Posts Tagged ‘egoísmo’

Isto e’ realmente o altruismo que o Altissimo espera de nos? A Matrix/DNA diz que nao

segunda-feira, agosto 1st, 2016

xxxxx

A seguir temos um video de um filosofo que representa ou apresenta varias fundacoes existentes cujos membros estariam praticando o altruismo, dando aos mais necessitados. Voce concorda que estejam agindo corretamente?

Pela visao de mundo da Matrix/DNA, eles nao estao agindo tao mal quanto os que podem dar e nada dao, porem estao longe de fazer o que realmente seria certo fazer em beneficio de cada ser humano e da Hmanidade como especie. Na formula para sistemas da Matrix/DNA, – a qual se aplica tambem aos sistemas sociais humanos – vemos como as partes individuais sao extremamente altruistas em relacao ao sistema que compoem, o qual e’…  extremamente egoista. Entao como ficamos?

E altruista uma parte individual do corpo de Sadham Hussein, como o figado, que trabalha, colabora com o estomago, os rins, etc.para manter o sistema funcionando? Mas o sistema – Sadham – e’ um monstro! Um poco de egoismo! Tambem os pistoleiros da Mafia sao fieis, super-altruistas em relacao a seus parceiros e `a Mafia. Para os que tem visao curta, por falta de informacao ou por conveniencia, o egoismo se mascara de altruismo.

Enquanto a Humanidade tiver como fim ultimo a si mesma, ela sera este sistema egoista, cada individuo dela sera na verdade, mais egoista que altruista. A Matrix sugere um diferente comportamento para quem quer ser altruista de fato em relacao ao futuro dos seres humanos. Bem,

a seguir ao video copiei meus comentarios postados neste TED Talks e voce tira sua conclusao.

Louis MorelliPosted at August(08),01,2016

There is individual altruism towards a selfish group, like it is the Mafia, and… the Humanity. We are made off a unit of information called a lateral base-pair of nucleotides which is a functional closed system in itself. DNA is merely a set of billions of diversified copies of this universal system, like its final product – the Humanity – is a set of 8 billion diversified copies of a unique system. And close systems means selfishness. They have no other destiny if not its extinction.

So, these samples of altruism mentioned by Mr. Singer are unconscious selfishness?

But,… Humanity is also something else than its designer DNA. We know that this DNA came from a closed system, which is this astronomic system that created life inside it. We know the anatomy of this system is more evolved than humans’ anatomy, it is a perfect self-recycling machine. Everything our bodies have, this creator has it and more evolved. But this creator was/is totally unconscious. So the key is “consciousness” which is another kind of information that, certainly, is coming from beyond this galaxy. We must practice altruism towards a new transcendental shape of humans, an almost exclusively conscious being. Then, we will excape from the destiny to be closed system and will be an opened system, excaping from extinction.

Of course, this new altruistic man/woman will not refuse to help those in needs. But the new understanding that we are just now 8 billion genes building an embryo of consciousness inside humans eggs-heads ( no gene can be left behind because if a unique gene does not accomplish its mission, we, as the final unique embryo – the Gaia Super-Soul – will born handicapped) will drive us to the right and cosmological type of altruism that the unknown source sending information about this thing called consciousness) is waiting from us. This new world view is suggesting a different plan for altruistic actions. Human species is a temporary and provisory evolutionary shape.

xxxxx

Mason Broxham

Posted 18 days ago

I don’t see how getting an MBA addresses anything like the root of the problem of human suffering. Effective Altruism sounds like a souped up protestant attitude towards charity–a way to live with your rich-ass self. Is the possibility of structural reform (one where people the world over have respectable jobs and not merely malaria nets) so beyond the pale that our best bet is to re-entrench the status quo with a shiny moral lacquer?
Note: I don’t think the Bill and Melinda Gates Foundation is representative of the effective altruism movement

Lindsay Ropiak

Posted 8 days ago
In reply to Mason Broxham:

Well, I don’t think getting an MBA is meant to address that. I think it’s meant to further the goals of the individual. But it also improves that person’s earning power. So while they are pursuing their “wants” they also earn more, which increases the amount they are capable to give to others.

Louis Morelli

Posted a few seconds ago
In reply to:

Lindsay Ropiak

Ok, then, let’s suppose that justice comes to Earth and the 8 billion people can get MBA. Of course, all them will want to earn more. There will be a fight for equal wage for everybody. Nobody will need charity. But, without robots doing all dirty work by the price of the low class wages, this system will not work. So those that have MBA and is earning more is because is earning the wage that is not being paid to the father of these kids that are dying in misery and will not get a MBA. What altruism?! Tell me another joke, please…

Each human being eats 40 tons of vegetables in his/her lifetime. Each human being uses cars, houses, produces garbage, etc. Have you produced this food, yours house, etc., with yours own hands? Oh, no, because I am pursuing my MBA. And you wants to earn more than those producing these things for you, because they can not pursuing their MBA?

I know, the book of yours god, called Bible or Kuran, approves five times slavery in its versicles. So, you got yours moral support.

Louis Morelli

Posted a few seconds ago
In reply to:

Mason Broxham

I think you are right, Mason, see my answer to Lindsay below and my post on the following. But has no value a critique without pointing out yours suggestion for solution, as I did. The protestant, christian, islamic, etc., idea of charity is an effect of the conflict between the humans instinct inherited from our ancestors primates and this novelty called consciousness. In the jungle the social system is shared into three class: the big predators, the medium predators and the preys. All social systems created by humans and theirs religions mimics this wild rule, so we have the high, the medium, and the low class. Why the humans predators are worried about giving what they does not need to the prey?!

The right thing to do, the real altruistic thing to do, would be all three class doing the maxim sacrifice for exorcising this selfish gene from their beings. Included the low class, the prey, because they are equally selfish too. But instead doing that they invented a kind of “moral” that created “charity”, by which they can keep their demon inside their soul.

The real altruism must be focalized in the fight and search for our own transcendence, the transformation of this human shape which is a temporary and provisory evolutionary shape. It is to avoid acting like big, medium predator or prey.

xxxxxx

Seguindo este tema, um comentarista postou um link para o video abaixo, para o qual tambem postei um comentario no Youtube, copiado a seguir:

Louis Charles Morelli –  August, 08/01/2016

Lions and sheeps repeats this image, revealing the human animalistic nature. The preys spends all day working, transforming plants into meat while the lions are sleeping in the shadow at the hill. When the sheep has got fat, the lions comes down the hill for devouring it. I have repugnancy for these humans still acting under the animalism instinct, not only about Mr. Monopoly but about the prey also. I was born condemned to be a prey: parents death at my 3 years old, no family, no house, growing in the streets of a third world country, but I break the code early in my life and had a decision: I will not reproduce myself, I will not furnish fresh meat to the predators and I will not be a slave. Then, I made my bag and walked to Amazon jungle, to live alone among the genuine animals.
I found some gold, and came back for fighting for changing this social system through trying to exorcise this animals’ inherited selfish genetics dominating humans minds. I know that animals and humans are not the culprit by their natures. We are the sons of chaos, this biosphere was created by a nature in chaotic state. In the jungle I learned the essential cause of all social systems created by humans, from capitalism to communism to monarchism, etc. It mimics the rules of the jungle: the big predators are the high class, the medium predators (wolves, fox, etc.) are the media class and the sheeps are the low class.
Human species is a temporary provisory evolutionary shape. It has two alternatives: or fight against the animalist and chaotic demon in its genetics looking for its own transformation or it will be extinct, like dinosaurs and all predators… and preys when this planet can not more support life. So, any plan for fighting poverty need a parallel education revealing to the poor and to the rich, their real personality. Religions are a culture created by predators to keep the preys working by accepting their absurd condition.
E mais uma resposta aqui para:

communism is the answer
 Louis Morelli – 08/01/2016
Nope. Tolstoi, Trotsky, the intellectuals behind Russian communism recognized they made a big mistake when seeing the people allied to government for burning the books. Communism and capitalism are the prisons of minds. The predators gets the bureaucratic power and the preys continuing their labor under high taxes. The solution is fighting all situations where there are predators and preys, no boss and no employee, but only partnership. Included about the government.

 

Humanos Tem Genética Com Tendencias Egoístas e Altruístas, Dizem Cientistas

sábado, julho 2nd, 2016

xxxxx

Biólogos como Richard Dawkins ( The Selfish Gene) invadiram o cérebro com suas intenções pessoais ocultas e viram dentro dos aposentos escuros dos neurônios o malfadado gene egoísta. Tempos antes psicólogos como Freud também seguindo seus interesses pessoais invadiu os aposentos do subconsciente com uma lanterna para mostrar ao mundo a cara da besta fera existente dentro de cada baby que nasce no mundo. Dawkins odeia as religiões, O judeu-austríaco Freud odiava a aristocracia que discriminava a plebe judaica julgando-a uma raca inferior. Freud se determinou a ferir a aristocracia fazendo-a se lembrar que eram também humanos e como tal, oriundos das mais baixas origens. No que foi completado por Darwin-peludo-com cara-de-macaco como lhe chamavam na escola que invadiu as selvas para mostrar aqueles alunos que eles também eram macacos.

Agora estes biólogos, com outras opostas intenções, invadem os cérebros em busca do gene altruísta e o encontram, apesar de que meio acorrentado e como dominado pelo feroz gene egoísta da besta fera. Então esta’ faltando agora psicólogos com estas mesmas outras intenções invadindo o subconsciente com uma lanterna para iluminar ali a cela onde esta aprisionado o Anjo Celeste, dentro de cada ser humano. E assim pelo simples correr do curso natural das coisas, a Humanidade sera’ conduzida a mudar seus hábitos e sistemas sociais porque assim funciona a universal dicotomia: uma serie de ciclos alternando dominantes e dominados para podarem suas arestas de atritos e por fim se transformarem num terceira entidade que e’ conduzida a sua transcendência. Num primeiro ciclo domina o extremo negativo que produz bestas feras e genes egoístas, mas quando começa o segundo ciclo, dentre biólogos, psicólogos e evolucionistas, que mais intensamente se aprazem em alimentar em si estas negatividades,se revelam ao mundo na sua nua realidade, e isto significa o começo do fim do seu reinado. Pois neste ponto começam a se levantarem os dominados para agora ocuparem o trono.

Sagradas e sabias são as Leis Naturais. E bem-aventurados sejam estes biólogos, que mesmo sem terem consciência disso, estão sendo os instrumentos e ombros sobre os quais a Natureza caminha e evolui rumo ao destino final escolhido na sua Criação. Dentre os psicólogos, filósofos e afins, quem vai se prestar ao sagrado trabalho que deve ser feito agora? Pois intuitivamente um artista antigo já previu ao observar a Lua, a cena comemorativa no dia de sua grande realização: a figura de São Jorge em seu cavalo dominando a serpente.

Cientistas estudam cérebro para saber se nascemos egoístas e ficam perplexos com o resultado

Psicologia humana, feminina: ARTIGO: “Mulheres bonitas são mais egoístas”, e a interpretação da Matrix/DNA

sábado, fevereiro 2nd, 2013

Superinteressante

http://super.abril.com.br/blogs/cienciamaluca/mulheres-bonitas-sao-mais-egoistas/comment-page-1/#comment-2888211

Êste é um assunto que tem considerável efeitos na nossa vida do dia-a-dia, apesar de não ser notado. O grosso da Humanidade se coloca como deslumbrados perante um temporario padrão de beleza fisica e apêlo sexual pagando um elevado prêço por isso. Quantas pessoas existem hoje que se omitem da maldição que cai sôbre todos os seres humanos mesmo antes de nascerem, resumida no “comerás o teu pão com o suor do teu rosto”. São pessoas atuando como predadoras, vampirizando a energia de outras pessoas, pois tudo o que consomem não cai do céu, exigem sacrificios humanos na sua feitura. Mas por outro lado, porque seres humanos se prestam a êsse absurdo irracional papel de serem escravos voluntários? A explicação é um prévio condicionamento mental que vem de raízes profundas nos tempos da história de nossos ancestrais, inclusive dos não-humanos. Outro efeito dessa ilusão hipnótica é vista nas borboletas atraidas para a luz de uma lampada e ali ficam orbitando até cairem mortas. Planetas escuros orbitam estrelas luminosas, eletrons descarregados de fótons orbitam prótons luminosos, isto está na nossa natureza e enquanto não conhecer-mos, não desmascarar-mos estas forças negarivas da natureza não nos livraremos delas. “Feios” orbitam submissamente em torno de “bonitos”, enquanto a teoria da evolução ensinada nas escolas rtransmitem às crianças que na natureza os melhores designs “comem” os piores designs e são naturalmente selecionados deixando prole maior. Mas aí está a grande armadilha que uma vez já provocou a queda de nossos ancestrais a que se deu os nomes de Adão e Eva. Abaixo daquele artigo na Superinteressante postamos o comentário abaixo que está agueardando aprovação para ser publicado:

The Matrix/DNA diz:

A explicação para o realçado egoísmo das mulheres mais bonitas e o aviso para que os mais feios não devem alimentar êsse egoísmo, vem de um mais profundo entendimento do mundo. Todos os seres humanos possuem uma dominancia do grupo dos “genes egoístas” ( descritos por Dawkins como selfish gene) herdados dos nossos ancestrais não-humanos pelo simples avançar da evolução. E quando seres humanos conseguem viver num ambiente confortável estes genes são mais incentivados a se expressarem. A origem da força natural expressada pelo egoísmo remonta aos tempos em que a matéria contendo um principio mental ainda “adormecido” estava formando as primeiras galaxias e as fêz como sistemas fechados em si mesmos, isolados do mundo, o que é a expressão maxima do egoismo. Como aquelas galaxias foram ancestrais dos sistemas biológicos como nós, aquele evento está registrado na memória do DNA e foi intuido/relembrado pelos autores da Biblia, os quais, sem entenderem direito o que estavam lembrando, expressaram aquelas lembranças metafóricamente, na forma da fabula de Adão e e Eva no paraiso. Basta ver os modelos cosmológicos da Matrix/DNA Theory para se entender isto. A força feminina era a rainha e ela criou aquele falso paraiso impondo à força masculina participar daquele sistema. Por algum motivo a Natureza não admite sistemas fechados egoístas, e aciona a força da entropia para destrui-los, prova disso foi a Queda. Agora estas mulheres bonitas, inconscientemente, se deixadas livres ditando as regras em nossa sociedade, tendem a repetir o êrro de Eva, a comer a maçã oferecida pela serpente que Eva mesmo criou, e elas vão nos levar a repetir o erro ancestral reconstruindo aqui o falso paraiso. Por isso não se deve lhes dar maior privilégios que a outros e lhes facilitar a vida: as dificuldades aqui tem justamente o efeito de combater o gene egoísta, reanimar o gene altruista dos sistemas abertos, extirpar aquele pecado original da nossa personalidade.