Posts Tagged ‘Física’

Física Geral: Vídeo e Mapa mostra as Conexões entre todas as áreas da Física

sexta-feira, agosto 10th, 2018

xxxx

https://www.youtube.com/watch?time_continue=2&v=ZihywtixUYo

Este mapa genial mostra como tudo na física está conectado (clique no mapa para amplia-lo)

mapa-genial-como-tudo-na-fisica-está-conectado

mapa-genial-como-tudo-na-fisica-está-conectado

Meu comentário enviado ao artigo em Agosto/10/18: (verificar se passou pela moderação)

Atordoante a enorme complexidade deste mundo com tantos detalhes, e’ muita coisa para nosso pobre pequenino cérebro. Mas como o autor notou, a Física e a Matemática começaram pela Filosofia, foram ate as fronteiras do Universo, se depararam com um Big Bang no nível macro e com a espuma quântica no micro, e retornam sem as respostas que o agente móvel de tudo isso, a alma humana, queria saber desde o inicio. Por isso tudo retorna na Filosofia. Se a Ciência moderna chegar a seus limites de capacidades, caberá ao filosofo com sua índole multidisciplinar e autodidata, levantar todos os dados desde Física a Biologia e todas as teorias das tentativas de explicar o mundo, desde o I Ching ‘a Bíblia ‘a Doutrina Secreta, e colocar todos estes dados espalhados sobre a mesa pra tentar montar o grande quebra-cabeças. Obviamente ele não descobrira a Verdade, mas pode elaborar uma nova mais acurada interpretação, uma nova cosmovisão, que sera a teoria abrindo novas portas para a Ciência prosseguir.

Como filosofo naturalista eu fiz tudo isso e num ambiente inspirador adequado como retorno aos princípios da Natureza: na selva amazônica. Um dos métodos para montar o quebra-cabeças foi fazer o caminho da evolução universal ao reverso, partindo da Vida Biológica para regredir a Física e do pensamento sistêmico para se contrair ao reducionismo. Interessante foi o resultado mostrando que a Vida não esta apenas depois da Física, e sim também, antes dela. Assim como o corpo humano e’ formado do esqueleto ósseo como estrutura mecânica e depois seguido pelo revestimento de “soft meat” – carnes, gorduras, líquidos – mas e’ essa parte “soft” que gera o esqueleto e não o contrario, meus resultados apontaram que ao invés do minusculo átomo da Física deflagrando o Big Bang da Física, houve um sistema natural, vivo, também produzindo um evento de Big Bang, porem não físico e sim biológico, como a explosão da membrana do espermatozoide no ato da fecundação de um ovulo. A espuma quântica pode ser meramente a substancia de membranas separando universos. Enfim, uma tentativa tímida e ignorada brasileira, apenas mostrando que existe possibilidades de ultrapassar-mos as atuais barreiras com teorias que abrem um imenso leque de ideias para novos experimentos. Mas o mais importante ainda foi perceber que novas cosmovisões sugerem jamais imaginados significados para a existência deste feto de autoconsciência que carregamos em nossas cabeças-ovo: que ao Big Bang se seguira’ o dia do Big Birth e nos, fetos hoje, estaremos la’ assistindo o evento de nosso próprio nascimento para alem da espuma quântica. Sorria…

A Biologia produz a Fisica, e nao vice-versa

terça-feira, maio 8th, 2018

xxxx

Sobre as origens das coisas, a unica origem de uma coisa natural real, que temos comprovado cientificamente porque podemos ver, assistir, e’ a origem de um novo ser vivo. Sobre as origens da vida, do universo, da formacao das estrelas, etc., apenas temos teorias, por mais que alguns cientificistas fundamentalistas insistam no contrario. E quando vemos a origem de um novo ser vivo, percebemos sem sobra de duvida, que e’ a parte mole do corpo, feita de carne, liquidos, gorduras, nos animais, e as folhas e sementes, nos vegetais, que produz o esqueleto osseo, a parte dura, mecanica, que serve de base estrutural ao corpo. primeiro surge a parte mole, na forma do genoma, da celula inicial, da morula, blastula e so depois comecam a surgirem os ossos. Primeiro os frutos, as sementes, e so’ depois o tronco mecanico estrutural, os galhos.

E este unico fato conhecido a respeito de origens mostra que e’ a organizacao biologica da materia que da origem `a organizacao esturtural mecanica que e’ area da Fisica, da Matematica.

Mas os fisicos e matematicos ( e mesmo a maioria dos biologos e quimicos, pois acho que nem nunca pensaram nisso da forma como abordo o assunto) refutam esta conclusao logica, crendo mesmo como artigo de fe’, que o contrario e’ a verdade, porque se baseiam na versao da Historia Natural que conseguem abordar e dela tirar suas conclusoes. E nesta versao, realmente, nao existe como negar a patente impressao de que foi a Fisica que deu origem `a Biologia, pois a estrutura fisica do Cosmos, reino mecanico estudando pela Fisica e Matematica, existia antes das origens da vida, a parte biologica nesta regiao do Universo. Ninguem em sa consciencia que tenha o minimo de acompamhamento do conhecimento cientifico refutaria esta conclusao.

Mas sera’ que ela e’ mesmo correta? Pode ela ser afirmada como verdade cientifica?

Nao. Nos nao assistimos, nao estivemos la nas origens da vida nem do mundo astronomico. Nos nao conseguimos assistir estas origens em nenhum outro lugar e tempo, e nos nao conseguimos reproduzir estas origens Segundo estas teorias, em laboratorio. Portanto nao pode ser um postulado, um “statement” cientifico. Mas e’ uma boa e logica teoria cientifica.

Nos nao sabemos como foi a origem do sistema astronomico, o que havia antes dele que o produziu, e nem poderiamos cientificamente afirmar que nao havia nada. Portanto, resta a alternativa naturalisticamente logica de que antes das origens do sistema astronomico existia um sistema biologico que o produziu. Porque e’ isso que a Natureza esta fazendo aqui perante os nossos olhos, e Ela nao fez nada perante nossos olhos ainda que embase outras teorias.

Eu nao sei como e’ que funciona o raciocinio logico de outras pessoas, mas o meu funciona assim e vejo coerencia nele. Porem existe um outro detalhe, uma outra logica hipotese que os fisicos e matematicos desconhecem. Trata-se do resultado obtido pela investigacao pelo metodo aplicado na cosmovisao da Matrix/DNA. Este resultado sugere que mesmo o “esqueleto osseo” que existia antes das origens da vida dentro do Universo, ja continha uma cobertura de organizacao biologica da materia. E mais: ela estava muito tempo antes ja presente nos sistemas atomicos. E ainda mais: a biologia esteve presente no evento do Big Bang.

O que reforca a tese de que ela possa ter existido antes das origens deste Universo. E assim produzido a Fisica.

Mas como eu nao posso ultrapassar as fronteiras deste Universo, nem mesmo retroceder aos tempos antes de suas origens, tambem nao posso afirmar que a “possivel” biologia extra-universal nao venha, por sua vez, de um outro mundo ainda mais distante e mais antigo formado de estrutura mecanica, ou seja, de Fisica…

Em qualquer caso, por enquanto, ao menos para mim, o que vale e’: “A biologia produz a Fisica… e sempre onde teve Fisica, a Biologia tambem estava la’…”

A Relutancia dos Fisicos perante a Matrix/DNA

terça-feira, maio 8th, 2018

xxxxx

No caso de planejar palestras ou entrar em debates com academicos, sempre e’ bom lembrar como os fisicos e matematicos pensam e se comportam perante teorias filosoficas sobre naturalismo, as quais sem poder evitar tem que abordar fatos naturais que sao estudados pela Fisica.

No artigo com link a seguir esta uma interessante e completa explicacao da sua mentalidade e comportamento, e como rapidamente se livram de outras visoes do mundo que desconhecem apelando para jargoes como “pseudociencias”.

Em vista disso – e como o artigo foi postado num forum para discussao – enviei o comentario seguinte que nao foi publicado de imediato aguardando moderacao. Voltar ao forum para checar publicacao e se tem resposta: (NOTA: para entrar a senha e’ a mesma e o email e’ yahoo)

http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-10-argumentos-que-você-não-deve-usar-em-uma-discussão-sobre-misticismo-quântico

10 argumentos que você não deve usar em uma discussão sobre misticismo quântico

Louis Charles Morelli – dia 8 de maio de 18  

Ok, eu sou autor de uma nova, inedita, nunca pensada antes por ser humano algum, cosmovisao. Ou seja, uma Historia Natural Universal desde as origens ate o presente, numa unica linha logica. Todos os fatos comprovados cientificamente por todas as disciplinas e todas as leis naturais aclamadas pela comunidade cientifica que eu conheco, se encaixam nesta cosmovisao. Como nao podia deixar de ser, em todas as conversas pela Internet, fisicos e matematicos estrangeiros e em ingles, dizem que nao tenho uma teoria, que e’ pseudociencia, etc. Mas nunca apresentaram um fato cientifico que anule nenhuma das conclusoes da teoria geral, e nao conseguem entender a logica facil natural da cosmovisao, mas a conversa e’ prejudicada devido meus erros gramaticais em ingles. esta aqui um grande oportunidade para evitar a questao do idioma e debater com um fisico a minha certeza que nao se trata de pseudociencia e sim, e’ uma teoria naturalista, na sua definicao  filosofica. Estas disposto? Se tens interessa numa ideia previa da cosmovisao, veja http://theuniversalmatrix.com

As origens da Biologia se escudando na Fisica e deixando-se dirigir por ela ate’ hoje

sexta-feira, setembro 22nd, 2017

xxxx

O vídeo com link baixo, nos seus 6;oo minutos menciona o livro do físico  Schrodinger( o do Schrodinger cat),  “What’s Life” escrito nos anos 1940, e explica como ele influenciou os biólogos que na época era a Biologia considerada uma ciência de segunda classe. Muitos dos biólogos que seguiram escrevendo sobre teorias da vida nos anos sequentes vieram também com background da Física.

What’s Life?

https://www.youtube.com/watch?v=8-cTlKVsvvM

Conectando Psicologia ( ou a Psique) com a Fisica da Natureza. Dr. Buryl Payne

sábado, maio 6th, 2017

xxxxx

Tive conhecimento da existência do Dr. Buryl Payne por uma sua tese investigativa sobre efeitos dos campos magnéticos dos astros e principalmente da terra e do Sol sobre a vida na Terra e principalmente sua semelhança com as ondas energéticas produzidas pelos processamentos do cérebro humano. registrei aqui um artigo, justo o ultimo antes deste, sob este tema.

Uma busca sobre o autor e deparei com a sua BIO, onde explica que ele e’ PHD em Física e Psicologia. Justamente um dos métodos que estou usando na teoria da Matrix/DNA, na busca de localizar e identificar a formula da Matrix na configuração processual do cérebro. Mas o curriculum de realizações, investigações, inventos e patentes e’ formidável, reforçando minha tese de que falta `a psicologia acadêmica estudar mais os outros campos do conhecimento natural que levou a formação da psique, como a Física. O Dr. Payne prova que quem o faz, encontra uma fonte de insights e criações que ainda permanece inexplorada. Copio aqui a biografia para traduzir e tentar pesquisar cada trabalho do Dr. Payne.

http://www.buryl.com/about_buryl.htm

BIO


Buryl has a Ph.D. in psychology and an M.S. in physics. His real education began as a teacher (by his students) at Goddard College, in Vermont.  He attended seminar-workshops put on by the institute of General Semantics, based on the work of Alfred Korzybski, and also attended lectures and workshops on the work of Georges Gurdjieff, as interpreted by his students and their students. His first book: GETTING THERE WITHOUT DRUGS: THEORIES AND TECHNIQUES OR ALTERING CONSCIOUSNESS, was one of the Esalen series in the late 60’s. It combines the perennial teachings of Zen with teachings of Gurdjieff, Korzybski, and knowledge of modem physics.

From the creativity company, called Synectics, for which he worked for as Director of Training and Research, he learned the technique of teaching creativity.  He loves doing this for peace groups and other social groups. He considers this to be his most valuable skill.

Later, as a professor at Boston University, he learned how to write as he directed a graduate program in science writing. His most important discoveries and writings are listed below in approximate order of importance. Buryl admits to being a workaholic though he spends a lot of time at the beach.

1. Discovered that the nearly regular cycles of international battles, found by previous researchers, is in phase with solar activity. Not being satisfied with a mere correlation, Buryl uncovered the physical mechanism-namely solar influences on the geomagnetic field which, in turn, can disrupt brain waves and produce hormone changes, apparently leading to aggressive warring behavior (mostly in males).

2. He also noticed how to predict most sunspot activity and some geomagnetic activity by taking into account the solar system as a whole and observing the planetary configurations associated with sunspot activity.

3. Performed an experiment, with the help of many other people, showing that enough people (several million) meditating apparently can decrease solar activity. This 31/2 year project, consisting of six meditations a year, was the kind predicted to have an influence on solar activity by Edgar Cayce many years ago. Experimental data showed up to a 30% decrease in solar activity for up to two weeks after the day of the meditations.

4. Rediscovered (by accident) a way to detect and measure a rotational force, named the Biofleld, around the human body and other living things. To measure something is an advancement over just perceiving it, or theorizing its existence

5. Validated Dr. Ron Hruby’s breakthrough experiment, showing that a small group of people at a distance of ten miles could measurably alter the Biofield of a subject by intending to help heal the subject.  Buryl invited 20 healers willing to focus their talents on attempted healing-at-a-distance. It was observed that 16 out of 20 healers produced a measurable change in the Biofield.

7. Developed a measure of organization of patterns based upon generalizing the information theory of Shannon and Weaver and the principles used by Einstein and Heisenberg in developing the special theory of relativity and the quantum theory.

8. Designed, patented, and marketed the first commercial biofeedback instruments (did not originate the idea.) Was lucky enough to get Radio Shack to market one type on a world wide basis.

9. Published a paper deriving principles of Gestalt perception from the well established physics principle of least action.

10. Discovered a way to detect emanations from planets, which alter the taste of water, and when this water is taken internally it sometimes produces psychophysiological effects.

11. Gave General Mills the idea for the Granola Bar, helping to start a trend in developing healthy food snacks.

12. Designed inexpensive Pulsed Magnetic field generators for enhancing healing or stimulating biological activity.

13. Designed a simple electronic instrument to help synchronize brain hemispheres to eliminate jet lag, and enhance telepathy. Made instruments, made for couples and groups, to synchronize brain waves.

14. Developed (based on the work of others) a way to obtain an ordinal scale of harmony between lovers, friends, business associates, or parents and children. To roughly measure something like the ‘force’ of love is a major advance in helping to create harmony between people.

15. Buryl wrote 4 books on magnetism and its effects on living organisms, one on physics and consciousness, and one on biofeedback and hypnosis.

16. Designed an Electronic Muscle Tester for testing the value of foods, vitamins, herbs, etc. for each person.

Buryl is currently writing a book on Fifth Dimensional Consciousness. Buryl admits he doesn’t understand it; that’s why he’s writing the book!

Reprints are available for all of the above topics.

In 1982, in New Zealand, Buryl founded the Academy for Peace Research to help disseminate information about war cycles, how to predict them and possible ways to avoid them. The work has already been done; it only needs helping hands to spread the information around the world.

Porque Físicos e Biólogos não alcançaram as alturas da Matrix/DNA

domingo, abril 9th, 2017

xxxx

Segundo a minha Teoria da Formula Matrix/Dna esta’ sugerindo, os fenômenos do nível quântico são relacionados `a linha de fronteira entre a Física e a Biologia. Para entender melhor vamos fazer uma analogia com o corpo humano: a Física lida e se limita ao mecanismo do esqueleto ósseo; a Biologia lida e se limita aos campos das carnes moles e substancias liquidas; a partir das carnes entra o cérebro com a Neurologia, a Psicologia. Ora todos estes campos dos ossos, das carnes, da massa cerebral, são compostos de átomos e partículas, os reinos microscópicos da física quântica. Então nas fronteiras de transição entre estes campos, os átomos ali alojados devem apresentar processos do campo anterior misturados com processos do campo posterior. Por isso os Físicos encontram estranhezas não explicadas no nível quântico, pois eles entendem de Física e ali estão sendo confrontados com efeitos intermediários com Biologia. Ou na fronteira posterior – entre a carne e a massa cerebral, com efeitos intermediários entre a massa cerebral e os pensamentos, a mente, etc. O método que aplico com a Matrix/DNA é multidisciplinar com foque centralizado nos processos de transformações, gerando modelos teóricos dos links ou elos evolucionários entre formas diferentes,  portanto tenho mais chances de entender os processos intermediários – se eu acertar na interpretação das minhas formulas e modelos. Por ser fases de transições com processos muito delicados principalmente na hora que o DNA faz suas traduções e replicações de proteínas, aqui moram muitas das doenças serias que afligem a humanidade e continuam por milênios sem que tenha sido encontrado os meios para suas definitiva eliminação.

A seguir cito uma frase (cujo autor e link vai abaixo), de alguém da Física que esta’ começando a entender isto:

” Os biólogos tem até recentemente sido desfalcados do contra-intuitivo aspectos da teoria quântica e sentem ser isso desnecessário, preferindo seus tradicionais modelos de “ball-and-stick” das estruturas moleculares da vida. Da mesma forma, os físicos tem sido relutantes em se aventurarem no complicado e complexo mundo da célula viva – e porque deveriam eles se podem testar suas teorias de maneira mais clara no controlado ambiente dos laboratórios de Física?”

Em ingles:

“… biologists have until recently been dismissive of counter-intuitive aspects of the quantum theory and feel it to be unnecessary, preferring their traditional ball-and-stick models of the molecular structures of life. Likewise, physicists have been reluctant to venture into the messy and complex world of the living cell – why should they when they can test their theories far more cleanly in the controlled environment of the physics lab?…”

O autor menciona esta frase quando faz a palestra no vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=wwgQVZju1ZM

Jim Al-Khalili – Quantum Life: How Physics Can Revolutionise Biology

Simetria, Supersimetria: As profundezas do misterio supremo

sábado, fevereiro 18th, 2017

xxxx

Porque a Natureza cega produz arquiteturas simétricas?! Para que? Como? De onde ela tirou essa ideia? Por que sempre temos dois olhos e não um só, ou 3, 5? Porque um situado exatamente na mesma altura e posição do outro? Claro que a simetria não existe produzida pelo acaso. Ela é uma lei fixa, a natureza determina que ela existe e proíbe outras alternativas. Se não fosse isso, se dependesse do livre fluir dos movimentos, corpos, objetos, os animais teriam vários olhos. Olhos atras da cabeça seria de extrema utilidade. nos desejamos ele com fervor, mas a natureza impede. Temos que obedecer sua determinação a respeito de simetria. Porque?

Mas… pensando melhor,… não existe simetria em tudo. O lado de trás da cabeça humana não é igual, não é simétrico, ao lado da frente. O dorso da mão não é igual a palma.

Pelo que sei, os físicos têm uma visão de um mundo simétrico. Se existe a partícula X tem que existir sua partícula X1. E simetria é interpretada pelos humanos como “beleza”. Ela nos é agradável. Não será então que os físicos montaram uma visão de mundo errada, baseado em que tudo é simétrico, porque procuramos apenas o que nos é agradável? Quando somos defrontados com o desagradável, foi ele que veio a nos, sempre; nos nunca vamos procurar o desagradável, o feio.

Ou talvez apenas detectamos  o que é simétrico devido nosso antropomorfismo, ou seja, nos nos projetamos sobre aquilo que buscamos. Nossa face é simétrica, nossas pernas são simétricas, nos somos simétricos, então selecionamos do mundo o que é simétrico e ignoramos o que não é?

Pode ser, porem, não foi nos que nos fizemos, e sim a Natureza. Então, porque ela nos fez simétricos?

Segundo a minha cosmovisão, que tem como ponta de lança a formula da Matrix/DNA a simetria foi criada pela Natureza por dois métodos. Assim como a célula: a primeira célula foi criada por simbiose entre elementos separados entre si; e então depois de criada a primeira por simbiose, elas aprenderam a auto-reprodução, e a segunda fase então é reprodução. Simetria também. Pra entender vamos puxar a formula para cá:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

A formula é simétrica. Ela tem duas meias faces, divididas por F5. Toda vez que a formula montou um sistema novo ela pegou um corpo existente, aplicou-lhe a força do ciclo vital, esta transformou o corpo em outras formas e funções, comportamentos, propriedades, diferentes, depois juntou estas formas diferentes num só novo corpo que funcionou como um sistema.

Então nessa fase a simetria foi criada pelo fluxo que corre no circuito esférico. De F1 a F4, a energia e o corpo estão crescendo. Quando parte de F4 começa a entropia, a energia e o corpo entra em decrescimento, degeneração. Mas o fluxo cria o trecho de F5 a F7 a imagem e semelhança do que foi criado pelo trecho de F1 a F4.  S face da esquerda é copiada como face da direita. E o resultado é simétrico.

Foi quando percebi isso que desvendei a razão da existência do número Phi, ou da chamada “sagrada geometria”. medindo-se o circuito esférico do sistema, quando chegamos ao centro da linha F5, encontramos 1,618… Ai tudo se esclarece: F5 é a função da reprodução da face esquerda em face direita, nada tem de misteriosos ou sobrenatural nesse numero.

Depois desta fase o corpo aprende a se reproduzir e a simetria surge espontaneamente toda vez que ele se reproduz.

Mas porque a formula produz simetria? Ela podia descambar de F4 para outras direções criando coisas diferentes de maneira que não se encaixariam face esquerda e direita.

Creio que isso se responde com um duas explicações. primeiro, o postulado universal da Matrix/DNA: neste universo esta’ ocorrendo um processo de reprodução genética do universo ou seja la’ o que o criou. Ora, tudo o que é criado geneticamente é baseado num processo que denominamos de sexual e mesmo que o elemento seja hermafrodita ou assexuado, essa criacao depende da fusão de duas partes simétricas. Por isso então a simetria seria uma constante universo, porem apenas emerge em eventos de criacao.

A segunda explicação estaria nos baloes de Yukawa. A matéria existe devido pipocar nesta dimensão uma bolha que surge como um ponto e morre como bolha e outra que surge como bolha e morre como um ponto. A simetria já esta toda ai, surgindo junto com a origem do Universo, ou da matéria.

Mas os físicos tem outras ideias sobre simetria. Então estou abrindo mais este capítulo para pesquisar e registrar tudo o que conseguir aprender sobre a ideia deles e o que eles tem conseguido de dados e teorias a respeito.

 

 

Isto seria revolucionario: Fisicos na Eminencia de descobrirem a quinta força na Natureza

terça-feira, agosto 16th, 2016

xxxx

Physicists confirm possible discovery of fifth force of nature

August 15, 2016

http://phys.org/news/2016-08-physicists-discovery-nature.html?utm_source=menu&utm_medium=link&utm_campaign=item-menu

(obs: tem um artigo muito mais completo que preciso voltar e ler: Evidence of a ‘Fifth Force’ Faces Scrutiny – https://www.quantamagazine.org/20160607-new-boson-claim-faces-scrutiny/#respond

E meu comentario postado no artigo: 

TheMatrixDNA – 8/16/2016
Unlike the Higgs boson — the particle discovered in 2012 that was the last missing piece of the Standard Model of particle physics — this unforeseen boson and accompanying force would lead the way to a more complete theory of nature. A kind of universal nature that reveals – at our dimension – life, and why not at the biggest and smallest dimension?
Here, at Matrix/DNA world view and based on the universal formula for all natural systems, we are guessing that has at last seven natural forces that could be seen by Physics and these forces are aligned in a sequence determined by the life’s cycle force.If Physicists and Mathematicians were intelligent aliens microbes studying the human body from inside out like they are studying the Universe, they could only grasp everything about the bone skeleton the mechanic structure of the Universe. But beyond the skeleton begins the real complexity, the dimensions of meat (Biology) and Neurology. Physics needs a new approach…

 

Read more at: http://phys.org/news/2016-08-physicists-discovery-nature.html#jCp

The Constructal Law – Uma Teoria da Fisica se Aproximando da Descoberta da Matrix/DNA

quarta-feira, junho 24th, 2015

xxxxxx

Esta teoria tomei conhecimento ao ler o seguinte artigo com link abaixo e a deixo registrada aqui para fazer uma pesquisa detalhada sobre ela. A primeira vista. o que o professor Adrian Bejan encontrou foi a atuação da formula da Matrix-DNA – a qual constrói os sistemas naturais – mas não a encontrou como construtora de sistemas completos  sim a identificou realizando operações internas ao sistema, as quais não são sistemas e sim, processos. Falta portanto a ele dar o salto de processos para sistemas, mas como e um físico e a física e reducionista, limitada a sua área de tratamento, será difícil para ele.

Improving energy storage with a cue from nature

http://www.spacedaily.com/reports/Improving_energy_storage_with_a_cue_from_nature_999.html

No texto do artigo –

In 1996, Bejan identified the physics behind these branching natural designs with a new principle he called the “Constructal Law,” which states that for flow systems – like rivers or trees – to survive, they must evolve over time to provide easier and easier access to the currents that flow through them. In practice this means that a river will shift course as it spreads into the sea to avoid obstructions caused by settling sediment, and a plant will reorient its branches in a constant effort to facilitate nutrient and water flow.

Branching patterns, like the ones the researchers investigated in melting materials, pop up repeatedly in nature, from treetop canopies to spreading river deltas. Similar patterns emerge across seemingly distinct systems because the same basic physical law is driving the evolutionary design, said Adrian Bejan, a professor at Duke University in Durham, North Carolina.

In the following two decades, Bejan and his colleagues have shown how the evolution of various natural and man-made designs, from snowflakes to airplanes (see http://publishing.?aip.?org/?publishing/?journal-highlights/?evolution-airplanes), is explained by the Constructal Law.

“There is organization happening naturally all around us, and the Constructal Law is the physics principle that underpins it,” said Bejan. “What’s left is to be wise and to rely on the principle to fast-forward the design of technology.”

In the new paper Bejan, along with fellow researchers from Duke University and the UniversitA de Toulouse in France, have applied the law to increase the performance of the technology of phase change energy storage.

Meu comentário publicado no artigo –

A sugestion to professor Adrian Bejan – Congratulations! With the Constructal Law you are almost touching the most importante secret of this big universal natural archipteture. But… you are grasping this law at the level of processes and not the level of systems. You need to know the universal formula that nature has used for building systems – please, Google ”The Universal Matrix/DNA formula for all Natural Systems, Elements and Life’s Cycles”. It explains how the flow of energy/information evolves throught matter building systems and when it does, it brings systemic internal dynamics and friction, which produces heat. There is a common pattern for systems due they are based over the same formula and patterns of processes due the action of functions of any system. I will carefully studying yours  Constructal Law, very interesting and insightfull.

Reditt ‘

Improving energy storage with a cue from nature (spacedaily.com)

submitted by TheMatrixDNA

E meu comentário no Reditt –

 TheMatrixDNA[S] -1 pontos0 pontos  (0 filhos) – 06/23/2015

A new theory in Physics, called – Constructal Law – is producing thecnological improvements, which means that Nature has proved it. But… this law was predicted 30 years ago, by ‘ The Universal Matrix/DNA Formula for all natural systems and life’s cycles theory’. Professor Adrian is applying Physics with its reductive method and finding natural processes, like the heating of materials. But… processes are internal operations of systems, so the systemic approach by Matrix/DNA Theory is larger. You see similarities between the tree-flow of Prof. Adrian and the systemic circuit flow of Matrix/DNA formula because any internal process is like a small fractal of a big fractal, which is the system itself. More information you can see in the comment section under that article posted by me. What do you think that is going on in Nature here?

Física e Cosmologia: O que é “espaço”?

quinta-feira, maio 14th, 2015

xxxx

Para ler:

Interactive: What Is Space?

Imagine the fabric of space-time peeled back layer by layer.