Posts Tagged ‘DNA’

Origens da Vida: Teoria do RNA World

domingo, novembro 12th, 2017

xxxx

Paper: Origin of Life: Transitioning to DNA genomes in an RNA world

https://elifesciences.org/articles/32330

Abstract

The unexpected ability of an RNA polymerase ribozyme to copy RNA into DNA has ramifications for understanding how DNA genomes evolved

Matrix/DNA: ‘Ok. De repente descobriram que o RNA tem uma polymerase ribozyme que copia o RNA e como resultado aparece o DNA ! Por isso surgiu a nova teoria do RNA-world. E com isso eles creem que vao obter o entendimento de como o genoma do DNA evoluiu. Nos percebemos a 30 anos atras quando elaboramos o modelo teorico da formula, que esta pode ser dividida em duas metades, uma face esquerda e outra direita. Observando-se a formula, percebe-se que a funcao 5 que ‘e intermitente, quando emerge e atua, ja’ divide a formula nas duas faces. Se o fluxo de informacoes que vem desde F1 no sentido horario, pela face esquerda, ultrapassar F4, ele constroi F6 e continua agora em queda entropica ate completar o circuito esferico. Isto significa que a formula determina que toda estrutura material elaborada por ela tenha a face direita como uma especie de copia da esquerda. Quando comparamos a formula com um building block do DNA percebemos que as duas sao a mesma configuracao e funcionamento, o que indica que o DNA pode ser dividido pela formula entre haste esquerda e direita. E qualquer uma das faces depois da divisao tambem representa a anatomia geral do RNA. Mais tarde descobrimos que F5 e’ o phi number, responsavel pela bi-lateral simetria. Ora, replicar o DNA, abrindo o zipper, separando os nucleotideos em duas hastes com suas bases, e’ produzir bi-lateral simetria.

Entao tinhamos a forte suspeita de que o RNA tivesse surgido primeiro que o DNA, e este apenas se formou quando a molecula de RNA foi capturando bits-informacao ralacionados `a face direita. nao nos surpreendeu quando depois surgiu a teoria do RNA-world. Porem aparentemente temos dois problemas entre as duas teorias.

  1. Enquanto existia apenas RNA – Segundo a teoria da Matrix – este era incapaz de replicar-se… ou nao? Vejamos. Quando o circuito chegou a F4, ele teria diretamente formado F6 ou F5? Se formou primeiro F5, a funcao replicadora, nao vejo como esta poderia funcionar sem o circuito esferico completo, na forma do DNA. Parece-me que F4 apenas seja estimulado a produzir F5 se a entidade do Sistema estiver instavel e buscar a estabilidade termodinamica. Alem disso, sabendo-se que RNA nao possui o acucar desoribose – que e’ F1 – ele deve ser constituido apenas de F2, F3 e F4. mas como F5 e’ uracila, que e’ uma base presente apenas no RNA, ele teria o orgao reprodutor porem nao teria a carga genetica completa para produzir DNA. Para ter ela complete precisaria ter F1. Entao o RNA nao podia se auto-replica. Ora, acredito que para o projeto de criar o primeiro DNA, a partir do RNA teria que existir muitos exemplares de RNA, apenas um nao teria tempo para executar tudo. O que significa que teriamos de considerer a hipotese de que nao houve um unico primordial RNA, mas sim, que essa molecula surgiu varias vezes separadas entre si. Mas se, formado o RNA, ao inves de partir para elaborar F5. o fluxo tivesse entrado a fazer a face direita fazendo ja F6, entao a direita construiu F1, o que permitiu ao Sistema iniciar sua replicacao.

Mas sabemos que o RNA tem a capacidade de se replicar. Como ele o faz, sem F1. Parece impossivel, a nao ser que F2 tenha em si mais da metade das informacoes de F1, o que tambem nao ‘e uma ideia confortavel. Entao surge aqui uma ideia e uma pergunta aos quimicos: Onde e como o RNA se auto-replica? Porque a Matrix sugere apenas uma possibilidade: que ele atue como virus, ou seja, ele precise penetrar no nucleo da celula e utilizer a F1 do DNA para se replicar.

Esta  questao preciso consultar os quimicos ou a biologia molecular.

2. O Segundo problema e’  que no DNA, os dois fluxos de informacoes – da haste esquerda e da direita – tem sentidos e significados opostos entre si. Na primeira a energia e’ crescente, fase de desenvolvimento e construcao; na segunda a energia e’ entropica, decrescente, fase de degeneracao, auto-aniquilamento. Entao para que o RNA produzisse DNA, quando seu fluxo chegasse a F4, e ao sair dessa funcao, teria que ter em si agregada a funcao da entropia. Vinda de onde, e como? A entropia nada constroi a nao ser caos, nao iria construir F6. E se o RNA adquirisse a entropia a partir de F4, ele nunca se auto-replicaria.

Este problema nos leva a suspeitar que o RNA surgiu, originalmente, em duas formas, opostas entre si. Digamos, uma spin right e a outra, spin left. Alias, parece-me que tudo na natureza tem que surgir nestes dois pares opostos. O problema e’ que, tendo-se duas fitas de aparencias iguais, e nas duas correm um fluxo de energia de uma ponta a outra, e sendo as duas aparentemente no sentido horario, como se vai detectar que numa o fluxo vai da ponta A para a B e a outra vai de B para A? Se as 4 pontas parecem iguais, quem determina qual seja A ou B?

Olhem…, sabe de uma coisa? Para mim nao vejo vantage nenhuma em ficar titrando a poeira de cima dos registros historicos para saber quem veio primeiro ou depois. O importante e’ saber que tanto RNA como DNA estao contidos na formula da Matrix que veio do ceu. O que ela fez aqui primeiro ou depois nao me interessa a ponto de ficar quebrando a cabeca com esse enignma complicado. certo que sempre e’ util elaborar um esquema destas especulacoes, um raciocinio metodico e escrito como fiz acima, pois destes raciocinios muitas vezes surgem importantes insights para outros problemas. Como foi a cima a repentina questao ou hipotese de que o RNA primordial funcionou como virus. Mas eu vou parar esse assunto por aqui.

  • ” Ok, senhor Louis, podes parar e descansar a cabeca. Mas antes voce me permite apenas mais uma perguntinha, que nao tem a ver com RNA, DNA…?”
  • “Pois nao…”
  • ” Quem surgiu primeiro, o ovo, ou a galinha”? ( e o perguntador vai se afastando e saindo correndo…)
  • – ” Arrrrghhh…. vem aqui, moleque, ah, se eu te pego…”

z

 

DNA: Building blocks pela Ciencia Oficial e pela Matrix/DNA

domingo, novembro 12th, 2017

xxxx

A ciencia official academica considera como building block do DNA, um nucleotideo, enquanto na Teoria da Matrix DNA o building block seriam 4 nucleotideos vizinhos ( laterais e horizontais), porque apenas assim e justamente assim se percebe a formula universal para sistemas. Abaixo o link para um paper cientifico onde essa posicao da ciencia official e’ mencionada:

https://elifesciences.org/articles/32330

” In the central dogma of molecular biology, DNA is formed of building blocks called deoxynucleoside triphosphates (dNTPs) and can be replicated (solid looping red arrow); RNA is formed of nucleoside triphosphates (NTPs). ”

xxxx

Inicio da pesquisa: Wikipedia

https://en.wikipedia.org/wiki/Nucleoside

Deoxyadenosine: Chemical formula : C10H13N5O3

Chemical structure of deoxyadenosine Space-filling model of the deoxyadenosine molecule

( cont. a pesquisa, inclusive no paper acima)

 

Quem veio primeiro? Ninguem… chegaram juntos

sexta-feira, novembro 10th, 2017

xxxxx

DNA ou Proteina

Resposta obtida consultando a formula da Matrix/DNA

” Quem veio primeiro, o ovo ou a galinha? Esta pergunta não faz sentido. Galinha ‘e o produto da evolução de alguma ave que veio antes dos repteis. No processo de transformação da ave ancestral, as mudanças foram lentas, graduais, não existe uma linha divisória exata entre as duas formas. O ovo sempre acompanhou a ave ancestral e a galinha, portanto tambem nao existe uma linha divisória, exata, entre o ovo ancestral e o atual. No caso do DNA e proteína a resposta e’ similar. Ambos vieram de LUCA – the Last Universal Common Ancestor. Acontece que LUCA nunca viveu na Terra ( nem mesmo existiu de fato). LUCA seria o sistema funcional que se obteria conectando os sete diferentes tipos de astros que existem na mesma sequencia temporal em que foram formados. A formação destes sete diferentes tipos foi obtida a partir de um corpo ou astro inicial, provavelmente as estrelas de gaz leve que resultaram da evolução da anterior nebulosa de átomos. Este corpo leve e quase transparente foi penetrado por uma onda de luz universal (proveniente ainda do Big Bang). Acontece que as ondas de luz universal são o resultado da radiação eletromagnética, a qual, verificada no espectro eletromagnético apresenta sete faixas diferentes, cada faixa tendo cor, vibração, intensidade para energia, especificas. Quando a onda recém emitida penetra tal estrela ela esta no estado inicial, como gamma ray, ou raios gama. A seguir ela se transforma para a próxima faixa, quando então a primeira se separa e com ela separa-se uma porcão da matéria que a circunda. Depois a segunda onda se separa e novamente, fica envolvida com a outra porcão da matéria que a circundava. Ora, como cada onda tem vibração e consistência própria, cada porcão de matéria terá se modelado nesta mesma consistência, de onde surgem sete corpos diferenciados entre si.

Estes corpos/astros separados no espaço contendo internamente uma especie de alma de luz ( o que restou da sua faixa especifica), que o modelou, lhe deu a forma, e’ o mesmo conjunto que pela evolução denominamos de “organismo mais seu DNA”.

Nas origens dos sistemas biológicos ( erroneamente chamados de “vivos”, pois tendo as mesmas propriedades expressadas ou em estado latente, os ancestrais astros tambem seriam “vivos”) chegaram a superfície da Terra ( pela luz estelar e pela radiação cósmica, como ainda vindo da radiação dos núcleos planetários), bits-informação de cada parte, cada detalhe dos sete astros. Aqui estes bits ( na forma de fótons) tendem a se juntarem com seus antigos vizinhos, e com isso formam “pedaços” do sistema-astro. Um destes pedaços na forma orgânica biológica são as proteínas, outro pedaço representa o núcleo do sistema, o que deu no DNA. As proteínas se referem a pequenos trechos do circuito esférico total da formula que era a “Matrix/DNA” astronomica. Então proteína e DNA se formaram lado a lado, como partes vindas de um único sistema. Depois de formado os pedaços, estes repetem o processo e se ligam num pacote inteiro, reproduzindo assim, biologicamente, o sistema astronomico – LUCA. O sistema resultante foi a primeira célula biológica. Então não faz sentido perguntar qual veio primeiro.

Nucleosome: Componente do DNA a Pesquisar – DNA como um sistema social

terça-feira, setembro 5th, 2017

xxxx

Devido a uma mensao no video copiado num artigo aqui (genetics,epigenetics and diseases) de que o nucleosome e’ a unidade fundamental do DNA, ( enquanto a minha formula diz que a unidade e’ outra coisa) tive que fazer a pesquisa e

percebi que tenho que pesquisar o que e’ chamado de nucleosome pela Ciencia. A o mesmo tempo descobri alumas coisas importantes . por exemplo, na figura:

The crystal structure of the nucleosome core particle consisting of H2A , H2B , H3 and H4 core histones, and DNA. The view is from the top through the superhelical axis.

 

https://en.wikipedia.org/wiki/Nucleosome

Entao definem isto como: ” an octamer of histone proteins wraps DNA around itself in about 1.7 turns of a left-handed superhelix.”. E, …

The nucleosome core particle (shown in the figure) consists of about 146 bp of DNA[12] wrapped in 1.67 left-handed superhelical turns around the histone octamer, consisting of 2 copies each of the core histones H2AH2BH3, and H4. Adjacent nucleosomes are joined by a stretch of free DNA termed “linker DNA” (which varies from 10 – 80 bp in length depending on species and tissue type[19]).

Apoptotic DNA laddering. Digested chromatin is in the first lane; the second contains DNA standard to compare lengths.

Schema of nucleosome organization.[28]

The crystal structure of the nucleosome core particle (PDB1EQZ[10][11])

Nucleosome core particles are observed when chromatin in interphase is treated to cause the chromatin to unfold partially. The resulting image, via an electron microscope, is “beads on a string”. The string is the DNA, while each bead in the nucleosome is a core particle. The nucleosome core particle is composed of DNA and histone proteins

Ok. Aqui me vem uma intuicao. Note-se que as cinco proteinas (histones) se juntam e fazem com que uma tira de DNA se enrole em volta delas…!!! Porque e para que?

As cinco proteinas se organizam como as cinco funcoes da formula da Matrix. O DNA e’ entendido aqui como sendo uma longa sequencia de unidades fundamentais que sao sistemas em si mesmas, cada qual um sistema diferenciado dos outros, ao mesmo tempo que o sistema- modelo original e’ a formula. Entao porque e para que a formula se expressa e em seguida se aproxima ou puxa uma fita contendo copias diferenciadas de si mesma e veste-se com essa fita?!

Primeiro passo aqui, e’: existe alguma situacao semelhante que sirva de parametro? Vejamos…

Encontrei uma! Uma familia-modelo e’ composta por 7 individuos cada qual faixa etaria e exercendo uma funcao no sistema familiar. Acontece que em volta desta familia-modelo existem  muitas familias que sao copias diferenciadas do modelo padrao. Estes sistemas familiares em volta compoem o sistema social humano, o qual ‘e mera projecao do sistema familiar e do individuo humano.

Transladando isso para nosso problema do nucleosome, temos que”

A fita de DNA circundante representa um sistema social composto de inidades que estao no seu centro, ou seja, histones.

Porque uma familia humana se veste com um tecido confeccionado com outras familias humanas? Porque e’ imposicao natural, e’ a natureza sempre construindo novos sistemas mais complexos a partir de outros mais simples. Para que? Para sobreviver, ter melhor existencia e evoluir,… talvez tendo um objetivo, o qual pode ser um sistema finalizado, o qual pode ser mera reproducao da fonte que a produziu

Entao neste momento historico descobrimos mais um detalhe do DNA: ele e’ um sistema social ! 

Existe de imediato alguma utilidade pratica nesta descoberta? Ela nos faz rever a genetica e elucida algum misterio em outras partes dela? Por enquanto, nao vou procurar isso.

E temos um problema. O sistema social humano e’ um envoltorio de um sistema familiar humano porque a familia humana e’ a unidade fundamental do sistema social… Ou nao? A unidade fundamental seria o individuo? O problema e’ o mesmo que vejo no nucleosome. O sistema social DNA tem como unidade fundamental o conjunto de nuleotideos, que sao formados por bases nitrogenadas, ACGT, e nao por proteinas histoines. Isto se resolve se por-mos os nucleotideos como individuos e as histones como a familia. Acabou-se este problema.

 

DNA, como os virus, e’ morto, apenas se torna vivo dentro de celula viva

domingo, setembro 3rd, 2017

xxxx

Este e’ mais um dos misterios desfiando os modernos biologos? O que e’ DNA? Quando Craig Venter produziu um DNA em seu laboratorio, ele viu que tinha algo morto, sem qualquer reacao. Foi necessario inseri-lo dentro de uma celula viva para ve-lo reagir e tornar-se parte da vida.

Esta informacao foi obtida em:

Genetics, epigenetics and disease

https://www.youtube.com/watch?v=SHpfkNRscOc

O que a Matrix/DNA tem a dizer sobre isso?

E a Matrix universal, e’ algo vivo? A onda de luz que foi sua primeira forma?  A luz tambem so’ expressa seu ciclo ou principio vital quando toca algo organico, ou vivo, e nao rochas?

DNA sintetico XNA: A Matrix/DNA se desdobra em outras formas de DNA?!

quinta-feira, julho 20th, 2017

xxxx

Xeno nucleic acid -XNA

https://en.wikipedia.org/wiki/Xeno_nucleic_acid

Cientistas criaram moleculas diferentes do acucar na haste mas que podem estocar informacoes e executar varias outras funcoes do DNA. Surge entao a hipotese de que o fato do DNA ter se tornado a base da vida na Terra pode ter sido um evento ao acaso, pois outros tipos de moleculas imitando o circuito sistemico do DNA tambem pode constituir outros tipos de vida…

Origens da Vida: Evidencias para Abiogeneses – 4 Novos Papers

terça-feira, julho 18th, 2017

xxxx

Evidence for abiogenesis: Scientists are now able to simulate early Earth conditions in the laboratory. They observed the formation of precursors to RNA and DNA, amino acids and nucleic acids (>50 types), via entirely naturalistic processes. NO divine “creation” is involved.

http://www.pnas.org/content/112/3/657.abstract https://phys.org/news/2015-03-chemists-riddle-life-began-earth.html

https://phys.org/news/2015-06-evidence-emerges-life.html https://www.nasa.gov/content/nasa-ames-reproduces-the-building-blocks-of-life-in-laboratory

Replicação do DNA Filmada e Surpreende as Teorias Cientificas

terça-feira, junho 20th, 2017

xxxx

Original paper:

http://www.cell.com/cell/fulltext/S0092-8674(17)30634-7?_returnURL=http%3A%2F%2Flinkinghub.elsevier.com%2Fretrieve%2Fpii%2FS0092867417306347%3Fshowall%3Dtrue

Noticia em Ingles:

http://www.sciencealert.com/dna-replication-has-been-filmed-for-the-first-time-and-it-s-stranger-than-we-thought

Noticia em Portugues:

http://hypescience.com/replicacao-do-dna-foi-filmada-pela-primeira-vez-e-nao-e-bem-como-esperavamos/

Replicação do DNA foi filmada e não é bem como os livros da escola descreviam

Replicação do DNA foi filmada e não é bem como os livros da escola descreviam

xxxx

ENZIMAS DE REPLICAÇÃO DO DNA

Esta materia com video vem do Facebook, Soubiomais:

https://www.facebook.com/Soubiomais/videos/692919990915863/

Enzyme Helicase – e’ quem vem de fora e inicia o processo da replicacao do DNA

 

#BiologiaMolecular

No processo de replicação do DNA várias enzimas estão envolvidas, como a DNA-polimerase, helicases, proteínas SSB, ligases, topoisomerases e primase. Aqui estão algumas.

As helicases são enzimas com função de quebrar as pontes de hidrogênio entre as bases, para que as duas fitas de DNA se separem. Essa separação é essencial para que a forquilha de replicação se movimente.

A primase é a enzima que sintetiza os primers (iniciadores), que são pequenas sequências de RNA, a partir de um molde de DNA. Em eucariotos, a atividade da primase está localizada como componente da DNA-polimerase.

A DNA-polimerase é a enzima que faz a síntese de uma nova fita de DNA. Ela possui a capacidade de adicionar nucleotídeos na extremidade 3’OH de uma região pareada do DNA, fazendo com que a cadeia se estenda no sentido 5’→3’.

A polimerase δ é responsável pela replicação do genoma nuclear, enquanto a polimerase α está envolvida na síntese do primer para o início da replicação e na formação dos Fragmentos de Okazaki. As polimerases β e ε participam dos processos de síntese durante a reparação do DNA. E a polimerase é responsável pela replicação de DNA mitochondrial.

Ver agora a replicacao do RNA, que, Segundo me parece, foi a primeira vez que uma molecula se replicou.

XNA replication

 

  

Porque as celulas fazem tanto trabalho sem beneficios, pagamentos?

quarta-feira, abril 26th, 2017

xxxx

Interessante pergunta nos comentarios abaixo deste video suscitou nossa resposta, copiada abaixo:

Molecular Visualizations of DNA – Original High Quality Version

https://www.youtube.com/watch?v=OjPcT1uUZiE

Ben David Ben David – 3 years ago

The real question here is….why? What makes these cells DO what they DO? What if they decided not to form chromosomes one day. What is the reason these cells want to do this? I want a Vsauce video on that.
xxx

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – 4/26/2017

Maybe epigenetics could answer that? It is obvious that cells did not created this things for itself, the cell alone do not need it for surviving. The order for creating these things came from outside the cell?
If so, it was something that need these things and jobs done. What? Who?
My personal method of investigation (comparative anatomy between living and non-living systems) suggested a surprising answer: it is this galaxy…
How? For what? How is merely entropy fragmenting the stars into bits-information and these bits joining at a planet surface try to reproduce the system where they came from, naturally and microscopically, applying nanotechnology. Like an adult human applies nanotechnology and is reduced to a microscopic genome.
The cell is a real and faithful reproduction of our galaxy, with some mutations due different environment, matter, water, etc.. The problem that humans are not seeing it is due they do not know how this galaxy works as a system, their theoretical model of galaxies are wrong.
But… why this galaxy wants to reproduce itself?
It doesn’t. It is a force that passing through it that leads to reproduction. This force is waves of light, coming since the Big Bang. A natural original wave of light seems a living thing. Its propagation is due the same force that makes your body to propagating into space time, growing and becoming old. We cal this force as ” life’s cycle”. This force makes your body be transformed into seven meaning shapes: blastulae, foetus, baby, kid, teenager,adult, senior,… cadaver. A wave of light has changed seven shapes as gamma rays, ultraviolet, radio waves,etc.
So, why cells do what they do? The answer is the same for why galaxies and atoms do what they do. The why comes with a wave of light at the Big Bang. And why light do it? Well, my method lead me till the last frontier of the universe and at the moment of the Big Bang. I stopped there. Since that light is coming beyond… I don’t know…
But, the universal history suggests a theory: that light is the genome of the thing that produced this egg universe for reproducing itself, naturally… What is the “thing”? I don’t know… What else we can see is that every living and counscious being in this Universe is a gene building the counciousness of the baby of that “thing”…
( if you want to see the models of cells, galaxies, atoms that fits this evolutionary lineage, google ” The Universal Matrix for Natural Systems and Life’s Cycles”.

Como e porque humanos conceituam a beleza da face e qual o segredo destas faces? Ver Video.

sábado, março 11th, 2017

xxxx

Jill Helms faz uma palestra sobre as diferenças entre faces bonitas e com defeitos. Porem devido seu pouco conhecimento ela não desce `a profundidade requerida para se entender o fenômeno em sua totalidade. Apenas o conhecimento da cosmovisão da Matrix/DNA nos revela informações sobre o tema jamais imaginadas antes. Então leia meus dois comentários copiados abaixo que foram postados no vídeo do Youtube e no meu Facebook, depois veja abaixo uma interessante descoberta baseada na formula da Matrix/DNA e depois clique no link para assistir a palestra Procure as legendas e transcript do texto em português no TED)

https://www.youtube.com/watch?v=qIDuFyXjcA0&index=6&list=PLsRNoUx8w3rPvhx_lImJfT7aiQ5tEbxoj

Reconsidering beauty | Jill Helms | TEDxStanford

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – Mar/3/11/2017

Why the genes has wired us to determine which are beautiful faces? Because it is their goal to rewards health ovules and spermatozoons. They wish the best environment for doing their job.

Beautiful faces has exactly symmetry and balance because its DNA has the same symmetry and balance. Symmetry is produced by the systemic function number 5 of Matrix/DNA universal formula for systems. Any natural system begins to be built from the bottom running to the left. Then the left face is reproduced as the right face by F5. At the RNA-world was the uracil base doing this function and it copied a strand of RNA as the right strand, creating the DNA. From here, the genes build animals faces once time entirely, but repeats the copied result of one’s DNA.
So, the golden ratio is anything else than the active act of the reproductive systemic function and measuring its point at the formula we get 1,618… the phi number.
So, the environmental/nutritional conditions inside the ovule at the moment of fecundation determines the symmetry and the balance of DNA which will be repeated at face’s formation.
A non-health ovule’s environment produces diseases and since the face is a kind of mirror of the DNA, the face will show the disease. And remember: perturbations at ovule’s environment mimics the perturbations of the external environment. That’s why rich and evolved people usually has more beautiful faces than poor people at poor regions. (If you are interested in this issue and want to see the systemic formula and understanding this issue, see the formula at my website and its explanations.)
xxxxxx
Facebook de Mar/03-12-2017
Louis Charles Morelli 

Em que estou a pensar agora? Na minha fantastica descoberta desta semana.

Os humanos criaram um preconceito baseado numa abstração da imaginação que diz: ” Existem faces bonitas e faces feias”. Este preconceito e’ muito influente na vida toda das pessoas, praticamente o principal determinador da sociedade humana para qual qualidade de vida o individuo terá. Um absurdo irracional?

Não sei se os outros animais, como cachorros e macacos, também possuem este preconceito entre eles e se criaram algum valor para determinar o que e’ face bonita ou feia. Mas assim como para nos humanos não existe diferença de faces entre macacos e todos nos parecem feios, assim também alguma inteligencia superior extraterrestre com outro tipo de corpo, com certeza nos vera’ a todos como tendo faces iguais e sendo feios.

Nesta semana assisti um vídeo do TED-Talk com uma palestra sobre este tema ( o link esta no meu artigo). A autora apresenta curiosos detalhes e informações inclusive históricos que nunca havíamos pensado. Mas como ela não conhece a base deste mundo e quem constrói faces – a formula da Matrix/DNA – ela trata o tema com seu conhecimento supérfluo e passando valores errados. No meu website nesta semana escrevi um artigo lidando com o assunto mais profundamente e descobrindo coisas que eu nunca havia pensado antes.

Porque a natureza produz faces ditas “bonitas”, onde as partes são bem balanceadas com tamanhos bem encaixados e as duas meias-faces apresentam perfeita simetria, enquanto produz outras faces – a maioria – sem estas perfeições?

A resposta esta nas diferenças do trabalho realizado pelo DNA com seus genes. Tudo e’ determinado a partir do momento que um espermatozoide alcança o centro de um ovulo e depois nos nove meses seguintes. A qualidade dos ambientes interiores do ovulo e da bolsa embrionaria mais o estado evolutivo dos genes herdados dos genitores determinam o modelo da face a ser construída.

Então, pessoas que vivem na pobreza, com um ambiente externo cheio de obstáculos, perturbações, e muita escassez de nutrimentos e acomodação do organismo, tem estas situações projetadas para dentro do ovulo e saco embrionário. Pessoas mais afortunadas que nascem em berços ricos e ambiente externo pacifico, controlado pelos humanos, com boa nutrição, projetam isto para o interior e processamento da gestação. Para ver isto basta comparar o físico de alemães com indígenas nativos, ou o povo desafortunado de Bangladesh.

O que me deixa atônito e’ como estes conhecimentos tao básicos não são a base de áreas como psicossociologia, economia,etc. A suprema missão do ser humano seria lutar para melhorar a qualidade de vida e manter a evolução mental da humanidade. Senão, para que fazer filhos e deixar novas gerações? E um dos mais urgentes assuntos a resolver e’ a pobreza que afeta a maioria dos humanos, a qual dentre outras mazelas, produz os organismos imperfeitos.

Existe detalhes mais profundos a conhecer neste assunto das faces, para entende-lo na sua totalidade. Como este que citei no artigo:

A simetria ou assimetria são a primeira causa do que aos nossos olhos parece bonito ou feio. Uma face ‘e dividida ao meio exato vertical, com a linha fronteiriça passando desde a testa, para o meio dos olhos, das duas narinas, da boca, do queixo, das mãos e pernas. Se ano existisse esta forca natural e seu mecanismo especifico denominado simetria, nada impediria que organismos tivessem um, três, ou cinco olhos, mãos, narizes, etc. Queríamos ter mais mãos, varias bocas – uma para comer ao mesmo tempo que outra para beber, outra para falar, etc. Mas a simetria impede que nossos esforços se realizam na forma física.

O fenômeno da simetria vem sendo observado e estudado desde a Grécia antiga, onde os filósofos descobriram a “golden ratio”, ou a razão dourada, ou ainda a geometria sagrada. E a representaram matematicamente com um numero, 1,618,… chamado numero “phi” porque mediram esta simetria nas espirais das plantas, flores e outros fenômenos naturais, como os lábios humanos, e sempre resulta no mesmo numero. Então se acredita num desenho supernatural inteligente.

Mas com a formula da Matrix/DNA eu descobri de onde vem este mecanismo e porque este numero. Esta explicado no artigo do meu website e na formula. Os DNA’s masculino e feminino são divididos ao meio vertical e repetem o que aconteceu nas origens da vida, no RNA-world – quando uma haste de RNA tem seu circuito energético continuado nas pontas para repetir a figura e propriedades da haste ou face esquerda na forma da haste ou face direita. Porem, este conhecimento imediatamente nos leva a perceber como é importante o estado ou qualidade do ambiente interno do organismo produzido pelo ambiente externo nos meses da gestação. E assim surgem as sugestões do que devemos fazer para na humanidade todos as pessoas nasçam com um organismo mais perfeito. E isso é de uma importância imensurável..

Veja na formula na formula da Matrix/DNA o que é o principio da simetria:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

A função dos sistemas responsável pelo fenômeno da simetria é a função numero 5 – a função da reprodução do sistema ( funções sistêmicas são diferentes forças naturais que surgiram das sete frequências/vibrações das ondas de luz, mas isto é uma outra historia mais complicada. Costumo pensar que funções são os obreiros construtores universais). Esta função se materializa nos sistemas criando um corpo físico para se expressar, de acordo com o tipo de sistema, os materiais disponíveis, o meio ambiente, etc. Então para atuar nos sistemas astronômicos ela produziu os cometas, nos sistemas vivos ela produziu o espermatozoide ou pólen, na genética ela produziu a base nitrogenada chamada uracila, no sistema celular ela produziu os tipos de RNA que se movem dentro da célula.

Todos os sistemas naturais são evoluções de sistemas anteriores. Os novos sistemas surgem com mais complexidade e novas formas. Existem dois métodos aplicados pela Natureza para produzir sistemas. O primeiro e’ feito criando inicialmente um tipo de corpo e em seguida aplicando nele a força do ciclo vital, a qual o transforma em varias formas com diferentes funções. Depois por simbiose a Natureza conecta estas diferentes formas sempre seguindo a sequencia do ciclo vital, e as formas se tornam as partes do sistema. Depois de assim gerado uma nova forma do sistema universal, a Natureza aplica o segundo método, que e’ simplesmente a auto-reprodução do original.

Então vejamos como foi montado o sistema DNA a partir da entropia do sistema astronomico que criou o DNA. Primeiro surge a forma de um corpo biológico que sera o núcleo do DNA. Esta foi a molécula atrelada na haste, que chamamos de açúcar desoxirribose. Em seguida o principio vital transformou ou produziu esta molécula em outras formas consecutivas, e assim surgiram as 5 bases nitrogenadas. Agora precisava conectar todas estas formas num só sistema. Então a conexão começa com um circuito de energia/informação a partir do corpo inicial, que na formula e’ F1. O circuito vai subindo no sentido horário `a esquerda, captando F2, F3 e F4. Aqui o circuito se bifurca em duas metades: uma vai continuar a forma esférica para gerar a maturidade e envelhecimento, a outra vai retornar a F! como energia crescente para realimentar F1 e produzir novo ciclo apos a morte da parte esférica. Isto é reprodução do sistema.

Então notamos que primeiro a Natureza produziu a meia-face esquerda do DNA, com uma so haste, três moléculas penduradas nela, o que se chamou RNA. Em seguida a F5 toma a meia-face esquerda como modelo e a repete como a meia-face direita. Assim a direita sera simétrica `a primeira.

Claro, existem outras coisas a considerar aqui, por exemplo, a diferença de que na meia-face esquerda a energia do sistema esta crescendo até atingir o pico em F4 e a partir dai começa a entropia do sistema e a meia-face direita terá a energia em queda, o que produz a degeneração e envelhecimento do sistema. O nosso cérebro é outro bom exemplo, e esta descoberta nos leva a entender porque estamos usando mais o hemisfério esquerdo e porque o hemisfério direito tem propriedades tao estranhas ao nosso raciocínio logico.

Mas a formação da face humana pelos genes já ocorre pelo segundo método, onde uma figura intermediaria entre os modelos de faces do pai e da mãe é gerada e reproduzida por inteiro. E não são os genes que determinam o modelo, mas sim a identidade de sistemas, no caso, o sistema DNA. E como fora do organismo, existe a biosfera, a qual contem o DNA vindo do sistema astronomico e dividido em fótons solares e terrestres, existe uma relacao de conflito no processo da gestação humana, entre o DNA humano que procura o estado harmônico da ordem e o DNA astronomico que aqui chega no estado de caos. Depende do estado evolutivo e saúde do DNA humano, se ele vai se impor ao DNA cósmico ao modelar a face ou se ele ainda esta’ fraco e o DNA cósmico vai dominar o processo. Assim surge a face bonita ou a face imperfeita.

Mas tudo o que eu digo aqui nada mais a forma como estou interpretando a formula. Outras mentes com diferentes experiencias podem descobrir detalhes mais importantes na formula. Por enquanto apenas escrevo minhas teorias… e não sou nada petante a Verdade, com este meu cérebro débil e super-limitado para conhecer a Verdade. Como eu ano acredito sem fazer os testes experimentais científicos, não acredite no que minha interpretação esta sugerindo. Você vale mais para minha missão se tiver sua mente aberta e independente para me ajudar a progredir mentalmente. Que a força física da Matrix perfeita e a sabedoria da consciência universal esteja contigo…