Posts Tagged ‘biblia’

Nova interpretação da bíblia produz metáfora traduzindo LUCA, Lúcifer, e a Queda

segunda-feira, junho 3rd, 2019

xxxx

O evento da origem da vida descrito pelo processo natural pela Matrix/DNA encontra interessante copia na forma de metáfora neste trecho do vídeo a seguir. Marta Anders foi a atriz que teve o rosto desfigurado pelo câncer linfático.

Escrito e interpretado por Marta Anders, esse texto apresenta uma moderna interpretação do Apocalipse.

excelente e tal qual uma raiz o homem
14:38
eclodiria do chão para formar a primeira
14:41
humanidade traduzida também em nossa
14:45
bíblia com o nome
14:47
adam adão também quer dizer primeira
14:53
humanidade nos conta o livro de jó que
14:59
entre os seres que cantavam e
15:00
rejubilavam enquanto a terra o homem
15:02
eram formados havia uma exótica raça
15:06
pelo verbo criada de criaturas aladas
15:10
descomunais só asas tinham 4
15:14
embaixo das asas quatro coisas como mãos
15:18
uma cabeça com quatro rostos desiguais
15:21
um corpo e dois pés somente o líder
15:26
desses extra humanos era um príncipe
15:29
especial synergy da perfeição
15:32
vê-se rei de seu planeta original criado
15:36
por deus com o mesmo requinte que ele
15:39
criou adão nome
15:42
lucy fair idade
15:45
mais de 5 milhões de anos
15:50
o significado do nome ano jô com livre
16:00
acesso à capital celestial ou céu onde
16:04
os líderes de seus planetas se reúnem
16:07
para a prestação de obediência a deus lá
16:10
mesmo
16:11
lucy fell organizou uma rebelião para
16:15
destronar o cristo o verbo
16:17
pré-existentes e estabelecer se no
16:21
universo como comandante
16:26
e houve batalha no cosmos entre duas
16:31
super criaturas o príncipe lúcifer e
16:34
seus soldados contra o príncipe miguel e
16:37
seus comandados
16:40
lúcifer não prevaleceu perdeu e nem mais
16:44
o seu planeta se achou nos céus
16:46
desintegrou-se e transformou se na
16:49
chamada serpente diabo satanás que mente
16:55
sabiamente e foi precipitado na terra
16:58
como um raio e os seus anjos lançados
17:02
atrás
17:06
fundamentos desequilibrados lúcifer
17:08
pousou aqui com a sua frota e precisava
17:11
de corpos apropriados tendo sido
17:14
querubim guardião não houve dificuldade
17:16
na aproximação ao casal vice-rei do éden
17:20
terrestre também traduzidos em nossa
17:22
bíblia com o nome eva e adão que já não
17:27
mais estavam sós já haviam crescido
17:30
multiplicado e aqui formado uma super
17:34
civilização
17:35
o éden que foi seduzida a ter na mente
17:38
uma programação que não era permitida a
17:43
queda estabelecida o planeta foi isolado
17:46
o canal de comunicação do homem com deus
17:49
desligado e os homens vivos jazem mortos
17:54
num sono cataléptico e profundo sozinhos
18:00
perdidos sem contato com deus
18:05
neste mundo e houve de tudo por aqui
18:09
dependência psíquica desobediência

Caí no ostracismo. Porque me desconectei da força que levanta, a essência espiritual metafisica?

quinta-feira, maio 2nd, 2019

xxxxx

( falta correcao ortografica)

Acabo de ter uma ideia que pode ser crucial na minha existência. Se antes eu conseguia, pela meditação ou ate nos momentos práticos da vida, me colocar mentalmente num estado solitário de comunhão com uma aura confortadora e benéfica metafisica, na qual pipocava como flashes a imagem Cristinica e seus significados no mundo mundano, onde conseguia meditar a captacao dos fotons livres, montar a aura matricial e com ela banhar o corpo – epoca em que nunca fiquei doente e vi milagres de curas de ferimentos – e conseguia na meditacao grandes insights que me levaram, por exemplo, a descoberta dos segredos na onda de luz, … porque, desde ha alguns anos, nunca mais consegui entrar em tal estado?

Antes a existencia tinha um proposito acima da vida e deste mundo, e eu me guiava por este proposito. Aconteceu de o mundo ficar sem proposito racional, inclusive, o proposito da reproducao genetica universal ficou tenue, balancando, flutuando, como uma imagem demasiado remota. O que sobrou? A indisciplina e abandono do ideal, do livro, da fundacao de uma nova escola do pensamento, e na vida pratica, a total inercia no ideal de descer aos bolsoes da periferia para reorienta-los sob uma nova visao do mundo. Sobrou a prostracao fisica, material, `a espera da morte. Apenas salvei o habito e gosto pela continuidade da aprendizagem, mas sem norte nenhum, apenas aprendizagem e busca do conhecimento pelo conhecimento fechado em si mesmo, atividade com que tenho consumido meus dias e noites.

Porque? O que aconteceu?!

De maneira que hoje rejeito a possível existência daquele estado mental metafisico, acreditando que na verdade nunca existiu, que teria sido apenas meus devaneios?

Bem… acho que a causa foi a quebra total de contacto tanto com pessoas que mantinham no ar o aspecto metafisico ( que eram poucas, quase inexistentes, mas me refiro, por exemplo, ao ouvir um sermao de um padre numa igreja), quanto com leituras, palestras, etc que mantinham o metafisico sobrevivendo no ar. Passei a rejeitar pulando imediatamente qualquer texto ou fala que invoque a espiritualidade, a metafisica. E entrei fundo no materialismo cientifico, nos textos e no contacto, atraves dos debates virtuais, com pessoas exclusivamente materialistas.

se antes eu era movido nao apenas pela esperanca, mas pela crenca mesmo, que seria possivel adentrar o reino ou dimensao do softeware natural, com sua substancia de atuto-consciencia cosmica e espiritual, eu perdi a esperanca e passei mesmo a crer que ela nao pode acontecer comigo. Ou melhor, antes eu suspeitava de que era assistido e de alguma forma ajudado pelo aspecto software, agora parece que tenho certeza que isso nao acontece.

Mas de onde tirei esta certeza? Das cabecas dos outros, meu ultimo circulo de contactos e autores? Isto foi uma estupidez, pois como pude deixar minha visao do mundo ser abafada por outras visoes de mundo de individuos exatamente como eu?

O ultimo topico que tenho refletido nos ultimos foi exatamente obtido de um destes individuos: Neil Tyson em ” Se o Universo tem um proposito em relacao a nos, é o proposito de nos matar”. E este tipo de visao de2 mundo niilista que tenho selecionado de uns anos para ca. Ainda relutei em aceitar buscando na natureza pelo velho metodo um quadro que sugerisse o contrario, que mantivesse o alento metafisico como uma -ossiblidade de proposito, e invoquei a imagem da criatura nascendoo no univers-corpo de uma mulher. Mas meu ego tende a selecionar a hipotese Tyson, ao menos e esta que me dirigiu fisicamente no dia-a sia-seguinte indisciplinado e prostrado. nao tive o menor alento de escrever uma frase no livro.

Racionalmente tenho agido errado. Sei que existem mais dimensoes na realidade, nas quais tudo e possivel, inclusive o metafisico. E o estado metafisico me fazia bem. Agora por mais que as vezes tente a ele retornr, o estado mterialista vence e inibe a tentativa.

O fato fundamental, logico e racional que sobra disso tudo e que, mantndo-me assim assinei minha derrota definitiva. E’ ficar com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar e mais nada.

Minha burrice, minha estupidez, minha fraqueza de carater. Acomodacao no pasto com boa grama para pastar e sombra para dormir. mesmo que o metafisico observador de nos e nosso mundo nao exista, tenho qe acreditar que existe, pois isto sginifca continuar respirando, transpirando, vivendo, saindo do pasto. Tenho que buscar e dirigir toda enertgia possivel nas meditacoes e revisitar meus fotons para chegar a antiga aura de onda de luz cointendo a matrix universal. E um pai natural quase tao inutil como o pai carnal, mas que esta por aqui, por perto, e quando menos espero no fundo do poco em Londrina, me abre as portas para chegar na America. Burrice rejeitar esse suporte.

O sdesenho abaixo sugere a nova orientacao a seguir:

Eu estou vivendo como uma trindade. Vivo o mundo humano, o mundo natural, e o ego – a alma. No meu desenho atual, a imagem deve ser modificada. A palavra alma sobe para o centro do circulo horizontal, onde esta a cruz, retirando-a da imagem, e a palavra Deus desaparece. estou vivendo a trilogia, porem, apenas dentro do circulo horizontal. Perdida a vertical que unia a alma individual à universalidade do espírito divino, o singular ao Singular, perdia junto com ela o sentido de escala, o senso das proporções e das prioridades, que poderia ter levado a encontrar o pratico na teoria, e me voltei para a política,  de modo que as ideologias tendem a ocupar totalitariamente o cenário inteiro da vida espiritual e a negar ao mesmo tempo a totalidade metafísica e a unidade do indivíduo humano, reinterpretando e achatando tudo no molde de uma cosmovisão unidimensional.

Tenho que apagar o meu desenho atual e me tornar para a imagem acima tal como ela esta.

E agora este texto abaixo veio a calhar, entrou neste momento de precisão como uma luva perfeita. Vejamos:

xxxxxx

http://www.olavodecarvalho.org/livros/neintro.htm

Os monstros bíblicos Behemot e Leviatã, na gravura de William Blake, o primeiro imperando pesadamente sobre o mundo, o maciço poder de sua pança firmemente apoiado sobre as quatro patas ( representando o nosso mundo natural), o segundo agitando-se no fundo das águas, derrotado e temível no seu rancor impotente ( o nosso ego, revolucionário).

Não usei a gravura de Blake por boniteza, mas para indicar que atribuo a esses símbolos exatamente o sentido que lhes atribuiu Blake. Detalhe importante, porque essa interpretação não é nenhuma alegoria poética, mas, como assinalou Kathleen Raine em Blake and Tradition, a aplicação rigorosa dos princípios do simbolismo cristão.

Na Bíblia, Deus, exibe Behemot a Jó, dizendo: “Eis Behemot, que criei contigo” ( Jó, 40:10 ). Aproveitando a ambigüidade do original hebraico, Blake traduz o “contigo” por from thee, “de ti”, indicando a unidade de essência entre o homem e o monstro: Behemot é a um tempo um poder macrocósmico e uma força latente na alma humana. Quanto a Leviatã, Deus pergunta: “Porventura poderás puxá-lo com o anzol e atar sua língua com uma corda?” ( Jó, 40:21 ), tornando evidente que a força da revolta está na língua, ao passo que o poder de Behemot, como se diz em 40:11, reside no ventre. Maior clareza não poderia haver no contraste de um poder psíquico e de um poder material: Behemot é o peso maciço da necessidade natural, Leviatã é a infranatureza diabólica, invisível sob as águas – o mundo psíquico – que agita com a língua.

O sentido que Blake registra nessas figuras não é uma “interpretação”, na acepção negativa que Susan Sontag dá a esta palavra: é, como deve ser toda boa leitura de texto sacro, a tradução direta de um simbolismo universal. Para Blake, embora Behemot represente o conjunto das forças obedientes a Deus, e Leviatã o espírito de negação e rebelião, ambos são igualmente monstros, forças cósmicas desproporcionalmente superiores ao homem, que movem combate uma à outra no cenário do mundo, mas também dentro da alma humana. No entanto não é ao homem, nem a Behemot, que cabe subjugar o Leviatã. Só o próprio Deus pode fazê-lo.

Eu – ” Mas como? Tornando Leviatã um escravo dócil carregando o enorme peso de Behemot, pois se continua suas necessidades físicas básicas? Porque Leviatã é rebelde? Justamente por causa da pressão da pança de Behemot, da condição de escravo e miséria nas necessidades. Se não houvesse Behemot não haveria protesto, não haveria Leviatã no humano. Deus não tem que subjugar Leviatã, tem que elimina-lo para o nada, e erguer o que sobra do humano sem Leviatã para uma dimensão onde não exista Behemot. Na visão de mundo da Matrix/DNA é isto que vai acontecer, quando Behemot é descartado como a placenta, o ego e exorcizado do humano com o humano e sobra o Filho, a auto-consciência que sobe para nova superior dimensão. Mas vamos continuar a leitura e ver como Olavo trata isso.

A iconografia cristã mostra Jesus como o pescador que puxa o Leviatã para fora das águas, prendendo sua língua com um anzol. Quando, porém, o homem se furta ao combate interior, renegando a ajuda do Cristo, então se desencadeia a luta destrutiva entre a natureza e as forças rebeldes antinaturais, ou infranaturais.

Eu – Então Cristo continua fazendo o que Deus faria? Exorcizar o Leviatã que grita, ao sufocar sua voz prendendo sua língua? Mas e quanto a Behemot? Vai continuar em cima do humano sem Leviatã? Claro que o humano não pode aceitar isso e voltara a gritar como Leviatã. Talvez quisessem dizer que Behemot na verdade não foi criado como tal, ele era o paraíso, e teria sido o humano que o teria criado. Mesmo assim, a solução seria conduzir o humano a desfazer o erro e não abafar a voz que grita por estar sob a tortura do seu próprio erro. Assim a tortura vai continuar eternamente… falta completar no texto bíblico que se o homem aceitar a Cristo, se comportando como ele sugeriu em sua mensagem, ao mesmo tempo que Leviatã é exorcizado, Behemot volta a ser o paraíso.

A luta transfere-se da esfera espiritual e interior para o cenário exterior da História. É assim que a gravura de Blake, inspirada na narrativa bíblica, nos sugere com a força sintética de seu simbolismo uma interpretação metafísica quanto à origem das guerras, revoluções e catástrofes: elas refletem a demissão do homem ante o chamamento da vida interior. Furtando-se ao combate espiritual que o amedronta, mas que poderia vencer com a ajuda de Jesus Cristo, o homem se entrega a perigos de ordem material no cenário sangrento da História.

Eu – Ok. Isto é pura Matrix/DNA, por isto acho que entendi. Desde as origens do Universo existiu o eterno dualismo entre opostos. Inicialmente estes opostos se confrontam e do confronto o ambiente se torna caos. As guerras. No caos ambos decaem e moribundos são incentivados ou conduzidos a harmonia do terceiro estado, o equilíbrio, então se aceitam, se fundem numa só nova forma. Cristo seria esta força a que se entregam ambos, o estado cristão assentado nos dois opostos não produz guerras. Mas sinto que houve um erro, uma trapaça aqui. A relação entre o humano e a natureza não e a relação entre os dois opostos do dualismo universal. Os dois opostos são as duas faces de uma mesma moeda, dois diferentes genótipos de um mesmo fenótipo, dois carateres contrários dentro de uma mesma especie. Natureza universal e humano são dois lados de uma mesma especie? Como? Talvez, definindo que o humano é natureza – como de fato é – então teríamos humano-natureza vs mundo-natureza. A moeda seria “natureza” e as duas faces seriam humano e mundo. O humano é oposto ao mundo, ou o mundo é oposto ao humano? Isso não faz sentido. Os filhos de Adão e Eva são opostos ao mundo em que caíram. E esses humanos são pecadores, cometeram o erro, então são também o monstro Leviatã ao mesmo tempo que são Behemot, o produto de seu erro. existe um caminho para sair desse mundo  errado e retornar ao mundo certo, seguindo Cristo.  Mas isso continua difícil.

Vamos dizer que Behemot e Leviatã estão dentro do humano, assim como o hemisfério direito e esquerdo do cérebro. O hem esquerdo esta dominante, o direito, dominado. Transpondo isso para minha linguagem habitual. o esquerdo e a herança do instinto animal para predador e o direito o instinto de presa. Um sufoca por cima, o outro em baixo, chora. Mas isso poderia explicar as revoluções não as guerras.  Revoluções e o levante de Leviatã investindo contra Behemot, e guerras seriam apenas Behemot contra Behemot.

Continuemos… 

Ao fazê-lo, move-se da esfera da Providência e da Graça para o âmbito da fatalidade e do destino, onde o apelo à ajuda divina já não pode surtir efeito, pois aí já não se enfrentam a verdade e o erro, o certo e o errado, mas apenas as forças cegas da necessidade implacável e da rebelião impotente. No plano da História mais recente, isto é, no ciclo que começa mais ou menos na época do Iluminismo, essas duas forças assumem claramente o sentido do rígido conservadorismo e da hübris revolucionária. Ou, mais simples ainda, direita e esquerda.

O drama inteiro aí descrito pode-se resumir iconograficamente no esquema em cruz que coloquei depois em O Jardim das Aflições, mas que já está subentendido em A Nova Era e a Revolução Cultural, pois constitui a estrutura mesma do enfoque analítico pelo qual procuro aí apreender a significação das duas correntes de idéias mencionadas no título: o holismo neocapitalista de Fritjof Capra e o empreendimento gramsciano de devastação cultural.

Nesse primeiro volume, a forma adotada inicialmente não podia ser mais clara e foi imposta pela natureza mesma do assunto: uma introdução, um capítulo para Capra, outro para Gramsci, um retrospecto comparativo e uma conclusão inescapável: as ideologias, quaisquer que fossem, estavam sempre limitadas à dimensão horizontal do tempo e do espaço, opunham o coletivo ao coletivo, o número ao número; perdida a vertical que unia a alma individual à universalidade do espírito divino, o singular ao Singular, perdia-se junto com ela o sentido de escala, o senso das proporções e das prioridades, de modo que as ideologias tendiam a ocupar totalitariamente o cenário inteiro da vida espiritual e a negar ao mesmo tempo a totalidade metafísica e a unidade do indivíduo humano, reinterpretando e achatando tudo no molde de uma cosmovisão unidimensional.

Eu: Enfim, corrigindo o erro conclusivo de Olavo em que o objetivo de Deus não é sufocar ainda mais o Leviatã e sim deixar o humano destruir tanto Leviatã quanto Behemot, concluo que quando comparado a Matrix/DNA, a simbologia bíblica ( ou de Blake?) é apenas um diferente idioma descrevendo a mesma cosmogonia, sobre a qual, ambos estão de acordo. mas a interpretação que o cristianismo faz da simbologia esta errada.  E isto, bem trabalhado este texto, pode e deve ir para o livro. 

Um dos motivos porque o livro A Bíblia mente – segundo minha opinião.

quarta-feira, abril 24th, 2019

xxxxx

Um dos motivos porque o livro A Bíblia mente – segundo minha opinião. Ela diz que Deus, uma suprema inteligencia, criou todos os seres vivos, um a um…

Então, imagine um ser tao inteligente e poderoso capaz de criar o corpo de uma ovelha, com os materiais deste mundo, como os átomos. Sua mente tem de criar os materiais como osso, carne, músculos, nervos, sangue, etc..

Dai Ele tem que se perguntar: vou fazer este corpo ter a necessidade de se alimentar ou não? Vamos supor que Ele concluiu que deve se alimentar. Não sei porque, pois seria mais inteligente criar uma especie de moto-continuo.

A próxima pergunta será : esse corpo vai se alimentar como as plantas, fazendo fotossíntese, ou de outra maneira?… O que?! Comendo minhas plantas, se Eu as criei…? Seria irracional escolher comer suas plantas, e seria muito pior para o novo corpo criado, pois a energia do sol esta sobrando e se desperdiçando no espaço, tem `a vontade. Começamos aqui a desconfiar do tal “inteligente designer”, pois criar este corpo desta maneira teria sido sinal de muita burrice.

Mas vamos supor que Ele tivesse alguma razão “de outro mundo”.

Então porque não criar esse corpo no outro mundo e sim aqui? O crente responde: ” Ora, ele criou neste mundo porque Ele tem suas razoes que você não pode saber”. Continua sem sentido inteligente.

Então sem sentido inteligente ele resolveu que o corpo iria comer Suas plantas, para azar delas. Claro que as plantas vão dizer: “Maldito criador, criando monstros para nos comer vivas!”

Não ligando para o choro delas (alem de burro seria insensível?), Ele agora tem que pensar em montar um sistema de absorção e digestão destas plantas para no final tirar delas a energia que vem do Sol… Ora, tira essa energia diretamente do Sol e o sistema para absorve-la já existe, assim não precisa de sistema digestivo nem excretor, deixe de ser burro!

Mas vamos continuar com a irracionalidade. Então Sua inteligencia tem que pensar e criar pela primeira vez no Universo um estomago, com ácidos, os quais também tem que criar pois não existem ainda, a entrada e saída, e ligado a bílis, criar um aparelho que vai chamar de pâncreas, e depois o figado para limpar as impurezas, e depois as bactérias para digerir o alimento, e depois os intestinos… Agora tem que criar um sistema de circulação no corpo, e Ele tem que aplicar Sua inteligencia para criar outra coisa que nunca viu, o coração, e dai as traqueias, as veias, etc. E ai tem que criar algo como boca, com língua, os dentes, os maxilares e depois a respiração criando o nariz, os pulmões e depois as coisas do sexo, e depois o sistema excretor, e depois a complicada visão, a audição, o cérebro…

Bem, vamos dar uma chance para a Bíblia e continuar com esse absurdo. Depois de todo esse trabalho Ele diz: ” Seu nome será  “Ovelha” e o objetivo de sua existência é ser comida pelo leão!”

Muito inteligente! Tudo isso então visava manter a existência dos leões… mas, e os leões, vão servir para que?

E o leão não vai servir para nada… vivendo apenas ate o dia que as mudanças no planeta apague seus rastros e o mundo se esqueça de que um dia tenha  existido…

Muito sensato, muito inteligente, faz todo sentido… talvez no mundo imaginário de fantasias dos recém-nascidos ainda no berço… que acreditam em fantasias e amigos fantasmas imaginários com quem conversam…

Mas ai se tivesse um humano por perto mesmo um pouquinho inteligente perguntaria de imediato: ” Mas o leão vai come-la viva?” – ” Não! Você acha que sou um monstro? Que sou o demônio? A ovelha é minha criatura, minha grande obra, que tanto trabalho me deu, e claro, que amo minhas criaturas, jamais as criaria para serem torturadas, o leão vai mata-la antes de começar a comer!”

– “Oh,… sim? E como vai mata-la?” – ” Ora vai aparecer para ela, ela vai sair correndo desesperada, o leão vai persegui-la, ai ela vai sentir o leão rasgando-a toda com suas garras, depois estraçalhando sua garganta com os caninos de vampiro, ai ela vai ficar gritando de dor e horror, o leão vai ficar ao lado esperando ela espernear até morrer e só ai vou autoriza-lo a come-la”

– ” Mas porque não fazes isso de outro jeito? Sem dor e horror? Por exemplo, o leão teria um olho emitindo um facho de luz que chega por traz da ovelha e a mata instantaneamente, sem ela sentir e sem vê-lo? Ou porque não faz a ovelha com genética para não sentir dor?”

– ” Ora,… porque… porque… ora, vá para o inferno, moleque insolente! A Bíblia foi feita para ser lida pelo padre e todo mundo ouvindo aceitando sem fazer pergunta alguma. Entendeu?”

-“Mas então porque você fez humanos com a capacidade de pensar e ter alguma inteligencia… se era para matar essa inteligencia?”

-” Para confirmar a Bíblia la atrás quando diz que é proibido comer do fruto do conhecimento…”

-” Pois então, por favor, me faça voltar a ser nada, tire-me dessa existência. Não fico onde me é proibido pensar, como um débil mental.”

Mas repito a pergunta: para que criar as plantas que serão comidas pela ovelha que sera comida pelo leão que sera extinto, apagado do mapa para sempre, pelas mudanças do planeta?

Eu não vou dar uma resposta. Deixo isso para os autores e defensores da Bíblia e vou ficar esperando eles responderem. Enquanto não responderem, fico com pena dos defensores e crentes nas lendas desse livro  como fico com pena de uma criancinha que acredita nas mentiras do adulto que esta enganando-a para ela o acompanhe ao mato onde ele vai estupra-la. Fico com pena e raiva ao mesmo tempo de ver adultos se comportando como as criancinhas que acreditam em tal mentiroso, pois estes adultos são inúteis quando os chamo para qualquer obra inteligente em favor da humanidade… “Ah, não, isso é coisa de Deus, não vou me envolver nisso…”. E fico com ódio dos autores da Bíblia, que nada mais foram que o adulto mentiroso que tinha o objetivo de escapar do trabalho duro para comer seu pão e percebeu que mentindo o povo ia carrega-lo nas costas como escravos. E assim vão enfiando a mão nos seus bolsos tirando o misero dinheirinho que podia comprar alguma felicidade para os filhos, como a criança crédula segue o estuprador para o mato…

Por seu lado o estuprador é tao desviado mentalmente que acredita estar praticando o que foi determinado por Deus, pois ele vai achar no “livro” algum versículo que confirma isso, como “Devereis multiplicar-vos!” E termina o ato fazendo o nome do Pai para que Este veja que ele obedece.

Esse mundo com humanos assim é, de fato, REPUGNANTE. Como pode o cérebro humano estar ainda tao disfuncional, tao débil e primitivo?!

Você pode até observar o mundo, não ver as explicações racionais para as coisas que vês, pode tentar evitar o trabalho de esmiuçar a Natureza para procurar estas explicações, imaginando que exista algum tipo de ser poderoso e consciente que tem um plano para o mundo ser assim e para você ser o que é nesse mundo. Até ai ainda consigo entender, pois eu também as vezes certas questões são tão complexas que me induzem a suspeitar em algum tipo de consciência cósmica, ou de outra dimensão que não sou capaz de ver. Mas, seja qual for a figura que você imaginar, ela será sua e somente sua! De mais ninguém! Seu relacionamento com esse ser, esse amigo imaginado só pode ter algum resultado na sua própria e unica relação com esse ser. Que você aceite intermediários que sabem igual ou menos que você, muitas vezes com a intenção de tomar algo seu ou te usar para os interesses dele, outro humano que nada mais é que igual a você, no meio do caminho entre você e seu Deus! Isso é absurdo! O estuprador se veste como palhaço para engabelar a criancinha, e você cair na balela de batas e togas para te engabelar? Fique ciente que estas na frente de um doente mental que acredita que está  obedecendo a seu Deus enquanto com isso convenientemente escapa da miséria e do trabalho duro. Estas prejudicando o escritor de mentiras ou falso mensageiro de mentiras ao alimenta-lo no seu pecado! Um messias ou real enviado de um Deus-Pai jamais teria saído deste mundo deixando leões monstros soltos comendo ovelhas vivas e estupradores torturando criancinhas, entenda isso!

Numa aldeia rural nos penhascos da Grécia tem um povo simples onde os pais repetem incansavelmente aos filhos desde que nascem que ali existiu um gigante com força sobrenatural chamado Sansão que derrubou os pilares do palácio com suas mãos, que enfrentou a górgona com sete serpentes na cabeça, que matou o dragão nos subterrâneos da Terra, que dizimou os demônios fantasmas que saiam dos porcos… que conversou com cobras falantes enroscadas em arvores… E depois quando estas crianças crescem acreditam nisso e estes pais lhes dão o livro das lendas de Sansão. E de fato lá estão as ruínas de um palácio com os pilares destruídos pelo tempo, tem o Rio Eufrates por onde Sansão teria navegado… E estes filhos quando se tornam pais fazem os mesmos com seus filhos com os netos… a aldeia crê no Deus Sansão, quando na verdade um escritor imaginativo –  que assistiu uma batalha ao lado de um soldado mais grande e mais forte mas que morreu e ficou lá estirado no chão – escreveu um livro com estas fantasias e para vende-lo dizia ser verdade… Que isso pudesse acontecer de fato é possível, pois o cérebro humano sem maiores ciências, sem microscópios e sem telescópios para ver as explicações dos fenômenos naturais que ele pode enxergar, funciona muito mal.

Que alguém aceite intermediários entre o que lhe sussurra sua alma e suas intuições sugerindo um modelo de Criador, intermediários humanos sem sua alma e suas intuições que nada fazem de magicas supernatural para provarem suas amizades poderosas, isso nunca vou entender e aceitar. Com meu Deus só eu posso conversar e no silencio da noite escura embaixo das minhas cobertas. Quanto aos outros humanos que vão pegando no martelo e enxada e trabalhando duro para não virem tomar o que produzo em troca de conversa fiada ou letras escritas em folhas de papel. Se eles tem um Deus, um Pai Espiritual ou seja la como for, que conversa ou conversou com eles, esse não é meu Pai, pois Ele nunca veio falar comigo. Por algum motivo que desconheço, meu Pai apenas me ouve, talvez atenda ou não meus pedidos, mas não sei por qual motivo Ele não pode responder na minha língua. E também por isso não acredito que outro pai espiritual responda  conversando com criaturas humanas. Afinal, Deus fez meu corpo para crescer e virar adulto e não teimar em ser criancinha a vida toda acreditando nas mentiras deste tipo de adultos …

Estas mentiras tem causado muita dor, muita tortura, muita miséria e muita escravidão entre a humanidade. O crente nessas mentiras se alia a fantasmas e serve a fantasmas em detrimento de sua união com seus irmãos terrestres e humanos pela qual muito seria alcançado. Um Deus de verdade diria que não precisa de pucha-sacos nem baba-ovos, mas sim precisa de gente que se una para somar com seus filhos que trabalham e produzem seu pão na Terra sem tomarem nada de ti, que por acaso, são seus irmãos.

 

Evangelho e Matrix/DNA: dois idiomas, um mesmo significado

quarta-feira, abril 3rd, 2019

xxxx

Por acaso hoje – assistindo um video de um cientista criacionista – percebi que textos do evangelho exprimem exatamente a mesma mensagem da Matrix/DNA, numa linguagem metafórica muito diferente. Ja temos outra tese em outro artigo mostrando a exata coincidência entre a descricao em Genesis na Biblia e a descricao de LUCA na Matrix/DNA.  Vou abrir este capitulo para registrar quando houver tempo para mais pesquisa na Biblia, os textos onde ocorrem estes acasalamentos entre as duas visões de mundo e anotar a versao da Matrix/DNA (em azul):

1 Corinthians 15:20-23 New International Version (NIV)

20 But Christ ( o humano exorcizado dos instintos) has indeed been raised from the dead (os mortos são os instintos animalescos e as psiques onde existiam, que foram exorcizadas) , the firstfruits of those who have fallen asleep ( as primeiras geracoes desde aqueles que caíram dormindo, mortos). 21 For since death came through a man ( ao escolher ser sistema fechado o ancestral do homem se tornou o sistema que contem a face da entropia, da degeneração e morte), the resurrection of the dead comes also through a man ( sim, apos a morte no sistema fechado astronomico o sistema renasceu na Terra, ressuscitou da morte) . 22 For as in Adam all die, so in Christ all will be made alive ( Adão foi o ancestral que se desviou para o egoista sistema fechado, Cristo é forma de Adão transformada e purificada do erro original). 23 But each in turn: Christ, the firstfruits; then, when he comes, those who belong to him (primeiro, a primeira geracao de purificados, e entao as próximas geracoes deles).

xxxx

1 John 3:

Dear friends, now we are children of God ( nas origens do Universo nossas primeiras formas eram as formas pré-natais do filho sendo reproduzido, mas quando mais tarde outras formas se fecharam como sistema isolado isolando-se do mundo e portanto do Pai, saímos fora da condicao de filhos de Deus, criando este outro nosso mundo.  John se dirige a seus discipulos, que ja estao se purificando e retornando ao sistema aberto, voltando agora a ser as formas seguintes do ser sendo reproduzido )…   and what we will be has not yet been made known ( estamos ainda numa forma evolucionária, intrauterina, provisória. A forma final com que nasceremos para alem do Universo ainda não nos é conhecida) But we know that when Christ appears,[a] we shall be like him ( Cristo é Deus ou o filho de Deus que sera’ nosso irmão quando nascermos na forma final, a qual veremos na forma de Cristo como se nos estivéssemos vendo num espelho), for we shall see him as he is ( com nosso cérebro atual e seus poucos e limitados sensores apenas vemos o mundo na dimensao da faixa da luz visivel , sabendo que existem no minimo seis outras dimensoes. Deus tem a forma em todas as sete ou mais dimensoes, e quando termos a forma final capazes de ver todas as dimensoes, somente entao poderemos enxergar a Deus como Ele é).

Descoberta: humanos involuiram dos macacos!

quinta-feira, novembro 1st, 2018

Quando eu estava na selva e regredi ao estagio de semi-macaco, tive uma discussão feia com um amigo macaco. Nervoso eu disse a ele que a Ciencia prova que os homens evoluíram dos macacos, portanto os macacos são inferiores…

  • Nada disso! – ele respondeu. ” Primeiro Deus criou os macacos. Mas quando ele criou os macacos, criou junto a Innnn -volução! Entao alguns macacos involuiram para humanos…”
  • Mas não e’ isso que a Biblia diz. Ela diz que primeiro foi os homens…”
  • “Mas eu não estou dizendo… Deus criou a involução. Entao, a primeira Biblia, a verdadeira, autentica, foi escrita pelos macacos, e dai involuiu para a dos humanos…”
  • E… não tem jeito… Se n ja não chegava os criacionistas e os materialistas nesta briga, agora entra os macacos também…

Analise da Matrix/DNA sobre o atentado a Bolsonaro

sexta-feira, setembro 7th, 2018

xxxx

Caso Bolsonaro:
– no imaginário humano, a Bíblia vermelha (no discurso de Adélio) contra a Bíblia Negra (no discurso do pastor da turma do Bolsonaro), ambas do Velho Testamento, deixando a Bíblia branca (Jesus Cristo e Novo Testamento) de fora; .

– na realidade física natural dos humanos, é a guerra pelas posses materiais, estimulada pelos instintos animalizados.

O perdedor Adélio, na miséria e totalmente acuado, cheio de ódio natural e imaginário, ao invés de submeter-se passivamente e cair, prefere dar a ultima patada e morrer torturado.

Mas isso aqui é papo de filósofos naturalistas (enojados por estas inversões de valores, as quais causam estes horrorosos atos de carnificina violenta)…,

ninguém mais vai entender nada… porque nada querem entender da Natureza real e como Ela funciona, quais seus desígnios sutis, mesmo que Suas forças atuem a nível inclusive de mutações genéticas como no caso Adélio e através do mercado humano, ignorando o imaginário humano, e fluindo através da guerra humana pelas posses materiais.

No final, somos todos débeis, com nossos deuses ou sem eles, Ela impõe seu desígnio, como este Seu atual investimento em exorcizar do cérebro humano os instintos de leões, hienas e ovelhas. Infelizmente para humanos analfabetos em Natureza, Ela aplica estas cirurgias corretoras dolorosas, como as que estão sofrendo agora o Adélio e o Bolsonaro

( publicado no Facebook em set, 09, 18)

Lista de absurdos escritos na Biblia

quinta-feira, agosto 10th, 2017

xxxx

1. So tell me what species of animals are the fire breathing sea monsters that are found in the BuyBull. or the dragons, unicorns or leviathans with bones made of bronze. 2. How you get snakes and donkeys to talk like they do in your book of fairy tales? Smells of bullshit and fairy tales. Then maybe you can answer some other questions i have like. 3. How did Noah get all those millions of species onto one little boat? (yes millions) 4. How did all those species get there? sloths aren’t great swimmers and south america is thousands of miles away. 5. Why did they all go back? 6. Where did Noah get the food for all the animals for a year? where did he store it? Elephants eat a fuck ton of food and they were suck on the boat for a long long time. 7. where did he get all the specific foods animals need to survive? Kuala’s only eat eucalyptus and its only found in Australia. Pandas are pick fucking eaters too…. and bamboo doesn’t grow in the middle east. 8. how did 8 people care for millions of species and yet it takes hundreds to care for a Zoo? 9 How Did all the animals not kill each other…. Hippos are assholes. 10. Why didn’t all the fish die? Freshwater fish can’t live in saltwater and vice versa….. WTF 11. what did all the herbivores eat? after the flood? all the plants would of been dead. 12. What did all the carnivores eat? every meal would of been an extinction level event for years to come. 13. Where did the waters come from? Where did it go? 14. Where did you find enough trees in the Middle East? Other questions I have are 15. How can somebody live in the belly of a whale for days? no air, and filled with acid… 16.If your god is so morally right why did he send bears to kill 42 children for teasing a bald man? your gods sound kind of like a douche bag 17. If you’re made in gods image does he have an appendix too? and why have a vestigial organ that does nothing but kill you? 18. Why would this god of cancer and dead babies…. tolerate evil…. much less create it. 19. This Satan you hate so much; has killed zero people without god’s permission yet the god you worship murders and commits genocide over and over again by the thousands if not millions. why would you worship that? 20. Why would christians support rapists and forced to marry their victims? 21. Why does your BuyBull condone and support slavery? 22. what would a being that can create the universe need with worship from something as insignificant as you?? 23. How does a being create 99.99999-% of the universe in a split second need a full week to make earth? 24. Can you make a moral judgment against rape or slavery using only scripture? Can you even find the Passage that specifically says it is even wrong? Yet the bible condones it. 25. How is it acceptable to cherry pick the bible and only follow the parts you agree with? *Why do christians lie so much*?

Qual foi o Pecado original… explicado pela Matrix/DNA ?

terça-feira, julho 24th, 2012
A pergunta acima a ví no Yahoo Respostas e não resistí a postar a seguinte resposta:
Bem… sou agnóstico e me rí da crença nessa fábula. Mas um método cientifico me conduziu a descobrir que o paraíso, adão e eva, a serpente, a fruta, e a queda, são simbolos humanos para descrever o estado do mundo a 4 bilhões de anos atrás e um evento que de fato aconteceu.
Primeiro é preciso saber que o Universo é constituido de hardware e software.O software está presente por exemplo no genoma como comando de instruções. Mais tarde evoluiu para o que é hoje a psique humana.
Naquela época o aspecto material, hardware, dominou totalmente sua cara metade, software, e impôs sua suprema tendencia: obter a inércia eterna no equilibrio termo-dinamico. Então constitui-se como um sistema fechado em si mesmo, fechando as portas à evolução universal. Esse sistema é conhecido hoje como galaxias primordiais, velhas, e os seus sete diferentes tipos de astros formam um sistema mecanico quase perfeito, que se auto-recicla. Pode se descrever cientificamente tal sistema em linguagem técnica, mas se o fizer por simbolos como o autor da biblia, em nada muda o sentido da coisa.
Acontece que a Vida foi criada pela e dentro da galaxia. Portanto ela é nossa ancestral. E descobrimos que a forma do building block desta galaxia é a mesma forma do building block do DNA, chamado “nucleotideo”. Então o DNA biológico é apenas mais uma forma evolutiva provisória de uma Matrix universal. E essa Matrix, na forma de DNA, está no centro dos nossos neuronios, portanto ancestrais como a galaxia tem seus dados e história ali registrados. Certos estados alterados da mente fazem com que esta memória venha à tona na mente na forma de imagens, flashes. A mente cultural distorce os simbolos, e assim nasceu esta fabula.
O grande êrro desse nosso ancestral foi se tornar sistema fechado, que é a maxima expressão do egoismo. Isso foi o pecado original que produziu a queda, quando a entropia atacou o sistema, fragmentando-o em seus fotons-bits-genes, que são irradiados pelas estrelas e caem em superficie de planetas onde alguns tem boas condições e a galaxia se reergue na forma de sistema celular vivo. Deste erro nós herdamos os genes egoistas, que são a causa de todas nossas mazelas aqui.
O sistema social galáctico foi bem reproduzido por seres inferiores como abelhas e formigas. Naquele sistema que era hermafrodita, o astro que faz as funções de reprodução de novos astros seria o feminino ( black holes), mas ele se aloja no nucleo do sistema, é mais poderoso que o astro-macho ( pulsar) como é a abelha rainha. Ele impõe ao macho a tendencia, a ideologia feminina de ser sustema fechado dentro de uma mansão paradisiaca eternamente. Foi essa tendencia, essa ideologia contra o processo da evolução que os autores religiosos interpretaram como a maçã que Eva fêz Adão comer.
Mas não apenas a fabula da biblia descreve exatamente esse evento em nosso passado, como tambem todas as outras seitas que se tornaram religiões. Os simbolos do I Ching reproduz a formula da Matrix, a cosmogonia da dioutrina secreta esóterica é outra exata descrição. Por não saberem do que se tratava, os visionarios interpretaram com suas fantasias e necessidade de coerencia, assim como crianças transformam todos os objetos em brinquedos e pensam/acreditam em fantasias e contos de fadas onde o milagre exisitiria normalmente.Se quiseres ver essa fórmula mecanica que contem “o paraiso, adão e eva, a maçã, a arvore, a serpente, e como foi a queda, veja-a no website abaixo. Mas… lembre-se…nem o Boson de Higgs está confirmado, e esta teoria ainda pode ser superada.

Bíblia: O livro dos contadores de histórias não-racionais cujas palavras alguns aceitam como provas de um mundo fantaziado que a Natureza desconhece.

quinta-feira, junho 14th, 2012

Raios! Logo ao acordar e sentar na lanchonete para tomar meu café na mesa ao lado quatro vizinhos falando de religião. Pelo que sou e penso, aquela conversa me gera mal estar e repugnancia, mas falam alto como fazem êsses pregadores e não tenho algo com que tapar os ouvidos. Não sou amigo dêles desde quando os conhecí e logo testei seus intelectos, sondando se haveria nêles algo a ser usado como util aos meus objetivos, como sócios em algum trabalho produtivo, e tendo concluído que são apenas agentes-obstáculos aos meus objetivos, descartei-os, nem mesmo os cumprimento na rua, não vou gastar minha saliva e tempo da minha mente com o inutil.

Por incrível, um dêles não é cristão e me parece que sua religião é o “egoísmo cético”, pois vive na crença do “o que me interessa é mais um dólar no meu bolso” e na realidade faz justamente o contrário do que fala, pois trabalha feito burro de empregado e os dólares gerados pelos produtos de seu trabalho êle os dá gratuítamente a uma familia de parasitas que se dizem proprietários do negócio. Totalmente incapaz de se associar com outro ser humano para trabalhar em alguma coisa concreta e construtiva que mantenha o produto de seu trabalho em suas posses. Mundo nojento de irracionais.

Então ouví o cético-mente-subjugada-aos-instintos-animais perguntar a outro que me parece ser um pastor evangélico: “Você está dizendo que deus falou isso prá você… mas como êle falou? Você ouviu uma voz como é nossa voz?” O outro rápidamente reage gesticulando e levantando as duas mãos com os dedos apontados para os ouvidos na cabeça ( a persuasão vigarista necessita dêstes recursos de cenas enfáticas para reforçar os efeitos de seus argumentos):

– “Falou assim na cabeça, eu entendí bem, tanto é que eu larguei o revolver e não fui matar o cara…”

Eu teria interrompido imediatamente e dito:

– “Espera aí, eu te fiz uma pergunta lógica na minha cabeça e você não respondeu na mesma lógica da minha cabeça. Você foi buscar como resposta e prova outra coisa que nada tem a ver com a pergunta. Volto a perguntar: como foi que o seu “deus” falou com você? Com som de voz humana? Diretamente a voz entrou nos seus ouvidos ou veio como som de voz por telefone, rádio, televisão, ou ainda megafone? Ou vocês tem um método diferente de se comunicarem que eu não conheço, por sinais, sejam sinais eletrônicos ou sinais de fumaça que eu não vejo? Algum código morse? Ou ainda: sua cabeça funciona com uma lógica diferente da que o meu mundo real e minhas reais experiencias na vida construíram no meu cérebro? Como vamos saber qual a diferença nas conexões de nossos neuronios? Acho que pondo na mesa as informações que estão registradas em cada neuronio e apresentando as provas de que elas não são falsas informações, que nós não estamos mentindo. Mas isso podemos fazer depois, agora quero saber qual é o canal de comunicação entre você e seu deus. ”

Mas o semi-analfabeto que não passou do ginásio e não se treinou de outra maneira a fazer seu cérebro produzir pensamentos completos, e assim, preguiçoso mental, lança ao ar fragmentos de pensamentos, adorador que é de fazer tudo anárquico e imperfeito. Por isso, ao invés da longa frase acima com que eu teria reagido, êle reagiu com suas costumeiras frases curtas quando um assinto toca de leve em algo filosófico:

– “Mas como é que deus falou?”

O “pastor” interrompido já é treinado em sua tática de persuasão e imediatamente se saiu com esta:

– “Olha vou te explicar com outra coisa que aconteceu comigo. Eu tinha uma namorada e um dia brigamos, ela ficou possêssa pelo demônio e começou a me dar tapas na cara sem parar. Quando armei o murro que ia lhe dar, deus me disse de repente: “Ponha suas mãos para trás e segure elas aí…”. Assim guiado por deus eu não dei o murro que poderia ter até matado ela…” Entendeu como deus fala prá quem tem fé?”

O imbecil do cético ficou paralisado, pensando, o pastor ladino aproveitou a lerdeza da prêsa e voltou a atacar pelos flancos, continuando a relatar suas hístórias para os quatro ouvintes.

Mas como é que podem ainda existir quatro débeis mentais assim no mundo?! Não consigo entender, isto não parece real, parece que estou assistindo um universo paralelo de acontecimentos e personagens virtuais. O fato nu e cru é que os quatro – considerando-se o que sei sôbre como vivem e o que fazem para obterem os produtos de suas necessidades – são uma carga desviada para a Humanidade carregar. Na realidade nenhum dêles “trabalha”e todos os quatro são produtores de tóxicos que infectam o corpo social da humanidade. Isso enquanto a Terra dispor de recursos para essa orgia.

Eu teria novamente interrompido o tal “pastor” mas agora com mais energia e agressividade:

– “Espera, para aí, tenha educação e deixe-me falar tambem, senão paramos de conversar para sempre agora! Na primeira vez que fiz a pergunta você não respondeu mas se desviou para falar coisas que nada tem a ver com a resposta certa e honesta. Repetí a pergunta e você de nôvo não respondeu com a resposta honesta. Uma terceira vez vai me provar em definitivo que voc6e seria um mentiroso vigarista que está com má intenção de me tomar alguma coisa. Estou errado? Me descreva em linguagem humana inteligivel como é que deus te falou, por favor!”

Êle poderia sair brigando ( pelas suas duas histórias contadas acima – pegando revolver para matar alguem, armando murro para socar uma mulher, e a forma como disse que a mulher ficou furiosa e reagiu indica que êle a desrespeitou agressivamente – o “cara” é um animal instintivo e repulsivo que devia ser expulso da Humanidade). Mas, para usar a mesma arma lógica dos crentes, vamos rir e pensar que…”o demonio encontra espaço livre para operar nas mentes humanas onde existem e se expressam as propriedades do seu reino maligno. Assim surgem êstes ativistas chamados “pastores evangélicos”). Mas ao invés de brigar (talvez inibido pelo fato de estar como estrangeiro num país cujas leis e policia leva para a cadeia qualquer tipo de agressão, e de estar  num lugar publico, e saber que tambem sei reagir com golpes fortes do meu aparato tecnológico com os quais sempre ando preparado mesmo ao ir na lanchonete vizinha, para minha defesa), provavelmente êle teria se saído com o usado jargão comum dêles:

– “Deus só fala para quem tem fé, você não pode escutar nem entender…”

– “Mas então porque você faz pessoas que nada tem a ver com seu deus privado perderem tempo com suas histórias que em nada se aplica no mundo dessas pessoas?! Se seu deus fala com você mas nunca veio falar comigo, que vá para a “p… que pariu” o seu deus, entende? Você e êle formam um sub-grupo, uma máfia, e eu não aceito a existência de máfias dentro da Humanidade, entende? Para isso deveria ter uma lei por crime de estelionato, pois as vitimas só vão perceber que foram roubadas em seu tempo depois de terem sido roubadas. Mas é porque não existe lei policial que você agora aproveitou covardemente a brecha, certo? Você é imoral e só quer me ferrar a vida sugando algo do meu trabalho e atrapalhando o progresso do meu caminho, vou sair daqui e você nunca mais se pônha na minha frente porque eu reajo como policia da minha moral defendendo as leis morais que a elite porca não faz para a policia comum executar. Tchau e até nunca mais! Eu não existo para você, e você não existe para mim, está certo?”

Mas o charlatão parasita não ouviu isso porque não entro nestas conversas e êle já sabe que não adianta virar sua verborréia para meu lado, portanto continuou com seu discurso usando da oportunidade maligna construída pelos tempos preciosos dos outros três débeis mentais que não sabem ainda dar valor produtivo aos seus tempos e por isso entregaram a êle de graça! Existe uma má intenção inconsciente nos outros dois, pelo menos: o deus do pastor nunca falou com êles tambem, mas como têm a natureza inclinada para a corrupção, acham que um elemento corrupto existe e exerce seu poder, e então tentam se mostrar simpáticos e acessiveis a qualquer poder corruptor, na esperença de serem convidados a fazer parte do poder, de serem escolhidos e se aliarem com êsse pastor e seu deus, e o resto que se ferre!

É a mesma causa que explica o povo deserdado de terra concordar e defender até como soldados as atuais leis da propriedade da terra; o povo escravisado por êste capitalismo selvagem e sistema mecanicista a concordarem com as regras e votar nos agentes dêste sistema: existem mantendo a esperança de que serão escolhidos pelo sistema, convidados a participarem dêle e tambem ficarem ricos escravisando os que não foram escolhidos. Mundo nojento, repugnante, êste dos recem nascidos dos animais, vindos do macaco selvagem e assassino que bem conhecí na selva bruta, o qual veio antes do sistema ancestral super-egoísta fechado em si mesmo e que se mantem dentro da carga genética de homens e mulheres na forma dos genes egoístas.

Logo depois outro falador dizia: ” Ora, como funciona a santíssima trindade está explicada na bibilia, a biblia prova isso… ”

Quer dizer, um contador de lendas tem suas próprias palavras arroladas como provas de que não se trata de lendas… e isso em inglês se chama “circular reasoning”.

Dentro da Matrix/DNA, e algumas outras visões de mundo que concordam com êsse enfoque sôbre a biblia, temos que reagir e lutar para desmascará-la, porque ela tem sido detectada como causa de muitos problemas que estão atrapalhando as mudanças no sistema social e que eu sei com certeza que estão me prejudicando.  Sem violência fisica enquanto não aplicam a violencia fisica, pois tambem somos contadores de lendas, de outros tipos de lendas que achamos mais racionais. Mas são lendas porque a razão humana produzida por êste pequenino cérebro em sua curtíssima experiência de vida e seus conhecimentos da Natureza Universal ainda muito limitados, tentando entender a imensa vastidão dêste mundo que não se explica pela nossa lógica, será sempre uma razão infantil. Não somos os donos da Verdade Ultima, nunca me cansarei de repetir isso para mim mesmo, porque tenho observado na História que os que acreditaram serem os donos da verdade, ou êles mesmos ou seus descendentes pagaram dolorosamente por este êrro fatal. Apenas reajo contra as lendas quando percebo que seus efeitos me prejudicam materialmente. Portanto, se alguem tiver uma boa sugestão de mudar a definição de biblia que elaborei no titulo acima, serei grato.