Posts Tagged ‘Inglês’

Excelente para aprender inglês falando com Americanos

sábado, junho 22nd, 2019

xxxxx

https://www.cambly.com/en/student

Para nao reclamarem que o professor de ingles nao falou das cores…

terça-feira, março 19th, 2019

xxxxxx

Nenhuma descrição de foto disponível.Foto do perfil de thatcrazyb

Aprendendo Inglês: Interessantes expressoes

segunda-feira, maio 30th, 2016

xxxx

Para mim – e acho que para a a maioria das pessoas que tem outros idiomas nativos – jamais seria capaz de escrever estas frases do jeito que ingleses as escrevem. “Unto” ?! Qual seria a tradução desta palavra no contexto do texto abaixo?

“Do unto others, as you would have them do unto you.”

” Faça aos outros assim como você tem feito a ti mesmo”

xxxx

“Don’t do to others what you would not have them do to you.”

” Não faça aos outros o que você não gostaria que fizessem contigo”

E veja aqui as palavras ” you would not have them do to you”. Como traduzir isto literalmente? ” Você não teria eles fazer para você”?

xxxx

Arre! Este burro velho aqui vai morrer sem aprender falar inglês mesmo tendo sido aceito como cidadão americano por este generoso povo! Que vexame!

English-Street: O que saber para sobreviver nas ruas da América

quarta-feira, maio 30th, 2012

– Give me the money or I will put my piece into your mouth!”

Nesta situação casual de um assalto de rua você pode ficar embasbacado. “O que este cara está dizendo?! Vai botar “quê” peça na minha boca?”  Se for um gay é capaz de gritar rápido:  “Cruiz credo maravilha… não dou o dinheiro! Não dou, não dou e não dou!”

Acontece que numa das girias de rua, piece é gun, ou seja, arma, revolver.

Se você ficar apavorado numa casa de rico com mêdo do pit bull te morder, ouvirás: “Relax, relax…” Mas se num onibus lotação ficares brabo por que alguem está te mordendo e arrancando pedaço do bumbum, ouvirás:  “Chillin, chillin…”, que é giria para ‘relaxe, relaxe” e acho que veio do “relaxing”. E vão explicar: “Aqui tem uma tribo canibal que veio da África cujo costume é “comer” o bumbum dos turistas… nada de mais, chillin, chillin…”

Agora imagine o jeitinho brasileiro de fazer piada de tudo e um dêles querendo ser engraçado no meio do povo que está vendo a Estátua da Liberdade diz alto: “Esta mulher da estátua está viva e é esperta: esta noite olhei da janela do hotel quando todo mundo dormia e ví a estatua se mexer, dar uma olhada na cidade inteira, e depois que se certificou que todo mundo estava dormindo, ela largou a tocha no chão e sentou-se para descansar as pernas. Só quando a primeira luz acendeu numa casa ela se levantou rápido a ficar nesa mesma posição, he, he,he…” Êste vai ouvir: “This joke is not cool! It is a dissin!” Porque dissin é a giria para desrespeito, insulto. Portanto, nunca dissin ninguém na terra dos outros.

Mas isto não é brincadeira. Você aprendeu na escola no Brasil o Inglês shakespereano, da Inglaterra, e seu professor parece um soletrador, tudo certinho, mas… Pode ter horas que não conhecer uma giria pode te deixar em maus lençóis. Por exemplo quando pedes permissão para algo  e esperas um assentimento ou uma negação, o segurança do aeroporto te diz: “Ahite.” Cuja pronuncia seria “ar-rai-t”.

– “Arrait? Que êsse cara está dizendo? Sim ou não?” Ahite é a giria para “all right”, tudo bem, tudo certo. Aqui você pensa que é fácil captar a diferença, mas lá na hora vai ver como isto confunde e dá um branco total na cabeça. Eu mesmo logo que cheguei passei o maior carão na frente de todo mundo. Que vergonha! Estava dirigindo numa estrada meio impedida por reformas e o transito confuso sendo controlado por policiais, do tamanho do King Kong, quando numa virada um sinal que estava vermelho mudou para verde e eu já estava na fila seguindo o movimento do carro à frente que atravessou quando vem um policial gesticulando e apitando e mandando eu parar no meio do cruzamento. E veio brabo: “What are you doing? Bécof, bécof!” Eu fiquei apavorado e no branco total só ouvia “off” , entendí que era para sair do carro, abrí a porta e fui saindo, uma multidão me olhando, quando o policial exasperado, todo mundo buzinando na outra pista devido meu carro atravessado no meio, chegou mandando entrar no carro fechando minha porta e então fêz sinal com a mão para eu dar a ré. Só aí entendí que bécof quer dizer back off e isso quer dizer “volte para trás”. Cada uma que me acontece! Tudo por culpa dessas girias e espressões idiomáticas!

Então para que se prepare e evite trombadas quando vier aqui, aí vai uma lista de girias que foi feita pela rêde de lojas Express sob o nome de “Express You! Street Verbage [sic] Guide” e distribuida para seus vendedores para que falem a lingua dos clientes. A lista foi publicada em:

The Awl

http://www.theawl.com/2012/05/express-street-verbage#more

By Matthew J.X. Malady | May 29, 2012

Express’ Crazy 90s Guide To “Street Slang”

(Clique nos quadros para amplia-los)

English gírias de A a F

English gírias de A a F

Não esqueça de clicar nos quadros, porque é o “dope”‘ jeito de ler as letras. Dope é a giria que significa “the best”, o melhor! Pode isso?

English girias de G a L

English girias de G a L

English gírias de M a R

English gírias de M a R

English girias de S a Z

English girias de S a Z