Posts Tagged ‘futebol’

A consequência da perda da “copa do mundo”, para o Brasil

sexta-feira, julho 6th, 2018

xxxx

Obs: este e’ um assunto “fora da Matrix/DNA”, portanto nao expressa sugestao desta cosmovisao e sim apenas a opiniao pessoal mundana deste autor.

Publicado no Facebook em Julho, 06/18

Pois e’… acabou a tar “copa do mundo”. Nada entendo e nunca incentivo ninguém a ficar assistindo outros a jogarem bola. Para mim futebol so existe quando eu estou jogando, e so e’ bom para mim quando estou me exercitando/divertindo no meio dele. Portanto minha opinião nada vale, mas tenho que expressa-la:
” Perdeu a retrógrada e anti-evolutiva mentalidade, ganhou a evolucionista e tecnica mentalidade cientifica. A causa do perder ou ganhar foram os tecnicos, nao os jogadores. Todos os times perdedores ficaram mais tempo com a bola no pé’, trocando passinhos, driblando, e todos os ganhadores foram aqueles que, com menos tempo de bola no pé, quando a tiveram dispararam em ataques rápidos, fulminantes. Os técnicos ganhadores treinaram seus jogadores apenas quase nisso: ataque de surpresa. Mas nisso entra o estado mental evolutivo de uma cultura, e ganha aquele que está em dia com o moderno mundo da ciência e dos computadores e suas simulações da realidade aplicando apenas forças reais, brutas, da Natureza. São as “simulações” levadas `a exaustão que revelam por exemplo, os costumeiros buracos na defesa do oponente.
Os países do terceiro mundo resistem a sair da antiguidade mística fantasista e negligenciam a busca do único conhecimento que tem feito os países vencedores, mesmo que pequenos em território, populações e pobres em recursos naturais: o conhecimento dos fenômenos naturais porque destes emergem a criatividade da tecnologia.
Este estado de encantamento místico da população brasileira que nunca consegue manter um debate focado nos fatos reais, logo buscando os objetos que povoam sua imaginação infantil, como deuses, sorte ou azar, complexo de inferioridade ou elevado instinto de predador de humanos herdado dos animais desta aristocracia, se auto-projeta nos técnicos da selecao e então a Natureza nua e crua decide com os 7×1 da Alemanha, a perda por país pequenino em recursos como a Bélgica, mas maior no quesito da sabedoria natural.
Futebol não me diz nada a não ser como um mal ao se tornar o ópio alienante de um povo. Perder no futebol para esse povo faz mais bem que mal. A perda insufla o ódio que faz as presas reagirem contra predadores, e isto apenas significa uma coisa: O Temer que se cuide!