Posts Tagged ‘Cosmos’

“Nós somos filhos do Cosmos” – Dizem as Universidades. Nao somos. E Veja Porque

domingo, dezembro 11th, 2016

xxxx

Artigo em resposta ao artigo com link:

Nós somos filhos do Cosmos

http://www.universoracionalista.org/nos-somos-filhos-do-cosmos/

Este tipo de crenca, ideologia, visao de mundo, reina nos meios academicos e na midia noderna. Crêem que somos meros produtos da poeira de estrelas, e por isso – dizem – quando morremos, o que resta de nos sao apenas nossos átomos, os quais voltam a natureza para serem reciclados. E’ uma visão extremamente materialista, niilista, pela qual, a nossa existencia nao teria nenhum sentido nobre, e nao sei que tipo de humanos ela esta criando, o que estão fazendo com estas nossas novas gerações de desavisados. Algum tipo de mero zumbi vivo, buscando desesperadamente aproveitar o máximo de prazeres da vida aqui e agora, sem nenhum norte a guiar seu futuro?

O problema nao e’ os jovens zumbis – se o mundo determinasse que a existencia deles fosse o resultado de sua evolução. O que o mundo faz, cabe-me aceitar e nada mais. O problema e’ que a história desse mundo está provando que esta visão – de que sejamos mero produto da poeira de estrelas, ou casuísticos filhos do Cosmos material perceptível aos nossos cinco sentidos e alguns instrumentos tecnológicos que sao meras extensoes destes sentidos), esta errada. Eles querem ser racionalistas, mas nao atuam racionalmente, procurando os fatos e eventos naturais que indiquem o que somos, ou o que e’ este mundo. Veja no meu comentário abaixo como e’ fácil, racionalmente, destruir esta crenca de que sejamos gerados por estrelas e seremos mera poeira de estrelas:

E minha resposta enviada a seção de comentários ( aguardando moderação):

Louis Charles Morelli – dez-12/11/2016
Desculpe-me, mas dizer que somos filhos do Cosmos e’ o mesmo que dizer que somos filhos da placenta, e nao de nossos pais. “Aquela placenta” e’ o atual estado evolucionário da sopa terrestre primordial onde se iniciaram os sistemas biologicos (erroneamente definidos como “vida”). Mas nem a placenta e nem a sopa teria iniciado nem a “vida biologica” e nem a vida do meu corpo, se na sopa e na placenta nao estivesse presente o “código da vida”. No caso da placenta este codigo seria o genoma com seu DNA. No caso da sopa o codigo presente foi o “genoma” do sistema natural que se reproduziu na forma do primeiro ser biológico ( um simples sistema celular). Isto e’ racionalismo, qualquer outra teoria ou crença será mística, pois temos perante os nossos olhos aqui e agora como a coisa funciona, e rejeitamos esta evidência para acreditar que alguma entidade “viva” surja apenas de uma sopa de atomos juntados caoticamente. Os átomos, por certo, vieram das estrelas, do Cosmos, mas nunca ninguém comprovou cientificamente que estes apenas, por si so, podem se conectarem e formarem sistemas complexos, não existe nenhuma para essa teoria.

O primeiro ser vivo foi em si um sistema completo e funcional, portanto ele so pode ter sido gerado por outro sistema, mesmo que seja muito mais simples, e tem que ter estado naquela sopa. E a logica indica que esse sistema foi a Via Láctea, pois a vida surgiu dentro dela, produzido por ela, e galáxias eram o sistema natural mais evoluído na época da emergência dos sistemas biológicos. A existência do genoma com seu DNA no meio da placenta indica que no meio da sopa existia o genoma ou DNA da galaxia. E isto foi comprovado quando descobrimos que o building block do DNA – ou seja – a sua unidade fundamental de informação – tem exatamente a mesma configuração, a mesma imagem e a mesma operação funcional do building block das galáxias. Entao nao recebemos apenas os átomos do Cosmos, recebemos também o nosso codigo existencial.

Este codigo tambem foi o responsável pela montagem dos sistemas atômicos e por ultimo, estamos descobrindo que ele existe encriptado numa simples natural onda de luz. A qual pode ter sido emitida pela fonte que deflagrou o Big Bang. O que sugere que somos filhos de algo existente antes e alem desse perceptivel Cosmos. Eu sugiro irmos devagar com o andor, pois com certeza nao temos um cérebro e inteligencia capacitados ainda a entender este mundo, a verdade vai mais além. Nem por isso devemos estagnar nossa busca apontando alguma imaginação mística – como deuses mágicos – o que seria outro grave engano nao-racional. ( se queres ver como ‘e esse building block e toda esta historia, google ” A Matriz Universal dos Sistemas Naturais e Ciclos Vitais”. E estarei aqui para qualquer debate… Abraços e congratulations por tentar trazer mais racionalidade a estas mentes ainda misticas…

Procurar “Vida” Alienígena Esta’ Errado. Deveria-se Procurar “Sistemas Naturais Complexos, Inteligentes ou Não”

quinta-feira, setembro 8th, 2016

xxxx

Alienígenas – Onde Eles Estão? Dublado

Depois que, na selva amazônica, descobri o elo evolucionário entre os vivos e os não-vivos, e o qual indicou que galaxias e átomos tem DNA da mesma maneira que os vivos tem, vejo que as sementes da vida são produzidas em todas as galaxias e distribuídas em todas as direções durante bilhões de anos. Portanto, se terão vida longa ou não, quais serão suas formas, etc., dependem da capacidade químico-biológica do ambiente onde caiam. No meu avatar ao lado, esta apresentado este elo ( LUCA – The Last Universal Common (não-biológico) Ancestral). Um único astro celeste das primeiras gerações de galaxias se transforma pelo processo do ciclo vital e quando se encontra numa população de semelhantes juntam-se sete formas diferentes deles formando um sistema funcional, idêntico ao building block do DNA, idêntico a uma célula vital, e ele mesmo e’ o building block daquelas galaxias. Quando este building block galáctico envelhece atacado pela entropia, desfaze-se em radicais livres (fótons), os quais recompõem microscopicamente o sistema de onde vieram, e assim se tornam a semente de seres biológicos se caírem em astros com potencial químico-biológico. ( Veja no avatar -clique para ampliar – como o ciclo vital de um astro da primeira geração de galaxias ‘e idêntico ao ciclo vital humano, inclusive idêntico e’ o processo de reprodução sexual deste astro). Nessa abordagem do Cosmos e tentativa de contacto com inteligencias alienígenas temos que vencer vários antropomorfismos ( projeção do ego humano e seu habitat sobre coisas e lugares desconhecidos). O primeiro conceito errado e’ sobre a palavra “vida”. Ora, existem DNA’s formados com estruturas apenas eletromagnéticas, outros com estruturas astronômicas, mesmo alguns feitos apenas com as sete frequências da luz, ou seja, são feitos de luz. Mas seja qual for sua estrutura, eles apresentam o mesmo funcionamento sistêmico dos corpos biológicos, pois neste Universo todos são feitos pela mesma formula para sistemas naturais. Então as formas de inteligencias desenvolvidas a partir destes DNA’s dificilmente teriam como se comunicarem conosco devido nossos limitados sensores biológicos e mesmo com nossos sensores mecânicos científicos. Quando astros se alinham como no meu avatar formando um sistema, eles apresentam todas as propriedades vitais de um corpo humano, como metabolismo, osmose, reprodução sexual, digestão, nascimento, vida, e morte. Então vemos um ser vivo formado apenas com cinco diferentes esferas, um vórtice, outro elemento na forma espermatozoide, e isto significa que as sondas espaciais da NASA procurando vida, poderiam estar navegando dentro de um ser vivo, sem reconhece-lo como tal! Não e’ o caso do sistema solar, o qual já e’ um produto de galaxias de segunda ou terceira geração. Ao mesmo tempo que vamos descobrir ser o mundo tao simples como achamos ser a vida aqui, vamos cada vez mais nos deslumbrar com uma complexidade de extraordinária engenharia, isto porque já iniciamos errados crendo que a vida e’ simples, quando ainda quase nada sabemos dela. Pelo que sugere meu website, a visão de mundo da Matrix/DNA, nos estaríamos empregando diferentes abordagens e tecnologias nesta busca de vida inteligente no espaço sideral.

Intelectuais: Como Evitar Ser Enganado Por Ilusões de Óptica.

quinta-feira, janeiro 12th, 2012

xxxx

Ilusões de Óptica Que Iludem de Fato

xxxx

Nunca me esqueço das reações dos indios nativos da tribo do meu guia na selva, quando saíram da mata e vieram à tortuosa Transamazônica, e levantei o capô da caminhoneta viram um motor pela primeira vêz. Aviões eram “grandes passaros”, carros eram iporã-ruê, “monstros dos pés redondos”, etc. Se a cultura dos brancos condiciona as menininhas a verem corações como cupidos do amor, aquelas geringonças moventes feitas pelo homem branco eram, pela cultura dos nativos, caças a serem caçadas, abertas para procurar o que comer no seu interior. Dei um parafuzo para meu mestre guru experimentar e pela cara que fêz parece que não gostou da dureza e do sabor. Mmas tive que pular rápido e ficar dançando o hula-gula sem querer quando outro indio tentava comer os fios enquanto outro dava uma dentada na borracha do pneu…

O desenho acima vem a calhar para explicar o que vai acontecer a tôdo aquêle que frequentou bancos escolares, e alertá-lo. O professor lê a apostila com o curriculum escolar inciando por dizer que para explicar a origem do Universo existe a teoria do Big Bang, mas depois do terceito paragrafo a teoria se perdeu, foi esquecida, firmou-se como realidade cientifica, pois está escrito que “… então com o resfriamento se formaram as galaxias ( e hoje… aduzirá o professor… na Internet e no site da NASA existem centenas de fotos mostrando essa origem das galaxias… quando na verdade nada mostram disso). O estudante é doutrinado a ver um Cosmos que nos está invisivel a ôlho nu como está nosso coração, e a não inquirir o que existe dentro dêle, como funciona, pois parece tão simples como o coração parece à menina sonhadora. É fato que o estudante pode ver imagens transmitidas pelos sensores tentáculos conectados a cérebros eletro-mecanicos que fazem tôdo o trabalho e entregam a informação pronta numa bandeija para nós, porem, os sensores humanos e o cérebro humano capta os detalhes da vida que a máquina não capta. Vamos ver reações inusitadas quando, ao cérebro humano natural, o Cosmos for aberto e apresentado seu interior funcional. Vai acontecer algo como a Matrix/DNA sugere nas duas figuras abaixo?

COSMOS Visto Pelas Primeiras Culturas Humanas:

xxx

Cosmos Visto Pelas Primeiras Culturas Humanas

xxx

COSMOS Visto Pela Moderna e Infante Consciência Humana:

xxx

Cosmos Visto Pela Moderna e Infante Consciência Humana

xxxx

O COSMOS VIVO, Pela Cosmovisãoda Matrix/DNA

Cosmos Visto Pela Cosmovisão da Matrix/DNA

xxxx

Mas ao se aproximar do coração aberto e começar a estudar seus detalhes vamos descobrindo que existiam ali milhares de funções, segrêdos, coisas que nunca imaginamos. O significado cultural do coração mudou, o amor não estava lá, foi transferido para o cérebro. Assim tambem acontecerá com o COSMOS quando for aberto e nos aproximar-mos dos seus detalhes. Encontraremos milhões de surpreendentes detalhes, como por exemplo o ancestral da alma humana, no tamanho de uma galáxia, e na forma de uma fórmula como um diagrama holográfico de software, que é a mesma forma do nosso DNA.

Bem… isso acontecerá de verdade apenas se minha mente estiver correta e não viajando na maionese. Mas vale o conselho: suspeite da doutrina inserida no curriculum escolar e exija que o que começa como teoria deve ser mantida como teoria, até prova cientifica em contrário.