Posts Tagged ‘Astronomia’

Ciência Humana: As bizarrices estão no mundo natural, não nas nossas teorias… Mas qual a função da teoria senão retratar o mundo real?!

sexta-feira, julho 6th, 2018

xxxx

Todos, mas todos mesmos, fenômenos constatados no espaço sideral que não batem com o modelo da teoria astronômica acadêmica, são chamados de ‘estranhos”, “bizarros” e para explicar todos sempre recorrem a um evento nunca provado: colisões cataclísmicas. Ora, a logica do mundo e’ ditada pela Natureza Universal e não pela mente humana. Se existe um fenômeno natural que a mente humana diz ser bizarro, a bizarrice, o erro, esta na mente humana e não na logica natural. Ou vamos mudar toda a Natureza Universal para satisfazer e se adaptar `a mente humana?

 

https://hypescience.com/colisao-bizarrices-urano/

Colisão há bilhões de anos pode explicar bizarrices de Urano

E meu comentário enviado ao artigo ( nunca sai publicado os comentários na hora. Verificar se são retidos pela moderação) 

Louis Morello – julho 07/06/18

Mais uma vez a Mágica Dona Colisão dos Céus vem matar uma inimiga bizarra da Invencível e Eterna Teoria Astronômica dos Homens. Esta teoria virou uma colcha de retalhos tão remendada que se algum não-torcedor dos humanos observá-la, não vai reconhecê-la no modelo original. Mas ao invés de ver que a bizarrice esta no modelo teórico e não nos astros, mantém-no com unhas e dentes. Eu sou torcedor dos humanos e desejaria que nossa visão do mundo esteja próxima da verdade, mas assim não da’. Se houvesse computador e simulação quando a teoria dizia que o Sol roda em volta da Terra, a Mágica Dona Colisão teria mantido integra a crença da Terra fixa no centro com unhas e dentes até aparecer o primeiro satélite.
Será possível que esse pessoal não desperta para perceber que algo na Teoria Nebular sobre a formação dos planetas e sistemas estelares esta’ muito errado? Basta olhar para o que este sistema astronomico produziu aqui, dentro dele, na superfície de um dos seus planetas, e portanto apenas com forças e elementos dele… os sistemas biológicos, aka “Vida”? Então onde estavam estas forças e elementos no estado do mundo a 3,5 bilhões de anos atras? Caíram de outra galaxia por magica? Primeiro de tudo, este sistema astronomico aplicou aqui o chamado processo do ciclo vital. Onde um corpo surge do material existente, cresce transformando-se em varias formas, amadurece, degenera e morre. Os criados sistemas biológicos inventaram este processo do nada? Por mágica ou novamente por uma colisão salvadora? Não: se este processo foi aplicado pelo sistema astronomico e’ porque ele próprio ele foi formado pelo processo. Apliquei esta possibilidade numa estrela leve formada nos primórdios da nebulosa de átomos e vi nos cálculos simuladores a estrela se transformando e tomando as formas dos outros seis tipos de astros conhecidos, de quasares a planetas a pulsares.
Oh… mas usar um fato natural comprovado e conhecido por todos aqui como parâmetro para elaborar um modelo teórico astronomico e’ coisa de louco… o certo e’ imaginar o que nunca se viu ( astros surgindo por acaso e geração espontânea na forma que são, como Deus criou todas as especies na forma que estão), isso e’ racional… Urano, terá’ suas bizarrices explicadas quando aprenderem que existiu dois processos de formação dos sistemas astronômicos e saberem calcular como o primeiro processo evoluiu para o segundo, o que ainda não fiz.
Quando levanto os olhos nus ao céu e vejo o esplendor do estado de ordem, a incrível suavidade e exatidão da mecânica celeste, e não vejo nenhuma colisão, nada que revele o estado de caos desta biosfera a qual o homem projeta ao Cosmos antropomorficamente, e me lembro destas teorias das colisões caóticas, sinto revolta desta heresia contra o gênio da mecânica Newtoniana.

Astronomia: mais evidencias para Matrix/DNA?

sexta-feira, junho 22nd, 2018

xxxx

https://www.space.com/40870-interstellar-dust-from-solar-system.html

” Scientists are following a trail of interstellar dust all the way back to the formation of the solar system

” they discovered that GEMS ( glass with embedded metal and sulfides) are made of smaller “sub-grains” that formed before their comet parent; therefore, before our solar system first developed

” With these observations, the researchers think that GEMS could “represent surviving pre-solar interstellar dust that formed the very building blocks of planets and stars,”

” Scientists have been studying GEMS for years, but this team has found compelling evidence that these grains survived the original building phase of our solar system….

“these types of carbon decompose with relatively low heat, according to the statement. Because of this, the researchers think that this dust, and its parent comet, couldn’t have come from the hot, inner solar nebula. Instead, they think the dust more likely formed in a farther, colder, radiation-rich location, such as an outer solar nebula or even a pre-solar molecular cloud, according to the statement. 

Paper deste artigo:

http://www.pnas.org/content/early/2018/06/04/1720167115

Multiple generations of grain aggregation in different environments preceded solar system body formation

de onde se extrai evidencias como esta:

Cometary IDPs contain varying abundances of a-silicate grains known as GEMS (glass with embedded metal and sulfides). They are prime candidates for the initial bricks and mortar used to make planets because (i) some have been shown to have nonsolar isotope compositions consistent with origins in the outflows of other stars or supernovae… ( ou pulsares…)

Mais um remendo na teoria acadêmica e reforço para a Teoria da Matrix/DNA: Astronomia

quarta-feira, junho 20th, 2018

xxxx

https://hypescience.com/gigantesca-estrela-descoberta-pode-nos-obrigar-a-rever-toda-a-historia-do-universo/comment-page-1/#comment-309702

Gigantesca estrela descoberta pode nos obrigar a rever toda a história do universo

Meu comentário enviado ao HypeScience em 20/06/18:

Diz o artigo: “Nossas descobertas nos fazem questionar nosso entendimento da história cósmica.”

Ainda não captei qual a causa do bloqueio mental no mindset acadêmico que os impedem de entender a “historia cósmica”.

Essa mania e teimosia em separar a historia cósmica, com sua evolução cosmológica, da historia da vida na Terra, ou a evolução biológica, e’ irracional. Porque eu estou sendo o único humano a gritar contra esse erro crasso, a ponto de ter desenvolvido modelos teóricos racionais que mostram essa incongruência?

Astrônomo tem que ser biólogo e biólogo tem que ser astrônomo, se querem entender este mundo e nossa existência nele, porque galaxias estão encriptadas nas unidades de informação da vida e as propriedades da vida estão ocultas mas atuantes nas galaxias, como estão sugeridos em meus modelos e cálculos. As diferenças entre galaxias decorrem das diversidades possibilitadas pela plasticidade e flexibilidade da formula universal para sistemas – a formula Matrix/DNA que sugiro em meu website – e antropologizar projetando nossa realidade e nosso sistema como obrigatório em todas as galaxias e’ ignorar o nosso relativismo como observadores num ponto limitado do espaço/tempo.

Dai, todos os dias a cada novo dado vindo do Hubble essa gritaria de que precisa rever o modelo teórico, o qual não mais aguenta remendos, e’ preciso ser refeito. Separar a Historia Universal em dois blocos – a cosmológica regida pela Física e Matemática – e a Biológica – regida pela Biologia e Química – seria o mesmo que separar o corpo humano entre carne e esqueleto ósseo: o sistema total não se suporta. E criando estes dois blocos sem nenhum elo evolutivo ( veja em meu site a figura proposta como esse elo, que esta no meu avatar ao lado) e’ criar um abismo inexistente na evolução universal, e para preencher este abismo tem-se que recorrer ao imaginário mistico, criando deuses mágicos, seja o Allah ou o acaso absoluto. Eu vou lutar contra isso nem que seja sozinho ate’ meu ultimo suspiro, pois não consigo entender este bloqueio, a não ser o razoável argumento de que o cérebro humano ainda esteja configurado pela herança animal que se focaliza no imediato incapaz de levantar os olhos para cima e buscar entender a conjuntura que tem de ser unica, unificada. Alguém aqui discorda? Porque?

Astronomia: Links Importantes

segunda-feira, junho 18th, 2018

xxxxx

. OBSERVATÓRIO NACIONAL

. AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA

  . ESA – AGÊNCIA ESPACIAL EUROPÉIA

. HUBBLE SPACE TELESCOPE

. NASA

. ARQUIVOS DA MISSÃO APOLO

. OLIMPÍADA BRASILEIRA DE ASTRONOMIA E ASTRONÁUTICA

. HISTÓRIA DA ASTRONOMIA E CIÊNCIAS AFINS

. ASTRONOMIA – CANAL KIDS

. URANOMETRIA NOVA

. ASTRONOMIA NO ZÊNITE

. SOCIEDADE BRASILEIRA PARA O PROGRESSO DA CIÊNCIA

. SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA

. ACADEMIA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS

Mais fatos contrários a Teoria Astronômica Academica

terça-feira, maio 15th, 2018

xxxx

http://www.astronomy.com/news/2017/07/rogue-binary-planets

These free-range planets rove around in a pair

fig11

Mais uma forte evidencia para o meu modelo teorico astronomico e totalmente fora do modelo academico… A correta previsao de 30 anos atras!

sábado, março 24th, 2018

xxxx

Nunca ninguem antes de mim neste planeta sequer imaginou as palavras abaixo, ditas por um cientista nesta semana, ao analisar dados obtidos no espaco sidereal. No entanto eu registrei os direitos autorais de uma teoria a 30 anos atras onde escrevi estas mesmas exatas palavras. Ninguem poderia imaginar esta ideia ate 10 dias atras porque a visao do mundo, a cosmovisao, a maneira como estao interpretando a natureza universal jamais conduziria um humano a tal ideia. Eu tenho as provas registradas de que eu tenho repetido estas palavras desde a 30 anos, mas isto porque desenvolvi uma visao da natureza universal totalmente diferente de todas as que existiram ou existe. Como estas acertadas previsoes tem-se repetido constantemente nos ultimos 30 anos – `a medida em que as Ciencias em todas as suas disciplinas vai realizando a descoberta de novas informacoes sobre esta natureza –  ninguem pode contestar as provas de que em muitos assuntos do conhecimento humano, dentre os 8 bilhoes vivos hoje e outros bilhoes que aqui viveram, eu cheguei primeiro!

A humanidade nao vai nunca se sintonizar com o ritmo e propositos dos movimentos das forssas e elementos naturais no seu processo de transformacoes e evolucao, enquanto nao ter ao menos 50% das informacoes corretas sobre as origens, o significado, a razao da existencia deste planeta e da vida que ele produziu. Inteligencia e’ conseguir a melhor qualidade de vida possivel, e isto significa a maior capacidade de adaptacao ao leito natural possivel, e isto significa o maior conhecimento possivel sobre esta morada natural e sobre o fluxo vital que nela se move. Esta falta de inteligencia da humanidade explica porque 90% ou mais de suas unidades vivem abaixo do nivel digno de existencia. Mas quando uma destas “unidades da humanidade” esta ha’ 30 anos mostrando que existe uma nova forma de conhecer a natureza universal, que esta nova visao tem acertado centenas ou milhres de previsoes, que cada destas previsoes acertadas incorreram na queda de uma ou mais previsoes da cosmovisao reinante, esta inteligencia global se mostra incapaz de processar estas informacoes.

Dentro da minha insignificancia social, nada mais posso fazer que continuar a jogar na Internet `as cegas estas previsoes. Muito menos tenho recursos para fazer esta inteligencia global se informar sobre esta cosmovisao. Resta-me a desolada constatacao de que humanos, irmaos de sangue da minha especie, a mais amada manifestacao da natureza universal que conheco, continuam sendo torturados em condicoes de existencias absurdas, quando muito disso poderia ja ter sido facilmente evitado por uma leve correcao na sua cosmovisao. Isto parece irreal, mas de fato esta acontecendo!

Nos nunca vamos eliminar os virus que nos matam, nunca vamos encontrar os recursos que satisfacam as necessidades da humanidade como um todo, enquanto nao conhecer-mos o que e’ a Vida e esta natureza onde vivemos. Para saber o que ‘e a vida, e’ imprescindivel saber as causas da Vida, quem ou quais foram as forssas e elementos que a produziram aqui. E estas causas estao, num nivel imediatista, neste planeta em que vivemos. Num nivel um poiuco mais amplo, estao neste sistema estelar em que existimos, pois dependemos mortalmente da energia e luz que vem desta estrela. E num horizonte mais amplo ainda, estao nesta galaxia chamada Via Lactea. mas nao precisamos mais rodar o planeta todo, vasculhar o sistema solar inteiro, ou viajar a todos os cantos da galaxia para localizer e identificar estas causas. Bastava aplicar a nossa inteligencia sobre os fatos realmente comprovados conhecidos que tinhamos a 30 anos atras.

Nesta noticia os pesquisadores se surprenderam com a informacao intragavel de que um exo-planetaestando numa orbita 10 vezes mais proxima de sua estrela que o nosso Mercurio, o mais proximo vizinho do Sol, tem abundancia de agua! mas como?! Se a temperatura calculada na superficie do planeta chega a 1.470 graus! Como se o modelo teorica academico diz ser isso impossivel, dada a forma como os planetas sao originados, sem agua! Mas, se nao entendemos de planetas, nao podemos entender a Vida.

Nao existe informacao intragavel, absurda, nem motivos para se surprender com esta descoberta. Simplesmente o modelo teorico, o nosso conhecimento academico, esta muito incompleto, para nao dizer, muito equivocado. basta uma leve correcao no modelo, e ainformacao se encaixa como uma luva. Foi o que aconteceu quando a informacao chegou ao modelo teorica da Matrix/DNA. Esta informacao havia ssido prevista a 30 anos atras e estavamos a espera de sua confirmacao.

Acontece que o modelo teorica academico foi elaborado para nao explicar a Vida. Separaram a Historia da Natureza Universal em dois blocos de historias onde uma nada tem a ver com a outra. Assim a Vida nao surgiu pela simples razao do caminhar da Natureza, ela caiu por magica de algum lugar sobrenatural. Entidades magicas imaginaries: ou Deus, ou o Acaso Absoluto. Como nao temos acesso cientifico nem capacidade alguma de scontrole sobre estas duas divindades, nossa inteligencia e capacidade de conhecimento cairam num buraco negro impossivel de sair. E assim nao existe outra altwrnativa de destino: esperar, viver, ate o planeta se transformar e extinguir toda vida de sua superficie.

Aquele planeta esta tao proximo da estrela e tem toda aquela agua porque ele nao pertence a uma das duas historias, a sua Historia e’ a historia unica, do Universo e da sua continuacao logica, a Vida. A Historia unica mostra outro tipo de formacao e existencia dos planetas, uma existencia em que de fato deve ocorrer situacoes tais como a deste planeta agora. Basta uma rapida olhada no modelo teorico que temos, de uma Historia so’, e pimba!… vemos planetas quase encostados em estrelas mantendo agua abundante. E o modelo mostra que este planeta vai se afastar em tempo de conservar alguma agua ate estabilizar-se numa faixa de onda solar com a qual se identifica seu estado voibratorio. Mas… ja comecei a falar Marciano, segundo ouvidos humanos que sempre apenas ouviram a historia hereticamente dividida em duas metades aleatorias.

Entao vamos ao ue me resta fazer como sempre. Ler o artigo, mexer-se inquieto e desconfortavel na cadeira, se indignar com as interpretacoes equivocadas da nova informacao, intervir obscuramente e atradsado com um obscure comentario abaicxo do artigo, o qual todo leitor ira desistir de ler apos a primeiro frase porque seu julgamento anda na frente da sua razao e inteligencia. Vamos la’:

NASA has identified an exoplanet with large amounts of water

https://www.newstarget.com/2018-03-23-nasa-has-identified-an-exoplanet-with-large-amounts-of-water.html

E um paragrafo da noticia:

” The presence of water points towards an intriguing possibility. Instead of developing near its star, WASP-39b came into being far away. Most likely in a corner of the universe awash with icy materials that fell onto its surface. And, during the course of its migration, it may have even crashed into other celestial objects.” – Hannah Wakeford, the 2017 Giacconi Fellow at Space Telescope Science Institute, has stated that this exciting discovery could help us better grasp the inner workings of our own cluster of planets.”

E meu comentario enviado para moderacao no artigo:

This fact was a prediction from Matrix/DNA Theory’s astronomic model ( see my avatar), 30 years ago. Till now nobody has accepted neither understood that theoretical model but no data in the last 30 years has debunked the model, just the opposite, they has been confirmations. There are two process for planets formation, like there are two processes for biological cells formation: symbioses and system’s self-recycling. This system must belongs to the first process which is described at my avatar: a unique astronomic body under the natural process of life’s cycle changing shapes, from quasars to seeds of stars to planets to pulsars to stars and death. In this model planets arises from the central nuclear vortex of clouds with dust, they are launched to space, crossing the frozen interstellar space where they get frozen dust with water. When they falls into a star’s orbit, it’s warm makes ice into water. The big problem of academic Astronomy is based on a wrong world view, where the Nebula Model could not produce life here. My model was half-alive, like planets under life’s cycles process, so, it can explains everything about life’s origins.

 

Explosão de Supernovas: existe apenas uma foto discutível sobre este suposto evento

sexta-feira, fevereiro 23rd, 2018

xxxx

Apesar do problema das “duas gerações de galaxias”, meu modelo astronomico difere do modelo oficial acadêmico sobre as origens de supernovas. Nunca ninguém assistiu tal evento mostrando que eles também tem apenas teoria e não fato comprovado. Agora aparece esta foto, mas como os próprios cientistas dizem ” trata-se da explosão de luz no nascimento de uma supernova”. Ora, foi visto uma explosão de luz, e meus modelos sugerem que esta explosão de luz acontece, porem emitida pelo que era um astro escuro que se colapsa sobre seu luminoso energético núcleo liberando a sua luz ao espaço. meus comentários postados no artigo e copiados abaixo dizem mais.

Segundo, a teroia academica desconhece os mecanismos que levam a estas explosoes, como diz o paper da folto na Nature:

” However, the unpredictable nature of supernova events hinders the detection of this brief initial phase7,8,9. Here we report the serendipitous discovery of a newly born, normal type IIb supernova (SN 2016gkg)10, which reveals a rapid brightening at optical wavelengths of about 40 magnitudes per day. The very frequent sampling of the observations allowed us to study in detail the outermost structure of the progenitor of the supernova and the physics of the emergence of the shock. We develop hydrodynamical models of the explosion that naturally account for the complete evolution of the supernova over distinct phases regulated by different physical processes. This result suggests that it is appropriate to decouple the treatment of the shock propagation from the unknown mechanism that triggers the explosion.”

 xxxxx
A foto obtida pelo astronomo amador argentino:
Thumbnail
xxxxx
Neste video tem uma animacao artistica montada com fotos pelo Kepler, de uma red giant tornando-se supernova:
Aqui esta a descricao da teoria academica pela NASA a resp;eito do video:
The brilliant flash of an exploding star’s shockwave—what astronomers call the “shock breakout” — is illustrated in this video animation. The cartoon video begins with a view of a red supergiant star that is 500 hundred times bigger and 20,000 brighter than our sun. When the star’s internal furnace can no longer sustain nuclear fusion its core collapses under the force of gravity. A shockwave from the implosion rushes outward through the star’s layers. The shockwave initially breaks through the star’s visible surface as a series of finger-like plasma jets. Only 20 minute later the full fury of the shockwave reaches the surface and the doomed star blasts apart as a supernova explosion. This animation is based on photometric observations made by NASA’s Kepler space telescope. By closely monitoring the star KSN 2011d, located 1.2 billion light-years away, Kepler caught the onset of the early flash and subsequent explosion.
A pergunta que fica e’: Se supernova emerge de red giants 20.000 vezes mais luminosa que o Sol, como nada constava antes no local da foto?
xxxxxxx
First ever photo of exploding star, UC Berkeley confirms

https://www.sfgate.com/science/article/First-ever-photo-of-exploding-star-UC-Berkeley-12703504.php

E meu comentário postado no artigo:

Austriak727 – em 2/23/18

” It is not an explosion, but a implosion, the structure collapses inward into itself”Well,… this is what is suggesting the astronomical models from Matrix/DNA Theory. I think that nobody can prove who is right and wrong, because the suggestion that it is an explosion is based on theory also, there are no enough data for saying it is a proved fact. I prefer Matrix/DNA Theory because its models suggests a better explanation: the astro’s nucleus is growing by “eating” the external geologic layers and when arrives to the last one, it collapses and the luminous nucleus florishes as a star….

Resposta de alguem:

ololo3 –  em 2/23/18 

@austriak727 Well, his photo is definitely something exploding.

Austriak727 em 2/23/18

@ololo3 Yes, it could be, in theory. As says the article: “… to scientists at UC Berkeley, who confirmed he was the only known person to ever take a photo of the flash of light produced by an exploding star.”It is an explosion of light, not seen if it was an explosion of a dark astro. The model from Matrix/DNA suggests that a non visible dark astro has a luminous nucleus that is growing by “eating” the external rock layers and when arrives to the last external one, everything collapses internally (implosion) and the light from the nucleus flourishes in a flash. So, the very known fact we see here when a corn seed has a germ eating the yellow external placenta and when the germe meets the star light it flourishes… is merely a sequitur of a mechanism that happens to our astronomic systems ancestors. If not, you need a big exercise for explaining how the stupid matter of this planet invented the extraordinary engeneery for the birth of a flower… But, I could be wrong..

Entao ololo3 fez o comentario seguinte sobre o qual tenho uma observacao: Ele comete um erro muito suspeito, trocando astronomia por astrologia. Isto pode sugerir que e’ mais um cientificista fundamentalista que reage na Internet a tudo que ele considera “pseudociencia”, e reage com malicia. Nao acredito que ele nada entende de astronomia, p;ois nao estaria lendo este artigo sobre uma futil noticia de astronomia.

ololo3 em 2/23/18

@austriak727 Well, you definitely seem to know WAY more about astrology than me, so I certainly can’t argue with you. You talk the talk, that’s for sure. I wish I would have learned about astrology when I was younger. For some reason, the universe didn’t interest me as much as stuff that ended up becoming TOTALLY pointless when I grew up. I suppose it’s never too late, though. I should look into some college classes on this kind of stuff.

E minha imediata resposta para esclarecer as coisas:

Austriak727 em 2/23/18

https://www.slashgear.com/these-are-the-first-photos-of-an-exploding-star-22520548/
https://www.nytimes.com/2018/02/21/science/supernova-photo-camera.html   –  (pending approval)
https://www.seeker.com/astronomy/astronomy/amateur-astronomer-hits-cosmic-lottery-with-photo-of-an-exploding-star
http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-5418985/Stunning-image-supernova-captured-amateur-astronomer.htm

Mais uma descoberta astronômica indicando que a teoria academica esta errada e a Matrix/DNA esta certa

terça-feira, novembro 14th, 2017

xxxx

https://www.seeker.com/space/astronomy/this-zombie-star-had-repeated-supernova-explosions-instead-of-dying

ASTRONOMY

This ‘Zombie Star’ Had Repeated Supernova Explosions Instead of Dying

A star exploded six decades ago and somehow survived, and apparently exploded several more times during the last few decades of its life.

Campo magnetico das galaxias: Importante na busca de entendimento do Universo

terça-feira, agosto 29th, 2017

xxxx

(Este artigo tem muitas novas informações sobre campo magnetico, portanto devera ser traduzido e analizado pela Matrix/DNA. Abaixo meu comentario postado no artigo)

https://www.seeker.com/space/astronomy/magnetic-field-5-billion-light-years-away-offers-insight-into-our-universe

Magnetic Field 5 Billion Light-Years Away Offers Insight Into Our Universe

The most distant galactic magnetic field that has ever been observed provides intriguing clues about the evolution of magnetism in the unfolding universe.

Astronomia: Formação de Sistemas Astronômicos pelo Segundo Método

domingo, agosto 20th, 2017

xxxx

Assistindo ( link abaixo) a moderna teoria astronômica acadêmica sobre formação de sistemas estelares onde a estrela nasce primeiro que os planetas – tive uma ideia para explicar o segundo método da formação de sistemas astronômicos.

Depois de seu primeiro método de formação – que foi simbioses – a célula aprendeu a se replicar já adulta, meramente se multiplicando já pronta. Então porque este método não teria vindo do ancestral astronomico? Se sim, isto significa que depois do método da simbiose – que formou as primeiras galaxias ou o building block de galaxias – tanto sistemas estelares quanto galácticos aprenderam a se reciclarem já adultos, prontos. Então neste segundo método, realmente a teoria acadêmica está correta.

Isto encerra a pesquisa da Matrix/DNA sobre o segundo método na formação de sistemas astronômicos.

Porem ela não conhece ainda o primeiro método e isto desvirtua a interpretação do que são sistemas astronômicos em seguida desvia o conhecimento dos processos nas origens da vida e de seu significado, pois o primeiro método mostra sua face biológica, que obedeceram, na sua primeira geração, a formação de cada astro pelo processo do ciclo vital.

https://www.youtube.com/watch?v=VAKSzsJcpQk