Posts Tagged ‘espirito’

Livro a ler: O espirito nos genes

sábado, fevereiro 3rd, 2018

xxxx

The Spirit in the Gene, Reg Morrison

Sugerido por Lynn Margullis numa entrevista

 

Estado de Espirito Hoje – 19 de Abril de 2016 – na MatrixLight/DNA

terça-feira, abril 19th, 2016

xxxx

Nesta fase de infância da consciência cósmica na Terra, poucas células de consciência nascem no estagio em que a consciência começa a firmar-se como dominante num corpo herdado e ainda com a genética dominada pelo animal. Toda vez que nasce um novo baby, ressuscita uma das três tendencias da besta fera, ou seja, do animal de onde o corpo físico veio: ser agressivo grande predador como leões e tubarões, ser médio predador como lobos e raposas, ou ser o inerte mas também egoísta gado. Portanto as palavras direita e esquerda, quando se refere a ideologias de pessoas, são meros rebuscamentos para mascarar a herança animal. Direitista e’ a tendencia a grande predador, esquerdista e’ o médio predador almejando ser grande, e ao lado destes, tem o gado.
 
E’ fácil a uma pessoa auto-psicanalisar-se a si própria e descobrir a forma profunda que dirige sua carga genética e portanto, seu cérebro. Basta perguntar-se o que faria se tivesse ou imaginar-se tendo uma boa soma em dinheiro. O que escolheria a fazer da vida? Ter um bar na praia tocado por um empregado barato enquanto se pode ficar tomando banho de sol? Genética de médio predador. Ter uma loja? Genética de médio predador. Em emprego publico ou privado engravatado e perfumado sob o ar condicionado? Genética de médio predador. Ter uma grande fazenda e levantar todos os dias de manha saindo a passear de cavalo para fiscalizar sua grande propriedade e empregados, animais, etc? Genética de grande predador. Casa boa e cheia de crianças brincando, geladeira cheia, muros altos garantindo a segurança? Genética de gado.
 
Todas as três condições apontam ainda um grande atraso em relação a evolução cósmica da consciência superior. Pois esta consciência se revela quando um individuo, tenha a soma de dinheiro tiver, a liberdade de escolher o status e funcionalidade social que quiser, não renuncia de maneira alguma ao sonho de levantar todos os dias e passar varias horas mexendo na terra com as mãos sujas cultivando as plantas que vão alimenta-lo, abrindo buracos e fazendo a massa de mais uma construção que abrigue alguém como ele esta abrigado. Pois ele nunca se esquece que antes d nascimento de todo ser humano existe uma condição para sua existência, que e’ comer o pão pelo calejar de suas próprias mãos. Se não o fizer, estará vampirizando a energia de outro ser humano, pois nada cai do céu gratuita,mente, alguém tem que produzir o que comes, a casa onde moras. E enquanto outro alguém estiver fazendo isto por ti, estará sendo prejudicado no seu tempo ofertado pela Vida para buscar seu aprimoramento intelectual e portanto, da sua própria consciência.
 
Se eu fosse Deus, e se os humanos são o resultado atual do erro de si mesmos cometido no passado e na forma de algum ancestral, o mecanismo que eu criaria para conduzir os humanos a essa evolução, seria o da reencarnação sujeita a lei da ação e reação. Pois alguém com o instinto predador herdado do reino animal, so pode amar a justiça de verdade, tendo sido vitima da injustiça. Alguém com o instinto de sistema fechado em si mesmo – a outra forma de máxima expressão do egoismo – que e’ o instinto de gado, so’ poderá despertar e curar-se, se ficar sem o pasto de relva verde, como esta’ sendo a direção deste planeta sob o aquecimento global.
 
Então, no primeiro nascimento, colocaria uma alma para nascer dentro de uma família abastada, com físico formoso, dando-lhe a oportunidade do teste de seu caráter. Se esta alma escolher o caminho fácil de não calejar suas mãos e arrumar qualquer outra ocupação como justificativa para se auto-desculpar. estaria praticando a injustiça sobre alguém que teria de produzir o seu consumo. Para esta alma ver que isso e’ errado, seria mais um nascimento, uma nova vida, agora nascendo num lar desfeito ou sem família alguma, malformado fisicamente, predestinado a ser escravizado pelos que nesta vida atuam como ele atuou na vida passada. Reação igual a previa ação.
 
Mas mesmo assim, sendo um humano imaginado o que faria se fosse Deus, essa ideia de re-encarnação e a observação da vida na Terra, não me agrada,jamais faria isso deste jeito. Pois fosse qual pecado ou crime cometido por um humano, cria da minha cria como Deus, eu não permitiria vê-lo sendo consumido numa cama por virus como de fato acontece, na permitiria uma ovelha passando pelo terror de ser destrocada viva por um monstro sanguinário como realmente acontece, não permitira ver uma criança humana triste vivendo sob o jugo da miséria como acontece com a maioria da população de humanos. Sendo assim, recolho meu poder de razão a um patamar inferior de capacidade e revoltado, ou brigado a viver sob a consciência de que sou incapaz de ser deus porque se o fosse jamais permitiria esse mundo que deve estar sob o ugo de algum Deus. Minha vontade agora e’ me retirar da existência deste mundo, ser o nada infinito por toda eternidade, do que estar assistindo esta carnificina e animalismo a que sou obrigado assistir e a não poder nem mesmo estar trabalhando minha pequena terra para produzir o que estou consumindo e um pouco mais para ajudar os que fisicamente são incapazes de faze-lo,… como exige minha consciência e a visão de mundo em que acredito por enquanto, que ‘e a da MatrixLight/DNA, onde seriamos 8 bilhões de genes tentando construir o embrião de uma nova consciência, a filha a nascer para a consciência cósmica, apesar de que a quase certa ausência dela por aqui, indica que estamos na primeira fase de todo ciclo evolutivo, que e’ a fase dos ovos botados fora e a prole abandonada a própria sorte momentânea, porque a sorte a longo prazo, a de ser o embrião nascido cósmico, esta’ garantida pelas leis naturais e o mecanismo da re-encarnação.