Posts Tagged ‘cientifico’

O Materialismo Cientifico é “Quase certamente Falso”? Livro a ler

quarta-feira, janeiro 30th, 2019

xxxx

Da revista Scientific American:

Is Scientific Materialism “Almost Certainly False”?

https://blogs.scientificamerican.com/cross-check/is-scientific-materialism-almost-certainly-false/

Sobre o livro (comprado, lendo):

“… pseudo-scientific speculation such as multi-universe theoriesand the anthropic principle (which says that the universe must be as we observe it to be because otherwise we wouldn’t be here to observe it). ”

Discordo que por esta definição o principio antrópico possa ser considerado pseudo-ciência. Ele expressa a mais pura logica. O problema é que ainda não podermos observar o Universo inteiro no espaço que ele ocupa nem conhecemos sua historia inteira, no tempo que ela ocupa, portanto não podemos ainda saber como o Universo é.

Thomas Nagel, are so unimpressed with science that they are challenging its fundamental assumptions. In his new book Mind and Cosmos: Why the Materialist Neo-Darwinian Conception of Nature Is Almost Certainly False…

Comprei o livro.

A genuine theory of everything, he suggests, should make sense of the extraordinary fact that the universe “is waking up and becoming aware of itself.”

Ele esta acertando na intuição, apenas cometendo um pequeno equivoco. De fato, algo no Universo esta despertando e se tornando consciente de si mesmo. Mas não e o Universo, em sua totalidade física, como aglomerado de galaxias. E sim algo dentro do universo, que e o sistema universal, sendo gestado, para o qual o Universo com suas galaxias  faz a função de placenta ou liquido amniótico. Ou ainda de ovo cósmico.

xxxx

A genuine theory of everything, he suggests, should make sense of the extraordinary fact that the universe “is waking up and becoming aware of itself.” In other words, the theory should show that life, mind, morality and reason were not only possible but even inevitable, latent in the cosmos from its explosive inception. Nagel admits he has no idea what form such a theory would take; his goal is to point out how far current science is from achieving it.”

Acertou em cheio. Essa teoria já existe, e nela e mostrado que a vida, a mente, moral e razão são inevitáveis emergirem porque no Universo esta ocorrendo um processo de reprodução, de algo que já tem estes atributos. Apenas, em qualquer processo de reprodução, os atributos vão emergindo em tempos que já exista estrutura do feto, ou embrião, para abriga-los.

xxxx

I was a bit disappointed by the dry, abstract style of Mind and Cosmos. The book seems aimed primarily at philosophers and scientists—that is, professionals—rather than lay readers.

xxxx

Stuart Kauffman has postulated the existence of a new force that counteracts the universal drift toward disorder decreed by the second law of thermodynamics. Kauffman suspects that this anti-entropy force might account for the emergence and evolution of life. Nagel mentions Kauffman’s theory of “self-organization” in a footnote but doesn’t elaborate on it.

pesquisar isto

xxxxx

Philosopher David Chalmers, Nagel’s colleague at New York University,

Deveria tentar comunicar com o depto de filosofia da Universidade de New York, o Nagel trabalha la e a universidade tem fomentado congressos neste tema.

xxxxxx

Meu comentario postado na Scientific American, em 1/30/19

Austriak:

There is a theory in the way that Nagel wants: “The Universal Matrix/DNA Formula for All Natural Systems”, at my website. It was found when a naturalist philosopher returned to pristine nature at Amazon jungle to search a world view begining from zero again and applying the systemic method. From the Big Bang to human consciousness, everything explained by a unique evolutionary lineage. Nagel makes a mistake when saying that the Universe is waking up. It is not the Universe but something inside the Universe that is coming under development, a unique natural system, that already got the shape of atoms, galaxies, living cell and now is getting the shape as consciousness. Scientific materialism has turned on to be mystical, due urban artificial life, reductionism and no systemic approach, and clean laboratories, so, we need a return to real nature, it has the right answer.

 

 

Respeitáveis argumentos questionando a nossa posição como filósofos naturalistas e a teoria acadêmica da abiogêneses

segunda-feira, dezembro 18th, 2017

xxxx

Comentario extraido do youtube sobre o video:

https://www.youtube.com/watch?v=xyhZcEY5PCQ

niwrad – publicado mais ou menos em 30/11/2017

This video is a pseudoscience dressed up as science for the purpose of promoting a philosophy of naturalism – the belief that every phenomena that exists in nature is the product of natural processes.

Well, when we compare scientific knowledge about the behavior of natural processes with the naturalistic belief that these processes produced the collection of matter with the ability to use surrounding material to reproduce and maintain its structure(life), the pseudoscientific character of this belief is obvious. Every instance of knowledge gained through observation and experimentation shows that all processes in nature head toward a state of minimum total potential energy and NOT toward a state that will provide a collection of matter the ability to use surrounding material for its reproduction and maintenance. So believing in abiogenesis is believing that nature can do something we know from observation and experimentation it can’t do.

Este vídeo é uma pseudociência vestida como ciência com o objetivo de promover uma filosofia do naturalismo – a crença de que todo fenômeno que existe na natureza é o produto de processos naturais.

Bem, quando comparamos o conhecimento científico sobre o comportamento dos processos naturais com a crença naturalista de que esses processos produziram a coleção de matéria com a capacidade de usar o material circundante para reproduzir e manter sua estrutura (vida), o caráter pseudocientífico dessa crença é óbvio . Toda instância de conhecimento adquirida através de observação e experimentação mostra que todos os processos na natureza se dirigem para um estado de energia potencial mínima total e NÃO para um estado que providencie uma coleção de matéria a capacidade de usar o material envolvente para sua reprodução e manutenção. Então, acreditar na abiogênese é acreditar que a natureza pode fazer algo que sabemos de observação e experimentação que não pode fazer.

Resposta da Matrix/DNA:

De fato, eu desconheço na natureza alguma outra situação onde um certo arranjo de matéria torna-se auto-reprodutivo. Quanto ao segundo argumento, de que não existam parâmetros para uma porcão de matéria que mantenha sua estrutura não existem nem nos dados reais científicos, pois tudo esta sujeito a entropia e decai. Mas existem situações em outras circunstancias onde uma porcão de matéria mantem por um certo tempo sua estrutura e com um potencial inicial de energia: átomos, sistema estelar, galaxias. Ou não?

Voltando ao primeiro argumento, o fato de eu desconhecer não significa que não exista. Mesmo assim, temos um racional e forte modelo teórico – desconhecido da comunidade cientifica – em que uma simples porção de matéria seja reproduzida, pelo processo da auto-reciclagem. E’ o nosso modelo sobre os building blocks dos sistemas astronômicos. E neste modelo, a porcão de matéria formando uma estrutura utiliza material circundante, que e’ a energia de uma estrela fora do sistema.

Mas como se trata de uma teoria ainda não provada, o argumento contra a filosofia naturalista e’ respeitável, o que serve também inclusive para nos, defensores desta teoria não-cientifica que interpreta os fenômenos naturais por uma perspectiva diferente da visão cientifica acadêmica,  questionar a teoria da abiogêneses.

xxxx

O argumento matematico

Mathematics also contradicts this naturalistic belief since life is just a specific arrangement of matter, and in order for natural processes to find it, they must scan through its various arrangements. But given the fact that the ratio between non-living and living arrangements of matter is many orders of magnitude larger than the total number of matter rearrangements in the history of Universe, it is mathematically impossible to find life through matter rearrangement process.

Simply put, science disproves philosophy of naturalism, and shows that this video is a pure propaganda.

Quais os recursos atuais expandindo nossos sentidos para visao alem da luz visivel

domingo, agosto 27th, 2017

xxxx

Humanos sao praticamente cegos, em relacao `a totalidade da realidade. Vemos apenas, e sentimos apenas, as coisas refletidas pela faixa de luz visivel, enquanto as coisas das outras seis faixas continuam ignoradas. Estamos desenvolvendo alguma tecnologia que nos esta’ permitindo curtas e breves incursoes nas dimensoes vizinhas. Quais sao? A figura abaixo apontou algumas:

The Bullet Cluster

The Bullet Cluster is one example of a cosmic feature that indicates the presence of dark matter, a substance that doesn’t interact with light or with itself. The image combines X-ray and visible light images, as well as gravitational lensing data.

The Bullet Cluster is one example of a cosmic feature that indicates the presence of dark matter, a substance that doesn’t interact with light or with itself. The image combines X-ray and visible light images, as well as gravitational lensing data. Credit: X-ray: NASA/CXC/CfA/ M. Markevitch et al.; Lensing Map: NASA/STScI; ESO WFI; Magellan/U.Arizona/ D.Clowe et al. 
Optical: NASA/STScI; Magellan/U.Arizona/D.Clowe et al.

The Bullet Cluster

Frase de Planck Que Define Muito Bem a Matrix/DNA Theory

sábado, março 14th, 2015

xxxx

A scientific truth does not triumph by convincing its opponents and making them see the light, but rather because its opponents eventually die and a new generation grows up that is familiar with it.
– Max Planck

“Uma verdade cientifica não triunfa pelo convencimento de seus oponentes e fazendo-os ver a luz, mas sim porque seus oponentes eventualmente morrem, e uma nova geração cresce a qual é familiar à ela.”

Max Planck 1933.jpg

Max Plank was a German theoretical physicist who originated quantum theory, which won him the Nobel Prize in Physics in 1918

Penso que o inconsciente  coletivo terrestre que reúne 8 bilhões de mentes humanas torna as 8 bilhões de mentes humanas numa entidade unica denominada “inconsciente coletivo”. Se isto for certo, quando uma mente em qualquer ponto do planeta tem uma nova e inédita intuição, daquelas que levam a uma descoberta de mais um fenômeno natural, esta intuição estará acontecendo nos mesmos tempos em vários outros pontos do planeta, onde estiverem mentes que se situem numa mesma faixa vibratória da Matrix Universal. Então nasce algumas novas e seguidas gerações com uma nova sutil e leve mutação que as levam à intuição ou percepção intuitiva do novo fenômeno. E isto acontece porque o consciente coletivo terrestres é produto de um grande processo de reprodução genética que vem desde o Big Bang, e ele evolui da mesma forma que a consciência surge no embrião de 6 ou 7 meses quando a forma do cérebro esta apta para tal e vai evoluindo pelo resto da vida do individuo.

Isto explicaria a frase de Plank, apenas não concordo com a palavra que ele usou, “uma verdade cientifica”. Ora, ciências humanas é um conceito teórico criado por humanos e como tal, não pode ver e entender a verdade total de nenhum objeto ou evento natural. Eu diria “uma verdade natural”.  O que não impede que muitas vezes um fenômeno natural seja aclamado e reconhecido pelas ciências humanas.

A cosmovisão da Matrix/DNA está sendo totalmente negada pelos intelectuais e cientistas idosos, os quais nem sequer se dão ao trabalho de tentar ouvi-la para ver se entendem ao menos um pouquinho dela. Mas essa ideia de Matrix tem surgido na ultima década em vários cantos do mundo, e são muitos os websites portando este titulo. Cada qual interpretando-as à sua maneira especifica, todos ainda muito falhos, pois estamos começando a toca-la na escuridão. Quando nos idos de 2000 tive conhecimento e fui assistir o filme intitulado “Matrix” fiquei admirado como os autores tiveram suas idéias no espaço de uma geração que eu tive antes ( registrei a teoria nos anos 80). No começo do filme até pensei que devia ser plagio, pois qualquer um pode ver meu material registrado num órgão publico. Mas no final concluí que não, era apenas mera coincidência, pois a Matrix deles era bem diferente e muito menos complexa que a minha. Foi em seguida ao observar varias diferentes versões da Matrix em todos os cantos do planeta que cheguei a esta conclusão sobre o inconsciente coletivo. Estamos na era em que o cérebro humano tornou-se apto a alcançar os níveis mais elevados e perceber a existência da Matrix.

Todos da nossa geração foram doutrinados pelas duas correntes vigentes no Ocidente: a religião cristã e o materialismo cientifico. Mas uns poucos ficaram no meio, sem se fanatizarem. Estes são mais sucessíveis para a nova intuição, o novo salto evolutivo mental. Os que acreditaram piamente numa das duas doutrinas e tornaram-se fanaticos, são casos perdidos, infelizmente.

O Conflito entre a Medicina Oficial e a Medicina da Matrix/DNA

segunda-feira, setembro 19th, 2011

O pensamento cientifico moderno está convencido que as grandes tradicionais doenças têm como causa primeira disfunções dos genes. Os modêlos da Matrix/DNA estão sugerindo que as doenças tem como causa primeira disfunção do sistema-corpo humano, ou seja, é uma disfunção sistêmica que produz a disfunção de genes.

O pensamento cientifico está convencido que genes se modificam por si próprios ou que o DNA/RNA cometem êrros de transcrição ou êrros trocando genes de posições muitas vêzes por acaso, etc. Seja como for a causa primordial estaria reduzida ao foco genético, ao DNA. Os modêlos da Matrix/DNA sugerem que os genes são apenas expressões do sistema, êste é quem produz as alterações e demais êrros.

O pensamento cientifico tomou uma atordoante bordoada com o Projeto Genoma. Estavam antes convencidos no lema “uma doença, um gene”, portanto o mapeamento do DNA seria a solução, pois bastaria comparar mapas de pessoas sadias com mapas de pessoas doentes e detectar o gene responsavel. Com a realização do projeto o mapa obtido mostrou que não é assim: uma doença é produto de muitos genes alterados em várias regiões do DNA e não se sabe porque se conectam na disfunção nem como se conectam. Praticamente voltamos à estaca zero e as doenças continuam torturando e matando seres humanos

Os modêlos da Matrix/DNA apresentam uma fórmula do sistema universal perfeito. E diz que todas as arquiteturas materiais são aglomerados de sistemas derivados daquela fórmula. O próprio DNA tem como unidade fundamental de informação, como buiding block, conjuntos de quatro nucleotideos, o qual é uma cópia da fórmula universal. Portanto o DNA é uma pilha de derivados de um unico sistema. A fórmula mostra como é a conexão entre as partes. Ela ajuda a identificar as partes auto-conectadas com suas funções no sistema. Ela conduz a identificar e separar os sistemas dentro das networks que compõem uma arquitetura, seja uma galáxia ou um corpo humano. E sendo a fórmula do sistema perfeito, ela se presta a ser comparada com todos os sistemas isolados da arquitetura, mostrando onde estão as disfunções e provavelmente as causas. Basta erradicar as causas apontadas e o corpo funciona perfeito.

O pensamento cientifico moderno nada sabe sôbre a Matrix/DNA, eu sou a unica pessoa que está tentando divulga-la e sómente através dêste website. Sou a unica pessoa que está testando a fórmula contra fatos reais naturais e estudando-a, dia a dia. 30 anos fazendo isto me convenceram que a fórmula é real.

No minimo, a fórmula tem que se tornar conhecida… e mesmo que for destruída como irreal, este assunto de doenças não pode recusar nenhuma possibilidade de tentativa.

O que você tem a dizer efazer sôbre isso tudo? Tem alguem com cancer, alzheimer, obesidade, alto colesterol. diabete, etc., na familia? Tens certeza que estarás sempre livre destes flagelos? Então é bom fazer algo, o possível, e o mais rápido, para que a Ciência conheça e teste essa fórmula. Ao menos, gritar comigo.

xxxxxxxxxxxxxxxx

A seguir, vamos aqui registrando as noticias com assuntos relacionados ao tema:

1) Molecular Changes Found Responsible for Depression in Women

http://www.healthenclave.com/news/molecular-changes-found-responsible-depression-women-1270.html

Written By:
Vikas Shukla

For the first time, molecular-level changes have been detected in the brains of depressed women. The findings reveal that there is a connecting link between the two hypotheses of biological mechanisms leading to mental illness. The research was conducted by scientists at School of Medicine, University of Pittsburg and findings were published in the journal Molecular Psychiatry.

The study author Dr. Etienne Sibille, Associate Professor, Pitt School of Medicine, noted that very little research has been done on mental illnesses of women, although they are twice as likely as men to suffer from severe and frequent depression. The outcomes of research will provide better understanding of one of the most common psychiatric illnesses.

In the study, post-mortem brain tissue samples of 21 depressed women and 21 similar women without any history of depression were examined. The researchers observed reduced expression of certain genes, including the one for brain-derived neurotrophic factor (BDNF), in depressed women as compared to their peers. Also, the expression of genes responsible for neurotransmitter gamma-aminobutyric acid (GABA) was drastically low in depressed women. These changes were observed in amygdala, a part of human brain responsible in sensing and expressing emotion.

The scientists next focused on the impacts of BDNF on GABA cells by genetically engineering mice to carry different mutations in BDNF gene. They identified two mutations that led to same reduction in GABA subtype and also reflected other changes witnessed in depressed human brains. The finding will enhance future research on depression.

Psychiatrists and researchers have surmised many times in the past that reduced BDNF levels play key role in depression, and they have also hypothesized that reduced activity of GABA is an important factor.

Dr. Sibille said that their work has linked the two concepts together by demonstrating that, first, BDNF is evidently low in depression and, second, low BDNF influences particular subtypes of GABA in a way that develops characteristics we observe in depressed brains.

The researchers have continued with exploration of molecular pathways between BDNF and GABA. The project received funding from National Institute of Mental Health.