Posts Tagged ‘fótons’

Fotos de fantasmas (orbs) e a investigação da Matrix/DNA

quarta-feira, fevereiro 28th, 2018

xxxx

Nova foto de “orbes” por Rich Kane que utiliza tecnologia avancada e tem uma teoria intrigante sobre elas: seriam seres vivos, remanescentes de antigos alienigenas que habitaram a Terra,  ( me interesso porque as minhas interpretacoes das formulas e modelos teoricos da Matrix/DNA Theory sugerem e predizem que deve existir neste planeta formas compostas por fotons oriundos da radiacao cosmica que seriam os precursores da vida terrestre, portanto, apesar de ser uma teoria bem diferente da de Rich Kane, as fotos e o continuo trabalho investigativo do Rich merecem nossa atencao…

https://plus.google.com/+RickKaneAccidentalScientist

Photo

 

E meus comentarios postados abaixo da foto no site do Rich Lane, em 2/28/18:

I am investigating the hypothesis that these things are what my theoretical models and formula are suggesting: groups, packets of photons half-astronomic/half-biological from waves of light that are emitted by cosmic radiation, stars, Earth’s nucleus, etc. The Matrix/DNA Theory suggests an evolutionary link between this galaxy and the first living being, a complete and working cell system. and the evolutionary link has a kind of DNA ( a universal matrix) which is fragmented due entropy into bits-information and when these bits meets here they try to compose the prior system by entering inside electrons of terrestrial atoms for driven them to compose the system, but, mutations due difference of environments results in biological systems. These orbs would be photons-bits joined before entering atoms. If so, they are elemental beings, not concious. Maybe they search in living beings the another bits that can ad to their composition; if so, they are feeding on us, our energy. They are aliens in the sense that they came from the whole galaxy, but they are terrestrials because the packet was built here. They are slices, peaces, of the universal natural formula for systems, sometimes almost complete systems. They are our link to the Cosmos and our ancestors astronomic systems, so, they are tye real creator of life here. Ok, this is merely the results suggested by my way of interpreting the models and formulas, I have n o proof about it, I do not believe in it since I am a careful skeptical, but, I keep the investigation because it makes a lot of sense. What do you think, Rich? Cheers… I hope you continuing yours very important investigation, I am watching it..

Segundo comentario:

+Rick Kane – Only for adding something: If these orbs are what my calculus are suggesting, they must have the human face’s shape. The universal formula that nature applies for organizing matter into working systems can be designed as a software diagram and when I did it, the final figure had the human face shape, with functions representing two eyes, mouth, ears, etc. It must be in this way because the human face also was built by that formula.

It is not merely coincidence because the building blolcks of DNA is made by the same formula and if you look to them, you will see the humans face. Of course, the DNA designed our faces.

And when we connect the seven known astronomical bodies as if they are formed by the process of light propagation which is the same process of life’s cycles, again we get the same working system, a figure ressembling the human face.

If they are real packets of bits of our ancient astronomic ancestors, when they penetrates rocks, they must design faces in the rocks because they are shaped as faces.

Why? iI is because all these things are based on the same natural formula – the Matrix/DNA, which is at my website. So, these faces in the orbs are keeping me very busy looking to them and making comparisons with that formula, those natural systems and those building blocks. My problem is that I have no more good vision, so it is difficult to see the faces. Very interesting, ahn?
Another idea occurring me now would be the explanation for why the bubbles are coloured? It is a rational composition between light and membranes. How membranes emerged from living cells has been a big mistery, not for those that know the Matrix/DNA formula and how it generated biological systems here. The building blocks of galactic systems – which evolved into cell systems – already had a kind of membrane surrounding their nucleus, to which hawkings has mistakenly called ” the event horizon surrounding black holes. Membranes or event horizont are merely more a natural construction of a systemic function ( in Matrix/DNA formula it is a mixing between F1 and F8).
So, every time that bits of photons with informations for building a system emerges, the membrane or the cover of the bubble emerges automatically. But, if the internal content are those photons we have a packet of light and when the light reaches the membrane is like when light reaches crystals – they are decomposed into colours. It makes sense for you?
xxxxx
Nesta foto, Rich sugere estar vendo o “espirito” de uma garota india nativa. Por estranho que pareca, para nos que nao acreditamos em espiritos e existindo dessa maneira, de repente resolvi reconsiderar o assunto porque ao consultar a formula da Matrix/DNA e ver se a foto faria algum sentido logico, ela sugeriu que isto e’ possivel! Mas entao… bem, so lendo o comentario abaixo que postei no site do Rich para ter uma ideia do alcance da coisa…
https://plus.google.com/+RickKaneAccidentalScientist
Photo
louis Morelli – 3/1/18
Ok, now another strange idea is occurring. You said “spirit”. Generally I would not believe that there are spirits in this way, but… looking to Matrix/DNA, it suggested that it is possible. I wil, try to explain:
As I said before, these “orbs” could be pohtons-bits-information of systems that were our ancestors and creators of life here, they would be the slices of seeds of life. If so, it is not wrong saying that they are the “spirits” of our ancestors – which are the building blocks of this galaxy. When all bits meets and are connected they composes a kind of cell system which substance is photons, then, light.
When evolution made human beings, these light composition grows and remains inside our body whith is called ” aura” by orientals. So, we can suppose that when a person dies, this aura lives the body. We can call them, again, “spirit”. By some unknown reason, some ” spirits” remains at Earth or our observable dimension in the primordial state like a orb. To me it makes sense, althought it is a very strange idea.
Please, if you never noticed it, go to look to the pictures of auras as designed by orientals. Try to see how the two “kundalines” is like the two streams of DNA. Now look the “chacras” between the kundalines and remember of the nitrogenuous bases between the DNA’s streams. They are same figure. Why? Because orbs, auras and DNA are the same unique thing in different evolutionary states. Always spirits down, from human to galaxies to waves of light emitted at the Big Bang. Well, my almight lord Pink Unicorn, I think we are going too much far here, what do you think?
If this theory is right, the difference of age between the indian girl and those rounded bubbles is merely 4 billion years, and maybe the girl plays with them as her pets…
xxxx
Comentario de um leitor:
+Louis Charles Morelli The ancients believed that if you held on to a thought strongly enough it would gain and existence of it’s own.
Minha resposta: 3/2/18
+Robert Walden –  It is not my case because I was born skeptical and I know that my brain has its limits, so, my thoughs also. It happens that after studying all known world views I didn’t choose one, no none was satisfactory. Then I knew this Matrix/DNA thing and found it the best for explaining my exprience of life and all known natural facts in this observable universe. But I know that it is not complete and as all theories will be changed and is says nothing beyond the observable world, no metaphysics. What I am studying about Rich works and orbs in general will not be added to my world view because this issue goes beyond my observable universe and Matrix/DNA has this limit, it arrives to Big Bang and stop there, never going a step into metaphysics. What is interesting in this issue is the possibility that it is not metaphysics, all assertions I am investigating has foundation on solid natural facts, like photons, light, energetic templates of real systems. By the way, thanks for remembering that.
xxxx
Meu comentario no novo post de RICH dia 3/2/18:
Two new information here and I will explain what Matrix/DNA suggests about them:
1) The atraction for light is predicted for Matrix/DNA definition of orbs. They are composed by photons, each photon carrying on one information from the system they came from. Like all humans are atracted by Humanity because each individual is part of Humanity, all photons are atracted to light because they are part of it. When these photons/genes penetrates matter, they do it by penetrating electrons, which emits light. The other reason orbs are atracted to light is their alimentation: since they are not complete packet of informations of a system, they search the photons that has those informations for incorporating them. That’s why it is possible that they also feeds on us, because our bodies has all photons/information.
2) UFOS. This is the weird part that Matrix/DNA does not agree. It suggests that orbs are elemental, like irracional, they would not be able to develop technology. I will review all yours photos where you see UFOS. Are you sure it is not another thing? Has you seen other situation where they show some suggestion of technology? I am not saying that there are no UFOS, what I am suggesting is that UFOS must be other species of aliens from different places. Cheers… 

Luz: Onda ou Particula ou Ambos? O melhor video explicativo, porem, os comentarios sao melhores ainda

domingo, fevereiro 4th, 2018

xxxxx

https://www.youtube.com/watch?v=mlaVHxUSiNk

Light is a wave and a particle, but no-one’s managed to see both at the same time…. until now!

The first ever snapshot of light as both wave and particle is taken by Fabrizio Carbone’s lab at EPFL (LUMES). The work is published in Nature Communications on 02 March 2015.

Full story: http://bit.ly/1AOhuTm

Na secao de comentarios existe a contribuicao de fisicos muito bem informados respondendo questoes. Imperdivel.

Quando a luz perde seu genoma que cai em Titan

domingo, janeiro 14th, 2018

xxx

Assistindo o video abaixo, quando mostra a superficie de Titan, a lua de Saturno, percebo algo nunca pensado antes. Imagino o que acontece com as sementes da vida que caem naquele lugar. Existe uma ou mais ondas de luz universal que vem desde o Big Bang ( ou continuam sendo emitidas) e que se propaga por todo o Universo. Esta onda de luz apresenta uma sequencia de formas e estados que se assemelham a mesma sequencia das formas e estados de um corpo humano ao longo de sua vida. Em outras palavras, esta onda de Luz possui o mesmo ciclo vital que nos. Em outras palavras, esta onda de luz e’ um protótipo da Vida. Suponho que ao se propagar na substancia do espaço, ela gera energia pela friccao e divide esta substancia agora permeada de energia em porcões, cada porcão imitando cada uma das partes da onda de luz. E depois o ciclo vital alinha estas porcões na sua sequencia criando corpos mutáveis, e com eles, realinhando-os na mesma sequencia, ela cria sistemas. Como átomos, galaxias…

Mas ao passar na sua propagação, a luz vai perdendo suas particulas, os fótons, os quais se amalgamam nestes corpos de massa e energia.  Estes fotons, alem de carregarem a esta informação sobre o ponto que ocupavam na onda de luz, tendem a retornar a fazer parte da onda-mãe. Mas por algum motive não o conseguem por si só, então ficam vagando, penetrando elétrons dentro dos átomos, onde eles se sentem melhor. Mas quando atomos próximos contem outros fotons, eles se sentem a mutual presença e se estudam. Alguns podem serem tao estranhos a outros que são quase irreconheciveis como tais, porque vem de pontos da onda muito distantes, com informações incompreensiveis, então não existe ligação entre eles. Mas quando reconhecem em outro foton em outro elétron de outro átomo, ou mesmo em outro elétron do átomo em que estão, uma auto-identificação porque provem da mesma região da luz, tendem a se comunicarem e se aproximarem. Assim estas conexões vão criando como redes de comunicação, networks, formadas por extensões filamentosas de plasma fotônico, como as dendrites dos neurônios, criando sinapses indetectáveis ainda aos humanos. Destas conexões, sempre acrescentadas por novos fotons que chegam, conduzem os átomos a novas combinações, denominadas de orgânicas, e daqui, começa a Vida, ou seja, a reconstrução da onda de luz universal.

Então estes fotons, que funcionam como genes isolados sem comporem um genoma, funcionam como as primeiras sementes da vida. E observando a superfície curiosa de Titan, vemos uma região dificil para sobrevivencia de alguma forma de vida, as sementes que ai caem, caem em péssima seara para agricultura. mas como tem um liquido parecido com água, a temperatura não e’ tao inóspita, as sementes ali lutam muito para florescer, antes de desistirem por um tempo quase eterno ate que as transformações as libertem dali ou o ambiente se torne mais amigável.

Mas alem de ver como as coisas estão acontecendo ao nivel microscópico dos fotons, tentando reconstruir um sistema vivo, vemos o astro de cima, de longe e sentimos um mundo turbulento em transformações. O que causa aquilo? No mais profundo sentido e como causa oculta fundamental, e’ a onda de luz tentando fazer uma das porcões de matéria modelar-se como ela, a sua imagem e semelhança, com o mesmo significado vital. E então percebemos um dos mais maravilhosos atos da Natureza.

E’ como se a mãe tentasse salvar seus fetos. Como se ela tentasse modelar seu útero para tornar-se mais apropriado `a sobrevivência de seus genes. Então a luta pela vida vem de duas direções, uma desde o macrocosmo e a outra, vindo do microcosmo.

Se realmente for assim, ficam mais perguntas, como qual sera o proposito da existência? Porque este esforço gigantesco, universal, em inseminar a vida e faze-la espalhar-se pelo todo?

Bem, a resposta esta na fonte dessa onda de luz. E essa fonte existia antes do Big bang, e talvez ainda exista alem deste Universo. Como com certeza nunca conseguirei ultrapassar as ultimas fronteiras do Universo para conhecer o que ha’ la’ fora… vou morrer sem a resposta. E assim e’ a minha vida microscópica que fica sem sentido racional. Porque existo e para que, se vivo sem saber o que sou, para fazer o que estou aqui?

Apesar disto ainda existem momentos prazerosos nesta vida. Como este em que penso numa galinha puxando seus pintinhos para os alimentos e tentando manter o ambiente melhor para eles, como por exemplo, quando se arrisca enfrentando a cobra que ameaça suas crias. Asim vejo a luz e seus fótons… em Titan.

Fótons/Elétrons: Curiosa Informação – O que e’ a energia própria do elétron e a força que move a Luz?!

segunda-feira, janeiro 8th, 2018

xxxx

Frase colhida ao acaso na Internet:

They ( thePhysicists) still haven’t even solved the problem of the self-energy of the electron. A 100 year old fundamental problem. Guess that’s too tough a problem for them. Easier to make up fantasy Physics.

Matrix/DNA: ok, então elétron tem uma energia própria. Surge com ela, desde seu nascimento?

A Ciência Oficial ainda não sabe como veio, de onde vem, como funciona, porque o elétron não gasta sua energia?

Para nos isto interessa devido os modelos sugerirem que fótons trabalham como genes e para isso, penetram nos elétrons dentro dos átomos. Tambem os modelos sugerem uma onda de luz original, ou uma fonte original produzindo intermitentemente ondas de luz que se propagam. De onde vem a força própria da Luz, que a mantem se propagando?

E os modelos sugerem que apos a desintegração destas ondas de luz em fótons, estes continuam movendo-se agora no sentido oposto ao que a luz se propagou, fazendo o caminho inverso rumo `a fonte original. Isso significa que a Luz tem uma força eterna, imutável, sem fim. E ela passa aos fótons. E se os fótons com essa força estão dentro de elétrons, a energia que dizem serem própria dos elétrons, não passa da força dos fótons.

 

Fotons reconstruindo sistemas astronômicos em miniatura na Terra: exemplo do mecanismo nas células de esponjas

segunda-feira, janeiro 1st, 2018

xxxx

Neste vídeo, em …., os cientistas cortam um pedaço de uma esponja do mar, separam suas células e as deixam assim num novo habitat. Dizem que a comunicação entre as células e’ interessante, porem no caso das esponjas, são formidáveis. Então, não sabem como e porque, entre muitas outras células, as células da esponja se auto-identificam, reconhecem-se umas as outras, e voltam a se juntarem, e dali reconstroem a esponja, exatamente como a anterior de onde vieram. Sem nunca ter sabido deste mecanismo, eu imaginei exatamente isto quando calculava como as “partículas-informação”, provavelmente na forma de fótons, teriam reproduzido na Terra e microscopicamente o sistema astronomico de onde vieram. Pelo simples fato de ter previsto a existência deste mecanismo, mesmo que seja em outra situação, já’ e’ suficiente para mérito ao meu método de investigação.

No vídeo chamam-se de ressuscitação da esponja. Posso usar também este termo? Ressuscitação dos building blocks astronômicos?

Guardar e pesquisar mais este detalhe, estando no video em 25:00

Origens da Vida – O Início de Tudo – National Geographic Channel – Completo

Raios Cósmicos de Outras Galáxias Chegam a Terra Trazendo Fótons

terça-feira, setembro 26th, 2017

xxx

Bem… isso ja era suspeitado pela Matrix/DNA Theory, pois nao e’ muito confortável a ideia de que um único exemplar da formula vindo de apenas uma galáxia  contenha todas as informacoes para sistemas biologicos. Detectado que a Terra e’ de fato bombardeada por raios cósmicos vindos de outras galáxias as quais devem estar trazendo “fótons”…

Paper: NATURE

http://www.nature.com/news/high-energy-cosmic-rays-come-from-outside-our-galaxy-1.22655#/b1

Os raios cósmicos de alta energia vêm de fora da nossa galáxia

O mais curioso nesta notícia e’ a loucura humana. 1600 tanques de agua a cada intervalo de 1,5 kilometros em cerca de 3.000 kilometros para… captar raios cosmicos!

Para detectar esses chuveiros, o Observatório Pierre Auger tem 1.600 tanques de água de tamanho de carro colocados a intervalos de 1,5 km, para cobrir 3.000 quilômetros quadrados de planícies gramíneas na província argentina de Mendoza.

Quatro conjuntos de telescópios monitoram o céu sobre a disposição, e – nas noites sem lua – podem detectar flashes de luz ultravioleta gerados pelos chuveiros. A partir da sua localização relativamente próxima ao equador, a matriz pode pegar raios cósmicos provenientes de todo o céu do sul, bem como de grande parte do céu do norte, cobrindo 85% da esfera celestial.

Os raios cósmicos foram detectados usando 1.600 tanques de água colocados em intervalos de 1,5 km

Teoria da Eletrodinâmica Quântica – Quantum Electrodynamics

sexta-feira, setembro 8th, 2017

xxxx

Alguem disse que a Teoria Eletrodinamica Quantica explica como a luz interage com a matéria. Opa!!! Isto interessa sobremaneira `a cosmovisão da Matrix/DNA. Então uma breve pesquisada sobre o que é essa teoria e como ela descreve isso,… vem a decepção. Para ilustrar vejamos o que diz um de seus autores, Feynman:

Wikipedia – quantum electrodynamics

Within the above framework of Quantum Electrodynamic Theory, physicists were then able to calculate to a high degree of accuracy some of the properties of electrons, such as the anomalous magnetic dipole moment. However, as Feynman points out, it fails totally to explain why particles such as the electron have the masses they do.

“There is no theory that adequately explains these numbers. We use the numbers in all our theories, but we don’t understand them – what they are, or where they come from. I believe that from a fundamental point of view, this is a very interesting and serious problem.”

Resumindo,  alguem descobriu que elétrons absorvem e emitem fótons. Nada mais. Como faz, porque faz, etc., não se sabe. Mas seria importante para tecnologia e conhecimento se ao menos fosse possível prever “quando” isto acontece. Tambem não ha’ observação capaz de ajudar. Então os matemáticos desenvolveram equações dentro do calculo das probabilidades que ao menos permite fazer previsões de quando isto ocorrera’, pelo calculo das probabilidades.

Biofotons:

quinta-feira, setembro 7th, 2017

xxxx

Cientistas detectam biofotons movendo-se no cérebro, justo como previu a Matrix/DNA Theory a 30 anos atras. Explico algo no comentário copiado abaixo ( artigo traduzido por “O Universo Racionalista” e a fonte com link abaixo do Arxiv/Org.) :

https://universoracionalista.org/existem-canais-de-comunicacao-optica-em-nossos-cerebros/?utm_medium=botao&utm_source=ur&utm_campaign=onesignal

Existem canais de comunicação óptica em nossos cérebros?

xxxx

Referência: arxiv.org/abs/1708.08887“Are There Optical Communication Channels in the Brain?”

xxxx

Meu comentario postado no artigo:

Louis C. Morelli – 9/7/2017
 Grato pela importante informação. Apenas não compreendo porque o artigo insiste na ideia de que o cérebro “produza” os fótons. E porque não “absorve e move fótons”? Que moléculas excitadas liberem fótons não quer dizer que elas os produzem. Não sei a quanto tempo os cientistas observaram biofotons no cérebro, porem os meus modelos e formulas na Teoria da Matrix/DNA sugeriu justo isso a 30 anos atras. Depois de descobrir que existe um modelo teórico deste sistema astronomico cujos building blocks são exatamente similares ao building block do DNA, fiquei procurando um mecanismo que teria trazido `a superfície do planeta as informações astronômicas para iniciar abiogêneses. O mecanismo da genética preencheu os requisitos e o melhor candidato por ter trazido estas informações eram os fótons ( a transmissão se daria pela luz estelar, radiação cósmica, etc.). Então na época ao registrar os copyrights da teoria escrevi denominando estes fótons de genes semi-vivos, ou biogêneses, como ancestrais não-biológicos dos nossos genes. Em algum outro lugar cientistas estavam pensando em biofotons… e eu não sabia disso?

Mas minhas formulas sugerem que estes fótons criam seus próprios canais de inter-comunicação formando uma network que subjaz os flashes das sinapses… portanto, não necessitaria de canais de fibras óticas.

Genetica vinda das estrelas: Um novo mecanismo ou processo complementar com o Phanton DNA?

sexta-feira, agosto 25th, 2017

xxxxx

No experimento que revelou o DNA-fantasma ( num tubo de vacuo inseriu-se fotons que se espalharam caoticamente no tubo. Inserido um pedaco de DNA, os fotons se alinharam ao longo dos seus eixos. Retirado o DNA, os fotons permaneceram mantendo a figura do DNA), pode estar um complemento ao processo dos genes semi-vivos. Se os buiding blocks do DNA organiza os fotons a sua imagem, e’ possivel que os seus iguais, que sao os building blocks astronomicos tambem podem faze-lo. Ai’ a coisa complica, pois nunca tinha pensado nisto e fica esquisito. Isto sugere a possibilidade de que tenhamos galaxias fantasmas no espaco, formadas apenas de fotons?

Galaxias-fantasmas… eu fui o primeiro a inventar este nome. Existem?

Bem, vou abrir esta seccao para fazer esta pesquisa. um video que tem as imagens da experiencia feita e’:

https://www.youtube.com/watch?v=yHYsUlzR-6E&list=FL0tAEtDLdLbDZnGrmn_lLcA&index=35

Sacred Geometry DNA changes 2012 Mollecular Atom Consciousness.mp4

O nome do pesquisador foi: Vladimir Papanov (ou Popanov).

 

Luz: Fotons nos Eletrons

quinta-feira, junho 8th, 2017

xxxx

Prova cientifica da sugestao da Matrix/DNA Theory de que nas origens da vida, photons solar e nuclear trerrestre adentravam eletron assumindo a maquinaria atomica e digirindo os atomos a combinacoes biologicas como projecao da formula.

https://en.wikipedia.org/wiki/Light

EMR in the visible light region consists of quanta (called photons) that are at the lower end of the energies that are capable of causing electronic excitation within molecules, which leads to changes in the bonding or chemistry of the molecule.

EMR = Eletro-magnetic-radiation