Posts Tagged ‘astros’

Como Era a Embriogenese a 10 Bilhoes de Anos Atras

sexta-feira, setembro 25th, 2015

xxxx

 

 

Ancestral Astronomico do Sistema Reprodutor Biologico por MatrixDNA Theory

Ancestral Astronomico do Sistema Reprodutor Biologico (Matrix/DNA Theory)

Ancestral Astronomico do Sistema Reprodutor Biologico (Matrix/DNA Theory)

A extraordinaria engenharia do aparelho reprodutor feminine humano nao foi inventada pela material estupida ( sem inteligencia) deste planeta, como se isso caisse do ceu por acaso e nunca tivesse existido antes. Tambem nao foi feita por um ato de magica de alguma super-inteligencia que precise sempre estar indo a algum lugar do Universo onde precise surgir uma novidade natural, pois bastava inserir um software nas origens do Universo e isto apareceria no seu devido tempo. Entao como surgiu aqui e nestes tempos?

Ora, temos que pesquisar a Historia Natural, retroativamente. E vamos com facilidade ver que ela veio de uma evolucao desde formas de vidas primitivas, como plantas e bacterias. Mas teriam sido as plantas que inventaram isso? Temos que retroagir mais ainda na Historia Natural.

Este Sistema reprodutor, na verdade, e’ um subsistema, uma parte, de outro sistema maior, mais complex, que e’ o corpo humano. Tambem sao sistemas cada planta, cada bacteria. Entao deduzimos que devemos buscar nos outros sistemas que existiam antes dos sistemas biologicos – como os sistemas atomicos e os sistemas astronomicos – se neles nao havia um estagio mais primitivo de sistema reprodutor.

Entao deparamo-nos com o modelo teorico da Matrix/DNA de como seria – ou ainda sera’ – os tijolos basicos, os ” building blocks” dos sistemas astronomicos `a 10 bilhoes de anos atras. Como surgiam os astros celestes? Uma rapida olhada no modelo da Matrix/DNA e um arrepio frio nos corre pelo corpo! Vamos recapitular o modelo no desenho tosco feito na selva a lapis num papel de embrulhar pao…

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos

Se o astro nasce – vem a luz – na F2 da formula-modelo, entao o que ocorre em F1 deveria ser o estado ancestral do atual sistema reprodutor. E em F1 vemos um turbilhao por dentro do qual o material degradado de um astro ” morto”, passa por uma serie de transformacoes, se mistura com cometas vindos pelo espaco sideral e termina por emitir o que pode se chamar ” a semente de um novo astro, ou nova estrela”. Mas observando detidamente todo o processo, terminamos por perceber que o significado geral, o resultado ultimo deste processo ocorrido nos ceus e’ exatamente igual ao significado geral, o resultado ultimo, da embriogenese de um corpo humano! Ora entao nao foi a material burra deste planeta, nao foram as plantas, nao foram os organismos primitivos e nao foi um ato supernatural que criou aqui o Sistema reprodutor humano… Ele vem de uma evolucao cosmologica cujas pegadas ja conseguimos alcancar ate a 10 bilhoes de anos atras, na formacao de galaxias!

Vamos explicar melhor para quem nao entendeu. Ao se tornar velha, uma estrela como o Sol vai queimando todo seu combustivel, sua energia, e como dejetos vao ficando as cinzas, umns poucos atomos semi-desfeitos, ao que chamanos de poeira estelar. Vemos isso na F7 da formula-modelo acima. Esta poeira eve formar uma nuvem densa, amarelada cinzenta, que ficaria eternamente no espaco, nao se dispersando apenas devido a pouca forca de atracao nos seus fragmentos, o resto da gravidade. Ficaria parade se estivesse num Universo parado, porem ela esta dentro de uma galaxia que gira. E o que acontece com uma nuvem dentro de algo que gira? Comeca a girar tambem, de duas maneiras: uma, em orbita dando voltas pela galaxia, e outra, girando sobre si mesma. Este girar sobre si mesma vai criando um eixo central, na forma de um rodamoinho, um ciclone, ou ainda, um turbilhao. Assim acontece igual a cena que vemos aqui na Terra: no plano mais firme e denso do solo – que ‘e a nuvem – forma-se a ponta do cyclone e na atmosfera menos densa forma-se a boca larga do ciclone. E o cyclone tende a sugar tudo para dentro de si pela ponta. Nos nossos gigantescos ciclones sao colhidos carros, vacas, pessoas, casas, etc., tudo ‘e mexido, trombado, vai tudo se desfazendo em pedacos menores e depois soltos nas alturas do espaco.

A engenharia humana, que tambem nao inventa nada que nao tenha existido antes, intuiu esse processo e com isso criou o liquidificador. Corta-se bananas, macas, morangos, que vao para o fundo do vaso na mesma forma de cone das galaxias, estes pedacos soa postos a girar, se entrechocarem, ate virar um liquido que vai subindo no vaso por que e’ menos denso do que os pedacos no fundo, e pronto… temos a saborosa vitamina. Nao importa que hipoteticas pequenas bacterias que vivem no fundo do vaso digam: ” Oh… estao caindo fragmentos de alguma coisa la de cima”; que outras bacteria vivendo no meio do vaso e que desconhecem a eletricidade, vendo os pedacos girando e mudando de forma, tamanho, digam: ” E’,… neste mundo nao pode ficar parado, tudo se move, pelas forcas fisicas, que criam novas formas ao acaso…”; e que outras bacterias vivendo no topo do vaso digam: ” Esta vitamin surgiu por um acaso que ate parece magica de algum criador supernatural…” Nao importa. Os nossos ciclones na Terra surgem ao acaso e sao sempre destruidores, eles nao montam carros depois de despedaca-los. Isto porque, como podemos ver na formula-modelo, a superficie terrestre e’ bombardeada pro elementos que vem da entropia do Sistema solar, da sua degeneracao rumo a sua morte. Mas os ciclones nas galaxias sao produzidas pela energia crescente da formacao de sistemas, e estes ciclones sim, remontam um Sistema solar morto em um novo sistema. Eles constroem. Assim como a barriga da minha mae me construiu.

Todas as fases da embriogenese humana, a comecar pela fecundacao, sao iguais as fases na formacao de um novo astro celeste. Claro! A Terra e seu sistema a que ela pertence, o solar, so poderia gerar algo pelo mesmo processo que foram gerados. Eles tambem nao criam processos do nada. Se na embriogenese o ovulo e fecundado ao receber um espermatozoide que vem de fora, no ceu o cyclone e sua poeira e’ fecundada por um cometa cheio de nergia/informacao que tambem vem de fora. Ate a forma do espermatozoide continua a ser a forma do cometa, a natureza nao precisou fazer ginasticas aqui para aplicar o seu sempre procsso eterno de formacao de sistemas naturais. E depois vem a morula, a blastula, o feto, que sao todas formas muito mais complexas das formas dentro do cyclone sidereal, porque entre estas formas existem bilhoes de anos de evolucao, de aumento de complexidade.

Mas…. nossa pesquisa vai parar por aqui? Sugere o bom senso que as galaxias tambem nao sao magicas, nao foram elas que iniciaram isso. Uma forma aninda mis primitive desse processo reprodutor deve estar – temque estar – no ancestral dos sistemas galacticos, que sao os sistemas atomicos. Em outra ocasiao vamos tecer algumns comentarios de como este Sistema ja esta encriptado no nucleo atomico quando protons e neutrons produzem seus bebes chamados particulas pions. E para terminar abreviando isso vamos cominicar aqui que  nossa Historia Natural retroativa foi encontrar num tempo muito antes ainda de surgirem os primeiros atomos, a primeira manifestacao deste Sistema reprodutivo. Pasmem! Nao sabemos bem como foi o Big Bang ( a Matrix/DNA esta a dizer que foi o primeiro ato, a pieira forma do ato da fecundacao neste Universo material), mas calculamos que ele emitiu ondas de luz ( se assim podemos chamar o efeito de todas radiacoes eletromagneticas) que se propagaram penetrando a material escura inerte. E ao observar uma onda dessa luz, quase caimos da cadeira! La esta explicito, clararamente, uma forma simplicssima de sistema reprodutor. Vou trazer para ca o grafico da onda e analize-o tal como a Matrix/DNA o fez, colocando mais nomes nas coisas.. Compare a onda com a formula-modelo acima. Veja a faixa ” radio” como F7, a produtora de poeira ( no caso da luz a poeira sao suas particulas fotons). E entao leve essa imagem do ” radio” para antes da faixa ” gamma”, e veja toda onda se reproduzindo….

Mas – uma final pergunta – entao foi a luz que inventou o sistema reprodutor? Eu penso que nao. A onda de luz tambem ja contem em si o sistema reprodutor, entao foi algo que fez a luz, antes do nascimento do Universo, e…. sinto muito mas a matrix/DNA so’ consegue chegar na ulyima fronteira do Universo, para adiante ela nao pode ir. mas poderia, como disse antes, ser um mero software na foma de ondas de luz….. ou entao um processo genetico de reporducao natural, pois o coigo genetico funciona na base dos softwares, quer dizer – os softwares sao imitacoes do processo genetico produzidas pela inteligencia humana que um dia sera uma inteligencia superior capaz de produzir softwares com luz. Tal pai, tal filho!

O grafico da onda de luz pela Matrix/DNA Theory:

Light-The-Electro-Magnetic-Spectrum by MatrixDNA THeory