Posts Tagged ‘Evolução’

A Direita, a Esquerda, e o DNA-Lixo: Como e porque cada um tem uma das três ideologias

domingo, novembro 18th, 2018

xxxx

Humanos se dividem por ideologias, ditas “direita” e “esquerda”. Cada qual acredita que está ao lado da Verdade Última. E sabemos que não sabemos qual e` a Verdade Última, ou se existe mesmo uma. Disso se deduz que ambos estão investindo suas vidas numa aposta, e no escuro. Uma roleta russa.

Sei que nessas alturas tanto os direita como esquerda estarão afirmando que não existe roleta russa, que eles estão no caminho certo porque eles sabem a Verdade. Não, não sabem. São mentes inferiorizadas porque não conseguem em seus raciocínios considerarem as imensidões desconhecidas deste mundo no tempo e no espaço.

Quanto aos não-direitistas (que inclue os ideólogos esquerdistas e a massa neutra), creio ser mais fácil detectar a causa do porque assim o são. Veem e sentem na ideologia direitista os fenômenos do parasitismo, do comensalismo ou predatismo, e da vitima. E` natural que todo humano sinta aversão ao parasitismo e predadorismo porque estes lhes causam as doenças e mortes. Mas tanto os direitistas quanto a grande massa do povo parecem não interessados em atuarem contra estes males que vem da Natureza bruta projetados nos seus sistemas sociais. Assim como muitos humanos aceitam passivamente as doenças, a existência de vírus e bactérias, e ate mesmo as suas tragédias perpetradas por grandes animais predadores – porque acreditam que nada se possa fazer contra elas – assim a grande massa aceita a existência de humanos parasitas e predadores. Conformam-se com o que acreditam que o mundo é e não poderia ser mudado. A falta de uma cosmovisão racional os impede de verem que na Natureza existem os estados de ordem e de caos, que constituem ciclos que se alternam, e que a biosfera deste planeta emergiu do estado de caos, e que e` possível que a inteligencia possa transformar o caos em ordem. Onde não exista parasitismo e predadores. O atraso na vinda dessa cosmovisão racional e` perpetrado pelos predadores da direita quando inventam as religiões sugerindo que o mundo dos humanos e` assim no estado de caos e sempre sera enquanto o estado de ordem vira apenas depois da morte, e as enfiam nos cérebros dessa grande massa.

Mas o que dizer dos esquerdistas militantes por sua ideologia? Vamos pular eles e falar primeiro dos direitistas. O que se passa na cabeça de um direitista quando ele vê os “pobres”? Na minha opinião, não se passa nada de racional. Apenas funciona neste momento a psique modelada por uma carga genética que foi herdada dos antepassados irracionais que fizeram o papel de predadores e nos quais a incipiente psique e conhecida como “instintos animais”. Mas vamos pula-los também por ora para analisar um fenômeno que vai influenciar nossa investigação e ser decisivo na conclusão final. Trata-se de definir antes o que é o DNA para sondar-mos o que não podemos conhecer ainda, ou seja o futuro da evolução desse DNA.

A Ciência teorizou, e creio já existir evidencias suficientes para demonstrar que essa teoria tem substancia real, que o DNA e constituído de uma pequena fracão de genes ativos e uma grande quantidade de material genético inativo. E nos tempos passados deram o nome a essa porcão inativa de DNA lixo.

Sabemos que na Natureza, o individual se projeta a si e suas propriedades, quando constrói o coletivo. Isso vem desde a Física quando átomos individuais se agregam e formam sistemas estelares quase a sua imagem e semelhança, e depois isto se repete no caso dos corais e arrecifes, e até mesmo na embriogênese quando uma célula inicial tem suas organelas imitadas como órgãos do organismo complexo. E no caso do DNA-lixo vemos este mecanismo se repetir em todos os tipos de sistema social que os indivíduos humanos tem construído até agora. No sistema social coletivo, os poucos genes ativos se tornam os ricos dominantes predadores e a grande porcão do DNA-lixo se torna a grande massa dos pobres.

Então creio que ainda é um produto do instinto natural o tipo de fenômeno que acontece na cabeça de um direitista quando vê um pobre. Ele não apenas repete a forma como o leão vê as suas presas – que ele tem que mata-las porque para isso foi feito com caninos, garra e maior força física, e tem o direito adquirido natural de devora-las se tiver fome. Ele não apenas repete esta fase evolutiva no passado mais recente, mas naturalmente, inconscientemente, se torna marionete da Natureza a enxergar o significado oculto na projeção do DNA-lixo sobre o sistema social.

Então creio que talvez inconscientemente, se o direitista tiver esta informação cientifica, imediatamente sua mente vai sugerir a ele que a evolução vai um dia eliminar, descartar totalmente, o DNA-lixo e vai deixar sobrar apenas a porcão elitista dos genes ativos. Somado este instinto inconsciente com o instinto herdado dos animais mais recentes, determina-se assim todo seu comportamento, suas atitudes em cada detalhe da vida, e suas crenças, inclusive mistica e ideológica.

Mas temos um grande problema aqui. Já se vão talvez três bilhões de anos que o DNA-lixo esta colado aos genes ativos e nunca foi eliminado. Então não é racional acreditar que sera’ eliminado. Pode ser e pode não ser, mas a aposta mais racional é que não sera’ eliminado porque por todo o tempo passado nunca foi.

E as mais recentes noticias que vem dos laboratórios de pesquisa é a crescente descoberta de que do DNA-lixo vem sinais, funções que atuam nos comportamentos dos genes ativos, talvez apenas suportando-os ou talvez,… controlando-os. Existe inclusive uma equipe de pesquisadores reunidos num projeto que esta’ se ocupando apenas de estudar o DNA-lixo, é desta equipe que esta vindo estas descobertas. Tanto são os acúmulos das descobertas que automaticamente a comunidade cientifica esta evitando falar em DNA-lixo, pois esta parecendo que não se trata de lixo.

A Matrix/DNA tem uma sugestão. Os grandes trechos do DNA-lixo são de letras repetitivas insinuando que nada significam. Então encontra-se trechos como AAAAAAATTTTTTTTTTT…. repetindo as bases a perder de vista. De onde veio isto, porque o DNA é assim? E` porque o DNA registra a evolução no seu tempo certo, ou seja, os eventos são ordenados na correta sucessão que ocorreram. E acontece que a evolução de uma certa característica forma uma sub-estrutura que sera alocada para um ponto, mas precisa que aquele ponto tenha outra estrutura já pronta. Se a outra demora mais, é preciso no código preencher o tempo de espera, e o DNA faz isso repetindo as bases, dando tempo ao tempo para chegar na hora certa. Um exemplo talvez infeliz que me ocorre agora seria  quando o DNA esta’ construindo o esqueleto ósseo, faz os maxilares e já devia fazer os dentes ósseos porem estes vão depender de raízes e partes molas carnosas, que apenas virão depois. Enquanto a operação do osso espera, tem que ser anotado o tempo no DNA senão ele reinicia com os ósseos em tempo errado. Creio que a repetição das bases para ficar fazendo hora é um grande truque.

Mas a Matrix/DNA tem outra sugestão que é de se ficar arrepiado: os trechos do DNA de longas cadeias repetitivas e que pouco atua nada tem de inútil ou lixo. São os registros de quando o DNA não existia como biológico mas sim era a Matrix eletromagnética ou mecânica astronômica construindo os nossos antepassados sistemas astronômicos. E ali o tempo na escala astronômica e onde as coisas são feitas mais separadas e depois superpostas, é preciso deixar no código estes tempos certos registrados. Como os nossos antepassados – átomos, estrelas, planetas – criaram a base para quando chegasse a vida e suportam a vida, assim é o DNA que parece inativo, as bases e o suporte para os genes ativos. Os sinais e atuações que se observa vindo deles são como as chuvas no planeta que ocorrem necessariamente, ou como a diferença entre o dia e a noite que ordena aos genes ativos quando devem descansar ou atuar. E’ uma sugestão fantástica mas que para mim, faz perfeito sentido. Não vejo como poderia ser de outra forma. Por isso a Natureza nunca o descartou!

Mas como as Ciências não conhecem a Matrix/DNA e jamais acreditaria nessa sugestão, a continuidade da crença em que o DNA tem lixo e` conveniente principalmente para os direitistas se justificarem nas suas ações predatórias contra a grande massa dos pobres.

A minha grande pergunta aqui é se a grande massa dos pobres serão eliminadas naturalmente ou serão dirigidas pela Natureza a romper a divisão entre ela e os ricos gerando um sistema final igualitário? Pois com certeza, o mundo biológico vai mudar do presente estado de caos para o próximo estado de ordem, e esta’ divisão ali não cabe, não se encaixa. No DNA os genes ativos aprenderão a resolver tudo sozinhos sem mais precisar do suporte e talvez controle do ex-DNA-lixo a ponto que a inatividade total dos componentes do ex-DNA-lixo seja finalmente descartada na transmissão hereditária?

Creio que uma inteligencia alienígena, vinda de fora do mundo biológico, não teria uma resposta a esta pergunta. Simplesmente ninguém pode ter certeza de futuro algum e esta inteligencia sairia de fininho lavando as mãos, como quem não tem nada a ver com isso. Mas nos humanos, estamos dentro do mundo biológico, e sabemos que nossas atitudes agora podem interferir no nosso destino, se para melhor ou pior, como esta sendo o presente caso do clima planetário. Me prece que não podemos simplesmente lavar as mãos, vamos ter que estudar esse problema mais a fundo para nos dirigir a uma decisão, a qual sera uma aposta, sujeita a sorte ao asar, que sera determinada pelo futuro. Vou apostar em que o ex-DNA-lixo e a grande massa dos pobres serão eliminados? Ou em que esta divisão entre genes mais ativos, e agora, esta carga genética menos ativa, sera eliminada? Quando entrar-mos no estado de ordem?

Cada um terá que escolher em qual dos 50% de possibilidades vai apostar. Alias, esta escolha já foi feita quando decidimos ser ou direitista, ou esquerdista, ou massa neutra. Os direitistas acreditam piamente que o que consideram ainda “lixo”, vai ser eliminado e com isso se convencem que tem de planejar as coisas para o mundo em que existirão apenas eles, enquanto os esquerdistas se convenceram que a divisão sera rompida e tem que planejar o mundo que sera igualitário, e nesse meio, a massa neutra esta convencida que não se deve quebrar a cabeça com essa questão porque o mundo e` assim e sera ele quem vai decidir contra qual decisão nada podemos fazer.

Existe agora os debates e as vezes confrontos mortais entre direitistas e esquerdistas porque cada qual acredita tanto em sua aposta que quer convencer os opositores a mudarem sua aposta. E como humano, eu não tenho como ficar de fora destas três tendencias, me parece que ninguém tem. A natureza sempre apresenta inicialmente dois extremos conflitantes entre si e uma terceira alternativa que e` o equilíbrio no sistema depois que os dois conflitantes se exauriram. Então a natureza estaria sugerindo que quem esta certo nessa briga e` a massa neutra? Ela vai herdar a Terra depois da guerra? Mas ela realmente representa a terceira alternativa, a do equilíbrio? Qual a terceira alternativa entre eliminar o ex-DNA-lixo, ou eliminar apenas os genes ativos porque são predadores? Seria a de eliminar ambos ou não eliminar nenhum?! Ou ainda, conservar apenas os considerados bons de cada parte, mantendo uma mistura final dos dois?

Não me apraz a ideia de que o DNA inteiro sera eliminado, isto seria a extinção total da vida biológica. Não me apraz a ideia de que não sera’ eliminado nenhum e mantido o estado atual, pois creio que esta’ vindo o estado de ordem que não admitiria essa divisão. Não me apraz a ideia de que os genes ativos seriam os eliminados, pois isto eliminaria a possibilidade de continuar a evolução. Não me apraz a ideia de que o ex-DNA-lixo sera’ eliminado, pois esta hipótese estaria querendo inserir arbitrariamente na Natureza um mecanismo que nunca aconteceu em 3,5 bilhões de anos da existência do DNA.

Apenas me apraz por ora, considerando meus parcos conhecimentos e limites cerebrais, que haverá a normal e comum transcendência de especies, pela qual uma especie atinge seus limites evolutivos sendo transformada numa nova especie mais complexa. E isto significaria que o atual DNA biológico deixara de ser biológico, sera’ transcendido para algo diferente mais complexo. O que, por tabela, implica que os sistemas sociais humanos deixarão de serem sistemas sociais, para serem algo diferente e mais complexo. E aqui minha preferencia é reforçada porque a possibilidade aqui é que não exista mais “sistema” no que se refere ao agrupamento entre humanos, e se não existe sistema, não existe núcleo e periferia, todos são iguais, o tal sistema igualitário final.

Epa… mas dissemos antes que sistema igualitário é a bandeira dos esquerdistas. Não, não é. Mas vamos pular isso agora e vamos trazer outro detalhe influente nesse assunto.

Outro item que esta’ influenciando minha escolha é o resultado final sugerido pela minha teoria cosmovisionária, a Matrix/DNA. Este resultado pode ser definido por:

” O significado universal da existência dos humanos aqui e agora é o de que os humanos executem a função de genes inconscientes de que são genes, e do que estão construindo. E outra auto-projeção do passado no futuro, onde o passado genético se torna presente dos organismos construído por aquela genética. Naquela existiam genes construindo algo sem saberem o que estavam construindo. Mas o que os humanos estão construindo como genes? Um cérebro capacitado a ser a placenta final ótima para gerar uma parte, ou uma característica, da nova forma do sistema universal, denominada de auto-consciência. Assim os humanos são unidos a milhões ou trilhões de outros genes inconscientes que existem espalhados neste Universo, cada qual construindo uma característica especifica do grande embrião final. Nesse sentido, cada humano como um gene, possui, alias ele é, uma informação unica e especifica da característica que todos estão construindo. cada humano é uma mensagem, uma informação pessoal, intima, unica, intransferível e… indestrutível. Porque o Universo esta’ tunelado para esse grande processo genético de reprodução do que o criou, e este tunelamento garante que não pode ser destruída uma informação genética.

Se isto for verdade, se os resultados sugeridos pela Matrix/DNA estiverem corretos de acordo com a realidade final, isto sugere que o futuro nos aguarda com a solução do igualitarismo. Porque todos os oito bilhões de humanos terão que serem livres, capacitados usufruindo dos mesmos recursos materiais, para poderem executar sua missão individual. E em todos os sistemas sociais criados até agora, a grande maioria dos humanos tem sido algemados, proibidos de desenvolverem o cérebro como se necessita. Os direitistas acreditam que o povo “não precisa estudar, pois tem que cavar buraco e apenas isto”. Mas a Natureza não esta’ de acordo, e até agora ela eliminou e continua eliminando todos os grandes predadores que tentam impor num território suas regras, se acomodaram num modelo de vida, se tornaram becos sem saída, fecharam as portas a sua evolução, e foram eliminados, seja por meteoros, por escassez, tragedias climáticas ou ataques viróticos… A Natureza é lenta, espera, porque ela atua na escala astronômica do tempo e não na escala humana, mas executa.

Mas existe um porem… sempre existem os porems…

Isto não explica 50% dos fatos que vemos neste Universo relativos aos fenômenos naturais do lado do mal em relação aos humanos. Na placenta na barriga da minha mãe não existia 50% de genes predadores causando carnificinas sobre outros genes e moléculas (bem… em relação a estas parece que sim, existia), nem 50% de forcas e elementos naturais tentando impedir o bom desenvolvimento do feto. Então a Matrix/DNA ainda não explicou a causa destes 50% do mal, o que é a metade do mundo. Um Universo tunelado para um processo embriogenético não poderia conter  nenhum mal. Apenas o bem.

Alem disso, existe outro processo natural que não casa bem com essa visão cosmovisionária. Me refiro ao fenômeno dos… “ovos botados fora com a prole abandonada a própria sorte”. Num Universo tunelado só deveria existir o processo dos… “ovos mantidos dentro até o nascimento e prosseguindo depois sendo mantidos protegidos ate ao menos sua maturidade”. Mas desde as primeiras bactérias ate os repteis, a evolução produziu os ovos botados fora, de maneira que inclusive algumas destas criaturas como geradoras devoravam os próprios filhotes ao emergirem de dentro dos ovos. De repente algum réptil ( segundo a Ciência teria sido o cinodonte) se condoeu de amores pelos ovos e seus rebentos que resolveu fazer o heroico e torturante, fatal e mortal muitas vezes, sacrifício de manter o máximo possível os ovos dentro, cuja evolução acabou produzindo os mamíferos. Estou trazendo a lembrança deste fenômeno aqui porque isso explicaria aos humanos o porque estão tão fragilizados sujeitos a tantas tragedias lhes ceifando a saúde a e vida, como predadores, parasitas, e tempestades geológicas ou climáticas. Isto esta sugerindo que a Natureza aplica esse mecanismo dividido em duas fases ( primeiro os ovos fora e em seguida, os ovos dentro), toda vez que vai produzir uma nova especie, ou forma de sistema natural. Alias, a Matrix/DNA, no seu modelo teórico astronômico, mostra que essa divisão entre ovos fora e dentro  já existia desde a formação dos sistemas galácticos, e na mesma sequencia, esta é uma lei universal. Se assim for, temos tudo para deduzir que este novo sistema sendo gerado aqui e dentro de nossas cabeças, encontra-se na primeira fase da evolução, somos como ovos botados fora sujeitos a todo tipo de tragedias. Assinando carta aberta para os 50% do mal atuar a vontade sobre nossas costas. Então novamente vem este estranho paradoxo. Mas…

A mesma Matrix/DNA, quando nos dirige na escrita narradora da Historia Natural Universal, relata um episodio em que quando estávamos na forma de um antepassado muito longínquo – mais exatamente na forma de sistema astronômico – cometemos um gravíssimo erro. O qual teria ou criado ou aberto as portas aos 50% do mal. Não vou copiar aqui este longo texto, apenas resumindo, nosso ancestral escolheu a opção proibida de ser um sistema fechado em si mesmo como um paraíso eterno para si, cortando relações com o resto do mundo e fechando as portas `a sua própria evolução,… e do qual herdamos o tal gene egoísta. isto explicaria tudo mas ai traz uma nova questão. Isto implicaria que os genes neste processo de construção possuem a faculdade do livre-arbítrio, ou seja, a capacidade de se desviarem do projeto universal para criarem um embrião diferente. As vezes numa embriogênese resulta algum tipo deformado, de monstro, mas não creio que foi por ação dos genes, e sim por alguma força alheia externa.

Estaria este Universo tunelado inclusive para suportar e conter as imprevisíveis possibilidades de criaturas com livre-arbítrio? este Universo teria sido tunelado para produzir apenas os 50% do bem, mas mantendo oculto como potencial latente, os 50% do mal, e adequado para suportar as investidas deste mal, adequado para suportar os desvios para mundos monstruosos criados pela imprecaução do livre-arbítrio, de maneira que no final estes 50% do mal ativados pelos erros do livre-arbítrio, desapareçam no resultado final em que o mundo final criado pelas criaturas seja exatamente a imagem e semelhança do criador?!!!

Seria uma versão da fabula do filho prodigo. Você esta’ livre para construir e experimentar todos os tipos de mundo que na sua mente acreditar que seja melhor do que o reino de seu pai, e as portas desta casa serão mantidas abertas porque com certeza iras procurar e não iras achar, porque eu procurei no mundo todo também e não achei outra coisa melhor, esta’ é a ultima possibilidade da extrema perfeição, e com certeza construirás um mundo igualzinho a este, onde pensaras que és o deus criador. E um dia sabendo que seus pais existem em outro mundo vai convida-los a sua casa, e sua mãe dirá ao seu pai: “Mas esta é exatamente a nossa casa!”…  E seu pai sorrindo respondera’ ” Deixe nosso filho acreditar que ele criou esta casa, se ele precisa sentir que é Deus e que é o Senhor aqui, nos não precisamos sentir isso, não lhe neguemos sua felicidade”.

Esta’ explicado o porque optei, depois de tantas considerações, a opção do sistema social humano igualitário necessário para que haja a transcendência? E porque temos tantos obstáculos nessa vida? Mas cuidado! Eu particularmente acredito que não tenho nenhuma ideologia, não sou partidário nem da direita, nem da esquerda, nem da base neutra, mas eu não acredito no que meu julgamento conclui sobre mim mesmo. Afinal fiz a escolha de uma aposta, que é diferente de todas as outras apostas existentes, mas é uma aposta e se lhe falo sobre minhas razoes, é porque mesmo inconscientemente eu estou tentando convence-lo a mudar sua aposta. Não o faça sem muito raciocinar antes, posso estar todo errado.

Falta ainda explicar o que se passa na cabeça da esquerda, do porque ela quer um mundo igualitário. Eu penso que não querem o mundo igualitário e vou explicar.

Todos os sistemas sociais humanos criados ate agora nada mais são que mera imitação do sistema ecológico desta biosfera. Tanto nas selvas, quanto nos áreas, quanto nas águas dos rios e oceanos, observamos a mesma divisão do poder por classes de animais. Existem os grandes predadores ( leões, dinossauros,anacondas, nos continentes, aguais nos ares, tubarões nas águas, etc.), os médios predadores (lobos, raposas,bagres, abutres), e existem as presas (ovelhas, coelhos, pombas,etc.).  Pois todos os sistemas sociais – seja o comunismo, a monarquia, o feudalismo, o Egito dos faraós, o capitalismo, etc.) apresentam as mesmas três classes na divisão do poder: a classe oligárquica, a classe media, e a massa dos pobres. Se a massa dos pobres é inerte, acomodada, mentalmente condicionada pela oligarquia, e a classe media é uma especie de capataz da oligarquia, de onde surgem os militantes esquerdistas contra a oligarquia e nisso, contra a classe media? A unica resposta que encontro são mutações genéticas. De dentre as três cargas genéticas ocorrem mutações criando lobos e raposas com tendencia a serem, na vida real, a oligarquia, destronando os leões. Ora, estes lobos não sonham com um sistema igualitário, sua investida é para manter o sistema dividido. Se apresentam um discurso a favor da redenção dos pobres é um esforço em substituir o condicionamento mental pela religião por outro tipo de condicionamento mental que lhes proporcionara’ o apoio das massas na sua luta de conquista.

Já expliquei porque não sou nem direitista nem da classe neutra e agora explico porque não sou também esquerdista. E acho que estas três posições derivam da herança dos instintos animalescos, e o homem sábio deve procurar sempre cada vez mais se distanciar dessa herança vergonhosa, que foi um período triste na evolução porque caímos devido ao erro no antepassado, procurando se auto-exorcizar destes três instintos, somente assim estaremos acessíveis as forças que nos trazem a transcendência dessa especie para algo mais ampliado ao nível cósmico. E uma escolha sofrível porque estimulamos inimigos nas três classes, tendemos a sermos isolados, não pense que é fácil, mas a esperança é que cresça o nosso numero para que possamos ter uma comunidade e alguma força para também participar nos nossos destinos com nossa opção.

 

Descoberta: humanos involuiram dos macacos!

quinta-feira, novembro 1st, 2018

Quando eu estava na selva e regredi ao estagio de semi-macaco, tive uma discussão feia com um amigo macaco. Nervoso eu disse a ele que a Ciencia prova que os homens evoluíram dos macacos, portanto os macacos são inferiores…

  • Nada disso! – ele respondeu. ” Primeiro Deus criou os macacos. Mas quando ele criou os macacos, criou junto a Innnn -volução! Entao alguns macacos involuiram para humanos…”
  • Mas não e’ isso que a Biblia diz. Ela diz que primeiro foi os homens…”
  • “Mas eu não estou dizendo… Deus criou a involução. Entao, a primeira Biblia, a verdadeira, autentica, foi escrita pelos macacos, e dai involuiu para a dos humanos…”
  • E… não tem jeito… Se n ja não chegava os criacionistas e os materialistas nesta briga, agora entra os macacos também…

Evolução: Bom argumento dos criacionistas sugerindo que a Teoria da Evolução da Matrix/DNA é mais racional

sexta-feira, outubro 26th, 2018

xxxx

Texto de um criacionista criticando os evolucionistas ateus e a seguir, analise da Matrix/DNA

“Still no evidence for a talking snake.” – Says the atheists. But…

Human beings read, write, talk, publish books, design and fly airplanes and more, and:

  • Our ancestors were supposedly apes, so that means they are claiming populations of apes could eventually, over generations, learn to read, write, talk, publish books, design and fly airplanes and more if you just “give it enough time”.
  • Our ancestors were supposedly reptiles before that, so that means they are claiming populations of reptiles could eventually, over generations, learn to read, write, talk, publish books, design and fly airplanes and more if you just “give it enough time”.
  • Our ancestors were supposedly amphibians/frogs before that, so that means they are claiming populations of amphibians/frogs could eventually, over generations, learn to read, write, talk, publish books, design and fly airplanes and more if you just “give it enough time”.
  • Our ancestors were supposedly fish before that, so that means they are claiming populations of fish could eventually, over generations, learn to read, write, talk, publish books, design and fly airplanes and more if you just “give it enough time”.

This is what they call “reality”. Meanwhile they reference satan speaking THROUGH a snake as a “talking” snake, while believing populations of snakes could eventually learn to read, write, publish books, speak, pass laws, design computers and more, if you just “give it enough time”. Hypocrisy, which exposes the unfortunate willful ignorance.

Parecer da Matrix/DNA:

Pela interpretação da evolução, os acadêmicos consideram que o processo evolucionário desde a matéria sem vida, passando pelo primeiro ser vivo, até o homem foi Darwinista,  único e completo pelos três mecanismos – Variação, Seleção Natural, Hereditariedade.

Sabemos que os humanos puderam, eventualmente, aprenderem a falar, escrever, ler, publicar livros, desenhar computadores, mandar humanos `a lua. Se consideramos como correta a interpretação acadêmica do processo Darwiniano, temos que aceitar que os  nossos ancestrais macacos iriam, apos muitas gerações, serem capazes de falar, escrever, ler, publicar livros, desenhar computadores, e porem seus descendentes na Lua; que os anteriores ancestrais mamíferos de quatro patas como as vacas, iriam, apos muitas gerações, serem capazes de falar, escrever, ler, publicar livros, desenhar computadores e porem vacas… digo…, seus futuros descendentes, na Lua; e teríamos ainda que aceitar que os anteriores ancestrais, os repteis como as cobras, iriam, apos muitas futuras gerações, serem capazes de falar, ler, escrever, desenhar computadores e por cobras.. digo… seus futuros herdeiros, na Lua; mas teríamos que aceitar que os ainda mais antigos ancestrais, como os peixes e as sardinhas, iriam, muitas gerações no futuro, aprender a falar,ler, escrever, desenhar computadores, construir varas de pescar, e porem sardinhas… digo… suas futuras gerações, na Lua; mas teríamos que aceitar que antes, os vermes… iriam – dando-lhes o devido tempo de bilhões de anos – para a Lua, a bordo de espaçonaves!

E finalmente, a matéria sem vida da Terra, apos 3,5 bilhões de anos de sua evolução, venceu as distancias do espaço vazio e foi visitar a matéria sem vida da Lua. Enquanto isso, a matéria sem vida da Lua, sem precisar de todo este esforço evolucionário de 3,5 bilhões de anos, visita a matéria da Terra enviando simples meteoritos…

Qualquer esforço de racionalismo detectara’ que existe algo errado nesta interpretação.  O erro esta’ no desconhecimento da amplitude do processo evolucionário e qual o significado cosmológico, universal, natural, de sua existência. A evolução não consiste em transformar especies constituídas de simples matéria e mais adaptadas em novas especies mais complexas. Ela consiste em disponibilizar mais informações para serem materializadas por um único sistema universal que surgiu no Big Bang construído por uma formula, tornando-o cada vez mais complexo. Para entender isto, uma analogia vem a calhar… Na embriogênese, uma simples formula inicial – o DNA – em meio material, cria um sistema celular e depois fornece informações transformando esta célula em blastula, feto, embrião, criança, adulto, etc, sempre complexificando o mesmo sistema.

Mas na embriogênese, percebemos que aos 6 ou 8 meses, quando o cérebro esta formado, surge uma auto-consciência expressada. Isto não significa que cada cérebro cria uma auto-consciência e pela primeira vez no Universo, mas sim que a auto-consciência estava presente como potencial latente desde a primeira célula. E mais: a auto-consciência já existia alem do pequeno universo ovular do embrião, na especie humana, que foram seus criadores.

Voltemos então `a evolução universal. Estamos percebendo que aos 13,8 bilhões de anos, nesta região do Universo, se expressou a auto-consciência, e no sistema universal que teve inicio no Big Bang. Sendo tudo o mais igual – a embriogênese humana é uma auto-projeção da embriogênese do sistema universal – a auto-consciência esteve todo este tempo de 13,8 bilhões de anos no estado de potencial latente, vinda do alem deste Universo. Esta auto-consciência – como a mente de um sistema natural, sempre teve seu espaço reservado e mantido por todos os sistemas ancestrais – de átomos a galaxias a bactérias – que foi ocupado ela entidade do sistema, uma especie de software mantendo as regras internas dos sistemas. Apenas o cérebro humano, quando forma novas arquiteturas como o neocortex, esta’ preparado para iniciar a expressão desta auto-consciência. A qual traz consigo as propriedades de criar a linguagem, a fala, aprender a escrever, a ler, a publicar livros, a desenhar computadores e por cérebros humanos na Lua.

Não, nem macacos, nem vacas, nem peixes, nem amebas, e nem fetos humanos, poderiam jamais produzir descendentes que aprendessem a falar, a desenhar computadores, se contassem apenas com as propriedades e mecanismos da interpretação darwiniana do processo da evolução. Existe uma crucial diferença entre a especie humana e todas suas formas ancestrais. A auto-consciência dorme nos átomos e galaxias, sonha nos vegetais e nos animais, e finalmente começa a despertar e levantar no Homem. Levanta-se trazendo consigo a inteligencia, para falar, escrever, ler, desenhar computadores, e alavancar o corpo humanos para sua grande aventura cósmica. Até agora, apenas dentro da Matrix/DNA Theory, estamos aprendendo a amplitude e todos os constituintes do processo evolucionário universal.

Porque a evolução e o ancestral comum ainda não são “fatos científicos” e sim, “teorias cientificas”.

sexta-feira, setembro 7th, 2018

xxxx

https://ciencianautas.com/evidencias-da-ancestralidade-comum/#comment-2401

Evidências da ancestralidade comum

Debate publicado no artigo:

Tens certeza disto? Ou continuas buscando e gosta das ideias de outros, como eu? Um ancestral comum pode ter existido, várias evidencias e a lógica racional aponta para esta solução. mas como nunca foi mostrado, comprovado cientificamente, continua sendo uma teoria. Porem a logica racional nps leva a duvidar da teoria da biogênese tal como ela está’ hoje e a duvidar do mecanismo proposto pela teoria evolucionista de Darwin. Talvez o ancestral comum nunca tenha existido na superfície da Terra, como propõem os resultados dos meus modelos e cálculos teóricos.
Uma analogia pode embasar a minha teoria. Todos irmãos de uma família vem de um ancestral comum, que foi um casal de humanos. E o metodo natural pelo qual isso acontece e’ unicamente pela transmissão de DNA, de geradores a herados. Pois então quando surgiu a Vida neste planeta ela deve ter recebido do ancestral, algo como o DNA. Se ela veio do inorganico, esse ancestral DNA deve ter sido inorganico. Então quem foi o ancestral e o que e’ esse DNA inorganico? Ora, justamente o que meus resultados estão a indicar: o building block desta galaxia onde a vida surgiu e portanto criada por ela e’ baseado num circuito sistemico que pode ser representado como uma formula, e esta formula semeada na superfície da Terra dirigiu o período e processos da abiogêneses a reproduzir este ancestral astronomico. Por isso denominei a formula de Matrix/DNA. Mas não se irrite com essa ameaça `a teoria darwiniana, pois estou como vocês, sem provas ainda. E’ teoria logica contra teoria logica.

xxxx

A evolução é um fato científico, temos graus de parentesco com todas as formas de vida e como já disse no texto,em alguns casos podemos observar a especiação e além das evidências da embriologia e da anatomia dos animais.

xxxxx

Louis C. Morelli – 07/09/18

Não, a evolução não é fato cientifico. Apenas sera’ se tiver-mos o ancestral comum lado a lado com o ultimo produto deste movimento natural e comprovar que no ultimo a complexidade é maior que no primeiro. Nos estamos dentro do processo, e como determina o teorema de Godel, ” quem esta’ dentro de um sistema não pode saber a verdade do sistema”. Pode ser que estejamos assistindo os meros passos graduais de um grande processo de reprodução, maior que a historia biológica. Por enquanto a evolução é uma teoria racional e provável, mas não um fato cientifico. Sinto muito ser chato, mas é preciso nos policiar, pois muitos se tornam arrogantes fanáticos crendo que sabem… e se estiverem errados? Nos somos quase cegos e insensíveis, apenas vemos o lado da matéria que e’ iluminado e vibra numa das sete dimensões da luz. Sugere a logica que a nossa evolução, ao ver as sete dimensões, vai mudar todas nossas crenças atuais. Mas essa evolução só ocorre se manter-mos respeitando a disciplina cientifica, a qual nunca se refere a fatos que ela não esta vendo e tocando.

Luz universal: A evolução do sistema universal é movida pelo ciclo vital?

sexta-feira, agosto 24th, 2018

xxxxx

O Universo mudou as faixas de luz emitidas durante sua evolução. Pela Teoria da Matrix/DNA a evolução não do Universo ( o Universo não evolui, o que evolui e’ um sistema universal dentro dele, segundo minha teoria), e sim do sistema universal acontece pelo processo do ciclo vital, então a sequencia das emissões deve ser a mesma sequencia do espectro abaixo, a começar pelos raios gama ‘a direita. Em seguida viria o Raio-X, depois o Ultra-violeta, e só entao  a luz visível. O artigo diz:

“A luz de regiões distantes de formação de estrelas em galáxias remotas começou a ser emitida em ultravioleta. No entanto, a expansão do Universo mudou a luz para comprimentos de onda infravermelhos.”

Bate então as duas teorias em relacao a luz ultravioleta. Quanto ao caso da infra-vermelho, devo pesquisar. E possível que o artigo se refira a luz emitidas pelas galaxias, que ainda não acompanha a evolução do sistema universal.

 

Light-The-Electro-Magnetic-Spectrum by MatrixDNA THeory

 

O Hubble acaba de revelar uma nova imagem espantosa da evolução do nosso universo

https://www.misteriosdouniverso.net/2018/08/o-hubble-acaba-de-revelar-uma-nova.html

A luz ultravioleta tem sido a peça que faltava no quebra-cabeça cósmico. Agora, combinada com dados de infravermelho e luz visível do Hubble e outros telescópios espaciais e terrestres, os astrônomos reuniram um dos mais completos retratos da história evolutiva do universo.

Em particular, a visão ultravioleta do Hubble abre uma nova janela no universo em evolução, acompanhando o nascimento de estrelas nos últimos 11 bilhões de anos até o mais movimentado período de formação de estrelas do cosmos, cerca de 3 bilhões de anos após o big bang. Esta foto engloba um mar de aproximadamente 15.000 galáxias – 12.000 das quais são formadoras de estrelas – amplamente distribuídas no tempo e no espaço.

A imagem atravessa a lacuna entre as galáxias muito distantes, que só podem ser vistas na luz infravermelha, e galáxias mais próximas, que podem ser vistas através de um amplo espectro. A luz de regiões distantes de formação de estrelas em galáxias remotas começou a ser emitida em ultravioleta. No entanto, a expansão do Universo mudou a luz para comprimentos de onda infravermelhos. Ao comparar imagens de formação estelar no Universo distante e próximo, os astrônomos adquirem uma melhor compreensão de como as galáxias vizinhas cresceram a partir de pequenos aglomerados de jovens estrelas quentes, há muito tempo.
Como a atmosfera da Terra filtra a maior parte da luz ultravioleta, o Hubble pode fornecer algumas das observações ultravioletas baseadas em espaço mais sensíveis possíveis.
Os dados contribuem para o Levantamento de Legado Extragaláctico Profundo de Montagem Cósmica (CANDELS), que obteve pouco menos de dois meses de dados de observação em infravermelho próximo para desenvolver uma pesquisa de mais de 250.000 galáxias do Universo.
Esta imagem é uma parte do campo GOODS-North, localizado na constelação do norte da Ursa Maior.
Um artigo descrevendo a pesquisa foi publicado no The Astrophysical Journal, e você pode baixar as imagens em tamanho real no site do Hubble.

Origens dos Animais: Ediacaranos a 571 milhões de anos?

sábado, agosto 18th, 2018

xxx

https://hypescience.com/cientistas-repensam-teorias-sobre-a-evolucao-apos-estudar-alguns-dos-primeiros-animais-do-planeta/?utm_source=onesignal&utm_medium=push_onesignal&utm_campaign=newpost_onesignal

Cientistas repensam teorias sobre a evolução após estudar alguns dos primeiros animais do planeta

Como os membros da biota ediacarana foram agora classificados como animais, podemos datar a origem do reino animal pelo menos no momento em que esses fósseis apareceram. Os membros mais antigos desses grupos são conhecidos como “rangeomorfos” (da ordem Rangeomorpha) e aparecem no registro fóssil há aproximadamente 571 milhões de anos, no final do período Ediacarano.

Imagem do Citoplasma com Organelas em 3D

sábado, agosto 4th, 2018

xxxx

 

Imagem incrível de um citoplasma com suas moléculas e organelas em 3D! 😍 Créditos: David Goodsell

Imagem incrível de um citoplasma com suas moléculas e organelas em 3D! 😍
Créditos: David Goodsell

Parece uma vista aérea e não por acaso; esta obra foi desenhada por quem esta’ no ceu. Não por alguma divindade sobrenatural e sim apenas pelo sistema astronomico que produziu a Vida aqui… Pena que a crença acadêmica esta’ atrapalhando a Fisica e a Biologia ao separar o criador que veio da Evolucao Cosmologica da sua criatura que iniciou a Evolucao Biologica. Nao aceitem isso, e serao capazes de ver o Cosmos atraves do microscopio apontado para uma celula. Assim como não existe duas naturezas, não existem duas evoluções, ela e’ so’ uma,.. a Evolucao Universal. Prestem atencao na Matrix/DNA Theory que esta mostrando a figura do elo evolucionario entre a galáxia e o primeiro ser vivo…

O infindável kit de ferramentas da formula da Matrix/DNA

segunda-feira, julho 9th, 2018

xxxxx

O Universo nada cria de novo, pois o Universo não e’ magico, não poderia criar nova informação do nada. No entanto basta lembrar a incrível diversidade de detalhes na biosfera terrestre para suspeitar-mos dessa teoria, pois vemos fenômenos e eventos aqui e agora que nos parece não ter em nenhum outro lugar nem no passado do Universo. Se não tem, e’ novo, foi criado agora. Pode ser que a teoria esteja errada, mas depois que descobrimos a formula da Matrix/DNA e estamos aprendendo a “ler nas entrelinhas”, estamos descobrindo que os detalhes já tinham seus protótipos  guardados no deposito da formula, e portanto, da Natureza.

Bastaria a uma forma de sistema natural necessitar de um detalhe e ter as condições para fazer a formula materializar o protótipo.  Um exemplo comum da mesma teoria são as mãos humanas. A melhor e mais eficiente maneira de um organismo vivo manipular objetos externos e’ a mão humana (ao menos nos dias de hoje e aqui neste planeta), mas ela não existiu durante 3 bilhões de anos de uma vida que conta com 3,5 bilhões de anos. Ela foi no inicio um simples cílio como um pelo, depois uma pata de pato, uma asa, um casco de cavalo, uma garra de tigre, uma mão desajeitada de mão ate finalmente chegar as atuais mãos humanas. E nos causou surpresa ao descobrir que a mão humana tem exatamente a forma da formula da Matrix/DNA, ou seja, esta ferramenta já existia antes dos 3,5 bilhões de anos, e estava disponível. Para materializar ela, a formula vai construindo-a aos poucos formando sua infraestrutura, quando libera apenas parte da ferramenta, como acontecia quando a evolução estava no nível dos tigres. E também a materialização da ferramenta depende da necessidade do ser que a requere, assim como da sua capacidade de acionar a formula que esta embutida na sua genética.

Este conhecimento da formula nos tem ajudado a entender os detalhes da enorme diversificação, porque partimos da visualização do detalhe e vamos busca-lo na formula, a qual nos explica vários conceitos, como a função do detalhe no sistema, a origem do detalhe, seu desenvolvimento evolutivo, etc. Porem, se treinar-mos mais no estudo da formula podemos detectar ferramentas que ali estão e que ainda não foram materializadas. Isso impulsionaria nosso progresso. Ao invés de continuar-mos atras seguindo as pegadas da evolução podíamos nos adiantar, passar na frente dela e ser o guia numa determinada direcao de materializar mais uma ferramenta.

E agora cientistas perceberam que também a propriedade da empatia vem de um kit de ferramentas, no cérebro, a que chamaram de “rede neuronial social”. quando buscamos na formula se também a empatia já estava pre-desenhada nela, cremos que a encontramos no que chamamos de “altruísmos conectivo entre as partes do sistema”.

Este texto foi inspirado na leitura de um artigo com link a seguir e que contem o seguinte trecho:

https://hypescience.com/pessoas-podem-se-conectar-melhor-se-praticarem-a-empatia-dizem-pesquisadores/

Pessoas podem se conectar melhor se praticarem a empatia, dizem pesquisadores

Kit de ferramentas da empatia

De acordo com o texto, a maioria de nós nasce com um “kit de ferramentas” de empatia. A questão é aprender a usá-lo. “A maioria das pessoas nasce com um kit de ferramentas neurais de alto desempenho que impulsiona seu desejo de se conectar com os outros e sua capacidade de entender seus pensamentos e sentimentos, mas aprender a usar as ferramentas é fundamental tanto para os alunos quanto para relacionamentos no trabalho, na escola e em casa. Este kit de ferramentas tem raízes evolutivas profundas e é fundamental para quem somos como espécie”, definem.

xxx

E meu post no facebook em 7/9/18:

Sentimo-nos desanimados quando buscamos maneiras de mudar ou consertar o mundo porque nos deparamos com uma infindável gama de complexidade, de detalhes que puxam mais detalhes que puxam outros e de repente nos vemos incapazes de processar todas estas informações na cabeça e obter uma solução final. de onde veio tanta complexidade de detalhes que vemos nesta biosfera terrestre. Das centenas de detalhes numa flor aos detalhes das redes neuroniais no cérebro aos detalhes de 30.000 especies de bactérias… de onde veio tudo isso?! teria cada detalhe sido criado um a um por um ser superior e magico como acreditam alguns ou teriam surgido pelo simples avançar da longa cadeia de causas e efeitos que começou no Big Bang, como acreditam outros? Depois que descobrimos que todos os detalhes são partes de sistemas naturais e que todos os sistemas naturais foram criados por uma unica e mesma formula, descobrimos também que esta aparentemente mais simples formula do universo escondia nas suas entrelinhas uma infinidade de possibilidades que poderiam e podem ser materializadas se houver necessidade da evolução para tal. Precisamos criar, afirmar, fortalecer a empatia entre seres humanos para tornar a humanidade na grande universal família sonhada por Jesus Cristo? E’ possível pois a propriedade da empatia já existe pre-desenhada na formula desde antes das origens da própria vida. E saber tudo isso e’ bom, pois podemos melhorar nossas condições de existência alem de nos ajudar sobremaneira a reunir num quadro único inteligível toda essa parafernália da complexidade dos detalhes. Veja mais no link abaixo:

Um método para exorcizar humanos do instinto a predador de humanos?

quinta-feira, julho 5th, 2018

xxxx

Este video mostra uma experiencia provando que mutacoes de “personalidades” podem acontecer rapidamente, no espaco de uma ou poucas geracoes. Eles capturaram raposas selvagens, extremamente agressivas, e transformaram-nas domesticadas comportando-se como caes domesticados. Esta experiencia mostra que Darwin estava equivocado quando disse que mutacoes selecionadas nao acontecem num “salto” e sim acontecem apenas em longos tempos.

Isto leva os adeptos da cosmovisao da Matrix/DNA – que tem como uma de suas prioridades combater, eliminar os tres instintos humanos de ten dentes a grandes predadores de humanos, a medio predadores ou a presas/dependentes de humanos – a uma esperanca.

E’ preciso notar que os pesquisadores apenas conseguiram domesticar as raposas oferecendo-lhes uma vida melhor do que tinham na selva. Tambem temos suspeitado que melhorando as condicoes de vida das “presas” humanas, elas podem serem exorcizadas deste instinto.

O grande problema e’ exorcizar os medios e grandes predadores. Porque todos os sistemas sociais criados pelos humanos ate’ agora – seja o tribalismo,o feudalismo, a monarquia, o capitalismo ou comunismo – nao foram ‘criados” mas sim mera imitacao ou auto-projecao do sistema social em todos os habitats de animais irracionais, seja na terra firme dos continentes, na agua ou no ar. Assim temos todos estes sistemas sociais divididos em tres classes de poder: a alta clase dos grandes predadores, a classe media dos medios predadores, e a classe escravizada e despossuida dos trabalhadores como presas. principalmente os grandes predadores

https://www.youtube.com/watch?v=0jFGNQScRNY

Ancestralidade Comum: Diferença entre a teoria evolutiva acadêmica e a teoria evolutiva da Matrix/DNA

segunda-feira, julho 2nd, 2018

xxxx

http://ciencianautas.com/evidencias-da-ancestralidade-comum/

Evidências da ancestralidade comum

Meu comentario enviado em 02 de julho/07/18 ( verificar se foi publicado)

Tens certeza disto? Ou continuas buscando e gosta das ideias de outros, como eu? Um ancestral comum pode ter existido, várias evidencias e a lógica racional aponta para esta solução. Mas como nunca foi mostrado, comprovado cientificamente, continua sendo uma teoria. Porem a logica racional nos leva a duvidar da teoria da biogênese tal como ela está hoje e a duvidar do mecanismo proposto pela teoria evolucionista de Darwin. Talvez o ancestral comum nunca tenha existido na superfície da Terra, como propõem os resultados dos meus modelos e cálculos teóricos.
Uma analogia pode embasar a minha teoria. Todos irmãos de uma família vem de um ancestral comum, que foi um casal de humanos. E o método natural pelo qual isso acontece e’ unicamente pela transmissão de DNA, de geradores a herdeiros.

Pois então quando surgiu a Vida neste planeta ela deve ter recebido do ancestral, algo como o DNA. Se ela veio do inorgânico, esse ancestral DNA deve ter sido inorgânico. Então quem foi o ancestral e o que e’ esse DNA inorgânico? Ora, justamente o que meus resultados estão a indicar: o building block desta galaxia onde a vida surgiu e portanto criada por ela e’ baseado num circuito sistêmico que pode ser representado como uma formula, e esta formula semeada na superfície da Terra dirigiu o período e processos da abiogêneses a reproduzir este ancestral astronomico. Por isso denominei a formula de Matrix/DNA. Mas não se irrite com essa ameaça `a teoria darwiniana, pois estou como vocês, sem provas ainda. E’ teoria logica contra teoria logica.