Posts Tagged ‘fórmula’

Incidência de aberrações nos comportamentos humanos: uma sugestão baseada na formula da Matrix/DNA

sexta-feira, julho 13th, 2018

xxxx

Artigo decorrente da noticia no New York Post, no link:

https://nypost.com/2018/07/13/woman-gets-40-years-in-prison-for-trying-to-sell-2-year-old-daughter-for-sex/

Parecer da Matrix/DNA

Uma mulher de 25 anos num pais de primeiro mundo, branca de olhos verdes, oferece a filha de 2 anos de idade na Internet para sexo por 1.200,00 dólares!
Inúmeras aberrações humanas desse tipo ( como o casal no Brasil mantendo duas crianças numa jaula), em pleno seculo XXI, indicam que algo esta acontecendo de errado no cérebro humano. Os sintomas são a total falta de sensibilidade com outros humanos, mesmo sendo parentes próximos. Seria porque depois de três gerações das escolas estarem ensinando que humanos vieram dos macacos e portanto nada mais são que macacos finalmente a teoria se materializa no circuito cerebral formador da psique? Provavelmente esta não é a causa, mas existe uma causa, qual é ela então? Algum tipo de vírus, ou uma mutação genética desastrosa pipocando aqui e acola’? Seria alguma especie alienígena como os reptilianos que teria telefonado para o pacato motorista da Uber pegar uma arma e sair atirando nas pessoas? Seja o que for, a causa existe, um inimigo terrorista da humanidade esta atuando, e porque não vejo ninguém, nenhum governo, formando uma equipe para investigação cientifica destes cérebros? Pois existe possibilidade de da humanidade ativar seu sistema de defesa imunológico contra a causa, seja qual for. Mas não percebem essa possibilidade porque as áreas cientificas, incluindo a neurologia, estão interpretando a natureza, e por consequência os cérebros naturais, de maneira errada. A Ciência não pode ser também mistica crendo que existam demônios sobrenaturais atuando ou que acasos genéticos produzem tais eventos, pois o que se repete não é acaso. Existe algum elemento real, natural, no meio ambiente, atuando ou na formação dos cérebros ou nos cérebros já formados. Mas a academia cientifica aponta erradas convicções sobre algo que a neurologia ainda desconhece ( como se relaciona o cérebro com os pensamentos, a mente?), e mais estatísticas e cálculos da probabilidade, como se isso fosse um fenômeno matemático e não biológico, e com isso engole, sem perceber, a conclusão de que acasos mágicos, sobrenaturais, existam.
Esta insensibilidade com elementos de mesma especie dentro de um sistema como o humano social tem um nome mais esclarecedor: ausência de “empatia”. As origens do que nos humanos e em sua psique se tornou em empatia remonta aos sistemas naturais ancestrais e hoje compondo cérebros ou rodeando-os por todos os lados, antes mesmo das origens da vida. Não é o caso de apontar a força de atracão eletromagnética onde contrários se atraem e iguais se repelem, como o positivo e o negativo. E’ o caso de falha na força onde semelhantes atraem semelhantes, como átomos de carbono atraem outros átomos como nitrogênio, hidrogênio para formarem aminoacidos.
Mas esta segunda força só é detectada quando vemos a matéria formando sistemas, e como sempre, pelo processo do ciclo vital. Um sistema natural apenas repele e se torna insensível a outros sistemas, inclusive aos semelhantes, quando se torna fechado em si mesmo. Nestes, as partes se alinham num circuito que une suas duas pontas e faz a energia com seu fluxo de informações rodopiar sobre si mesma perpetuamente, ate que a entropia o ataque. As partes se conectam numa rede forte e coesa e cedem sua identidade para um emergente controle geral do sistema. Vemos então que existe altruísmo de cada parte para com todas as outras, onde uma procura ceder algo que melhore as próximas, e aqui o fenômeno meramente físico, bruto, começa a adquirir ares de uma propriedade mais evoluída, que e’ a empatia pelo semelhante. Não importa que este altruísmo só exista em relacao aos componentes do mesmo corpo sistêmico e adverso a tudo o mais que exista, o que denota um altruísmo falso que e’ extremamente egoísta porque presta culto a uma entidade de um sistema extremamente egoísta. E’ como cada gangster da mafia ser fiel aos outros gangsteres e ao chefe do grupo, onde ele é altruísta a uma minoria mas egoísta e prejudicial em relacao ao conjunto da humanidade.
O cérebro humano foi montado pela mesma formula que montou estes sistemas nos níveis atômicos e astronômicos. Então o cérebro, a nível de glândulas, apresenta sete glândulas cada qual executando uma função sistêmica, como na formula. Em outra camada, o cérebro é dividido em sete regiões, cada qual com a mesma função. Se hoje temos um aparato tecnológico a ser usado pela Ciência, como o MRI, os eletroencefalogramas, inclusive os registros e atividades das sinapses, aconselha o bom senso que procuremos comparar os dados obtidos com estes instrumentos com a formula template natural para identificar quem é quem no contexto de sistema cerebral. Mas ninguém esta fazendo isto.
A empatia deve ser um produto relacionado ao ciclo vital. Um humano na forma adulta e’ conectado psiquicamente `a ele mesmo quando estava na forma anterior, da adolescência, e tem previsões a ele mesmo na forma futura de idoso. Esta força que modifica as formas de um corpo ao longo de sua existência e chamada de ciclo vital é quem produz as vaias formas das varias partes que vão formar sistemas naturais. Seria logico esperar que um humano se lembre de suas formas infantis anteriores com carinho, empatia, e que deseje o melhor para suas formas futuras, onde novamente aparece sutilmente a empatia ligando formas humanas. Este instinto inconsciente pessoal deve se extrapolar para outros humanos quando criam os sistemas sociais. Mas estas aberrações indicando esta falta de empatia, uma quebra de conexões, parecem nos levar a concluir que tais humanos odeiam suas formas anteriores e negligenciam ou são suicidas em relacao a suas formas futuras. E isto também se reflete, extrapola, para o social.
Isto só deve acontecer em sistemas abertos, como o são todos os sistemas biológicos, como o cérebro. Estou investigando o caso pelo método da anatomia comparada entre a anatomia cerebral e a formula natural para sistemas abertos, mas não vou a lugar nenhum porque não é suficiente ter o mapa geral do cérebro comum, e’ preciso ter os mapas dos cérebros defeituosos. Superpondo estes mapas sobre o mapa da formula, pode se detectar ou os desvios nas conexões ou os pontos de entradas de elementos externos perturbando o normal curso do sistema. Em outras palavras, a Justiça deveria imediatamente autorizar a Ciência a submeter os cérebros defeituosos a mapeamento instrumental. E liberar o nosso acesso a estes mapas, pois somos os únicos a trabalhar com o método da formula natural. E’ uma questão de vontade politica e força de representatividade de um grupo numeroso, o que não esta acontecendo porque o principal grupo que deveria estar interessado -a academia cientifica dominada por uma visão mistica crente em acasos mágicos – não tem a capacidade de descobrir e entender a formula natural dos sistemas, quase nada entende de sistemas naturais e portanto deste sistema que é o cérebro. E por isso a humanidade continuara sendo aterrorizada e obrigada a assistir diuturnamente estas aberrações produzidas em seu próprio meio.

O infindável kit de ferramentas da formula da Matrix/DNA

segunda-feira, julho 9th, 2018

xxxxx

O Universo nada cria de novo, pois o Universo não e’ magico, não poderia criar nova informação do nada. No entanto basta lembrar a incrível diversidade de detalhes na biosfera terrestre para suspeitar-mos dessa teoria, pois vemos fenômenos e eventos aqui e agora que nos parece não ter em nenhum outro lugar nem no passado do Universo. Se não tem, e’ novo, foi criado agora. Pode ser que a teoria esteja errada, mas depois que descobrimos a formula da Matrix/DNA e estamos aprendendo a “ler nas entrelinhas”, estamos descobrindo que os detalhes já tinham seus protótipos  guardados no deposito da formula, e portanto, da Natureza.

Bastaria a uma forma de sistema natural necessitar de um detalhe e ter as condições para fazer a formula materializar o protótipo.  Um exemplo comum da mesma teoria são as mãos humanas. A melhor e mais eficiente maneira de um organismo vivo manipular objetos externos e’ a mão humana (ao menos nos dias de hoje e aqui neste planeta), mas ela não existiu durante 3 bilhões de anos de uma vida que conta com 3,5 bilhões de anos. Ela foi no inicio um simples cílio como um pelo, depois uma pata de pato, uma asa, um casco de cavalo, uma garra de tigre, uma mão desajeitada de mão ate finalmente chegar as atuais mãos humanas. E nos causou surpresa ao descobrir que a mão humana tem exatamente a forma da formula da Matrix/DNA, ou seja, esta ferramenta já existia antes dos 3,5 bilhões de anos, e estava disponível. Para materializar ela, a formula vai construindo-a aos poucos formando sua infraestrutura, quando libera apenas parte da ferramenta, como acontecia quando a evolução estava no nível dos tigres. E também a materialização da ferramenta depende da necessidade do ser que a requere, assim como da sua capacidade de acionar a formula que esta embutida na sua genética.

Este conhecimento da formula nos tem ajudado a entender os detalhes da enorme diversificação, porque partimos da visualização do detalhe e vamos busca-lo na formula, a qual nos explica vários conceitos, como a função do detalhe no sistema, a origem do detalhe, seu desenvolvimento evolutivo, etc. Porem, se treinar-mos mais no estudo da formula podemos detectar ferramentas que ali estão e que ainda não foram materializadas. Isso impulsionaria nosso progresso. Ao invés de continuar-mos atras seguindo as pegadas da evolução podíamos nos adiantar, passar na frente dela e ser o guia numa determinada direcao de materializar mais uma ferramenta.

E agora cientistas perceberam que também a propriedade da empatia vem de um kit de ferramentas, no cérebro, a que chamaram de “rede neuronial social”. quando buscamos na formula se também a empatia já estava pre-desenhada nela, cremos que a encontramos no que chamamos de “altruísmos conectivo entre as partes do sistema”.

Este texto foi inspirado na leitura de um artigo com link a seguir e que contem o seguinte trecho:

https://hypescience.com/pessoas-podem-se-conectar-melhor-se-praticarem-a-empatia-dizem-pesquisadores/

Pessoas podem se conectar melhor se praticarem a empatia, dizem pesquisadores

Kit de ferramentas da empatia

De acordo com o texto, a maioria de nós nasce com um “kit de ferramentas” de empatia. A questão é aprender a usá-lo. “A maioria das pessoas nasce com um kit de ferramentas neurais de alto desempenho que impulsiona seu desejo de se conectar com os outros e sua capacidade de entender seus pensamentos e sentimentos, mas aprender a usar as ferramentas é fundamental tanto para os alunos quanto para relacionamentos no trabalho, na escola e em casa. Este kit de ferramentas tem raízes evolutivas profundas e é fundamental para quem somos como espécie”, definem.

xxx

E meu post no facebook em 7/9/18:

Sentimo-nos desanimados quando buscamos maneiras de mudar ou consertar o mundo porque nos deparamos com uma infindável gama de complexidade, de detalhes que puxam mais detalhes que puxam outros e de repente nos vemos incapazes de processar todas estas informações na cabeça e obter uma solução final. de onde veio tanta complexidade de detalhes que vemos nesta biosfera terrestre. Das centenas de detalhes numa flor aos detalhes das redes neuroniais no cérebro aos detalhes de 30.000 especies de bactérias… de onde veio tudo isso?! teria cada detalhe sido criado um a um por um ser superior e magico como acreditam alguns ou teriam surgido pelo simples avançar da longa cadeia de causas e efeitos que começou no Big Bang, como acreditam outros? Depois que descobrimos que todos os detalhes são partes de sistemas naturais e que todos os sistemas naturais foram criados por uma unica e mesma formula, descobrimos também que esta aparentemente mais simples formula do universo escondia nas suas entrelinhas uma infinidade de possibilidades que poderiam e podem ser materializadas se houver necessidade da evolução para tal. Precisamos criar, afirmar, fortalecer a empatia entre seres humanos para tornar a humanidade na grande universal família sonhada por Jesus Cristo? E’ possível pois a propriedade da empatia já existe pre-desenhada na formula desde antes das origens da própria vida. E saber tudo isso e’ bom, pois podemos melhorar nossas condições de existência alem de nos ajudar sobremaneira a reunir num quadro único inteligível toda essa parafernália da complexidade dos detalhes. Veja mais no link abaixo:

Onda magnetica emitida pelo Polo Sul: anatomia do planeta pela formula da Matrix/DNA?

quarta-feira, julho 4th, 2018

xxxx

What’s Really Going On? Another Huge Wave Anomaly Caught Coming from Antarctica

E’ preciso notar que o autor deste video fez brilhantes predicoes. Em 2017 ele disse que a concentracao e movimento das ondas sobre a America central poderia causar terremotos. E em 2018 houve terremotos nesta regiao e mais ainda, a erupcao de vulcoes.

Ok. Para quem tem a cosmovisao da Matrix/DNA em mente, uma onda emitida por um polo do planeta lembra as ” ondas ” emitidas pelas funcoes 1 e 4 da formula.

Entao a seguir vem uma hipotese: os polos norte e sul do planeta estao para a formula justamente como F1 e F4. Conclusao: os dois polos podem emitir “alguma coisa relacionada as partes do sistema que constituem o planeta”. Mais exaytamente F1 pode emitir o germe de uma nova parte ( ou se as partes estao fixadas, uma nova onda que avancara reafirmando a existencia de todas as partes); e F4 pode emitir o sinal para F1 emitir o germe.

Entao tem que haver uma atencao voltada para esta questao: os polos realmente representam F1 e F4? Se sim, qual e’ F1 e qual F4?

Numa seguinte analise, e perguntando-se o que ou quais seriam as partes do sistema-planeta, surgem duas alternativas: ou podem ser as camadas esfericas a partir do nucleo ( como sao as partes no atomo), ou podem ser os continentes (o numero de continentes bate com o numero de partes, e os continentes se situam em posicoes na superficie do circuito esferico que lembra as posicoes das partes na formula). Essa questao nao foi solucionada ainda.

Se, o Polo Sul for realmente uma funcao da formula e justamente F1, e se F1 planetario emite germes na forma de ondas do campo magnetico, e ainda se estas ondas afetam cada parte onde chegam, a primeira parte a ser atingida e apresentasr efeitos seria F2, em cuja posicao estao a America do Sul e America Central. Em seguida seria afetada F3, America do Norte e Groenlandia. A seguir seria F6, a Europa, ou Eurasia, abarcando os dois porque pertencem ao mesmo continente. E depois Africa, Oceania (F7).

A hipotese ja’ fornece assim algum elemento para ser testada. De fato houve turbulencias em F2, em 2018. Devemos ficar atentos se houver turbulencias em F3, e depois nos demais continentes e nesta mesma sequencia.

Digno de nota aqui e’ como a Historia Humana bate com a formula. A formula funciona formado pelo p;rocesso do ciclo vital, o qual transforma as formas das partes, instalando um circuito sistemico no sentido horario. Pois a Historia Humana e a lovcalizacao dos povos em seus continentes parece repetir exatamente esta sequencia em sentido horario do ciclo vital.

A F2 representa o mais novo, o embriao feito crianca. nesta posicao estao as Americas, que justamente em termos da Historia Humana sao os povos mais “novos”; a funcao 3 representa um grau mais avancado, em que a crianca se torna adolescente e ate jovem adulto iniciando a puberdade: o povo da America do Norte apresenta um nivel mais evoluido, mais Maduro, que as outras duas Americas; F6 reprenta o adulto da puberdade ao inicio da senilidade, a idade da maior atividade e assimilacao da aprendizagem, o que parece exatamente o papel do povo europeu e a mais velha ainda Asia, na Historia; a F7 representa a senilidade ou decadencia do sistema. De fato, o povo do continente africano deveria ser considerado o mais velho do planeta, pois foi la’ a a origem da humanidade e de onde sairam os povos para os outros continentes.

 

 

Stonehenge – Explicação da Matrix/DNA: Reprodução da fórmula universal dos sistemas naturais

segunda-feira, junho 25th, 2018

xxxxx

Todas as teorias propostas até agora sobre o que significa Stonehenge, qual seu propósito, e como foi construída, não tem credibilidade, como elucida o artigo com link abaixo. No entanto é inevitável imediatamente reconhecer uma reprodução da fórmula Matrix/DNA ao observador que vê a cena e conhece a fórmula. Inclusive as pedras transversais que estão posicionadas na horizontal em cima das pedras levantadas em vertical reproduzem as seis partes ou seis órgãos da fórmula ( observe na segunda imagem que duas pedras no chão estão exatamente preenchendo a posição que falta a dois órgãos. Observe o círculo representando o circuito esférico sistêmico. Observe a pedra maior horizontal `a esquerda representando inclusive o segundo órgão mais importante da fórmula, que é F4, exercendo a função masculina. No centro está F1, a funçao geradora feminina – na verdade a fórmula desenhada abaixo e’ uma espiral tendo F1 como vórtice-base central, porém não é factível desenhá-la como espiral nas duas dimensões desta tela. No comentário copiado abaixo que postei no artigo tem informações adicionais e a seguir uma cópia da fórmula Matrix/DNA no seu aspecto como sistema fechado. Entre F4 ( órgão representado pela pedra horizontal grande `a esquerda da imagem) e F1 ( representada pelas pedras no centro), existem algumas pedras caídas e outras em pé justamente representando o circuito de F5, o símbolo e função da perpetuidade pela procriação.

https://hypescience.com/cientista-propoe-teoria-polemica-para-explicar-como-stonehenge-se-formou/comment-page-1/#comment-309739

Cientista propõe teoria polêmica para explicar como Stonehenge se formou

Comentario enviado por Luis C. Morelli em 25/6/18:

Reprodução da fórmula natural universal que a Natureza tem aplicado para organizar materia caotica em sistemas funcionais. A forma como as pedras estão dispostas reproduzem a formula, inclusive com F1 – funcao sistemica n. 1 no centro do circulo. A forma como a luz diaria o SOL se move entre as pedras projetada no centro redesenha o circuito sistêmico. Para que fazer isso? Um motivo óbvio é a busca da saúde perfeita, pois a fórmula está em nossas celulas, esta’ na unidade fundamental de informação do DNA ( dois pares laterais de nucleotídeos) , na organização dos órgãos como sistema e na organização das partes do cérebro como sistema. A energia solar canalizada para dentro do corpo na forma da fórmula pode corrigir imperfeições de sistemas  que geram doenças. Outro objetivo poderia ser o abastecimento de energia a um veículo baseado na fórmula, muito sofisticado. E outro objetivo ainda seriam os rituais esotéricos para quem conhece a fórmula. Mas como um povo antigo ficou sabendo de um conhecimento que apenas agora com o último conhecimento científico estamos descobrindo?! Misterio. Ou pode ser mera coincidência as posições das pedras…

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Cuja formula acima constroi por exemplo, os dois sistemas na imagem abaixo ( o sistema humano e o astronomico) aplicando o processo do ciclo vital:

The Universal Matrix/DNA

The Universal Matrix/DNA

sexta-feira, junho 22nd, 2018

xxxx

https://scienceandbelief.org/2018/05/31/guest-post-how-can-messy-and-disordered-processes-produce-complexity-and-life/#comment-161617

Guest Post: How can messy and disordered processes produce complexity and life?

Meu comentario postado em 22/06/18: nao saiu publicado talvez aguardando moderacao. Voltar e verificar se foi publicado porque apareceu minha conta do WordPress, postei sob conta do WordPress e devo verificar se isto funciona)

Posted by Louis Morelli at 06/22/18: 

Interesting! Nature ( or God) took 10 billion years building the frame for supporting life. The construction of the frame began in chaotic state and arrived to the most ordered possible state: these astronomical systems. Then, upon this frame and over Earth surface was chaos again, from where emerged life. Who like me that has lived at a jungle like Amazon, knows that this biosphere still is chaotic. We can say that the inner chemistry of human bodies are at ordered state, but the set of human bodies at what we call “humanity” or “human species” is still chaotic. Why God do things in this tortuous way?!

The most rational explanation in my opinion is in a theory called “The universal formula Matrix/DNA for all natural systems”. It begins suggesting that from the Big Bang to nowadays there is a unique universal system, and the various shapes of systems – like atoms, galaxies, cells, human bodies, etc. – are evolutive variations of this universal system, like the human bodies shapes as morula, blastula, fetus, teenager, adult, etc. are merely variations of a unique system. So, it suggests that while there is a biological genetic code for all living systems, called DNA, the DNA itself is the biological variation of a universal matrix encoded at those non-living and ancestral systems. What do you think about? if you see the Matrix/DNA universal formula and knowing that proteins are the biological representations of the entire circular circuit of a system, you will see proteins by a new understanding and creative way.

Suas mãos podem derrubar os mitos quanticos

quinta-feira, junho 21st, 2018

xxxx

Quando os homens conseguiram fabricar mais potentes instrumentos óticos e com eles observar partículas que formam inclusive a matéria dos seus corpos, todas suas crenças arraigadas sofreram fortes abalos, e uma nova área do conhecimento foi batizada de Quântica. Uma das estranhezas observadas chamou-se “emaranhamento quântico”, que a grosso e resumido modo é o seguinte: “as partículas não são imoveis, elas estão sempre girando em torno de si mesmas, como faz o próprio planeta Terra. E elas sempre existem aos pares. Se veres uma partícula girando para a esquerda ( o chamado “spin left”), podes procurar que tem de existir seu par, outra partícula de aparência igual, porem girando `a direita ( spin right). Poderíamos imaginar que estas características do mundo quase infinitamente pequeno se projetam no nosso mundo humano do meio tamanho, entre o micro e o macrocosmo. Então se existe alguém “direitista”, podes procurar que deve existir seu par humano, sua contraparte “esquerdista”, mas isto não foi comprovado ainda. Algo que esta praticamente comprovado é em relacao ao sexo dos humanos, um mistério que ninguém consegue explicar, como e porque, raios, os genes escondidos dentro de um ser humano sabe se esta na hora de fazer um macho ou uma fêmea, pois as populações sempre se apresentam divididas justo na metade, um equilíbrio intrigante.

Observe como as duas particulas giram em sentidos opostos, seja qual for a distancia entre elas. Fonte: http://www.learning2grow.org/2010/11/29/quantum-connections-physics-of-the-impossible-by-michio-kaku/

Mas estas “estranhezas”  que fundem a cuca dos acadêmicos na dimensão quântica se deve não a estranhezas na dimensão, mas sim `a falta de conhecimento real dos acadêmicos sobre a existência deste mundo. Um modelo teórico mais próximo da verdade – como é a cosmovisão sugerida pela Teoria da Matrix/DNA – observa estas particularidades sem surpresas, pois são facilmente explicáveis porque elas são realmente projetadas no nosso mundo, como tinha que ser, naturalmente. Então o mistério do emaranhamento quântico, por exemplo (os acadêmicos dizem que se fixares uma partícula que gira para a direita em New York e levar a sua cara-metade que deve girar para a esquerda, para Londres, as duas ficarão girando do mesmo jeito. Mas se mudarem forçosamente o sentido da rotação da partícula em Nova York, para girar ao contrario, para girar `a esquerda, imediatamente, na velocidade da luz, a partícula em Londres também muda e passa a girar para a direita! Mas como?! Fica todo mundo embasbacado, nada existe comunicando as duas partículas…

Ora, afirmar que nada existe de elo comunicativo entre estas duas partículas é assinar um atestado de burrice e muita arrogância. Porque um fenômeno natural, um fato real, não bate com nossas crenças, ao invés de aprender que nossas crenças estão erradas e precisam serem mudadas, vai-se acreditar o mundo das partículas esta’ separado do nosso meio-mundo e portanto suas leis não se aplicam ao nosso?! Qualquer criança alienígena mais racional vai arregaçar as mangas e procurar o elo ligando as duas partículas, pois ele tem que existir.

Então perguntamos ao oraculo da cosmovisão da Matrix/DNA – que é a sua formula universal para todos os sistemas criados pela natureza – qual é o elo entre as duas partículas. Como nos ainda não entendemos sua forma de comunicar, prestamos atenção nos seus sinais e tentamos interpreta-los baseados na logica que já aprendemos existir nela e a resposta nos satisfez por enquanto:

” Você se lembra que eu – começou ela acenando – lhes mostrei como as suas mãos são minhas melhores representantes mais perto e fácil aos seus olhos?”

Sim, me lembrei que o desenho da mão humana, com sua palma e seus cinco dedos exatamente na mesma sequencia e funções da formula, também são exatamente a forma da unidade fundamental de informação do nosso DNA, porque esta também foi feita pela mesma formula. Quando preciso resolver um problema sobre DNA já é de praxe levar minhas duas mãos uma face-a-face com a outra na frente de meus olhos e me lembrar as posições da guanina, da citosina, das hastes, dos açucares nas hastes, etc. e sobre isso tenho escrito detalhados artigos aqui, na categoria “mãos humanas”.

” Pois bem,… – continua a sinalizar a formula do oraculo – então por favor novamente ponha suas duas mãos `a frente de seus olhos, com as costas das mãos voltadas para ti, e da maneira em que os polegares fiquem um ao lado do outro. Agora lembre-se que na sua mão, (porque ela imita a formula), o circuito ou fluxo de energia do sistema que sai da palma se dirige primeiro ao dedo mindinho e depois vai ao dedo seguinte, imitando exatamente o desenvolver do ciclo vital nos corpos vivos. Então imagine a palma da mão esquerda emitindo novo fluxo e faca seu dedo mindinho girar como na formula no seu aspecto biológico, que é formado apenas por moléculas que giram no sentido horário ( o famoso fenômeno da quiralidade, outro que faz os acadêmicos coçarem suas cabeças porque não sabem ainda explica-lo). Veja sua mão esquerda girando da esquerda para a direita. Agora observe sua mão direita. Imagine sua palma emitindo outro fluxo que vai na direcao do mindinho e com isso sua mão direita vai girar da direita para a esquerda, justamente ao contrario da esquerda. Pois é isto que os cientistas veem com seus instrumentos com uma partícula em Nova York e outra em Londres, quando ficam brincando como crianças mudando o sentido de rotação de uma delas…

” Agora te faço uma pergunta: qual o elo comunicativo entre sua mão esquerda e sua mão direita?”

” Hein?!… glup… parece que ‘e o meu corpo, que esta no meio e ligando as duas mãos…”

” Vivaaaa!!!… Esse e’ o meu garoto… você esta’ ficando esperto! (o oraculo estremece-se todo comemorando). E agora volte-se para imaginar observando as duas partículas dos cientistas. Pergunto: qual o elo comunicativo entre as duas partículas?”

” Não consigo ver… mas posso apostar numa intuição?”

” Sim, por favor, sou toda ouvidos.. e ansiosa pela resposta…”

” Bem,… me lembrando que dos seus modelos teóricos e cálculos que fiz, a primeira manifestação no Universo da formula da Matrix/DNA foi na forma de uma onda especial de luz emitida com o Big Bang ( especial luz porque ela é o resultado final dos sete tipos de radiação eletromagnética dos sistemas naturais e nos só conseguimos captar e enxergar apenas uma das sete faixas dessa onda). Então faço um paralelo entre algo no Big Bang emitindo dois fluxos de luz que se propagam no tempo e no espaço em direções opostas, com as duas palmas das mãos emitindo dois fluxos de energia com sentidos opostos entre si. Agora se vejo que entre minhas duas mãos existe um corpo como elo, então tem que ter havido no Big Bang um corpo elo entre estas duas ondas de luz que hoje ainda e’ o elo entre estas duas partículas… Certo? ou totalmente errado?…”

” Fantástico! Você, humano, vai acabar sendo meu professor, meu oraculo, se continuares assim! Esta’ certa sua resposta!”

” Mas, oraculo, qual era, ou ainda é, o corpo comum existente no Big Bang, que eu não faço a menor ideia do que seja? Sera o Universo o corpo comum `as duas partículas? Mas eu sei que meu corpo é o elo entre minhas duas mãos porque as vejo ligadas ao meu corpo, porem, não vejo como as partículas estão ligadas ao Universo… Ei… espere ai’! Sera a tal onda de luz que serve de pano de fundo para tudo dentro do Universo, que liga as duas partículas?”

” Ha… ha… chegastes ao limite da capacidade de processamento de informações do seu cérebro. Não se preocupe, apenas continue esforçando, exercitando o cérebro nestas questões mais elevadas, que ele se desenvolvera mais. Ate a pouco anos atras, nenhum humano sabia que existe um elo comunicativo entre a produção de metade de humanos machos e metade de humanos fêmeas, o qual é o invisível DNA. Hoje nenhum humano sabe que dentro destas partículas e fora delas existe uma “luz”, a qual leva ao corpo elo. A luz primordial serve apenas de braços entre as partículas e o corpo que deflagrou o Big Bang. Você já intuiu algo dele… um sistema natural, não sobrenatural nem magico, e auto-consciente… que se reproduz me emitindo, a mim, que sou sua carga genética, nesta forma de formula que você desenhou quase completa. Mas também como sabes, ele existia antes e existe ainda alem deste Universo, portanto, terás que chegar primeiro as ultimas fronteiras do universo para poderes lançar um olhar alem e iniciar a teres uma ideia de como esse corpo é…”

Obs.: Na formula da Matrix/DNA copiada abaixo, a função 1 (F1), foi a que construiu a palma da mão. O fluxo de energia/informações é emitido para a esquerda – em relação ao desenho – construindo F2 que nas mãos constrói o dedo mindinho e continua assim por diante na mesma sequencia.

The Universal Formula of MatrixDNA as Software/Closed System

The Universal Formula of MatrixDNA as Software/Closed System

 

Célula viva x célula morta. O que faz a diferença?!

quarta-feira, junho 20th, 2018

xxxx

Imagine uma célula viva, movendo-se internamente em milhões de metabolismos e reações químicas e externamente capturando os átomos do ambiente para obter energia e massa. Ao seu lado tem outra célula igual, tendo tudo o que sabemos que células tem, igual a outra, porém está totalmente imóvel. E esta’ se deteriorando, desaparecendo. Perguntei a um biólogo porque esta diferença e ele respondeu que “se a célula morta tem tudo igual e sem algum repentino defeito, não pode ser uma doença ou ferimento. Se o ambiente é o mesmo não pode ser variações de temperatura, etc. Então somos obrigados a concluir que por algum motive a célula mostra não conseguiu alimento a tempo e sua energia acabou”.

Não gostei da resposta, não consegui engoli-la. Pois se fosse isso bastaria dar um jump, uma recarga, de energia nela, como fazemos na bateria de um carro que “morreu”.

Bem,.., para resumir, a cosmovisão da Matrix/DNA esta’ cansada de apontar outra resposta. Em mais de 2.000 artigos, milhares de evidencias e centenas de previsões acertadas, ela esta’ sugerindo a existência de uma formula natural porque nos reviramos a natureza de de todas as maneiras e sempre apareceu um mesmo padrão no local exato do mistério. O padrão comum responde todas as questões feitas ate agora em toda a historia da humanidade sobre este universo captável aos nossos sensores. A cosmovisão tem insistido que todos os sistemas naturais ( e células são sistemas) são constituídos de hardware e software. O software que explica o hardware e sua evolução é um diagrama de uma formula funcional. esta formula foi encontrada numa simples porem primordial onda de luz, desde a emitida no Big Bang. Logo o software e’ composto de luz e se apresenta como uma formula para sistemas, a formula Matrix/DNA. Esta formula que surgiu como onda de luz e’ o principio vital que imprime movimento, vida aos hardwares, aos sistemas. O que saiu da célula morta, por algum motivo, foi a luz e na forma da formula, e não energia.

( pensamento inspirado na seguinte pergunta de um leitor:

” The real question, for me at least, is… What does a living cell have that is missing in death? i.e. What is a dead cell missing that a living cell has? Perhaps I don’t understand biology well enough (which i don’t lol) but it seems like on a molecular level a living and a dead cell are identical, both made of the same molecules (water, cellulose, dna, proteins, etc) So what is lost when a cell dies? What is needed to make the bundle of molecules (a cell) become animated? to actively seek out other atoms and molecules to use for energy? Just adding electricity doesn’t bring a dead cell back to life, so the missing item isn’t just electricity. “

A formula da Matrix/DNA para sistemas e a Engenharia Mecanica

domingo, junho 17th, 2018

xxxx

Análise e Simulação Modal

https://eaiconvergiu.wordpress.com/tag/frequencia-natural/

Frases como:

Um sistema mecânico possuí uma quantidade de frequência naturais igual a quantidade de graus de liberdade que ele possui, o que quer dizer que uma estrutura real possuí uma quantidade imensa de frequências naturais. ..

E…

É importante ressaltar que em uma simulação modal não é possível se tirar conclusões a respeito da tensão atuando no sistema, exatamente porque os deslocamentos dos nós são somente representativos, sem nenhuma semelhança em intensidade com o deslocamento real da estrutura.

Me fizeram comparar o conhecimento sobre sistemas e o trabalho dos engenheiros mecanicos com a formula para sistemas Matrix/DNA, e tirar algumas conclusoes de como iniciar a busca da aplicacao pratica da formula na tecnologia. Com o intuito de continuar a ler o blog e tentar fazer os engenheiros conhecerem a formula para ver se conseguem entende-la e aplicarem-na na criatividade, postei no blog o comentario abaixo:

Louis Morelli – Junho – 17 – 2018 – na pagina “sobre”

Parecera’ que estou fora do topico e provavelmente nao serei entendido. Mesmo assim vale esta tentative porque podemos nos ajudar mutuamente. Esta’ lhes faltando um conhecimento fundamental, sobre o que realmente e’ um sistema natural e que a Natureza produziu todos os sistemas aplicando uma especie de formula. Voces nao lidam com sistemas e sim com processos dentro de sistemas, os quais so existem se se encaixarem num sistema existente e o conhecimento efetivo do sistema lanca luz no entendimento do processo. A natureza, tal como voces, nos primordios antes das origens dos sistemas biologicos, tambem tinha apenas material e partes unitarias, macicas, rudes, como sao o ferro, o plastic, com que trabalham. Mesmo assim, quando ela organiza estas partes rigidas na forma de um sistema, ela o faz aplicando mecanismos ditos “vitais”. Assim, por exemplo, tendo apenas os sete tipos rudes de astros celestes, ela conecta-os tendo por base a formula e consegue com estes corpos inertes montar um processo de…reproducao sexual”. Ou qualquer outro tipo de metabolismo biologico. Por isso creio que o conhecimento desta formula dos sistemas e’ um manancial de criatividade e solucao de problemas no meio mecanico, e ainda um baluarte na evolucao da tecnologia transformando sistemas simples mecanicos em altamente complexos sistemas biologicos. Se interessados, podem ver a formula no meu website, http://theuniversalmatrix.com , denominada de “formula universal Matrix/DNA dos sistemas e ciclos vitais”. Estou estudando vossa area para ver se consigo traduzir a teoria em algo pratica e no caso de questoes, sintam-se livres para faze-las. Abracos e sucessos em sua carreira…

Qual a origem e razao de existir dos animais peconhentos, segundo a Matrix/DNA?

domingo, maio 13th, 2018

xxxxx

Pergunta do leitor:

-” Olá , eu sou uma pessoa interessada por sua explicação de como surgiu a vida (apesar de eu não a entender por 100%) , eu queria saber de uma coisa , como a matriz/dna explicaria o surgimento de animais peçonhentos ? você já tem uma teoria pra explicar tal acontecimento ? Obrigado pela atenção.”

Resposta da Matrix/DNA:

Ei, Iago, desculpe-me, apenas agora descobri esta secao do Facebook e vi sua questao. Animais peconhentos? Nunca me fiz esta pergunta, entao vou consultar a formula da Matrix/DNA. O problema aqui ‘e que cada fenomeno natural existente aqui e agora e’ o produto evolutivo ou involutivo de 13,8 bilhoes de anos de expansao da formula inicial no seu estado de onda de luz ( que voce percebe no grafico do espectro eletromagnetico em meu site) e de miscigenacoes da formula vinda de varios pontos do espaco/tempo. Entao um fenomeno como uma cobra peconhenta mostra um sistema em que tudo vem da formula porem, tem funcoes sistemicas da formula que sao expressadas e outras nao. Por ser um sistema biologico primitivo, indicando que ela tem fortes lacos hereditarios vindos do sistema astronomico ancestral, e devido o estado evolutivo da formula no sistema astronomico foi um grande erro da Matrix/DNA porque ela se tornou um sistema fechado – cortando relacoes com o resto do mundo, inclusive com alguma divindade, se existia ou nao – a cobra tras este erro ou pecado original mujito forte na sua expressao genetica, ou seja, ela imita quase totalmente o sistema fechado. E no estado de sistema fechado temos o circuito esferico espiralado por onde flui a informacao, de cujo circuito a cobra ganhou sua forma ou fenotipo e inclusive seu andar serpenteante imitando a espiral. O fato de verter veneno pela boca pode ter vindo do mecanismo da Funcao 1 ou Funcao 4, pois as duas funcoes emitem “fogo” ( F1 emite as sementes de astros na forma de esfera incandescentes e F4 imita lavas vulcanicas na forma de cometas). Para resumir, o importante e’ saber que a cobra pode ser resumida `a formula, e principalmente ma seu ultimo ancestral, ou seja, tudo o que nela existe, existia na formula que a construiu. Me parece que cobras sao hermafroditas ou assexuadas, nao sei, mas em todo caso, a formula contem estas funcoes, estao disponiveis. Importante e’ notar que o circuito esferico da formula e seu fluxo movente desenha a imagem de uma cobra engolindo a propria cauda, que os misticos intuiram bem na mitologia do Oroboros. Este e’ o simbolo do extremo egocentrismo, ou egoismo, proprio dos sistemas fechados. E quando olhamos a formula na forma de nosso pecaminoso ancestral e sentimos como se fosse uma cobra, e sabemos que desse jeito essa formula caiu na Terra e iniciou os seres vivos, caindo de um estado paradisiaco para um estado deploravel de existencia, sentimos que vendo a formula caindo do ceu para se arrastar na superficie da Terra… Eu falei aqui mais do aspecto dos significados existenciais, (os quais extraimos da historia universal que esta registrada em nossos genes, cujas memorias podem vir `a mente na forma de flashes, e acho que iso explica que os autores da fabula de Adao e Eva no Paraiso, da cobra como simbolo do mal, tiveram estes flashes, estas intuicoes, porem interpretaram errado porque nao tinham o conhecimento que temos hoje), estao registrados porem, podemos pegar a formula e identificar e explicar cada minimo detalhe do corpo da cobra, inclusive as origens e desenvolvimento do aparato que a leva a verter veneno pela boca… Abracos… ( desculpe os erros ortograficos, mas meu teclado so fala ingles…)

mais informacoes: https://en.wikipedia.org/wiki/Ouroboros

Holograma da formula Matrix/DNA seria o template configurador do cerebro?

quinta-feira, maio 10th, 2018

xxxx

A cerca de 20 dias atras publiquei aqui o artigo “O verdadeiro “governo” e’ um “holograma”, abstrato, invisível, emanado da Matrix/DNA”. Trata-se de uma tese que venho desenvolvendo desde 30 anos atrás quando meus resultados indicaram a existência de uma formula, a qual denominei de Matrix/DNA, e que a primeira manifestação desta formula neste Universo foi na forma de ondas de luz, pois a formula bate com o espectro eletromagnetico. Para minha satisfação, 20 dias depois vejo publicado um paper científico anunciando que cientistas desenvolvem um metodo de construir hologramas de luz, com fotons, e dirigindo este holograma sobre neuronios no cerebro de ratos, conseguem controlar estes neuronios e os correspondentes movimentos dos ratos! Portanto mais uma acertada previsão indica que nossas pesquisas estão no caminho certo. Fica registrado aqui o artigo que conduz ao paper:

https://singularityhub.com/2018/05/09/holograms-can-now-program-brain-activity-are-fake-experiences-next/?utm_content=bufferbc13f&utm_medium=organicsocial&utm_source=facebook-hub&utm_campaign=buffer

Holograms Can Now Program Brain Activity—Are Fake Experiences Next?