Posts Tagged ‘CANCER’

A energia para curar o câncer está em outro planeta ou outra lua?

segunda-feira, junho 3rd, 2019

xxxx

Marta Anders foi abduzida, retirada deste planeta para ser curada do câncer.

Sera que os bits-informação em fótons que completariam a perfeita Matrix/DNA não estão todos na Terra, mas tem parte deles em outro planeta?

No meu livro, digo a Dawkins:

-” Já disse que com minha investigação não tenho pretensões cientificas, são apenas investigações naturalistas, diretamente entre uma mente que pergunta, busca, e os fenômenos naturais que se apresentam no campo de observação desta mente.”

-” Ora, se é naturalista tem que ser cientifica…”

-” Não. “Cientifica” é uma palavra produzida e derivada dentro da academia que esta no poder de controlar e decidir sobre a atividade das Ciências, mas esta academia tem desviado a Ciência do campo real da Natureza.”

-” Onde, como?”

-” Alem do motivo obvio que é uma ciência dirigida pelos interesses de quem esta’ financiando a atividade cientifica – que pode ser interesse militar de governos, ou interesses ambiciosos de financiadores que apenas buscam lucro monetário –  os acadêmicos controlando a atividade cientifica mesmo sem estas influencias ainda pecam porque eles selecionam discriminando os fenômenos naturais, escolhe apenas aqueles que se encaixam na sua atual visão do mundo enquanto ignora e combate aqueles que não se encaixam. Assim, cada novo experimento é guiado por uma tendencia, uma míope visão de parte da realidade, que visa re-enforcar a atual visão ideológica, e assim a atividade cientifica funciona como um eterno moto-continuo produzindo feed-backs, retroalimentando-se dentro dos limites de uma faixa vibratória da matéria iluminada apenas por uma faixa do espectro eletromagnético. Por exemplo, minhas investigações apontam que nos sistemas atômicos e astronômicos existem o processo do ciclo vital. isto para humanos é misturar física com biologia e tanto os físicos como os biólogos não gostam disso, evitam isso, mas dividir um objeto natural em uma parte física e outra biológica é coisa de humanos, não da Natureza, esta nem sabe o que é física ou biologia, Ela apenas é o é…”

-” Outro exemplo me lembro agora de um vídeo que vi ontem. Uma ex-atriz famosa que foi repentinamente retirada da do trabalho e da mídia devido a uma doença grave, um câncer no rosto, condenada a apenas 3 meses de vida, diz que implorou a Deus e foi atendida, mas que teria sido abduzida por uma nave alienígena, que por algum motivo estava por perto e captou seus chamados, levada a uma certa região alem do “norte da Terra” como ela diz e trazida de volta, completamente curada. Ela menciona vários fatores como prova, como os 4 médicos que presenciaram seu caso, a enfermeira noturna que ouviu uma explosão no quarto da enfermaria e onde ela estava, etc.. Um filosofo naturalista com suporte tecnológico cientifico imediatamente correria no local, investigando as testemunhas, medindo a energia do quarto, etc., mas nenhum cientista se moveu simplesmente porque á possuem a crença firmada de que trata-se de alucinação ou mentira pura, inclusive os doutores da ciência medica do lugar tratam de abafar casos semelhantes. Mas porque correm a julgar o caso como mentira? Porque a narradora vem do outro lado da mesma moeda imaginadora, ela também precisa das mistica, porem a mistica contraria. Então imediatamente ela concluiu que foi Deus em pessoa que apareceu e a levou numa carruagem de fogo tal como ela leu na Bíblia, etc. e assim, deturpa a narrativa. Ms um racionalista tem que saber separar o joio do trigo não jogando tudo fora como se fosse joio apenas, tem que compreender de onde essa mente religiosa vem e como isso poderia influenciar, por exemplo, se tivéssemos contacto com prováveis seres extraterrestres. Talvez esteja ai um portal aberto para transpassar-mos as barreiras impostas pelos nossos poucos e pobres sensores cerebrais e ampliar a área de abrangência das Ciências, mas com esta ditadura ideológica no controle nunca vamos saber. Newton fez o maior trabalho  de Física de todos os tempos, mas com base numa visão do mundo elaborada pelos esotéricos da Antiguidade que já falavam ate em buracos negros, como você pode constatar nos livros de Helena Blavatsky sobre a Doutrina Secreta. Mas o s meus índios, aqui na Amazônia e agora, alucinados ou não por raízes e cogumelos, também falam de buracos negros menos fantasmagóricos e mais racionais que os buracos negros canibais do Stephen Hawkings. E o que perdemos com isso? Por exemplo, um filosofo naturalista estaria excitado desejando aplicar um experimento cientifico. Ela diz que passou por Saturno, que viu pela janela de vidro da nave, mas não se distanciou muito dali. Em seguida sentiu lufadas de uma energia lhe perpassando o corpo. Haviam formas de seres perto dela, ela falou a eles e não responderam com voz, apenas as lufadas de energia, parece que não existe maneira de uma comunicação inteligível entre eles e os humanos. Em seguida houve um estrondo e ela se viu de volta no quarto da enfermaria. Não cabe a mim julgar se é fato ou alucinação, não esquecendo que houve uma especie de milagre que também ninguém sabe explicar…negar que existe Deus já é em si certa arrogância, mas negar que existam consciências mais evoluídas que as humanas, inclusive consciências que possam abranger todo o Cosmos, e até atenderem suplicas humanas no lugar de Deus, não é racional.”

-” Mas que experimento você faria sobre essa baboseira toda?”

-” Muitos. O meu modelo de visão do mundo esta’ sugerindo que é possível que quando a entropia ataca um sistema astronômico, um pacote de seus bits-informação podem se reunirem num ponto do espaço/tempo dentro do sistema, e se encontrarem apenas nesse ponto, então é possível que em nos, nossas células, ainda esteja faltando informações para uma substancia ou organela, e esta falta pode ser uma das causas enfraquecedoras do nosso sistema imunológico, o que pode ser a causa do câncer. Quando tiver-mos as condições tecnológicas vamos ter aparelhos adequados procurando no sistema solar continuuns das energias ou fótons que estão inseridos em nossas células, pois estes continuuns poderiam nos tornar muito mais fortes. Por exemplo imagino a NASA construindo naves melhores que poderiam levar humanos em volta ou alem de Saturno, as luas de Júpiter. Como ninguém iria se aventurar a tripular a primeira nave, imagino oferecendo a chance a um doente terminal condenado a morrer em 3 meses. Porque aquela região do sistema solar? Que tipo de energia poderia ter ali que na Terra não tem e que poderia curar o câncer? Um relato ao condenado desta ex-atriz, e ele provavelmente se aventuraria ao teste… Mas tal nunca sera feito enquanto esta ideologia com esta visão de mundo estiver na posse da nossa atividade cientifica…”

-” Claro não tem porque gastar dinheiro, tempo e energia. em tal disparate porque não tem como acreditar nisso…”

-” Mas dinheiro para gastar na busca da química para o mais perfumado cosmético sempre tem aos bilhões. A verdadeira Ciência lida diretamente com objetos, fenômenos reais naturais, ela não tem cérebro, não julga, portanto nem acredita nem desacredita, crenças humanas não são cientificas, e pura imaginação humana.”

-” Meu Santo Unicórnio! Uma região numa lua de Júpiter onde tem uma corrente de energia que cura o câncer! vamos lotar naves com doentes terminais de câncer e voltarão todos pulando carnaval na maior festa! Só mesmo sua cabeça poderia pensar tal coisa, Austriak…”

-” Ou vamos colher essa energia lá e traze-la para cá… Porque você não assiste o vídeo com atenção e tente refletir sem prévios formados julgamentos? Toma la’ o link:

Cancer: Bom Video Informativo

segunda-feira, dezembro 14th, 2015

xxxx

Entenda como se desenvolve o câncer no nosso organismo

http://www.ageracaociencia.com/2015/05/21/entenda-como-se-desenvolve-o-cancer-no-nosso-organismo/

O video tambem pode ser visto em:

https://www.youtube.com/watch?v=HU2sXd5H48Q

E sobre o video, deixei o seguinte comentario/pergunta ( aguardando moderacao para ser publicado – observar que não saiu o avatar e a conta ja registrada no site ‘e do google com email do yahoo – da proxima vez devo puxar link com facebook)

Este video e’ uma heroica contribuição para a Grande Causa da Humanidade, pois um de seus efeitos e’ despertar e fazer evoluir a mente coletiva ao tornar acessível e agradável o conhecimento da Natureza. Congratulations!

Uma duvida que fica: pelo que entendi, o video sugere em 2:01 que a P53 e’ uma das responsáveis em induzir o processo da apoptose (morte celular) das células normais. No entanto na Wikipedia ( https://pt.wikipedia.org/wiki/P53 ) diz que ” O p53 está envolvido na morte programada (apoptose) de células anormais ou danificadas.” Quem esta’ certo/errado?

Isto e’ importante porque pode significar que a célula foi danificada por uma mutação no gene P53. Com isso a mutação passa para a proteína produzida pelo gene, a qual retorna ao DNA para dizer que o gene deve se consertar (existem os mecanismos de auto-correção do DNA) ou suicidar-se?

Os genes que programam a morte da célula tem que produzirem proteínas que saiam da célula, passem pelo ribossomo e depois retornem ao ponto onde foram fabricadas, para matar a célula?!

Baseando-me na formula da Matrix/DNA Theory ( que seria a mesma formula para os building blocks do DNA), a morte celular ocorre pelo fluxo de energia/informação que percorre o DNA inteiro, assim como a forca do ciclo vital percorre o corpo humano durante sua vida inteira. Acontece que a dado momento o fluxo entra em entropia ou degeneração e assim o DNA se degenera ate sua morte. Este processo seria mais racional que o processo onde o DNA produz proteínas que saem fora e retornam avisando que chegou sua hora. Algum comentário? Thanks…

Pesquisa:

Proteina P53 ( Notar que ela ‘e envolvida em muitos casos de cancer, mas nao todos)

P53.png

 

Wukipedia port. = O p53 está envolvido na morte programada (apoptose) de células anormais ou danificadas.

Continuar pesquisa dos termos tecnicos do video, da P53 no Wikipedia e da P53 nos links interessantes em google search

Bebês e Câncer: Ultrasom produz câncer, mesmo a longo prazo? Seria esta a causa de tanto câncer nos adultos hoje?

terça-feira, agosto 18th, 2015

xxxxx

Uma mulher grávida faz um exame de ultrassom em um hospital do subúrbio de Paris, em 22 de julho de 2013

Tema baseado na declaração (em pdf) pelo seguinte link:

http://www.ncrponline.org/Publications/Reports/Misc_PDFs/Ultrasound%20Summary–NCRP.pdf

Publicado pelo Departamento Americano “National Council on Radiation Protection and Measurements”

( Este tema interessa-nos nas pesquisas da Matrix/DNA Theory devido tratar de campos eletromagnéticos e radiação da luz – principais tópicos de investigação nestes momentos.)

Resumindo, e cientificamente, o fato verdadeiro e’ que ” ninguém sabe ainda”, e qualquer pessoa que afirme ou garante algo deve ser assim refutado.. Como se pode ver pela seguinte declaração neste documento:  O NCRP conclui que ” o conforto obtido da ausência de dados ate esta data de nenhum maleficio baseado em evidencia epidemiológica deve ser temperado com o fato de que não existem apropriados e adequados estudos epidemiológicos para a pratica clinica atual”.

Vamos iniciar traduzindo (em azul) a introdução do documento das autoridades americanas (acrescentando em vermelho nossas anotações e opiniões). Os muitos erros de gramatica e falta de acentos deve-se a que estou usando um teclado em ingles. 

Diagnostic Ultrasound Safety

A summary of the technical report “Exposure Criteria for Medical Diagnostic Ultrasound:

II. Criteria Based on all Known Mechanisms”

Seguranca no Diagnostico de Ultrasom

Um resumo do documento técnico ” Critérios de Exposição para Diagnostico de Ultrassom em Medicina”

Criterio baseado em todos os mecanismos conhecidos

Physicians have used ultrasound to make images of the inside of the human body for nearly half a century. Most infants now born in the United States were exposed to ultrasound before birth. And in Germany, Norway, Iceland and Austria, all pregnant women are screened with ultrasound. To date, researchers have not identified any adverse biological effects clearly caused by ultrasound, even while three million babies born each year have had ultrasound scans in utero (while in the womb). This is an enviable safety record.

Médicos tem usado ultrassom para fazer imagens do interior do corpo humano por cerca de meio seculo. (por isso nossa pergunta no titulo deste artigo, pois estou surpreso com o repentino estouro de casos de câncer em pessoas que nasceram apos essa época). A maioria das crianças agora nascidas nos Estados Unidos foram expostas ao ultrasom antes de nascerem. E na Alemanha, Noruega, Irlanda e Austria, toda mulher gravida são filmadas com ultrasom. Ate esta data, pesquisadores não tem identificado qualquer efeito adverso biológico claramente causado por ultrasom, mesmo quando três milhões de bebes nascidos a cada ano tem tido radiografia ultrassônica no útero (enquanto na barriga). Este e’ um avaliável recorde de segurança.

However, the National Council on Radiation Protection and Measurements (NCRP) advocates continued study of ultrasound safety, improvements in the safety features of ultrasound systems and more safety education for ultrasound system operators. Because of the sheer numbers of people exposed to ultrasound, any possibility of a harmful effect must be investigated thoroughly. This summary is drawn from a report that reviews the studies of ultrasound safety to date, and makes recommendations for further research and for improving the safeguards designed to ensure that the benefits of ultrasound continue to outweigh any risks.

Todavia, o Conselho Nacional Sobre Proteção Radioativa e Medidas defende o continuado estudo da segurança no ultrassom, melhorias nas características de segurança dos sistemas de ultrasom e maior educação de segurança para operadores de sistemas de ultrasom. Devido ao grande numero de pessoas expostas ao ultrasom, qualquer possibilidade d um maléfico efeito deve ser investigado a fundo. Este resumo e’ obtido de um registro que revê os estudos sobre segurança  de ultrasom ate esta data, e faz recomendações para posterior pesquisa e para aperfeiçoar os cuidados recomendados para assegurar que os benefícios do ultrasom continuem a superar quaisquer riscos.

( Se alguém precisar de mais tradução avise na seção de comentarios ou mande e-mail ( austriac727@hotmail.com ), que o farei sem custos. Para mim, continuarei a ler o documento e registrar algo na seção pesquisas abaixo.)

No entanto, registro uma importante informacao captada mais a frente no documento, a qual nos serve de bas par responder  qualquer pessoa que afirme ou garanta que o ultrasom nao faz mal: ” Cientificamente, ninguem sabe.”

Thus, the NCRP concludes that “the comfort obtained from the absence to date of any harm based on epidemiological evidence must be tempered by the fact that there are no epidemiological studies appropriate and adequate for current clinical practice.”

Assim, o NCRP conclui que ” o conforto obtido da ausência de dados ate esta data de nenhum maleficio baseado em evidencia epidemiológica deve ser temperado com o fato de que nao existem apropriados e adequados estudos epidemiológicos para a pratica clinica atual”.

E’ possivel ate que o ultrasom esteja criando uma nov rassa de super-humanos. Tive essa ideia ao ler isto: ” When exposed to stressful heat, mammalian cells produce heat-shock proteins. Scientists believe that these proteins somehow help to protect the cells against damage from heat. However, ultrasound heats the tissues so quickly that the cells may not have time to produce these protective heat-shock proteins.” ( Quando expostas a temperaturas mais elevadas que o normal no utero, como pode fazer o ukltrasom, as células dos mamíferos produzem proteínas combatentes do calor. Cientistas tem acreditado que estas proteínas de alguma maneira ajudam  proteger as células contra danos do calor. Todavia, o ultrasom esquenta tão rápido que estas células pode não ter tempo par produzir estas proteínas combatentes.” O que pensei foi numa raça de humanos conseguindo chegar mais perto do Sol ou aguentando melhor os efeitos do aquecimento terrestre.  bebe

xxxx

Pesquisas da Matrix/DNA:

– What is ultrasound?

Este paragrafo me informa que ultrasom e uma onda de som em alta frequência maior que as frequencias normais dos varios tecidos e órgãos do corpo humano.

Se esta onda invasora altera as frequencias mais baixas do corpo ou se passa sem alterar nada, e’ uma questão. Talvez possa não alterar nada no momento, mas talvez ela possa deixar residuos de sua alta vibração, que com o tempo podem serem incorporados no codigo do corpo, e se isso acontecer, esta inserção pode ir lenta e imperceptivelmente mudando o código e se manifestar mais tarde.

– If ultrasound exposure were causing a dramatic or novel effect on fetuses, it would be relatively easy to identify the effect. However, it is difficult, from a statistical point of view, to identify a slight increase in a common trait.

Bem… baseado nos resultados teoricos da Matrix/DNA eu suspeito dessa informação. O metodo pelo qual as informações do sistema astronomico se inseriram nos atomos da Terra para produzir os sistemas biologicos teria sido a transmissão de fotons-bits-informação – ancestrais dos genes – e nem os fotons e nem as configurações de conexões que eles formam entre os atomos foram captados pelos instrumentos cientificos. Esta configuração deve formar uma aura energético/luminífera de fundo subjazendo todos os materiais do corpo, como fundações do corpo – inclusive vibratorias. Então qualquer possivel alteração nesta dimensão invisivel não estaria sendo captada.

 

Proteína Implicada na Formação de Células Cancerosas e Analise da Matrix/DNA

sexta-feira, agosto 7th, 2015

xxxx

Protein That Kills Cells in Neurodegenerative Diseases Implicated in Cancer Cell Metabolism

http://neurosciencenews.com/hsp90-cancer-cell-metabolism-2391/

Pesquisadores observaram uma proteína que corta o fornecimento de oxigênio as mitocôndrias que fornecem energia para as células neuroniais, com isso conduzindo estas células a um processo degenerativo e até canceroso. Mas ficou muito interessante este caso quando o analisei sob a luz da Matrix/DNA. Vejamos:

( Tradução e analise do artigo pela perspectiva da Matrix/DNA que abre mais este campo de pesquisa.)

Vamos iniciar com uma breve comparação entre o gráfico do ciclo desta proteína e o gráfico da formula da Matrix/DNA, especificamente o gráfico relacionado aos cromossomas:

This image shows the Hsp90 chaperone cycle.

Hsp90 is one of the most studied proteins in terms of potential cancer-fighting drugs, but progress has been slow. This image is for illustrative purpopses only and the diagram shows the Hsp90 chaperone cycle.

E o gráfico com a formula da Matrix/DNA:

Circuíto Sistêmico ou "Software" extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Circuíto Sistêmico ou “Software” extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Minha interpretação pode ser errada portanto é temporária. Proteínas são os ingredientes biológicos que correspondem ao circuito esférico da formula. Cada proteína representa um pequeno trecho numa determina locação do circuito, todas as milhares de especies de proteínas somadas representam o circuito inteiro.

Por sua vez, cada proteína tem um ciclo vital o qual é tambem uma copia da formula inteira. Então essa proteína Hsp90 apresenta esse “chaperone cycle” – como não sei o que é chaperone, abaixo registrarei a pesquisa a respeito. Imediatamente a intuição me indica que o “early complex” `a esquerda representa F1, na formula da Matrix/DNA. A partir dai o fluxo de energia/massa/informação que corre dentro do circuito esférico do sistema como vemos na formula,  deveria andar para a esquerda, mas no gráfico se diz que se move para a direita, porem isso pode ser apenas questão de como colocar o desenho num papel bidimensional. Ainda não li o scientific paper e por isso não sei o que representa o X e Y, mas a posição destas letras no gráfico logo mostra uma semelhança com a formula no seu aspecto especifico como a funcionalidade dos cromossomas. Obviamente a proteína nada tem a ver com cromossoma, mas tambem do gráfico da formula aqui arrolado não estamos focando a questão dos cromossomas. O fato é  que nos dois gráficos, coincidem que X e Y estão em F1. Tambem os ingredientes em roxo e rosa do ” early complex” coincidem com os dois ingredientes em F1, que são massa e energia.

A seguir o fluxo de informação/energia se dirige ao ” Intermediate complex”, o que na formula seria F2 e F3. Mais uma vez os graficos coincidem: na formula, F2 representa quando o germe que nasce em F1 penetra na sopa de ingredientes do ambiente os quais se agregam no germe fazendo-o crescer. Então os varios elementos ali como o Hsp40, o HOP, etc., serão os nutrientes agregados ao germe. Se no grafico da proteina a segunda parte do intermediate complex desapareceu o Hso40, tambem quando observamos a formula no seu aspecto astronomico vemos que em F3 – que corresponde a planetas –  o gelo da poeira congelada desaparece dando lugar a água, a qual se mistura no meio dos outros ingredientes.

A partir de F2+F3 o circuito se abre numa relacao com o exterior permitindo a vazão de um elemento, o que significa que o ciclo chaperone é um sistema aberto. Quando o fluxo chega no que se diz ” final complex” na formula significaria que o fluxo chegou em F4 ( porem aqui retorna o problema da direção do fluxo, se para a esquerda ou direita. Se a direção for a inversa, ou seja, para a direita, então F1 sera o ” final complex” e F4 seria o ” early complex”. Então mudaria tudo: as duas fases do intermediate complex seriam F6 e F7, e ao invés de ser energia em crescente, seria um processo entropico, decrescente. Pode ser mas existem mais indícios para o contrario, como lemos o grafico inicialmente.

Porem aqui no ” final complex” temos outro problema: é possivel que a sequencia a seguir seja na formula da Matrix/DNA a sequencia normal esferica, onde o fluxo vai para F6 e F7. Mas tambem a liberacao dos dois X a seguir sugere que em F4 o fluxo tomou o caminho do ramo lateral interno, ou seja, F5. O que tambem seria possivel, indicando que o ciclo vital da proteina é apenas meia-lua, ou apenas metade da face da Matrix, E a intuição me sugere ser este o caso, mas posso estar errado.

Aceitando que o ciclo da proteina seja meio-ciclo, surgiriam alguns indícios: a) esta proteina expressa apenas e fortemente a função masculina da Matrix,  O fato de X acompanhar o fluxo de F1 a F4 é porque na formula isso acontece e Y ontem tambem X, apenas não o expressa nos sistemas biológicos. Não sei ainda qual a implicação de uma proteina ser “macho”, pois isto seria uma novidade para mim. Seriam as proteinas tambem divididas em machos e fêmeas?! E isto seria logico, racional. Todos os elementos que entraram no tronco da arvore da evolução tinham essa característica dicotômica e a proteina deveria ser inserida na arvore de Darwin se estendermos a arvore para alem dos sistemas vivos completos, entrando no passado da evolução no tempo das moléculas. b) estou aqui sentindo a presença da quiralidade. Pois se um elemento tem apenas meio ciclo vital, representa apenas uma metade da face da Matrix,  seria o que em Inglês se chama left-handed ou right-handed. E isto significa o spin ou seja a direção de giro do elemento.

A Natureza foi muito sabia ao determinar que o emergente fenômeno da vida selecionasse dentre todas as moléculas organicas, apenas aquelas com spin a esquerda, ou seja left-handed. Basta dar uma olhada rapida na formula da Matrix para entender isto. A face esquerda da Matrix é quando a energia esta em sua fase de crescente, que vai do baby ao jovem-adulto. A partir daqui a energia entra em estado entropico, decrescente, que vai do adulto ao cadaver. Então se um elemento possuir apenas a metade esquerda e dai o Fluxo cai de repente de F4 para F1, ele se livra do fenômeno ” morte”, pois em F1 ele se recicla retornando a forma de baby. Ora, se naquela árdua luta nas origens da vida, para tentar formar e manter as primeiras moléculas organicas em ambiente hostil com todos os fatores ameaçando sua existência, estas moléculas tivessem em si as duas meia-faces, o projeto da Vida teria ficado patinando no principio eternamente sem sair do lugar. Pois antes de crescer e se duplicar os aminoacidos morreriam, nunca conseguindo formar as primeiras cadeias de polipeptidos, e as proteínas. Nem RNA e DNA. O fato constatado cientificamente e que a Vida foi montada apenas com moléculas left-handed. As moleculas right-handed são venenosas, toxicas. Mas se esta proteina, Hsp90 tem realmente sua direção para a direita, se corresponde a meia-face direita, não da’  para entender como ela se inseriu no meio vital. Se isto for o fato, ela seria um veneno no organismo, seria toxica e surpreendentemente é justamente isto que a pesquisadora autora do artigo diz: ” “We have found a protein that is modified only in pathological conditions,” said Franco, an assistant scientist at the Burnett School who led the research team. “In the nervous system, it is toxic to the cells that are affected by neurodegenerative diseases, while in tumor cells it may actually be acting as a pro-survival agent. In both cases, targeting this oxidized protein may be a potential therapeutic alternative.”

traduzindo: Nos descobrimos uma proteina que e` modificada somente em condições patológicas. No sistema nervoso ela é toxica para células que foram afetadas por doenças neuro-degenerativas, enquanto em células de tumores ela pode realmente estar atuando como uma agente pro-sobreviventes. Em ambos os casos, objetivando sta proteina oxidante pode ser uma potencial alternativa terapêutica”

Bem, parece ser o tal caso comum: Um individuo pode ser bom para um sistema social capitalista, mas se o sistema mudar para comunista, ele se tornara mal para o sistema, porque ele continuara a ser capitalista. Mas se a a doutora estiver certa, ela diz que a proteina é quem é modificada. Isto significaria que um individuo era bom para o sistema que era capitalista, mas o individuo se modificou, tornou-se comunista, e assim passa a ser mal para o sistema. Mas parece-me que a doutora esta’ se contradizendo sem o perceber. Ela diz que a condição do sistema se tornou patológica, ou seja, o sistema foi mudado antes. Isto só tem uma maneira de resolver: sera’  ela mostrar a configuração dos compostos da proteina, antes e depois da patologia. Talvez ela faça isso no artigo cientifico, o qual ainda não li.

Então depois de F4 ( ou F1 se o sentido de giro for inverso), e depois de liberar ois X, vem aquelas duas formas de lagosta que não sei ainda o que é, sendo que a ultima fase apresenta um elemento acrescentado, o HOP. Elas podem serem apenas a representação de F5 no seu caminho a F1, se o ciclo for meia-lua, ou se a representação de F6 e F7, se o ciclo for completo. Mas o jeito que o grafico da proteina mostra a seta a seguir, indica uma reafirmação de que o ciclo seja realmente meia-lua. Pois a seta não vai de HOP direto para ” early complex”. Ela passa direto sem tocar nele e vai para F2. Das duas uma: ou o early complex só entra no circuito no primeiro ciclo e depois nunca mais retorna, ou o ” early complex”  é uma estrutura `a parte e sempre fixa, que torna a entrar no circuito toda vez que o fluxo passa perto dele.  O que seria muito esquisito. Se realmente o fluxo passa longe do “early complex” e entra novamente numa zona de ingredientes, isto sgnifica que o corpo esta continuamente alimentando aquela zona com ingredientes. Mas ai faltaria umas setas vindas de elementos de fora entrando no circuito.

A zona dos ingredientes ( o que em astronomia e denominado de “horizonte de eventos em volta do nucleo galáctico, ou buraco negro”, e em embriologia é denominado simplesmente de placenta nutritiva), quando um sistema é fechado, é produzida pelo decaimento do circuito, ou seja, pelos fragmentos degenerados do ultimo ciclo ( no caso astronomico os ingredientes são a poeira interestelar). Novamente retorna nosso problema: se o ciclo for meia lua e esquerda, não poderia ele mesmo formar essa zona, mas como o sistema é aberto, significaria que ele passa por uma zona sempre retroalimentada pelo organismo; se o circuito for meia lua e left-handed e ainda, sistema fechado… não existe essa possibilidade, nunca poderia existir essa zona. Se o circuito for meia-lua, right handed e sistema fechado, esta zona seria produzida por ele próprio, num processo de auto-reciclagem, o que não é normal em sistemas biológicos. Se o sistema for right-handed, meia-lua e aberto,  a zona seria fornada pelo proprio circuito e mais ingredientes fornecidos pelo organismo.

So teria uma maneira de resolver este problema. Saber se cada vez que o ciclo chega a ” intermediate complex” trata-se da mesma velha proteina ou se é sempre uma nova proteina. O unico jeito seria marcar os atomos de uma proteina e ver se eles continua na proteina depos do intermediate complex. Se sim, cada ciclo seria uma nova proteina, formada inteiramente com nutrientes fornecidos pelo organismo.

Enfim, estamos constatando aqui como são árduos os caminhos numa nova ciência quando ela esta’ engatinhando. Tudo depende de mais dados. Mas vale a pena este esforço, pois o câncer  é um poderoso e antigo terrorista inimigo da Humanidade numero 1, e nunca foi vencido, eliminado de uma vez por todas em suas causas, e esta nova abordagem da Matrix/DNA pode ser o grande golpe que estamos precisando.

xxxx

Ensaio de um comentário a ser postado no artigo:

Would be very useful for researchers if they look to the analyses of this issue from Matrix/DNA Theory perspective. All natural cycles and systemic circuits are based on a unique natural formula, perfect and complete. Bring on the table the two graphics: one, the cycle of the element being studied, and other, the graphic of Matrix’s formula. Comparative anatomy will reveal the errors or imperfections of the element’s cycle, if it is a pathogen. And with some lucky, will suggest the cause and the treatment for the disease.

I tried doing it, but for a conclusion I would need lots of more data, like the atomic compositions of these molecules.  In a first observation, it seems that Hsp90 is a normal left-handed molecule for an organism in healthy conditions, but, if it becomes a pathological condition, the protein becomes right-handed, and so, a toxic agent. The Hsp90 cycle is suggesting lots of novelties, like suggesting that it is a half-cycle, which means a strong expression of the Y counterpart of natural systems. It could be true when we see at the graphic that it expels two X from the circuit. Other problem is the “early complex” : the arrows that arrives to it, does not penetrate it again? Is is merely an initial condition for formation of the cycle and after that, it disappears?

Other question: the ingredients entering the circuit at the “intermediate complex” were produced by the prior cycle or are they furnished by the organism at every new cycle?

The answers for these question are dependable of more data, like the atomic composition of each molecule. But, since that cancer is our millennial and mortal enemy, and since that all applied approaches have not eliminated it, I think that new approaches never experimented before, like this one suggested by Matrix/DNA’s formula, deserves all effort.  So, if someone is interested i have written an detailed analyses ( sorry, it is in Portuguese, but, I could translate it), at http://theuniversalmatrix.com/pt-br/artigos/