Posts Tagged ‘Digital World Biology’

Ajudando Estudantes Brasileiros: Do Primeiro Mundo vem o Gratuito Digital World Biology

quinta-feira, setembro 10th, 2015

xxxx

( Erros de ortografia, falta de acentos, serao corrigidos, pois agora estou usando um teclado que so sabe falar ingleis)

Antes de mais nada, um recado aos que, de cara, ao ler o titulo acima me xingam porque ainda estou sugerindo que o Brasil nao e’ primeiro mundo. E nao e’ mesmo, principalmente em termos de educacao. Das melhores 200 universidades no ranking internacional nao tem uma brasileira, apesar de ter Argentina, e ate’ Colombia! Entao nao adianta esconder o lixo embaixo do tapete e ficar nas palavras,, temos que encarar o fato e agir com energia para guindar o pais ao primeiro mundo na educacao. Nao esperem nada dos politicos mercenarios e dos ranzinzas e acomodados educadores do Brasil, vamos nos mexer e atropela-los se ficarem em nosso caminho!

E por falar nisso, os estudantes ingleses e americanos ao menos, estao usando muito um website que tem muitas ferramentas e novidades ” gratuitas” para o ensino, pois o palavreado teorico e escrito na escola, sem a corresponde manipulacao e visualizacao laboratorial dos fatos de que falam as teorias, de nada funcionam. Falam e decoram na memoria as palavras polymerase, peptide, apenas para responder com outras palavras nos exames, mas quando se pede ao aluno para desenhar no papel um peptide e dar uma explicacao de como a Natureza faz um peptide, o estudante fica te olhando como se voce estivesse em outro mundo. Entao para que estamos indo na escola?! Para encher um saco chamado memoria de bagulhos abstratos que nunca terao uso pratico na luta pela nossa sobrevivencia?

O website diz que pode-se ate’ abaixar um aplicativo no cellular e no tablet para assistir as animacoes na rua, apesar que para isto acho que tem que comprar e pagar o app que e’ da mercenaria Apple.

Vou aqui indicar o website e tentar arrumar tempo para fazer uma traducao da introducao para os que nao leem ingles. Ok? O link e’:

http://digitalworldbiology.com/dwb/

 

 

About Digital World Biology

Sobre o Mundo da Biologia Digital

 

Digital World Biology is a leading developer of apps and iBooks™ for STEM education. Our flagship products, Molecule World™ and the MW DNA Binding Lab™,  provide students with fun and engaging ways to visualize and work with authentic 3D chemical and macromolecular structure models in ways that help students connect the sequences of DNA, RNA, and proteins with their structures and biological functions.
Digital World Biology e’ um desenvolvedor de aplicativos e iBooks para a educacao nos campos da STEM ( Minha nota: STEM e’ a sigla de Science, Technology, Engeenering, Mechanics. Mas pelo visto abriram este setor para biologia e quimica tambem. Nos USA e Inglaterra esta sigla – STEM – e’ muito usada para se referir as areas de exatas).  Nossos principais produtos, O Mundo das Moleculas, e o MW DNA Conexoes Laboratorio, proveem aos estudantes um divertido e atraente metodo para visualizar e trabalhar com autentica quimica em 3D e com as estruturas dos modelos macromoleculares, de maneira que ajuda estudantes a conectarem as sequencias de DNA, RNA, e proteinas com suas estruturas e funcoes biologicas.
( Raios! Agora apareceu aqui um bando de porcos do mato rondando a barraca e tenho que interromper iso, me mexer, dar uns tiros, porque sao muito perigosos. A proposito, quero usar este blog nao apenas para falar de naturalismo, mas tambem para passar algumas licoes de sobrevivencia na selva, pois estudantes de ciencias que se prezam um dia vao querer pesquisar no campo de fato. Quando cheguei na selva com meu guia indio a primeira coisa que ele me disse antes de me deixar com os macacos foi: ” Nao fique com medo dos gatos grandes e nem cobras. Para que eles nao te ataquem a barraca basta manter o fogo fora sempre aceso com aquela madeira da arvore que te mostrei. Mas fuja, suba na primeira arvore que aparecer, quando aparecer o bando de javalis. Ja vi eles entrarem nas barracas de garimpeiros e com os dentes destruirem panelas e entortarem canos de espingardas e eles nao tem medo de fogo.” –  Por isso construi a barraca em volta do tronco de uma arvore bem alta, de maneira que qualquer problema posso sair de dentro da barraca ja direto para o topo da arvore. Assim tambem tenho um observatorio a distancia para minha seguranca militar. Meu sonho e’ trazer ferramentas e material para levantar a barraca, faze-la em cima na propria arvore. Voces pensam que sou pouco burro, e’? Eu sou e’ muito burro –  mas as vezes o unico neuronio nao pirado que sobrou aqui no meu cocuruto ainda funciona. O unico problema da minha casa-arvore e’ que meus desingoncados vizinhos macacos resolveram tirar uma com a minha cara e agora so querem defecar da arvore em cima da barraca, e quando estou com meu teto solar levantado, escrevendo embaixo…. E grito la de baixo: ” Ah… se eu te pego….”).
Depois volto para continuar a traducao. Agora no meu radinho de pilhas ta tocando: ” We are not royals….” . E’ a maravilhosa Lorde. Por falar nela, parece que ela sumiu depois do Grammy, ne”? Alguem tem noticias dela? A mensagem dela nesta musica, de New Age, me deixou curioso pois foi composta quando ela tinha apenas 13 anos e estou interessado como vai ser o desenvolvimento intellectual desta brilhante menina…. Ela e’ um bom exemplo de alerta  estimulo para os jovens. Ainda adolescente conseguiu ser a diferenca e ganhar miulhoes de dolares apenas porque sua mae, que e’ escritora  poeta, estimulava ela a ler muitos e bons livros. Com isso ela nao foi gastar todo o tempo livre nos exercicios de ginastica na academia desenvolver a esbeltude do corpo macaquico e sair mostrando por ai, ela exercitou o intelecto…
Caramba, to ficando pirado mesmo! Tinha ouvido ruidos la fora, logo pensei que estava na selva e eram os javalis, mas quando sai na porta vi que estava em Nova York e o ruido era de maquinas consertando a rua…. Me esqueci que viajei para ca a dois meses…. Por falar em esquecer, – que e’ forget em ingles – anotem ai os novos verbos que os brasamericanos recem-chegados de Minas tao inventando aqui para falar ingles: eu forgoto, eu forguetei, ele forguetou,  nos forguetamos, ta todo mundo forguetando…. Assim como no Facebook: eu feicebuco, tu feicibucas, ele feicibuca, nois feicibucamos, ta todo mundo feicibucando. Mas o pior foi o mineiro que disse ao americano: ” Your dog inhac-inhac my leg”. Assim surgiu o verbo: eu inhaco-inhaco, tu inhacas, ta todo mundo inhacando, o que, traduzido siginifica: ta todo mundo dando uma mordida…
Bem,… o que vale e’ que voltei para continuar isto.
A central challenge in teaching biology is that the molecules essential for life like ATP, DNA, RNA, proteins, and chemicals are invisible to the naked eye. 
Um desafio notavel no ensino de Biologia e’ que as moleculas essenciais da vida, como ATP, DNA, RNA ( Opa…. mais um verbo: eu te atepeio, tu me atepeias,  todo mundo ta’ tetapeiando), proteinas, e quimicos, sao invisiveis aos olhos nus ( ” Sem-vergonhas! Tao pelados por ai…. Vai botar uma roupa, olhos despudorados!” – Bem, quem disse isso nao fui eu e sim aquela escriva de cartorio que na semana passada foi presa nos USA porque e’ religiosa fanatica e se negou a fazer uma certidao de casamento para um casal gay) 
Scientists explore these molecules by using tools like electron microscopy, x-ray crystallography, and NMR to gather data and computational software, like Molecule World, to build models from that data and display them in different ways.
Os cientistas conseguem ver estas moleculas porque usam  instrumentos como  o microscopio eletronico (Ah…. agora descobri porque os civilizados la fora aparecem com tantas informacoes sobre estas coisinhas que nao consigo enxergar aqui na selva com meu microscopio do tempo de Jota Cristo), Cristalogafia por Raio-X ( e mais um verbo para o dicionario imigrante dos brasamericanos. O verbo x-ray: eu ecsrreio, tu equisrreia….. O seo Luis! Vamos parar dessa gracinha de verbos ai e prestar atencao no trabalho? Ta bom, ta bao….),  e  NMR para captar dados  e fazerem  softwares computacionais, tais como o Mundo Meleca, quero dizer, Mundo Molecular, para construir modelos de vestidos para a  vamp Dilma Roussef…. – oh,…. quero dizer, para construir modelos a partir destas informacoes e  exibi-las em diferentes modos. Para quem nao sabe, NMR e’ o aparelho de Ressonancia Magnetica Nuclear, o qual explora o fenomeno fisico em que o nucleo num campo magnetico absorve e emite de volta a radiacao magnetica. ( Preciso comprar um aparelho desse  e mais um atirador de missil teleguiado para mandar de volta as fezes destes macacos, fazendo-as entrar por dentro da janela das casas deles.)
 
  Unlike many types of modeling software, Molecule World is exceedingly user friendly.  Molecular models can be downloaded from many different public databases and viewed by many types of chemical and physical properties.  Color controls make it possible to see where molecules are charged and identify hydrophobic or hydrophilic regions.  This helps students understand where proteins cross biological membranes and how receptors can interact with ligands to transport molecules across a membrane or open or close ion channels. 

An adaptive color key makes it possible to identify elements in chemicals as well as different nucleotides and amino acids in a DNA or protein chain.  Coloring structures by residue makes it easy to see patterns, such as palindromes in DNA sequences, or repetitive regions in proteins. Coloring by molecule shows how different molecules interact.  For example, in the MW DNA Binding Lab, the molecule coloring option helps us see how both proteins and small molecules like anti-cancer drugs bind specific shapes in DNA.  Viewing complex structures like ribosomes, viral capsids and larger molecular assemblies in Molecule World shows us how several proteins interact to form larger complexes.  An added benefit is that many of these multi-subunit structures are unexpectedly beautiful, thus providing a connection between biology, chemistry, and art.