Posts Tagged ‘energia’

Uma Dose de Ânimo, Fundamentada na Realidade, Para Redobrares Energia, Ampliar Sua Sabedoria, e Continuar a Luta

sexta-feira, setembro 5th, 2014

xxxxx ( Oh… sinto muito, não tive tempo de traduzir)

From “Learning Mind”

Why we are all one? Because in this Universe is occurring a process of genetic reproduction of a natural system since the Big Bang, and we, human beings – as all life forms that have developed consciousness – are like genes building just now this universal “conscious embryo”, which is reproduction from the conscious natural system ex-machine ( you can call it God, no problem) that fecundated this space’time through out the Big Bang. 

Why we know that? Of course, we don’t know, no human knows the ultimate Thru.  But, our actual knowledge of a big amount of data collected at natural phenomena end events, is logically pointing out towards this direction.  See how, data by data, step by step, at the Matrix/DNA Theory. And try to find a mistake or try to escape from thin logics. 

Don’t forget that at human’s embryo formation, all genes goes up to the brain, and from here getting personal consciousness, becoming a unique “personality”. And don’t forget that this “Natural Universal History” is just equal the total history of yours own beginnings during those 9 months of formation. The first moment of yours life was when an spermatozoon’s membrane  “exploded” at the center of an ovule, which was yours entire “universe” for 9 months. So, you was made by a process that is same image and sameness that was made this Universe. Yours real parents were outside yours little universe, waiting for you.

Is it merely coincidences? I think not. I read somewhere a phrase: “I am who I am. If you want know me, if want know how I think, try to know my production, my job.” What could be this production… if not the Universal Nature?

That’s why those that search, watch carefully, try to understand, Nature, any natural phenomena or event, and follows the findings of Natural Sciences, are more prompt and next to the Creator, than any religion – which is a tentative of smart way for trying to reach the supreme goal without the hard work required by who said that phrase. We have doing the hard work, including going to places that no white man went before, like the hearth of Amazon jungle, asking to those witnesses of life’s origins that still survives there, and the creator has revealed lots of secrets, being the most important, the universal Matrix/DNA natural formula, since its first appearance at this space/time, when the Matrix was merely waves of natural light. You must pick up this job, making those corrections of mistakes that we certainly did, and leaving it ahead… this is the human mission.

Luz/Energia Solar x Fotosintese x Formula da Matrix/DNA: Tecnologia Para Captacao de Energia/Fotons Solares

domingo, abril 7th, 2013

Neste Capitulo pretendo inserir todo material/informação a respeito.

1) Película transparente pode melhorar painéis solares e diminuir gasto de energia

http://hypescience.com/pelicula-transparente-pode-melhorar-paineis-solares-e-diminuir-uso-de-energia/

Hypescience – Por  em 7.11.2010 as 18:14

Notas sobre o artigo:

As películas de fulereno são transparentes, porque as bordas dos hexágonos contêm cadeias de polímero embaladas juntas firmemente, enquanto o centro dos hexágonos tem cadeias poliméricas finas e ligeiramente comprimidas. As bordas, de tão compactas, são capazes de absorver luz e gerar eletricidade.

Fulereno

Os fulerenos são uma forma alotrópica do Carbono, a terceira mais estável após o diamante e o grafite. Tornaram-se populares entre os químicos, tanto pela sua beleza estrutural quanto pela sua versatilidade para a síntese de novos compostos químicos.

Alotropia  designa o fenômeno em que um mesmo elemento químico pode originar substâncias simples diferentes. As substâncias simples distintas são conhecidas como alótropos. Estes alótropos são diferentes modificações estruturais do elemento, ou seja, os átomos do elemento estão ligados entre si de uma maneira diferente. O elemento carbono (símbolo C, número atômico 6) forma as substâncias grafite e diamante de forma natural e os fulerenos de forma artificial. O grafite é um sólido escuro e pouco duro, apresenta massa específica de 2,22g/cm³. Do ponto de vista microscópico, é um sólido constituído pela união de enorme quantidade de átomos de carbono, e cada um deles apresenta geometria molecular trigonal plana. Já o diamante é um sólido transparente e muito duro, apresenta massa específica de 3,51g/cm³. É a substância natural mais dura de que se tem conhecimento

Aqueles cientistas buscavam compreender os mecanismos para a formação de longas cadeias de carbono observadas no espaço interestelar. A técnica utilizada no experimento consistia na vaporização do carbono a partir da irradiação de uma superfície de grafite com emprego de laser num jato pulsado de hélio de alta densidade, a uma temperatura de 104°C.

As amostras assim obtidas eram analisadas por espectrometria de massa o que possibilitou a identificação de fragmentos contendo 60 átomos de carbono. Foi então proposta uma estrutura semelhante a uma bola de futebol, apresentando 32 faces, 20 hexagonais e 12 pentagonais, batizada inicialmente como “buckminsterfulereno”, em homenagem ao arquiteto estadunidense Richard Buckminster Fuller, renomado pelos seus trabalhos apresentando cúpulas geodésicas, formadas a partir de faces hexagonais, combinadas com pentágonos.

XXXXX

2 – Célula solar

Uma célula solar (também chamada célula fotoelétrica ou célula fotovoltaica) é um dispositivo elétrico de estado sólido capaz de converter a luz diretamente em energia elétrica por intermédio do efeito fotovoltaico.

Os conjuntos de células usadas para fazer módul os solares utilizados na captura de energia da luz solar são conhecidos como paineis ou placas solares. A energia gerada por este módulos solares é chamada energia solar fotovoltaica.

 

Uma célula solar, feita de silício policristalino

Efeito fotovoltaico – Photovoltaic effect

The standard photovoltaic effect is directly related to the photoelectric effect, though they are different processes. When the sunlight or any other light is incident upon a material surface, the electrons present in the valence band absorb energy and, being excited, jump to the conduction band and become free. These highly excited, non-thermal electrons diffuse, and some reach a junction where they are accelerated into a different material by a built-in potential (Galvani potential). This generates an electromotive force, and thus some of the light energy is converted into electric energy

efeito fotovoltaico é a criação de tensão elétrica ou de uma corrente elétrica correspondente num material, após a sua exposição à luz. Embora o efeito fotovoltaico esteja diretamente relacionado com o efeito fotoelétrico, trata-se de processos diferente. No efeito fotoelétrico, os eletrões são ejetados da superfície de um material após exposição a radiação com energia suficiente. O efeito fotovoltaico é diferente por os eletrões gerados serem transferidos entre bandas diferentes (i.e., das bandas de valência para bandas de condução) dentro do próprio material, resultando no desenvolvimento de tensão elétrica entre dois elétrodos.[1]

Na maioria das aplicações fotovoltaicas a radiação é a luz solar e por esta razão os aparatos são conhecidos como células solares. No caso de uma célula solar de junção PN, a iluminação do material cria uma corrente elétrica à medida que os eletrões excitados e os buracos remanescentes são arrastados em direções diferentes pelo campo elétrico da região de depleção

XXXXX

3 – Bactéria que converte luz em energia é descoberta nos Estados Unidos

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u315383.shtml

26/07/2007 – 16h39

“Isto foi estranho”, disse David M. Ward, um professor da universidade, sobre a descoberta. No entanto, Ward disse que a bactéria apresenta um “novo tipo” de fotossíntese. “É a mesma lógica de funcionamento, mas o arranjo das partes está em pontos diferentes“,

Microbe Converts Light to Energy

July 26, 2007
http://www.redorbit.com/news/science/1013450/microbe_converts_light_to_energy/

XXXXX

Não lido ainda:

A Novel Photosynthetic Purple Bacterium Isolated from a Yellowstone Hot Spring

http://www.sciencemag.org/content/225/4659/313.abstract?sid=6b8ba3d9-5ece-428b-badc-d86b5e9a5ce6

XXXXXX

Fotossíntese – Photosynthesis

Fotossíntese é um processo físico-químico a nível celular, realizado pelos seres vivos clorofilados, em que eles utilizam dióxido de carbono eágua, para obter glicose através da energia da luz. 12H2O + 6CO2 → 6O2 + 6H2O + C6H12O6.

Este é um processo do anabolismo, em que a planta acumula energia a partir da luz para uso no seu metabolismo, formando adenosina tri-fosfato, o ATP, a moeda energética dos organismos vivos.

A fotossíntese inicia a maior parte das cadeias alimentares na Terra. Sem ela, os animais e muitos outros seres heterotróficos seriam incapazes de sobreviver porque a base da sua alimentação estará sempre nas substâncias orgânicas proporcionadas pelas plantas verdes.

Photosynthesis is a process used by plants and other autotrophic organisms to convert light energy, normally from the sun, into chemical energy that can be used to fuel the organisms’ activities. Carbohydrates, such as sugars

 

Pesquisa da Matrix/DNA sôbre o Campo e Partícula de Higgs e o Modêlo Padrão

sexta-feira, julho 6th, 2012
Nêste capitulo irei registrando tudo o que encontrar de interessante nos temas do titulo para fazer uma pesquisa sob o ponto de vista da Matrix/DNA Theory. A coisa ainda me parece confusa pois meus modêlos estão sugerindo que os diversos bosons e seus respectivos campos são produzidos por cada uma das sete diferenças no espectro da luz, portanto o Higgs field e sua particula não serão a essencia primeira fundamental ( esta continua sendo a luz original) mas sim um produto da luz. A diferença de massa entre estes campos e suas particulas seria um efeito da diferença da velocidade de vibrações da onda de luz.
Mas para elaborar uma teoria geral a respeito ainda preciso estudar e me atualizar nos detalhes dos bosons e seus campos e encaixar isso tudo sôbre o espectro de campo da luz, tal como está sugerido e desenhado em meus modêlos.
1) Primeiro fica registrado minha resposta no link abaixo:
http://www.paulopes.com.br/2012/07/boson-de-higgs-consagra-metodo-cientifico.html#ixzz1zrBFAcnm
Louis Morelli6 de julho de 2012 12:22:

” Êste fórum aberto devia ser uma oportunidade para nos informar o que é e o que significa esta descoberta. Por exemplo: o Higgs boson não é a “particula Deus”,  ou “de Deus”,  porque não é ela que cria a massa. Esta vem do Campo de Higgs que seria uma espécie de fluido permeando todo o espaço universal. Então para os que acreditam no modêlo de seu Deus, êste criaria massa por mágica a partir do nada e a distribuiria através do campo. Ao invés de particula deveria se dizer “o Campo de Deus”.  Estou errado?

Mas o Modelo Padrão tampouco não explica como o Higgs Field cria massa. Seria criada a partir do nada? Por mágica? A teoria responde que o campo possui massa na forma de energia. Ok, então segue a pergunta:  “E o que cria a energia?”  Do nada? Por Mágica? A teoria, pelo que sei, não tem a resposta. Isto chama-se “razão circulante”.

Temos que procurar conhecer qual é a natureza da massa e da energia. O Modêlo Padrão não tem essa explicação, assim como não define a fôrça gravitacional, não explica a dark matter, etc. Então, para mim, chegamos a um importante lugar na busca do conhecimento com a descoberta de mais uma particula fundamental, a qual, por ser um boson, deve ser produzida por um campo, assim como o boson “fóton” é produzido pelo campo eletro-magnético. Se descobrimos um boson, deve haver seu campo. Se êste boson é pesado, com muita massa, o seu campo deve conter massa. Mas é  como se partíssemos do meio da selva e atingíssemos as praias do continente, estamos nos deparando agora com um oceano desconhecido e algo nos diz que outros continentes existam depois do oceano.

Penso que a Física está chegando nos limites de suas possibilidades.  A Física pode explica tudo da estrutura do esqueleto humano, pois é um sistema mecanico, mas quando termina êste, e começa o reino da carne e do sangue, etc., começa a biologia, a quimica… Assim, o aspecto do Universo que estamos dominando o conhecimento com o boson Higgs é relativo ao esqueleto, mas a verdadeira busca começa agora, sôbre as camadas mais complexas que revestem esta infra-estrutura, talvez revelando um Universo com caracteristicas vitais, ou até mesmo tambem com propriedades mentais ou conscientes, como sugerem os modêlos da Matrix/DNA. Se o Modêlo Padrão tivesse descrito o Universo na sua totalidade, teria que responder questões como:

Qual a propriedade que existe nêste campo primordial de Higgs ou qualquer dos outros, que mais tarde tornou possivel êste fenômeno conhecido como ” matéria organizada como código genético? Ou a propriedade que levou a matéria a produzir pensamentos?! Acho que não existe muito motivo para comemorar nossa sabedoria, e sim, mais motivos para ainda chorar a nossa ignorancia. Estou errado?

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2012/07/boson-de-higgs-consagra-metodo-cientifico.html#ixzz1zrBFAcnm

xxxxx

2) Questão:

A particula de Higgs seria o tijolinho fundamental do campo de Higgs, segundo sugere, ao que me parece, o Modêlo Padrão. Mas algo aí não bate com a lógica das evidências. recorramos à analogia com o corpo humano. Seus tijolos são as células. Os tijolos destas são os átomos. Dêstes são as particulas. Destas são os quarks. Pois bem. O campo de Higgs, segundo a teoria, é do tamanho do Universo. E teria apenas um tipo de tijolo?! A água tem a molécual H2O, depois os átomos, particulas, quarks. Mas se o Universo é muito maior que o corpo humano, os tijolos fundamentais docampo de Higgs não deveriam serem muito maiores que os tijolos fundamentais dos corpos humanos, que são os quarks?

xxx

3) Noticia mais esclarecedora:

Something like the Higgs boson has been found – probably, according to leaked video

http://blogs.telegraph.co.uk/news/tomchiversscience/100168877/something-like-the-higgs-boson-has-been-found-probably/

Meu comentário postado nêste artigo do Telegraph:

TheMatrixDNA

0 minutes ago

My theoretical models are suggesting that Higgs field and boson are related and produced by the last frequency of electro-magnetic spectrum ( the radio frequency, 10/4). The models suggests that first of all there was light, and light has the code for turning inanimate matter into working systems like life.

Then, maybe is wrong to say that the mass of Higgs field is produced by energy: my models says that mass and energy are produced by light. Energy come from strong frequencies, mass from low frequencies.

Someone has some comment about? If you are interested, see the models at “The Universal Matrix/DNA of Natural Systems and Lifes Cycles Theory”.

Ver comentários…

Notas: 1) A particula Higgs decai em dois fótons… e outras particulas Z…

Alemanha encerra a energia nuclear e parte para buscar a energia da vida

segunda-feira, maio 30th, 2011

A notícia está na Veja e cópia dela no final dêste artigo, mas foi uma oportunidade para analizar essa questão fundamental segundo a perspectiva da Matriz/DNA. 

A energia que vem das reações dos nucleos da Terra e do Sol é uma energia viva, que preenche os canais dos circuitos dos sistemas naturais animados, cujo sentido de evolução está dirigido para sistemas biológicos, é a energia que criou a biosfera terrestre, desta os seres vivos como a espécie humana, e continua a manter essa Vida. Nós teremos a melhor qualidade de vida quanto mais nossa tecnologia for baseada nesta energia.

Por outro lado a energia obtida diretamente de átomos brutos, pesados, como a energia atômica que usamos como fonte de eletricidade, é uma energia cujo sentido de evolução está dirigida para sistemas mecânicos.

É fácil entender porque. Quando o mundo era apenas uma nebulosa de átomos, desta surgiu os sistemas estelares, os quais funcionam como um relógio, o qual foi muito bem explicado pela mecânica Newtoniana. A partir dos sistemas estelares a Natureza e sua Evolução começou a dar uma guinada na direção de sistemas mais complexos, semi-biológicos, como o são as galáxias. Se no sistema atômico se expressam dominantemente apenas duas de suas partes- o próton e o elétron – enquanto as outras cinco partes sistêmicas são apenas anéis de nuvens circulares e ficam ao sabor da vontade dos elétrons que podem pousar numa delas e expressarem-na ou não. O átomo é um sistema semi-vivo mas muito primitivo e comparado com um ser humano seria como se visse na rua passando apenas, ora um coração e um rim, ora um estômago e uma bexiga… os outros órgãos seriam invisiveis por que não estariam sendo expressados, ou melhor, não haveria elétrons materializando suas órbitas eletrônicas. Foi essa forma (a de um próton como central nuclear e elétrons orbitando na periferia), que gerou os sistemas estelares, constituídos de uma estrêla como central nuclear e planetas à volta. A forma do herdeiro é parecida com a do criador por que filho de peixe, peixinho será.

Mas a essa altura tínhamos então apenas uma ou várias nebulosas de sistemas estelares, com apenas dois tipos de astros no céu.  A Evolução tinha uma meta e precisava continuar, a forma final buscada já estava inscrita desde aquêles primeiros vórtices quânticos não materiais que existiam antes do Big Bang. Não podemos saber ainda qual é essa forma final, mas sabemos que galáxias, células, seres humanos eram estágios necessários, formas provisórias, já que a ultima que temos hoje é essa coisa ainda desconhecida denominada mente ou auto-consciência. Então no sistema estelar começou a se expressarem mais órgãos e o processo do ciclo vital se firmou com maior vigor. Surgiram assim materializados e constantes as formas intermediárias entre planetas e estrêlas, que são os pulsares, quasares, buraco snegros, e essa ainda não bem definida semente estelar, ou astro-baby. Com a fixação perene destas novas formas de astros se firmaram as galáxias, as quais são semi-mecânicas/semi-biológicas. O caminho na direção da Vida plena , dos sistemas biológicos, estava se desenvolvendo naturalmente.

Foi daqui, das galáxias, destas entidades semi-vivas, que surgiu o primeiro sistema celular completo, o primeiro ser vivo pleno e de fato. Mas o sistema celular é microscópico, êle parece ter vindo do sistema atômico   que imperava naquela sôpa terrestre primordial, então, isso indica que o sistema celular deveria ser mais uma máquina que um organismo. Então, a energia atômica, é energia para máquinas,e a tecnologia atrelada a ela deveria ser a energia e tecnologia ideal para a Hunanidade. Ledo engano. Vamos rebuscar o velho e preferido exemplo da Matriz/DNA: homens foram feitos para lutarem pela sobrevivência contra a morte, mas então surgiram os homens-bomba, suicidas, contra tôdas as expectativas da lógica natural. Porque? Porque êstes homens se tornaram sub-sistemas dentro de um sistema maior, invisivel como a nossa mente, mas que tem como nossa mente a fôrça de mover e dirigir a matéria, cujo sistema se denomina Religião Muçulmana. Sempre existem sistemas naturais mais ou menos complexos, maiores ou menores, perceptíveis ou não aos sentidos humanos, influenciando qualquer sistema natural. É a tal da hierarquia dos sistemas naturais. Então, desde que o planeta Terra agora não apenas faz parte de um sistema estelar, mas tambem de um sistema galáctico, os seus átomos se obrigaram a mudar seus comportamentos primitivos por fôrça da influência do tipo de organização semi-biológico que é a galáxia. A energia que sai do átomo aqui e agora é uma energia que sai treinada para criar, constituir e manter sistemas biológicos, tecnologia biológica.  

Sempre me lembro do que disse o xamã indígena deitado na rêde e “borracho” devido à beberagem do Santo Daime: “vejo no seu corpo, acêrca de alguns dedos acima de sua cabeça… ou está dentro da parte alta da sua cabeça, uma espécie de buraco, negro, mas quando chego mais perto vejo um rodamoinho. As coisinhas semi-vivas e luminosas que voam por todo o espaço caóticamente e parece virem do Sol , quando se aproximam dêsse cone giratório, caem prêsas como as mariposas em volta da luz, giram em espiral como cone sempre descendo, cada vez mais rápidas e quando chegam no bico do cone são atiradas para dentro de seu corpo, tôdas em fila organizada, como quando atiramos flechas, um guerreiro após o outro…”

Besteira, o velho moribundo e selvaggem balbuciava estas coisas incoerentes, mas essa cena imaginada e mais a fórmula da Matriz/DNA me conduz a entender o que estamos fazendo de errado com a energia atômica hoje: inicialmente, nas origens do Universo ou quando sempre se inicia um novo ciclo evolutivo, a energia é caótica,voa atabalhoadamente se entrechocando. Mas isso produzem tornados, os quais impõe uma ordem, uma organização às particulas de energia. Essa organização por intenssidades e ordem enfileirada é dirigida para um sistema, seja um sistema físico mecânico ou um sistema semi-biológico, ou ainda, no caso do corpo humano, um sistema vivo, um organismo. Quando produzimos energia numa usina nuclear, logo a orientamos e conduzimos a entrarem nos cabos, ou seja, a se enfileirarem. Daqui elas vão para sistemas, os quais são nossos produtos tecnológicos, sempre máquinas. Mas os átomos da Terra não estão condicionados a serem escravos de máquinas e sim a alimentarem sistemas biológicos. Entendeu?

Eu não. Mas posso sentir com a inteligência o que está acontecendo, buscando exemplos em situações similares. Você no sábado à tarde, depois de uma semana inteira de trabalho, se banha, se perfuma todo(a), escolhe com carinho a melhor roupa, se agita, pensando na discoteca e os embalos de sábado à noite.Você também é filho de God, você merece. Aí quando o telefona toca, e você pensa que são os amigos no velho carro conversivel cheio de cerveja ligando para dizerem que já chegaram na frente da sua casa e na voz do telefone é o seu patrão: ” Raimundo, ô Raimunda, pois, pois, isso aqui está uma barafurdia porque a Genuína faltou e você precisa vir atender os clientes nas mesas urgente… A camioneta já está chegando aí para te trazer”

Não dá para ficar louco(a) da vida? Como vai ser seu humor no trabalho? Quanta louça você vai quebrar, quantos clientes você vai xingar?

Coisas como o câncer continuam com suas causas envôltas em mistério, mas acho que vamos começar a elucida-las quando melhor começar a entender como as coisas estão organizadas em sistemas, como funcionam as energias erradas em momentos e lugares errados. Muitas pesquisas conectaram pessoas com câncer a pessoas que eram angustiadas, assim como o Raimundo vai estar angustiado no ambiente contrário ao que êle esperava.

 Isso é o que acontece com as partículas de energia dos átomos de plutônio enriquecido quando estão chegando na bôca do gerador de eletricidade. Elas se prepararam bilhões de anos para o dia que iriam viver no corpo do senhor da Terra, e quando puseram a cabeça para fora na outra ponta do cabo… estavam dentro de uma engrenagem de vai-e-vem igual à da máquina newtoniana que foi tôda sua vida de trabalho. Mas se elas conseguirem uma maneira de fugir pela porta dos fundos e da camioneta da firma que vem as buscar, ela pode não conseguir entrar no carro dos amigos porque o motorista da camioneta vai ver, mas elas se enfurnam nos quintais dos vizinhos e sai atabalhoadas nas ruas pensando como chamar os amigos.

A energia nuclear que vaza das usinas japonesas escaparam pelas janelas antes de entrarem nos cabos aprisionadores de onde não mais poderiam escapar, ficam zanzando no espaço e na primeira oportunidade entram nos sistemas vivos na forma de radiação. Matam ao invés de se submeterem ás vontades do organismo e comando dos cérebros, porque não foram instruídas e organizadas pelo vórtice negro.

É a partir daqui que vamos iniciar a descobrir a grande super ciência do futuro, e sua filha direta, madame tecnologia viva, especial para seres vivos. Para um sistema ambiental modelado com instrumentos quase-vivos. De carros a aviões a bombas de succão. Infelizmente como tenho que empregar meu tempo no trabalho para sobreviver e já estou no fim da linha, não vou poder ajuda-los muito nessa, mas que teria muita vontade de ver êste futuro, isto sim.  A  Alemanha, inconscientemente, já está dando seu jeito de entrar nêle. O caminho é observar e meditar a fórmula da Matriz/DNA, a História que ela formulou, os sinais que estão ainda ocultos nos seus fluxos de informação. Está na dedicada e energética busca de experimento em experimento com células de painéis solares, substãncias e demais elementos que absorvem e armazenam a energia que vem dêstes núcleos solar e terrestre. A recompensa será fantástica e afinal, não temos outra alternativa: é assim que funciona o processo da Evolução Natural e nós nos alinhamos com êle ou a Natureza nos atropela e nos descarta. Talvez até mesmo através de uma rebelião dos átomos terrestres que estão aprisionados nestas usinas nucleares.

“Veja” agora o artigo da “Veja”:

http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/alemanha-e-1a-potencia-mundial-a-renunciar-a-energia-atomica

Alemanha será 1ª potência a renunciar à energia atômica

Ao anunciar que vai desligar todas as suas usinas nucleares até 2022, a Alemanha passa a ser a primeira potência industrial a renunciar à energia atômica. O anúncio foi feito nesta segunda-feira pelo ministro do Meio Ambiente do país, Norbert Röttgen, após acordo da coalizão de governo liderada pela chanceler Angela Merkel.

Além de parar de usar a energia nuclear, a Alemanha também planeja reduzir o uso de eletricidade em 10% até 2020 e dobrar a participação de fontes renováveis de energia para 35% no mesmo período, segundo um documento do governo obtido pela agência de notícias Reuters. Dos 17 reatores alemães, 14 não estarão mais em serviço no fim de 2021 e os três últimos – os mais novos – serão utilizados até 2022 no mais tardar, explicou o ministro, enfatizando que a decisão é “irreversível”.

“Nosso sistema energético tem de ser mudado fundamentalmente e pode ser mudado fundamentalmente. Queremos que a eletricidade do futuro seja segura e, ao mesmo tempo, confiável e econômica”, destacou a chanceler a jornalistas nesta segunda-feira. Merkel não deu mais detalhes do plano, mas o documento afirma que a meta alemã de reduzir a emissão de gases do efeito estufa em 40% até 2020 está mantida.

Acervo Digital VEJA: Os riscos – e as vantagens – das usinas nucleares

Instalações – A Alemanha tem 17 reatores nucleares, sendo que oito deles já estão desconectados da rede de produção de energia elétrica. Conforme destacou o ministro, estas oito instalações não serão reativadas. O país tem mais onze anos para encontrar uma forma de cobrir 22% de suas necessidades em termos de energia elétrica, atualmente atendidas pelas centrais nucleares.

A decisão pode ser até mais ambiciosa do que a saída da energia nuclear planejada pela coalizão entre sociais-democratas e verdes quando estavam no poder em 2000, mas ainda pode enfrentar oposição de empresas do setor. A chanceler alemã conseguiu aprovar no fim de 2010 uma prorrogação de 12 anos em média para a duração legal da exploração dos reatores do país. Por ser contra a opinião pública alemã, a medida provocou uma explosão do sentimento antinuclear na Alemanha.

Após a catástrofe da central nuclear japonesa de Fukushima em março, no entanto, Merkel interrompeu imediatamente o funcionamento das centrais mais antigas do país e iniciou um debate sobre o abandono da atividade nuclear civil, que deve resultar em uma decisão formal no conselho de ministros de 6 de junho. Em 23 de março, a chanceler declarou que, quanto antes for abandonada a energia atômica, melhor.

Protestos – Dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas no sábado em diversas cidades da Alemanha para reivindicar o abandono da energia nuclear. No domingo, um grupo de ativistas da ONG Greenpeace voltou a protestar em Berlim, pedindo que o prazo fosse antecipado para 2015. A maioria dos eleitores na Alemanha é contra a energia atômica, que fornecia 23% da energia do país antes de sete unidades antigas serem fechadas em março.

O Mundo Atomico

quinta-feira, junho 11th, 2009

Esta categoria visa registrar todas as breves solucoes ou explicacoes que intuimos quando somos informados de algum detalhe sobre os atomos e vemos alguma correspondencia deste detalhe na Matriz. Sempre que possivel, iremos juntando os registros visando compor uma nova teoria atomica.

Apesar de que o nosso conhecimento atual sobre o atomo ja’ e’ suficiente para que produzamos bombas que podem destruir o planeta, os modelos da Matriz esta’ sugerindo que o atomo tem ainda muitas caracteristicas desconhecidas. O atual eleito modelo atomico parece mais ser o modelo de um atomo morto, quando a Matriz esta’ sugerindo que o atomo apresenta em si todas as propriedades vitais. Pouco fiz ainda devido `a falta de tempo e tantos assuntos a desenvolver, mas apenas para se ter uma ideia da estranheza destas novas caracteristicas cito uma: a setima camada eletronica, quando tocada por um ou mais eletrons, apresenta as mesmas funcoes no atomo que um orgao denominado “figado” executa no corpo humano. Assim como estamos descobrindo que nossa mente sem tocar as particulas consegue dirigi-las ou alterar seus comportamentos, creio que chegara’ um dia em que a forca de nossa mente podera’ manipular atomos `a distancia, mesmo porque nossa mente e’ um sistema evoluido a partir do pre’-sistema atomico. Mas para chegar-mos la’ vamos ter que revolucionar nosso entendimento sobre o atomo, conhece-lo de verdade ja’ que dele quase nada sabemos ainda, e os modelos da Matriz podem vir a adicionar muitos novos conhecimentos, ate’ mesmo mudar totalmente o modelo teorico atual.

1) Teorizando o pre-sistema atomico; um novo modelo do atomo segundo a Matriz

     . Porque o atomo nao e’ um sistema, nem um proto-sistema, e sim um pre’-sistema? Mera classificacao temporaria para visualizar melhor a macro-evolucao, enquanto nao nos ocorre ideia e nomes melhores. O primeiro sistema real que a Natureza produziu foi o sistema biologico ou celular. O sistema biologico foi o produto evolutivo das configuracoes astronomicas, cuja organizacao material mais evoluida era o building block astronomico. Este de fato nao existia como sistema, ou seja, nao apresentava – ou nao “apresenta” – as conexoes entre as suas pecas, pois elas nada mais sao que as formas de um ciclo vital, e nao e’ possivel estabelecer um canal fixo de comunicacao entre duas formas ciclicas vitais de um mesmo individuo, ja que as duas nao podem existirem ao mesmo tempo. Mas mesmo que as conexoes fisicas entre as pecas nao existam, elas se conectam, assim como sabemos haver uma conexao entre a forma de Paulo-crianca com a forma de Paulo-adolescente. Esta inefavel existencia de uma organizacao material que nao e’ um sistema mas que apresenta todas as funcoes e caracteristicas de sistema vai chamar-se por ora, “proto-sistema”.

O proto-sistema foi/e’ uma fase na macro-evolucao. Estou mesmo suspeitando que foi uma das formas jovens do ciclo vital do sistema universal. E ele e’ descendente da ultima e mais evoluida organizacao material que existia quando ele surgiu: o atomo. Mais exatamente os atomos leves, menores, gazozos. O atomo parece ser um sistema: apresenta nucleo e periferia, todas suas partes estao conectadas entre si e cada parte executa uma funcao diferente, onde cada uma das sete camadas eletronicas executa uma das sete funcoes universais . Entao temos um problema: porque e como a Natureza teria avancado na direcao da construcao de um sistema, teria alcancado esse objetivo com o atomo, e depois teria regredido na direcao de um semi-sistema, como LUCA? Isto nao faz sentido.

Creio que a resposta sera’ encontrada aqui: antes de LUCA existiam apenas atomos leves, talvez ate’ mesmo um unico tipo de atomo, o hidrogenio, o qual tem um proton e um eletron, faltando o neutron. Preciso rever o hidrogenio para ver se tem as sete camadas eletronicas. Parece-me que o movimento orbital do hidrogenio e’ diferente dos outros atomos, que os dois se movem em circulo e nao um ao redor do outro. Se isto acontece entao ja’ esta’ explicado: aquele atomo nao era um sistema, pois nao tinha divisao entre nucleo e periferia.

Sabemos que os atomos pesados, solidos, com muitas super-particulas,  surgiram depois quando ja’ existiam as estrelas. E estes atomos pesados contem nucleo e periferia. Mas quando surgiram as estrelas, LUCA ja existia, ou seja, o proto-sistema ja existia. Teriamos entao que mudar a teoria dizendo que o primeiro sistema real criado pela natureza foi o atomico? A Macro-Evolucao teria encaminhado LUCA a produzir sistemas atomicos antes de produzir o primeiro sistema biologico? Ainda nao.

O atomo ja’ continha em si as instrucoes ou conceitos que viriam a surgir mais tarde nos seres ditos “vivos”.  Se os seres vivos sao sistemas constituidos das sete funcoes universais que de fato estao ali materializadas ou expressadas, na forma de orgaos, os atomos tinham orgaos abstratos que nao se expressavam continuamente e ao mesmo tempo. Os orgaos dos atomos estavam na forma das sete camadas eletronicas, porem elas eram apenas a metade da historia: cada camada eletronica torna-se um orgao funcional, ou expressa-se na forma de orgao especifico quando e’ tocada por um eletron ( ou quando tem completado a sua quantidade especifica de eletrons).

Entao o atomo – ao menos os tipos iniciais na evolucao – apresentam uma caracteristica muito curiosa. Voce ja’ imaginou como seria um homem que nunca apresentasse seu corpo inteiro num dado momento, mas apenas partes dele? Ou seja: num dado momento viriamos apenas um figado passando na rua, no momento seguinte aquele figado se transformaria num estomago… Realmente curiosa esta ideia: existiria um homem, mas todo seu corpo seria invisivel, com excessao da cabeca (nucleo) e de um orgao. Mas assim e’ o atomo de hidrogenio, que tem apenas um proton e um eletron.  Um atomo com dois eletrons apenas se tornaria na imagem de uma cabeca flutuando acima de um figado ligado a um estomago… 

Mas sabemos que a natureza e’ como nos homens: ela nao cria as coisas mais complexas ja’ prontas, ela faz a coisa passo a passo, metodicamente, assim como nos nao criamos os automoveis senao depois que tivessemos iniciado com as carrocas…

Enfim, para encerrar por hora este topico, chegamos a uma interessante ideia: O eletron em movimento dentro de um atomo, saltando de camada em camada, e expressando um diferente orgao ou funcao universal a cada camada que ele toca, assemelha-se aos dedos de um pianista, que ao tocar uma tecla expressa seu especifico tom musical.

Raios, assim tambem descobrimos que quando um piano e’ tocado por uma so mao, ele nunca se expressa por inteiro, aprentando apenas um som especifico a cada momento.

Bem, assim, vamos iniciando a construir nosso novo modelo atomico…

2) O que significa eletron subindo ou descendo camadas? Este fenomeno existente no nosso ancestral “atomo” viria a determinar os altos e baixos do nosso corpo! 

Ideia baseada no seguinte texto:

(Wikipedia) –  Electrons de Valencia:
Os electrões de valência têm a habilidade, como os electrões nas camadas mais interiores, de absorver ou libertar energia (fotões). Este ganho ou perda de energia poderá levar a que um electrão se mova para outro nível ou mesmo se libertar do átomo e da sua camada de valência.

-Quando um electron absorve/ganha mais energia, move-se para uma camada mais exterior dependendo da quantidade de energia o electrão contém e ganhou devido à absorção de um ou mais fotões

-Quando um electrão liberta/perde energia, então move-se para uma camada mais interna dependendo a quantidade de energia o electrão contém e perdeu devido à libertação de um ou mais fotões

Comentario pela Matriz:

Aqui vamos compreendendo mais um detalhe da forma como a macro-evolucao transformou o pre’-sistema atomico no proto-sistema LUCA. Eletrons ganhando energia vao subindo camadas, ou seja, se distanciando cada vez mais do nucleo e rumando para a periferia. Ora, num ciclo vital, ganha energia quem e’ novo, como um,baby e com esse ganho ele cresce. Com isso ele se distancia da mae, depois da casa materna, cada vez indo mais distante. Em LUCA, o individuo tem inicio na Funcao 1, que faz o papel da mae. O individuo vai se distanciando do nucleo e crescendo, e esse crescimento vai ate’ a fase de estrela, Funcao 6, quando ele adquire o maior tamanho possivel. Em termos humanos ele alcancou a fase de adulto pleno. Nesse percurso ele formou todo o lado esquerdo de LUCA.

Ora… a partir da fase de estrela, ou adulto pleno, o individuo comeca sua queda entropica. Cada vez ele vai mais se aproximando do nucleo, da Funcao 1. E’ obvio que o individuo esta’ perdendo energia. E assim ele desenha todo o lado direito do corpo de LUCA.

Entao podemos deduzir que estes dois movimentos dos eletrons no pre-sistema atomico evoluiram para os lados esquerdo e direito de LUCA. Com isso podemos inferir melhor o que esta’ acontecendo quando um eletron esta’ subindo ou descendo as camadas eletronicas. Sabemos que um eletron ascendente tem um corpo novo, faz os papeis das primeiras fazes da vida, ate’ o meio desta. E sabemos que os eletrons na direcao contraria possuem corpos idosos e fazem os papeis das ultimas fases da vida.