no meio da selva amazônica, e isso faz qualquer cientista inglês já jogar o comentário no lixo pensando que não tem tempo para perder com semi-macacos. Mas se ele fosse um pouco mais mente aberta e compreendesse que estes destalhes acima são negativos sob o ponto de vista dele, e não de terceiros, e continuasse a ler, aí iria ficar furioso comigo. passaria a me odiar. Pela primeiras vez na vida ele ouviu um nome – forte principio de anti-antropomorfismo – o que já é suficiente para causar irritação em alguem que ataca agressivamente o forte principio do antropomorfismo. Alem disso, o pirralho semi-macaco analfabeto ainda vem dizer que detectou na sua visão de mundo que sua mente está contaminada pelo tal anti-antropomorfismo.  A ponto de ele não notar que sua “turma” dividiu a História da Evolução Universal em dois blocos separados entre si, sendo um bloco o da Evolução Cosmológica, e o outro da Evolução Biológica, e por isso não perceberam que devem procurar o elo perdido entre as duas histórias, mas chegando ao ponto de – perdidas as raízes das origens dos seres vivos na Evolução Cosmológica – preferirem que um acaso magico inventou a vida humana na Terra e assim se tornam tão anti-antropomórficos que se cegam para qualquer dado no Cosmos que esteja ligado a um dado na existência humana.  Isto acontece sempre com quem ainda não aprendeu com Einstein que tudo é relativo, e cada observador terá uma visão do mundo baseada no ponto do espaço/tempo que ele esteja ocupando diferente de todas as outras visões de mundo de outros observadores situados em outros pontos.

Hoje me deparo com outro artigo de cunho cientifico misturado com religião que me faz prescrever o mesmo diagnóstico para o autor. Mas é incrivel, muito curioso, como a coisa funciona, tão sutilmente, tão mascarada, que a vitima nunca percebe por si própria que ‘sua mente está contaminada pela armadilha do relativismo. E esse é um mal notavel porque ele sempre termina por destruir todo o patrimonio que as pessoas conseguem acumular quando ele se instala coletivamente no poder e derruba civilizações.

Ele engana tambem qualquer leitor atento. Para mostrar como funciona, vamos dispender um pouco do nosso tempo e aprender essa importante faceta das nossas vidas, lendo um texto do autor. Observe que ele começa citando fatos reais, demonstrando grande sabedoria inclusive cientifica, e não sai fora da realidade durante todo o texto, portanto ele se acha puramente racional, e essa disciplina racional embasa sua conclusão final como sendo o pináculo da sabedoria. mas suas palavras, num pequeno detalhe o traem, fazendo com que o leitor releia a descrição do mundo real e perceba como ele tentou enganar, porque ele está doentiamente enganado. Vamos ao seu texto:

http://www.spiritscienceandmetaphysics.com/5-ways-to-raise-your-vibration/ 

3) Practice Gratitude

You are not starving to death somewhere.   You have clean water to drink.  You have a roof to sleep under.  But on top of the endless list of things you could be grateful for, here is something to think about.  You are on a massive rock whirling around a ball of fire at a speed of 108,000 kph. The sun itself is whizzing along the outskirts of the galactic arm at a rate of 792,000 km/h,  and our Milky Way galaxy itself is moving at almost 1 million kph.  Nobody knows what caused the universe, why it is here, why/how subjectivity or consciousness exists, or how life formed out of dead inert matter in the first place.  I personally believe there is an Intelligence behind it all, but whatever your beliefs may be, here is the most amazing fact of all:

13.6 billion years of star formation and destruction, of chemical evolution, of biological evolution, of countless miraculous events that led to the formation of plants, moons, and ultimately to conscious beings took place so that YOU could experience this moment.  Right now.  The universe went through all of this so it could experience itself through your perspective.  YOU are a f**king miracle.  Life is so amazing.  Look outside.  Here the birds.  Feel the wind.   You are on a planet in outer space, and nobody knows how or why anything exists at all.  Take a look at your friends, your loved ones, and just sit with the internal realization that everything around you is literally a miracle.  We so often forget how lucky we are to experience anything at all.  Taking a moment to remember the preciousness of life is something that always brings your energetic state to a completely new level. ( See more at: http://www.spiritscienceandmetaphysics.com/5-ways-to-raise-your-vibration/#sthash.Cji3hnrF.dpuf)

Well…, o autor descreveu o mundo real? Ele pede para você sair e ver o mundo lá fora e aponta o que ele ve quando sai e vê do mundo. Mas…

Me lembro de uma noite na infância ainda  quando sentado num banco da praça comecei a olhar o mundo ao redor e anotar o que via. Eu estava naquele banco de madrugada porque não conseguia dormir -pelo frio, pelo mêdo, etc. – já que era órfão e não tinha uma casa para dormir. Minha conclusão é que eu sou grande erro, um grande desperdício e a Vida é horrível. Tanto que poucos dias depois foi quando me preparei pela primeira vez para o meu suicídio. Ao invés de ver os pássaros do autor, me lembrei dos cães dos burgueses a passearem horas antes no parque e latirem furiosamente para minha figura grotesca no banco, parece que captando o sentimento de asco de seus donos. o autor manda sentir o vento e sim, aquele vento frio horrível que me entrava até os ossos. O autor manda olhar aos amigos e pessoas ao redor e olhei… os outros miseráveis e alguns criminosos e pederastas que me obrigavam a ficar acordado na vigília mesmo estando morto de sono.

Bem, não vou desbancar cada argumento do autor mostrando que para cada cena boa que ele vê, na realidade existe uma cena má. Não vou dizer que ele está mentindo para si mesmo, pois eu mesmo, quando mais tarde estive em boa situação financeira e num local de certo luxo, tambem saí lá fora e por um bom tempo só ví coisas boas, até quase me esquecí das coisas ruins que sabia existirem  se eu fosse um pouco mais longe dali. Com isso eu aprendi a ver o mundo e pensar nos mistérios da existência me ausentando do mundo onde me encontro no momento da reflexão para ver do alto, todas as situações, tanto a metade das coisas boas, quanto a outra metade das coisas más.

O perigo da visão míope

O Universo tem sido metade mal desde o seu primeiro momento. Quando eram só as partículas, ora elas se juntavam, ora se canibalizavam. As galaxias se canibalizam. O mundo já era metade demoníaco antes de Adão e Eva cometerem o pecado no paraíso. O autor descreveu o mundo do ponto de vista de um observador que está do lado de cá e calou a boca do outro observador que está do lado de lá… Assim não vale!

ilusoes de otica

Só porque abraçar é bom, aceita-se que a morena está de vestido vermelho?

Mas a minha grande pergunta é: ” Porque esse autor está míope? Porque é cego de um olho? Porque falseia tudo buscando coletar dados para apresentar um quadro falso e afirmar que é verdadeiro? O mundo tem um passado em que tudo aconteceu para produzir a vida como ela é. É realmente incrível que o planeta Terra esteja movendo-se ou sendo movida na mesma exata direção que se moveu ontem e durante bilhões de anos, se sabemos que o planeta ou seja lá o que for que o move, tem todo o espaço aberto e livre para escolher uma diferente direção agora. E basta desviar-se apenas no ultimo numero de um numero de 20 dígitos para torrar ou congelar todo mundo aqui. Mas isto significa que o mundo foi planejado por algo ou alguem que gosta da vida aqui? Não, a vida aqui tambem esta sendo monstruosamente torturada, o que significa que foi feito tudo errado.

A pessoa que conserva o controle sobre suas faculdades mentais, que continua a ter a razão pura e reta tal como deve ser a razão produzida por tal natureza aqui, vê o mundo lá fora na sua totalidade, e assim vê as duas reais faces do mundo. Não vê o mundo numa balança em que o prato das coisas boas está cheio e o prato das coisas más está vazio, o que passaria a ideia de que o mundo é produto do bem. Não, na verdade os dois pratos estão iguais, o mundo está equilibrado pelo bem e pelo mal. Em cima desta incontestável verdade, em cima desta realidade que nenhum argumento pode distorcer, a pessoa com a razão pura pensa o mundo. Vê estes dois fluxos contrários, estas duas longas cadeias de causas e efeitos que vem desde as origens do mundo, vê duas alternativas, e baseado na realidade deste mundo assim dividido ele reflete, medita, e busca explicações. os dois opostos estão presentes na mente do pensador, de maneira que ele não consegue pender para nenhum lado, ele terá que decifrar o que causou a origem do mundo assim dividido.

Mas tem pessoas como autor, que está apenas vendo o prato das coisas boas, não enxerga o outro prato. De onde vem essa miopia? Assim fica facil resolver o maior problema de todos os tempos, basta pender para um lado, ver só uma metade, e de pronto se descobre como é o causador da origem do mundo. Se entortar a cabeça de maneira a ver só o prato das coisas boas, o mundo foi feito com inteligencia por um ser bondoso; se entortar para o outro lado, o mundo aconteceu por acaso ou foi feito por algo muito estupido, um ser maligno.

ilusoes de otica

“… E antes das origens da Vida, a mulher só existia na cabeça do Criador…”

Mas o autor comete um pequeno deslize na sua narrativa, pelo qual se desmascara. Revela o causador do seu desvio mental. Ele diz que ” Eu pessoalmente acredito que há uma inteligencia por trás disso tudo…”. Ora, então antes de começar a escrever o texto, ele estava possuído por uma ideologia fabricada por um dos pratos para revelar apenas as coisas contidas naquele prato, e assim ele selecionou arbitrariamente as cenas do mundo a mostrar e que ele quer que voce veja. O outro prato, a outra metade do mundo foi varrida para debaixo do tapete.

ilusoes de otica

Um anjo ou o demônio?

Mas assim tem acontecido nos dois mil anos das ciências humanas tambem. O Universo como “corpo” tem suas partes duras, suas partes moles, e suas partes tão imperceptíveis que as definimos como abstratas. Como é o caso dos pensamentos, da mente, da consciência, do eletro-magnetismo, da força gravitacional, etc. e etc. Assim como o corpo humano tem sua parte dura de esqueleto ósseo, sua parte mole de órgãos e fluidos, e sua parte de consciência. Uma das maiores surpresas na minha vida foi quando olhei a figura do mundo que minhas experiencias de vida nos dois pratos me conduziram a desenhar, e notei que há muito tempo atras, quando a arquitetura natural que era a mais evoluída do Universo, ainda não possuía a terceira camada abstrata dos pensamentos, ela possuia sua segunda camada na forma assim abstrata. Ou seja, o que hoje é a segunda camada de carnes e fluidos moles e suaves do corpo humano, naquela época era a ultima camada ainda numa forma abstrata. Pois essa camada mole, biológica, existia apenas como conceitos revestindo uma espécie de maquina feita de material duro, apesar de ser uma maquina perfeita. Uma das lições daí extraídas é que cada camada emerge primeiro como conceito abstrato, apenas depois se solidifica materialmente. Pois o esqueleto duro de átomos e galaxias do Universo foi antes, em tempos próximos às origens do Universo, meras névoas  informes de partículas quase abstratas. Outra lição importante foi entender porque as nossas ciências nunca perceberam essa camada suave do corpo do Universo que reveste seu esqueleto de galaxias. Sendo produto da parte dura, a vida seleciona os dados duros e ignora os dados suaves e moles de todos os fenômenos naturais. O observador tem estado ocupando apenas um ponto no tempo e espaço, o ponto mais duro, não se pode culpa-lo de ter crenças baseadas no que ele foi produzido para ver.

A vida humana tem existido e sobrevivido apenas na parte dura do Universo, os humanos só tem visto um dos três pratos, e esta parte dirigiu nossas ciências a se limitar a apontar, a descobrir, os fenômenos que fazem parte dessa parte dura. Por isso a Física e matemática dominam as Ciências hoje nas interpretações dos fenômenos naturais e as próximas descobertas da ciência, previamente selecionadas por uma tendencia. E por isso os cientistas e todos os estudantes educados nestas escolas modernas estão correndo o grande risco de serem contaminados pelo materialismo absoluto.

Devagar com o andor, minha gente, e por favor, fiquem mais atento a todos os sinais do mundo… Este autor, coitado, se ele conseguisse convencer todo mundo que ele está certo, que o mundo é como ele diz, que existe uma inteligencia por trás de tudo, ele vai destruir todo seu patrimônio e suas próximas gerações, como aconteceu com todos os viciados que já conseguiram fazer isso e arrastaram o povo todo a construir todas as civilizações que o mundo real fez questão de derrubar… Pois elas saíram fora da sintonia natural, do rumo em que o mundo caminha e muda, elas estavam fora da realidade. E eu seria louco, irresponsável, se tambem tentasse convencer os incautos que a minha visão de mundo é mais rica e certeira porque tenho visto os dois pratos. Aprendi lá na selva que existem no minimo três pratos… e sou ainda míope para um deles. Apenas os dois pratos me dão a certeza de que a crença do autor não tem fundamento na realidade.

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,