Posts Tagged ‘envelhecimento’

Vida Eterna é Matematicamente Impossível, Sugere Nova Teoria do Envelhecimento

domingo, dezembro 3rd, 2017

xxxx

Baseado no artigo ( além de interessantes informações sobre o processo do envelhecimento, o artigo fornece interessantes informações sobre as causas dos cânceres):

Eternal Life Is Mathematically Impossible, Says New Aging Theory

https://singularityhub.com/2017/11/07/eternal-life-is-mathematically-impossible-says-new-aging-theory/?utm_content=bufferffe65&utm_medium=social&utm_source=facebook-hub&utm_campaign=buffer#sm.0000ts2qoko8sfrnuve1ro1f2je6a

The Matrix/DNA suggestion ( published at Singularity’s Facebook page):

Mitochondria must be the cellular element where aging begins, based on the Matrix/DNA formula for systems. It represents the systemic universal function where the entropy of systems begins. So, degeneration of Krebs cycle, ATP production, and the cleaner of the cellular waste could delaying aging, that is the suggestion from Matrix/DNA world view. By the way, avoiding or delaying aging is less a scientific issue than a ethical and philosophic one. Our last non-biological ancestor ( an astronomic system) was a self-recycling system, but, before recycling it must dye. Death emerged in this world because our ancestor became a closed system, which brings on entropy. But if it had choose to be an extreme opened system, it should dye also, by dissipation. It seems that the Universe is requiring from the universal system, so, from us, biological systems, that we must find a middle point between extreme closed and opened system, only for delaying death, which is unavoidable for the material/hardware counterpart of our bodies because the whole universal matter will be discarded. Evidences and facts are suggesting that the other counterpart – the consciousness/software – will survive after the day of the universe’s Big Death.

 

Lembra-se quando mexer, chacoalhar,rolar, significava para nos mais do que e’ hoje a luta pra conseguirmos nos levantar da cama?

E meu comentário publicado no meu Facebook:

Porque a Natureza ( ou Deus, conforme a crença de cada um) inventou este fenômeno horrível que é a morte? A humanidade nunca vai aceitar justificativas do inventor, seja ele quem tenha sido sido, e vai lutar com todos seus recursos para eliminar esse horror de nossas vidas. Estamos gastando bilhões em laboratórios do mundo todo nesta luta. Cientistas já conseguiram estender a longevidade de ratos em 40%, inventando duas drogas. O problema é que a morte não é uma propriedade do corpo mas sim de cada célula dentro do corpo, portanto, antes de eliminar a morte do corpo teríamos que eliminar a morte das células. E nessa busca relacionada `a morte das células os cientistas estão crendo que a causa é genética, ou seja, os genes estão programados para fazer as células velhas se suicidarem para darem lugar e deixarem os nutrientes para células novas. As tribos indígenas já faziam isso, quando os velhos se tornavam incapazes de se auto-sustentarem, eles tinham o costume de se retirarem para a selva e ali morrerem sozinhos, como num suicídio voluntario. Pois os nutrientes, os espaços, o oxigênio, etc., sempre são limitados e na competição por eles os mais jovens tem primazia porque eles mantêm o corpo, o inteiro, saudável e vivo. Triste, mas assim o desumano tirano que “desenhou” este nosso mundo o quis. ( Porém,  a Matrix/DNA está dizendo que o inventor fomos nós mesmos, na pele de um ancestral, mas isso já beira `a metafisica).

Acontece que tem células que se rebelam contra esta sina. Se comportam como os idosos indígenas que eram obrigados a saírem da tribo, mas ficavam rondando a aldeia e em todo descuido da população, roubavam os seus nutrientes. Acontece que estas células velhas continuam a ter o seu sistema replicador funcionando, e então continuam a se multiplicarem e com isso aumentam o prejuízo ao sistema terminando por aniquilar o corpo todo: bem vindo `a melhor forma de explicar o que é um câncer. Células idosas que se recusam a morrer, competem pelos escassos recursos e querem continuar se reproduzindo. E’ uma reação normal, logica, pois perante a morte, a maioria faria o que for possível para escapar dela. Principalmente se para evitar a morte bastaria saquear as geladeiras dos vizinhos.

Nã0 fugindo do tema, mas apenas a titulo de curiosidade, esta historia me deu uma ideia. Existem estudiosos crendo que as doenças tem origens psíquicas. E devido a Matrix/DNA ser uma ciência dos sistemas, que revela uma entidade abstrata em todo sistema, ela sugere que essa entidade – no caso humano é a psique – seja a causa de muitos tipos de doenças. Então, se isso for verdade, o câncer seria o resultado do comando de uma psique que se recusa a ser altruísta em relação aos seus semelhantes, ou que guarda magoa profunda pela obrigação de ser altruísta, e esse estado mental é projetado na sua genética… causando câncer. E porque não?

Então, os cientistas deste artigo publicaram um “paper cientifico” sugerindo que será impossível a humanidade conseguir a vida eterna através da tecnologia, porque se conseguirem aumentar a vida das células, aumentam a competição, a população de idosas, e enfraquecimento das novas com grande risco de produzir câncer.

Por meu lado, que sempre consulto o oraculo da Matrix/DNA quando se me apresenta um novo problema natural, esta sugere que a morte veio ao mundo quando um ancestral nosso ( e portanto nós mesmos num passado muito remoto) optou pela extremamente egoísta decisão de se tornar um sistema fechado em si mesmo, a maquina mais perfeita possível de existir, a qual está “desenhada” em meu website, um interno paraíso auto-suficiente e super-prazeroso onde o hermafrodita possuía-se a si mesmo com volúpia, ao custo de cortar todas as relações com o mundo externo e interromper sua própria evolução. Porque existe, alem de nós e nossos ancestrais, uma Lei Universal – chamada de A Lei de Clausius, segundo principio da termodinâmica – que determina que todo sistema fechado deflagra sua entropia, ou seja, sua degeneração. Mas como, se nada do mundo externo o pode atingir? Isto acontece porque os sistemas são constituídos de um fluxo de energia/informação, como é o fluxo sanguíneo no sistema corpo humano. E torna-se impossível evitar que com o passar do tempo, cada vez mais partículas-informação se desviem do circuito, e como o sistema está fechado, estas partículas ficam aprisionadas no seu interior, geralmente dirigindo-se ao núcleo do sistema, prejudicando todas suas operações. Então, não é que a energia do sistema diminua em quantidade, mas sim que o sistema diminua em qualidade, até se dissolver por completo. São os “radicais livres”, que, num sistema aberto, não causariam tanto mal em tão pouco tempo porque seriam gradualmente expulsos para fora do sistema. Então nosso ancestral, que era nós mesmos, cometeu um erro colossal, e teria sido ele o inventor da “morte”, se a minha cosmovisão estiver correta.

Bem, filosofias `a parte, o que nos interessa aqui e agora, como seres humanos, é eliminar a morte ou ao menos prolongar a vida por mais tempo, desde que nesse prolongamento, continuemos com energia jovial e em bom estado de saúde. Pois me lembro agora de pessoas que já beiram os cem anos, porem desde os 70 anos com Alzheimer estão piores do que se tivessem tido uma morte indolor. Então precisamos urgentemente desenvolver tecnologias para nosso proposito. Mas para lidar com a morte a nível celular será preciso conhecer o mundo muito alem das células, o passado remoto mesmo antes de suas origens, porque sem conhecer as causas naturais, não se manipula e não se controla objeto algum. E devido `a visão de mundo que domina as universidades e o empreendimento cientifico estar errado, segundo o que penso ter descoberto na Natureza, os pesquisadores estão totalmente fora de foco, o que vai prolongar esta tortura da especie humana, os gastos astronômicos, etc. Se eu tivesse meu laboratorio ou pudesse divulgar da forma apropriada a visão de mundo da Matrix/DNA, a qual está sugerindo um enfoque bem diferente ao problema, talvez salvássemos as próximas gerações dos inimigos que nos torturaram e não conseguimos vencer em nossas vidas. No comentário abaixo que publiquei no rodapé do artigo da Singularity e no link para meu website fiz um breve resumo do que deve ser focalizado, onde se inicia o problema ( apesar do texto em inglês, o qual retornarei aqui com tempo para traduzi-lo):

Envelhecimento, entropia

sexta-feira, abril 22nd, 2016

xxxxx

www.fastcoexist.com

One-of-the-worlds-top-aging-researchers-has …

Pesquisar:

NAD – nicotinamide adenine dinucleotide –

Sua presença no corpo vai caindo a medida que a idade avança, sendo que um adulto tem a metade do que tinha quando jovem. Não se sabe como evitar o declínio. Nas experiencias mostraram que dar um boost de NAD no adulto rejuvenesce os tecidos orgânicos.

—–

Sirtuins – um grupo de enzimas envolvidas no metabolismo celular e produção de energia que são comuns a um amplo espectro de organismos. Boosting as atividade das Sirtuins estende  o tempo de vida.