Posts Tagged ‘Ciência’

Filosofia natural, Ciencia Natural, e Ciencia: Diferencas explicadas no Wikipedia

sexta-feira, abril 12th, 2019

xxxx

https://en.wikipedia.org/wiki/Natural_science

Newton and the scientific revolution (1600–1800)

By the 16th and 17th centuries, natural philosophy underwent an evolution beyond commentary on Aristotle as more early Greek philosophy was uncovered and translated.[51] The invention of the printing press in the 15th century, the invention of the microscope and telescope, and the Protestant Reformation fundamentally altered the social context in which scientific inquiry evolved in the West.[51] Christopher Columbus‘s discovery of a new world changed perceptions about the physical makeup of the world, while observations by Copernicus, Tyco Brahe and Galileo brought a more accurate picture of the solar system as heliocentric and proved many of Aristotle’s theories about the heavenly bodies false.[52] A number of 17th-century philosophers, including Thomas Hobbes, John Locke and Francis Bacon made a break from the past by rejecting Aristotle and his medieval followers outright, calling their approach to natural philosophy as superficial.[53]

The titles of Galileo’s work Two New Sciences and Johannes Kepler‘s New Astronomy underscored the atmosphere of change that took hold in the 17th century as Aristotle was dismissed in favor of novel methods of inquiry into the natural world.[54] Bacon was instrumental in popularizing this change; he argued that people should use the arts and sciences to gain dominion over nature.[55] To achieve this, he wrote that “human life [must] be endowed with new discoveries and powers.”[56] He defined natural philosophy as “the knowledge of Causes and secret motions of things; and enlarging the bounds of Human Empire, to the effecting of all things possible.”[54] Bacon proposed scientific inquiry supported by the state and fed by the collaborative research of scientists, a vision that was unprecedented in its scope, ambition and form at the time.[56] Natural philosophers came to view nature increasingly as a mechanism that could be taken apart and understood, much like a complex clock.[57] Natural philosophers including Isaac Newton, Evangelista Torricelli and Francesco Redi conducted experiments focusing on the flow of water, measuring atmospheric pressure using a barometer and disproving spontaneous generation.[58] Scientific societies and scientific journals emerged and were spread widely through the printing press, touching off the scientific revolution.[59] Newton in 1687 published his The Mathematical Principles of Natural Philosophy, or Principia Mathematica, which set the groundwork for physical laws that remained current until the 19th century.[60]

Some modern scholars, including Andrew Cunningham, Perry Williams and Floris Cohen, argue that natural philosophy is not properly called a science, and that genuine scientific inquiry began only with the scientific revolution.[61] According to Cohen, “the emancipation of science from an overarching entity called ‘natural philosophy’ is one defining characteristic of the Scientific Revolution.”[61] Other historians of science, including Edward Grant, contend that the scientific revolution that blossomed in the 17th, 18th and 19th centuries occurred when principles learned in the exact sciences of optics, mechanics and astronomy began to be applied to questions raised by natural philosophy.[61] Grant argues that Newton attempted to expose the mathematical basis of nature – the immutable rules it obeyed – and in doing so joined natural philosophy and mathematics for the first time, producing an early work of modern physics.[62]

The scientific revolution, which began to take hold in the 17th century, represented a sharp break from Aristotelian modes of inquiry.[63] One of its principal advances was the use of the scientific method to investigate nature. Data was collected and repeatable measurements made in experiments.[64] Scientists then formed hypotheses to explain the results of these experiments.[65] The hypothesis was then tested using the principle of falsifiability to prove or disprove its accuracy.[65] The natural sciences continued to be called natural philosophy, but the adoption of the scientific method took science beyond the realm of philosophical conjecture and introduced a more structured way of examining nature.[63]

Newton, an English mathematician, and physicist, was the seminal figure in the scientific revolution.[66] Drawing on advances made in astronomy by Copernicus, Brahe, and Kepler, Newton derived the universal law of gravitation and laws of motion.[67] These laws applied both on earth and in outer space, uniting two spheres of the physical world previously thought to function independently of each other, according to separate physical rules.[68] Newton, for example, showed that the tides were caused by the gravitational pull of the moon.[69] Another of Newton’s advances was to make mathematics a powerful explanatory tool for natural phenomena.[70] While natural philosophers had long used mathematics as a means of measurement and analysis, its principles were not used as a means of understanding cause and effect in nature until Newton.[70]

In the 18th century and 19th century, scientists including Charles-Augustin de Coulomb, Alessandro Volta, and Michael Faraday built upon Newtonian mechanics by exploring electromagnetism, or the interplay of forces with positive and negative charges on electrically charged particles.[71] Faraday proposed that forces in nature operated in “fields” that filled space.[72] The idea of fields contrasted with the Newtonian construct of gravitation as simply “action at a distance”, or the attraction of objects with nothing in the space between them to intervene.[72] James Clerk Maxwell in the 19th century unified these discoveries in a coherent theory of electrodynamics.[71] Using mathematical equations and experimentation, Maxwell discovered that space was filled with charged particles that could act upon themselves and each other and that they were a medium for the transmission of charged waves.[71]

Significant advances in chemistry also took place during the scientific revolution. Antoine Lavoisier, a French chemist, refuted the phlogiston theory, which posited that things burned by releasing “phlogiston” into the air.[72] Joseph Priestley had discovered oxygen in the 18th century, but Lavoisier discovered that combustion was the result of oxidation.[72] He also constructed a table of 33 elements and invented modern chemical nomenclature.[72] Formal biological science remained in its infancy in the 18th century, when the focus lay upon the classification and categorization of natural life. This growth in natural history was led by Carl Linnaeus, whose 1735 taxonomy of the natural world is still in use. Linnaeus in the 1750s introduced scientific names for all his species.[73]

By the 19th century, the study of science had come into the purview of professionals and institutions. In so doing, it gradually acquired the more modern name of natural science. The term scientist was coined by William Whewell in an 1834 review of Mary Somerville‘s On the Connexion of the Sciences.[74] But the word did not enter general use until nearly the end of the same century.

Ciencia e tecnologia com Bolsonaro no Brasil: Total desastre!

terça-feira, abril 2nd, 2019

xxxx

O que tem determinado a diferença entre a riqueza e a pobreza, o poder global ou ausência dele? Claro, a primeira causa é o nivel da producao da Ciencia e da Tecnologia do pais. Parece que o atual governo é analfabeto e alienado sobre isso.

Corte no orçamento de pesquisas coloca futuro do País em risco

Austeridade no CNPq significa retrocesso, desestímulo de jovens cientistas e sucateamento de aparelhos

https://jornal.usp.br/atualidades/corte-no-orcamento-de-pesquisas-coloca-futuro-do-pais-em-risco/?fbclid=IwAR2XDkSZoYuY6Cz048ZxVTyePQEw6UDMxw_hh7c2Uqj7fmPDtuCptnSVXy0

Evidencias dos materialistas para teoria da abiogenesis. Seria esta teoria um novo Leito de Procusto?

quinta-feira, março 28th, 2019

xxxxx

Procusto era um bandido que vivia na serra de Elêusis. Em sua casa, ele tinha uma cama de ferro, que tinha seu exato tamanho, para a qual convidava todos os viajantes a se deitarem. Se os hóspedes fossem demasiados altos, ele amputava o excesso de comprimento para ajustá-los à cama, e os que tinham pequena estatura eram esticados até atingirem o comprimento suficiente. Uma vítima nunca se ajustava exatamente ao tamanho da cama porque Procusto, secretamente, tinha duas camas de tamanhos diferentes.

Continuou seu reinado de terror até que foi capturado pelo herói ateniense Teseu que, em sua última aventura, prendeu Procusto lateralmente em sua própria cama e cortou-lhe a cabeça e os pés, aplicando-lhe o mesmo suplício que infligia aos seus hóspedes.

Procusto representa, em regra, o estado de um individuo com a mente fechada numa crença. O mito já foi usado como metáfora para criticar tentativas de imposição de um padrão em várias áreas do conhecimento, como na economia, na política, na educação, na história, na metodologia científica, na medicina, na administração[, nas ciências sociais e na sociologia eleitoral. (Wikipedia)

Talvez pela lista abaixo alguns crentes num “possivel ou não” mito, que é a teoria da abiogêneses acredita como verdade ja comprovada, são os Procustos no Ocidente contemporâneo. Pois todas estas evidencias se encaixam tambem como evidencias para outra teoria ( a Matrix/DNA Theory), que é outra totalmente diferente interpretacao destes fatos. Apenas o tempo, com mais dados, sera o juiz aqui.

Writing by a student of Biology: ( esta é uma lista de fatos realmente cientificos pois provados pela Ciencia. No entanto a Ciencia lida com fatos, e apenas com os que ela pode lidar aqui e agora, a Ciencia não fala, não tem opiniões e não elabora teorias. Humanos as fazem)

Scientific evidences for abiogenesis:

# Scientists simulated early Earth conditions in the laboratory, and observed the formation of precursors to RNA and DNA, amino acids and nucleic acids (>50 types), via naturalistic processes.

# In a NASA study, NASA scientists have reproduced uracil, cytosine, and thymine, three key base-pairs of RNA and DNA, in the laboratory.

# A 2016 study demonstrated for the first time ever that RNA molecules can form in alkaline hydrothermal chimneys. # RNA is the first genetic molecule to form on Earth. It can store genetic information, serve as an enzyme like proteins, and help create both DNA and proteins. Later, DNA and proteins evolved and replaced this RNA world because they are more efficient at their functions. The central role of RNA in both the origin of life and the mechanism of protein synthesis has been established, reinforced by the role that 16S/18S rRNA have played in evolutionary constructions.

# Scientists are close to replicating the RNA world in the laboratory, bringing mankind another significant step closer to knowing how life originated on Earth via naturalistic processes.

References:

– A synthetic approach to abiogenesis by James Attwater & Philipp Holliger, Nature Methods 11, 495–498 (2014) doi:10.1038/nmeth.2893

– Forterre P, Filée J, Myllykallio H. Origin and Evolution of DNA and DNA Replication Machineries. Austin (TX): Landes Bioscience; 2000-2013.

– David P. Horning and Gerald F. Joyce. Amplification of RNA by an RNA polymerase ribozyme. PNAS, 2016 DOI: 10.1073/pnas.1610103113

– Lu DY, Lu TR, Wu HY (2012) Origins of Life, RNA World or Alternative RNA World. Cell Dev Biol 1:e102. doi:10.4172/2168-9296.1000e102

Informativo debate sobre ciencia entre Matrix/DNA x criacionista x ateu

sexta-feira, março 22nd, 2019

xxxxx

O debate se deu em 3/22/19 e esta embutido neste post, postado a cerca de 20 de dezembro/19.

https://www.youtube.com/watch?v=xyhZcEY5PCQ

Wayne Collier  – Our species or at least some members have a quest for knowledge which led to science. And for that we thank you

Lista de Canais sobre Ciencias no Youtube

quinta-feira, março 21st, 2019

xxxxx

https://freethoughtblogs.com/pharyngula/2019/03/19/a-hangout-about-science-communication/

A hangout about science communication

We brought up a few channels that are worth checking out:

3Blue1Brown
AronRa
Ben G Thomas
Brief Brain Facts
Draw Curiosity
Frankus Lee
Kurzgesagt
Mathologer
Neurotransmissions
PBS Eons
Paulogia
SciShow
SciStrike
Scott Manley
Shawn
Stated Clearly
Step Back History
Tony Reed
Trey the Explainer
Up and Atom
WeCreateEdu

http://www.youtube.com/minutephysics

Templeton winner Gleiser

And of course, our own:

Jackson Wheat
Phrenomythic
PZ Myers
Scientist Mel

E’ a Ciência meramente a superstição dominante da nossa era?

terça-feira, março 19th, 2019

xxxx

(Não li este artigo. Voltar e ler…lembrando que o autor parece ser religioso)

Is Science merely the dominant superstition of our age ?

http://argumentsagainstscientificpositivism.blogspot.com/2018/12/a-rational-sensible-review-of.html?m=0

A Retroalimentação Cientifica Reducionista Impedindo a Ampliação do Conhecimento Alem do Debilmente Perceptível

quarta-feira, fevereiro 20th, 2019

xxxx

Uma frase de Bill & Melinda Gates Foundation é fundamental:

“We like to think of data as being objective, but the answers we get are often shaped by the questions we ask. When those questions are biased, the data is too.”

“Nos gostamos de pensar sobre levantamento de informações como sendo objetivos, mas as informações que obtemos são geralmente formadas e selecionadas pelas questões que nos perguntamos. Quando estas questões são tendenciosas, as informações são também.”

Grande intuição e despertar na Fundação Bill e Melinda Gates! Só falta agora extrapolarem esta intuição para perceberem como e porque o nosso método cientifico reducionista atual e a tecnologia produzida por ele são um circulo vicioso se retroalimentando dentro uma faixa reduzida do amplo horizonte natural.

Esta frase esta’ no link:

https://www.gatesnotes.com/2019-Annual-Letter?WT.mc_id=02_12_2019_04_AL2019_MG-FB_&WT.tsrc=MGFB&WT.mc_id=20190212130700_AL2019_MG-FB&WT.tsrc=MGFB&linkId=63501570

As questões dos atuais financiadores da pesquisa cientifica – capitalistas privados e seus “governos” – aos cientistas é comumente “o que pode dar mais lucro, ou, como vamos lucrar com isso?”

A intenção por traz desta questão é inconsciente já que e uma armadilha terrível preparada para os próprios capitalistas. Essa questão conduz a Ciência a se afastar do objetivo de estar a serviço do humano para estar a serviço da maquina estupida astronômica que gerou nossos corpos e ainda domina nossa genética, cuja intenção, também inconsciente, e reproduzir-se aqui na forma da biosfera que funcione como uma maquina, onde o se seres vivos são apenas peças dela. Esta intenção conduziu insetos sem intelecto a montarem seus sistemas sociais – como as formigas, abelhas – estagnados para a evolução e onde os mais poderosos, como a rainha, se tornam escravos do próprio sistema.

Não é a questão que estava na mente dos fundadores do método cientifico, os pais do Iluminismo. Sua meta era erradicar as crenças produzidas por equivocadas e mal intencionadas interpretações da Natureza visando a dominação de ovelhas e lobos pelos leões (como agentes inconscientes da maquina), para tirar o grosso da humanidade da miséria e debilidade vital em que encontram. Então suas questões eram diferentes: “Qual o beneficio dessa pesquisa para a humanidade como um todo, ou o que devemos pesquisar para beneficiar resolvendo os atuais problemas da maioria da humanidade?”

São duas intenções modelando questões que buscam dois tipos diferente do conhecimento.

Mesmo a questão dos pais fundadores não era a mais nobre, sob a perspectiva de uma possível existente consciência cósmica. Enfase em beneficiar a maioria da população – os 51%, ou mais – significa beneficiar e retroalimentar a tendencia na acomodação termodinâmica inerte do instinto das massas, das presas, já que estas são sempre a maioria em números. Iriamos todos no rumo da extinção da mesma forma. E beneficiar a “humanidade” seria conduzi-la a outro destino suicida, já que a humanidade e uma forma provisória da evolução que tem de ser transformada em nova forma, superior. Portanto o conhecimento buscado por essa questão iria sempre afastar de nos o nosso ponto de transcendência dessa humanidade.

Então qual seria a questão com a intenção mais sabia, para conduzir mais sabiamente a humanidade ao destino de se aproximar e se tornar cada vez mais a consciência cósmica?

A questão ” Como essa pesquisa pode nos levar a transcendência do conhecimento atual” ?

Acho que também não, porque viveríamos mais como espíritos que homens, enquanto ainda somos homens e portanto, tendo que sobreviver na biosfera da Terra como homens e não como espíritos, com a melhor tecnologia possível.

A meu ver, a questão mais sabia seria aquela cuja intenção seja a de corrigir o limitador conhecimento produzido pelo método cientifico reducionista, principalmente buscando como inserir o fenômeno da luz natural nas pesquisas, sejam da Física, da Química, da Biologia, da Medicina e da Produção Econômica. Nos temos que acelerar a evolução dos nossos sensores naturais e instrumentos científicos que por enquanto apenas captam a faixa da luz visível, para realizar incursões nas outras seis faixas e suas novas dimensões naturais. Isto aumenta o custo para o financiador, adia o prazo dos resultados, ou seja, os atuais não participarão, então é preciso buscar outras formas de se auto-financiar estas pesquisas. A Ciência cooperativista comunitária? Não sera fácil pois teria que ser feita a revelia e reação negativa agressiva do “governo”, já que iria contra a supremacia dos produtos e interesses dos capitalistas e das ditaduras comunistas.

A questão com a intenção sabia tem que passar sim, pela busca da instalação do paraíso num planeta ajardinado, e isto é possível instalando um sistema de produção/consumo fechado em si mesmo na configuração da formula natural para sistemas fechados. Mas como isto levaria ao pior destino, a estupidez do zumbi sem permitir o acesso da substancia da consciência cósmica, sera’ preciso uma outra questão antes. A questão sobre a atual visão do mundo e dos valores humanos que dela são extraídos. Uma nova visão do mundo que enfatize os valores do estado pós-transcendência pode manter em constante atividade inquiridora do ser confortavelmente suportado por uma ambiente ideal. Uma nova visão do mundo que descubra os mecanismos e Leis naturais ainda desconhecidos, como o Principio natural da Solidariedade, um mecanismo que demonstra que a transcendência só sera obtida pela cooperação ao invés da competição, a qual sempre leva ao caos. E para isso essa nova visão de mundo que revelar os mecanismos variáveis que ainda são desconhecidos pela teoria da evolução por Darwin, o que a Matrix/DNA soube fazer.

Então como responder a Bill e Melinda Gates?

” Por favor, nos informe sobre qual método e quais as questões que seu dinheiro vai dirigir a busca de “dados”. Para detectar como sua intenção é “biased”, qual intenção ela encobre. Para que possamos debater esta intenção. As vezes, quando se tem fé absoluta que escolhemos a melhor intenção para o beneficio dos pobres e da humanidade, essa intenção pode estar conduzindo a humanidade a piores destinos.”  

Mas o fato importante aqui é registrar a frase de Bill & Melinda Gates, pois ela desmascara o que equivocadamente esta’ sendo considerada como a sagrada ciência

 

 

Pesquisando como funciona a cabeca de uma estudante/especialista em medicina

terça-feira, janeiro 22nd, 2019

xxxx

https://www.facebook.com/rocio.sanmiguel.1/timeline?lst=1614614673%3A1687830061%3A1547364253

El estudiante de medicina tiene ese no se qué…esa capacidad de disfrutar el momento hasta en las horas previas al examen más importante de su vida.
Creo que cualquier estudiante universitario canaliza sus energías donde y como puede.
Mis años en la Facultad de Medicina de la Universidad de Buenos Aires fueron hermosos. Estudiaba sola y con amigos, en casas o en la biblioteca de la facultad y la de bioquímica, que estaba en el mismo edificio, Paraguay y Junín. Pasaba más tiempo entre libros y amigos que frente a cualquier otra cosa.
No era de salir a bailar, aunque recuerdo haber ido una noche a un boliche , y a la hora de revisarme la cartera lo único que encontraron eran libros. Pesaba una tonelada y por eso les llamó la atención. La gente que estaba a mi alrededor me miró y sus ojos los delataban: “pobre loca” saliendo a bailar un sábado con compendios en su cartera 🤪. Pero no saben qué feliz que era.
Estos días me hacen recordar mucho esa etapa. Fechas de exámenes un 26 de diciembre, nos juntábamos el 25 y llevábamos de nuestra casa las sobras de arrollado, vitel tone y ensalada rusa, hacíamos nuestra propia navidad.
Fui muy feliz esos años, valió cada momento, cada preocupación, cada ausencia, cada noche de insomnio, todo valió la pena. Gracias a eso hoy soy lo que soy. Gracias a esos años de esfuerzo y perseverancia estoy en camino de ser una superespecialista. Sí, dije súper, no porque me crea una batichica, sino que después de haberme recibido de especialista en ginecología y obstetricia, estoy recorriendo el camino para subespecializarme aún más, en el camino de la Reproducción.
Hoy en día quedarse con los brazos cruzados no es lo que vale, tenemos que mantenernos en movimiento, mirando siempre para adelante.
Sabían que la superespecialización de toda especialidad mejora el pronóstico de los pacientes?
Espero que mi amigo José esté orgulloso de mí. Con él nos conocemos desde anatomía 💀.
Cuantos estudiantes hay por acá? 👀
Cómo pasan estos días festivos? Alguno pronto a recibirse? Alguno recién empezando? A mitad de carrera? A no bajar los brazos, llegar hasta acá fue lo mejor que me pasó en la vida, y allá a lo lejos veo un paisaje aún mejor

Minha questao:

Ei, Rocio, excuse-me here, mas I read this and want asking something, in portugues: voce apenas se interessa cientificamente pelo fenomeno ou objeto, como anatomia, reproducao, estudar o que esta acontecendo agora, descrever o que ve agora, e buscar consertar o que vai mal? Voce não se interessa pela filosofia do fenomeno, como, de one ele vem, qual a causa no inicio das origens desta anatomia, deste fenomeno? Voce acredita na maior teoria cientifica de que a anatomia foi modelada apenas pela evolucao que teve inicio pelo acaso no meio dos atomos e moléculas, e que processos complexos como reproducao foram desenvolvidos apenas pela materia inorgânica deste planeta? Ou voce acredita na teoria religiosa de que um Deus criou tudo isso? Voce sente que estas questoes em nada servem para a medicina, para desenvolver a cura? Pergunto porque sou o unico a desenvolver uma teoria sugerindo que o corpo humano e` um “sistema” desenvolvido pelo sistema astronomico e pelo seus componente atômico que possuíam uma especie de DNA, uma formula que apresento em meu website e que chamo de Matrix/DNA. Isto porque tenho encontrado nos ancestrais sistemas astronomicos e atômicos todas as propriedades da vida em estilos eletromagnéticos e mecanicos, entao nada foi criado aqui. O processo de reproducao, por exemplo, pode ser visto no meu modelo teorico da galáxia. Creio que a medicina e as Ciencias em geral vao dar um grande salto evolutivo e se tornarem mais eficientes quando descobrirem as causas, a historia da evolucao destes efeitos com que trabalhas hoje. Se tiveres curiosidade, por favor de uma olhada em theuniversalmatrix.com e se quiseres, me explique qual sua conclusão. A mim seria interessante para desenvolver mais minhas pesquisas. Cheers…

Para ter a mente livre, seu filho, apos a aula de Ciência, tem que assistir este vídeo, da oposição. Ele vai decidir.

sábado, janeiro 19th, 2019

xxxx

Ensinadas pelo professor, é quase impossível resistir a criar uma fé cega nas atuais teorias cientificas que constroem a visão do mundo, sobre as origens deste mundo e da vida, das quais se deduz o sentido da vida, o significado da nossa existência. E disso resulta o nosso código moral, nossos valores sociais, tudo isso determinando nossas decisões e comportamentos na vida. Mas o fascínio encantador que nos pega despreparados – e principalmente crianças – pode ser quebrado se um opositor expor suas teorias justamente opostas. Ele mostra como as teorias ditas “cientificas” não tem pé nem cabeça.  E é isto que salva as pessoas de serem doutrinadas, escravas e terem sua evolução mental interrompida. Este vídeo me parece um bom caçador destes traficantes que vendem drogas condicionadoras nas escolas a nossos filhos. Claro que o autor do vídeo expõe o outro lado da mesma mentira, mas ai esta a vantagem, é mentira engolindo mentira, o ouvinte não se deixa envolver e sai a procurar sua visão do mundo, livre como um pássaro. Veja logo abaixo do vídeo o meu comentário que enviei ao autor.

Evolution is a Masonic Lie Hiding Intelligent Design

https://www.youtube.com/watch?time_continue=408&v=L944UATY2QQ

But,… Eric,… you are not being honest here. You say that the unique alternative we know is creation. Until here you are pretty right. Creation means the application of a non random method, an act that drives the following events towards a purpose, the construction of a complex body. This is what everybody is watching in this planet. But… you are lying when you say that ” in this process there is the action of intelligence”. Mother giraffe produces a new baby giraffe without applying intelligence. And so on.
Intelligence and “by chance” here are the two sides of the same coin: people talking about what they never saw. It is not in this way that a rational mind will search the thru.
There is a third theory, based just and only over what we can see and know. It explains the whole universal natural history, including the origins of Universe and life, called ” The universal formula Matrix/DNA for all natural Systems and Life’s Cycles”. No intelligent designer creating these horrible things like predators and tragedies, no accidents by chance building anything complex. B a pure natural rational mind that Nature does not plays dice with her creatures, ask her and She will answer the right question.

A origem do Universo – debate em vídeo pela FAPESP. Contradições com a Matrix/DNA

sexta-feira, janeiro 18th, 2019

xxxx

Analise pela perspectiva da MATRIX/DNA THEORY:

6:14 – Prof. João Steiner : ” a expansão do universo significa que antes ele era menor, e ainda menor, até ser um ponto… Antes não havia o espaco e tempor, estes foram criados com o Big Bang…”

Matrix/DNA: ” A tendencia humana a dar asas `a imaginação elaborando os mitos prevalece sobre a razão pura natural e seu tipo de raciocínio. Se evidencias indicam que o Universo era cada vez menor e depois começou a se expandir, e não sabemos porque, a razão pura natural determina: ” Procure na Natureza `a sua volta um fenômeno real natural que se comporte desta maneira. Se encontra-lo, ele sera’ a primeira e mais confiável base para uma explicação.” Isto vem do pressuposto logico de que O Universo, ou a Natureza, não são mágicos, o Universo não pode inventar do nada novas e inéditas informações que nunca existiram dentro dele. Temos o caso da “fuzzy logics” onde informações secundarias surgem da mistura das informações essenciais mas isto não e criação de inédita informação. Um casal de humanos se mistura e gera um terceiro humano com algumas diferenças mas a informação essencial – especie humana – determina a essência humana do nascido. Sendo assim, todos os processos que ocorrem aqui e agora são protagonizados por informações que estavam no Universo desde suas origens, atuantes ou não, apenas em estado potencial, como ocorre na genética. Então se temos aqui e agora um evento ou fenômeno em que o que é minusculo como um ponto, naturalmente se expande crescendo, e conhecemos o processo ocorrendo aqui, devemos transpor ou projetar este processo para explicar como o próprio Universo faz consigo mesmo o mesmo processo. E onde encontramos aqui e agora um ponto que se expande crescendo? Eu encontrei ao menos dois casos. Primeiro, quando se atira uma pedra na água, vemos o ponto onde a pedra caiu se expandir em ondas concêntricas. Podemos supor então uma hipótese em que este espaço onde esta’ o Universo era preenchido por uma substancia, um oceano dela – seja a dark matter, o éter, a espuma quântica, etc., e algo mais denso e pesado veio de fora em alta velocidade produzindo um Big Bang. O segundo caso é o fantástico fenômeno da embriogênese, quando num ovulo preenchido por um “oceano” amniótico recebe no seu centro um microscópico espermatozoide que tem sua membrana subitamente rompida, o que se caracterizaria como um “enorme” Big Bang dentro do ovulo. No principio ocorre uma turbulência como num estado de caos, mas logo se forma uma célula a qual vai se multiplicando como as ondas da água quando forma os tecidos ou camadas envolventes, e esta célula vai mudando de formas, de morula para blástula para feto, etc., tudo igual ao que as evidencias indicam ter ocorrido com o Universo, onde uma nebulosa inicial se transforma em varias formas desde a nebulosa de átomos, depois de estrelas leves gasosas, depois de galaxias, etc. Quando a Teoria da Matrix/DNA pensa ter descoberto que uma onda de luz natural apresenta uma anatomia interna e movimentos de expansão exatamente igual ao movimento de expansão de um corpo humano que é regido pelo ciclo vital, temos forte indicio que nas origens do Universo houve uma especie de semeadura de uma fonte de onde um foco de luz se expande na forma de ondas e contem em si o código natural e completo para construir sistemas e com vida. temos a impressão que para o Universo a Sua palavra do passado sera sempre a Sua palavra do futuro, ele só pode criar coisas pelo único processo que ele conhece, ou seja, o processo pelo qual ele próprio foi criado.

Porem, o moderno “mindset” nem sequer aceita cogitar tal teoria essencialmente naturalista, preferindo fabricar mitos baseados em coisas nunca vistas em lugar nenhum, como explosões surgindo do nada e que não havia nada antes nem tempo nem espaço e uma explosão acidental criando toda essa incrível engenharia natural que vemos hoje tal como um cérebro humano, o código genético, etc.

O que precisa ficar claro aqui é que ambos os modelos teóricos – seja o mistico acadêmico ou a naturalista Matrix/DNA sugerem ambas um mesmo evento retumbante  inicial. O súbito rompimento da membrana do espermatozoide no centro do ovulo em que nascemos foi um evento inicial que desencadeou toda a Historia posterior da vida do nosso corpo. O que diferimos é na interpretação do evento, e essa diferença na interpretação é seguida pela diferença no que encontramos como significado da existência do Universo e da nossa própria existência nele. De um lado a perspectiva de um observador vindo da Física mais a Matemática e usando sensores mecânicos atrelados a um cérebro eletro-mecânico, de outro lado um observador vindo da Natureza pura aqui e agora usando apenas sensores naturais atrelados a um cérebro biológico.

Ok, vamos respeitar todas as ideias e debater entre elas porem não me aprecia estes voos da imaginação passeando pelos mitos mágicos.”

6:14 – ” Apenas recentemente a Ciência tem uma explicação para a origem do Universo…”

Matrix/DNA – ” Ciência e o registro de fato ou evento real observado por completo e a descrição do que ocorre com elementos naturais na bancada do laboratório. Ciência não observou a origem do Universo e nem a reproduziu em laboratório portanto a Ciência não tem explicação e sim a mentalidade na moda moderna de cientistas que interpretam observando o que a Ciência faz e extrapolam desde o que ela fez elaborando explicações, hipóteses, teorias. Não se deve adornar a Ciência com o que ela não fez, para que nunca desconfiemos dela. responsabiliza-la pelas explicações e teorias que saem da cabeça de humanos, que mais tarde podem ser desmentidas, nos vai conduzir a crer que a Ciência erra e isto nos trara a desconfiança dela. Esta e uma infeliz afirmação que os acadêmicos estão passando para estas crianças estudantes.”

15:00” O Big Bang provocou uma singularidade e nesta singularidade todas as informações sobre o passado foram destruidas…”

Matrix/DNA – ” E preciso muita coragem para afirmar tal crença. Se não havia elementos – sejam partículas, vórtices quânticos, etc., com formas e tendencias e propriedades diferenciadas entre si, da explosão, quando muito, teriam restado apenas cinzas, e dai nada teria sido construído. essa ideia de singularidade onde não existe informação vem recentemente da teoria dos buracos negros onde ocorreria tal singularidade, mas buracos negros conforme a teoria atual descreve fantasmas nunca constatados em nenhum outro lugar da natureza. Enfim, no ato da fecundação de um ovulo existe uma singularidade total do corpo que vai surgir, mas invisível dentro do núcleo deste germe existe todas as informações que irão produzir tudo no corpo ate seu final. 

15:16 – ” Quais são as evidencias que temos de que este modelo, esta teoria do Big Bang estaria certa?”

Resposta do Professor Steiner: Existem evidencias que “provam a existência do Big Bang”.

Matrix/DNA: ” Meus Deus! Sera’ necessário avisa-lo que a imensidão e complexidade deste Universo requer no minimo algumas dezenas de milhares de pequenos ou grandes detalhes factuais reais aos quais se denominaria de “evidencias” para sugerir qualquer tipo de fé ou conclusão racional sobre o que é este Universo?! Eu já reuni mais de duas mil fortes evidencias sugerindo a existência da formula da Matrix/DNA, já acertei dezenas de predições previamente formuladas que foram confirmadas por posteriores descobertas, e no entanto eu nunca disse que se prova a existência da Matrix/DNA, sempre avisando que temos uma teoria ainda sob testes. Uma informação sobre o que é este mundo ou como foi sua origem fatalmente sera arrolada pelas mentes “informadas” como base para sua visão do mundo, e isto é muito serio, pois visões de mundo são responsáveis por comportamentos, atitudes, guias a seguir e na evolução ou involução mental. Como ficam estas crianças? Quando nos colocamos autoritariamente como porta-vozes da Ciência – a qual não tem voz própria – afirmando o que ela não sabe e não afirma, estamos sendo inimigos da Ciência e atuando como o cego que mente aos outros cegos dizendo que ele pode enxergar e portanto todos deve segui-lo, a um destino que ele desconhece. E quando afirmamos que a Ciência já sabe tudo, como as origens do Universo e da Vida, estamos atuando como Science-stoppers, eliminando o estimulo que existe na Ciência que e a continuidade da busca, desestimulando, desviando assim os estudantes do interesse em continuar a praticar onde nada mais ha’ o que fazer. Mas vamos ver quais são estas evidencias…

Primeira evidencia : A luz que vem das galaxias estão apresentando uma irregularidade no comprimento de onda, o que indica que tais galaxias estão se afastando.

( Se não me engano esta é uma  evidencia sugerindo o afastamento das galaxias e não a explosão do Big Bang. Este afastamento pode ser efeito de uma expansão a partir de um ponto central ou não, pode ser outro movimento, como uma orbita elíptica produzindo periélios iguais aos produzidos pelas orbitas dos planetas que as vezes os afastam mais entre si… Ou efeitos de outros movimentos/causas que ainda desconhecemos).

Segunda evidencia: A radiação cósmica de fundo.

Nos modelos teóricos da Matrix/DNA é sugerido outra explicação, mas tanto a nossa como a teoria acadêmica neste particular são tao abstratas que não vale a pena discutir tais abstrações enquanto não se obter mais dados concretos. Observe no modelo da Matrix/DNA que a nossa própria galaxia esta’ em movimento entropico, ou seja, fragmentando-se em seus bits-informação, e estes são colapsados internamente, o que significa que passam por aqui e podem ser captados por nossos instrumentos. Ora, em todo processo oriundo ou derivado de uma onda de luz inicial original, a fase entropica se localiza na ultima frequência da luz, que é justamente a frequência do radio, tal como nos chega a radiação cósmica de fundo. E’ possível então que essa radiação seja um efeito interno de todas as galaxias, por isso dando a impressão que existiria em todo Universo vindo de uma explosão inclusive preenchendo os espaços entre galaxias, o que ainda nos é impossível detectar ou comprovar. Mas como disse, trata-se de elevada abstração teórica.

Terceira evidencia: Os cálculos da nossa teoria do Big Bang sugeriram que deve haver uma abundancia de hélio no Universo e observações tem revelado que essa abundancia existe.

Matrix/DNA ” Bem, a biologia evolucionaria poderia ter previsto de que deve haver uma abundancia de seres unicelulares e germes na atmosfera terrestre e observações posteriores confirmaram exsta abundancia. mas o que teria isso a ver com a teoria da origem da Vida? A biologia estaria descrevendo apenas um dos passos intermediários ocorridos depois das origens da Vida sem no entanto ter nenhuma prova de como foi a origem da Vida. penso que isto se plica a abundancia do hélio como prova da origem do Universo pelo Big Bang tal como interpretado pela perspectiva Física/Matemática moderna.

Quarta evidencia: A temperatura e comprimento de onda da radiação cósmica calculada pela teoria bateu com as observações do fato. 

Matrix/DNA : Todo corpo humano quando esta’ na sua forma senil e depois de cadáver tem menos energia e é mais frio do que quando estava na forma de bebe ou mesmo criança. Isto acontece porque assim acontece com toda onda de luz primordial, onde a primeira faixa ou frequência logo apos ela nascer de uma fonte tem mais energia e vibra com mais intensidade portanto gerando mais calor, e quando chega na ultima forma de frequência a onda esta’ se desfazendo desfalecida e se fragmentando. Acontece que a radiação cósmica detectada foi na faixa da onda de radio, a qual é exatamente a ultima e cavernosa frequência da onda de luz. Portanto este item apontam em ambas as direções, não elegendo uma teoria em detrimento da outra.

23:06 – ” Bom essas são as evidencias para a teoria do Big Bang…

Matrix/DNA: Não vou insistir em argumentar que vejo isto como um enorme e irresponsável disparate de quem se arvora falar em nome da Ciência. da forma como interpreto a imensidão deste Universo, eu requiriria no minimo umas 20.000 evidencias fortes em uma teoria para por minha crença nela. Mas isto não invalida a elogiável façanha da atividade cientifica e da tecnologia que desenvolvemos, muito pelo contrario, a teria moderna sobre o Universo comparada `as teorias anteriores foi um  grande feito da especie humana. Mas nunca sera’ demais lembrar o desfecho do teorema de Godel: “Aquele que existe apenas dentro de um sistema nunca poderá conhecer a Verdade do sistema”. Para ter uma certeza definitiva do que e este Universo e como ele começou sera preciso transpor-mos as fronteiras ultimas deste Universo, sair fora dele, e de la’ de fora olhar para traz para vê-lo na sua inteireza. E precisaríamos de la’ ver também outros Universos começando… A arrogância humana, a crença de que alguém que se julga conhecedor da verdade tem produzido ditadores e conduzido milhões de humanos a tortura e martírio, temos pago um preço muito caro por ela e contra ela sempre lutarei porque não acreditarei jamais que o ser humano, com este cérebro incapaz de processar tal nivel de informações sobre a verdade, possa alcança-la.”

27:50 – Os instriumentos existentes na Asreonomia e faixas de luz captaveis:

  • Telescopios opticos, antenas de Radio, telescopios de Shell… para captar Radiacao Gama, o Hubble e` um telescopio optico com um pequeno aparelho para captar ultravioleta, o satelite Fermo capta raios gama, tem telescopios para raios X, …

Final:

E curioso o fato de que pessoas que cometem um tipo de transgressão atuam como ferrenhos militantes contra outros que praticam a mesma transgressão. Quando num discurso um politico, ao invés de apresentar seus projetos, insiste em criticar falhas como a corrupção nos adversários, geralmente depois se revela como corrupto. Quando o tema neste debate caiu sobre ficção cientifica o Prof. João não apenas lançou impróprios comentários na outra participante como fez questão de insistir no termo “pseudo-ciência” exagerando os seus efeitos. Mas quem antes disse que “fatos conhecidos e comprovados pela Ciência provam o Big Bang”, na minha opinião esta praticando pseudo-ciência. Antes disso, o professor em varias ocasiões enalteceu os feitos da Ciência, classificando-os de impressionante, etc. mas ficou calado perante a pergunta sobre o que de fato conhecemos, forcando a introdução corajosa da colega que esclareceu não se conhecer mais que 4% do Universo. Tudo isso me leva a entender que o Prof. João aplica na Ciência uma ideologia e não tem sabido separar os papeis entre ideólogo e cientista. Isto infelizmente esta comum hoje em dia, com um exercito de alto-falantes usando Ciência como muleta para suas ideologias e crenças, inclusive ateias.