Posts Tagged ‘Hawking’

Olavo de Carvalho comenta Hawking e Darwin e a Matrix/DNA responde

terça-feira, junho 4th, 2019

xxxxx

Minha resposta, sob pseudônimo de Pablo Fonseca, vai copiada abaixo:

Hawkings foi desviado da Razão Universal devido sua doença ter interrompido seus sensores biológicos e substituídos pelos sensores mecânicos ligados a um cérebro eletromecânico que foi abduzido pelo sistema mecanicista astronômico que assim interpretou o Universo como uma maquina. Newton foi influenciado pelas teorias esotéricas as quais foram elaboradas por um cérebro humano recém formado e portanto virgem que era povoado por flashes da memoria dos nossos antepassados astronômicos e atômicos, portanto estas teorias sugeriam a verdadeira mecânica astronômica. Darwin não abordou a real evolução natural que é universal, apenas estudou a evolução biológica. Mecanismos vindos desde a evolução cosmológica, como entropia, auto-reciclagem que se torna perpetuação de especies biológicas, equilíbrio termodinâmico, que ainda atuam e se somam aos mecanismos de Darwin revelam que a evolução natural enquanto universal e muito mais complexa do que os darwinistas pensam que sabem. A nova cosmovisão chamada Matrix/DNA decifra este mundo natural de forma surpreendente e muito mais racionalmente natural.

“Buracos Negros nao existem!”, diz… Stephen Hawking. Existem Buracos Cinzas

domingo, julho 30th, 2017

xxxx

Raios!, Ha’ tempos tenho trombado com academicos quando digo que buracos negros tal como teorizado pela Fisica, nao existem, e eles simplesmente acham que estou fora da realidade. Mesmo que eu descreva o modelo racional sugerindo que no nucleo das galaxias existe outro tipo de elemento. Agora aparece alguem do meio academico concordando comigo. Mas quem? Justo o criador da teoria dos buracos negros!

Stephen Hawking

Stephen Hawking diz que buracos negros não existem, mas sim os buracos cinzas

http://imagensdouniverso.blogspot.com/2014/01/stephen-hawking-diz-que-buracos-negros.html

Na semana passada, o físico Stephen Hawking publicou um pequeno artigo que tem causado polêmica no meio científico. Hawking sugeriu que os buracos negros não existem – não da maneira como conhecemos. (Minha observacao: “Como conhecemos”?! Ora, nunca ninguem viu um buraco negro, entao, como alguem os poderia conhecer?). Ao invés disso, existem buracos cinzas. Apesar do artigo ter sido veiculado através de uma plataforma online e não ter sido publicado em nenhuma revista científica, nem trazer cálculos ou descrições complexas, as idéias sugeridas por Hawking tem grande peso. Principalmente porque ele próprio foi um dos criadores da teoria moderna sobre buracos negros. A existência e a compreensão dos buracos negros sempre dividiram opiniões dos cientistas por ser um assunto com muitos paradoxos. A principal contribuição de Hawking para a astronomia foi tentar explicá-los.

O físico percebeu que a teoria da relatividade não se harmonizava com a física quântica para explicar os buracos negros. De acordo com a teoria quântica, a energia e a informação deveriam escapar de um buraco negro. Sob a ótica da relatividade – a teoria clássica – não. Hawking começou então a pensar em uma “Teoria de Tudo”, que desse conta da física quântica e da relatividade e mostrasse que as leis conflitantes podem ter coexistido em algum momento. Hawking propôs que mini buracos negros, do tamanho de fótons e com um bilhão de toneladas de matéria – que poderiam ter dado origem ao big bang criando o tempo e o espaço – poderiam obedecer às leis da gravidade por conta de sua enorme massa, mas estariam sujeitos às leis da mecânica quântica devido a sua ínfima dimensão. Em seu novo artigo, Hawking contesta a existência de um “horizonte de eventos” no buraco negro, uma região próxima de um buraco negro em que a gravidade seria tão forte que nada poderia escapar, nem mesmo a luz. Essa impossibilidade de fuga é prevista pela teoria clássica. E se não existe um “horizonte de eventos”, não há buracos negros, se considerarmos que eles funcionam como locais dos quais a luz não pode escapar para o infinito, de acordo com o físico. Isso não quer dizer que Hawking deixou de acreditar na existência de buracos negros perdidos pelo espaço. Em seu novo artigo, ele defende que ao invés de um “horizonte de eventos”, existe um “horizonte aparente”, um fenômeno consistente com a teoria clássica e a quântica. Para Hawking, esse fenômeno poderia reter a matéria temporariamente, podendo a liberar posteriormente, porém de maneira distorcida. Dessa maneira, não haveria perda de informação dentro de um buraco negro – as informações apenas se transformariam. Esses sistemas que liberam energia não seriam exatamente negros… mas cinzas. Sim, Hawking acredita que podem existir buracos cinzas, mas que ainda há muito a entender sobre eles. Embora a teoria seja plausível, alguns pesquisadores acreditam que a idéia de que qualquer matéria poderia sair de um buraco negro radical. No entanto, até poucas décadas atrás, a idéia da existência de buracos negros parecia absurda para a maioria da comunidade científica.

Hawking 70 Anos: A Briga Entre Sua Cosmovisão e a Matrix Continua no USA-Today News

domingo, janeiro 8th, 2012

Veja o artigo e os comentários com a discussão a seguir.

Hawking too ill to make 70th birthday bash

http://www.usatoday.com/news/world/story/2012-01-08/stephen-hawking-birthday/52455460/1

A seguir transcrevo meu primeiro post nos comentários:

Louis Morelli · New York, New York
Something is wrong with Mr.Hawking? He worked out all possibilities of a human brain and not solved a dysfunction of his own machine? He can understand the Universe as a machine, but cannot understand his body as machine? My theory is:

1) Hawking is equal “Mathematics+Computer+Mechanics Sensors+Modern Scientific Method”. He is under a bad life’s condition. Something in that equation is wrong;

2) That equation has interpreted the Universe as the computer history and sense of existence. The computer is a machine and human machines began with an explosion with fuel, its non-purpose is triturate mass/information, the sense of its existence is the eternal returning cycle, go-back-go… its language is not biology, but mathematics. The invisible worlds, macro and micro, are seen through mechanical sensors (measurement instruments) and… not through humans natural sensors;

3) There is a process of feed-back between the computer as an electro-mechanic brain and Mr. Hawking brain, where the computer’s brain dominates the process. The Hawking brain is driven by informations captured and selected by the computer’s sensors and analyzed by computer’s brain;

4) The Universe and the human being are not computational machines, the proof is that Mr. hawking cannot to apply his knowledge about the Universe for to solve the humans’ bodies problems. So, the cosmological theoretical model of Mr. Hawking must be wrong. There are no such kinds of “ghosts” black holes: this is mystic products of machines’ religions.

5) Final conclusion. Since that I have driven my body by the last 40 years without never getting sick, under the interpretation of the Universe as the ancestral structure for organisms, as suggested in the cosmological theoretical model of Matrix/DNA Theory, it is logical the I will prefer to testing, studying and keeping this model as the best one.