Posts Tagged ‘educação’

Educate Tomorrow, ONG solução para o Brasil

segunda-feira, junho 10th, 2019

xxxxx

ONG criada e existente em Miami, pode ser levada ao Brasil?

https://www.educatetomorrow.org/

Lutando por Educacao nos USA? Programas do governo a consultar

sábado, março 16th, 2019

xxxx

Are you familiar with what a grant is?

Search Results

Federal Pell Grant. …
Federal Supplemental Educational Opportunity Grant. …
. …
State-specific grants. …
Return2College. …
U.

Sobre a Educacao nas Universidades

quarta-feira, fevereiro 20th, 2019

xxxx

A universidade moderna confere o privilégio de discordar apenas aos que foram testados e classificados como potenciais homens de dinheiro ou detentores de poder. Ninguém recebe um centavo dos fundos fiscais para formar-se nas horas vagas ou para educar outros, a não ser que possa comprová-lo por um certificado. As escolas escolhem para os estágios seguintes aqueles que, nos primeiros estágios do jogo, provaram ser bons investimentos para a ordem estabelecida. Tendo o monopólio, tanto dos recursos de aprendizagem, quanto da atribuição de funções sociais, a universidade escolhe o descobridor e o dissidente potencial. Todo título sempre deixa uma indelével etiqueta no currículo de seu consumidor. Os formados por universidade se enquadram apenas num mundo que coloca etiquetas comerciais em suas cabeças, dando-lhes, assim, a faculdade de definir o grau de expectativa na sua sociedade. Em todos os países, a quantidade consumida pelos formados em universidades fixa o padrão dos demais. Se quiserem parecer civilizados, devem aspirar ao estilo de vida dos formados em universidades.” (Sociedade Sem Escolas, Ivan Ilich)

Educacao infantil: novas descobertas, novas melhorias

domingo, fevereiro 10th, 2019

xxxx

Why Praise Can Be Bad for Kids ( Porque elogios podem ser maus para criancas)

https://abcnews.go.com/GMA/AmericanFamily/story?id=2877896&page=1

Isto vem na linha da nova teoria descoberta no livro:

Mindset is a simple idea discovered by world-renowned Stanford University psychologist Carol Dweck in decades of research on achievement and success—a simple idea that makes all the difference. Teaching a growth mindset creates motivation and productivity in the worlds of business, education, and sports.

Infographic

 

 

Como vão se acumulando os problemas negligenciados e não resolvidos pelo povo brasileiro: a inferioridade dos filhos

sexta-feira, janeiro 25th, 2019

xxxx

Infelizmente, não se trata de mera opinião de uma pessoa, mas sim de dados levantados por uma organização, o Banco Mundial. Então quando a militância festiva seja vinda dos predadores lobos da classe media ( os bolsonarianos), ou dos predadores lobos vindo da classe baixa (os Petistas) arrota arrogância tentando impor suas opiniões, é bom sempre lembrar a eles que suas mentes tem 260 anos de atraso em relação ao nível da inteligencia de quem vive nos países mais evoluídos, e isto porque desde as crianças os pais fazem enorme esforço para conduzir seus filhos  lerem muito e os livros certos. Sinto muito, não queria que fosse assim, afinal tenho amigos e parentes no Brasil, mas é preciso lembrar a verdade porque ela alerta sobre o que se acredita ilusoriamente ser outra a verdade, ou por ter sido enganado pela mentira ou por falta da informação adequada.

Trecho extraído de um artigo:

Existe um abismo entre a realidade da educação no Brasil e de outras nações. A expectativa é que estudantes brasileiros levem mais de 260 anos, por exemplo, para atingir a proficiência em leitura dos alunos de países desenvolvidos, segundo relatório divulgado no ano passado pelo Banco Mundial. 
Políticas públicas adequadas e implantadas para realmente melhorar o nível da educação no País podem ajudar a reduzir esse abismo.

EDITORIAL – 25 de Janeiro de 2019

A redação do Enem e a falta de leitura no País

 

https://www.folhadelondrina.com.br/colunistas/opiniao-da-folha/a-redacao-do-enem-e-a-falta-de-leitura-no-pais-1024889.html

Educação Escolar Contemporânea: Ver a critica cristã

quarta-feira, novembro 21st, 2018

xxxx

Procurar este livro:

Educação escolar: Estes assuntos devem serem ensinados na escola?

terça-feira, novembro 20th, 2018

xxxxx

Exemplo de humanos atuando por instintos herdados de animais e… plantas

terça-feira, outubro 9th, 2018

xxxx

Assistindo o vídeo sobre a pressão ocorrendo sobre o estudante coreano, um leitor perguntou porque os estudantes não se unem num acordo de enganarem as autoridades que continuam estudando as 15 horas porem na verdade fingiriam estudar 5 horas… Assim cairia o nível de nota exigido nos exames, beneficiando a todos. Outro leitor respondeu com a joia seguinte:

” Why don’t trees just spread on the ground? Wouldn’t this make less energy spending. Came to be that the taller the tree, the better the sunlight it gets. Just like us greedy humans.”

Porque as arvores tiveram que crescer naquelas alturas()! Seria muito mais inteligente e natural espalhar-se o máximo com rais e folhas pelo solo, pouparia toda a energia gasta entre copa e raiz. Suspeito que a resposta esta na competição egoísta, pois desde que uma planta cresceu mais para abocanhar mais quantidade de luz do sol, as outras entraram na competição.

Assim são os humanos. Porque todos os trabalhadores não selam um pacto em trabalharem 35 horas por semana(). Bem, primeiro que o individualismo vindo do gene egoísta não permite esse tipo de comunicação entre os trabalhadores, e sempre haveria os traidores ou os imigrantes baratos. Esta regra poderia ser estendida a quase tudo neste sistema capitalista selvagem. No controle do preço das casas, do preço pago pelo seguro do carro, etc.

 

Educação na Coreia do Sul: Um fenômeno moderno anormal – com vídeo.

terça-feira, outubro 9th, 2018

xxxxx

12 a 15 horas estudando por dia. Este é o comando vindo dos adultos – pais e oligarquia – da Coreia do Sul aos adolescentes. Porque… e que tipo de mente esta sendo formada aqui…() O pais saiu arrasado de uma guerra nos anos 60 e com a estrategia de investir pesado na educação desenvolveu-se rápido chegando agora a 12* economia do planeta. Aos jovens é dito – e eles aceitam e compreendem – que o pais não tem recursos naturais, tem apenas o povo. Então o povo tem que fazer algo e a saída esta sendo adquirir matéria prima e industrializa-la revendendo com lucro para comprar para as necessidades básicas.

Qual a causa primeira desta situação… (). Temos mais um exemplo de humanidade se originando e vindo do caos, do humano pagando alto preço para sobreviver, e de humanos que tem boa índole, o que é bom potencial.  Claro, como em todos os lugares, a Coreia também tem seus predadores internos, e isto se nota das palavras de uma estudante: “o ensino se tornou corporatizado”. E a canalização dirigida para serem excelentes profissionais desejando ardentemente serem empregados das grandes corporações. Remanescências das origens caóticas no estado animalizado.

A oligarquia predadora deve fazer o seguinte calculo:

Isto e como gerir uma fazenda de gado. Tem-se que calcular qual o custo para manter cada unidade viva e calcular qual o lucro que sera gerado depois que ela entra na corporação. Estudantes mantidos assim fica barato pois não tem tempo e recursos para gastos supérfluos. Então, do saldo calculado entre despesa e venda de cada unidade ( já que eles produzem mais para exportar industrializados ao exterior, virtualmente o trabalhador é vendido indo junto com o produto), temos que calcular o lucro máximo que podemos auferir não esquecendo que para manter essa maquina girando precisamos que reinvestir cada vez mais na maquina, ou seja na educação dos trabalhadores.

Qual sera o futuro do povo coreano()    Já que os predadores sempre tem a tendencia de construir um sistema mecanicista, e sabendo-se que o Universo não tem aprovado esta tendencia, não se deve esperar bom futuro disso.  Existe alguma sugestão de solução agora para um futuro mais humanista e de melhor qualidade() A população continua aumentando ()

isto merece uma pesquisa iniciando por procurar a Coreia no Wikipedia.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=1501&v=TXswlCa7dug

Educacao: diferencas entre predadores e presas

sexta-feira, abril 13th, 2018

xxxx

Com mensalidades de até R$ 10 mil, mercado de colégios de elite avança

https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2018/04/com-mensalidades-de-ate-r-10-mil-mercado-de-colegios-de-elite-avanca.shtml

(…) Ele diz não estranhar que justamente o segmento de colégios de elite tenha crescido nesse momento: “A crise econômica é absolutamente concentradora de renda”, afirma o sr. Pereira.

Obs: Os donos e manipuladores do capital selvagem provocam este ciclo interminavel de “melhoria ilusoria/crise”, pois por este mecanismo se apoderam dos bens de valor das classes media e baixa. O garimpeiro pobre e analfabeto que enfrenta o inferno na mata e sai com algum ouro sempre encontra os ladroes “comerciantes” destas adequadas escolas na cidade que ficam com todo o ouro. 

(…) Eles ensinam matemática, física, química e biologia em inglês, adotam currículos internacionais e prometem formar líderes globais que irão cursar as melhores universidades do mundo.

Obs: Os grandes predadores terao a mente mais capacitada a vencer no sistema social atual que medios predadores e nem se compara com as presas. 

(…) Enquanto a crise econômica brasileira levou escolas particulares, das simples às mais tradicionais, a ter de dar desconto nas mensalidades e enfrentar a inadimplência e até a perda de alunos para instituições mais baratas ou públicas, emergiu no país o mercado dos colégios de elite, com mensalidades de até R$ 10 mil. Se os investimentos em colégios de elite vão bem, as escolas particulares —em geral— ainda não viram o fim da crise econômica que afeta o setor. São, no país, 42 mil instituições, responsáveis por 14% dos estudantes.

Obs: Com isso a classe media se ferrou pois ela e’ cliente das escolas particulares enquanto o 1% cresceu, o qual nao e’ pouco pois ja tem cerca de 45.000 alunos, que pagam mensalidades de 10.000,00). 

(…) Novo negócio do grupo SEB (Sistema Educacional Brasileiro), que possui escolas em oito estados com cerca de 45 mil alunos, a Concept já estava presente em Salvador e em Ribeirão Preto.

(…) O calendário será o brasileiro, mas o currículo segue a  instituição britânica Fieldwork Education. A escola usa conceitos estrangeiros da moda, como o “mindfulness” (meditação para concentração), “habits of mind” (treino para o cérebro, com lições como persistir, controlar impulsos, usar conhecimento do passado para novas situações etc.) e “visible thinking routines” (técnica para aprimorar o pensamento).

obs: Aqui esta a estrategia que eleva os grandes predadores por rebaixar os medios predadores e presas

(…) “E a iniciativa privada responde ao anseio do mercado, uma educação que forme pessoas capazes de trabalhar em vários países”, complementa o presidente da federação de escolas particulares.

obs: Enquanto isso os medios predadores ficam limitados a passar em concursos apenas dentro do pais

Em outro artigo:

http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2017/08/1910575-escola-com-mensalidade-de-r-8000-ja-tem-2000-pais-interessados-em-sp.shtml

(…) Também se praticará ali o chamado ensino por projetos, já praticado hoje em muitas escolas públicas e particulares, que demanda o conhecimento de diversas disciplinas –em Nova York, por exemplo, um estudante construiu um banjo em um projeto, unindo música, física e matemática, entre outras matérias.

obs: Outra grande diferenca na formacao mental das classes sociais. O sistema educacional publico para as classes media baixa e baixa conduz os estudantes a um afunilamento mental, tem por objetivo final produzir tecnicos especialistas numa profissao requerida pelas corporacoes. Assim o “doutrinado” torna-se alienado do resto das disciplinas escolares e seus respectivos campos na vida real. Por outro lado, o sistema educacional privado para a classe autocratica dos grandes predadores conduz seus estudantes para uma visao ampla da conjuntura global. E’ o que chamam de “ensino por projetos”, que requer o conhecimento geral de todas as disciplinadas sem especializacao em apenas uma delas. Claro, nenhuma predador se sujeita a ficar preso por horas e ate’ dias inteiros num cubiculo fechado exergcendo trabalhos robotizados numa rotina que se estendera por 30 anos ate’ sua aposentadoria. Eles querem total liberdade, serem donos de seu tempo e fazer apenas o que lhes apetece, na hora que escolhem. Isso explica, por exemplo, a absurda alienacao e fora de foco dos coxinhas que atacam o efeito ao inves da causa no caso da corrupcao no Brasil: eles nao tem conhecimento e visao do conjunto, sendo incapazes de detector reais causas numa disfuncao do sistema social.

(…)  Mas a informação não era uma preocupação de muitos dos pais presentes no encontro na terça-feira, entre eles médicos, empresários e apresentadora de televisão.

obs: medicos, empresarios, celebridades. Fornece uma ideia da parte dos grandes predadores, ficando porem a real informacao um incognita pois nao diz quem sao os “entre eles”.

(…)  Uma preocupação mencionada em mais de uma roda era a preparação para universidades estrangeiras. “Uma das minhas filhas estudou na Europa. Quando voltou para cá e entrou na USP não aguentou, achou muito ruim”, comentou uma mãe.

obs: provavelmente apenas uma classe media alta que foi agredida pela crise e teve que rebaixar o status educacional da filha. Esta certamente vai bater panela com os coxinhas culpando o PT. Enquanto for sugado dinheiro do Brasil pobre para a Europa, esse dinheiro ficara faltando para melhorar as escolas do Brasil.

(…)  A formação dos alunos em valores socioemocionais era uma preocupação de outra, que citou a importância da resiliência e da capacidade de trabalho em grupo e mencionou uma “falta de empatia” de parte da elite brasileira.

obs: “Elites” e’ um nome usado pelos grandes predadores que combato e evito a todo custo. Ela visa esconder o grupo predador dentro de um envelope perfumado. Empatia neste grupo significa disposicao e vontade de se organizer como mafia, fortalecendo-se na defesa e exploracao das presas. Ela informa que falta empatia entre os predadores brasileiros, o que e’ uma boa noticia para auto-exorcizados destes tres instintos: sem uniao fica mais facil transforma-los para exorcizar-los. Mas esta e’ uma hipotese enganosa. Os predadores brasileiros tem origens nos predadores estrangeiros e com estes continuam a manter firmes lacos mafiosos. Entao estes predadores no Brasil nao constroem e alimentam uma forte network entre eles no territorio brasileiro que e’ um territorio periferico, mas cada predador brasileiro tem um forte link individual com o nucleo estrangeiro da mafia global. No entanto, se medios predadores da classe media se tornarem uma ameaca a eles, voltam-se para o territorio periferico reforcando sua network aqui.