Posts Tagged ‘Aquecimento Global e Mudança Clima’

A Matematica da Natureza Interpretada por Outra Configuração Cerebral: Como os Chineses Multiplicam

segunda-feira, setembro 29th, 2014

xxxx

Ninguem entende quando começo a falar do mundo interpretado pela visão da Natureza que concluí na minha experiencia de sete anos vivendo isolado na selva bruta. Assim como não consigo ainda entender bem o que levou os cérebros de todas as outras pessoas a interpretar os fenômenos naturais e extrair seu significado para as existências, tão diferente do significado que penso ser o certo.  As pessoas não se interessam por esta diferença porque automaticamente concluem que eles, sendo a grande maioria, sabem o certo, e eu sou uma exceção, penso tudo errado. Não tem interesse em prestar atenção e tentar entender o que digo.

A herança genética tem grande influencia na forma como os cérebros são configurados nas suas conexões neuroniais – talvez ela contribua com 50% dessa configuração. O meio-ambiente, a cultura da raça, a experiencia de vida do individuo, talvez sejam responsáveis pelos outros 50%. Considerando-se que existem muitas heranças genéticas diferentes, modeladas pela geografia diferente, muitas culturas, e experiencias de vidas que podem serem completas exceções dentro mesmo de uma raça, concluo que deve haver muitas diferenças nas configurações cerebrais entre os indivíduos. Aqui está um exemplo estonteante de como pode diferenciar dois cérebros humanos: a diferença entre como a cultura ocidental interpreta e simboliza o aspecto contábil na Natureza quando comparado com o que faz a cultura chinesa. Devemos assistir o vídeo com link abaixo ( e ver os outros videos relacionados na lista do Youtube, inclusive parece-me haver alguns legendados) pois isto vai estremecer as bases na estrutura do nosso cérebro. Como eu faço ao descrever minha cosmovisão, os chineses mostram como vêm e como desenvolveram a interpretação matemática da Natureza. A diferença entre eu e os chineses é que, por mais que eu traga exemplos, evidencias, parâmetros reais e factuais conhecidos por todos, para embasar cada passo da minha teoria, de nada adianta para interessar as pessoas, enquanto nesta área restrita da natureza, sua face matemática, os chineses tem a sorte de mostrar na hora que seu método dá certo, portanto está também correto.

O ser humano precisa observar a diferença mental entre um homem e um tigre, um crocodilo, ao mesmo tempo que não julgue o cérebro humano superior ao cérebro do elefante, apenas são diferentes. Insetos com antenas são muito mais superiores que os humanos na captação das influencias do campo magnético do planeta, nos fenômenos da vida. Na selva eu aprendi a ser humilde neste ponto, apanhando duro onde o macaco ganha de sobra.  O segredo, a meu ver, está sugerido pela teoria das cordas, pela qual, existiriam no minimo 11 dimensões e não apenas as 4 ou 5 que nós captamos com nossos sensores cerebrais. Coisas “fantasmas” da maioria das outras dimensões pululam no mesmo espaço que vivemos que tambem tem suas montanhas fantasmas, constroem seus edifícios fantasmas, e jamais vamos poder digerir isso quando temos certeza absoluta que o mundo em que existimos tem o espaço todo ocupado pelo que denominamos de “reais”, ou “materiais”. Eu nunca vou acreditar nisso, esta é mais uma teoria mistica,… porem, as diferenças dos vários tipos de cérebros ao longo da evolução biológica, mais a minha cosmovisão inserindo a novidade teórica da Matrix/DNA na Natureza real,  sugerem racional e logicamente que esta teoria tem que estar certa. talvez, por exemplo, este planeta seja mais “vivo” do que pensamos, porem, as mais evidentes propriedades vitais dele se expressam no seu campo magnético, do qual quase nada sabemos. Talvez o Universo tenha sobre sua estrutura física uma camada de fenômenos biológicos sugerindo que o Universo tambem seja algo vivo; talvez vivemos no Universo como as bactérias que viveram na cauda de um dinossauro morreram sem saber que a cauda se move e que estavam dentro de um ser vivo. Não tem como saber-mos o que é e como é o Universo. No entanto estas teorias e estes talvezes não nos importam agora porque estamos atarefados na luta pela melhor sobrevivencia neste mundo captado pelos nossos sensores, não devemos desviar-mos nossos tempo e energias dessa luta. Mas tambem sabemos que uma boiada em disparada, se não parar nunca, um dia vai quebrar a cabeça numa montanha ou cair num precipício. A Humanidade inteira pode assim tambem desaparecer. Mesmo nessa louca correria em que estamos ( neste justo momento que estou escrevendo isto meu cérebro está me condenando porque tenho dezenas, centenas de coisas pendentes a resolver, centenas de fatos-oportunidades ou fatos ameaçadores estão agora passando ao meu lado, lá fora de casa, e eu ignorando tudo para parar e pensar…) sempre surgem momentos que somos parados temporariamente pelas circunstancias, e devemos então investir estes momentos para repensar nossa correria, o contexto ambiental, social, mesmo astronomico, em que estamos. Estamos acompanhando, sendo levados, numa longa caravana de humanos, em ritmo acelerado, por estradas das quais não temos a menor idéia sobre o que tem alem da curva e do horizonte que nossos olhos e raciocínios incompletos alcançam. Se alem da próxima curva tiver um pântano de areia movediça, não teremos tempo de parar os cavalos, será tarde demais.

Quando eu de repente arrumei minha mochila e partí para o meio da selva deixando a vida civilizada no centro de numa metrópole como São Paulo, ou quando deixo New York e seus yuppies que trabalham em Wall Street retornando à selva e seus macacos, é como se eu desse uma escapadinha, saindo fora da caravana, subindo uma montanha ao lado da estrada, e tentando ver do pico da montanha, o que nos espera lá á frente. Temos que exercitar o cérebro e seus sensores para abranger horizontes mais amplos que o nosso atual, habitual, e imposto, imediatismo. Não sou eu, não são minhas teorias escabrosas que estão ordenando que façamos isto: é a História Natural. Ela mostra que todas as espécies que foram pelo caminho que estamos indo, pereceram ou estão em vias de extinção. Não ligar para isso porque nossa arrogância sugere que nós somos superiores e vamos mudar as leis naturais, é estar com o cérebro dominado ainda pela mistica e as fantasias infantis. O Universo não está nem aí para nós, e o menino que na semana passada caiu na cela do tigre, ficou estancado pelo terror pondo as mãos sobre cabeça e pescoço para se proteger, minutos depois estava urrando de dor e sendo despedaçado: nenhuma entidade supernatural, superior, estava ali assistindo-o, ninguém parou o tigre, portanto, não existem deuses nos vendo: as leis naturais existem assim e são implacáveis, invioláveis. É mais sensato buscar conhecer as leis naturais do que buscar conhecer os deuses. Diferentes genéticas mais diferentes ambientes mais diferentes experiencias de vida causam diferenças sutis, evolutivas ou involutivas, nos sensores cerebrais, por isso, é preciso prestar atenção a que os cérebros diferentes estão dizendo dos fenômenos naturais. Temos que tentar entender o mundo visto pela cultura chinesa, como essa cultura levou eles a interpretar a matemática desta maneira tão incompreensível ao modo como nossos cérebro está configurado por outra cultura. Aproveito a oportunidade ladinamente para tambem lembrar que existe a cosmovisão da Matrix/DNA, construída por uma forma diferente de perceber os fenômenos naturais, e que ela tambem merece que invista alguns daqueles tempos que surgem de sobra na sua louca correria do dia a dia. Ela está sugerindo centenas, milhares, de necessárias urgentes providencias para corrigir a trajetória da nossa caravana, ela está dizendo que existe pântanos de areia movediça logo após a próxima curva… ela pode estar totalmente errada, mas,… senão, então será tarde demais. Fique acreditando que foi um meteorito que destruiu todos os dinossauros em todos os continentes ao mesmo tempo, ao invés de ver que as leis naturais estavam condenando-os á extinção implacavelmente, devido ao tipo errado de vida que resolveram adotar.

Vejamos então o link inicial para esta série de videos e artigos relacionados ( e tente raciocinar como raciocina esta estranha cultura, pois para desenvolver nossos cérebro, precisamos expô-lo à diversidade de experiencias) :

The way Chinese Multiply, really amazing

https://www.youtube.com/watch?v=Iy0_YNN-H_I

 

 

 

Matemática Chinesa: Configuração Cerebral Por Uma Cultura

Vídeo de Astronauta com Crianças sobre a Ameaça dos Asteroides e a Sugestão da Matrix/DNA

sexta-feira, agosto 29th, 2014

xxxxxx

Neste vídeo, o astronauta Michael Fincke faz perguntas a crianças de 4 a 6 anos, e obtem respostas muito inteligentes. Como pode a mente de uma criança se deslocar imaginariamente ao espaço sideral, ter uma visão de asteróides caindo na direção da Terra, sentir que precisa encontrar uma solução para evitar a tragédia, e se lembrar que nós capturamos vacas a laço, para usar a mesma técnica com os meteoros?!

The Mission is Simple: Asteroid

https://www.youtube.com/watch?v=jwQM9IRTAuw

Pessoas comuns, normais, quando observam outras pessoas, velhos, crianças, sexos opostos, de pronto se concentram nos aspectos materiais, como a aparência, roupas, e daí se questionam se a pessoa tem ou não dinheiro, se é filho de rico ou pobre, etc… Nós, filósofos naturalistas, de pronto, tentamos entrar fundo em seus corpos, indo diretamente ao DNA e tentando desvendar a gênese da pessoa e qual a influencia daquele único tipo de DNA na sociedade e no mundo. Em seguida ficamos ouvindo e fazendo perguntas para saber qual o conteúdo e o que pensa a mente dentro dos corpos. Por isso, a minha primeira questão acima ao assistir a esse vídeo foi essa: como explicar essa maravilha de associações que a mente de uma criança consegue fazer, quando sabemos que seus cérebros ainda estão humanamente incompletos ( o ser humano apenas manifesta a glândula pineal, no centro do cérebro, aos sete anos)!

Diz a lenda moderna cientifica baseada na sua equivocadamente visão do mundo, que a espécie inteira dos animais gigantes, como os dinossauros, foram extintos por acidente, pela casualidade, na queda de um gigantesco meteoro sobre a terra, 60 milhões de anos atrás. Agora, os poderosos olhos espaciais tem capturado a visão de muitos meteoros vagando nas nossas vizinhanças, e aquela equivocada possibilidade dos fim dos dinossauros, deixam a elite intelectual rica do planeta, preocupada: isto pode acontecer conosco tambem, a qualquer momento. Então lá se vai uma parte das economias humanas gasta na busca e desenvolvimento de tecnologias para fazer o que os dinossauros não fizeram: ter armas, poder, para detectar a tempo, atacar e eliminar estes meteoros no espaço. Está certo: uma pessoa previdente pode se salvar e outra que não seja, perecer. Mas…

Sugere a fórmula da minha “Matrix/DNA Theory” que a extinção dos dinossauros foi determinada pelos erros dos dinossauros, ao escolherem um modo de vida em que se desenvolve o físico apenas esquecendo totalmente o desenvolvimento do intelecto quando uma espécie cresce demais, passa dos limites de encaixe no meio-ambiente, se acomoda numa situação confortável, torna-se um sistema fechado sobre si mesmo, super-egoísta, e assim tenta eternizar uma forma provisória da evolução, interrompendo, fechando suas portas à sua evolução. Este é o mal embutido na ideologia dos “conservadores”, os ricos que formam estes partidos políticos e mafias para conservarem o “status quo”. tais espécies saem fora do tronco da arvore da evolução, na forma de galhos, os quais tem um limite de de crescimento menor que o crescimento do tronco, e tem apenas um destino: se secam, e se extinguem, pois foram descartados pela evolução natural. E a Humanidade está indo por este caminho… se emergências arrojadas como a nova cosmovisão que é a Matrix/DNA não for entendida e praticada a tempo. A natureza não se apressa, em funciona em termos da escala do tempo astronômico, portanto ela deixa estas espécies sobreviveram até por milhões de anos, mas de uma forma ou outra, as transformações evolutivas que vão ocorrendo no todo natural acabará eliminando a espécie. Pode até ocorrer que nesse tempo realmente eventos ao acaso faça o trabalho no lugar da natureza, como poderia ter ocorrido a queda do tal meteoro. Mas… eu particularmente não preciso apelar para magias da cuasalidade, assim como vou explicando todos os eventos e fenômenos naturais pela simples lógica da razão natural sem ter que apelar pela visão imaginaria do dedo de um Deus interferindo aqui. Os dinossauros cavaram sua sepultura, mas isto interessa à cultura virtual dos predadores humanos que dominam o curriculum escolar, a esconder debaixo da equivocada explicação da evolução natural pela incompleta Teoria Darwinista.

Afinal, existe realmente a ameaça da queda de meteoros e é sensato investir economias do duro trabalho humano na pesquisa e desenvolvimento da Ciência e Tecnologia para tentar evitar essa ameaça? O que sugere a Matrix/DNA Theory?

Sim, existe a ameaça, apesar do estabelecido balanço magnético/gravitacional dentro de um sistema astronômico, porque meteoros são partículas astronômicas demasiado minusculas em relação ao tamanho do sistema astronômico e desenvolvem excessivas velocidades, o que as possibilitam passarem indefensáveis dentro do sistema. Isto sugere que se houver um meteoro que ultrapasse certo limite de tamanho ele será imobilizado pelas fôrças internas do sistema, que funcionam como o ancestral do sistema de defesa imunológica dos sistemas biológicos, como o corpo humano. Então inexiste a possibilidade de que a superfície terrestre inteira seja abalada por um meteoro, a Vida nunca será aqui extinta por isso. Mas podem causar tragédias locais. Portanto está aprovado este empreendimento, de tal maneira que eu doarei o dólar que me sobrar no final do mês para a continuidade deste trabalho. Mas…

É preciso debater entre a população que sustenta o projeto como deve ser o método deste projeto. Misseis baseados na superfície terrestre com poder de alcançar o espaço sideral e dirigidos a atacar estes meteoros? Ou misseis baseados em estações espaciais, satélites, etc.?

Antes de dar nossa opinião, como sempre, estendemos o mapa contendo a fórmula da Matrix/DNA sobre a mesa, e prescrutamos a natureza, se ela não problema semelhante antes, e como ela o resolveu. E assim de pronto focamos nossa atenção em F1, o vórtice nuclear central. Aí está como ela resolveu o problema, a 10 bilhões de anos atrás. E depois vemos como essa  função universal – F1 – desenvolveu sua ferramenta para se executar num sistema mais evoluído, a célula viva. E vemos então que na superfície dessa existem receptores, que capturam e eliminam invasores antes que a penetrem. E imediatamente então nossa mente percebe que a solução tem que partir das estações espaciais, como a atual estação que já temos em órbita. Estas estações pairando na superfície da estratosfera terrestre repetem a image dos receptores pairando na superfície da membrana celular, depois de repetir a cena dos vórtices galácticos. De certa maneira, o rodamoinho cósmico envolvendo os detritos inter-estelares se parece com um laço capturando uma vaca. Foi a criança quem confirmou a tese da Matrix/DNA: ” é por aqui o caminho a seguir”!

A seguir, a cópia de meu comentário postado no vídeo e outros sites divulgando este vídeo:

 

When we have a new problem, we must search in Nature, because Nature has solved all problems against its evolution. About this problem, Nature solved it 10 billions years ago: building a spatial vortex that attracts and captures blocks of rocks and dust of died stars. You can see it in the natural formula for natural systems, at “The Universal Matrix/DNA For Natural Systems Theory”. So, on the future, our planet will be surrounded by spatial stations containing these “receptors” for planet defense. Like cells have their surface’s receptors for self-defense, capturing viruses…

xxxx

Pesquisa da Matrix/DNA:

1) Como está a atual tecnologia contra asteroides?

2) Qual a diferença de definição entre as palavras “asteroide” e “meteoro”?

Imagem dos Tornados Iselle e Julio Lembram as Origens do Universo ! Mera Coincidencia?

quinta-feira, agosto 7th, 2014

xxxxxx

Hurricanes Iselle and Julio Nearing the Hawaiian Islands

Hurricanes Iselle and Julio Nearing the Hawaiian Islands

NASA



In early August 2014, not one but two hurricanes were headed for the Hawaiian Islands. Storms arriving from the east are a relative rarity, and landfalling storms are also pretty infrequent.

On Aug. 5, the Visible Infrared Imaging Radiometer Suite (VIIRS) sensor on the Suomi National Polar-orbiting Partnership (NPP) satellite captured natural-color images of both Iselle and Hurricane Julio en route to Hawaii. This image is a composite of three satellite passes over the tropical Pacific Ocean in the early afternoon. Note that Iselle’s eyewall had grown less distinct; the storm had descreased to category 2 intensity. The bright shading toward the center-left of the image is sunglint, the reflection of sunlight off the water and directly back at the satellite sensor.

Image Credit: NASA image by Jeff Schmaltz, LANCE/EOSDIS Rapid Response. Caption Credit: Mike Carlowicz.

Comentário da Matrix/DNA:

Foi bater os olhos nesta imagem e lembrar-me dos desenhos feitos na selva há 30 anos atrás quando iniciava a perceber a existência da Matrix e tentava calcular como ela teria surgido. Não é de todo um descalabro ou desvario mental comparar o que ocorre na atmosfera terrestre com o que ocorreu na atmosfera do Universo primordial, pois a atmosfera de qualquer lugar do Universo hoje é mero produto evolutivo da atmosfera primordial… claro, isto é pura lógica. Não é a tremenda complexidade de hoje resultante das diferentes combinações das partículas-informação originais que vai nos cegar para este imperativo da lógica naturalista.  O fato de fazer-mos mentalmente esta conexão no tempo e espaço tão distantes entre si é fundamental para ver no fenômeno acontecendo na atmosfera terrestre – o qual é de muita importância porque afeta nossas vidas – elementos e fôrças que aqueles que não fazem este exercício mental não estão percebendo. Por exemplo, esta nova maneira de ver os fenômenos naturais está sugerindo que a energia solar tem grande influencia na formação e direção dos tornados, e que existe a possibilidade da Humanidade atuar também influenciando nesse processo, de maneira que lhe convenha.

Como me falta tempo agora para terminar este artigo, apenas copio abaixo o comentário que postei na noticia da NASA. Mas antes, para os que nada entendem da Matrix/DNA:

Os desenhos feitos na selva na época eram baseados em varios assuntos, tais como:

1) A Física do Prêmio Nobel Hideki Yukawa quando teoricamente calculou como seria a cola nuclear que liga prótons e nêutrons no núcleo atômico. Tenho artigos aqui falando dos “balões ou bolhas-rodamoinhos de Yukawa”, pois eles são fundamentais para começar a se entender como esta matéria organizada em sistemas se manifestou e afirmou neste Universo, e sobre de onde estes bits-informação vieram;

2) A intuição de que o Universo é meramente o palco onde está ocorrendo um processo natural de reprodução genética do desconhecido sistema que havia ou ainda há antes dele. A partir desta intuição comecei a calcular como teriam os bits-informações atuados pelos mesmos processos que os genes atuam a partir do “big bang” da fecundação;

3) A transferência do sistema galáctico e/ou solar para a forma de primeira célula biológica, através de fótons vindos de estrelas como o Sol e do núcleo terrestre; etc…

Comentário postado na noticia da NASA: ( para não ser lido por inteiro porque está em sofrível inglês ( preciso de alguém fazendo as revisões), porque leva o leitor a um palavreado e linguagem que parece de outro mundo, porque expressa uma visão de mundo totalmente diferente e contraria ao que o leitor acredita e portanto, para ser apedrejado… mas tenho que ir insistindo em cumprir a minha missão).

Louis Charles Morelli – 2:07 PM – Thirsday, August 7, 2014
Why this image remembers the beginnings of the Universe, where two opposite spinning groups of microscopic quantum tornadoes made off the first material particles?!
What’s the role of sunlight at tornadoes formation and maintenance?
Suggestions from Matrix/DNA Theory are that the Sun is  a kind of station for repetition and re-transmission of the light waves produced by a pulsating Universe. And… “since that the light waves emitted by “big bangs” penetrates inertial dark mater and imprints the process of life’s cycles, they are the creator of primordial natural systems, from atoms to galaxies”. In the Cosmos universal light waves are fragmented into microscopic particles-vortexes called photons; here, at Earth’s surface, Sun’s photons makes the reverse way, creating giants vortexes. (?)

What do you think?  Will be the human control of hurricanes dependable of more knowledge about the role of Sun’s energy?

As anormalidades climáticas e sugestões dos modelos da Matrix/DNA

sexta-feira, fevereiro 14th, 2014

Uma grande preocupação nestes dias para qualquer não-alienado humano é a respeito das noticias sobre recordes de temperaturas mais frias ou mais quentes no planeta. Sem duvida algo anormal está ocorrendo com o planeta e isto não é brincadeira. O pior é que ninguém sabe quais as causas, os efeitos, todos tem suas teorias. No esforço de melhorar nosso entendimento, me surgiu a seguinte ideia:

Imagine uma partícula inteligente vivendo na superfície de um átomo de uma célula de um órgão como o figado de um corpo humano. E a partícula está sentindo que seu átomo está avariado, anormal. Como ela vai abordar o problema, buscando conhecer a situação? Vai olhar a sua volta desconfiada que ela mesma, sua superpopulação e modo desregrado de consumo, a está tornando como um vírus maligno ao átomo? Vai entrar dentro do átomo, vai até o núcleo, apostando que o problema do átomo vem de dentro para fora? Vai voar acima do átomo buscando na célula a causa do problema, apostando que o problema vem de fora para dentro? Vai voar mais alto ainda achando que o problema vem do órgão “figado”? Ou vai até os confins do corpo humano achando que o problema esta no universal sistema?

Pois humanos na superfície do planeta é a mesma coisa, apenas mudam nomes e tipos de sistemas, mas é a mesma hierarquia entre sistemas. Será que o problema da Terra está vindo de dentro, desde o núcleo ou alguma camada geológica interna, para fora? Ou será que devemos olhar a volta apenas tendo a firme certeza que os humanos com sua superpopulação e modo desregrado de consumo está afetando o planeta? Ou devemos levantar a cabeça e por sondas a viajar apostando que o problema vem de fora, do sistema solar? Afinal o Sol tem produzido mais labaredas ultimamente. Ou será ainda que o sistema solar está operando normal, mas as variações estão sendo causadas por radiações cósmicas vindas do sistema galáctico? Tudo é possível neste caso tão complexo.

O átomo pode chegar a uma situação que elimine as partículas em sua superfície. Mas se a partícula descobrisse que as causas vem de fora para dentro, por exemplo, que o sistema inteiro em que ela vive esta consumindo muito álcool ou tabaco,poderia tentar erigir barreiras especificas contra as forças externas; ou se descobrisse que as causas estariam vindo de dentro para fora, poderia tentar tapar buracos, etc… e até poderia driblar a Natureza salvando-se. A inteligencia pura, natural, pode ser, dentro da Natureza. a sua força mais poderosa.

A seriedade da situação e a nossa responsabilidade – principalmente com nossas inocentes crianças e próximas gerações – indica que temos que nos concentrar no problema, buscar mais dados, pensar em todas as teorias, todas as possibilidades.

E aqui entro eu. Porque fui o único autor no mundo até agora a elaborar um modelo teórico astronômico em que os conhecidos detalhes regulados pela mecânica newtoniana somados as influencias da teoria da relatividade geral apresenta um quadro final em que esta galaxia teria uma cobertura de matéria organizada sob os princípios biológicos. Em outras palavras, esta galaxia seria algo semi-vivo. Esta cobertura desceria influenciando seus building blocks estruturais que são os sistemas estelares como o nosso, os quais são como os átomos que compõem as nossas células. Este modelo está sugerindo que muito das anormalidades climáticas e do eixo magnético da Terra tem causas naturais, supondo que a astronomia está também sob um primitivo processo de ciclo vital.

Mas ninguém conhece e não querem conhecer os meus modelos, a teoria geral. Então as explicações sobre a anormalidade atual sugeridas pela minha teoria não estão sendo consideradas. Acho que isso é falta de consciência sobre a seriedade que o assunto requer e negligencia com a responsabilidade que a Humanidade exige de nós. Mesmo que a teoria esteja errada, mas mesmo assim, traga a prova de que esta errada.

Sistemas Naturais e o Estudo de Seus tipos de Colapso: Colapso ou Fluxo de Ordem da Atual Biosfera?

sábado, janeiro 11th, 2014

Este assunto é baseado no artigo com link abaixo e muito importante pois informa o conhecimento acadêmico sobre os processos de colapsos, os quais servem para serem comparados com o processo de colapso revelado pela formula da Matrix/DNA para sistemas naturais. ( Obs. – No secção de comentários que segue o artigo há um comentário postado pela Matrix/DNA, transcrito abaixo).

Collapse

http://www.exposingthetruth.co/collapse/#comment-1164277163

posted by Michael Thomas 

Collapse - Exposing The Truth

Collapse – Exposing The Truth

Comentario da Matrix/DNA postado no artigo:

Avatar

TheMatrixDNA 

My theoretical models at Matrix/DNA Theory are suggesting a different destiny other than collapse of this biosphere. They are suggesting transformations from a chaotic state towards a ordered state. First, few things about biosphere and collapses.

This biosphere was produced by a perfect machine described by Newtonian mechanics: this Solar System. But this biosphere never got the state of order seen in the Solar clock. It is enough living a time in any jungle for to learn that the rule, the natural process, is savagery, chaos. Above the solar system there is the galaxy, a not such ordered state, since we see supernova explosions, cannibals black holes etc. It seems that order produces chaos which produces order and so on. From chaos lift the flow of order, slowly, and Humanity seems to be the carrier for to install the final order. We are going to the “Brave New World”, under the ” Big Brother (I think in the Big Mother or Queen), like went the bees and ants social systems. Everything that moves out of the systemic ordered circuit, is extinct, only what fits in an harmonic garden will survive in the human new paradise at Earth surface.

How do you define the word ” collapse” when applied to biosphere? Is it a big structure that will fail down, as any dictionary definition? If so, it is a kind of internal collapse, but it does not apply to opened systems as the biosphere. Economics collapses are not collapses that ” fails down”, since that it produces an economic transformation. Collapses that makes structures fail down are those that happens with stationary buildings, not living systems like the biosphere. There is no extinction above evolution because evolution still is happening to the first living system – a unique cell system – since that the modern final product – humanity – is more complex, than, still a carrier of biospheric evolution.

Our big problem is not the collapse of a chaotic biosphere and its transformation into a ordered biosphere. The problem is the machine. The ordered state. The Brave New World will be the prison for this new baby-system that is being developed inside our heads – the mind, or consciousness – since that as merely pieces of the new shape of this biosphere each human being loose its own identity, and it will be the paradise of stupidity. The properties of consciousness are not seen in the solar or galactic systems, then, its informations are coming from above them, somewhere in the vast Universe or beyond. Our biggest problem is that – although this new baby needs the accommodation of our bodies inside an ordered system working as a productive machine – we need find ways for keeping the baby outside the new order, free for flying towards its own, far away and unknown source. Human intelligence will make humans survivors, our problem now is how to avoid the robotization of our minds. By the way, I am grateful to yours efforts studying natural systems, there are lots of insights about systems in yours article, and I think that the freedom of minds comes from their expansion, which can be reached when we make efforts to see the world as system, better than the reductionist method. Thanks

Luz, Campos Magnéticos: Tema a Pesquisar

quinta-feira, dezembro 19th, 2013

Mystery Solved; Earth’s Deadly Radiation Belts Fueled By “Chorus” In Upper Atmosphere

http://www.hngn.com/articles/19994/20131219/mystery-solved-earths-deadly-radiation-belts-fueled-by-chorus-in-upper-atmosphere.htm

Researchers may have found an explanation for the mysterious super-high energy particles that exist in the Earth’s upper atmosphere.

Van Allen Belts are rings of high-energy particles surrounding Earth.

Van Allen Belts are rings of high-energy particles surrounding Earth. (Photo : UCLA)

Mensagens da Matrix/DNA: O Aquecimento Global seria o Inferno trazido a Terra para corrigir os erros de Software da Alma Humana?

quarta-feira, dezembro 18th, 2013

O aquecimento global é um exemplo de como caminha a evolução do sistema natural universal que surgiu desde o Big Bang. Esta evolução avança devido todos os sistemas naturais – como os corpos humanos – serem dotados de hardware ( a parte carnal) e software ( a parte do comando de instruções, como os pensamentos, a mente, ou o DNA sobre os genes, etc). Assim como evoluem nossos computadores. Primeiro existiu uma idéia numa cabeça humana ( que visualizou o simples ábaco e suas operações, ou, mais tarde, a cabeça do Bill Gates que visualizou o Windows, etc.; essas idéias são da dimensão invisível do software). Tal ideia produziu um artefato material, o hardware. Usando o hardware se produz mais e mais rápido, o que faz obter-se novas informações do mundo real, as quais aumentam ou elevam os níveis da necessidade humana. e estas necessidades esforçam a mente em pensar em novos hardwares mais poderosos. Assim, o software inicial, com poucas informações, gera seu próprio corpo físico, seu hardware, no qual desce, se encarna, para operar no mundo real desta nossa dimensão, ou na dimensão captada pelas maquinas. Mas o hardware capta e alimenta o software com mais novas informações, o qual o faz crescer, evoluir, para criar novo mais evoluído hardware. É um continuo processo de feed-back, retro-alimentação, e sabe-se la porque o mundo é assim, eu não sei, mas estou fortemente suspeitando que o mundo é assim, porque esta composição entre hardware e software surgiu sem eu esperar dos meus cálculos na selva amazônica sobre a evolução daquela natureza selvagem, e como acho que os cálculos foram impessoais, foram a própria e genuína lógica da Natureza, não posso ignora-la. Misticos no mundo inteiro intuíram esta composição, mas com poucas informações sobre as distantes informações da Natureza e sem conhecimento do computador, fantasiaram tudo, dando nomes ao software de “alma do mundo”, “espíritos”, etc., adornando o bicho com chifres que na realidade não possui. Mas num fato eles acertaram, pois da mesma forma que o primeiro DNA que surgiu aqui na Terra – ( a 3,5 bilhões de anos atrás?) – nunca morreu, nunca foi destruído, e continua aí vivinho da silva, até parece que o bicho veio para se estabelecer como eterno ( se ele é de fato uma continuidade da Matrix que veio desde antes do Big Bang, ele é eterno), assim também os meus modelos insistem em afirmar que este software-alma veio de antes do Big bang e continua aí, evoluindo.

O planeta Terra, e quiçá o Sistema Solar, era um hardware,e nele hoje existe um software, que é a camada do inconsciente coletivo revestindo a superfície terrestre, fragmentada em 7 bilhões de fragmentos, cada um dentro de cada cabeça humana. Gerando um hardware bastante complexo, que são os corpos humanos, este conjunto se comportou errado, de maneira que sua existência certamente vai ser torturada pelas mudanças em seu habitat. Esta tortura do hardware refletindo no software obrigará o software a crescer em necessidades, precisar de novas soluções, novos hardwares. Se não ocorresse este natural efeito de maus comportamentos que é o aquecimento global, o software aqui se acomodaria nos prazeres da matéria, instalando uma espécie de Admirável Mundo Novo sob um Grande Irmão, e seria a prisão eterna para o software universal. Como dizia minha avó, “há malas que vem de trem, outras vem de avião…”…oooppsss… não é nada disso que ela dizia, e sim: “Há males que vem para o bem…”

Aquecimento Global da Terra segundo a Teoria da Matrix/DNA

Aquecimento Global da Terra segundo a Teoria da Matrix/DNA

Segundo nossos modelos astronômicos, esta imagem representa o que aconteceria num caso extremo, se a Humanidade não mudar seus hábitos. Planetas surgem possuindo um núcleo inerte, e desta forma, pu por esta sua forma inicial, a Terra criou aqui o fenômeno conhecido das sementes vegetais, onde um germe inerte esta envolvido por uma aureola de nutrientes. Ao se plantar uma semente onde haja água, ela incha a semente para que penetre em seus poros, com isso levando os fótons que a água terrestre recebe com a energia solar. Ora, o núcleo do planeta é um germe de estrela como o nosso Sol, então a energia do Sol o desperta e o estimula a iniciar suas reações nucleares, como acontece no Sol. Assim o núcleo da Terra vai “comendo” de dentro para fora a  sua camada de nutrientes, que são as partículas de energia dos átomos compondo as rochas das camadas geológicas tectônicas. Este processo continua até p planeta ficar com uma camada superficial muito fina, como a casca de uma laranja, e de repente esta pele se colapsa, momento em que o astro desabrocha como uma estrêla, uma supernova. Claro, antes disso tem todo o processo descrito nos modelos, onde um planeta se torna um pulsar antes de ser uma supernova, e como êle vai se distanciando do seu Sol pelo enfraquecimento da força gravitacional. O nosso problema aqui é que, enquanto este processo demoraria milhões ou bilhões de anos, se fosse plenamente deixado às forças naturais ( com isso permitindo que formas de vida inteligente aqui já se estivessem espalhado pelo Cosmos), o inveterado consumo e orgias dos ricos humanos, o descontrole sexual dos pobres gerando uma super-população, funciona como se as bactérias do intestino aumentassem demasiado em numero e em gula, gerando todas aquelas tormentas da prisão de ventre. A a;cão humana está imitando as bactérias do intestino, quando esta destruindo a atmosfera natural que contem e equilibra a energia recebida do Sol, quando está cavando buracos e secando as veias da Terra ao sugar seu sangue ( o petróleo), o que faz que enorme quantidade de luz solar alcance o germe no núcleo e o obrigue a entrar em frenética reação nuclear. Ao invés da casca da Terra se tornar cada vez mais fina, assim está se arriscando a que ela se rompa ainda quando esta mais densa, produzindo um aborto prematuro de uma estrêla. E nosso corpos não foram feitos para sobreviver na superfície do Sol… Apenas se iniciar-mos urgente um sistema educacional familiar e escolar que gere adultos tendentes a mais atividades intelectuais do que a inquieta atividade física, diminuiremos o consumismo, desenvolveremos as Ciências naturais e a tecnologia, e assim nos salvaremos. Ainda há tempo, ainda é possível.

Apenas se nos unir-mos na ONU, será evitada a venda e depredação dos Polos

Apenas se nos unir-mos na ONU, será evitada a venda e depredação dos Polos

Pais ricos que estão dando a Natureza na forma de supérfluos a seus filhos, estão conduzindo-os a uma armadilha mortal

Pais ricos que estão dando a Natureza na forma de supérfluos a seus filhos, estão conduzindo-os a uma armadilha mortal

Você que compra ações das industrias, na busca apenas de lucro, sem usar a cabeça para pensar nas suas consequências, pensas ser um esperto, mas é mais burro do que um cavalo. Assim pensará de ti suas próximas gerações, sendo torturadas  pelos seus erros.

Você que compra ações das industrias, na busca apenas de lucro, sem usar a cabeça para pensar nas suas consequências, pensas ser um esperto, mas é mais burro do que um cavalo. Assim pensará de ti suas próximas gerações, sendo torturadas pelos seus erros.

Vejo nosso planeta hoje como o elefante do zoológico doente e deitado numa mesa do hospital. Dezenas de cientistas à volta olhando o bicho e perguntando: "Mas o que tem de errado nele? Nem sei por onde começar a procurar!" E cada um dá uma opinião diferente. Vão encontrar a causa e cura antes dele morrer? Porque não ouvem o diagnóstico da Matrix/DNA, que realmente entende da vida dos astros?

Vejo nosso planeta hoje como o elefante do zoológico doente e deitado numa mesa do hospital. Dezenas de cientistas à volta olhando o bicho e perguntando: “Mas o que tem de errado nele? Nem sei por onde começar a procurar!” E cada um dá uma opinião diferente. Vão encontrar a causa e cura antes dele morrer? Porque não ouvem o diagnóstico da Matrix/DNA, que realmente entende da vida dos astros?

As mulheres diminuíram desde o século 18, o tamanho de suas ciroulas, para fazer a super-população explodir. Mais uma vez Eva sucumbe aos impulsos naturais e convence Adão a fazer o mesmo. Resultado final previsto: mais uma queda dolorosa, até o dia em que Eva e Adão aprendam a filosofar mais e agir menos como impulsivos animais

As mulheres diminuíram desde o século 18, o tamanho de suas ciroulas, para fazer a super-população explodir. Mais uma vez Eva sucumbe aos impulsos naturais e convence Adão a fazer o mesmo. Resultado final previsto: mais uma queda dolorosa, até o dia em que Eva e Adão aprendam a filosofar mais e agir menos como impulsivos animais

Hoje se ouve e observa as cocotas super-preocupadas com a maquiagem. Mas a produção de cosméticos acelera o aquecimento global, o qual traz canceres de pele, e vai desfigurar a face de suas filhas. O jovem que sabe disso as vê e pensa: "Quanta debilidade mental!"

Hoje se ouve e observa as cocotas super-preocupadas com a maquiagem. Mas a produção de cosméticos acelera o aquecimento global, o qual traz canceres de pele, e vai desfigurar a face de suas filhas. O jovem que sabe disso as vê e pensa: “Quanta debilidade mental!”

 

Mensagem da Matrix/DNA e Importantes Informações Sobre Aquecimento Global

terça-feira, dezembro 17th, 2013

(Image <a href=" http://www.shutterstock.com/pic-80468743/stock-photo-floods-and-tsunamis-due-to-earthquake-and-climate-change-are-threatening-mankind.html?src=6FHoUUzwnSNZ9uK3xUrsbA-1-11" target="_blank"> via Shutterstock </a>)

 

É triste ver essa mulher assim, mas os humanos tem que aprenderem que a Natureza muda em todo o Universo, ela avança e atropela quem estiver parado em seu caminho. De nada nunca adiantou a povo nenhum, por mais religiosos que fosse, rezar a seus deuses pedindo proteção. Apenas o esforço na busca do conhecimento da Natureza pelas Ciências tem produzido tecnologia e recursos de poder para alguns povos se salvarem nestas mudanças imprevistas naturais. E também os pobres que se acomodam no egoismo do cada um para si, nunca possuem uma comunidade com recursos para se salvarem, enquanto os ricos unidos em suas mafias dificilmente são pegos pelos imprevistos. Mais sociedade de fato entre humanos, e mais interesse e esforço nas Ciências… seria a resposta para essa mulher  e sua comunidade, agora.

Baseado no artigo (lendo):

Are We Falling Off the Climate Precipice? Scientists Consider Extinction

http://truth-out.org/news/item/20686-are-we-falling-off-the-climate-precipice-scientists-consider-extinction

Tuesday, 17 December 2013 10:30 – By Dahr JamailTomDispatch | News Analysis

xxxxxx

PARA PESQUISAR: 

Fungus Triggered by Climate Change Causing Disease on Bananas

http://www.hngn.com/articles/19977/20131219/fungus-triggered-by-climate-change-causing-disease-on-bananas.htm

By Julie S | Dec 19, 2013 09:36 AM EST

Early last week, major banana producer Costa Rica declared a “banana emergency” caused by an outbreak of insects that feed on the leaves and fruits. After eating, these insects will leave blemishes on the fruit, making it almost impossible for the farmers to sell them.

The director of Agriculture and Livestock Ministry’s State Phytosanitary Services, Magda Gonzales says that climate change is the one to blame for Costa Rica’s pest problem.

She told Tico Times that, “Climate change, by affecting temperature, favors the condition under which [insects] reproduce.”

A new study found that the popular variety of Cavendish banana grown in Mozambique and Jordan is under attack by a strain of soil fungus.