Posts Tagged ‘Ciência’

American Academy of Arts & Sciences

quarta-feira, junho 13th, 2018

xxx

  1. Por link na minha home page
  2. A organizacao luta para melhorar a comunicacao da ciencia para o publico.

https://www.amacad.org/Default.aspx

Calma la’! O Combate aos Instintos Predador/Presa deve considerar que ambos possuem propriedades salutares no momento evolutivo

terça-feira, maio 1st, 2018

xxxx

https://www.msn.com/en-us/money/companies/jeff-bezos-dreams-of-a-world-with-a-trillion-people-living-in-space/ar-AAwBb9T?ocid=spartanntp&ffid=gz

Jeff Bezos dreams of a world with a trillion people living in space

Nesta notícia percebi algo nunca pensado antes e um alerta de que vou ter de mudar de attitude. Tanto o instinto de predador como o instinto de presa que a humanidade herdou em genética do seu passado animal tem muita coisa de ruim, porém tem algumas coisas boas que são necessárias e inevitáveis para a evolução e salvação da humanidade, portanto, estas coisas boas devem ser preservadas. Uma delas esta aqui revelado por Bezos ( dono da AMazon e o mais rico com U$ 130 bilhoes de dolares) e por Elon Musk ( outro bilionatio dono da Tesla e da Space X). Ambos têm uma visão do futuro da humanidade: Temos duas alternativas – acreditam eles – Ou investimos pesado agora no desenvolvimento da ciência e tecnologia espacial e salvamos a humanidade para um futuro brilhante ou dirigimos a humanidade para um estado de êxtase eterno mas estúpido, robótico, enquanto a natureza nos permitir viver aqui. Tanto assim acreditam que cada qual criou uma companhia para atividades espaciais e já’ estão mandando foguetes para o espaço ( só não entende porque nao se juntaram numa companhia so, o que seria muito mais racional e vantajoso).

Enquanto isso, a maioria das pessoas comuns que me rodeiam, ignoram totalmente estas crenças, e quando pergunta, criticam tal comportamento dizendo que deveriam dar o dinheiro para matar a fome do mundo agora. Estas pessoas são preguiçosas mentais que ao invés de buscarem informações úteis para consertar e evoluir a humanidade não resistem a buscar os videos e piadas apimentadas dos colegas igualmente comuns no facebook ou whatsup. Por isso nao sabem – como Bezos mostra saber nesta noticia desde sua infancia – que a humanidade esta aumentando seu consumo de energia a todo ano de maneira que se isso continuar sem alteração em alguns anos vamos ter que cobrir o planeta com paineis solares para captar a energia necessaria para sobreviver mos. E pior ainda será se dermos dinheiro agora para todo mundo comer a vontade, pois pessoas comuns se multiplicam que nem coelhos e aí a necessidade de energia será muito maior.
Mas porque os grandes bilionarios se tornaram bilionarios por si mesmos? Porque neles atua com grande dominancia os genes de predador, e com muita recessividade inercial, os genes para gado. E os predadores tem como um de seus predicados a ansia indomavel de querer cada vez mais territorio e firmar-se sobre o território conquistador com garras, unhas e dentes. Ora, essa invasão do espaço sideral e’ nada mais, nada menos, que a luta por mais territorio. Quanto mais se expressa o instinto de gado, de presa, menos interessa por territorio apresentam: nos touros com um teor de predador se ve a defesa do pasto e ataque a invasores, mas nas ovelhas, nada: nem enxergam invasores, estão concentradas na grama sob seus narizes e satisfeitas se ao lado estão vendo mais grama para as proximas horas. Estas jamais se interessariam em ciências e tecnologia especial.
E’ óbvio que os dias da humanidade na Terra estão contados, planetas estão sempre em movimentos e transformações internas e externas, são lentos porque seu tempo e’ astronomico em relacao ao tempo dos humanos, mas eles se transformam e varrem toda vida de sua superficie. E estrelas queimam seu combustível e morrem, este sistema solar vai acabar. A única esperança da humanidade evitar dores e ranger de dentes a nossas futuras gerações e’ correr agora contra o tempo e investor pesado na ciencia e tecnologia especial, vamos ter que emigrar, e como diz Bezos, instalar captadores e transmissores da energia solar em outras luas e planetas.
Então, no final a lei natural que eu havia esquecido quando resolve que os instintos de predador e presa tinham que serem tenazmente combatidos, e que mostra que a evolução sempre coloca dois opostos em conflito para extrair os 50% de bom de cada um e eliminar os 50% de mal de cada um, funciona aqui também: ao menos temporariamente e como mal necessario inevitavel, temos que preserver alguns dos predicados destes instintos. temos agora que identifica-los, como acabei de identificar este, sobre conquista e posse de territórios.

Como convencer o stablishment de uma época que sua ideia pode estar errada?

sábado, abril 14th, 2018

xxxx

https://universoracionalista.org/a-chave-para-a-ciencia-e-a-vida-e-estar-errado/?utm_medium=botao&utm_source=ur&utm_campaign=onesignal

A chave para a ciência (e a vida) é estar errado

Meu comentario enviado, aguardando moderacao:

Louis C. Morelli – 4/14/18

Então vamos testar se estão dispostos a admitir que estão errados? Um exemplo:

Por tudo que tenho lido, todos os pesquisadores acreditam que a Vida começou por um simples evento de causa e efeito bastante fortuito mas possível. Não tem um sequer supondo que havia um prévio proposito de alguma forma oculto nas forças e ingredientes que já foram identificadas nas primeiras moléculas. Que tenha sido na Terra, ou em outro astro, ou ainda que de uma soma de ingredientes terrestres e outros vindo do espaço, não importa, a matéria inorgânica produziu a orgânica e dai a biológica por simples desenrolar de reações químicas e influencias ambientais, num quadro geral que aponta apenas numa direcao: acaso. Mas já vão dois seculos que estão buscando as provas, a reprodução laboratorial disso e não conseguiram. Ultimamente – devido a este fracasso – cresce a ideia de que esta origem pode ter sido fabricada por alienígenas. No entanto ninguém retorna aos ingredientes e processos iniciais procurando se ali na sopa primordial não existiu um substituto para os aliens dirigindo todo o processo como um catalizador com um proposito simplesmente natural, mas um proposito se impondo ao curso normal que conhecem da natureza. Imediatamente ridicularizam e se negam a ouvir qualquer sugestão nesse sentido.

Pois da minha particular investigação com inédito tipo de abordagem e métodos surgiu a indicação de um elemento constante daquela sopa, totalmente natural, que veio desde o Big Bang, e mesmo antes dele, com o proposito de produzir a vida. Não teria sido um astro nem um inteiro sistema solar os fornecedores de todos os ingredientes, mas sim uma especie de ancestral do DNA que existe ainda desconhecido no espaço e composto por todos os sete tipos de astros conhecidos. Ou seja, o elemento faltante veio da evolução cosmológica, seguindo o curso normal da evolução universal, se projetando como evolução biológica. Mas isto não apenas lhes soa absurdo, incompreensível, como lhes parecem serem os fenômenos observados na dimensão quântica. Dividir a evolução universal em dois blocos sem nenhum elo evolucionário entre eles, de maneira que se torna necessário recorrer a uma ideia abstrata – o acaso absoluto – pode ser uma ideia errada ( e estou certo que e’), mas não vejo nenhuma disposição em alguém admitir isso e iniciar pesquisas considerando a hipótese de um prévio proposito, mesmo que aqui, na frente de nossos olhos, estamos assistindo todos os dias numa sopa primordial um agente ate a pouco tempo desconhecido ser o responsável todas etapas na criacao de uma vida, e o qual veio de fora da sopa e inclusive com metade vindo de fora do corpo ambiental que suporta esta geração com um proposito, o de reproduzir uma especie. Falar e’ fácil, mas a resistência do ego humano continua a dominar-nos. E antes de lembrar que isto também se aplica a mim corro a avisar: eu não acredito na minha teoria, estou testando-a contra fatos, e apesar de centenas de previsões acertadas e milhares de evidencias arroladas sugerindo que ela esta correta, ainda acompanho todas as outras teorias, sei que posso estar errado.

domingo, março 11th, 2018

xxxx

Um século depois da gripe espanhola, nova pandemia parece inevitável

Há 100 anos tinha início a grande epidemia que deixou ao menos 50 milhões de mortos no mundo; especialistas alertam para o risco de um novo flagelo

https://www.folhadelondrina.com.br/mundo/um-seculo-depois-da-gripe-espanhola-nova-pandemia-parece-inevitavel-1001975.html

Questoes e mensagem da Matrix/DNA:

Com tanta Ciência e tecnologia, humanos continuam debeis, padecendo torturas e mortes vindas de um mero e microspico punhado de átomos, chamados “vírus”! Porque? Ora, tem alguma coisa errada com a visão do mundo pelos humanos, cujo erro se reflete na sua equivocada interpretação dos fenômenos naturais, e por tabela, na sua débil Ciência. Qual o buraco no sistema de defesa do corpo humano – o chamado sistema imunológico – que ainda existe e permite a entrada de seus inimigos? O que são estes vírus, de onde vem, qual sua origem, porque existem?

Nenhum destes arrogantes conservadores desta visão e estes seus sistemas sociais, que acreditam saber de Big Bangs e de multiversos alem deles, que se acham que sabem tudo, sabe sequer pensar nestas questões, quanto mais responde-las.Por meu lado, minha desprezada visão do mundo esta gritando, apontando outra direcao para a Ciência, sugerindo respostas. A selva virgem onde começaram nossos corpos e estes vírus sussurrou-me que existe uma formula aplicada pela natureza para criar sistemas naturais. Uma das ultimas criações desta formula foi o cérebro humano, e vi como realmente a anatomia do cérebro se ajusta perfeitamente `a formula. E que o cérebro humano, se quiser, tem o poder para fechar as brechas dos nossos corpos `a invasores tao primitivos.

Mas para isso sera necessário que o cérebro dance a musica da natureza, que se sincronize com ela, para consertar seu conhecimento a respeito dela, o qual inevitavelmente terá que passar pelo conhecimento da formula e a inserção desta no método cientifico. Depois do conhecimento desta formula, e intuir como usar o cérebro – mesmo sem recurso cientifico algum – para fechar um corpo, nunca mais precisei tomar um comprimido, mesmo quando gravemente ferido. Mas ao invés de eu convencer os irmãos sobre esta visão do mundo, eles estão tao arraigados na sua visão errada, que com ela me bombardeiam a todo momento, de maneira que ate eu titubeio, balanco em minhas convicções, negligencio o que sempre me defendeu, tenho preguiça em aplicar o método, e o corpo esta’ começando a voltar ao normal de todo mundo.

Vírus são resultado de uma função sistêmica, esta na formula como a função sistêmica numero 5, que e’ a função da reprodução dos sistemas, mas para executar qualquer replicação ela precisa do complemento participativo da Função numero 1, a qual ‘e justamente o vórtice espiral como um buraco negro. Essa função que produz estes pacotes atômicos incompletos como são os vírus e’ a mesma que se aloja no córtex cerebral, no topo superior da cabeça, pega todos os pensamentos que ali chegam, e ao invés de deixa-los seguirem seu curso natural, ela os carrega diretamente para a função numero 1 que se aloja no hipocampo, na parte central do cérebro. Por isso a humanidade e’ mentalmente míope, pois todos os pensamentos circulam apenas no hemisfério esquerdo,o materialista que tanto senso pratico na vida dota os animais irracionais, o que produz estas visões do mundo míopes, sendo os pensamentos barrados sem alcançarem o hemisfério direito, que e’ o holístico, o não-materialista, mas o imprescindível necessário para se perceber e entender a natureza, seus métodos que tem suas formulas universais. Ate mesmo com a mente – este mais recente rebento sendo construído por essa formula, já tem o poder para fechar estes buracos no sistema imunológico e dirigir a Ciência aos focos de origens destes monstrinhos torturadores para elimina-los de um vez por todas da historia da Terra.

Incrível como os humanos padecem pelo seu descaso em buscar as informações certas na Natureza, pela sua arrogância mantenedora de suas crenças fantasistas infantis, pela soberba de se achar capaz de conhecer quem ou que fez as coisas, inventando deuses insensíveis e acasos arquitetos da complexidade, ambos mágicos, afastando-se e traindo a mãe Natureza porque ela parece simples, sem o poder da magica, esta que e’ a verdadeira criadora de todas as coisas dentro deste nosso universo, enquanto apanham com gemer e ranger de dentes de seres tao desprezíveis. Apenas sugiro, porque também no conheço a Verdade, que faça como eu fiz na selva meu irmão, minha irmã: ajoelhe-se sobre a terra nua, beije-a e prometa que seras fiel discípulo da mãe Natureza, que ela e’ sua unica mestra, e provavelmente acontecera como eu, Ela te encaminhara na aprendizagem de muitas sabedorias, inclusive de como fechar seu corpo o que milhões ou bilhões ainda vão padecer, como relata o artigo anexo. A natureza não joga dados com suas criaturas, ela mostra sempre o que Ela e’ e como faz Suas coisas, são os humanos que estão jogando dados com Ela.

Teoria do Caos: O Nosso Misterioso Criador e Suporte

sábado, fevereiro 24th, 2018

xxxx

Quem tem no cerebro as sinapses em estado caotico, e’ mentalmente saudavel. Quem tem as sinapses em estado de ordem, e’ mentalmente doente, como Parkinson, esquizofrenia, etc. Este e’ um misterioso paradoxo, contra-intuitivo, que precisa ser elucidado. Caos produz saude e ordem produz doenca!

Seria intuitive quando lem bramos que num estado de caos, se houver algo em ordem estara folra de seu habitat e o caos tentara expulsa-lo. Mas o corpo humano, e principalmente o cerebro e suas sinapses, e’ um principio tendente `a ordem ja bem sedimentado. E como nosso supremo objetivo e’ aniquilar com essas doencas… vamos ter que nos enfiar neste desgostoso prato de problemas.

O melhor video sobre Chaos Theory com muitos insights:

https://www.youtube.com/watch?v=eJAs9Qr359o

(continuar pesquisa revendo o video)

Ciencia no Brasil: Números atuais do ataque anti-cientifico da aristocracia colonialista

sábado, fevereiro 17th, 2018

xxxx

Realmente se constata tristemente que não existe nenhuma inteligencia superior do bem defendendo a Humanidade da ação de um poder superior do mal. A evolução avança por ciclos que se iniciam pela presença de dois opostos em conflito, caminha a vitoria e dominação pelo oposto A, o qual se esvazia e da lugar `a dominação pelo oposto B, quando então os dois opostos aprendem que suas ideologias não produzem o mundo ideal mas sim os infernos. E no caos os dois opostos em cinzas se levantam juntos, irmanados, num terceiro elemento que se encaminha a transcendência da forma. E este ciclo se divide em grande quantidade de ciclos menores, revelando esta alternância entre A e B domo dominantes ou dominados. Pois apos um breve e fraco levantar-se da chamada “esquerda” no planeta inteiro, esvaiu-se seus sete anos de vacas gordas e recentemente vimos um novo levante da chamada “direita extremista”, basta ver Trump nos USA, Temer no Brasil, etc.

Mas isto não poderia acontecer agora no Brasil pois coloca em risco o destino e mesmo a extinção de seu povo. A estrategia de dominação da extrema direita nos USA para pelo fortalecimento da Ciência e sua Tecnologia, enquanto no Brasil a extrema direita com ranço colonialista tem a estrategia oposta, que e’ a de manter o pais ruralista impedindo a pratica da pesquisa cientifica e inovação tecnológica. Como resultado vemos o ataque brutal deste novo ciclo no poder sobre alguns avanços realizados pelo governo anterior na Ciência e Tecnologia, a começar pela extinção do Ministério das Ciências e tecnologia e corte no orçamento em mais de 50%! O artigo com link abaixo mostra os números e fornece mais informações sobre tal ataque, e meu comentário postado no artigo e copiado abaixo mostra o que pensamos sobre o caso:

https://universoracionalista.org/governo-temer-a-destruicao-da-ciencia-brasileira/?utm_medium=botao&utm_source=ur&utm_campaign=onesignal

Governo Temer: A destruição da ciência brasileira

E meu comentário enviado em fev/17/18 ( aguardando moderação):

Estão indo na contramão da evolução natural que esta nestes tempos e neste planeta investindo tudo na nutrição e desenvolvimento do feto de uma nova forma do sistema natural universal, a qual denominamos de “consciência”. E todas as especies que interromperam sua evolução acomodando-se num modo especializado de existência tornaram-se sistemas fechados em si mesmos e foram condenados `a extinção. A mente ou consciência, seja o nome que se quiser dar ao conjunto dos pensamentos produzidos pelas sinapses, se alimentam de informações, porem não da maioria das informações que humanos se interessam mas sim informações sobre fenômenos e eventos naturais, pois trata-se de projetar o mundo natural como estrutura solida do sistema mental. E estas informações tem nas Ciências seu melhor método de aquisição. Somos 8 bilhões de genes semi-conscientes com a missão de construir este feto/embrião mas as atracões mundanas e a o gosto pela inercia do equilíbrio termodinâmico herdado dos sistemas simples ancestrais podem nos desviar desta direcao exigida pela Natureza. Indivíduos humanos que ainda mantem forte os instintos herdados dos animais, tais como o instinto a predadores com o qual se identificam claramente o Sr. Temer jamais poderiam ter poder negativo sobre esta missão atacando seu carro-chefe, a Ciência. Senão desejamos para nossa especie o destino de dinossauros, leões, gorilas, e sim manter-nos no mesmo ritmo e desígnio em que avança a Natureza, temos que lutar com energia contra estes trogloditas. Ao chegar do Líbano comerciante, a família do Temer procurou ladinamente se encostar na aristocracia que foi ao Líbano chamar imigrantes para fazerem o comercio aqui e com isso se tornaram apenas continuadores da doutrina que determinava aos brasileiros apenas as produções agrícolas e extratoras, com isso interrompendo a evolução de 180 milhões de cérebros. Ele mal colocou as mãos no poder e tratou de executar a doutrina anti-naturalista de seus patroes.

A Filosofia na Ciência e’ especulação inútil?

quarta-feira, fevereiro 14th, 2018

xxxx

https://universoracionalista.org/a-filosofia-da-ciencia-nao-e-especulacao-inutil-ela-nos-torna-cientistas-melhores/

A filosofia da ciência não é especulação inútil – ela nos torna cientistas melhores

E meu comentario enviado ao artigo em 2/14/18 ( aguardando moderação)

Penso que sem a filosofia naturalista os cientistas se tornam atiradores cegos e marionetes de manipuladores com interesses pessoais que não a busca de conhecimento. Vou tentar citar uns dois exemplos:1) Os cientistas se dividem entre deístas e ateus mas ambos acreditam nas origens da vida de maneira que ela aconteceu espontaneamente sem ter sido um mero prosseguimento evolucionário vindo da anterior evolução, dita cosmológica. Então temos esse exercito de cientistas na correria da busca de LUCA – the last universal ancestor – crendo que vão acha-lo fresquinho saindo de reações químicas entre os inorgânicos. Por separarem arbitrariamente a posterior evolucao biologica da anterior evolucao cosmologica, nao atentam para a busca de um elo evolucionario entre as duas historias. Assim criam um abismo entre dois blocos da historia natural e para preencher este abismo tem que recorrer ao imaginario: os ateus crendo num acaso magico e os deistas buscando provas do inteligente designer. Eu posso ser um lunatico anormal, mas para mim nao consigo entender como esta funcionando essa mentalidade. Por tudo o que e’ sagrado neste mundo, a Razao determina que a primeira celula biologica tem que ter sido gerada pelo sistema mais evoluido da evolucao cosmologica. Entao podem estarem tropecando na solucao, no elo perdido, sem o verem, pois nao o estao procurando. Mas o que tem a filosofia a ver com isto? Ora, e’ dom do filosofo buscar o conhecimento do que o mundo empirico e cientifico possui de dados reais e ficar jogando de quebra-cabecas, tentando conectar estes fatos para ver se extrai a grande figura. E quando o filosofo faz isso, ele tem que conectar as informacoes da evolução universal em nao separa-la. Copérnico, Einstein, Darwin, etc., não foram atiradores manipulados ou as cegas eles pensaram filosoficamente antes e perceberam que havia uma direcao de busca que a pratica cientifica reducionista não pode apontar. Quando eu pensei como filosofo ao tentar montar o quebra-cabecas facilmente desenhei a face do elo perdido e estou a sua procura, sabendo que na sopa dos inorganicos havia algo mais, e decisivo.

2) E’ impressionante o montante de videos no Youtube com fotos registrando Orbs e coisas que parecem insetos transparentes (pesquisem por exemplo Rick Kane). Muitos dos autores dizem que ja comunicaram organizacoes cientificas sugerindo metodos e instrumentos para capturarem estas “coisas”, mas o desprezo pela proposta e’ inquebrantavel. Porque? Porque tais “supostos” fenomenos foram antes impregnados com termos como paranormal, fantasmagorico, etc. ? Nao tanto, o motivo principal e’ que nenhum dos capitalistas financiadores da ciencia estao vendo alguma possibilidade de lucro imediato nisso. Um autor diz ter constatado que as “coisas” evitam o infra-vermelho, sao invisiveis `a nossa luz visivel, porem captadas por flashes. Nao e’ questao de acreditar ou nao, a Ciencia nao tem opiniao, tem fatos a pesquisar. Podemos estar perdendo a oportunidade de ter os primeiros sinais das realidades existentes em mundos paralelos revelados pelas outras 4 faixas das radiacoes eletromagneticas porque a Ciencia nao esta cumprindo o que veio a fazer tal como formulado pelos fundadores iluministas. Mas quem esta sugerindo que existem realidades que nao percebemos porque o espectro eletromagnetico sugere isso? Novamente a filosofia que tem tentado conectar as diferentes faixas da luz numa grande quadro inteligivel.

Anti-Ciência: A Teoria da Matrix/DNA poderia ser considerada anti-ciência?

quinta-feira, janeiro 4th, 2018

xxxx

O artigo abaixo me faz perguntar o que esta acontecendo na formação da mentalidade universitária. O autor, jovem estudante, expõe uma ideologia radical que chega apontar os comportamentos sexuais dos opositores! Isso só pode ser uma doutrinação religiosa, e esta ficando muito perigosa. Entrementes, abaixo vai copia do meu comentario postado no artigo:

https://universoracionalista.org/anticiencia-do-seculo-xv-aos-pos-modernos/

Anticiência – Do Século XV aos Pós-Modernos

E meu comentario postado em: 1/4/18 (aguardando moderação)

Incrível como desprezam a realidade humana atual e são insensíveis `a tortura de 7 bilhões de humanos, pois ao invés de se concentrarem na busca de soluções para essa humanidade e atuarem com militância aguerrida na execução de experimentos de soluções já sugeridas, deixam o intelecto vagabundear pela retorica e se envolvem na boatice do fulano disse-que-disse…

As questões fundamentais aos apoiadores da atual diretriz e do método que humanos estão aplicando numa profissao chamada Ciencia e aos criticos desta profissão pela maneira como vem sendo exercida, são duas: 1) Ela melhorou ou piorou a vida dos humanos e a vida em geral do planeta apos seu inicio? 2) Ela esta lidando de maneira correta com os fenomenos e eventos naturais, de maneira que estamos adquirindo maior poder para erradicar os fenomenos e eventos indesejaveis?

Pela minha perspectiva que e’ fundamentada na minha experiencia de vida, digo não as duas questões. E cito alguns argumentos:1) ao iniciar essa mentalidade que se apossou da Ciencia existiam 300 milhões de humanos sendo torturados como escravos e sob o ciclo da miséria; 500 anos depois temos 7,5 bilhões de humanos nestas mesmas condições. Então, obviamente ela prejudicou a Humanidade, contra numeros não existem argumentos. 2) Ao inves de se manterem fieis as intenções dos pais iluministas, os seus profissionais se ven deram aos 1% de grandes predadores humanos alinhando-se contra os 90% da população de presas humanas, de maneira que o método tem sido aplicado na busca do que aumenta o poder dos predadores e do que lhes fornece lucros financeiros. Com isso a deterioração das outras formas de vida, do planeta em geral, o desvio da pratica cientifica gerando a incompetência para erradicar microscopicos vírus e eliminar doenças mortais tradicionais.

O cerebro humano tem poucos e limitados sensores que nos ocultam a quase totalidade das caracteristicas da Natureza, o empreendimento cientifico foi uma estrategia lancada para tentar evoluir nossa percepção principalmente construindo extensões tecnologicas dos nossos sensores naturais. Apenas o espectro eletromagnetico esta nos indicando que não vemos mais que um setimo do que ‘e iluminado pela luz total e nao percebemos a matéria em estado vibracional e portanto organizacional alem dessa infima faixa. Impossivel a nos detectar-mos a logica universal da natureza, m as quando estamos impondo as logica da fisica e da matematica que dizem respeito a penas essa infima faixa, ao todo, estamos principalmente Inibindo o principal sensor que e’ a Razão, sua consciencia, suas intuições e suas emotividades, propriedades das quais o leao predador teme como a peste pois elas ameaçam seu território e suas posses sobre as presas. Nos nao queremos uma ciencia que pinte o mundo como uma geladeira repleta de calculos matematicos frios e nem uma ausencia de ciencia que ressuscitaria a selvageria numa fornalha nuclear, nos queremos uma ciencia que não divida a terra entre todos os humanos, que liberte todos os humanos do trabalho escravo, que impeça de aprisionarem bilhões de humanos em celas de cimento chamdos de apartamentos, que produzam algo que realmente chegue e beneficie essa maioria dos humanos a quem nada dela esta chegando, uma ciencia das psicologias que exorcize estes instintos herdados dos animais como tendencias a predadores ou presas, enfim, nos queremos uma ciencia que nos deixe sermos humanos e com as portas abertas as influencias que certamente estao vindo das areas cujas portas foram encerradas por esses pseudo profissionais da Ciencia humana.

Mas e’ claro que minha opinião esta eivada de erros e e’ notadamente tendenciosa. A comunidade academica mo geral vem da classe media que atua como medios predadores, para os quais, as dores das presas são desprezadas. Eu vim d orfandade na rua passando fome e quando tentaram me manter como escravo fugi da senzala para viver no mato amazônico, portanto vejo as coisas por esta perspectiva da desclasse social, obviamente estamos em lados opostos. E se alguem ler isto vão somar algumas das minhas frases as frases citadas no artigo como ridiculas sem conhecimento de Ciencia. Pois eu entrei na selva com uma luneta e um microscopio rude buscando na natureza fatos e eventos que me beneficiassem e fui descobrir que o leque de forcas e elementos atuando ate sobre os mais simples objetos e’ muito mais amplo do que a Ciencia oficial tem encontrado. Porque ela esta sendo dirigida por uma ideologia, a retroalimentar-se pesquisando apenas o que esta linearmente a frente da conveniencia dessa ideologia. veja apenas a introdução do meu website para se ter uma pálida ideia do que esta faltando aplicar um real e verdadeiro método cientifico para a melhoria de humanos.

 

A Ciencia nao esta chegando a seus limites, mas sim ao limiar de uma nova Super-Ciencia

terça-feira, janeiro 2nd, 2018

….

https://universoracionalista.org/ciencia-limites/?utm_medium=botao&utm_source=ur&utm_campaign=onesignal

A ciência tem os seus limites

Meu comentario postado no artigo em 01/02/18 ( verificar se foi publicado > aguardando moderacao):

Assim como Copernico e o heliocentrismo, Darwin e a evolucao, etc., ainda faltam descobrir elementos na Natureza que causarao revolucoes na Ciencia, na visao do mundo, e como nao existem saltos abismais em evolucao mas sim transformacoes, o cerebro ira’ devidamente e adequadamente sendo transformado. Por exemplo, depois de tantas evidencias acumuladas e previsoes acertadas eu estou apostando que de fato exista uma formula natural que iniciou com o Big Bang na forma de onda de luz original e vem construindo todas as formas de sistemas naturais – de atomos a galaxias, aos building blocks do DNA, `as celulas e agora `as conciencias. Tenho o diagrama da formula, e os calculos da influencia dela nestes sistemas, o que me obrigou a elaborar modelos de atomos, galaxias, celulas, com diferencas em relacao aos modelos teoricos oficiais. Mas como seria possivel que este possivel elemento – que seria o ancestral do DNA e esta sendo o modelador do novo sistema “consciencia” exista aqui no meio da nossa matéria, sem que a Ciência o tenha captado? Simples: nossa Ciência pode captar tudo que se refira ao hardware material do Universo, pode ainda captar algo, como as partículas e fluxos de um possível software universal, mas mas ainda não entendeu e não pode captar o software. E esta formula tem funcionado exatamente como um software, e também sob evolução, o que torna ainda mais difícil sua percepção. Ele estava presente naquela sopa primordial deflagrando a construção dos sistemas biológicos, justamente o desconhecimento dele esta causando este grande embaraço na elucidação daquelas origens.

Assim como foi necessário alta tecnologia (MRI) para entender neurônios e saber que no cérebro ocorrem sinapses nos corpos, na biosfera terrestre e entre sistemas astronômicos existe uma rede semelhante formada por uma network de “biofotons”, mas apenas agora estamos tendo alfguns sinais de que fótons podem funcionar como biofotons, ou bits de um software. Ai esta oculta a formula natural universal, segundo nossos calculos estao sugerindo. Falta tecnologia para testar as teorias mais complexas, como esta e das cordas, e para transformar a ciência moderna em algo que nos posicione no inicio da busca outra vez.

O problema maior e’ que o cérebro humano esta condicionalmente configurado para não aceitar a existência desta formula ( como estava ao acenar teórico do heliocentrismo, ou da evolução, ou da genética Mendeliana). E’ total falta de racionalismo pois somente com ela tanto o Universo como a vida nele faz sentido racional. A correção dessa erradia conexão dos neurônios pode ocorrer se um humano conhecendo os 15.000 anos de cultura com todas suas ciências, cair na selva virgem, sofrer uma lavagem cerebral, aprender o mundo como nossos ancestrais macacos e depois retornar a civilização para comparar o que a Natureza real esta sugerindo com o que a cultura de uma visão de mundo incompleta esta modelando a Razão atual.

Que essa tecnologia e alcance macrocósmico da Ciência não torne humanos novamente arrogantes crendo que chegamos aos limites do conhecimento, como creram os geocentristas, os deístas, etc. O modelo atual do átomo esta incompleto pois os princípios da propriedade da vida estão ali em potencial ou sendo expressados, assim como estão mais evoluídos num sistema astronomico, portanto, vamos ter que mudar muito ainda no que pensamos que conhecemos e isso vai abrir janelas para realidades ainda inimagináveis, mas que supondo seja esta formula comprovada, ela já esta nos fazendo vislumbra-las.

 

Mensagem da Matrix/DNA para 2018: Como dirigir a força e vencer a crise no ano esta nascendo

domingo, dezembro 31st, 2017

xxxx

Para você apreciar, se animar, se entender e melhor viver neste 2018

São muitos os apelos dos vendedores para que aumentes o seu consumo e a gama de tentações oferecidas nos deixam em constante estado de frustração devido nossas novas necessidades criadas por eles não poderem ser satisfeitas. Basta abrir o imenso leque da Internet e a tela já mostra um monumental cruzeiro numa ilha paradisíaca do Caribe, mas nem 0,00001% dos humanos conseguem entrar num monumental yate daqueles que aparecem na tela. Por outro lado, cerca de 90% não-privilegiados dos brasileiros estão em quase estado de torpor e temor ao assistir e sentir o estado de crise no pais, então 2018 e o futuro em si fica incerto. Mas…

Felicidade acho que é uma palavra ilusória pois os humanos jamais poderiam experimenta-la, não esta’ em nossa natureza permitido alcançar esse estado fruto da imaginação. Então não vou dizer onde esta’ e como alcançar sua felicidade, mas eu tive uma experiencia de vida diferente de vocês onde aprendi que é possível a qualquer um quase chegar nela e no meio das grandes crises, mesmo maiores que essa no Brasil agora. Eu estive isolado na selva amazônica reduzido a semi-macaco deficiente de tudo que um humano necessita fisicamente, enfrentando malaria, espinhos, insetos venenosos de toda especie, mas por incrível que pareca, me lembro daqueles dias como os mais “felizes” que já experimentei, e mesmo estando agora numa cidade como New York com dinheiro no bolso para fazer inclusive os cruzeiros que a Internet sugere, no fundo, me pego desejando a selva. Como explico isso?

Você precisaria investir um pouquinho de seu tempo hoje assistindo um vídeo como o que forneço o link a seguir. Sei que para a maioria é um assunto chato, desinteressante porque não vai dar dinheiro algum, mas ele pode fornecer algo valioso se você assisti-lo apos ler este texto: algo que pode trazer um profundo e intimo bem-estar atravessando a crise em 2018.

O vídeo insiste numa questão existencial: como a vida se originou neste planeta? E quando dizem “a vida” entendemos “eu”, pois eu sou vivo. Então, como eu vim parar aqui e porque me puseram nesta enrascada de ambiente e sistema todo errado?

No vídeo, se você prestar bem atenção, veras que o profundo sentido da historia das origens que tentam descrever teoricamente, é que sempre ali no meio de um ambiente horrível, inóspito, existiu uma força minuscula, frágil, mas com uma vontade incrivelmente tenaz, uma determinação de continuar a frente custe o que custar, uma meta de vencer o mundo. Esta força parece começar dentro dos minúsculos e solitários átomos de carbonos, mas eles a alimentam e a fazem crescer tornando-se aminoacidos, e nesta nova forma a força continua avançar teimosamente contra tudo e todos, e vai se tornando moléculas cada vez maiores e capazes de fazerem mais coisas, abrirem mais caminhos, e estas moléculas avançam tornando-se proteínas, chegam a uma vitoria, a algo quase inacreditável, em que seguram e mantem os registros de toda sua historia de origens e lutas, na forma de um código secreto, ao qual denominamos de DNA. Que força sera esta, de onde veio isso?! Nos somos essencialmente, enquanto humanos, DNA, pois resumindo todo nosso corpo ele esta encriptado em cada uma das bilhões de copias desse elemento misterioso que na verdade sou eu. E quando essa força chegou ao estado de DNA, a mais ou menos 3 bilhões de anos atras (!), um tempo impossível ao nosso cérebro de calcular e saber o que ele significa, ela se estabeleceu de uma maneira que veio vencendo crises infernais muito maiores do que a que se abate ao pais hoje, pois a cada 50.000 anos este planeta tem se tornado um inferno seja em fogo ou em degelo, e inacreditavelmente esta força vestida de DNA resistiu a tudo a ponto de hoje mostrar a idade de 3,8 bilhões de anos! Sem nunca ter morrido, nunca ter sido totalmente vencida!!! Essa a nossa verdadeira idade hoje quando lembramos que nossa essência, nos somos, em síntese, nosso DNA: temos 3,8 bilhões de anos de idade!

Mas em que ao me lembrar disso vai me animar a atravessar o 2018? Como o conhecimento disso pode fazer um semi-macaco malárico no inferno da selva viver daquele jeito rindo porque por dentro esta em constante sentimento de orgasmos intelectuais, algo que nem a redução ao estados primitivos da evolução consegue reduzir: uma coisa denominada “consciência” e da qual ainda quase nada entendemos.

O grande golpe de inteligencia de sua parte hoje, seria você se tornar e se sentir maior do que os exibicionistas se jactando como nadando em felicidade nas selfies postadas no Facebook e Instagran, passando a informação de que se sentem felizes e mostrando, como pano de fundo das fotos, uma posição em algum ambiente exalando luxuria. Porque ali, nestas pessoas, a força esta’ moribunda, indo para sua morte, como foram todos os iludidos espertos e mais “fortes” em cada época: onde estão os reis de outrora, como os dinossauros, os leões nas selvas, as águias nos ares? se tivessem cameras todos teriam tirado selfies registrando e mostrando seu auge. Mas a Historia Natural e depois a Historia das Civilizacoes Humanas mostraram que o estado de estar no auge e feliz com o jeito que o sistema esta’, é o trampolim inevitável para sua extinção. As “selfies” trazem uma etiqueta invisível implacável: a força aqui já morreu, só falta cair de vez! A força continua viva e tenaz com chances de evoluir naqueles que estão fluindo no meio de coisas mais simples, menos resistentes e mais duradouras, mesmo que o quadro revele estado de crises. Foi assim que um pequeno réptil parecendo um porquinho, feinho, e chamado de cinodonte vivendo numa das maiores crises – pois os grandes repteis estavam devorando toda a vegetação e alimento do planeta e deles tinham que viverem escondidos nos buracos escuros para não serem devorados – foi assim que a natureza, o mundo, voltou seus olhos para a sofrida mas mantenedora da chama da vida pequena criatura e lhe entregou o troféu máximo, a transformação para sua transcendência e a herança da Terra toda, tornando-a o primeiro mamífero do planeta. A Natureza sempre atuou assim, descartando o que mais se aparecia, dando uma volta no tempo, retornando atras, para selecionar seu escolhido. Ela fez assim inclusive antes das origens da vida com átomos para a transcendencia a estrelas e destas para galaxias. Mas se conheceres a historia anterior alem deste pequeno cosmos, veras que dessa mesma maneira atuou o mundo antes e sempre, quando deu a transcendência aos átomos tornando-os estrelas, `as estrelas tornando-as galaxias… O grande golpe da inteligencia é detectar e seguir o caminho da continuidade dessa quase eternidade de 3,8 bilhões de anos emque pode inclusive nos levar ao salto transcendental.

Assistindo o vídeo nos assalta e incomoda uma questão profunda: que raios de força é essa no meio dessa matéria toda que tem lutado e teimado dessa maneira, para que, para onde ela pensa que vai, onde ela quer chegar? Nenhum dos cientistas no vídeo respondem, pois ao contrario, a todo momento se fazem esta mesma pergunta. E para quem passou pelas escolas mais avançadas, do segundo grau para cima, e foi educado sob o bombardeio destas teorias e questões no vídeo, aquelas velhas respostas ofertadas pela imaginação sobre entidades e paraísos sobrenaturais a serem apenas alcançados depois da morte, isso já não nos serve mais de muletas psicológicas. Mas… vou sugerir uma maneira de dar o grande golpe da inteligencia, existe uma alternativa.

Os macacos na selva entendem mais de sobrevivência do que os homens brancos que caem nela, parece que eles tem sentidos, sensores, que captam coisas da natureza que nos perdemos na evolução quando criamos este ambiente artificial em que vivemos. Seja como for, no meio de macacos e reduzido fisicamente ao estado deles, me parece que a Natureza, enquanto me surrava sem piedade, sussurrava coisas aos meus ouvidos, segredos que ela não conta aos urbanos modernos, pois estes se afastaram dela. Dai eu trouxe da selva uma nova interpretação do mundo, na qual eu não acredito porque tenho o defeito de ser um cético radical inclusive desconfiando das minhas próprias produções, mas essa interpretação, verdadeira ou não, justamente nos fornece o elemento para estar melhor dentro das crises, pois ela reanima aquela força misteriosa que hoje, somos nos mesmos, lutando, tentando, apanhando, mais sempre teimosos, uma vontade inexplicável de ir em frente custe o que custar, mesmo que não saibamos o que existe la’ na frente. E dentro desta nova interpretação vem a sugestão do que é essa força, de onde ela veio, porque e para que ela esta aqui, e para onde ela esta se dirigindo. Ao menos, para mim ela sempre funciona e sou muito grato a isso. Por exemplo, mesmo sentindo os amigos a sentirem a falta de esperança e esperando dias piores, eu estou vibrando de energia querendo arregaçar as mangas e por para quebrar os laços desta crise e resolver isto custe o que custar. Mas nesse estado, por dentro, me sinto mentalmente muito bem. A ponto de desprezar as “selfies” dentro dos iates em cruzeiros e valorizar a simplicidade dos meios que me cercam agora, pois aqui vejo a vida viva tentando avançar, e la’ vejo a historia afirmando que a vida esta indo para sua morte. esperemos mais algumas dezenas de anos, as selfies terão se apagado e esquecidas pelo tempo, enquanto a vida aqui na simplicidade poderá estar ate dentro de incríveis naves espaciais conquistando o Universo. Podemos não ser nos em carne e osso dentro das naves, mas não se esqueça que somos nosso DNA, 3,8 bilhões de anos de idade, e nos como esse DNA estaremos dentro das naves, talvez ate com algo mais… com nossa própria e desconhecida alma de hoje.

Aquela força que emergiu de dentro daquele turbilhão de forças gigantescas causando maremotos e cobrindo a superfície do planeta de lavas incandescentes, depois degelando, depois queimando de novo, e ela ali resistindo e avançando, segundo a selva me sugeriu, nada mais era e é que simples partículas vindo de algo maior, muito, muito grande, muito forte. E aquelas partículas continuam aqui até hoje,  elas constituem a nos, pois comandam nosso DNA, que esta inclusive nos centros de nossos neurônios, e portanto se projetando na forma de nossa mente, de nossa consciência. Ao falar em consciência devo mencionar que a onda de luz geradora das partículas atua como se fosse duas coisas ao mesmo, como se fosse constituída de hardware e software, e como nos computadores os hardwares vão sendo ultrapassados e descartados para o lixo, o software sobrevive, evolui e entra nos novos hardwares, ou seja, então ele já’ conta no minimo com `13 bilhões de anos… e da sua evolução resulta o que hoje denominamos nossa “consciência”. mas isto e’ uma historia mais complicada, deixemo-la para outra ocasião.

Aquela força estava dentro de partículas chamadas fótons, resultantes da fragmentação de ondas de luz que atravessam este Universo. São partículas que resultam da propagação e fragmentação da onda de luz, mas partículas que lutam no meio da matéria tentando se reunirem e reconstruírem-se como a onda de luz e retornarem `a fonte de onde foi emitida essa onda de luz. Ai esta o segredo de sua existência, você é hoje um pacote maior e muito complexo que reúne muitas daquelas partículas e você, inconscientemente, esta’ indo onde as partículas querem ir. Elas devem ter lembrança da fonte para se comportarem com tal tenacidade, com tanto desejo e determinação atravessando os longos tempos cósmicos se necessário, então deixe-se levar, atravesse as crises com cabeça erguida, aguente tudo porque el vieram aguentando tudo e todas as armas e forças contrarias. Neste barco que é seu corpo existe o verdadeiro cruzeiro que não te leva `as selfies prenunciando a morte, mas sim a vida, a transcendência, a evolução, ao retorno a fonte que, apesar de misteriosa, desconhecida, deve ser o máximo e supremo objetivo, pois aquela força de 3,8 bilhões de anos atras tudo tem feito para a ela retornar. Mas agora faltam os detalhes mais explicativos do que é essa força e o que são, mais especificamente os tais “fotons”. Ora, hoje em nossos corpos eles se transcenderam para ‘biofotons” e dentro dos nossos corpos eles geram as suas networks mas por serem de luz original muito forte eles cegam inclusive as mais potentes lentes dos cientistas assim como o repentino farol alto de um carro nos cega a vista. Suas networks são formadas por fios tao tênues que são mais difíceis de ver e detectar que as sinapses que eles formam em nosso cérebros conectando nossos neurônios as quais já podem serem vistas com instrumentos científicos. os detalhes sobre eles são cada vez mais intrigantes, fenomenais, porem aqui não podemos descreve-los, apenas em meu website tem mais algumas informações.

Esta crise nos vai colocar em maior simplicidade ambiental do que a propaganda dos vendedores desejam nos colocar. Mas e’ justamente assim que um equilíbrio entre o nosso profundo mental eu e a superfície dos nosso corpo que toca o mundo externo encontra um equilíbrio que nos gera uma sensação de ótimo bem-estar, o qual não pode ser obtido nem no mais luxuosos ambiente produzido pela parafernália dos vendedores da morte. Esteja vivo, mantenha a fossa e tente leva-la a frente, custe o que custar, permaneças no tronco da arvore da evolução rumo `a fonte, e não se deixe cair no mundo das selfies que se constituem em galhos desprendidos do tronco sem outro destino senão o de se secar e se extinguir. E por falar nisso, vou já largar essa tela, arregaçar as mangas e ir la fora ver o que posso fazer para levar esta força `a frente, a qual esta fragmentada em bilhões de humanos tentando lutar, alguns precisando de minha ajuda, e a qual sou eu mesmo… E que venha o 2018, pois como aconteceu com os outros 3,8 bilhões anteriores, eu e minha força mais uma vez venceremos…

Link para o vídeo:

Mistérios da Ciência – Origem da Vida no Planeta Terra