Posts Tagged ‘educação’

Educação Escolar Contemporânea: Ver a critica cristã

quarta-feira, novembro 21st, 2018

xxxx

Procurar este livro:

Educação escolar: Estes assuntos devem serem ensinados na escola?

terça-feira, novembro 20th, 2018

xxxxx

Exemplo de humanos atuando por instintos herdados de animais e… plantas

terça-feira, outubro 9th, 2018

xxxx

Assistindo o vídeo sobre a pressão ocorrendo sobre o estudante coreano, um leitor perguntou porque os estudantes não se unem num acordo de enganarem as autoridades que continuam estudando as 15 horas porem na verdade fingiriam estudar 5 horas… Assim cairia o nível de nota exigido nos exames, beneficiando a todos. Outro leitor respondeu com a joia seguinte:

” Why don’t trees just spread on the ground? Wouldn’t this make less energy spending. Came to be that the taller the tree, the better the sunlight it gets. Just like us greedy humans.”

Porque as arvores tiveram que crescer naquelas alturas()! Seria muito mais inteligente e natural espalhar-se o máximo com rais e folhas pelo solo, pouparia toda a energia gasta entre copa e raiz. Suspeito que a resposta esta na competição egoísta, pois desde que uma planta cresceu mais para abocanhar mais quantidade de luz do sol, as outras entraram na competição.

Assim são os humanos. Porque todos os trabalhadores não selam um pacto em trabalharem 35 horas por semana(). Bem, primeiro que o individualismo vindo do gene egoísta não permite esse tipo de comunicação entre os trabalhadores, e sempre haveria os traidores ou os imigrantes baratos. Esta regra poderia ser estendida a quase tudo neste sistema capitalista selvagem. No controle do preço das casas, do preço pago pelo seguro do carro, etc.

 

Educação na Coreia do Sul: Um fenômeno moderno anormal – com vídeo.

terça-feira, outubro 9th, 2018

xxxxx

12 a 15 horas estudando por dia. Este é o comando vindo dos adultos – pais e oligarquia – da Coreia do Sul aos adolescentes. Porque… e que tipo de mente esta sendo formada aqui…() O pais saiu arrasado de uma guerra nos anos 60 e com a estrategia de investir pesado na educação desenvolveu-se rápido chegando agora a 12* economia do planeta. Aos jovens é dito – e eles aceitam e compreendem – que o pais não tem recursos naturais, tem apenas o povo. Então o povo tem que fazer algo e a saída esta sendo adquirir matéria prima e industrializa-la revendendo com lucro para comprar para as necessidades básicas.

Qual a causa primeira desta situação… (). Temos mais um exemplo de humanidade se originando e vindo do caos, do humano pagando alto preço para sobreviver, e de humanos que tem boa índole, o que é bom potencial.  Claro, como em todos os lugares, a Coreia também tem seus predadores internos, e isto se nota das palavras de uma estudante: “o ensino se tornou corporatizado”. E a canalização dirigida para serem excelentes profissionais desejando ardentemente serem empregados das grandes corporações. Remanescências das origens caóticas no estado animalizado.

A oligarquia predadora deve fazer o seguinte calculo:

Isto e como gerir uma fazenda de gado. Tem-se que calcular qual o custo para manter cada unidade viva e calcular qual o lucro que sera gerado depois que ela entra na corporação. Estudantes mantidos assim fica barato pois não tem tempo e recursos para gastos supérfluos. Então, do saldo calculado entre despesa e venda de cada unidade ( já que eles produzem mais para exportar industrializados ao exterior, virtualmente o trabalhador é vendido indo junto com o produto), temos que calcular o lucro máximo que podemos auferir não esquecendo que para manter essa maquina girando precisamos que reinvestir cada vez mais na maquina, ou seja na educação dos trabalhadores.

Qual sera o futuro do povo coreano()    Já que os predadores sempre tem a tendencia de construir um sistema mecanicista, e sabendo-se que o Universo não tem aprovado esta tendencia, não se deve esperar bom futuro disso.  Existe alguma sugestão de solução agora para um futuro mais humanista e de melhor qualidade() A população continua aumentando ()

isto merece uma pesquisa iniciando por procurar a Coreia no Wikipedia.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=1501&v=TXswlCa7dug

Educacao: diferencas entre predadores e presas

sexta-feira, abril 13th, 2018

xxxx

Com mensalidades de até R$ 10 mil, mercado de colégios de elite avança

https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2018/04/com-mensalidades-de-ate-r-10-mil-mercado-de-colegios-de-elite-avanca.shtml

(…) Ele diz não estranhar que justamente o segmento de colégios de elite tenha crescido nesse momento: “A crise econômica é absolutamente concentradora de renda”, afirma o sr. Pereira.

Obs: Os donos e manipuladores do capital selvagem provocam este ciclo interminavel de “melhoria ilusoria/crise”, pois por este mecanismo se apoderam dos bens de valor das classes media e baixa. O garimpeiro pobre e analfabeto que enfrenta o inferno na mata e sai com algum ouro sempre encontra os ladroes “comerciantes” destas adequadas escolas na cidade que ficam com todo o ouro. 

(…) Eles ensinam matemática, física, química e biologia em inglês, adotam currículos internacionais e prometem formar líderes globais que irão cursar as melhores universidades do mundo.

Obs: Os grandes predadores terao a mente mais capacitada a vencer no sistema social atual que medios predadores e nem se compara com as presas. 

(…) Enquanto a crise econômica brasileira levou escolas particulares, das simples às mais tradicionais, a ter de dar desconto nas mensalidades e enfrentar a inadimplência e até a perda de alunos para instituições mais baratas ou públicas, emergiu no país o mercado dos colégios de elite, com mensalidades de até R$ 10 mil. Se os investimentos em colégios de elite vão bem, as escolas particulares —em geral— ainda não viram o fim da crise econômica que afeta o setor. São, no país, 42 mil instituições, responsáveis por 14% dos estudantes.

Obs: Com isso a classe media se ferrou pois ela e’ cliente das escolas particulares enquanto o 1% cresceu, o qual nao e’ pouco pois ja tem cerca de 45.000 alunos, que pagam mensalidades de 10.000,00). 

(…) Novo negócio do grupo SEB (Sistema Educacional Brasileiro), que possui escolas em oito estados com cerca de 45 mil alunos, a Concept já estava presente em Salvador e em Ribeirão Preto.

(…) O calendário será o brasileiro, mas o currículo segue a  instituição britânica Fieldwork Education. A escola usa conceitos estrangeiros da moda, como o “mindfulness” (meditação para concentração), “habits of mind” (treino para o cérebro, com lições como persistir, controlar impulsos, usar conhecimento do passado para novas situações etc.) e “visible thinking routines” (técnica para aprimorar o pensamento).

obs: Aqui esta a estrategia que eleva os grandes predadores por rebaixar os medios predadores e presas

(…) “E a iniciativa privada responde ao anseio do mercado, uma educação que forme pessoas capazes de trabalhar em vários países”, complementa o presidente da federação de escolas particulares.

obs: Enquanto isso os medios predadores ficam limitados a passar em concursos apenas dentro do pais

Em outro artigo:

http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2017/08/1910575-escola-com-mensalidade-de-r-8000-ja-tem-2000-pais-interessados-em-sp.shtml

(…) Também se praticará ali o chamado ensino por projetos, já praticado hoje em muitas escolas públicas e particulares, que demanda o conhecimento de diversas disciplinas –em Nova York, por exemplo, um estudante construiu um banjo em um projeto, unindo música, física e matemática, entre outras matérias.

obs: Outra grande diferenca na formacao mental das classes sociais. O sistema educacional publico para as classes media baixa e baixa conduz os estudantes a um afunilamento mental, tem por objetivo final produzir tecnicos especialistas numa profissao requerida pelas corporacoes. Assim o “doutrinado” torna-se alienado do resto das disciplinas escolares e seus respectivos campos na vida real. Por outro lado, o sistema educacional privado para a classe autocratica dos grandes predadores conduz seus estudantes para uma visao ampla da conjuntura global. E’ o que chamam de “ensino por projetos”, que requer o conhecimento geral de todas as disciplinadas sem especializacao em apenas uma delas. Claro, nenhuma predador se sujeita a ficar preso por horas e ate’ dias inteiros num cubiculo fechado exergcendo trabalhos robotizados numa rotina que se estendera por 30 anos ate’ sua aposentadoria. Eles querem total liberdade, serem donos de seu tempo e fazer apenas o que lhes apetece, na hora que escolhem. Isso explica, por exemplo, a absurda alienacao e fora de foco dos coxinhas que atacam o efeito ao inves da causa no caso da corrupcao no Brasil: eles nao tem conhecimento e visao do conjunto, sendo incapazes de detector reais causas numa disfuncao do sistema social.

(…)  Mas a informação não era uma preocupação de muitos dos pais presentes no encontro na terça-feira, entre eles médicos, empresários e apresentadora de televisão.

obs: medicos, empresarios, celebridades. Fornece uma ideia da parte dos grandes predadores, ficando porem a real informacao um incognita pois nao diz quem sao os “entre eles”.

(…)  Uma preocupação mencionada em mais de uma roda era a preparação para universidades estrangeiras. “Uma das minhas filhas estudou na Europa. Quando voltou para cá e entrou na USP não aguentou, achou muito ruim”, comentou uma mãe.

obs: provavelmente apenas uma classe media alta que foi agredida pela crise e teve que rebaixar o status educacional da filha. Esta certamente vai bater panela com os coxinhas culpando o PT. Enquanto for sugado dinheiro do Brasil pobre para a Europa, esse dinheiro ficara faltando para melhorar as escolas do Brasil.

(…)  A formação dos alunos em valores socioemocionais era uma preocupação de outra, que citou a importância da resiliência e da capacidade de trabalho em grupo e mencionou uma “falta de empatia” de parte da elite brasileira.

obs: “Elites” e’ um nome usado pelos grandes predadores que combato e evito a todo custo. Ela visa esconder o grupo predador dentro de um envelope perfumado. Empatia neste grupo significa disposicao e vontade de se organizer como mafia, fortalecendo-se na defesa e exploracao das presas. Ela informa que falta empatia entre os predadores brasileiros, o que e’ uma boa noticia para auto-exorcizados destes tres instintos: sem uniao fica mais facil transforma-los para exorcizar-los. Mas esta e’ uma hipotese enganosa. Os predadores brasileiros tem origens nos predadores estrangeiros e com estes continuam a manter firmes lacos mafiosos. Entao estes predadores no Brasil nao constroem e alimentam uma forte network entre eles no territorio brasileiro que e’ um territorio periferico, mas cada predador brasileiro tem um forte link individual com o nucleo estrangeiro da mafia global. No entanto, se medios predadores da classe media se tornarem uma ameaca a eles, voltam-se para o territorio periferico reforcando sua network aqui.

 

 

 

Video afirma que a Ciência comprova a existência de um fantasma, chamado de “selecao natural”

domingo, março 4th, 2018

xxxx

Este grande erro da educação escolar transmitir teorias cientificas como se fossem verdades comprovadas pelas Ciências se revela neste vídeo. Abaixo minhas explicações:

https://www.youtube.com/watch?v=xS7KB-9WOwQ

E meu comentario postado no Facebook:

Você quer filhos bem sucedidos na escola e financeiramente, apenas? Então faça como milhões de pais que vão deixar este vídeo entrar na cabeça de seus filhos sem reagirem. Mas observe como os humanos atuais bem sucedidos na escola e financeiramente estão conduzindo este planeta ao inferno. Pois quem decide nosso destino e’ o mundo e o mundo nada sabe de notas em escolas ou dinheiro, ele aprova apenas aqueles que caminham em sintonia com seu ritmo e seu proposito. Então veja no meu comentário abaixo sobre o vídeo como e porque humanos com todo saber cientifico não estão sabendo como respeitar e obedecer o mundo. “Você tem que vencer os outros e deixar muitos filhos…” esta o vídeo botando na cabeça dos estudantes e afirmando com autoridade que isto e’ cientifico, porem como o objeto em que se baseiam não tem existência material, estão dizendo que a Ciência comprovou a existência de um fantasma! Pode ate ser que esse fantasma exista, mas assim como Deus ou o universo explodindo em Big Bangs, jamais estará ao alcance da Ciência, não se pode usar seu nome assim em vão. Da mesma forma que os humanos ficaram milhares de anos sendo torturados por doenças curáveis porque nada sabiam da existência de vírus e bactérias e acreditavam que doenças eram castigos do sobrenatural fantasma e nem sequer se despertavam para a curiosidade de pesquisar as causas, assim também se a teoria da selecao natural do jeito definido pelos humanos atuais estiver errada, os humanos motivados pela ideologia que ela transmite vão contra a natureza e implantar o inferno aqui. Antes que seja tarde demais, apoie a nos, filósofos, que estamos atentos a estes descaminhos e denunciando-os.

E meu comentário ao vídeo:

Pode ter um erro nisso. Como ter certeza que a selecao natural atua sobre estes 3 requisitos apenas? E se existe um sistema natural hierarquicamente superior dirigindo a evolução, com o seu proposito? Por isso, esta definição de selecao natural e’ uma teoria cientifica e não um fato cientificamente comprovado. Por exemplo, focalizemos o mundo das células. Grande diversidade, transmissão hereditária a suas copias, diferentes capacidades de se multiplicarem. Isto determina qual sera selecionada? Não, porque existe um sistema hierarquicamente superior com um proposito seu que pode determinar a selecao: o corpo, ou organismo. São muitos os possíveis sistemas cuja influencia na biosfera desconhecemos: o planeta com certeza dará o veredicto final na selecao de todas as especies e indivíduos; o sistema solar, a galaxia, e inclusive a teoria da MatrixDNA Universal sugerindo que neste universo não existe evolução mas sim um processo de reprodução do sistema desconhecido que o gerou. Se isto for correto, e’ a forma do sistema desconhecido quem dirige a selecao natural e já determinou qual sera o eleito final: a forma que o reproduza em sua totalidade. Seleção natural e’ um conceito abstrato, não existe um objeto ou agente palpável e tocável pela Ciência, portanto e’ uma produção da mente humana, não da Ciência, apesar de que ela atenda aos requisitos da logica formal. Quando o réptil cinodonte segurou os ovos para tornar-se mamífero, tornou-se fraco e jamais seria selecionado nos três requisitos. Quem ou que então determinou essa selecao? Baseado em que proposito futuro talvez alem mesmo da existência desta biosfera? Enfim, este vídeo serve na função do aluno obter boa nota nos exames, mas não na função de abrir a mente dos jovens levando-os a pensar para que continuem a buscar soluções e assim desenvolvam as ciências.

Evolução: Problemas na teoria e a educação escolar da teoria

domingo, setembro 3rd, 2017

xxxx

Por James Tour:

https://www.jmtour.com/personal-topics/evolution-creation/

” Evolution is both about the mechanism by which change occurs over time, and the theory of universal common descent. But the mechanismsare unknown and the theory of universal common descent is confronted by issues of uncommonness through ENCODE and orphan gene research. And each year the evidence for uncommonness is escalating.”

Evolution/Creation

About schollar education regarding evolution:

So what should be taught in schools regarding evolution, in my opinion? As I wrote, I am not a proponent of intelligent design for the reasons I state above: I cannot prove it using my tools of chemistry to which I am bound in the chemistry classroom; the same tools to which I commensurately bind my evolutionist colleagues. A better approach would include more teaching about common descent using basic genetics arguments. But there should also be coverage of legitimate scientific puzzles such as macroevolution’s weak underpinning for the origin of body plans, the unexplainable functional differences between the modern human brain and that of other hominids, the ENCODE and orphan gene findings and disagreements, the huge difficulties regarding the theories on the origin of first life, and the mystery of information’s origin in the sequence of the nucleic acids. Such deliberations would be exciting and scientifically enlightening to students, and they would be changing with time as more data becomes available. In a secular classroom, one need not include an intelligent designer in order to provide the students with an appreciation for the science or an overview of the theories’ shortcomings. I think that, upon this approach, diverse camps could respectfully agree and lawsuits would be unnecessary.

Buscando o Publico Alvo: Desinteresse dos estudantes por ciências – por disciplinas e países

sexta-feira, agosto 11th, 2017

xxxxx

Pesquisa em PDF. Ver principalmente as conclusões finais (pag 144)

http://roseproject.no/network/countries/brazil/bra-caldeira-tolentino-neto.pdf

Existe uma organização internacional que faz a pesquisa em 40 países:

http://www.ils.uio.no/english/rose/

Sobre o Ensino Escolar

segunda-feira, janeiro 2nd, 2017

xxxxx

Penso que nossas escolas estão todas erradas, e tenho militado na tentativa de influenciar mudanças. Agora vejo um texto onde tem boas informações academicas – ensinadas por essa escola – as quais posso precisar mais adiante e por isso registro link para o artigo aqui. Porém, também acho que o artigo está fora de foco e por isso publiquei um comentário, o qual vai abaixo copiado. Já começa com este título muito estranho:

5 coisas terríveis sobre as escolas que você jamais pensou antes

E meu comentario:
Louis Charles Morelli · Fritador de batatas fritas na empresa Self employed – 1/1/2017
Excelente argumentacao e coletanea de fatos. Porem, nao entendo o porque de denunciar algo de forma inutil. O que a autora pretendeu com este texto? Chegar a voz aos pais para ensinarem suas criancas a questionarem? Jamais fariam isto pois eles seriam os primeiros a serem questionados. E nao saberiam como ensinar isto.
E qual o objetivo de uma critica que todo mundo sabe, sem apresentar uma solucao? No caso, o povo mudar a mentalidade dos funcionarios da educacao?
Nao sera’ este tipo de pratica jornalista em si mesmo um efeito da escola, da selecao da midia, tudo vindo da aristocracia dominante?
Creio que eu estou aplicando uma correta solucao, alias a unica que vejo no momento. Procuro questionar o pessoal (alunos e educadores) sobre a veracidade do que aprenderam. Porem, para isso, tenho que estar bem informado sobre os fatos que estudam e tenho que ter em mente uma visao de mundo que de outras explicacoes para estes fatos. A escola e’ a moderna projecao da cultura de 10.000 anos criada pelos humanos com instinto a predadores para manterem seus territorios e suas presas em ordem. Tem-se que combater este instinto e desconstruir esta cultura. Observe meu website e veja como tudo e’ questionado mas para tudo e’ oferecido uma diferente razao. Abracos, e’ bom ter este tema em pauta

Educação: O Curriculum Controlado pelos Predadores

sábado, janeiro 16th, 2016

xxxxx

Abaixo uma carta publicada por um professor. ( link: https://www.facebook.com/notes/elton-rivas/fui-demitido/1230057047008617

Alem dos problemas que ele aponta, outro mais serio preocupa a Matrix/DNA. Os grupos como esse desta universidade, que critérios aplicam na escolha do que vai ser ensinado alem do profissionalismo técnico? Quais tipos de palestras ou eventos externos vão deixar entrar nas suas escolas? Ora, claro, apenas o que ‘e atraente e interessa `a cultura predadora. Uma visão de mundo como a da Matrix/DNA jamais teria espaço para se divulgar nestas escolas. O enorme leque de sugestões para pesquisas e empreendimentos científicos e sociais que emerge da Matrix/DNA fica ai inutilizado. Os valores morais passado aos estudantes são aqueles que conduzem ao Admirável Mundo Novo sob o Big Brother. A total estupidez intelectual, a morte definitiva da alma, o interrompimento da gestação embrionaria da propriedade da auto-consciência.

Se não tiver-mos alguma ajuda de fora – seja de extraterrestres, espíritos, deuses, ou sei la’ mais o que – acho que não vamos escapar do mesmo destino da fabula de Adão e Eva, e vira’ a segunda Queda.

xxxx A CARTA xxxx
No próximo semestre não estarei mais lecionando na Anhanguera. Essa é a resposta às perguntas de qual matéria “eu darei” nesse semestre.
Publiquei artigos. Sou bem avaliado pelos alunos. Não falto, sou pontual e nunca tive maiores problemas com colegas ou alunos.
Mas sou Doutor.
O que acontece quando a educação vira mercadoria?
Vejamos nos trechos do texto que disponibilizo na íntegra, no rodapé da página
“A Anhanguera Educacional tornou-se uma empresa S.A., com ações na bolsa de valores e uma agressiva política de compra de outras instituições. Depois de gastar R$ 800 milhões com a compra de 12 redes de ensino, o grupo tornou-se a maior rede de ensino do país.
Segundo dados da Federação dos Professores de São Paulo (Fepesp), o Grupo Anhanguera demitiu apenas no Estado de São Paulo 1.497 professores. E esse número deve ser ainda maior, uma vez que há relatos de demissão em outros estados, como Rio Grande do Sul, Goiás e Mato Grosso do Sul.
Especula-se que a Anhanguera deseja reformular seu quadro com professores de titulação mais baixa. Segundo professores da Anhanguera, a instituição paga a um mestre o valor de R$ 38,00 por hora-aula e, agora, deverá pagar R$ 26,00 aos novos contratados”
Imagina o que ocorreu com os doutores, que ganhávamos quase R$ 60,00.
Mas nem tudo está perdido. Nos oferecem o feliz retorno em seis meses, desde que aceitemos ganhar o novo piso. E o que faço com os 6 anos de formação para obtenção dos títulos de mestre e doutor? Ah, muda de cidade e vai dar aula numa universidade pública, já me disseram.
A questão não deveria ser essa. Negar a titulação e a remuneração decorrente dela, seria incoerência de quem passa a maior parte do tempo repetindo como um mantra aos alunos a importância da qualificação, da formação acadêmica.
Espero nunca precisar passar por isso, nunca ceder a essa lógica. Lamento pelos colegas que não tem escolha, lamento pela política de ensino superior do Ministério da Educação. Desejo voltar a lecionar lá ou em qualquer outro lugar. Não peço nada além do óbvio. Não quero fechar portas. Quero escancarar as portas, janelas e derrubar os muros. Por isso escolhi ser professor.
Para o sociólogo Wilson Mesquita de Almeida, existe a consolidação de um modelo de Ensino Superior que prioriza o lucro em detrimento da qualidade. “Hoje, os fundos de investimento de educação reestruturam as instituições, reduzindo custos, com o corte de professores e outras medidas que influenciam na qualidade”, afirma o sociólogo. A lógica da política de ensino superior no Brasil, construído para suprir a baixa oferta de vagas em universidades públicas, tem reflexos diretos no modelo e na qualidade do ensino universitário brasileiro.