Posts Tagged ‘Humanidade’

O segredo do sucesso estará em abrir mão de toda privacidade?

sexta-feira, abril 26th, 2019

xxxxx

Um sistema social será tanto mais defeituoso  quanto mais informações privadas os cidadãos negarem ao Big Brother. Pois ele terá menos capacidade para ajustar todos os diferentes cidadãos numa organização perfeita.

Um sistema social sera tanto mais perfeito quanto mais informações sobre cada individuo o Big Brother souber.

O Big Brother é a entidade abstrata dos sistemas que emerge como a soma de todas as informações de todas as partes mais as informações das interações entre as partes… e se o sistema não for isolado, sobre as interações das partes com elementos externos ao sistema. Esta entidade abstrata nos sistemas mais complexos vem da evolução do auto-controle dos sistemas não-vivos que mantem o equilíbrio termodinâmico interno. E’ comum entre os biólogos se falar num “comando invisível de instruções no DNA”. Este é o Big Brother dos genes.

Tudo isso se percebe de imediato quando temos em mente a formula universal que a natureza tem aplicado para organizar matéria em todos os tipos de sistemas naturais existentes:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Existe enorme relutância das pessoas em partilhar sua privacidade. O diretor da Petrobras que foi preso por corrupção e se descobriu que ele tinha uma parede oca na casa com 20 milhões, não iria querer informar isso ao Big Brother. Este exigiria até que as pessoas informem se se masturbam ou não, quantas vezes, e quantas vezes vão ao banheiro, se tem cabelos brancos embaixo da tinta, etc. Mas pela definição de sistema perfeito, se uma unica informação, a mais aparentemente desprezível que possa ser, interna ao sistema, que não esteja somada na entidade do controle, o sistema não será perfeito.

Somos conduzidos a concluir com certeza que nunca, jamais, a humanidade terá uma sociedade perfeita.

Mas também temos certeza que, ou o ser humano muda de forma física ou a humanidade será extinta. Com certeza as mudanças que ocorrerão no planeta e no sistema solar chegarão a um ponto que não mais suportará a vida na Terra. Uma alternativa que parece ser a unica esperança é que o ser humano evolua mudando sua forma física, no sentido de menos massa e mais energia. Seria a unica maneira de realizar viagens interestelares, para encontrar outro planeta como a Terra, e/ou espalhar-se pelo Universo.

Mas para mudar de forma é preciso que haja transcendência. E transcendência provem da perfeita harmonia de todas as partes com abertura para a própria auto-evolução. Essa perfeita harmonia de todas as partes implicaria num sistema social perfeito. E sistema perfeito implica que todos os cidadãos abram mão totalmente de sua privacidade.

Estamos aparentemente diante de um problema paradoxal sem solução racional.

No livro e filme “Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley, podemos ter uma representação de um sistema social perfeito. Mas o autor mesmo observa que o ser humano se torna uma especie de robot, estupido, onde é proibido descobrir coisa nova porque alteraria a ordem do sistema, seria proibido criar, e proibido ou inexistente o livre-arbítrio. Obviamente muitos dos humanos de hoje rejeitariam tal sistema, apesar dele proporcionar a felicidade física máxima.

Uma possível solução seria a humanidade procurar formar uma sociedade organizada, no sentido de harmônica, sem sistema nenhum. Isto implica, sem ter um núcleo, um governo central. Todas as decisões relacionadas ao nível social seriam ditadas por plebiscitos. Mas para isso teria antes que haver uma lenta evolução no sentido de cortar as arestas culturais, comportamentais, aproximando-se de culturas e comportamentos únicos. A maioria sempre venceria um plebiscito. Imagine se a maioria fosse muçulmana. Muitas de suas decisões seriam insuportáveis para ateus, materialistas, católicos, etc. Imagine ser obrigado a cobrir a face com um pano…, nunca usar calca jeans… Se a maioria fosse mulher e com o poder de ditar as regras, nem Jesus teria podido ficar na casa da mulher que não parava de mover-se limpando e arrumando a casa e reclamando que os homens não ajudavam naquele trabalho para ficarem falando de filosofias, politica…

Então talvez a solução pelo “sistema nenhum” seja possível, porem certamente seria muito lenta. Que todas as cabeças diferentes vão caminhando no sentido de um dia convergirem para ser uma cabeça só, teria que ser um processo em que cada geração mudasse um minimo detalhe de um comportamento menos comum no contexto da população global. Mas também o planeta teria que ir mudando no sentido de chegar a uma homogeneidade geral de clima, etc.

Talvez a solução suprema e possível esteja oculta num conceito que foi dito acima relacionado ‘a utopia de Huxley: felicidade física máxima.

Creio que existem dois tipos de necessidade humanas diferentes: as necessidades físicas e as intelectuais, ou espirituais. Então poderíamos pensar na humanidade chegando a dois tipos de organização harmônica. Uma, referente as necessidades físicas, seria o sistema perfeito, total acomodação e satisfação para o corpo, e outra, referente as necessidades intelectuais, sem sistema algum, harmônica mas inter-diferenciada, com o todo aberto a sua evolução. A necessidade intelectual continuaria a motivar a evolução espacial, e com isto retiraria da maquina social corpos para habitarem, como por exemplo, as estacoes espaciais. Pois no admirável mundo novo a estupidificação interromperia qualquer busca de evolução. As descobertas, a criação, a manutenção da consciência autônoma, se daria acima da Terra, portanto sem afetar o sistema social perfeito. Mas na nave não haveria lideres, comandantes, pois ali não poderia haver sistema algum.

As sociedades de abelhas e formigas são a encarnação biológica da formula universal para sistema perfeito. E’ compreensível que a formula encriptada na genética tenha conseguido se auto-projetar depois que formou o organismo, para ser o sistema social: formigas e abelhas não possuem intelecto, nem mesmo um cérebro digno de nota. Ali a rainha e a encarnação da identidade abstrata que emerge como controle do sistema. mas devemos notar que a própria rainha e escrava de e no seu próprio sistema. Ela tem que se submeter a regras rígidas de disciplina. Ela também não pode descobrir, não pode criar, não pode exercer o livre-arbítrio na sua totalidade, pois alteraria o sistema. O Big Brother também seria um escravo do sistema.

O Universo tem organizado – ou assistido a organização – de tudo em sistema. Até a mais remota pedra no fundo do oceano pertence a um sistema, o galáctico. E todo sistema é ruim, pois implica em morte, escravidão, etc. Mas parece-me que o Universo está mandando uma mensagem: a existência eterna, a liberdade total, só será agraciada ‘a especie em que as partes coexistam harmonicamente deixando de serem partes de um sistema.

Enfim, por enquanto a sugestão racional para a humanidade fé: transforme o planeta num jardim ajardinado e o humano inserido numa biosfera mecanicamente automatizada, onde o corpo terá  o máximo de sua satisfação, mas mantenha a mente fora disso, aberta a evolução.

Isso é possível. Só ainda não resolvi o que vamos fazer com nossa privacidade dos dados relacionados ao nosso corpo físico. O que inclui ate o ultimo centavo, ou a garrafa de uísque que mantenho escondida embaixo da cama. E como nos casos de imigração, se você quiser mesmo se naturalizar cidadão devido a casamento, podes ser obrigado a informar até a cor da calcinha da sua mulher, para provar que o casamento é verdadeiro…

E talvez por ai também vai se resolver a questão da privacidade. Você quer ser do sistema e você entende que para o sistema existir e se manter ele tem que obter e verificar informações, senão vira bagunça, o sistema pode se desfazer. Assim você perde toda vergonha, toda proteção de sua privacidade física, e entrega voluntariamente o corpo para o admirável mundo novo… Mas a mente, nunca!

Existiria uma maneira de todo mundo entregar o corpo e todos manterem a soberania sobre sua mente. Mas não poderia ser ateu e não pertencer a nenhuma religião organizada, nenhuma igreja. Todos concluiriam e teriam a intuição de que exista pelo menos uma inteligencia muito mais evoluída, e portanto com muito ou total poder sobre o mundo material. Esta intuição seria o único denominador comum entre todas as mentes. A igualdade das mentes terminaria ai. A partir dessa intuição cada mente iniciaria a buscar e montar a sua imagem e conceitos sobre o que seria essa “consciência cósmica”. Como todo humano é diferente em algo de todos os demais, todos tiveram experiencias de vida com algum detalhe diferente, não haveria um deus igual ao outro. Seria proibido falar de seu Deus e você não aceitaria ouvir outros falarem de seus deuses para não perturbar sua imagem. Cada Deus indica um caminho especifico, único, a seguir. Assim todos os humanos teriam direções intimas, inconfessáveis, diferentes, apesar de conviverem juntos. E’ possível, pois eu venho a tempos fazendo exatamente isso, minha divindade ninguém mais pode conceber igual, o meu templo é meu cérebro, somente eu posso entrar nele.

 

A especie humana sera extinta? Como respondem os materialistas e a Matrix/DNA

quinta-feira, abril 25th, 2019

xxxxx

( extraído de: Theskepticalzone.com)

Question:

It is possible for the human race to become ‎totalmente ‎extinct? Does the free will we have been endowed with make even that awful fate possible, or do you think that, because of the particular interest God has in us (we being created in His image, for example) this is not something that would ever be allowed to happen? In a word, should we take steps to ensure that there will still be human life in 100 years, or (assuming–at least for the moment–that the apparent dangers to our continuance haven’t just been fabricated somehow) homo sapiens are safe in God’s hands.

Answer:

I note that all but a small fraction of species have gone extinct — those alive today. And we seem to be in the midst of another mass extinction. I read that the average life span of a species generally is about 15 million years, about 20% of which is spent actually branching from a parent species. I can’t speak for theists, but most estimates I’ve read predict a relatively short life span for humans, certainly far less than one million years.

Also, they predict a population implosion after the planet’s carrying capacity for humans has been exceed by a large enough margin for long enough, making recovery unlikely due to resource depletion (read: fresh water). Human population growth since the scientific revolution has resembled bacteria more than it has resembled other mammals. I note also that reducing our carbon footprint will be achieved by reducing our population, and probably no other way. But nobody seems to be willing to mention this.

The consensus, as I read it, is that high intelligence is NOT a positive survival characteristic. That experiment might never be attempted again.

xxxxx

E como a Matrix/DNA responderia:

Futurologia com insuficientes dados ou dados confusos é perda de tempo. Ao inves desta abstração devemos voltar os olhos para a pratica. Pelas teorias mais convincentes correntes, o planeta e o sistema solar não tem sido estáveis, com períodos curtos de mudancas que teriam dizimado a humanidade. Talvez agora o sistema esteja numa fase mais madura, estável, e permaneça estável por milhoes de anos. Ou talvez não.

A atual aceleração na mudanca do polo magnetico e os constantes eflúvios de explosões solares são preocupantes. Tambem preocupante é que qualquer mudanca que não seja geologicamente devastadora deverá provocar uma guerra atômica ( por exemplo, falta de agua potável a um pais com arsenal nuclear), a qual pode completar um processo de extincao.

Pela visao de mundo da Matrix/DNA, o mais importante não é se a especie humana será  extinta, mas sim se o feto de auto-consciencia sendo gestado aqui vencera o período de incubação sem ser abortado morto, ou se terminara esse processo em outra especie, talvez ainda, em outro planeta. Cremos que nos estamos e nos somos esta consciencia e não este corpo. Se isto for verdade, devemos buscar a eternidade da consciencia e não da humanidade. Esta seria prejudicial nos mantendo prisioneiros.

Se realmente existe a consciencia e o feto dela aqui, cremos que ela está garantida na sua sobrevivência. Existiriam muitas inteligências mais evoluídas no Universo assistindo para sua proteção, porque para eles seria de um interesse supremo, quase mortal. E se de fato neste Universo está ocorrendo uma reproducao genetica como sugerem nossos modelos teóricos, muito provavelmente seria a reproducao de algo com consciencia, e de nivel cosmico, entao definitivamente ela estaria garantida. Mas para que ela esteja garantida não é necessario garantir a sobrevivência da humanidade antes que termine seu período de gestação. Aparelhos gestores poderiam serem substituiveis.

Portanto vemos que não existe sentido ou lucro em investir tempo e massa cinzenta nesta futurologia. Temos sim que nos voltar-mos para o fator pratico da questao. Temos que manter o planeta apropriado para sustentar a vida. Temos certeza que certos detalhes se continuados vao interromper a sustentação da vida. Entao temos que nos concentrar nestes detalhes para elimina-los, se nos for possivel. Uma vez concluído que seja possivel, devemos iniciar a atuar imediatamente, assumindo o compromisso total pelo que é possivel ao individuo fazer. Por exemplo, metropoles acima de 500.000 pessoas determinam que o espaco ocupado por elas perca as propriedades de suportar o ecossistema da vida natural. Se moramos em uma dessas metropoles temos que nos mudar para cidades menores e denunciar com veemência os que estao contribuindo para seus crescimentos. Por este raciocínio que me ocorreu apenas agora, percebo que tenho mais um motivo moral para mudar de onde estou morando ( New York City). Com certeza, a partir de agora vou procurar a mudanca, esta a utilidade pratica desta questao. Tenho que vender o carro e dar um jeito de usar transporte publico e de preferencia não a petroleo. Tenho que ser mais rapido nos banhos desperdiçando menos agua potável. Etc. Assim é o que devemos fazer e é a única coisa que podemos fazer. O resto, o que vai acontecer, so podemos deixar por conta dos dados que desconhecemos.

 

 

 

Mensagem da Matrix/DNA: Que venham os cirurgioes do Cosmos

domingo, março 17th, 2019

xxxxx

(postado no Facebook em 17/3/19)

A salvação da humanidade aconteceria se viessem extraterrestres cirurgiões dentistas e cornoistas para extraírem os caninos psíquicos dos dominantes e os cornos psíquicos dos dominados.

Mas se eu fosse extraterrestre com essa capacidade e a minha visao do mundo na qual os humanos devem sobreviver porem evoluindo por si proprios eu não viria fazer estas cirurgias coletivas, porque isso seria como dar o diploma de medico a uma crianca que so foi um dia na escola. Ela mataria todos os pacientes e quando caísse doente seria morta pelos outros medicos.

Foi mastigando muito estes pensamentos que cheguei a uma conclusão surpreendente para um agnóstico que detesta a Biblia: se eu fosse um extraterrestre muito evoluido e assistindo o que se passa na Terra, este caos, carnificina, escravagismo e condicoes absurdas de existencia do ponto de vista de seres mais elevados, e sentindo tristeza e um enorme desejo de vir transformar isso tudo num planeta ajardinado, mas impedido pelas leis maiores que regem a evolucao e seus desígnios transcendentais, o que eu faria?

Alguem, ou alguns, homens, ja fizeram exatamente isso na Terra! Jesus Cristo, Buda, Madre Tereza… Mas tambem aturaram dando uma corrigida neste cerebro individuos como Copérnico, Galileo, Darwin, Newton, Mendell…e dando uma mexidinha lenta, paciente, na atual configuracao neuronial. mensagens que fossem meio-termo de maneira que atuassem sobre caninos e cornos psíquicos, para diminuir seus tamanhos. E aqui me deparei com a grande surpresa!

Alguem, ou alguns, homens, ja fizeram exatamente isso na Terra! Jesus Cristo, Buda, Madre Tereza… Mas tambem aturaram dando uma corrigida neste cerebro individuos como Copernico, Galileo, Darwin, Newton, Mendell…

Estou desconfiado que os extraterrestres possuem uma especie de ONG la no mundo deles, a qual manda, a cada geracao, um funcionario aqui na Terra… Ou entao que essas Leis Universais ja previram isso e a cada geracao inserem um estimulo na cabeca de um humano qualquer… sei la’! Mas que e’ muita coincidência com a logica racional, com o que faria alguem mais evoluido querendo o bem da Humanidade, isso e’ inquestionável…

Assinado: Louis Charles Morelli… yac…yac…iac…

Porque não podemos doar `a Humanidade, o poder tecnológico sobre a matéria e energia

sexta-feira, novembro 4th, 2016

xxxx

” Se você conhece e tem poder para manipular galaxias, e, como dissestes, gostas da especie humana, porque não nos cede o conhecimento e poder apenas suficiente para resolver-mos nossos problemas atuais?” – perguntei eu ao sacerdote que se dizia incorporado por Lúcifer, e que este seria um “espirito da Luz”.

” Porque a humanidade não esta’ preparada. Se eu lhes desse esse poder,  a primeira coisa que fariam seria parar o sol ao meio-dia, para ter claridade por 24 horas, para ter mais tempo para ganhar mais dinheiro…”

Esse dialogo de fato aconteceu quando fui convidado por uma seita de misticos estranhos a um ritual no alto da montanha de Serra Pelada – a maior mina de ouro a céu aberto do mundo, na selva amazônica, para onde afluíram 80.000 homens, em 1986. O restante da conversa parece coisa de outro mundo, quando o incorporado explicou o significado da existência e dos eventos ocorrendo em Serra Pelada e no planeta em geral, mas não vamos nos alongar nisso agora porque este não é o objetivo deste artigo.

Quero aqui lembrar que eu descobri uma formula natural poderosíssima que poderia mudar totalmente a nossa existência – se a formula passar no teste e realmente funcionar. Tenho divulgado-a neste website sob o nome de formula da Matrix/DNA, mas ninguém ainda conseguiu captar o possível poder da formula porque ninguém aprendeu a pensar a formula, como eu apos 35 anos observando-a e estudando-a.

Mas todas as possibilidades de fantástico poder que tenho visualizado na formula, nenhuma é no sentido de destruir, matar, que poderia ter interesse militar. Todas as inúmeras fantásticas possibilidades são apenas em beneficio, para o bem do homem.

Nada produzi de pratico porque qualquer destas possibilidades demandam a aplicação de recursos materiais que eu, sozinho nesta empresa, não possuo. Mas vamos dizer que de repente eu ganhasse uma boa soma na loteria e trabalhasse essa formula obtendo o real poder de transformar a vida da humanidade, para o bem. Infelizmente eu teria que manter tudo isso em segredo, não doar nada para ninguém. Porque? Lúcifer acima me fez perceber o erro que eu faria, pois o que seria para o bem, poderia tornar-se terrivelmente mal para a humanidade.

E’ preciso antes entender e aceitar a triste realidade que o corpo carnal e mesmo o cérebro humano veio da evolução de animais irracionais e nas selvas. Portanto os instintos animais ainda dominam nossa carga genética, e não tem como exorcizar esse animalismo do ser humano repentinamente. Por exemplo, o animalesco comportamento de matar animais e come-los, nunca vai desaparecer enquanto ainda tiver-mos os dentes caninos. Apenas a Natureza, a evolução, e o tempo, poderão fazer essa transformação, mesmo que Jesus Cristo venha a Terra cem vezes repetir seu discurso educativo visando a transcendentalidade da auto-consciência humana.

Um destes principais instintos – e o que determina que a humanidade ainda não pode ter o poder sobre a matéria e energia – fica bastante visível e evidente quando pensamos sobre todos os tipos de sistemas sociais criados na historia da humanidade ate hoje. Todos eles (seja o tribalismo, o feudalismo, o comunismo, o capitalismo, etc.) apresentam o mesmo padrão estrutural. As regras ou leis sociais geram sistemas em que o poder maior pertença a uma aristocracia ou alta classe, um resto de poder menor e’ concedido a classe media, e em terceiro a classe baixa sem poder algum. Porque em continentes e eras tao distantes entre si seus povos apresentam sempre o mesmo padrão? Qual então foi a base da origem deste padrão?

Meus sete anos na selva amazônica me forneceu a resposta límpida e clara. Os animais também apresentam a mesma divisão de poderes, as mesmas regras sociais. Assim temos os grandes predadores, os médios predadores, e as presas.

Ora, sabemos que nestes sistemas, como ainda acontece nos sistemas atuais, 85% ou mais da população vive torturada sob o equilíbrio da miséria. Se dessemos o poder a humanidade hoje de controlar a matéria e energia do sistema solar, e portanto a facilidade de sanar todos os problemas destes 85% dos povos, nada seria solucionado que não fosse conveniente ao vampirismo da classe dominante, e um poder ainda mair se concentraria nas mãos da classe dominante. Enquanto temos caninos vamos matar animais e comer carne, enquanto este instinto de predador existir, os predadores não saberão existir sem as presas. E apenas poderão existir as presas enquanto elas forem mais fracas e dependentes dos predadores, o que tem sido obtido pela escassez ou ciclo da miséria.

Obviamente que muitas soluções seriam repassadas aos cerca de 7.5 bilhões de humanos das classes baixas. A cura das doenças tradicionais mortais, a liberação do trabalho escravo rotineiro, etc. A tortura e maleficio as classes baixas viriam por outro lado, talvez pior ainda. O modelo social iria na direcao do Admirável Mundo Novo de Huxley, sob o domínio do Grande Irmão, de Orwell. O paraíso para os corpos humanos seria implantado na Terra, o qual seria recuperado e transformado num planeta ajardinado.

Mas se a minha formula tem fornecido explicações inusitadas, jamais imaginadas, para todos os fenômenos e eventos reais, naturais, e novos significados de existências destes fenômenos naturais como é o próprio ser humano, é a sua sugestão de qual é a razão “cósmica” da existência da humanidade, a que mais indica o despreparo da humanidade para manipular esse poder. A cosmovisão da Matrix/DNA sugere que este Universo perceptível aos nossos sensores nada mais é que uma especie de placenta onde esta’ ocorrendo um processo genético de reprodução, a embriogênese de um ser auto-consciente. E sendo o homem um dos agentes dotados de um principio de auto-consciência significa que os seres humanos são genes construindo este embrião. Então a essência da existência humana e’ sua mente, sua auto-consciência, o resto todo sera descartável junto com a placenta.

Mas o paraíso terrestre do grande Irmão seria exatamente o aborto assassino e prematuro deste embrião. Neste paraíso não existiria lugar para a auto-consciência, já que ele seria o reino da estupidez total , o coroamento da prevalência daqueles instintos irracionais herdados dos animais. E o controle deste poder iria catapultar a especie humana ao espaço sideral, exportando todo o luxo poluidor, e a malignidade destes instintos para planetas com formas de vida mais primitivas. Cada homem é um gene, uma informação genética que nada nem ninguém mais tem neste Universo, então ele precisa ser livre para trabalhar sua missão cósmica, ou seja, sua consciência precisa ser livre. Todo o resto de sua existência atual são meros acessórios. E doar o poder a humanidade significa que os grandes predadores não abririam mão de seu instinto canino e os 85% seriam assassinados, abortados fora, em sua essência existencial.

Eu vou voltar a selva amazônica, preciso dar continuidade a alguns tópicos que apenas a natureza virgem da selva pode solucionar. E desta vez levarei alguns instrumentos, alguns recursos materiais mais poderosos. Mas seu conseguir algum resultado efetivo, ele servira apenas para a minha satisfação pessoal, a minha declaração de que “Vim, vi, e venci”, porque ele ficara como segredo enterrado na selva. O único tipo de resultado que eu traria para o seio da civilização e tentaria aplica-lo, seria algo relacionado a aceleração do exorcismo destes instintos da carga genética humana. Se eu não puder fazer algo em beneficio da minha especie e da grande meta desta nossa existência, que eu seja morto antes que faça algo em prejuízo desta especie e daquele ou daquilo que gerou este Universo. Isto não e’ complexo de Messias, e’ apenas aquele raciocínio logico de todo ser humano, pelo qual não fazemos algo que sera’ ruim para nos mesmos.

 

Movimento dos Anônimos: Parece a nossa “Grande Causa da Humanidade”! Será ação da Matrix/DNA Cósmica?

domingo, setembro 11th, 2011

Como os frequentadores daqui sabem, os modêlos teóricos da Matrix/DNA sugere que a Vida na Terra surgiu como mero processo de reprodução com forte mutação de LUCA, a máquina quase perfeita como sistema fechado em si mesmo que a alma/software no Universo auto se contruiu na sua fase evolucionária astronomica e que nos transmitiu o selfish gene. Portanto a nossa biosfera e nossa genética estão modeladas para replicar o estado físico/mecânico na Terra, uma espécie de paraíso do Éden, bom para macacos e iletrados como Adão e Eva, onde a Humanidade é uma importante peça porem meramente mais uma peça da máquina astronomica, e essa fôrça natural invisível do lado negro da Matrix/DNA nos dirige sutilmente e sem que dela tenhamos consciência, na direção do modo de existência descrito no livro “O Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley, sob o govêrno marionete da Matrix chamado “The Big Mother”, uma rainha no estilo das rainhas das colmeias de abelhas.

Mas a existência da entropia termodin6amica, ou a conhecida Lei de Clausius, evitando que o Universo seja dominado por esta fôrça supremamente egoísta e interrompa o processo da evolução universal, nos conduz a pensar que além das galáxias, e até mesmo além de todo êste Universo material, exista um sistema mais potente, natural tambem, porem inteligente e dotado de consciência. E o aparecimento da consciência no cérebro humano nos conduz a pensar que estamos dentro de um outro processo de reprodução, superior ao limitado às galáxias. Essa substancia mental que está sendo embrionariamente formada e despertando aqui, produz uma grande mutação na reprodução de LUCA e pode evitar nossa eterna escravizaçào dentro da Matrix e do seu “Admirável Mundo Novo para Zumbís e Macacos”.

A Sociedade Humana agora globalizada está dominada por poucos capatazes inconscientes da Matrix Negra, dominando as posses materiais, os espaços territoriais, e consistem nas familias multi-bilionarias, nos burocratas dentro dos govêrnos, militares de alta patentes, sacerdotes de certas religiões, etc.. Êles têm sucesso porque atuam sincronizados com as fôrças naturais e a biosfera modeladas como máquina por LUCA. A mente que vem do Cosmos é ameaçada de não poder nascer, despertar, e de cair eternamente prisioneira da máquina, enquanto o corpo de todos os seres humanos aparentariam serem supremamente felizes.

Isto tudo é o que penso ter visto, surprêso, ao ler os mapas da Matrix/DNA, ao interpretar seus modêlos, mas como não sou o dono da verdade e possuo um cérebro muito pequenino em relação ao desconhecido e a essa inimaginavel dimensão cósmica para poder captar a verdade ultima, posso estar todo errado.

Apenas a coisa tôda faz sentido para mim quando analizo os fatos reais, as evidências, e minhas experiências de existência nêste mundo. Por isso continuo a testar, investigar essa hipótese, e a comunicar apenas através dêste website na esperança de encontrar mais cabeças pensantes que suspeitem o mesmo que eu, para ajudar e reforçar esta pesquisa.

Agora me deparo surprêso com um movimento a nível mundial – denominado “Anônimos” – que em quase tudo tem as mesmas sugestões da força branca da Matrix/DNA, ou seja, da força emanada pela consciência cósmica. Os propósitos do movimento são quase uma cópia dos propósitos da nossa “A Grande Causa da Humanidade” – que é a pesquisa de como seria o modêlo social ideal para ajudar a consciência terminar sua formação, nascer e despertar, mantendo sua liberdade. Será que mais uma vez o superior sistema natural consciente existente além do Universo está emanando novas investidas para salvar sua cria aqui? A nível de consciência global? isto seria maravilhoso!

By fthe way, vou aqui reguistrar os sites e própósitos do movimento, para ir estudando-o, tentando participar e acrescentar novas matéria interessantes que porventura surjam.

xxxxxxx
“THE PLAN”

What Is The Plan
WITP
http://www.whatis-theplan.org/forum

Tópico de Apresentação:
http://www.whatis-theplan.org/g4-brazilian-moderators

Saiba os Princípios:

– Sem personalidade jurídica: o movimento não é legalmente constituído. É um organismo de consciência global, uma idéia, intangível.

– É um movimento social, não um grupo: o objetivo deste movimento é a união da espécie humana. A definição comum de grupo remete a exclusões.

– Sem fins lucrativos: atividades com fins lucrativos não são relevantes.

– Globalmente humano: não reconhece estados, nações, qualquer restrição geográfica ou outras, como etnia e cor de pele.

– Interdependente: a qualidade de vida, saúde e felicidade de cada um é direta e indiretamente relacionada ao modo de todos serem, sem exceções.

– Cooperativo: promove a cooperação global mútua porque é mais eficiente e prazerosa do que a competição social.

– Pacífico: sustenta uma sociedade sem violência física ou psicológica.

– Generalista: as coisas não podem ser plenamente compreendidas se reduzidas. O ambiente influencia intrinsecamente cada organismo individual. Como resultado, tudo está interconectado em todos os níveis, formando um só sistema abrangente. Esta abrangência é chamada de natureza.

– Unificador: procura integrar todos os esforços sociais que atualmente lidam apenas com os sintomas (como violência, atropelamentos, pobreza etc.), de modo a focar na causa comum. Esta causa são os valores sociais obsoletos, como competição, propriedade de recursos e métodos pseudocientíficos. A economia monetária é o principal sintoma da aplicação destes valores e métodos. Uma mudança profunda na consciência pessoal necessariamente implica em unificação global, e vice-versa.

– Horizontal: líderes e hierarquias são irrelevantes, uma vez que a ação é baseada em critérios técnicos objetivos (o método científico), na medida do possível. Ou seja, procura-se não tomar decisões subjetivas, mas chegar a conclusões objetivas. Existe uma vanguarda com experiência que sabe que liderança é uma necessidade momentânea, são idéias e não pessoas que fazem a diferença.

– Descentralizado: qualquer organização regional ou time é a sede do movimento, e nenhuma prevalece sobre as demais. De fato, fundamentalmente, toda a Terra é sua sede.

– Transparente e aberto: as informações e atividades do movimento são públicas. De fato, a participação de todos é encorajada, pois trata-se de assuntos do interesse de todos.

Nós Somos Anonymous
Nós Somos Legiao
Não Esquecemos
Não Perdoamos
Espere Por Nós

Last edited by phoenixbr on Wed Sep 07, 2011 3:39 pm; edited 6 times in total

Os Maiores Vampiros e Vampiras Amanhã no Banquete do Suor Humano em Londres

quinta-feira, abril 28th, 2011

Para mim não faz o menor sentido quando entro no bar para lanchar e a televisão ligada mostrando cenas de um casamento  em Londres onde todos e tôdas que aparecem nas imagens têm a cara e vestimentas dos parasitas da Humanidade. Quanta coisa inútil, quantas pessoas inúteis, que pêso, que fardo para os trabalhadores escravizados carregarem nas costas! O que a Humanidade vai ganhar com um casal anunciando que vão ter relações sexuais?! E porque bilhões de humanos vão ter que trabalhar algumas horas a mais, perdendo horas que poderia serem empregadas em suas melhorias materiais e evoluções mentais, para que suas produções sejam assim desperdiçadas como energia que se esvai pelo ralo?

Ainda se celebra desenvergonhadamente em Londres a herança animalesca dos humanos em que as feras ficam na sombra à espreita enquanto as ovelhas trabalham escravizadamente transformando as ervas em suas carnes para caírem enciima e colherem no momento oportuno tôdo o resultado daquela produção. De que adianta as sêdas, os cosméticos, as risadas para o publico ver, se cheiram mal como feras? Se ainda atuam como feras? Se ainda fazem questão de nos lembrar que são meros macacos melhorados? Mil vêzes assistir um Einstein subindo as escadas da escola de Princeon, aquilo sim, nos agrada, pois é um como um hino de vitória de exemplares da espécie que lutam contra suas heranças malcheirosas e vampirescas. Pergunto o que êsse casal produz de prático para nós, o que fizeram de benefício para a nossa espécie, e a resposta fica clara na face abobalhada da garçonete: “nada”!

Eu nunca ganhei um centavo de graça e o pior, não me devolveram em outros bens a metade do valor do que produzí trabalhando duro com as mangas arregaçadas. Se essa metade tivesse sido investida na satisfação de necessidades básicas e melhoria da educação de outras pessoas eu me sentiria realizado, mas ver o produto de meu suor ser desperdiçado dessa maneira me faz largar o trabalho inutilizado assim e de alguma maneira atuar para patentear que isso tem de acabar. Os amigos da Humanidade tem que se reunirem, debaterem e tomarem decisões para proteger os recursos de nossos territórios e fiscalizar o destino de nossas energias. Nada temos contra qualquer casal que queira trabalhar como burros para gastar sua produção em festas e rituais, apenas desprezamos estas irracionalidades. Nos dá asco, pois estas cenas nos lembra as festas dos porcos de George Orwell.

Os Acionistas como Inimigos da Humanidade e as Fábricas Sem Fins Lucrativos

terça-feira, abril 26th, 2011

A nossa “Grande Causa da Humanidade” é construir o lar perfeito na Terra mas manter a mente livre. Em vista disso estamos criando a Lista dos Inimigos da Humanidade, a qual será dividida em externos e internos, sendo êstes os próprios seres humanos que de alguma forma prejudicam o bem-estar e a evolução material e intelectual de qualquer outro ser humano. Claro que a lista deve ser encabeçada pelos maiores criminosos diretos mas como estamos iniciando um protótipo, vamos arrolando quem aparece no momento. Por exemplo apareceu-me agora um novo tipo de inimigo interno que eu não tinha bem definido: os acionistas. E por tabela seus instrumentos de ação: as companhias de capital aberto. Apareceu num artigo cujo trecho deixo anexado abaixo, mas antes de expô-lo quero explicar que andei pensando brevemente nesta questão:

“Se a cosmovisão da Matriz/DNA está sugerindo que a transcendência de qualquer espécie depende de que seja acionado por ela mesma o Principio da Solidariedade – no qual todos os membros da espécie estão perfeitamente e voluntáriamente integrados – e se as empresas de sociedades anônimas pareciam ser um grande avanço nessa direção, mas agora estamos vendo que não é, qual a alternativa mais próxima para substituir êste tipo de emprêsas? Já havia pensado no tipo de emprêsa em que os donos, ou seja, quem obtem cotas do lucro, seriam apenas aquêles que nela trabalham de fato, de igual para igual. Mas ninguém garante que os defeitos de caráter dos acionistas mencionados no artigo abaixo não se apresentariam tambem como defeitos de caráter dos empregados-donos. 

Então agora à queima-roupa me surge a idéia que iria produzir risos e ira em muita gente: “Tôda emprêsa que atua no mercado, desde fábricas a bancos, devem ser “non-profits organizations”, ou seja, sem fins lucrativos. Como seria isso, não me pergunte, por enquanto não faço a minima idéia. Vamos começar a pensar nisso agora. Mas talvez êsse tipo é o unico que está previsto na Matriz/DNA para efetivar-se a solidariedade final que levará à transcendência da espécie, e, se fôr, quer queira, quer não, ninguém conseguirá evitar que as “non-profit” sejam a realidade do futuro. 

O trecho copiado abaixo está no artigo:

The next financial crisis could be right around the corner 

Journal: The Globe and Mail

http://www.theglobeandmail.com/report-on-business/economy/the-next-financial-crisis-could-be-right-around-the-corner/article1995104/page2/

By: 

Roger Martin

Special to Globe and Mail Update
Published Monday, Apr. 25, 2011 10:00AM EDT

” The true cause of the mayhem in our capital markets is our slavish devotion to the theory of shareholder value maximization. Over the past 40 years, we have come to utterly embrace the notion that the singular objective of a company is to maximize the return it earns for its shareholders. It is not to make customers happy. It is not to serve as an employer of choice, nor is it to contribute to society. And it is not, importantly, to earn a fair return for shareholders, given all the other stakeholders. No – the sole purpose of the organization, according to shareholder value theory, is to maximize shareholder value by increasing its own stock price more or less forever.

This theory has, unsurprisingly, caused executives to turn their attention from the real market – where products are made, services provided, employees hired and customers served – to the expectations market – where stocks are traded and dividends paid. Executives have turned their attention from winning with customers over the long term to focusing on investors in the short term. It’s incredibly damaging to real market performance and the executives themselves. The executives have to convince themselves that there is meaning in talking up their stock price to analysts, making deals with hedge funds and sweet-talking the financial press. There just isn’t. It’s all demotivating and unproductive.”

Ciência e Corrupção Econômica: O mesmo processo que engana o povo, engana intelectuais e cientistas.

sábado, março 12th, 2011

 A séculos certas máfias dominam a economia na Humanidade, o povo vê as noticias na televisão todo dia mas não é informado quem ou o que está por trás dos eventos. No ultimo século a Ciência vem conseguindo descrever todos os eventos que ocorreram para a origem do universo, da vida e sua evolução, cientistas e estudantes  assistem estas descrições mas não são informados sôbre as fôrças que estão por trás produzindo os eventos.

É no mínimo curioso êste paralelismo de ignorância entre povos e cientistas. A Natureza está sempre nos escondendo algo e parece que sua regra é: “Ou você busca se informar mais profundamente além das imediatas aparências ou serás ignorante e portanto débil e escravo”. Todo ser humano tem quer despertado para esforçar-se mais na busca das informações certas e não deixar-se dominar pela sua melhor acomodação na situação atual e local, pois um passo a mais e descobre-se que existe um nível superior de vida muito melhor do que aquêle que aceitamos como fatalidade e assim nos acomodamos.  

Vejamos na prática como isso funciona nos dois casos:

Cena 1: O trabalhador e a dona de casa tôdas as noites depois de um dia sacrificado no trabalho forçado instala-se confortavelmente no sofá em frente à televisão para assistir primeiro, o noticiário do dia. Na verdade a economia é o agente que mais produz as notícias, desde as passeatas , os indices da macro-economia mostrando elevação ou baixa na taxa de desemprêgo, no preço dos imóveis ou da gasolina, a compra ou venda de tal mega-emprêsa, a denuncia da secretaria contra o patrão por questões sexuais, o casamento de fulano com fulana, o ataque da guerrilha colombiana, etc. A televisão narra a ocorrência e rápidamente passa para os comerciais ou a nova noticia. E o casal de telespectadores pensa que é bem informado, e de acordo com as noticias êles concluem que nada mais têm a fazer que no dia seguinte se levantarem cêdo e repetir o dia anterior.

Mas quem procura mais informações geralmente em livros pesados e dificeis de ler, como por exemplo “O Capital” de Marx, “A Riqueza das Nações”, de Adam Smith, ou “O Protocolo dos Sábios de Sião”, ou ainda “A Ditadura dos Cartéis”, “A IOS e a Finança Mundial”, “A Industria farmacêutica e a segurança nacional”, “As Familias Rotchild e Rockefeller e os Bancos em Walt Street”, etc. e etc. , sabe que existem e quem são os manipuladores controlando os cordéis por trás dos acontecimentos  daquelas  meras narrações de noticias. E sabe que existem meios de combater e eliminar aquelas causas perniciosas e inimigas da Humanidade, mas nada pode fazer porque o que dá o poder aos manipuladores é justamente a ignorância do povão.

Cena 2: O estudante e cientista especializado em alguma área restrita dêste método cientifico reducionista assistem vídeos sôbre as origens e evolução do Universo e da Vida, e pensam que estão bem informados, acima da grande massa do povo ignorante e supersticioso. Mas os filmes, vídeos, palestras e mesmo a maioria dos livros n6estes temas se limitam a descrever os eventos. Por exemplo assista-se a série de vídeos do professor Jack Szostak, de uma universidade americana, intitulada “Origins The Series” onde tem a parte 1 com “The Origins of Life”, a parte 2 com “The Origins of Genetic Code” e assim por diante. O enderêço no Youtube é:   http://www.youtube.com/watch?v=rtmbcfb_rdc

Nêstes vídeos está tudo surpreendentemente descrito: começando a partir da matéria já tornada orgânica (quer dizer, dando o famoso salto no inicio), os vídeos vão descrevendo os eventos como o primeiro nucleotideo se duplicou e as cópias se alinharam formando RNA e DNA, como começou a competição e alimentação, como surgiu o código genético, etc. Qualquer ser humano racionalmente bem equilibrado sairá desta sessão de filmes com certas conclusões: a ciência, os cientistas, descobriram tudo, como tudo aconteceu pela simples suscessão de causas e efeitos, o universo todo estava tunelado para dar nêsse resultado que produziu coisas como a vida e inteligência humana, e estava tunelado por simples sorte nossa, pois devem existir muitos universos em que uma evolição nunca começou, ou ela parou em algum lugar, ou se desviou por outros caminhos. As histórias mentirosas dos antigos falando na existência de deuses, do paraíso, Adão e Eva, Jeová e Mahomé, tudo mentira deslavada, pura imaginação vagabunda e inconsequente. E assim o estudante ou o cientista especializado em geologia conclui que nada mais há para êle fazer senão amanhã cêdo voltar ao trabalho repetindo o dia anterior.

Tanto para o cidadão comum da primeira cena como os normais da segunda cena podem estarem (e de fato estão) cometendo um terrível equivoco pelo qual pagam muito caro e estão condenando seus herdeiros das próximas gerações ao mesmo sacrificio. Se o casal no sofá conhecesse  os agentes ocultos no poder, se desligassem a televisão em cada noticia e procurassem tôda e qualquer informação relacionada, se pensassem e trocassem informações e idéias com pessoas da mesma classe social, com os vizinhos do bairro, da cidade, do país, com os grupos internacionais… descobririam que os acontecimentos economicos não são simples efeitos das causas naturais e ações e reações dos elementos mostrados no noticiario resumido. Da mesma forma, se estudantes, intelectuais e cientistas especializados em disciplinas limitadas, desligassem o vídeo em cada um dos eventos narrados para tentarem entender o todo, como por exemplo, a replicação do primeiro nucleotideo: porque o nucleotídeo se replicou? Simples ação das forças atômicas de atração ou repulsão, da termodinâmica, do contexto ambiental? Mas quais foram exatamente estas fôrças, como elas estavam nos átomos, no sistema solar, no ambiente geral, antes dêste evento ocorrer? Porque na História de todo o Universo e da matéria nunca foi registrado nada se replicando antes? Como e porque tôdas estas fôrças convergiram exatamente para o mesmo e unico ponto das imensas dimensões do tempo e do espaço?!

Ao fazer isto o telespectador descobre que o vídeo apenas relata o que aconteceu com os elementos envolvidos no evento, mas nada sôbre o que dirigia estes elementos e o ambiente no local e momento do evento. Certamente não obterá respostas para suas questões nem no vídeo e nem com os autores do vídeo, pois êles não sabem, como a jornalista tambem não conhece as forças ocultas do que narra sorrindo para transmitir boa impressão.

Todos os eventos narrados no vídeo ocorreram dentro de um sistema astronômico e os elementos envolvidos são constituidos por elementos dos sistemas atômicos e sub-atômicos. Estes macro-sistemas e micro-sistemas são influenciados dentro de uma hierarquia de sistemas, e foram por sua vez produzidos por sistemas ainda mais alem, dos quais quase nada sabemos, como são os casos do universo ou possivel multi-universos atuando sôbre o macro, e da dimensão quântica atuando sôbre o micro. As máfias economicas tem o poderoso chefão, os gerentes, os chefes, os sub-chefes, de maneira que no noticiario só aparecem os agentes comprados por ultimo, como os politicos, os policiais, os bandidos, os presidentes das estatis, etc.  O povo ignora os sábios do sião, os Rotchild, os Rockfellers… quanto mais os poderosos chefões. Tal como a tribo dos quixoxó ainda primitiva e meio-perdida na selva amazônica entrega seu ouro em troca de bugigangas para outros nativos que viajam ao grande rio e vão entrega-lo nos barcos, e os quixoxós não tem a menor idéia que são explorados e estão pagando á uma civilização distante de cara-pálidas que se denomina de país, nação. De repente o clima em suas terras muda, a chuva vem como nunca antes, ou aparece um bombardeio de aviões de traficantes ou garimpeiros, ou seja, mil eventos podem ocorrer mudando sua história sem que eles jamais se apercebessem da existência de fôrças ocultas responsáveis para que os eventos se dessem daquela maneira. E se existe um império galáctico que venha a dar uma olhada por aqui a cada cinco mil anos, talvez buscar alguma colheita do que plantaram… como a tribo de negros no coração da África terá a noção de que pertencem a êste império se nem sabem que existem galáxias?

Eu tive uma péssima vida e culpo o péssimo desenho ou projeto dêste mundo mais as imperfeições dos humanos como a causa de minha vida estúpida. Aos humanos ainda dou um desconto porque na verdade são vítimas como eu. Sempre me preparei para o suicidio no dia seguinte, pois é mais inteligente ser o nada absoluto do que ser  um zumbí vivo torturado. Mas sempre tive essa teimosa idéia ou sonho de me vingar contra meus algozes – sejam deuses ou descomunais fôrças naturais – antes de cair definitivamente. E para empreender esta batalha, ou até mesmo tentar vencê-la, é preciso investigar e obter informações sôbre o inimigo. A vida humana pode ser muito melhor se os seres humanos atuarem da maneira certa, os que estão oprimidos não estão sendo os agentes intelectuais, então quem são os errados opressores intelectuais? Por isso lí uma montanha de livros e prestei uma atenção diferente aos eventos por onde andei. Mas a Vida em geral na Terra poderia ter sido muito diferente se tivesse havido um projeto inteligente e sensível, amoroso, aos seres viventes. Os fatos evidenciam o contrário. Então o que, ou quem, está errado e por trás das origens e manutenção desta Vida? Aqui não adianta buscar nos livros, nas universidades, nas igrejas, pois já fiz essa busca e retornei de mãos vazias. Então só me restou algo: prestar atenção aos elementos envolvidos e aos eventos que ocorrem sempre desenhando a melhor sugestão da força ou elemento que pode estar por trás dos elementos e eventos. Como o delegado pede ao desenhista um retrato falado do suspeito.

Então descobrí que o método da anatomia comparada entre dois conhecidos elementos constantes da linha evolucionária pode revelar a imagem de um terceiro elemento oculto nesta mesma linhagem, ou fora dela. Fui lá na selva bruta onde as origens aconteceram e devido não ter sido invadida pelo homem branco os elementos de hoje ainda podem ser as testemunhas dos eventos nas origens. Assim cheguei na Matriz/DNA. Ela corresponde ao retrato falado e preenche formidavelmente os requisitos que foram necessarios para ter sido o agente por trás de todos os elementos e eventos descritos naqueles vídeos.

Mas então percebí que estou retornando à estaca zero: de nada adianta uns poucos saberem quem é e onde está o mal, se a grande massa de estudantes e cientistas mantem-se acomodados na ignorância atual, e dão o poder para a Matriz/DNA continuar manipulando os cordéis de nós todos, como marionetes. E o pior: fazem isso com arrogância, rindo-se da ignorancia dos outros ignorantes!

Vivemos e morremos como as estrêlas

sábado, junho 19th, 2010

Ciclo Vital Humano e Astronômico

A matéria burra da Terra nâo inventou os ciclos vitais, pois descobrimos que os astros como os planetas - e portanto a Terra - já tinham ciclos vitais muitos bilhôes de anos antes das origens da Vida Na Terra.

O Melhor para a meia-idade e velhice

sábado, março 14th, 2009

Ha’ pessoas que na meia-idade tornam-se cansadas, tristes e `a medida que a idade avanca cada vez mais tornam-se cabisbaixos, inutilizados. Outras, mesmo pobres, continuam animadas, lutadoras, saudaveis e envelhecem sem o perceberem. Existem dois segredos que muito influem nesta diferenca:

1) Todos tem um sonho de realizacao, mas e’ melhor que o seu sonho de realizacao individual seja apenas uma parte de um sonho maior, o da realizacao de sua Humanidade, ao inves de um grande sonho egoisticamente individual. Pois enquanto um individuo tem uma vida curta e dirigida para um ponto fatal, a morte, a Humanidade tem uma vida aberta ao infinito. De maneira que grandes sonhos individuais raramente se realizam e na meia-idade ja se percebe que o pouco tempo restante prenuncia o fracasso,  mas o sonho para sua Humanidade nunca fracassara perante seus olhos e a esperanca tambem se expande ao infinito. E se todos tiverem o grande sonho para nossa Humanidade melhor, ai’ sim, todos veremos nosso grnade sonho pessoal se realizando ainda durante nossas vidas.

2) Assim como o estomago necessita de alimento, tambem o cerebro, porem o alimento pata o cerebro e’ “informacao”. Um cerebro que nao foi bem nutrido quando crianca e jovem, irreversivelmente se tornara lento e atrofiado, como acontece com o corpo na velhice, mas aquele do qual foi muito exigido e habituado a exercitar-se, ao caontrario, cada vez mais se tornara vivaz.