Posts Tagged ‘corpo’

Entendendo a origem da Vida pela origem do seu corpo

segunda-feira, setembro 18th, 2017

xxxx

Para entender como e porque a Vida surgiu neste mundo, você precisa entender por uma nova perspectiva, como seu corpo surgiu neste mundo, pois os dois eventos foram produzidos pelo mesmo método.

O seu corpo foi criado por uma unica força dividida em suas duas forças opostas. Uma força começou como um ponto, no centro do ovulo, vamos chama-la de “genética”. A outra força começou como uma grande bolha, vinda do mundo exterior, amnion, placenta, vamos chama-la “epigenética”. A fonte, a força unica, chama-se “espécie humana”. Esta especie se coloca como causa primeira, na forma dos pais, e se coloca como efeito ultimo, quando sua forma renasce como uma criança. Na forma de causa primeira, ela é o ponto, o genoma dos pais, que tem a tendencia a reproduzir a forma e no seu aspecto epigenético ela é o ambiente exterior que ajuda esta reprodução porque ele é modelado como um berço para acomodar o feto e como um magneto, puxando, ajudando, o feto a ir na sua direção, na direção da forma.

Nas origens da Vida, o genoma veio da evolução anterior de 10 bilhões de anos, a chamada “evolução cosmológica”. A qual modelou planetas como a Terra para ser o ideal ovo contendo o ideal amnion, envolvido pela ideal placenta – esta atmosfera que nos circunda. Assim a epigenética se coloca como exterior ao palco onde a Vida germina e floresce, intervindo com mutações para a forma do feto se encaixar na sua forma. A estas mutações, que a humanidade ainda não conhece a causa, por isso acredita que são meros produtos causais, erigindo dai’ toda uma visão de mundo niilista que construirá mais uma civilização fadada ao fracasso, a ser derrubada pela realidade natural como foram as outras construídas em cima de visões de mundo misticas equivocadas.

A forma a ser reproduzida pela vida final ora espalhada em muitos planetas de muitas galaxias vai finalmente reproduzir o ser desconhecido que produziu a fecundação num estrondoso evento conhecido como o Big Bang. De  vem a força total, unica, e isto significa que  tem alguém esperando o nosso nascimento, como seus pais aguardaram ansiosamente e torcendo com fervor (pois pouco podem fazer para consertar os seus caminhos errados, já que os pais não podem estarem na genética dentro do ovo), para que você tivesse o melhor desenvolvimento e o maior sucesso. Mas para ser bem sucedido nesta obra de grandeza cósmica, é preciso saber o que fazer, como se conduzir, e isto só se faz se realmente entender-mos o que é este mundo e nossa Vida.

(Obs.: Isto e’ uma teoria, resultado da minha investigação e raciocínio particular. Como eu não sou dono da Verdade e de fato não a conheço, e como nao sou fanatico crente em teorias, apenas escolho a melhor sefgundo minhas preferencias. Voce deve conhecer esta teoria para acrescentar as outras existentes, pois isto enriquece as fundacoes da sua propria escolhida visao do mundo).

Provas da Evolução que Você pode encontrar em seu Corpo ( video)

terça-feira, setembro 12th, 2017

xxxx

Interessante video sobre vistigiais interrompidos pela evolucao porem ainda mantendo seus templates,  como mucles da mao, da cauda, arrepios, etc.

https://www.youtube.com/watch?v=rFxu7NEoKC8

O que causa as instantâneas “experiencias fora do corpo”? Cientistas Dizem que e’ Falha nos Ouvidos!

segunda-feira, agosto 14th, 2017

xxxx

(Traduzir artigo e comentario)

What Causes Spooky Out-of-Body Experiences? It Could Be Your Ears

https://www.livescience.com/60047-out-of-body-experiences-inner-ear.html

And my comments posted at 8/14/2017

 Louis Charles Morelli

We have scientists and their technical article focused on the ear, and all comments below from the public saying that is not the ear, it is… a thing called “soul”. Nature working in its way, the universal duality of opposites is here. But, Nature also has another universal trait: at initial conditions of any system, arises two extreme opposites which are in mutual conflict. The conflict creates chaos around, and suffering for both. The suffering makes they wake up, conflict is worst, then, they join as a par. The par produces a third element, which is more evolved than the two parents. Ok, it means that who is right here, is not scientists, neither mystics. Must have a third alternative, with the right solution. Which is it? I think is Matrix/DNA Theory world view. It suggests that we humans, carries on ahead with the function of a egg. Inside the egg there is the amnion and placenta, which are the brain. The fact of spinal cord means that the egg was recently fecundated, the cord is the remains of spermatozoon’s tail. The creature being generated has a body under formation composed by energy from the synapses. This is the physical, hardware part of the creature. Which has under formation its software, its mind, which we call consciousness, composed by the cloud of light resulting from the energy sparks.
So, we are 8 billion half-conscious genes building a baby consciousness. My friends scientists and religious… this conflict is no intelligent. Because, genes are mortally dependable of their own success but also of the other 8 billion success. If one unique gene does not make his/her work, we – the baby – will born handicapped.
Which has the best belief that produces the best moral code for a better humanity? The scientists belief is too much “could”, mechanistic, does not respect the humans emotions, felling, etc. The “souls” believers are too much metaphysicals, while the embryo that need work is here, at material ground. The Matrix/DNA supporters are trying to help all 8 billion genes for to get good life’s conditions for doing well their job that we need. Think about that…
xxxxx
Other good article about this issue:
The woman who ‘can leave her body at will’: Student sheds light on the strange brain activity involved in out-of-body experiences

Read more: http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-2575550/The-woman-leave-body-Student-sheds-light-strange-brain-activity-involved-body-experiences.html#ixzz4pldmqw3t

Duas diferentes cosmovisões debatem: Quais as diferenças entre o computador hardware/software e o humano corpo/mente?

quinta-feira, abril 6th, 2017

xxxxx

Minha questao postada no Quora e acompanhamento do debate:

https://www.quora.com/Whats-the-difference-between-computer-software-hardware-and-human-body-mind

What’s the difference between computer software/hardware and human body/mind?

Jonathan DayJonathan Day, 4/6/2017
Ultimately, none.

Alan Turing created an imaginary computer, the Turing Machine, that could perform a few basic functions, moving around a tape or set of tapes. He proved that all systems based on logic MUST be equivalent or inferior to a Turing Machine. No exceptions.

We now know that there are no quantum effects in the brain and that the sorts of quantum effects that you could get in regular cells can all be reduced to systems based on logic.

A human being, therefore, is a highly complex machine (the brain has 85 billion neurons and a neuron can have up to 3,000 synapses, so you’re dealing with 255 trillion connections that can amplify/suppress signals – we’re getting into serious numbers here). A machine so complex that attempting to reproduce it with modern technology would result in a computer around ten blocks square and two or three storeys high.

So, human brains are smaller for now. That’s kinda cheating because it’s not an intrinsic difference, merely a technological one.

Louis Charles MorelliLouis Charles Morelli – 4/6/2017

Very helpful, Jonathan. Thanks. But… I think that with yours world view we will not make progress towards quantum computation and knowledge of human mind and consciousness. Yours perspective is totally mechanistic, based on Physics and Math, as the modern scholar mindset. Maybe you are right, but is is not what my personal research and world view is suggesting.

First of all, Turing did not know what a natural system is. So he did not know the logic running in these systems. If you are interested go to my website to see the formula for all natural systems.

Second there is no quantum effects in the human mind as software because quantum effects are related to an inferior level of organization of matter: it fills the boundary between Newtonian mechanics and biological organization, the frontier between the hard and bone skeleton _ studied by the fields of Physics and Math – and the beginning of the soft meat ( where begins biological organization. The human psyche organization is a superior level).

Third, we can not build a computer reproducing the human brain with this actual technology, neither hundred blocks square: complexity has a limit at any evolutionary lineage. When reaching that limit, occurs an evolutionary jump, a transformation. As happened to human brain, the jump to consciousness. It means that we need to proceed a transformation of our actual technology. Not based on binary digits and so, based on seven variables, like the DNA code. By the way, I think it is good talking between different world views. Thanks.

 

Corpo Humano pela Formula da Matrix/DNA: Mensagens da Matrix

domingo, fevereiro 12th, 2017

xxxx

Todas as partes do seu corpo foram construídas pela natureza acionando um conjunto de forças-comando que flui através da matéria e se você não conhecer isso, jamais vai entender com clareza seu corpo e não vai poder ajudar seu corpo a manter sua saúde e acelerar sua otimização, sua evolução. A sua sorte é que eu consegui descobrir esse comando e consegui transcreve-lo como uma figura, dinâmica, a qual chamo de “A Formula da Matrix/DNA”. Fica muito fácil entender todos os sistemas, sub-sistemas, órgãos, circuitos, doenças, do corpo tendo esta formula sobre sua mesa. E você vai descobrir coisas surpreendentes jamais imaginadas pela humanidade, o que vai levar seu cérebro, sua inteligencia mental a dar um grande salto evolutivo. Então por que não investir alguns minutos conhecendo a formula, se tudo e’ de graça?
Por exemplo, suas mãos. De onde a natureza tirou a ideia de fazer estes acessórios no seu corpo e nesta forma, com suas funções?! A nossa primeira forma foi redonda,uma célula, sem mãos e pernas, mas ela não sobrevivia bem sem poder agarrar alimentos próximos ou mover-se, então aquela célula percebia o alimento próximo e uma desesperada necessidade de agarra-lo, tentando alongar-se na direcao dele.Este “desejo” sempre aciona a formula, porque a célula já era a formula materializada, e “acionar a formula” significa a formula se reproduzir. Acionada a formula ela tem que construir uma arquitetura natural material para ela se expressar por completo, e isto leva tempo, depende dos materiais disponíveis no ambiente, etc. A instalação da forma material passa por fases evolutivas por isso primeiro surgiu o simples cílio na célula, depois foi evoluindo para patas de aranhas,cascos de cavalo, garras de leão, mãos de macacos, ate chegar a mãos humanas onde a formula esta quase ou já foi completada.Para entender sua mão e descobrir um novo mundo muito interessante, ponha sua mão esquerda sobre a primeira figura abaixo de maneira que a palma fique sobre F1, o cone, e o mindinho sobre F2, etc. mas entenda algo da formula antes: ela representa um sistema natural perfeito e foi feita pela Natureza aplicando uma onda de luz ( porque a onda de luz completa foi a primeira forma que esta formula apareceu neste universo, e você pode ver isto no meu website na figura do espectro eletromagnético) sobre um único corpo material inicial. Como a onda de luz, ou a formula, é um sistema construído pela força do ciclo vital que faz o corpo se derivar em varias formas/funções diferentes, cada parte, cada “F” da formula representa uma faixa etária da vida do sistema. F1 representa a gestação de um novo corpo, F2 representa o baby nascido, e assim por diante ate chegar em F7 quando o cadáver do corpo se desintegra em seus fragmentos. Então a palma da mão representa a chegada da formula no pulso e começando a gerar o novo acessório, o mundinho representa o baby nascido, o outro dedo representa a criança e adolescente, etc. Assim descobres que cada dedo tem uma função em tudo que você usa sua mão, e cada função é igual aquela que seu corpo inteiro representa e faz na vida real, em cada uma de suas faixas etárias. Experimente por exemplo tocar violão ou piano usando cada dedo de uma vez a começar pelo mindinho e tente perceber que você esta contando o ciclo da vida na forma de sons, e isto pode te inspirar a criar musicas.Muitas coisas interessantes vais descobrir sobre suas mãos.
Mas vamos a cada sistema do corpo, detecte o órgão principal, desenhe sobre ele F1, e siga localizando em cada outra parte do sistema os outros Fs. Veja no meu website por exemplo porque descobri o que faz o ciclo do bom colesterol se tornar o mau colesterol. Mas vamos agora ao cérebro, o qual é outra copia da formula. Tem um centro, o hipocampo, e em volta, espalhados no cérebro tem glândulas como a pineal, pituitária, etc. e este conjunto revela a formula, um novo entendimento do cérebro surge. Explica por exemplo porque e o que acontece por estar-mos usando quase que apenas o hemisfério direito do cérebro, vendo apenas a metade do mundo material ( vemos a substancia material mas não vemos a outra metade formada pela substancia luz). O hipocampo é a expressão de F1, que recebe os estímulos e começa a gerar um pensamento que sobe em circuito para a glândula que expressa o baby e assim por diante. Mas quando o pensamento chega em F4, onde termina a face esquerda da formula, ao invés de seu circuito seguir para F6 e fazer a volta completa, ele bate na parede do corpus callosum dividindo os dois hemisférios e despenca caindo de novo no hipocampo. Se for um pensamento importante, um estimulo importante, vai ficar ali armazenado como memoria. Mas o circuito não passou pela face direita da formula, não utilizou o hemisfério direito, por isso estamos operando no mundo material pela metade, e nossos conhecimentos, nossa inteligencia, são meias-inteligencias. nas minhas meditações baseadas na aura de fótons conectados como a formula eu tenho forçado o circuito mental atravessar o muro, e talvez tenha conseguido alguma coisa, pois fui o único humano ate agora a perceber numa onda de luz que ela é semi-viva pois ela se propaga pelo ciclo vital e ela contem o código da vida que mais tarde construiu o DNA. A humanidade continua sendo torturada pela nossa impossibilidade física de resolver obstáculos que depende de usar a formula. Esta sendo torturada por doenças milenares que nunca foram resolvidas, como canceres, diabetes, ataques cardíacos, etc., e tudo isto devido a nossa ciência ainda não conhecer esta formula, assim não entendo os princípios, as origens, e os significados do corpo como sistema, que é o que produz estas doenças. se você tiver juízo e realmente desejar tudo de bom para nossas crianças, nossas próximas gerações, tentar evitar que nossa especie seja extinta antes de conseguir-mos a evolução para enfrentar as mudanças cíclicas deste planeta semi-vivo igual a formula que o fez, você vai entender que deves colaborar na divulgação desta formula por todos os meios possíveis. A segunda figura abaixo retrata a formila no seu estagio evolutivo na nossa ancestral e criadora astronômica – a Via Láctea – e como estava naquela época a forma dos ancestrais dos cromossomas sexuais. A terceira figura mostra como a formula se apresenta em todos os sistemas naturais existentes, todas as arquiteturas naturais, desde os átomos, as células, as mãos, etc. E que… a força da Luz, a Matrix/DNA, esteja convosco…
E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Circuíto Sistêmico ou "Software" extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Circuíto Sistêmico ou “Software” extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Maos-Pela-Formula-da-MatrixDNA-300x268

Mais Uma Importante Descoberta Sobre como e porque apareceram os Acessórios de seu Corpo: Bracos, Nariz, Pernas, Olhos, etc.

sábado, março 26th, 2016

xxxx

O primeiro ser vivo, realmente completo e funcional, foi um sistema celular, uma unica célula, com núcleo e todas as organelas. Mas esta célula era meio arrendondada, uma especie de bolota fechada dentro de uma capa membranosa. 3 ou 4 bilhões de anos depois esta célula se tornou um sistema humano. A forma arredondada se tornou alongada, surgiram os membros como braços, pernas, e os sensores primitivos da célula para sentir o mundo externo se exteriorizaram, tornando-se olhos, nariz, ouvidos…

Quando eu vivia isolado como ermitão no meio da selva amazônica, eu pensava muito nisso, depois que o Sol se punha, com os olhos ora indo da biosfera que me rodeava, ora ao céu límpido e mais estrelado do mundo. Não tinha tv, Internet, nem uma pessoa com quem conversar, nada a fazer, então tinha tempo para, literalmente, deixar meu corpo na rede e me imiscuir no meio destas duas tão diferentes dimensões do mundo externo, tentando senti-los por dentro para desvendar seus segredos, principalmente buscando o que havia no meio da matéria perceptível aos meus sentidos, daquele céu estrelado, que realizou esta fantastica façanha, de transformar um mundo de estrelas e planetas em uma célula viva, e depois num ser humano, como era meu corpo la’ embaixo.

Sentia que a coisa mais importante destes dois mundos estava escapando por entre minhas mãos, e se não a encontrasse, minha vida se esvairia sem sentido, inútil, como era a vida dos animais que me rodeavam na selva. Tinha que ter algo dentro da Natureza, no meio daquela matéria toda, que fosse dinâmica, imbatível, e com um proposito nos seus movimentos, um sentido, uma meta, para sua existência, senão, seria impossível explicar racionalmente este mundo. Mas o que poderia ser?!!

Então, numa destas ocasiões me imaginei pondo em cima da mesma mesa de laboratorio, o desenho do céu de estrelas, mais a primeira célula viva, e a seu lado, um corpo humano. E cheguei mesmo a quebrar um galho de arvore, fazer uma placa com uma folha de palmeira, colar um pedaço de cartolina na folha e escrever algo em letras grandes. O talo da placa foi amarrado `a mesa de maneira que em cima do corpo humano escrevi: “isto aqui…”, e em cima da célula escrevi ” veio daqui…”, enquanto em cima do céu estrelado escrevi: “… que veio daqui!

E mais embaixo em letras garrafais: ” Agora descubra como… o que fez isto!”

Claro que a resposta não poderia ser simplesmente, o DNA. Este era um efeito, e não a causa, o motor ou agente universal. Nem o acaso. Nem Deus. Não existe Magica. Ali estava a prova que não tem Evolução Cega, pois a vontade, os desejos, que estavam dentro daquela célula eram os mesmos desejos do mundo externo e seus meios-ambientes que se modelarem na mesma direcao da célula, justamente para um se encaixar no outro que o envolveria.

Bem que antes tentei todas estas hipóteses, mas descobri que para cada uma delas havia mais evidencias negativas que positivas. A resposta tinha que ser outra coisa, e esta coisa continuava oculta no meio das estrelas no alto, sussurrando no meio da escuridão da selva, pulsando e se movendo dentro da célula e do corpo humano. Mas o que e’ essa coisa oculta e tao misteriosa?

Em cima da mesa estavam os desenhos de uma célula primitiva, de uma galaxia, de um corpo humano, e as palavras de um mistério a resolver .

Sete anos depois o mistério estava resolvido. A força natural misteriosa foi detectada, e vindo não apenas das estrelas, mas dos momentos iniciais desde o Big Bang. Nunca vou poder provar a mim mesmo, que a coisa que encontrei foi a mesma que dirigiu aquela historia evolutiva de 13,7 bilhões de anos. Mas não importa. Porque e’ uma coisa que eu posso construir, e com ela eu posso começar de um Big Bang e depois de 13,7 bilhões de anos ter um universo e um corpo humano igualzinho aquele que representava o final atual da historia. Se foi Deus, se foi o acaso, se foi outro método, seja quem for, não me importa porque eu posso fazer o mesmo com esta formula, e ponto final.

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Então como a partir daquela célula primitiva foram aparecendo seus acessórios exteriorizados, se ela não era magica, e de fora dela tambem nada magico interviu?

Existe uma formula simples, natural, concreta. Mas nela já estão todos os requisitos necessários para projetar sua própria evolução ate’ chegar ao corpo humano, pois quando realizei mentalmente a construção da Historia, nada faltou nela para fazer cada detalhe do que existe hoje. Ela esta’ sob o processo da própria evolução. E sua vontade de evolução se explica porque ela quer retornar a forma de sua fonte, que e’ complexa. Assim como um espermatozoide quer voltar a forma de sua fonte originaria, que foi um ser humano, e trabalha incansavelmente com este proposito ate’ consegui-lo.

Esta formula chegou na superfície da Terra e construiu inicialmente para si, como ferramenta material projetando-se a si mesma, uma forma de átomos simples chamada ” molécula”. Ela começou tentando, experimentando e foi fazendo sua ferramenta pouco a pouco, a partir de moléculas que denominamos ” aminoacidos”. Ate’ que essa embriogênese de si mesma como forma materializada na Terra ficou pronta: era uma molécula composta de quatro nucleotídeos emparelhados lateralmente, horizontal e verticalmente, lado a lado, de maneira que, quando acionada pela luz ou energia solar… se punha a trabalhar como um robot faz-de-tudo. Este foi o building block que mais tarde iria se tornar todos os seres vivos e seus acessórios. Porque e’ a própria formula universal que já tinha construído os sistemas atômicos e astronômicos.

Nucleotideos e a Fórmula da MatrixDNA 2

A Fórmula da Matrix como "O Código Cósmico Humano" que veio através do DNA, do Sistema Celular e do Sistema Astronômico

A Fórmula da Matrix como “O Código Cósmico Humano” que veio através do DNA, do Sistema Celular e do Sistema Astronômico

Então quando um ser vivo, tal como aquele primitivo sistema unicelular quase arrendondado, oculto dentro de uma bolota simples e microscópica, precisa de um acessório qualquer para alcançar um objetivo para sobreviver e evoluir, não tem outro jeito de fazer este acessório senão o DNA fazer mais um novo building block e adiciona-lo `a pilha de nucleotídeos já existentes. Qualquer coisa que vai iniciar a ser feita, primeiro tem que fazer a formula e pô-la a trabalhar como sempre trabalhou, assim como quando queremos fazer um novo ser humano, primeiro precisamos fazer a sua formula, que e’ o genoma. Ela vai faze-lo automaticamente porem vai modelar o novo acessório, pelo mesmo motivo que a forma primeira no Universo desta formula começou a se modelar em diferentes formas e funções: uma onda de luz se expandindo, se infiltrando na substancia inerte e escura espacial, e como um rio, modelando-se em curvas, voltas, o que for necessário, para suas águas continuar fluindo, se expandindo.

Vamos então ver como surgiu o primeiro acessório naquela célula primitiva, que foi um cílio. O antepassado primeiro de bracos, pernas, rabos, pelos, cabelos, mãos de agarrar, etc. A célula precisava se mover na direcao de um grupo de átomos próximos que estavam formando um composto que continha o tipo de energia e massa que ela precisava para repor o que gastava na sua respiração, etc. Mas como bolota não tinha jeito de se mover e alcançar o ” alimento”. O lado da bolota mais próximo do composto de átomos sentiu extrema necessidade, extremo desejo, de se aproximar do composto. Toda a forca e energia da célula foi para ali, naquela região do seu corpo, canalizada. Por este canal chegou a formula projetada pelo nucleotídeo que o desejo criou. Na formula tem todos os requisitos para se fazer qualquer coisa neste universo.  Todos os mecanismos, todas as funções, e a capacidade para transformar estes mecanismos em tecnologia concreta, em aparelhos e instrumentos materiais. Assim como os humanos fazem hoje a tecnologia iniciada por um desejo, um imperativo de sobrevivência, de evolução, ou de bem estar.

Então era preciso uma extensão que ajudasse a célula se mover, Era preciso uma especie de tentáculo auto-movente, dirigido pleo nucleotídeo que era o cérebro primitivo da célula. E na formula, no nucleotídeo já existia o mecanismo, a função sistêmica para isso. E’ o próprio ” fio” desenvolvido por aquela onda inicial de luz, o leito por onde se esvai a água de um rio. Que na formula chamamos de circuito, o canal por onde passa o fluxo de energia/informação. Bastava alongar a membrana naquela região, mas não apenas isso, era preciso dotar a alongação de movimento próprio. Precisava então fazer uma especie de motor rotativo. E assim apareceu o que hoje conhecemos muito bem de motor ciliar. Porque na formula já existia a função de motor, ela já tinha feito este motor nas galaxias, constituído de um vórtice rotacional no núcleo da galaxia, um vórtice que mistura matéria com energia e ejecta tudo na forma de bolotas, as primeiras sementes do universo, que no caso eram sementes de novos astros celestes, planetas e estrelas.

ATP Sintase - How it Came From LUCA

ATP Sintase – How it Came From LUCA

Mas a formula contem sete partes, sub-ferramentas, porque ela e’ em si um sistema funcional completo, e estes precisam ter materializados as sete funções sistêmicas universais. Ora, para fazer aquele primeiro apêndice transportador e agarrador, um cílio, so’ precisava de aplicar duas das sete funções.

Mas e’ assim que a formula funciona. Ela tem que sempre ser a primeira coisa a se materializar quando um sistema, vivo ou não precisa de algum acessório ou sensor para se manter funcionando. Ela se materializa e se situa na região e onde deve sair o acessório. A partir dai ela começa a trabalhar, dirigida pela vontade do novo par de nucleotídeo que e’ ela mesma no centro do sistema. O cérebro. Se quando usou apenas duas de funções, o desejo se satisfez, a necessidade foi satisfeita, ela para de trabalhar. Como que recolhendo as ferramentas que ela levou para o trabalho mas que não precisaram serem usadas. E foi assim ao fazer os bracos, as mãos, as pernas… As vezes o novo acessório necessário e’ muito complexo. Como são os olhos, o sistema da visão. nestes casos ela talvez tenha que usar e aplicar todas suas funções, mas não apenas isso, ela tem que ,misturar, somar funções para criar ferramentas intermediarias. Assim como para tirar o pneu de um carro e’ preciso o macaco para levantar, a chave de roda para os parafusos, etc. Misturando suas sete funções, ou apenas duas, três, ela consegue o que chamamos de “fuzzy logics”, ela faz tudo o que precisa ser feito.

Então assim se explica o DNA como sendo uma ” pilha” de nucleotídeos, que dependendo do tipo de ser vivo, pode crescer infinitamente. Na verdade o DNA e’ uma pilha de unidades de uma formula. Por ser mais primitivo que o cérebro, o DNA não pode usar uma so’ unidade da formula para controlar todos os acessórios, como o cérebro faz com o corpo todo; o DNA precisa de uma unidade de “cérebro” para controlar cada detalhe do corpo.

Se eu não tivesse descoberto esta formula, nunca teria resolvido o mistério naquela naquelas noites que via ou pensava nas diferenças entre as mãos do macaco, as patas da capivara e as minha próprias mãos. Como foi a evolução daquele cilio inicial e porque se derivou em tantas formas diferentes? Com a formula na cabeça pela primeira vez na vida botei minhas mãos perante meus olhos e pela primeira vez na vida percebi que a palma da mão imitava – no sentido da evolução e no trabalho da formula – a minha mãe gravida, o dedo mindinho representava a minha forma quando era um baby, depois o dedo seguinte era o adolescente… ate’ ver no polegar encurvado e desajeitado como sera’ a ultima forma do meu corpo. Ali nas minhas mãos estava a historia da minha vida, do meu ciclo vital. Porque a formula foi montada assim. Cada peça, cada função foi surgindo do aprimoramento de uma forma anterior, ela toda e’ uma a historia de um cilo vital Assim ela contem o código que imprime vida na matéria inerte. Assim ela fez meus braços, minhas pernas, assim ela fez de mim, uma nova e ultima forma do universo, mas um universo que agora caminha… esvaindo-se pelas frestas dentre os obstáculos rumo ao retorno `a fonte paterna e materna que me gerou desde aquela primeira onda de luz. E quando pensei na luz, voltei a olhar para minhas mãos para agora descobrir que ela conta nao apenas a historia da minha vida, mas tambem a historia da vida inteira do Universo, como esta delineado na figura a seguir. Sagrado seja o cérebro humano que foi o primeiro nesta historia a despertar este universo como auto-consciente de sua própria existência.

Maos Pela Formula da MatrixDNA

Analogia entre a Concepção do Universo e a Concepção do Corpo Humano – Veja video e debate

sábado, maio 9th, 2015

xxxx

Concepção – Sistema Reprodutivo 3D HD ( Ver os outros videos relacionados)

https://www.youtube.com/watch?v=tfxZm-SqAfw

E meu comentario postado no Youtube:

Louis Charles Morelli – 09, May,2015

A existência deste espermatozoide só foi possível porque a mais ou menos 20 anos atrás outro óvulo fecundado por outro espermatozoide criou o corpo de onde ele saiu… E o corpo que criou este espermatozoide só o fez porque a milhões de anos atras o primeiro corpo de um mamífero realizou o mesmo processo. Mas aquele corpo daquele mamífero foi criado a partir  de um corpo muito maior chamado “universo” a 13,7 bilhões de anos atras. Não importa a diferença evolutiva entre o evento de criação de um mamífero, de uma bactéria de uma galaxia, ou de um universo, o que importa é que o processo e o significado final é sempre o mesmo.

Por isso a teoria da Matrix/DNA foi buscar e encontrou uma nova e diferente interpretação para o evento da origem do universo da interpretação das ciências modernas sobre o evento que denominam de o “Big Bang”. Obviamente a teoria acadêmica corrente está errando em algum calculo e a sugestão de que um minusculo átomo vindo do Nada conteria em si toda a matéria e energia de todas as galaxias é simplesmente irracional. Aqui nem o óvulo fundido com o espermatozoide contem toda a matéria e energia do futuro corpo adulto e não está havendo nenhuma grande explosão, a não ser quando se rompe bruscamente a membrana do espermatozoide dentro do óvulo liberando o genoma ( o qual o vídeo não mostra). A descoberta pela Matrix/DNA que ondas de luz natural liberadas no Big Bang funcionam exatamente como um corpo humano sob a dinâmica do ciclo vital sugere que as ondas de luz contendo o código da vida fizeram no crescimento desta placenta universal o que o DNA faz no crescimento da mórula em blástula, etc.

O vídeo tambem não mostra como e porque surgiram as duas “áureas” dividindo o amnion ao meio e puxando cada qual uma célula. Enquanto isso os cálculos feitos dentro da Matrix/DNA sugerem que o ponto inicial do Universo no momento do “big bang”  tinham que possuir e produzia uma auréola emitida como ondas de luz, as quais penetraram a dark matter imprimindo-lhes a dinâmica de movimento igual à dinâmica do movimento da própria onda, que é dividida em sete diferentes escalas de vibração/frequência.

O processo que produziu o primeiro momento da existência do seu corpo é à imagem e semelhança do processo que produziu a bactéria ou o Universo. A Natureza não joga dados com suas criaturas, enganando-as; se queres saber o que Ela fez lá e como o fez, procure aqui que ela te mostra um evento explicativo. Os homens que renegam a natureza como Mestra tem que inventar fantasias magicas para explicar que não viu mas sabe que existiu, como fazem ateus e deístas. Bahhh…

A seguir um debate o qual me indicou a existencia deste video:

Ditadura social científica e psicológica. Pra sair da “CAIXA”…!!!

http://rmorais76.blogspot.com.br/2014/09/ditadura-social-cientifica-e.html

Meu comentario postado sob este artigo:

 

A mais inteligente estratégia para combater este condicionamento mental é re-estudar todos os detalhes de cada fenômeno natural e buscar as suas verdadeiras interpretações, divulgando-as, pois a cultura manipuladora se baseia em falsas interpretações do mundo real. Por exemplo: ó ruido da radiação cósmica e as galaxias se distanciando umas das outras são fatos observados, incontestáveis. mas a interpretação da cultura dominante é que estes fatos seriam pistas para a ocorrência de um Big Bang inicial. E a pregação cultural continua por dois flancos: para os estudantes mais exigentes diz-se que o Big Bang indica o mundo governado pelo acaso absoluto; para os menos exigentes diz-se que o Big Bang é o ato mágico criativo de Deus. Assim desviam os olhos dos condicionados para fatos aqui e agora mostrados pela natureza o que realmente significa o Big Bang. Fatos como o de que todo corpo humano tem seu instante inicial criado por um mini-big bang que ocorre dentro de um óvulo quando explode a membrana de um espermatozoide, o que indica que este Universo é um artefato sendo usado para um processo de reprodução genética daquilo ou daquele que gerou este ovo cósmico.O único faro real comprovado que temos a servir como parâmetro comparativo para inquirir o que foi o Big Bang -e portanto o que deve ser o sentido, o significado de nossa existência – é assim oculto das pessoas.Mas existem milhares de outros exemplos similares, a ponto de se notar que tudo o que está sendo ensinado no banco escolar são meras teorias interpretativas, falsas. Por isso aconselho do apoio deste site e seus seguidores para o enorme e desumano trabalho sendo efetuado pela cosmovisão da Matrix/DNA rebuscando estes detalhes da natureza e re-estudando-os buscando a verdadeira interpretação, trazendo-a para confrontar a falsa interpretação. Assim se atinge o cerne do cérebro onde se instalou esta matrix virtual criada e alimentada pelos grandes predadores humanos.

para Louis Morelli:

Veja: http://www.youtube.com/watch?v=tfxZm-SqAfw
Oi !Concordo com vc em grande parte mas no caso do big bang e biológico acho que na observação da fecundação espermatozoide/óvulo o que se constata não é uma explosão! Parece-me mais com uma penetração que se desdobra numa calma simbiose! Quase um “buraco negro que suga ele. E se o caso é a observação direta pra compreensão maior desses movimentos e interpretações que vc chama de “verdadeiras”, esse fenômeno natural não encontra o seu paralelo!Se eu não tiver compreendido o que vc propôs ,ajude a entender! No contato direto com a natureza e todos os seus movimentos e fenômenos,vc tem plena razão,com rara paciência e apreciação podemos encontrar a chave do grande mecanismo impulsionador da vida e de seus fenômenos correlatos.Obrigada pelo toque! Abraço fraterno.

Louis Charles Morelli – 19 de outubro de 2014 15:35

Sucris… Por favor, imagine-se como sendo uma minuscula partícula inteligente vivendo dentro de um óvulo não fecundado. Até onde alcança seus olhos vês apenas o espaço preenchido por uma substancia, o liquido amniótico. Seu “universo”seria assim para sempre, imutável, pois nada existe ali que possa iniciar um mundo. Mas de repente chega uma espécie de nave alienígena que se posiciona no centro do óvulo e tem subitamente rompida sua “lataria” e dela saem os alienígenas, que começam a criar as coisas no mundo.Pois bem: você seria na verdade o genoma feminino sem atividade e sem futuro, a nave seria o espermatozoide e os alienígenas os genes masculinos. Nas pequenas proporções do seu universo, aquele súbito romper poderia ser interpretado como um grande súbito evento, ou seja, uma grande explosão. Acontece que assim surgiu seu corpo neste mundo, este foi o primeiro momento de sua existência, exatamente o momento do rompimento da membrana. E depois disso o que restaria no óvulo como resquício deste evento? A expansão de uma arquitetura material – o feto – e o ruido da ação de algo invisível trespassando todas as células nas multiplicações e diferenciações. São praticamente apenas estes dois fenômenos constatados que sustentam a teoria do Big Bang a nível de Universo: a expansão e o a radiação cósmica. Se em tudo os dois eventos na origem do Universo e na origem do seu corpo são idênticos ( guardadas apenas as diferenças quantitativas da evolução e crescimento) o que aconselha uma Razão Pura, naturalista? Que se invente eventos que nunca ninguém viu acontecer em lugar algum como fizeram os religiosos com suas lendas da criação e como estão fazendo os cientificistas modernos? Ou que aposte num evento que se apresenta a nossos olhos a todo momento aqui e agora e que é o que mais se assemelha ao que se suspeita ter ocorrido longe no tempo e no espaço, mas dentro da mesma Natureza em que vivemos? Onde se viu um minusculo átomo que caberia na ponta de uma agulha ter em si toda a matéria e energia de todas as galaxias deste universo?! Ou onde se viu alguma entidade sobrenatural portando uma varinha magica e criando universos por mágica?! Até pode ser que nossa interpretação esteja muito distante do evento real, que a coisa tenha sido bem mais complexa, mas com certeza ela será mais próxima da real que as duas alternativas totalmente desconexas com a realidade do mundo que conhecemos hoje. Não acredito que a Natureza jogue dados com suas criaturas enganando-as; o jeito que ela faz as coisas aqui e agora mostra o jeito que ela sempre fêz as coisas e provavelmente é o jeito que ela própria foi feita. O Universo não é magico portanto não pode criar novas informações que nunca existiram, o processo pelo qual ele sabe criar coisas é à imagem e semelhança do processo pelo qual ele foi criado. Mas é desta maneira que tenho revisto cada teoria sendo ensinada nas escolas, cada interpretação de cada detalhe ou fenômeno da natureza, comparando-as com o que tenho visto na natureza ainda virgem e intocada da selva amazônica e concluído que tudo está errado nessa cultura tradicional de 5.000 anos porque ela foi ardilosamente construída e sendo alimentada por uma minoria humana que tem o instinto dos grandes predadores na selva: e cultura tornou-se uma Matrix virtual eficiente no condicionamento mental da maioria dos humanos para permaneceram como suas frágeis e submissas presas. A unica maneira de despertar essa minoria para suas mentiras e a maioria desse sonho de fantasias é desmascarando, desconstruindo essa cultura pelo puxão de orelhas para que retornem ou ressuscitem a sua razão tal como a natureza a produziu e para isso, é preciso antes ressuscitar a verdade da natureza.Em meu website já tenho cerca de 1800 artigos cada qual desmacarando uma interpretação equivocada de um detalhe do mundo real. Um inicial evento criativo pode ter ocorrido, mas daí a acreditar nesta teoria do Big bang e sua moderna interpretação é próprio de quem perdeu o controle de suas faculdades mentais e não o percebeu como acontece com todos os adeptos de quaisquer “escrituras sagradas”. Bem,,, como tambem não sou o dono da verdade e nem a conheço, não vou brigar por isso… Abraços…

Sucris, observe que no vídeo sugerido por ti sobre a concepção não é mostrado como o envoltório membranoso do espermatozoide se rompe na fusão com a célula feminina. Claro que não se deve chamar a esse evento de explosão, mas este termo na teoria acadêmica tambem é arbitrário. E o video não mostra porque e como surgiu as duas “auréolas” que dividem o amnion ao meio e cada qual puxa uma célula. Nos calculos da teoria da Matrix/DNA estas aureólas correspondem às aureas resultantes das emissões de luz no evento inicial do Universo.

Mistérios do Mundo Explicados pela Matrix/DNA: O Principio da Incerteza e a Dualidade Onda/Particula

sexta-feira, março 6th, 2015

xxxx

A fórmula da Matrix/DNA nos leva de imediato a formular uma explicação elegante que pode resolver alguns dos mais intrigantes mistérios na cabeça dos físicos:

a) Como é que uma partícula pode apresentar diferentes formas e estados ao mesmo tempo?! Como pode uma coisa ser onda e particula ao mesmo tempo?!

b) Num mundo onde tudo deve ser explicado com certeza tendo  por base a longa cadeia de causas e efeitos, como pode existir o “Principio da Incerteza de Heisenberg”, determinado a ser uma incerteza por toda a eternidade?!

Na fórmula da Matrix/DNA vemos que não apenas as partículas, mas o nosso próprio corpo apresenta-se como particula e onda ao mesmo tempo. Como?! Será que ouví direito? Impossível!

Vamos explicar. Em cada momento somos a síntese de uma vida, ou seja, nosso corpo não é apenas a forma que se apresenta aqui e agora, mas sim esta forma mais a memória de todas as formas anteriores da vida passada desde o momento do nascimento. Esta memória do passado chama-se “idade” e ela é mostrada visivelmente ao bater-se o olho em qualquer corpo humano.  Então a nossa forma aqui e agora, no presente momento, é a soma de uma forma e substancia espacial e uma forma e substancia temporal. Neste momento seu corpo está mostrando sua forma material no espaço, ao mesmo tempo que está mostrando seu tempo no espaço, sua idade.

A fórmula da Matrix/DNA descreve um sistema natural e em pleno funcionamento, e desde que todo sistema natural é montado pelo processo do ciclo vital, o circuito energético da fórmula tem que mostrar os aspectos espaço e tempo do sistema, ao mesmo tempo. O aspecto espaço é mostrado através das 6 formas principais do corpo do sistema durante uma vida do sistema, ou seja, temos uma visão de um corpo, que pode ser chamado de partícula dependendo do tamanho do observador. Enquanto isso,  o aspecto tempo, é apenas mostrado através das setas do circuito entre as formas do corpo. Estas setas significam que o fluxo de informações, na forma de energia, que corre dentro do canal do circuito, e que pode se tornar uma partícula se for instantaneamente interrompido, são o jeito que o tempo se propaga, na forma de ondas. Tal como as ondas que vemos numa tela onde se projeta o espectro da passagem e velocidade da luz.

Ora, se um observador cujo complexo sensorial só pode captar o aspecto “corpo material ocupando um pedaço do espaço”, e não pode captar ao mesmo tempo, todos os  momentos passados e futuros daquele mesmo corpo, mas sabe que isso existe, ele tentará calcular a idade do corpo pelo aspecto visível do corpo naquele momento. Por outro lado, se existir um observador que só possa captar o aspecto “tempo e história de um corpo”, mas não possa ver e sentir o corpo, será como assistir um filme de 80 anos resumido em poucos segundos. Na tela apareceria apenas um fluxo sem forma movendo-se a tal velocidade que a forma seria invisível.

Na linguagem cientifica, só existe um real fenômeno natural se ele puder ser medido. Por exemplo, Deus não pode ser medido, então, por esse método e raciocínio cientifico, Deus não existe. Sem parar para analisar o mérito desse raciocínio, ele é necessário e precisa ser respeitado, senão o Homem não pode ter uma Ciência para o conhecimento universal humano. O empreendimento cientifico realmente nasceu quando Francis Bacon se irritou com tanta gente de tantas tribos falando tantas coisas diferentes sobre este mundo e vendo tantas experiencias reais sendo perdidas pelo todo porque não acumulava de maneira ordenada as experiencias das partes, das varias tribos, e resolveu trazer todas estas experiencias, todos os fatos narrados para a mesa e dar uma definição unica para cada elemento sobre a mesa, a ser conhecido em todos os lugares e tempos futuros. Essa definição exata e com o acordo de todos os observadores ao redor da mesa é o que se entende por medição do fato.

Então a Física descobriu as menores partículas que compõem a matéria. E tratou de medi-las, para obter uma definição e ser transmitida para o conhecimento de todos. Elas tem uma forma, uma velocidade, um estado físico como sólido, gasoso, uma cor, etc., o máximo de dados que se pode obter delas. E foi aí que surgiu um grande problema com as partículas, o qual foi denominado de “Principio da Incerteza de Heisenberg”, devido o nome do pesquisador que primeiro constatou esse problema. Se fixamos uma partícula num ponto do espaço e num exato único momento,podemos obter e medir sua massa, mas não sua velocidade – e pelo pouco que sei, o normal das partículas é estarem sempre em movimento. Se projetamos o movimento de uma partícula na tela, vemos passar o corpo dela sem forma mas podemos medir sua velocidade. O que nunca dá para fazer é obter as duas medições juntas. E isso atrapalha enormemente o nosso conhecimento, controle, manipulação destas partículas e de todos seus efeitos no mundo real.

É como se alguem te disser: “Vi um alienígena que tem a nossa forma, mas é verde. Ele estava mamando numa mamadeira e ao mesmo tempo na frente de um computador vendo lá complexos gráficos e fórmulas… E ele me mandou um sinal telepático  informando que  vai vir te visitar ” Você não tem nenhum dado para decidir se o alienígena é uma criança ou um adulto. Se ele vai apenas vir brincar ou debater visões de mundos. Não há como se preparar para uma abordagem, como saber controlar e dominar o próximo evento, é ele quem vai decidir e dominar o que irá  acontecer. Assim sempre estaremos perante tais partículas.

Ora, mas a fórmula e visão de mundo da Matrix/DNA sugere que longe de ser umas completas estranhas e coisas de outra realidade, as partículas fundamentais da matéria são apenas mais uma das espécies “vivas” dentro da enorme diversidade de espécies no Universo, e como tais, são nossas longínquas ancestrais. Se são realmente nossas ancestrais, então provavelmente elas já devem possuir em sim mesmas, todas as propriedades complexas vitais que nós temos hoje, porem de forma muito simples evolutivamente falando, e a maioria sem serem expressadas, existindo apenas como potencial latente, esperando que se tornem mais complexas para se expressarem. Pois a mesma Matrix/DNA sugere que nada surge neste Universo por mágica, nem mesmo as nossas complexas atuais propriedades vitais… elas já existiriam aqui desde o primeiro momento do Big Bang. E se for assim mesmo… as partículas tambem são regidas como nós, pelo ciclo vital, aquela fôrça ou processo que faz um corpo mudar em várias formas, transformando-se continuamente, ao longo do seu tempo de existência.

Ora, vimos que para um alienígena que nunca viu um ser humano, ao se deparar com um, verá sua forma, mas nunca sua idade. Verá seu corpo material ocupando um ponto no espaço, mas nunca o ponto  que ele tem ocupado na escala natural universal do tempo – apenas o tempo presente. E nós humanos somos como alienígenas observando a espécie das partículas… está aí então explicado o problema descoberto por Heisenberg.

Heisenberg nada sabia sobre a fórmula da Matrix/DNA para sistemas naturais e nunca pensou nas partículas como sendo em si mesmas, sistemas – apesar dos mais simples possíveis. Mas, enquanto esta fórmula é uma realidade quando descreve todos os sistemas biológicos, ela ainda é apenas uma teoria e existindo apenas dentro de uma cabeça de um ser humano, no tocante a ser a mesma fórmula para todos os sistemas do Universo, para todas as porções de matéria organizadas num corpo, como são as partículas.  Já tenho reunido milhares de evidencias sugerindo que ela exista, mas isso ainda não é suficiente para se acreditar que ela exista de fato. Enquanto esta prova final não vem, podemos nos entreter com as explicações elegantes que ela fornece para fenômenos que ainda não possuem explicações comprovadas. A incerteza de Heisenberg que se espalha das partículas para a maioria dos fenômenos tratados ao nível subatômico – no reino estudado pela teoria quântica – ainda continuará a ser uma incerteza, não vamos acreditar que a resolvemos. Mas tambem não é inteligente e salutar ignorar totalmente esta sugestão,pois ela fornece idéias para novas abordagens e experiencias, e apenas através de novas abordagens, novas experiencias e  novos dados, resolveremos definitivamente este problema.

Seu Corpo Não é Seu, A Maior Parte Pertence às Bactérias: Veja as Recentes Surpreendentes Descobertas!

quinta-feira, agosto 23rd, 2012

Apenas muito recentemente se descobriu que em cada dez células que constitui um corpo humano, nove são bactérias unicelulares e apenas uma pertence e pode ser controlada pelo cérebro! Nós somos um ecossistema que caminha! E isto vem corroborar uma frase que gritei no meio da selva amazônica a 30 anos atrás numa madrugada quando acordei com uma nova intuição: “O Universo cheio de galáxias é apenas um nosso ancestral, um fóssil a ser extinto! O Homem é o Real Universo que adquiriu pernas e agora caminha!”

Agora virou moda no meio cientifico da quimica e biologia, e existe uma verdadeira correria competitiva, buscando mais informações devido a êste novo surpreendente quadro do corpo humano, principalmente pelas industrias farmacêuticas, pois suspeita-se que muitas das doenças milenares como cancer, diabetes, etc., estejam relacionadas com esta fauna complicada de  bactérias. E eu aqui com a fórmula da Matrix/DNA estou muito excitado e ao mesmo tempo me remoendo de raiva por não ter tempo de acompanhar as novidades, vê-las confirmando as previsões da fórmula, e sugerindo soluções.

Foi publicado um artigo relacionado o qual copiei a seguir para analizar item por item, se tempo houver):

LabSpaces

http://www.labspaces.net/122871/Research_boosts_bacterial_understanding

Research boosts bacterial understanding

Thursday, August 23, 2012

Bacteria image Courtesy of Shutterstock

Bacteria image Courtesy of Shutterstock

(Obs: A fórmula da Matrix me conduziu a identificar cada detalhe na fascinante e robotizada sociedade de abelhas e formigas como sendo cópias biológicas de cada detalhe eletro/magnético/mecânico de um sistema galáctico, sugerindo que a Vida aqui é produto de uma direta linhagem evolucionaria do sistema astronomico que a criou. Por exemplo, a abelha rainha sobe no ar a seis metros do solo, chama os machos que se põem em fila, copulam com ela, e cada um vai caindo morto! Porque? Porque no céu, um ancestral, desde há 10 bilhões de anos atrás, tem um buraco negro dentro de uma bela quasar, que é a rainha do sistema, e ela paira no espaço, atrai pulsares, os quais emitem cometas em sua direção que a penetram, e imediatamente os pulsares “morrem” explodindo como supernovas e o quasar gera nova ninhada de estrêlas! Podes ver isso claramente no desenho da fórmula, em azul, aqui nesta Home Page. Tenho artigos nêste website explicando isso, só que não sei onde, … tem que procurar. Veja agora como os novos detalhes descobertos sôbre formigas continuam se encaixando nas previsões da fórmula.

Mas perceba como o mundo se torna curioso e inteligivel quando se conhece a fórmula. No artigo um cientista diz: ” Esta descoberta faz parecer que cada planta e animal na Terra, incluindo humanos, recebem uma multitude de beneficios de suas comunidades de micróbios.” O cientista desconhece a Matrix/DNA por isso ainda tateia no escuro percebendo que algo existe, sem saber o que é,  e distorce um pouco da realidade recorrendo a nomes da cultura humana que não faz sentido aqui, como a palavra que êle usou, “beneficios”. Ao conhecer exatamente o que é uma galáxia, o que é a Via Láctea, qual o processo pelo qual ela se miniaturiza e se projeta na matéria da superficie terrestre, e como surgem os seres vivos desta projeção, temos um quadro muito mais inteligivel para entender num relance o que está acontecendo. A principal diferença entre evolução cosmológica e evolução biológica está no fato que, enquanto os seres vivos se transmitem genéticamente mantendo seus genes encerrados dentro de saquinhos cromossomicos, galaxias transmitem seus fotons-genes de forma aleatória, espalhados dentro dela. Essa chegada na Terra dêstes genes semi-vivos em diferentes lugares e tempos é o que gera esta enorme diversidade de espécies e esta riqueza da biosfera, mas é preciso ver que a biosfera inteira, a soma de todos seus elementos, desde plantas, animais, oxigênio no ar, etc,  é uma fase intermediaria de um processo maior, que visa no final reproduzir da melhor maneira possivel um unico grande quase-organismo, o criador que jaz no espaço. É isto que me fêz perceber que a Humanidade tende a caminhar na direção de construir na Terra o Admiravel Mundo Novo de Huxley, sob as ordens de uma Grande Mãe, que seria igual à Abelha Rainha, ao Big Brother de Orwell. Somos dirigidos por fôrças naturais inconscientemente para êste destino, mas a prresença da auto-consciencia aqui, uma coisa que a galaxia não tem, fomenta uma esperança que teremos chance de mudar esse destino. Fica claro que a sinbiose entre organismos e seres unicelulares não ocorre por ação dos organismos, porque isto os beneficia, pois organismos “de per se”  nada fazem com seres que seus sentidos não percebem como os micróbios, mas sim porque os seres unicelulares são portadores dos fotons genes que devem ser incorporados aos organismos neste processo de reproduzir a maquina celestial ancestral. De fato, a nova visão de mundo sugerida pela fórmula da Matrix eleva o homem a um novo e espetacular entendimento do mundo em que existe.)

Vamos ao artigo da LabSpace:

Findings published today in Ecology Letters show how researchers applied a strategy used by insurance companies to understand how animals and plants recruit beneficial bacteria. ( Tradução? Descobertas publicadas hoje no Ecology Letters mostram como pesquisadores aplicaram a estratégia usada pelas companhias de seguro para entender como animais e plantas recrutam batérias benéficas.)

Comentário da Matrix/DNA:

Isto é o que se chama de evolução por tentativas e êrros, pois estão aplicando uma estratégia certa vinda de uma idéia errada mas que produz o resultado certo! Nem cérebros nem mentes em plantas, em animais, e em corpos humanos, recrutam e absorvem conscientemente bactérias do meio-ambiente. Você consegue fazer isso, autonômamente? Para entender melhor isso, notamos que esta é uma situação análoga ao que está acontecendo aqui nos Estados Unidos em relação aos imigrantes trabalhadores nos serviços pesados. Os americanos evoluíram e hoje precisam se envolverem em profissões administrativas, pesquisas cientificas e tecnológicas, não podem perder tempo lavando banheiros ou cozinhando. Em relação aos Estados Unidos, os poucos descendentes dos habitantes na época dos Founder Fathers quando isto se tornou uma nação, que seriam os mais autenticos americanos, são como as poucas células genuínas de seu corpo. A grande massa de bactérias trabalhando na industrialização e aproveitamento dos alimentos, ou nas limpezas dos poros da pele, etc., são imigrantes, alguns tão absorvidos pelo sistema social americano que são legais, outros ainda ilegais, e muitos criando doenças no corpo social, como os atos criminosos. A propósito, êste deslumbrado autor desconhecido, é um imigrante já legalizado, que trabalha duro no pesado até 70 horas semanais, recolhe mensalmente seus impostos, e não tenho nenhum problema em me auto-comparar com bactérias, quando já descobrí que não passo de um vírus em relação a êste imenso Universo e que se pergunta se êste Universo é amigável ou não a mim, se me aceitará ou não como bactéria benéfica. Pois sinto satisfação e orgulho de  estar ajudando a fazer a História desta admirável nação e dêste fascinante Universo. O que existe por trás dêsse movimento de bactérias entrando e se alojando no corpo humano? O que produziu esta situação de imigração para os Estados Unidos?

Na evolução da Vida, o que ocorre é um processo de simbiose entre compostos moleculares, onde atuam até mesmo as fôrças de atração e repulsão entre átomos. Isto pode se dar a nivel bruto e cru, a nivel da quimica e da fisica, pois a biologia só aparece no quadro total do ecosistema quando se tornam os organismos vivos. Mas seria esta simbiose um produto do mero acaso, e o ecossistema vivo seria um inevitável produto da seleção natural atuando para manter as simbioses benéficas e descartando os parasitismos maléficos? Não acredito, pois isto seria acreditar na hipótese de que a seleção natural tem um propósito projetado no futuro! Caso contrário, nenhum composto molecular manteria uma experiencia benéfica a ponto de passa-la hereditariamente a novos compostos, e tôdo novo composto molecular que repetir essa experiencia,  o que significa que a evolução teria estagnado nos compostos moleculares, ficando aí patinando eternamente sem sair do lugar, sem dar o próximo passo evolutivo. É por issso que o composto formado pelos ingredientes de Miller/Urey – aquêles primitivos aminoácidos – nunca conseguiu dar o próximo passo evolutivo e se tornar proteínas e fazer florescer dentro do laboratório uma nova réplica do RNA-World.

Então temos um grande problema para resolver e vamos tentar outra alternativa. Considerando-se que cada organismo é um sistema, e todo sistema tem uma identidade própria, a qual emerge da soma de tôdas as informações de todas suas partes, mais as informações geradas pelas conexões entre as partes, seria de se esperar que o sistema seria o agente selecionador de bactérias. Mas nos organismos muito primitivos sem sistema nervoso diretor ou com sistema nervoso ainda muito difuso – indicando que o organismo ainda não tem uma identidade sistêmica –  já ocorre esta seleção. E no tôpo da evolução o ser humano sabe que não é êle que faz esta seleção. Mas tambem a outra alternativa apontada, a do mero acaso, não é para minha curta inteligencia e pouco conhecimento, nem lógica nem racional, quando refaço na memória a versão que conheço da História da Evolução.

Tenho um problema em que a solução tem que ser uma terceira alternativa. E esta surge quando me volto para os teóricos modêlos da Matrix/DNA. Êles sugerem um quadro composto por uma vasta hierarquia de sistemas naturais. Particulas estão dentro de átomos, átomos dentro de células, células dentro de organismos, organismos dentro de sistemas estelares, seistemas estelares dentro de sistemas galácticos, os quais estão dentro de universos… Os organismos vivos são produzidos e controlados por elementos de um planeta mais a energia de uma estrêla que perfazem um sub-sistema de uma galáxia.  A galáxia, assim, desponta como sendo um sistema maior que estaria encriptado no genoma dos organismos ao mesmo tempo que estaria produzindo a biosfera que os envolvem. Êste sistema maior e real criador dos organismos estaria no lugar da identidade de sistema que está faltando para solucionar êste caso, estaria atuando no lugar do seu cérebro e quiçá, da sua mente, que não percebem o que seus átomos e células percebem. Êste sistema maior é quem está escolhendo os nove vizinhos para morarem na quadra onde cada célula sua mora. Êle está ajeitando as coisas para que um americano da NASA tenha imigrantes (“legais” – não os comprometemos com as leis), à sua volta fazendo os serviços de suporte. Ora, êste sistema maior, como indica a fórmula da Matrix, quando ela se encontra na sua forma etária astronomica, é a maquina mais perfeita que pode existir naturalmente. Então os sistemas biológicos, ou organismos vivos, tendem a se configurarem como cópia á imagem e semelhança do seu criador, o qual é uma máquina perfeita. Mas enquanto o criador foi feito apenas com os estados gasoso e sólido da matéria, e no espaço gravitacional sideral, o útero que gera os organismos biológicos é uma paisagem diferente e contando com um novo estado da matéria, o líquido, o que provoca mutações nêste processo meramente genético reprodutivo. A máquina não pode ser reproduzida tão perfeita como é sua máquina criadora, muitos bits-informação da máquina criadora ficaram espalhados no espaço, na forma de bactérias, e como são informações indispensaveis no corpo material da maquina, a própria matéria aqui é dirigida no sentido de re-agrupar estas informações. Isto acontece pela ação dos fotons-genes vindos principalmente do Sol, que adentram átomos terrestres como agentes subversivos adentraram a Coréia do Norte, assumiram a maquinaria celular, e condiziram estes átomos a se recombinarem compondo um novo regime social… o regime da galáxia, do relógio newtoniano. Eu acho que esta é uma solução racional, guardadas as devidas precauções sabendo-se que a fórmula da Matrix seria uma espécie de software natural e como tal dificil de ser captada pelos nossos sentidos e portanto de ser comprovada, apesar das milhares de evidencias a seu favor. Mas esta solução não seria inutil se puder-mos ter em mente a possivel formula da Matrix quando estamos trabalhando no laboratório, inclusive sugerindo novas experiencias.

Voltemos ao artigo:

The research brings scientists closer to understanding the human body’s relationship with bacteria, which account for nine cells out of every 10 in our bodies.

The research has been carried out by Dr Douglas Yu from UEA’s school of Biological Sciences and Dr István Scheuring from Eötvös University in Hungary.

Dr Yu said: “It looks like every plant and animal on earth, including humans, receives a multitude of benefits from their microbial communities. The good bacteria in our bodies help digest our food, protect us from infections, and perhaps even prevent some cancers.

“The selection of symbionts can’t be random. Hosts appear to choose beneficial microbial partners out of a huge pool of candidates. But until now, it hasn’t been known how successful partner choice evolves. This is now one of the leading questions in biology.

“One great example is the leafcutter ant – they have a lot of nice bacteria on them that make antibiotics, which kill pathogenic moulds on the fungus that they farm for food.

Comentário da Matrix/DNA

Porque às formigas foram agregados antibióticos? Nenhum detalhe, nenhum fenômeno, dos corpos dos seres vivos, de seus instintos e comportamentos, e mesmo de suas invenções e sistemas sociais, surgiram aqui por mero acaso e nem caíram de céu por mágica. Estamos conseguindo reduzir toda essa complexidade calculando a involução ao inverso e depois de descobrir-mos que tudo já existia nos sistemas simples astronomicos, parece-nos agora que tudo se resume a uma grande população de  simples vórtice imateriais que jé em si eram sistemas. contendo as setes fôrças brutas da Natureza que se materializam em partículas e corpos materiais tornando-se as sete funções sistêmicas universais. A fórmula da Matrix serve para isto tambem: tôda vêz que nos deparamos com um detalhe na Natureza devemos nos perguntar: de onde vem isso? como? quais foram seus ancestrais, desde agora até o Big Bang? Ao menos até agora ela tem explicado tudo e dentro de uma unica lógica evolutiva, tudo como produto de uma unica cadeia de causas e efeitos, sem nenhuma interferencia supernatural. Se existe o supernatural êle apenas pôs tudo naqueles vórtices antes das origens da matéria, e a coisa se desenvolveu por si própria. Mas e então, qual a relação entre formigas+bactérias+antibióticos?

A solução veio com uma informação do Dr. Yu: ” E uma vez que a superficie do corpo da formiga é coberta com antibióticos…” . Uma das sete funções universais é responsável por construir paredes protetoras em todos os sistemas naturais. Se será uma parede forte, impermeável, ou fraca, permeável, ou mesmo difusa, dependerá do material e circunstancias que ela tem para trabalhar. Ela constrói as cascas dos troncos e galhos das arvores, as peles dos animais, as membranas das células, a camada aureolar de poeira estelar que circunda os nucleos galácticos, o Cinturão de Belt no sistema solar, ela porá dois eletrons na ultima camada superficial dos átomos  girando a tão alta velocidade que o átomo parecerá ter uma casca inteiriça. Pois as formigas foram uns dos seres vivos mais dóceis e submissos à autoridade do comando reprodutivo que vem da máquina celestial, basta notar que seu sistema social é exata cópia do sistema celeste. Portanto tôdas as fôrças e suas funções do ancestral astronomico possuem liberdade para atuar entre as formigas, abelhas, etc. Mas elas estavam com um problema: vivem em cima de fungos que possuem venenos mortais para elas. Ora, o criador não poderia admitir isso para  seus filhos mais fiéis, os quais ainda mereciam uma recompensa por seu comportamento exemplar. A coisa funciona automaticamente: um sistema fechado em si mesmo tenderá à perfeição nesse fechamento e auto-proteção. Então a função das paredes protetoras expressa-se dominante e com fôrça, identifica o inimigo, e como no ancestral existem todas as dualidades, todo o bem e todo o mal, todo agente e seu anti-agente,  ela produz o tipo de tijolo antídoto e tudo faz para com êstes tijolos cercar seu tesouro. Bactérias são apenas ferramentas nêste trabalho.”

Voltemos ao texto: ( mas… infelizmente só depois que eu voltar do trabalho braçal… he…he..he…)

“We argue that the ant host has evolved living conditions under which antibiotic-producing bacteria have a competitive advantage for the ant niche.

Comentário da Matrix/DNA:

A Ciência acadêmica reducionista descobre um fenômeno, observa-o anotando todos os detalhes até ter uma descrição completa do fenômeno aqui e agora, e procura saber “como” o fenômeno acontece, seja para elominar sua causa ou para copiar seu processo na forma de tecnologia. A filosofia naturalista busca estas informações fornecidas pela Ciência prática, pergunta-se o “porque” do fenômeno existir, qual seu significado existencial, e tenta encontrar as conexões entre os detalhes, quando então monta o quebra-cabeças. mas como sempre faltam informações pois sempre há mais detalhes desconhecidos, sempre falta peças para completar o quebra-cabeças, por isso o quadro fica cheio de brechas, por isso ao inv;és da verdade ultima, 6estes quadros são chamados de mod6elos teóricos. Êles sugerem o que deve existir no lugar das brechas, com isso retorna à Ciência aplicada com sugestões de pistas e experiências, para isso servem as teorias. Acontece que tem muitas pessoas que não querem se dar ao trabalho árduo do filósofo naturalista e tira conclusões apressadas da descrição fornecida pela Ciência. Na frase acima, estas pessoas simplesmente deduzem que a formiga nota uma substancia na sua pele, observa que essa substancia a livra do veneno dos fungis, aí descobre que a susbstancia é produzida por uma espécie de bactéria, e então convoca uma equipe diplomatica que vai às bactérias oferecendo alojamento, alimento, proteção em troca de seus serviços. Como países procuram imigrantes trabalhadores. Ora… com’on ! Assim o Dawkins está acreditando que genes, um mero amontoado de átomos, tem propósitos futuros e inteligentes, como o de se reproduzirem o mais possível para se perpetuarem… O antibiótico aparece ali porque a máquina está se re-organizando, nem formigas nem bactérias sabem o porque.

“To do this, we applied the same sort of strategic thinking that insurance companies use to identify high-risk customers. For instance, car breakdown insurers differentiate customers with bad cars from those with good cars by forcing drivers to pay more if they also want their cars rescued at home, known as the ‘homestart’ option.

“If homestart is priced high enough, mostly drivers with bad cars will choose it because they have a greater fear that their car won’t start in the morning. Their choice reveals the kind of car that they have, which lets the insurer avoid costly inspections and still ‘screen out’ bad-car owners from the cheaper policies.

“We argue that a host can also ‘screen out’ bad bacteria and ‘screen in’ good, antibiotic-producing bacteria, even if a host cannot tell the bacteria apart.

“Our model shows that if the host produces a lot of food for bacteria, it fuels fighting via antibiotics. It’s the reason bacteria produce antibiotics in the first place – to kill competitors. And once the ant’s surface is covered in antibiotics, it becomes intolerable for non-antibiotic-producing bacteria, the freeloaders, because they tend to be less resistant to antibiotics. If the host sets the right conditions, the bacteria screen themselves, just like the car owners.”

It is hoped that the findings will also advance our understanding of the human body.

“The same logic can be used, for instance, on the human vaginal microbiome, which provides high levels of carbohydrates, glycogen, for its beneficial bacteria, Lactobacillus. Some of that glycogen is turned into lactic acid, producing an acidic environment that deters the growth of pathogenic bacteria.

“A bonus feature of our model is that it naturally creates ‘alternative stable states,’ which are distinct communities of bacteria. In the gut they are called enterotypes, and people all around the world belong to one of a few different types.

“The invasion resistance of these alternative states, their ‘stability,’ is why it’s difficult to make a permanent shift from one enterotype to a different, possibly healthier, one – despite eating the right foods and drinking pro-biotic drinks.”

University of East Anglia: http://comm.uea.ac.uk/press ( ver êste paper)

Thanks to University of East Anglia for this article.

xxx


Aristoteles: A Alma é a Forma do Corpo. Êle Intuiu a Existência Software/Hardware da Matrix/DNA?

sexta-feira, novembro 4th, 2011

Frase lida num post :

Aristotle said that the soul is the form of the body, which would mean that the soul is spatially and temporally located where the body is located. (We might inversely say that the body is the material of the soul.)

Quer dizer, a alma é o imaterial do corpo que é o material da alma?

Aristoteles estava dizendo o mesmo que os orientais dizem da exist6encia da aura. A Aura coexiste espacial e temporalmente com o corpo. Mas desde que a aura, como diz a Matrix/DNA, é um grande DNA que foi, no ancestral comum, iniciado com fotons, e o DNA é a forma biologica da Matrix, então a alma é a Matrix?

Fica aqui registrado isso em Filofosofia para lembrar e pesquisar Aristoteles. Como êle chegou a essa conclusão?