Posts Tagged ‘consciência’

A Diferenca nas Transformacoes Mentais Entre Hindus e Matrixianos

segunda-feira, março 20th, 2017

xxxx

Interessante e diferente do comum o que se ouve neste vídeo. Nao cabe a mim julgar se o orador realmente conhece algo a mais ou nao, porem, e’ fato que de qualquer maneira ele mostra problemas comuns por angulos que nao tinhamos pensado. Se voce apreciou este video, sugiro que veja outro onde ele narra a historia de sua aprendizagem na India, o quual e’ mais interessante ( link: https://www.youtube.com/watch?v=Umr61UnQvuE – Isso Existe – um filme sobre Sri Prem Baba – Versão em português )

Abaixo vai a analise da Matrix/DNA num comentário publicado no Youtube.

https://www.youtube.com/watch?v=RpARf15IctI

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – Mar/03/20/2017

Existem vários caminhos para transformações do estado mental, inclusive os mais impróprios, como o percorrido pelo escravo que foge da senzala para tentar sobreviver solitário no meio da selva bruta. Eu fiz este caminho, então obviamente a minha transformação foi para algo diferente desta ocorrida com Sri Baba. Suspeito que as formas em que somos transformados por diferentes caminhos são fracões de uma forma final, a transformação definitiva para o transcendental. As imperfeições e soluções auferidas na minha transformação são diferentes das de Sri Baba. Mas se eu acreditar que a minha alcançada nova cosmovisão é a correta, e as outras são meros paliativos, as minhas soluções tornam-se impraticáveis e inúteis. Portanto, creio que urge – antes de tentar atuar no mundo externo – uma confrontação entre as novas cosmovisões e suas sugestões.

O que ambos percebemos e nos aflige, é a concordância de que a consciência alojada nos cérebros humanos corre risco de extermínio antes de amadurecer e aflorar livre. E ambos ficamos angustiados pela nossa debilidade em produzir as mudanças necessárias para evitar este terrível destino. Tenho razoes para crer que já existe considerável numero de meio-transformados, e nos mais diversos caminhos, e para suspeitar que o nosso encontro e debate poderia ao menos diminuir esta debilidade de cada um, de cada linhagem transformativa como esta da Índia. O guru deveria se lembrar que nem a milenar linhagem hindu conseguiu algum sucesso de mudança em seu próprio pais, onde a miséria e a superpopulação explodem.

Na selva o buscador pode chegar aos chakras, `a luz pertinente ao hemisfério direito cerebral. Mas percebe-mo-la por outro angulo e sob diferente estado físico/emocional. E’ a soma das observações relativísticas de cada observador no seu ponto do espaço/tempo que pode dar uma compreensão sobre a totalidade do fenômeno. E somente assim teríamos uma chance de descobrir o que realmente aconteceu de errado e continua acontecendo com a bolha de consciência universal e a especie em que ela encarna na Terra.

Sem conhecer de fato a causa, nunca atinaremos com sua solução. O guru fala num código divino. Tem ele percebido e entendido de fato este código fluindo nesta Natureza? A minha privada transformação mostrou o código na onda de luz invisível aos olhos humanos ( só veem um sétimo dela, a faixa da onda denominada branca ou “visível”) e nela o código encriptado. E alem disso, nos forneceu elementos para tentar montar sua Historia, desde as origens deste Universo. Nesta Historia se percebe claramente onde e porque se iniciou a distorção que ora nos ameaça, ainda tempos antes das origens da vida neste planeta. A linhagem transformista dos autores da Bíblia perceberam flashes deste evento e interpretaram-nos `a sua forma, na fabula da queda do paraíso. Pela maneira como eles distorceram os eventos tais quais eu os percebo, aprendi que nos é impossível deixar de projetar nossa condição humana e psique nestas interpretações, levando a resultados improdutivos e inclusive debilitando a capacidade de autocura humana.

Eu sei que a Bíblia começa com uma verdade fantasticamente superior `a capacidade de imaginação humana, mas depois deste começo ela erra quase tudo. Porem também sei que não estou exorcizado desta falha de projeção humana em eventos com leis e ambientes que nada tem a ver com existência humana, portanto, sei que minha cosmovisão deve conter erros. Porem, também sei que na do guru existem erros de suas interpretações. Por isso repito que precisamos encontrar um canal para expor na mesa nossas visões e estuda-las com um olhar somado impessoal, senão, não conseguiremos evitar a tragedia. (qualquer curiosidade veja meu trabalho digitando ” A Matriz Universal dos Sistemas Naturais e Ciclos Vitais”.

A Guerra Materialista Contra a Auto-consciencia: O Cogumelo que Transformou o Cérebro do Macaco?

quarta-feira, janeiro 18th, 2017

xxxx

Graham Hancock sempre foi um escritor e jornalista famoso, mas agora esta causando polêmica com sua teoria sobre as origens da auto-consciência. Ele esteve no Peru tomando ayuhaska ( Santo Daime?) com xamans, teve suas experiencias alucinógenas e elaborou esta teoria pela qual esta’ militando agora. E’ uma interessante e plausível teoria, mas está sendo combatida pelo pessoal do materialismo ortodoxo que acredita nem existir consciencia, e sim um fenômeno produzido pelo cérebro, por acaso. Porém, eu também estive com xamãs, também observei os efeitos destes alucinógenos nos xamãs, e com minha teoria diferente tenho alguns senões os quais foram publicados no vídeo do Youtube e copiado abaixo:

BANNED TALK Graham Hancock The war Over Consciousness

https://www.youtube.com/watch?v=SinDfRlunQk

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – jan-01/18/2017

My experiences in Amazon jungle watching shamans drinking the beverage called Saint Daime gave me a different theory. At altered state of mind, he described what was seeing and feeling and I wrote and draw the images. My surprise is that the drawing showed the figures of chakras and kundalini, but it was the same image of DNA. Also, flying colored microscopic lizards were the same diagrams of particles physics, more exactly, photons.

Since that I was investigating the systems that composes the Amazon biosphere and got a constant pattern – which I call Matrix/DNA formula for all natural systems – and the formula lead me to compose different atomic and astronomic theoretical models, I think that the hallucinogenic substance makes the brain revealing to consciousness what is registered at our DNA. But not only the registration of our human DNA, and so, the registration of a universal Matrix/DNA that is 13,8 billion years old.

Why and how native people that never left jungle, the American continent, describes images and histories described by the founders of I Ching which are the same images and history at the Genesis, in the Bible? And all of them, all these images, are just the DNA that are at the center of our neurons? If my theoretical models of atoms and galaxies are the right ones, how those people described those models?

To me the answer is clear: atoms and the Milk Way are our ancestrals same way that are reptiles and mammals, so, they are registered at our memories ( My bet is the junk DNA). The modern materialism is the product of inherited genetics from the system/ancestral surrounding us, which created us, and it is described by Newtonian mechanics: this astronomic system. It is a closed system. The whole biosphere is driving to reproduce biologically our flesh/meat creator. so, the goal is to reduce human kind as a common piece of the final machine ( The Brave New World under the Big Brother which will play the rules of the astronomic system non-conscious identity). That’s why they are trying to eliminate the essence of consciousness.

The problem is that consciousness is coming from beyond and before the formation of this galaxy, it was sleeping at atoms, dreaming at galaxies, began waking up at plants and animals and is now a kind of embryo waken up at human beings. And it is an opened system, then, there is the conflict with our immediate creator. Our flesh meat body is the last generation of a universal systemic hardware while our mind is a universal evolving software.

I spent seven years in Amazon jungle but never smoking or drinking those hallucinogenic because I believe that my mind is the unique thing that I have in fact and I never will permit that nobody with religions and no plants with their temptations get the control of my mind. I knew how to hypnotize the shamans and getting what they was experiencing, or better, I could drive them to see what I want. I think Mr. Hancock did it wrong smoking/drinking drugs and my advise to you is avoiding these strange chemicals. The description of the Eden Paradise, with all its symbols – like Adam and Eve, the serpent, the apple, etc._ is just the exactly description of the galactic anatomy and state of existence. It was/is our creator and ancestral.

So, we know the source that was the foundations of all these bigger religions: our non-biological memories triggered as non-sense flashes by chemical substances. And their wrong interpretations because the authors of the Eden and the chakras and kundalini did not know about DNA. ( if someone wish to know more about my research and theoretical results search ” The Universal Matrix for natural Systems and Life’s Cycles). It is food for thought. Cheers…

xxxx

Segundo comentario:

Louis Charles Morelli – jan-01/19/2017
We need understand the deep roots of this war over consciousness. Who banned Mr. Hancock? My theory is that it comes from the animals instincts we inherited, and these animal instincts comes from this astronomic system that created us, which has the tendency to be closed system. Think about a big predator, to say, lions. They are the strongest, they are the kings, they reached the super-specialized state of existence. So, they are conservator, don’t want any change or perturbation in their territory and over their preys, which are working transforming plants into meat. They would fight any smaller predator (wolves, foxes,etc.) or any preys could bring perturbation due reaching some intelligence or consciousness.
This instinct is in our genetic and are very strong in some individuals, which composes the 1%, or the wrong called high class. Add to them those medium predators that works keeping the preys controlled and the territory safe. There are lots of them at the education system. They do not want any change in the status quo. They has the tendency to be a closed system in itself, the extreme expression of selfishness. They hate the idea that something could came from unknown natural dimensions, like the kings dinosaur hated the meteorite that came from the sky. Then, they want to believe that consciousness is merely a product of the brain, a natural thing that can be controlled.
But… every time that a human embryo reaches 6 or 8 months, consciousness emerges in a new brain. We know that it is not each brain inventing first time in the Universe, this phenomena. Consciousness was there before the fecundation outside the embryo’s little universe, was there at the fecundation moment ( the embryo’s big bang), it was sleeping at the morula phase, the blastula phase, was dreaming at the fetus phase, hidden in the embryos genetics. These non biological ancestrals were systems and systems has an individual identity, which is set of informations from the sum of informations of all parts plus the informations arising by the connections among the parts and interactions with environment. This identity works as software, while the physics structures are the hardware. generations of hardwares goes to garbage but the software survives and keeps evolving. Our mind or consciousness is the state of this universal software just now.
The history of this Universe – 13,8 billion years – is the history of a unique natural system. It was an atom, then, a stellar system, then, a galactic system, later was reproduced as a cell system, today is a brain system, and now it is going to be a consciousness system. It is still an embryo inside humans heads ( and all other possible intelligent life in this universe). To this universal system, 13,8 billion years is what 8 months seems to human beings. Consciousness was sleeping at atoms, dreaming at galaxies, began waking up at plants and animals, and is am embryo beginning to lift up at human beings. An like our history, it was there, at the Big Bang, and before it, as consciousness was here at Earth, inside our species and parents heads, it was inside some ex-machine natural system. The big predators can produce an abortion of this embryo, if the human specie will be extinct before our cosmological adventure. That’s why we need fighting who is fighting consciousness.
Ok, this is my theory – like Mr. Hancock has his one and the materialists has their, a valid one – which is detailed explained at my website, but I don’t believe in it, I am continuing my search and testing my models against real facts, and I could be totally wrong,… but I think it makes more rational sense

Visão Academica Sobre a Origem da Consciência versus Visão da Matrix/DNA

segunda-feira, dezembro 12th, 2016

xxx

The Neuroscience of Consciousness

( The University of Melbourne )

https://www.youtube.com/watch?v=k_ZTNmkIiBc

 

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – dez-12/12/2016 (comentario postado no Youtube)

After 13,8 billion years, consciousness emerged in the Universe. In another hand, after 6 or 8 months, consciousness emerges in a human embryo. So, it is not each human embryo creating consciousness, first time in the world.
Consciousness was sleeping at the blastula, dreaming at the fetus, woke up at the embryo. It was all past time hidden in the genetics of the new body and it came from outside the embryo’s little universe – the embryonary sac. Consciousness was existing before the existence of the baby, at its parents, the human species.
It is not each Universe creating consciousness, first time in the multiverse. Consciousness was sleeping at atoms systems, dreaming at galaxies, began waking up at plants and lifted up at human beings ( and lots of more evolved life at other planets). This Universe is not magic, it can not create things with informations it does not received at its birth. So, the Universe makes its creatures by the same method it was made. The, consciousness was existing before the Big Bang, at a kind of conscious natural system.
We, human beings, are 8 billions of genes for consciousness, carrying on our creation inside our egg-head. The brain is only the placenta, or the amnion. And must have many billions genes like us doing another parts of a universal, cosmological consciousness. So, our consciousness is not mortal, that’s it!
If we have here and now a known and visible fact showing how consciousness arises, why these people are searching unknown and never saw imaginary solutions for it? Why this continuous and disastrous tendency to mystic and metaphysics? I can’t understand… Is it very difficult to calculate that 13,8 billion years of astronomical time is equal 7 months of human time? They don’t know general relativity?!

Porque não podemos doar `a Humanidade, o poder tecnológico sobre a matéria e energia

sexta-feira, novembro 4th, 2016

xxxx

” Se você conhece e tem poder para manipular galaxias, e, como dissestes, gostas da especie humana, porque não nos cede o conhecimento e poder apenas suficiente para resolver-mos nossos problemas atuais?” – perguntei eu ao sacerdote que se dizia incorporado por Lúcifer, e que este seria um “espirito da Luz”.

” Porque a humanidade não esta’ preparada. Se eu lhes desse esse poder,  a primeira coisa que fariam seria parar o sol ao meio-dia, para ter claridade por 24 horas, para ter mais tempo para ganhar mais dinheiro…”

Esse dialogo de fato aconteceu quando fui convidado por uma seita de misticos estranhos a um ritual no alto da montanha de Serra Pelada – a maior mina de ouro a céu aberto do mundo, na selva amazônica, para onde afluíram 80.000 homens, em 1986. O restante da conversa parece coisa de outro mundo, quando o incorporado explicou o significado da existência e dos eventos ocorrendo em Serra Pelada e no planeta em geral, mas não vamos nos alongar nisso agora porque este não é o objetivo deste artigo.

Quero aqui lembrar que eu descobri uma formula natural poderosíssima que poderia mudar totalmente a nossa existência – se a formula passar no teste e realmente funcionar. Tenho divulgado-a neste website sob o nome de formula da Matrix/DNA, mas ninguém ainda conseguiu captar o possível poder da formula porque ninguém aprendeu a pensar a formula, como eu apos 35 anos observando-a e estudando-a.

Mas todas as possibilidades de fantástico poder que tenho visualizado na formula, nenhuma é no sentido de destruir, matar, que poderia ter interesse militar. Todas as inúmeras fantásticas possibilidades são apenas em beneficio, para o bem do homem.

Nada produzi de pratico porque qualquer destas possibilidades demandam a aplicação de recursos materiais que eu, sozinho nesta empresa, não possuo. Mas vamos dizer que de repente eu ganhasse uma boa soma na loteria e trabalhasse essa formula obtendo o real poder de transformar a vida da humanidade, para o bem. Infelizmente eu teria que manter tudo isso em segredo, não doar nada para ninguém. Porque? Lúcifer acima me fez perceber o erro que eu faria, pois o que seria para o bem, poderia tornar-se terrivelmente mal para a humanidade.

E’ preciso antes entender e aceitar a triste realidade que o corpo carnal e mesmo o cérebro humano veio da evolução de animais irracionais e nas selvas. Portanto os instintos animais ainda dominam nossa carga genética, e não tem como exorcizar esse animalismo do ser humano repentinamente. Por exemplo, o animalesco comportamento de matar animais e come-los, nunca vai desaparecer enquanto ainda tiver-mos os dentes caninos. Apenas a Natureza, a evolução, e o tempo, poderão fazer essa transformação, mesmo que Jesus Cristo venha a Terra cem vezes repetir seu discurso educativo visando a transcendentalidade da auto-consciência humana.

Um destes principais instintos – e o que determina que a humanidade ainda não pode ter o poder sobre a matéria e energia – fica bastante visível e evidente quando pensamos sobre todos os tipos de sistemas sociais criados na historia da humanidade ate hoje. Todos eles (seja o tribalismo, o feudalismo, o comunismo, o capitalismo, etc.) apresentam o mesmo padrão estrutural. As regras ou leis sociais geram sistemas em que o poder maior pertença a uma aristocracia ou alta classe, um resto de poder menor e’ concedido a classe media, e em terceiro a classe baixa sem poder algum. Porque em continentes e eras tao distantes entre si seus povos apresentam sempre o mesmo padrão? Qual então foi a base da origem deste padrão?

Meus sete anos na selva amazônica me forneceu a resposta límpida e clara. Os animais também apresentam a mesma divisão de poderes, as mesmas regras sociais. Assim temos os grandes predadores, os médios predadores, e as presas.

Ora, sabemos que nestes sistemas, como ainda acontece nos sistemas atuais, 85% ou mais da população vive torturada sob o equilíbrio da miséria. Se dessemos o poder a humanidade hoje de controlar a matéria e energia do sistema solar, e portanto a facilidade de sanar todos os problemas destes 85% dos povos, nada seria solucionado que não fosse conveniente ao vampirismo da classe dominante, e um poder ainda mair se concentraria nas mãos da classe dominante. Enquanto temos caninos vamos matar animais e comer carne, enquanto este instinto de predador existir, os predadores não saberão existir sem as presas. E apenas poderão existir as presas enquanto elas forem mais fracas e dependentes dos predadores, o que tem sido obtido pela escassez ou ciclo da miséria.

Obviamente que muitas soluções seriam repassadas aos cerca de 7.5 bilhões de humanos das classes baixas. A cura das doenças tradicionais mortais, a liberação do trabalho escravo rotineiro, etc. A tortura e maleficio as classes baixas viriam por outro lado, talvez pior ainda. O modelo social iria na direcao do Admirável Mundo Novo de Huxley, sob o domínio do Grande Irmão, de Orwell. O paraíso para os corpos humanos seria implantado na Terra, o qual seria recuperado e transformado num planeta ajardinado.

Mas se a minha formula tem fornecido explicações inusitadas, jamais imaginadas, para todos os fenômenos e eventos reais, naturais, e novos significados de existências destes fenômenos naturais como é o próprio ser humano, é a sua sugestão de qual é a razão “cósmica” da existência da humanidade, a que mais indica o despreparo da humanidade para manipular esse poder. A cosmovisão da Matrix/DNA sugere que este Universo perceptível aos nossos sensores nada mais é que uma especie de placenta onde esta’ ocorrendo um processo genético de reprodução, a embriogênese de um ser auto-consciente. E sendo o homem um dos agentes dotados de um principio de auto-consciência significa que os seres humanos são genes construindo este embrião. Então a essência da existência humana e’ sua mente, sua auto-consciência, o resto todo sera descartável junto com a placenta.

Mas o paraíso terrestre do grande Irmão seria exatamente o aborto assassino e prematuro deste embrião. Neste paraíso não existiria lugar para a auto-consciência, já que ele seria o reino da estupidez total , o coroamento da prevalência daqueles instintos irracionais herdados dos animais. E o controle deste poder iria catapultar a especie humana ao espaço sideral, exportando todo o luxo poluidor, e a malignidade destes instintos para planetas com formas de vida mais primitivas. Cada homem é um gene, uma informação genética que nada nem ninguém mais tem neste Universo, então ele precisa ser livre para trabalhar sua missão cósmica, ou seja, sua consciência precisa ser livre. Todo o resto de sua existência atual são meros acessórios. E doar o poder a humanidade significa que os grandes predadores não abririam mão de seu instinto canino e os 85% seriam assassinados, abortados fora, em sua essência existencial.

Eu vou voltar a selva amazônica, preciso dar continuidade a alguns tópicos que apenas a natureza virgem da selva pode solucionar. E desta vez levarei alguns instrumentos, alguns recursos materiais mais poderosos. Mas seu conseguir algum resultado efetivo, ele servira apenas para a minha satisfação pessoal, a minha declaração de que “Vim, vi, e venci”, porque ele ficara como segredo enterrado na selva. O único tipo de resultado que eu traria para o seio da civilização e tentaria aplica-lo, seria algo relacionado a aceleração do exorcismo destes instintos da carga genética humana. Se eu não puder fazer algo em beneficio da minha especie e da grande meta desta nossa existência, que eu seja morto antes que faça algo em prejuízo desta especie e daquele ou daquilo que gerou este Universo. Isto não e’ complexo de Messias, e’ apenas aquele raciocínio logico de todo ser humano, pelo qual não fazemos algo que sera’ ruim para nos mesmos.

 

Auto-Consciencia: Bom Video do Atual Conhecimento

sábado, agosto 27th, 2016

xxxx

xxxx

E meus comentarios postados no Youtube:

Louis Charles Morelli

Louis Charles Morelli – 8/27/2016
Discovering the evolutionary link between Cosmological and Biological Evolution – the real LUCA – we had a new view about consciousness. First, because we can see LUCA arising in this Universe as natural waves of light. The seven different frequencies/vibrations composes a formula for building systems, the so called Matrix/DNA formula. After 13,8 billions years, light waves emitted at the Big Bang and containing the code for natural systems, invaded dark matter, the friction producing electricity, breaking it in slices, organizing these slices into working systems accordingly to the code. The waves were broken into photons, which penetrates electrons and drive atoms to new combinations, more complex systems. Arriving at the system called human brain, the network of photons inside neurons through synapses is re-building the light waves, but now, it is self conscious. So, the substance of consciousness is ex-machine conscious light. So, from the Bug bang till now this Universe was like a computer, composed by hardware and software. The software, or consciousness was sleeping at atoms, dreaming at galaxies, began waking up in plants and animals and now is a kind of embryo being nurtured in the egg-head of humans – and elsewhere where there are intelligent life. We, humans, are 8 billion conscious genes building this embryo (with all other intelligent lifeforms), which will be our body, the universal conscious body, merely a natural and genetic reproduction of the unknown thing that creates universes. Things are so simple for understanding… So, be friend and helpfull to all humans ( and intelligent aliens) because each one is a gene of yourself, each one is a message, a bit-information, unique, non transferable, a Cosmic mission. If only one do not accomplish its mission, we will born handicapped… In the beginning there was the Big Bang ( the fecundation act), at the end will be the Big Birth. Alleluyah…. my brother!
Sometimes i suspect that my consciousness is the only that exists. All you people are just puppets in my world, playing a script along, providing the reality with wich i interact…
The material world is real just now, like my mother’s womb was my material world, my entire universe for 9 months. But my mother’s womb was not the material world of my father and neither mine after birth. So, this Universe is like the placenta, will be discarded, and you will be the only thing that exist … in a different world. Just now you are the Matrix that built the other puppets and yours body, like genes build billions of cells to get the fetus and after that, the genes goes to neurons for to be a unique personal mind. In a next evolutionary wave, 8 billions of ( Teilhard du Chardin almost grasped it) half-conscious genes called humans will perform the Gaia’s mind. And in a next evolutionary wave, billions of Gaia/stars’s minds will go to the end of this Universe, at the day of Big Birth, as the totally-conscious son of the unknown thing that creates universes…

Aguente Firme, Pois Estas a Caminho da Holográfica Auto-Consciencia

domingo, junho 19th, 2016

O ser humano e’ uma ponte, difícil e perigosa travessia, entre o estado da matéria bruta dominante e o estado holográfico auto-consciente. As cabeças humanas são como óvulos recém-fecundados e gerando um feto de auto-consciência. Ate nosso cérebro ainda mantem a mesma universal imagem da fecundação, quando um ovulo ( o cérebro) foi penetrado por um espermatozoide que ainda esta com sua cauda para fora (medula espinhal).

Cerebro na Forma de Espermatozoide

Cérebro humano e Medula Espinhal

                                                                                              Cérebro humano e medula espinhal

Mas porque estou dizendo isso? Quem me contou isso? Porque sou o único e primeiro humano a crer nesta ideia e apresenta-la arrolando estas evidencias, mas sem uma prova definitiva? A humanidade hoje esta dividida entre duas crenças de visão do mundo, de significado para a existência nossa e deste mundo. A visão mistica religiosa, normalmente deísta, que apela para a hipótese de que existam milagres e entidades sobrenaturais atuando na historia deste mundo. E’ compreensível que a humanidade tenha criado e acreditado nesta hipótese, pois a Humanidade nasceu ainda apenas ontem em termos de tempo universal, ainda esta a sua infância e temos como explicação o fato conhecido de que todo individuo na sua infância fantasia a realidade a sua volta, brincando com todos os objetos e falando com amigos ocultos, pois nada entende e sabe explicar o fantástico mundo que se apresentou a ele logo apos abrir seus olhos.  misteriosa “coisa” que me revelou esta minha nova visão do mundo também aponta na direcao de que na criacao muito remota de 13,7 bilhões de anos atras esteve envolvida uma entidade que existiria fora deste Universo, apesar de ser simplesmente natural, porem auto-consciente e zilhões de vezes mais complexo do que tudo que vemos aqui. O problema do misticismo religioso, e’ a falta de consciência sobre o tamanho e grandeza deste Universo, por isso reduzem esta identidade ao nível de eventos que ocorrem dentro desta simples galaxia e dentro dela, esta simples especie humana.

A outra visão também não e’ menos mistica, lambent crê em milagres vindos de uma entidade abstrata, apesar de se crer exclusivamente “materialista”.  Essa visão cometeu o grande equivoco de separara Historia Universal de 13,7 bilhões de anos em duas historias menores sem qualquer elo racional, natural, entre elas. Separaram a Historia que começou com um evento a que denominam Big Bang e terminou com a estruturação das galaxias, ou seja, a historia da Evolução Cosmológica. E então acreditam em outro bloco da Historia que teria iniciado com os aminoacidos e chega hoje ate’ a especie humana. Assim como a teoria da evolucao dominante nos meios acadêmicos hoje ainda não apresentou um convincente fossil de elo evolutivo entre um primata e os primeiros humano, também desconhecem o elo evolutivo entre esta galaxia e a primeira célula viva que surgiu dentro dela.  Tambem na minha infância intelectual apostava nesta teoria, ate’ o dia em que se me apresentou o modelo anatômico deste elo, quando então me dei conta do absurdo em que havia apostado. Separar a Historia Universal em dois blocos sem conexão entre eles, cria-se um vácuo no meio, e para explicar o segundo bloco da Historia e’ preciso preencher este vácuo com uma mistica imaginária, tal como a de que a Vida teria surgido por sua própria conta e risco num fortuito e miraculoso golpe do Acaso Absoluto.

Nos fomos pegos num armadilha, nas redes de um sistema que mais parece uma maquina, que nos poe a mover-se sem tempo para pausas e reflexões sobre o significado da nossa existência. Eu estou pego nesta armadilha e tenho que correr como um burro para sobreviver e manter os requisitos sociais da vida humana moderna. Então poucas ou nenhuma outra pessoa teria motivação para continuar lendo este assunto que “parece” em nada nos beneficiar para resolver nossos caminhões de problemas aqui e agora. Mas de que adianta você continuar ativo em resolver os caminhões de problemas, se estes caminhões estão numa fila imensa que não vão acabar antes da sua morte? E como dirigir e planejar sua vida se não tens um guia, um norte sábio a seguir, que esteja sincronizado com – seja um Deus ou a Natureza simples – os desígnios futuros deste Universo? Uma boiada em disparada não tem um caminho a seguir e certamente vai bater-se contra uma montanha ou cair num abismo. Eu sai da boiada e subi uma montanha que tinha ao lado do caminho para ver o que existe la’ na frente, para onde eu e meus irmãos em especie estavam indo. Fiz isso quando abandonei a civilização e um bom status social arrumando minha mochila e partindo para o meio da selva amazônica, onde eu acreditava ainda existir sinais e testemunhas das origens da vida, os quais poderiam me iluminar um caminho sábio para dirigir meus passos nesta vida. Todas as especies que se tornaram dominantes do planeta, o ápice da evolução em suas épocas, caíram, foram exterminadas ou estão em via de extinção. Os dinossauros, leões, elefantes, reis dos continentes, onde estão? Que futuro aguarda oa que ainda vegetam por aqui? As águias rainhas dos ares? As baleias, os tubarões, reis dos oceanos? E porque sera diferente com a especie humana, que esta seguindo o mesmo roteiro de sistema fechado em si mesmo, acomodados num superespecialista modo de viver?  Não sei se importa ao Universo ou seja la’ quem for que a especie humana seja um pouco diferente, e ao invés de carregar em si o principio da auto-consciência apenas em estado potencial como foram as especies que nos antecederam, agora esta carregando os germes manifestados deste principio. Não sei se este algo ou alguém interferiria para que tenhamos um diferente destino ou simplesmente se manteria ausente deixando o feto auto-consciente abortar e continuar em outras galaxias das bilhões que existem. E burrice aderir ao lema de ser pratico na vida, pois os animais foram muito mais práticos do que nos, e o que lhes aconteceu? O mais importante ‘e descobrir e seguir uma visão de mundo que tenha um guia para um caminho e lhe garanta um futuro mas extenso. Que você diminua a dominância do seu corpo carnal e suas necessidades e desejos,sobre sua personalidade, e se recolha mais em si mesmo para se tornar o próprio embrião que carregas. Este com certeza, em boa seara e funcional placenta, tem todo o espaço e tempo aberto a sua frente, pois e’ uma nova criatura que com certeza, veio do alem desta galaxia, pois esta não a possui. Ler isto não e’ perda de tempo, e’ uma chance que das `a sua inteligencia a qual e’ sempre ausente numa boiada em disparada. Tente diminuir as necessidades e desejos do corpo, refutar e resistir a algumas exigências que o sistema social  e o mundo material estão lhe impondo, e tente atender mais as necessidades e desejos do embrião sagrado que carregas em ti, pois este e’ verdadeiro você.

Depois de nove meses queum csal se uniu, surge como que or milagre, mais um terceiro membro na familia. Durante os nive meses o casal foi a ponte, que sustentou e encaminhoua elesmesmos, quando se projetaram pra ressurgirem numa niva forma do outro lado da ponte. Este evento ‘e mera repetcao do que ocorre a nivel cosmico, porem em escalas cosmicas tudo e’ muito ampliado. Ao inves de nove meses o processo toma milhares ou ilhoes de ans terrestres.  Mas o sgnificado,  meta final do processo e’ o mesmo. Uma consciência a nivel cósmica constrói pela evolução uma ponte, e então inicia a atravessa-la, se projetando para ressurgir numa nova forma do outro lado da ponte. Pois nossos corpos aqui e agora sao como tijolinhos desta ponte, Nos somos o objeto atravessando aponte, nos temos a chance de emergir no outro lado. E entao esqueca as adversidades experimentadas nesta ponte, neste mundo pequeno, pois ao abrir os olhos da conciencia, um mundo jamais imaginado nos deixara tao embasbacados como todo bebe fica ao abrir s olhos neste mundo.

Mas quem e’ a coisa misteriosa que me disse isto? Simplesmente o exercício da razão natural pura, aplicando o método da anatomia comparada entre os seres e objetos da Evolução Cosmológica e os seres e objetos da Evolução Biológica. não existe mistica alguma aqui. Afinal, seja Deus ou uma simples Natureza que tenha gerado este mundo, não creio que jogaria dados com suas criaturas. Não creio que se regozija aprontando armadilhas e enganando suas criaturas. Portanto basta encarnar a real natureza, ser o que ela lhe deu e como ela o fez, ser fiel a ela, e ela sempre te apontara as respostas corretas indicando uma cena natural aqui e agora, a quaisquer perguntas que lhe fizer.

Barbara Hand Clow (Mistica) e Sua Interessante Versão das Origens e Evolução da Auto-Consciência

quarta-feira, abril 20th, 2016

xxxx

Pesquisa sobre o fenômeno Barbara Hand Clow e Assuntos Relacionados

https://newsinsideout.com/2016/04/barbara-hand-clow-time

Surpreendente esta matéria e autora! A visão de mundo da MatrixLight/DNA tem sugerido que neste Universo esta’ ocorrendo um processo de reprodução genética de um sistema natural e auto-consciente que existia/existe antes do Big Bang e o qual deflagrou o Big Bang como um ato similar ao da fecundação. Nos seriamos aqui nesta região e tempo do Universo, 8 bilhões de genes semi-conscientes que estamos construindo alguma parte do embrião  de consciência cósmica. Desse fato se deduz que a atual consciência humana ainda é muito primordial, estando ainda ou em fase embrionaria oi na fase de recém-nascido que nem sequer abriu ainda seu próprio olho ( a terceira visão). Agora me deparo com uma autora cujos escritos parecem bater fielmente com a Matrix/DNA Theory. A autora tem uma origem incomum: é filha de cherokees cruzados com celtas. Seu avo de origem celta era uma especie de guardião-mor da cultura e sagradas escrituras da mitologia celta, e ele transmitiu esse conhecimento para a curiosa neta. Esta desenvolveu certas capacidades hipnóticas e sugere que consegue retroagir no inconsciente terrestre do tempo até 150.000 anos atras (!!!) e retorna com um extenso trabalho de itens jamais pensados pelo homem moderno. Registro aqui esta breve leitura introdutória rápida para quando tiver tempo pesquisar esta autora e tentar ler seus livros.

Diz ela:

” Considering the Western rational mind, its development begins around 2500 years ago during the Golden age of Greece and culminated during the Renaissance 500 years ago. The Western rational mind is merely the most recent advance in human consciousness. Before rationalism, the mythical mind first appears around 10,000 years ago and superseded the magical mind around 5,000 years ago. Back much farther in time, the archaic hunter-gathering mind is the first emergence of human consciousness around 160,000 years ago, which blossomed fully 100,000 years ago when humans developed art as we can see in the Paleolithic cave paintings. What is unique about hunter-gatherers is they were totally fused with Earth’s vibratory fields. They knew everything that was going on in their habitat and even had global intelligence, which is brilliantly described in the magnificent film, Avatar”

E isto se encaixa bem na teoria da Matrix/DNA que sugere estar a consciência humana se desenvolvendo pelo mesmo método embrionário dos nossos corpos físicos, ou seja, passando pelas fases e formas de morila, blástula, feto, etc. Isto porque, segundo a Matrix/DNA, a auto-consciência, seja humana ou cósmica, é um sistema natural construído pela mesma formula de todos os sistemas naturais, apenas com a diferença de que a auto-consciência é o software do sistema, a identidade abstrata do sistema. Quando a autora diz que a consciência começou a emergir nos trogloditas caçadores a 150.000 anos,me obriga a a expandir a mente para tentar imaginar quanto é longo o processo embrionário dos sistemas a nível cosmológico, pois para humanos isto se faz em apenas 9 meses. Mas claro, quando se sai das escalas a nível humano para entrar nas escalas a nível astronomico, as devidas proporções devem ser surpreendentes.

Outro detalhe importante captado apenas no texto acima e que bate com o já sugerido pela formula da Matrix/DNA  é a menção de que do que os primitivos humanos tinham um cérebro fundido com o campo magnético da Terra e isto lhes possibilitava um diferente e elevado conhecimento sobre certas coisas que nos não temos hoje. A Matrix/DNA sugere pela formula que o pequeno caroco que existe quase no centro do cérebro e denominado glândula pineal é resquício da involução da antena dos antepassados no-racionais,os quais percebiam por essa antena os efeitos do campo magnético planetário e/ou outros corpos mais próximos. Fica a grande questão – se essa hipótese tiver realmente fundamento – sobre qual o fato teria usurpado esta utilíssima propriedade de percepção ao longo da evolução das ultimas especies,  qual seria o método para recuperar essa propriedade de percepção.

xxxx

Notas Importantes:

Barbara dizendo-se mensageira de Pleiadians, os quais dizem que os movimentos energeticos entre 2012 e 2015:

” …. we Pleiadians announced at that time through Barbara Clow that nine dimensions—advanced human perceptual abilities designed to take you beyond limitation—were fully available to human consciousness. Think of it as a lovely Oriental fan that is slowly opening to show its beautiful birds and flowers. To summarize the nine dimensions: More of you can read the intelligence in the Earth’s core; detect tectonic changes; be totally grounded in linear space and time; analyze the dark and light forces easily; live with an open heart; align with ideal geometrical form; listen to the music of the spheres; communicate with the divine intelligence; and attain galactic citizenship. The tenth dimension is the vertical access that carries you into the Universe to garner your galactic citizenship papers. We await you.”

——-

Extraido de:     http://www.handclow2012.com/News/NineUs_NineDs.pdf

Therefore, we’ve decided to identify pertinent positive and negative aspects of the Nine Underworlds that currently function in your reality. We offer this information because negative behavior on the part of people in power confuses you while bizarre and barbaric human acts shock you. Listen carefully: If you can identify the positive and negative aspects that developed during the nine evolutionary phases that completed in 2011, you will see that the people in power are often unconscious “carriers” of negative evolutionary patterns. Essentially, by adopting a power role they sacrifice themselves because their collective role tends to overwhelm their personal integrity. You should appreciate them for this because otherwise you would have few ways to identify these dysfunctional patterns to excoriate them from your consciousness. When you cut these patterns out of your minds, you allow leaders to stop carrying them, which could get poor Jesus off his cross! Meanwhile, some leaders and individuals consciously carry positive patterns that weave timelines that form “ropes” between human hearts and the beings in the universe. For example, the San people of South Africa actually see these ropes. Individuals who take on a power mantle are highly complex and usually unfairly judged. As you observe your leaders attempting to rule during the current chaos, we will give you a little tip: Anybody who dons a power mantle is immediately told their choices and actions are monitored by extraterrestrial intelligence. Watch them carefully; you will see it. These are times that make ordinary men into saints or devils or both. As some of you know, the Nine Underworlds of Creation and the opening of human multidimensional awareness describe the cyclic unfolding of evolution in the Milky Way Galaxy. The Nine Underworlds of Creation as defined by Calleman/Clow are very complex. They must be diligently studied and mastered by as many of you as possible because comprehending this gift from the Coba Maya enables you to be self-reflective about creation itself; this enables you to find your place in the grand scheme of things. As you do this, beings in the fifth through ninth dimensions have special badges, robes, and hats waiting for you when you identify your own role! What could possibly be more important, since you are poised on the edge of annihilation as you become conscious of your place in the multiverse? As we see it, you are going to do it because the negative patterns of the dark forces are burning up in the sunlight; the king, queen, and the pope have no clothes. The mayor too! Everything in human behavior is now visible, so let’s look at it through the nine lenses of the Underworlds.

 

xxxxx

Pesquisa:

website de barbara: http://www.handclow2012.com/journeyninedimensions.htm

Ler Barbara PDF em : http://www.handclow2012.com/News/NineUs_NineDs.pdf

– Carl Calleman – ” The longest Mayan Calendar that explores 16.4 billion years of human evolution, as proposed by the biologist Carl Johan Calleman, completed itself in 2011. Then nine waves of evolution began flowing simultaneously, which is explored in Calleman’s upcoming book, The Nine Waves of Creation.”

– Mayan Calendars

– Livro final: …. “published as one condensed book, The Mind Chronicles, in 2007.”

– Ultimo livro agora:  ” my debut novel, Revelations of the Ruby Crystal ”

– Vancouver’s Body, Soul, and Spirit Expo on April 16 – Ver website

– Ver livro: The Ever-Present Origin by the German philosopher Jean Gebser.

–  Ver https://newsinsideout.com/2016/03/navigating-omniverse-omniverse-author-alfred-lambremont-webre-geri-destefano-webre-phd-vancouvers-body-mind-soul-expo-april-17-2016/

– Cuyamungue Institute near Santa Fe, NM to train with the woman who discovered ecstatic trance postures in 1977, Dr. Felicitas Goodman. Ecstatic trance

Estado de Espirito Hoje – 19 de Abril de 2016 – na MatrixLight/DNA

terça-feira, abril 19th, 2016

xxxx

Nesta fase de infância da consciência cósmica na Terra, poucas células de consciência nascem no estagio em que a consciência começa a firmar-se como dominante num corpo herdado e ainda com a genética dominada pelo animal. Toda vez que nasce um novo baby, ressuscita uma das três tendencias da besta fera, ou seja, do animal de onde o corpo físico veio: ser agressivo grande predador como leões e tubarões, ser médio predador como lobos e raposas, ou ser o inerte mas também egoísta gado. Portanto as palavras direita e esquerda, quando se refere a ideologias de pessoas, são meros rebuscamentos para mascarar a herança animal. Direitista e’ a tendencia a grande predador, esquerdista e’ o médio predador almejando ser grande, e ao lado destes, tem o gado.
 
E’ fácil a uma pessoa auto-psicanalisar-se a si própria e descobrir a forma profunda que dirige sua carga genética e portanto, seu cérebro. Basta perguntar-se o que faria se tivesse ou imaginar-se tendo uma boa soma em dinheiro. O que escolheria a fazer da vida? Ter um bar na praia tocado por um empregado barato enquanto se pode ficar tomando banho de sol? Genética de médio predador. Ter uma loja? Genética de médio predador. Em emprego publico ou privado engravatado e perfumado sob o ar condicionado? Genética de médio predador. Ter uma grande fazenda e levantar todos os dias de manha saindo a passear de cavalo para fiscalizar sua grande propriedade e empregados, animais, etc? Genética de grande predador. Casa boa e cheia de crianças brincando, geladeira cheia, muros altos garantindo a segurança? Genética de gado.
 
Todas as três condições apontam ainda um grande atraso em relação a evolução cósmica da consciência superior. Pois esta consciência se revela quando um individuo, tenha a soma de dinheiro tiver, a liberdade de escolher o status e funcionalidade social que quiser, não renuncia de maneira alguma ao sonho de levantar todos os dias e passar varias horas mexendo na terra com as mãos sujas cultivando as plantas que vão alimenta-lo, abrindo buracos e fazendo a massa de mais uma construção que abrigue alguém como ele esta abrigado. Pois ele nunca se esquece que antes d nascimento de todo ser humano existe uma condição para sua existência, que e’ comer o pão pelo calejar de suas próprias mãos. Se não o fizer, estará vampirizando a energia de outro ser humano, pois nada cai do céu gratuita,mente, alguém tem que produzir o que comes, a casa onde moras. E enquanto outro alguém estiver fazendo isto por ti, estará sendo prejudicado no seu tempo ofertado pela Vida para buscar seu aprimoramento intelectual e portanto, da sua própria consciência.
 
Se eu fosse Deus, e se os humanos são o resultado atual do erro de si mesmos cometido no passado e na forma de algum ancestral, o mecanismo que eu criaria para conduzir os humanos a essa evolução, seria o da reencarnação sujeita a lei da ação e reação. Pois alguém com o instinto predador herdado do reino animal, so pode amar a justiça de verdade, tendo sido vitima da injustiça. Alguém com o instinto de sistema fechado em si mesmo – a outra forma de máxima expressão do egoismo – que e’ o instinto de gado, so’ poderá despertar e curar-se, se ficar sem o pasto de relva verde, como esta’ sendo a direção deste planeta sob o aquecimento global.
 
Então, no primeiro nascimento, colocaria uma alma para nascer dentro de uma família abastada, com físico formoso, dando-lhe a oportunidade do teste de seu caráter. Se esta alma escolher o caminho fácil de não calejar suas mãos e arrumar qualquer outra ocupação como justificativa para se auto-desculpar. estaria praticando a injustiça sobre alguém que teria de produzir o seu consumo. Para esta alma ver que isso e’ errado, seria mais um nascimento, uma nova vida, agora nascendo num lar desfeito ou sem família alguma, malformado fisicamente, predestinado a ser escravizado pelos que nesta vida atuam como ele atuou na vida passada. Reação igual a previa ação.
 
Mas mesmo assim, sendo um humano imaginado o que faria se fosse Deus, essa ideia de re-encarnação e a observação da vida na Terra, não me agrada,jamais faria isso deste jeito. Pois fosse qual pecado ou crime cometido por um humano, cria da minha cria como Deus, eu não permitiria vê-lo sendo consumido numa cama por virus como de fato acontece, na permitiria uma ovelha passando pelo terror de ser destrocada viva por um monstro sanguinário como realmente acontece, não permitira ver uma criança humana triste vivendo sob o jugo da miséria como acontece com a maioria da população de humanos. Sendo assim, recolho meu poder de razão a um patamar inferior de capacidade e revoltado, ou brigado a viver sob a consciência de que sou incapaz de ser deus porque se o fosse jamais permitiria esse mundo que deve estar sob o ugo de algum Deus. Minha vontade agora e’ me retirar da existência deste mundo, ser o nada infinito por toda eternidade, do que estar assistindo esta carnificina e animalismo a que sou obrigado assistir e a não poder nem mesmo estar trabalhando minha pequena terra para produzir o que estou consumindo e um pouco mais para ajudar os que fisicamente são incapazes de faze-lo,… como exige minha consciência e a visão de mundo em que acredito por enquanto, que ‘e a da MatrixLight/DNA, onde seriamos 8 bilhões de genes tentando construir o embrião de uma nova consciência, a filha a nascer para a consciência cósmica, apesar de que a quase certa ausência dela por aqui, indica que estamos na primeira fase de todo ciclo evolutivo, que e’ a fase dos ovos botados fora e a prole abandonada a própria sorte momentânea, porque a sorte a longo prazo, a de ser o embrião nascido cósmico, esta’ garantida pelas leis naturais e o mecanismo da re-encarnação.

Super-Organismo e a Aureola Mental em Volta da Terra

domingo, março 27th, 2016

xxxx

Uma das dificuldades que nos afasta da hipótese do super-organismo e’ a nossa tendencia e necessidade de localizar os objetos no tempo e no espaço. Alguns podem imaginar a camada mental primeiro sugerida por Teilhard du Chardin como um anel a 100 metros acima do solo , como uma nuvem para onde estariam indo todas as metades direitas das mentes dos humanos, e depois para onde vão as outras metades esquerdas quando os humanos morrem.

Outros – lembrando-se da descrição da Dra. Jill Boltes sugerindo que estamos todos conectados por canais de energia – tendem a imaginar que esta aureola esteja na altura das cabeças humanas, ou seja, mais ou menos a um metro e meio do solo.

Não e’ destas maneiras que se deve pensar a hipótese do possível anel invisível. Temos que pensar em termos de realidades paralelas, onde mundos de objetos densos se relacionam superpostos a mundos de objetos menos densos que tambem se relacionam.

Lembrem-nos por exemplo da incrível e poderosa força gravitacional ou magnética que mantem a Terra ligada ao Sol. Não e’ possível a nos imaginar o tamanho desta força, no entanto, ela esta’ atravessando nossos corpos e em muitos sentidos nossos corpos são mais fortes que ela, pois eles conseguem realizar movimentos livres dentro do campo dessa força.

Para entender isto, imagine uma prancha inclinada, como um escorregador de brinquedo para crianças, nas areias da praia. Podem ter grãos de areia na prancha sendo sustentados por um minimo de força qualquer, de atracão entre a matéria da areia e da prancha. Quando um humano emprega sua força para empurrar a prancha, para o grão de areia isto seria uma força descomunal. Mas a força, apesar de estar vindo de um agente a frente do grão e atingindo um objeto atras do grão – estando portanto o grão de areia no meio da força – não atinge o grão, tanto que ele consegue se mover caindo para baixo. A prancha vai, mas o grão fica.

Não vemos e não sentimos a enorme força de atracão entre um planeta e uma estrela porque somos como grãos de areia no meio desta força. Mas sabemos que esta força, sua substancia, que preenche seu campo de força, existe. Apenas esta’ numa realidade paralela de uma dimensão astronômica, diferente da nossa pequena dimensão. Ora, se houver a camada mental do inconsciente coletivo como um anel em volta da Terra, torna-se insensato querermos pensar num local de situação para esta camada. Ela e’ astronômica, nos movemos entre ela como grãos de areia. São camadas superpostas de dimensões, realidades, que escapam aos nossos sensores cerebrais. Com isso, diminui-se um pouco nossa dificuldade em aceitar e investigar a hipótese dessa camada mental do que sera’ um super-organismo inconsciente mas portando consciência, como queiramos seja Gaia. E’ possível que esta camada sutil esteja aqui mesmo `a nossa altura, como viu a Dra Jill em seu derrame cerebral.

A Consciência e a Quântica: O que realmente a Ciência sabe hoje

quinta-feira, março 24th, 2016

xxxx

( Baseado no artigo: Extropians, Kurzweil, Libertarians, and the deluded immortality scam Posted by PZ Myers on March 8, 2016, no Pharyngula)

 

Quantum theories of mind come in two flavors: (1) real science, and (2) unscientific twaddle ( disparate).

1) The real science is primarily the work of Roger Penrose (yes, that Penrose, who collaborated with Stephen Hawking on the theory of black holes), Stuart Hameroff, and their associates.

Penrose reasoned that it is logically necessary that consciousness is not purely algorithmic and cannot be replicated in a Turing machine. He further reasoned that quantum wavefunction collapse likely plays a role in the activity of neurons.

Hameroff, an anaesthesiologist, was interested in the question of how surgical anaesthetics act to temporarily shut down consciousness. He reasoned that consciousness must originate with processes that occur within neurons, as well as between neurons. Those processes would occur on a scale that straddled the border between classical and quantum phenomena. To put it differently, Hameroff was interested in the mechanisms by which neurons could function as nodes in neural networks.

Hameroff already had track record with another of his hypotheses: that the glial cells (“white matter”) in the brain, played a role in information processing. Up to that point, conventional wisdom was that the glial cells were only structural tissue, whose function was to hold together or glue together the “gray matter” of neurons: glial cells were thought to have no further activity related to mental functioning.

Hameroff’s hypothesis about glial cells was strongly supported by empirical findings, and became part of the canon of current neuroscience. Probably as a result of this, he looked at other “purely structural” matter, inside the neurons, that might be a candidate for information processing, and decided that the “microtubules” that form the cytoskeletons of neurons, were a likely candidate, due to characteristics of the proteins from which they are built up.

Penrose & Hameroff met at a conference and each found the other’s ideas to be the missing pieces they needed for their own. A series of empirical tests were undertaken, some of which have been supportive, others not, so the evidence thus far is equivocal. This work is ongoing.

Their theory has attracted quite a bit of controversy. One of the first objections was that QM phenomena can’t occur at biological temperatures and scales. This was falsified by unrelated findings of QM activity in plant photosynthesis and in avian optics. The arguement continued in other forms, and will hopefully be resolved one way or another by unequivocal empirical findings.

xxxx

2) The twaddle comes primarily from proponents of New Age religious beliefs, who latched onto QM and then subsequently latched onto Penrose & Hameroff, as somehow providing a basis for the existence of the soul. Logically that’s a complete non-sequitur, but logic never stopped that sort of thing.

The chief culprit here is none other than Deepak Chopra, who probably needs no further introduction in these pages. Chopra has a track record of befriending various scientists, medical experts, and so on, and recruiting their ideas into support for his own. Lo and behold, he made friends with Hameroff and started babbling about “quantum mind,” much to the dismay of those of us who would prefer that science & religion remain as separate as church & state.

I once heard Chapra on Public Radio talking about Christianity and Islam. I didn’t know who was speaking until a station break announced his name, and I was surprised (having known of his reputation for intellectual sloppiness) at how well he knew his stuff. OTOH, I also followed a link on one of the skeptic blogs I read, to something on Chopra’s website, and found it to be so incoherent that I couldn’t bother to spend more than five minutes on that site.

Point of clarification: where I said that Chopra “knew his stuff,” I was referring solely to his talk about religion, and most emphatically not to anything science-related. Chopra would do well to stick to comparative religion & philosophy, where he could actually do some good. But he should stay away from science other than as an interested layperson.

To the extent that he (or other laypeople with audiences) want to comment on science, they should be willing to clearly mark off the difference between accepted theories and findings on one hand, and controversial ones on the other hand, and their own speculations on the third hand. This is a serious problem in science writing by laypeople in general, and particularly so with those who have large audiences and also have ideological or philosophical biases

xxxxx