Posts Tagged ‘inteligência’

De onde vem a inteligência comprovada do bolor verde que cobre o pão velho?!

quarta-feira, abril 17th, 2019

xxxx

Chamamos de “bolor” aquelas manchas ou substancias de massas gelatinosas que aparecem sobre materiais orgânicos em decomposição. Algumas figuras de bolor:

Por Lairich Rig, CC BY-SA 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?purid=13643375

 

Plasmódio com a sua rede de “veias”. By bernard bradley

Estes bolores são formados e constituídos por microorganismos muito simples, com uma so célula, que poderiam viver como organismos unicelulares livres, mas que se agregam em massas mucilaginosas macroscópicas, formando colônias.

Ate ai, tudo bem, toda criança está cansada de ver isso na Natureza e não se dá muita atenção a isso. Mas acontece que cientistas japoneses estudando e fazendo experiências com estes bolores descobriram algo surpreendente que nunca ninguém foi capaz de imaginar…

O bolor, essa massa disforme, tem principio de inteligencia! Age demonstrando ser inteligente! 

Um artigo da BBC News, no link abaixo, diz:

When slime is not so thick (Quando o bolor não é tão “grosso, espesso”)

http://news.bbc.co.uk/2/hi/science/nature/944790.stm

A descoberta deu-se no seguinte experimento: os cientistas fizeram numa placa uma série de canais na forma de um labirinto. Numa ponta puseram um pouco de bolor e no final do caminho mais fácil colocaram alimento orgânico em decomposição, a comida preferida das minúsculas criaturas. No inicio, como era de se esperar, a massa de bolor se multiplicou espalhando-se por todas as aberturas, todos os caminhos. Mas quando a massa encontrou a comida, ela começou a se transformar. Ela começou a diminuir, quando se esperava que ela ia crescer, engordar ainda mais, claro, pois está tendo alimento. Mas ela começou a cortar de seu corpo as extensões apenas de alguns canais, enquanto num canal ela começou a emagrecer e se esticar o máximo possível. No final ela ficou como uma tira fina e só num caminho, que vai de onde ela partiu até o ponto do alimento. E acontece que dos 4 caminhos possíveis, os outros três davam muitas voltas desnecessárias, alguns retornavam ao ponto de partida. Havia um único caminho mais fácil, que ia direto para a comida, e foi esse que a massa escolheu e se fixou. Com isso ela se alimentou muito melhor pois havia muito menos criaturas para dividir o mesmo alimento, economizando energia, etc. Exatamente o que uma fila de humanos teria escolhido, se tivessem que passar de mão em mão uma pilha de tijolos por um labirinto ate o ponto onde estariam construindo uma parede. Ou então recolhendo algo do ponto final.

  • “Não tem como discutir. Apenas algo com alguma inteligencia procederia assim.”

Anunciando sua descoberta no Journal Nature, os pesquisadores disseram que eles acreditam que o organismo mudou sua forma para maximizar sua eficiência na colheita e portanto sua chance de sobreviver. (Announcing their findings in the journal Nature, the researchers say they believe the organism changed its shape to maximise its foraging efficiency and therefore its chances of survival.)

Raios… eu copiei e colei o texto tal como esta’ escrito no artigo da BBC News porque fiquei com a pulga atras da orelha quando li isso. Quando me deparei com a palavra “maximise” não acreditei no que estava lendo, mas constatando que era verdade, corri nos dicionários suspeitando que aprendi o inglês errado. Pois eu aprendi que se escreve com “z”, “maximize”, e não com “s”. E os dicionários disseram que quem esta’ certo sou eu, o inglês que escreveu o texto esta’ errado… Talvez alguém esta’ precisando de um pouco da inteligencia das bactérias…

Mas, vejam como são as placas e o labirinto. Na imagem da esquerda se nota como, em situação normal, a massa se alastra por todos os canais, sem qualquer orientação. Na placa da direita se mostra como ficou a massa (quase um fio fino e por um só caminho) depois do achado do alimento.

Slime Bio-Mimetic Control Research Center

Agora, cá entre nos, deixa-me sussurrar algo em segredo ao seu ouvido, mas por favor não vá dizer a ninguém, senão a academia cientifica no poder hoje pode me mandar para a fogueira como herege.

Ora, essas criaturas e a massa que formam não tem o menor resquício de um cérebro, nem mesmo algo que se pode chamar de um principio de sistema nervoso. Para mim esta’ obvio que esse comportamento não pode ter sido produzido por inteligencia destas criaturas. Mas então o que foi de inteligente que orientou de fora esta massa? Bem, existe uma outra cena na Natureza onde vemos criaturas sem sistema nervoso se orientando na direção do alimento. Estou me referindo as plantas que crescem sempre com a ponta o mais próxima da luz do sol possível. E para isso não apenas o tronco, mas os galhos se torcem, se distorcem, se esticam todo, fazem voltas contornando obstáculos de sombra, com a determinação unica de obter o máximo de luz para a fotossíntese. Não acho que essas criaturas façam fotossíntese ( a pesquisar), mas fazem algo parecido com a quimiossíntese, um método mais primitivo e anterior na evolução, mas que faz quimicamente criaturas simples mudarem de forma na direção de alimento ou luz ou calor.

Mas porque os cientistas não pensam nisso, parece que nem se lembram disso ao observar a massa, ao menos no “paper” nada dizem disso?! Já vão correndo concluindo que as  criaturas tem alguma inteligencia?! Claro que eles conhecem as origens e a historia evolutiva anterior de onde veio estas criaturas, melhor do que eu conheço. Então porque lhes dá esse branco na cabeça quando observam o fenômeno, a ponto de não ligarem esta cena com a outra tao velha conhecida?

A causa é que uma equivocada visão do mundo se formou uma doutrina acadêmica passando de geração de estudantes a novas gerações de maneira que os neurônios são configurados de maneira a formarem networks que não copiam a network dos movimentos naturais, ou seja, raciocínios dessincronizados com a Natureza.  Devido a isso estes lapsos são inevitáveis e o pior, jamais estes cérebros vão aceitar serem reconfigurados a não ser na base do porrete, ou seja, com uma enorme massa de novos dados que sejam impossíveis de questionar.

Esta visão de mundo esta’ pondo coisas onde não cabem, onde a Natureza não poe. Tudo agora virou moda, esse negocio de adornar um punhado de átomos com personalidade própria, intenções inteligentes que se comportam para produzir planejados resultados futuros, como fazem com os punhados de átomos chamados de genes… “os genes são egoístas e tudo fazem para perpetuarem-se pela reprodução a qualquer custo…”… um punhado de átomos que tem consciência que existe futuro e que querem estarem vivos no futuro…

Ora,… convenhamos…

Agora são microcélulas fazendo mapas, traçando rotas, e o pior, modelando as curvas de seus corpos no mesmo modelo que veem o mapa de cima…

Nem humanos conseguem fazer isso. Eu ganhei um sapato caríssimo do meu ex-boss, lindo de morrer, mas quando enfiei o pé não aguentei andar, estava apertado e doendo demais. Eu daria tudo para poder usar os sapatos, então se pudesse encolheria meu pé alguns centímetros para caberem no sapato. Massas de bolor fazem isso eu não posso, são mais cientificas e inteligentes que eu…

Colonias de formigas e abelhas montaram sistemas sociais que beiram a perfeição, tudo funciona com eficiência máxima, todo o trabalho dividido em equipes e cada qual especializado na sua função. Seria a rainha uma reencarnação de algum maestro de orquestra que tinha a mania de comer todas as candidatas antes de aceita-las na orquestra e voltou para pagar seus pecados na forma de formiga? Pensando nessa hipótese eu peguei uma rainha, botei ela numa caixa de vídeo e fiquei berrando em cima dela: “Ei,… Bethoven!”. Se ela não apresentava nenhuma reação eu voltava a carga: “Ei, Mozart!”…

Não tem disso, não são maestros reencarnados, comprovei isso com essa experiencia cientifica super sofisticada.

Esta visão do mundo só consegue ver os fenômenos naturais pela meia parte esquerda de uma porta entreaberta, na qual esta escrito “método reducionista”. A outra folha direita da porta onde esta’ escrito “método sistêmico” fica fechada tampando a metade do mundo. Questão de miopia decorrente da total dominância do hemisfério esquerdo do cérebro e ausência dos atributos sistêmicos do hemisfério direito.

Assim quando estes pesquisadores vão observar o fungo ou seja la o que for do bolor, assim como quando observam as formigas, ou os genes, concluem rapidamente que só podem serem inteligentes para fazerem o que fazem. Porque se a evolução universal é uma só cadeia de causas e efeitos eles a dividiram em cosmológica e biológica e agora nestes punhados complexos de átomos organizados de forma biológica eles só consideram a evolução biológica. Assim não enxergam as causas que vem da Historia Natural Universal desde seus primórdios.

Quando na selva eu dava mordidas nos rabos de macacos que ficavam pulando em cima de mim e me enchendo o saco sem deixar eu ler meus livros ou escrever minhas equações, descobri que o DNA não surgiu por acaso e nem pelo simples desenrolar de reações químicas, mas sim que ele veio de outro DNA muito maior e muito mais antigo, que existe em galaxias, átomos e começou la’ no Big Bang, na forma de uma simples onda de luz natural. Trata-se da formula universal para todos os sistemas naturais a qual chamei de Matrix/DNA. Pois observando agora a experiencia dos cientistas eu vejo na formula o que é que de fora da massa, esta’ modelando a massa informe daquela maneira, o que é que esta vendo de cima o mapa, mas por ele estar igualmente dentro de todas as criaturas que constituem a massa, ele modela a massa coletiva e orienta-a a imitar a sua própria figura como sistema. Assim como, quando observando a sociedade das formigas, descobri que tudo o que elas fazem é o mesmo o que robots montados pela formula do sistema fariam.

Quando eu era um girino na barriga da minha mãe, eu era desajeitado pra burro, nem pernas para andar tinha. Meu corpo foi mudando de forma, gerou bracos, pernas, língua para lamber, fuckinha para fukinhar, etc. Na cabeça destes cientistas japoneses, o girino tem inteligencia e modela o corpo de acordo com necessidades futuras que vão ser necessárias num mundo la fora que o girino nunca viu. Não lhes ocorre olharem fora da barriga, para o corpo da mulher para perceberem que quem esta modelando o girino e alguém, um corpo, que esta fora e ao mesmo tempo, na forma de genoma, dentro do pequeno universo do girino. Na cabeça destes cientistas, se eles interromperem o tubo que leva através da placenta o alimento para o girino, o girino vai se mover, entrar no tubo, dar as mil voltas do tubo enrolado ate chegar onde o alimento parou….

Este processo que gera, de um corpo isolado e inerte, a sua transformação em varias formas diferentes, chamamos de ciclo vital, o qual foi o principio que montou o primeiro sistema neste Universo… e ele esta’ encriptado numa simples onda de luz.  O Ciclo vital se torna o fluxo de informações que percorre todo o sistema. Acontece que no circuito total tem um trecho em que as partes menores todas se dirigem para a parte que emite luz.  Este trecho se evoluiu para a forma biológica da fotossíntese.  Mas o que aproxima as partes menores da parte que emite luz não é a luz propriamente dita e sim os corpúsculos dela, os fótons, que estão tanto dentro das partes menores como estão no corpo que emite a luz. Estes fótons todos tende-se a alinharem-se na forma de montarem uma copia do sistema, por isso se auto atraem e se posicionam exatamente como estavam na onda de luz. Esta atracão gerou o processo que denominamos “comer”.

Pois na matéria orgânica em decomposição estão fótons presos que estão escapando pela decomposição, fótons buscados pelos fótons que estão no corpo da criatura e portanto em toda a massa. A coisa e muito mais complexa do que se vê no laboratório. No dia que esses cientistas descobrirem a formula universal, eles vão ter vontade imensa de construir aparelhos que sejam capazes de verem sinapses fluorescentes mas ainda ocultas aos nossos censores biológicos e artificiais mecânicos, formadas por fótons que estão dentro dos elétrons que estão dentro dos átomos que estão dentro do DNA que estão tanto nas criaturas numa ponta como na matéria orgânica em decomposição na outra ponta. E vão aprender que estes conceitos como ~comida”, ou “comer” na verdade não existem, são meros produtos apresentados a nossos olhos pela atividade de fótons que possuem a tendencia eterna de se procurarem e se juntarem onde estiverem com o sonho de recomporem o ciclo vital. A coisa toda é muito mais complexa do que imaginam.

Formula da Matrix/DNA: Mais uma aplicação pratica, em inteligencia emocional para empresas

sexta-feira, abril 12th, 2019

xxxx

Para empresas e instituições em geral tornou-se importante e bastante constante as palestras de gurus sobre inteligencia emocional e desenvolvimento de pessoas na situação do trabalho. Este artigo revela a base do discurso destas palestras, que é o conselho de uma liderança mais flexível e democrática contra a arcaica liderança técnica e fria.

Acontece que ao ler o artigo desde o inicio fui me lembrando da formula Matrix/DNA pois o professor nada mais esta falando de como funciona um sistema aberto ideal, mas sem ter noção de que ele esta fazendo isso. Ou seja, eu poderia fazer uma palestra muito mais interessante resultando numa mensagem final mais memorizável, mais aplicável na pratica. Descobri um novo campo de aplicação para a formula. A seguir vai o comentário que enviei no artigo, o qual sumiu, talvez para a moderação e preciso voltar a ver se foi publicado e se tem respostas ou perguntas.

‘Em vez de brigar, eu resolvo o problema’

https://www.folhadelondrina.com.br/folha-mais/em-vez-de-brigar-eu-resolvo-o-problema-2937364e.html

https://www.folhadelondrina.com.br/folha-mais/em-vez-de-brigar-eu-resolvo-o-problema-2937364e.html

O professor convenceria melhor os alunos se aplicasse a formula para os sistemas naturais porque o ambiente de trabalho e um sistema, o líder e a identidade abstrata que emerge da soma não apenas das informações de todos os envolvidos mas sim também das relações internas entre os envolvidos. Assim como a Natureza monta os seus sistemas, uma equipe ou unidade produtiva e montada nos moldes do ciclo vital que começa pela entrada de matéria prima, como dados, etc., e processada com a mistura das informações e objetivos da unidade de onde nasce o germe do produto final, esse germe cresce com agregação de mais dados como a demanda do mercado, quando então o fluxo do produto se bifurca, com metade das informações voltando ao centro de processamento e memoria a ser acumulada como experiencia para as próximas produções e a outra metade vai embutida no produto rumo ao mercado. A formula, denominada Matrix/DNA e descoberta por um brasileiro esta na Internet, e a visão ou perspectiva do conjunto como sistema ajuda muito, inclusive mostra como tornar cada parte altruísta e portanto mais produtiva ao mostrar empaticamente as necessidades e tendencias que cada função na produção afeta o individuo que a exerce. Quanto a lideres ditatoriais técnicos são os partidários de impor a ordem dos sistemas fechados, os quais terminam por se isolarem e saírem ultrapassados fora do mercado.

Como vão se acumulando os problemas negligenciados e não resolvidos pelo povo brasileiro: a inferioridade dos filhos

sexta-feira, janeiro 25th, 2019

xxxx

Infelizmente, não se trata de mera opinião de uma pessoa, mas sim de dados levantados por uma organização, o Banco Mundial. Então quando a militância festiva seja vinda dos predadores lobos da classe media ( os bolsonarianos), ou dos predadores lobos vindo da classe baixa (os Petistas) arrota arrogância tentando impor suas opiniões, é bom sempre lembrar a eles que suas mentes tem 260 anos de atraso em relação ao nível da inteligencia de quem vive nos países mais evoluídos, e isto porque desde as crianças os pais fazem enorme esforço para conduzir seus filhos  lerem muito e os livros certos. Sinto muito, não queria que fosse assim, afinal tenho amigos e parentes no Brasil, mas é preciso lembrar a verdade porque ela alerta sobre o que se acredita ilusoriamente ser outra a verdade, ou por ter sido enganado pela mentira ou por falta da informação adequada.

Trecho extraído de um artigo:

Existe um abismo entre a realidade da educação no Brasil e de outras nações. A expectativa é que estudantes brasileiros levem mais de 260 anos, por exemplo, para atingir a proficiência em leitura dos alunos de países desenvolvidos, segundo relatório divulgado no ano passado pelo Banco Mundial. 
Políticas públicas adequadas e implantadas para realmente melhorar o nível da educação no País podem ajudar a reduzir esse abismo.

EDITORIAL – 25 de Janeiro de 2019

A redação do Enem e a falta de leitura no País

 

https://www.folhadelondrina.com.br/colunistas/opiniao-da-folha/a-redacao-do-enem-e-a-falta-de-leitura-no-pais-1024889.html

The Drake Equation: Vidas ou Inteligentes Civilizacoes no Universo

terça-feira, junho 26th, 2018

xxxx

 

TThe Drake Equation, a mathematical formula for the probability of finding life or advanced civilizations in the universe. Credit: University of Rochestehe Drake Equation

The Drake Equation, a mathematical formula for the probability of finding life or advanced civilizations in the universe. Credit: University of Rochestehe Drake Equation

 

What is the Drake Equation?

https://www.universetoday.com/39966/drake-equation-1/

My God !!!:

” There are an estimated 200 – 400 billion stars within our Milky Way, and modern estimates say that there between 1.65 ± 0.19 and 3 new star form every year.  Assuming that our galaxy represents the average, and given that that there are as many as 2 trillion galaxies in the observable Universe (current estimates based on Hubble data), that means that there are as many as 1.5 to 6 trillion new stars being added to the Universe with every passing year! However, some of the other values are subject to a great deal of guess work….

Wikipedia: https://en.wikipedia.org/wiki/Drake_equation

Dr. Frank Drake

Dentre os criticos negativos `a equacao de Drake tem:

The Fermi Paradox:

Com quase infinitas possiblidades de existencia de civilizacoes mais avancadas que a terrestre, entao porque nao somos visitados? Where is everybody?!

https://en.wikipedia.org/wiki/Fermi_paradox

The Fermi paradox, or Fermi’s paradox, named after physicist Enrico Fermi, is the apparent contradiction between the lack of evidence and high probability estimates[1] for the existence of extraterrestrial civilizations.[2] The basic points of the argument, made by physicists Enrico Fermi (1901–1954) and Michael H. Hart (born 1932), are:

  • There are billions of stars in the galaxy that are similar to the Sun,[3][4] and many of these stars are billions of years older than the Solar system.[5][6]
  • With high probability, some of these stars have Earth-like planets,[7][8] and if the Earth is typical, some may have developed intelligent life.
  • Some of these civilizations may have developed interstellar travel, a step the Earth is investigating now.
  • Even at the slow pace of currently envisioned interstellar travel, the Milky Way galaxy could be completely traversed in a few million years.[9]

According to this line of reasoning, the Earth should have already been visited by extraterrestrial aliens. In an informal conversation, Fermi noted no convincing evidence of this, leading him to ask, “Where is everybody?”[10][11] There have been many attempts to explain the Fermi paradox,[12][13] primarily either suggesting that intelligent extraterrestrial life is extremely rare or proposing reasons that such civilizations have not contacted or visited Earth.

Um paper sobre The fermi Paradox:

https://arxiv.org/abs/1806.02404

Dissolving the Fermi Paradox

Anders Sandberg, Eric Drexler, Toby Ord = (Submitted on 6 Jun 2018)

xxxx

The “Great Filter” Hypothesis:

Wik: https://en.wikipedia.org/wiki/Great_Filter

But perhaps the best known explanation for why no signs of intelligence life have been found yet is the “Great Filter” hypothesis. This states that since that no extraterrestrial civilizations have been so far, despite the vast number of stars, then some step in the process – between life emerging and becomes technologically advanced – must be acting as a filter to reduce the final value.

 

xxx

Uma possibilidade aventada apenas por mim:

Suspeito que existem muitas formas de inteligencia for a deste planeta que poderia ser captadas por nos, mas nunca poderiamos captar outra auto-consciencia de fora do planeta. E nem ela poderia nos comunicar. Porque?

Segundo a Historia Universal sugerida pela cosmovisao da Matrix/DNA, estivemos ha’ bilhoes de anos atras, na forma de um ancestral nao-biologico, o qual era esta galaxia. esta galaxia evoluiu ao ponto de se tornar a maquina ,ais perfeita possivel de se fazer com esta materia. Mas ela nao conseguiu dar o salto para a auto-consciencia. Ela seguiu o caminho contrario ao que permite a sua evolucao, tornando-se um sistema fechado em si mesmo, transformando seu inteiro corpo num Paraiso onde se acomodou definitivamente. Estava apenas seguindo a tendencia desta materia que e’ a busca do equilibrio termodinamico e talvez ainda a tendencia da energia natural produzido pelo atrito do avancar da luz na substancia especial de materia escura, que e’ alcancar a maior velocidade de movimento possivel de onde ela obtem seu frenesi orgastico.

Mas ao inves de se tornar definitivamente eterna neste estado, a galaxia comecou a ser atacada pela entropia, pela qual as particulas-informacao que correm no circuito esferico do sistema comecam a se desviar do fluxo e se internalizam pelo sistema caindo na direcao do seu nucleo. Isto enfraquece o sistema e comeca a gerar o caos no seu centro, devido a contradicao entre as informacoes e tendencias nas particulas do centro com as informacoes e tendencias das particulas da periferia ( exatamente como caiu o Imperio Romano). O acumulo de particulas da periferia produziu a emergencia dos sistemas biologicos e possivelmente outros nas superficies de astros como os planetas.

Agora a humanidade apresenta dois aspectos evolutivos pertinentes:

1) A robotizacao do corpo conduz `a construcao de um Paraiso para este corpo e a acomodacao dele definitivamente num novo sistema fechado em si mesmo. Com isso nao havera estimulo nem razao para sacrificios no empreendimento de viagens estelares e a civilizacao continua neste estado ate’ ser exterminada por fatores externos a ela. O feto de auto-consciencia que ela esta gestando pode ser abortado morto. ( exemplo: os dinossauros e o destino de todos os grandes predadores assim como das presas existentes hoje);

2) A emergencia ou fecundacao do corpo por uma nova entidade no universo, chamada de auto-consciencia, que esta em estagio de gestacao, talvez na forma de feto ou embriao. Ao finalizar este processo de gestacao, a entidade a nascer pode ser livre desta materia e vai habitar uma diferente dimensao. Assim a atual forma humana e sua substancia material pode passar por um salto evolutivo transcendental quando e’ transformado em outro tipo de arquitetura a suportar a auto-consciencia ( exemplo: o hipotetico alienigena puro energia e consciente);

Nos dois casos, provavelmente a civilizacao humana altamente tecnologica nunca vai realizar viagens interestelares nesta dimensao de materia que captamos… e outros no mesmo estado possam captar.

Acho que esta e’ mais uma possibilidade racional sobre “onde estao os outros”? Isto pode acontecer com todas as civilizacoes biologicas desta galaxia.

xxxx

 

 

O que e’ o “mal”? De onde vem?

sábado, março 24th, 2018

xxxx

Porque existe o mal na biosfera terrestre? Digo, o “mal” segundo a definição: ” O mal e’ qualquer agente que causa qualquer desconforto em qualquer ser vivente”.

E quando começamos a pensar nisso, me vem logo a mente um exemplo clássico do mal: uma ovelha sendo dilacerada e devorada viva por uma fera. E então volto a memoria para 4 bilhões de anos atras quando o planeta nada tinha de vida, e procuro no que havia, onde estava a causa, a força ou o elemento físico, que mais tarde, no contexto da biosfera, se expressou como produtora do mal.

As feras predadoras matam os vegetarianos que matam as plantas. Então as feras predadoras seriam uma vingança das plantas, e ao mesmo tempo uma especie de anticorpo do sistema imunológico das plantas. E isso me faz suspeitar de algo escabroso. Sera que a evolução avança por ciclos reencarnatorios onde cada ação produz uma reação de força igual e direcao oposta? Sera que exista algo relacionado ao espiritismo nisso?

Vem a memoria a questão dos ciclos de alternância entre caos e ordem. Parece-me que onde tem ordem, não tem o mal. Como esta biosfera surgiu em estado de caos ( e a formula da Matrix/DNA sugere uma razoável explicação de onde e porque veio esse caos), os humanos são produtos e filhos do caos, então não poderia ser de outra forma, os humanos podem expressar o mal que esta na sua natureza que o criou. Mas a existência do mal e da consciência ao mesmo tempo num ser, e’ um absurdo paradoxo. Neste ser a consciência jamais deveria evoluir porque ela não suporta o mal.

Mas porque então a evolução teria produzido ovelhas? E do jeito que são, ou seja, elas não tem outra coisa para comer?

Vamos ficar com este capitulo com esta questão em aberto talvez ate o infinito, sem uma resposta, mas vamos continuar procurando-a.

Disso tudo, concluo que a consciência que existe neste universo e’ a culpada da existência do mal nesta biosfera terrestre. Pois e’ obvio que neste imenso universo existam inteligencias superiores a humana. E tao superiores que elas devem ter facilidade em saber tudo o que ocorre no universo, então sabem o que esta ocorrendo aqui. E inteligencia superior indica a existência de consciência, e consciência superior a humana. Ora,… se a minha consciência humana já não suporta a existência do mal aqui, e só’ não aniquilo todas as formas de mal porque sou fraco para isso, uma consciência superior deve aceitar muito menos ainda, com o agravante de que ela tem que ter o poder suficiente para eliminar o mal aqui. Então surge a pergunta que me deixa indignado: ” Porque essas consciências superiores não atuam?” Não admito justificativas, não pode haver nenhum argumento que justifique a um poderoso ser consciente assistir uma fera devorando uma ovelha, ou um grupo de humanos facínoras estuprando e matando uma mulher, sem fazer nada!

Resta a possibilidade de que a minha mente, a razão humana, desconhece totalmente o que e’ a existência, sua complexidade em múltiplas dimensões, e que no contexto destas múltiplas dimensões, esta forma de eu colocar o problema simplesmente não faz sentido, porque existiriam leis naturais verdadeiras que anulariam tudo o que eu acredito ser lei natural. Por exemplo, algo pode vir do nada, ou o positivo atrai o positivo, um mais um não e’ dois, etc. Mesmo assim não justificaria deixar existir uma consciência menor na ignorância assistindo os horrores feitos pelo mal. Se numa hipótese tresloucada, eu tiver alguma forma de vida apos a morte, e nesta forma eu tenha acesso a instancias de consciências superiores, vou subir a estas instancias muito furioso, vou exigir uma explicação que eu nunca poderia ter pensado mas que convença, ou então, vou tentar punir estas consciências superiores pela sua total negligencia, irresponsabilidade e crueldade.

Na continuidade desta pesquisa e’ bom lembrar que o mal atuante nem sempre vem de um forte sobre algo mais fraco. Basta lembrar que um microscópico vírus pode torturar e matar um corpo humano milhares de vezes maior e mais forte que ele.

Realmente esta e’ uma questão deprimente, absurda, do tipo que nos faz desistir de ter esperanças.

( pesquisar “o mal” no Google)

Evolucao exige `a mente humana ultrapassar os limites do imediato

quinta-feira, novembro 9th, 2017

xxxx

A maior capacidade de algumas pessoas detectarem mias que outras os detalhe visuais do ambiente imediato nao significa que tais pessoas sao mais inteligentes e possuam maior IQ – este estudo comprova. Eu acho que isto e’ obvio, tenho ha’ muito percebido isto. Pessoas que reparam em tudo – como a roupa, o cabelo, de outros, e pessoas que cheiram tudo, se incomodando e se concentrando em cheiros, significa que investem todo seu tempo na vida imediata e nada investem na busca do conhecimento dos ambientes alem do imediato, cujas coisas estao invisiveis e nao emitem cheiros, como as dimensoes do macro e do microcosmos, a macroeconomia, ou macropolitica,etc. Mas e’ justamente o esforco dobrado intellectual na manutencao destas coisas de horizontes mais amplos que puxam a inteligencia obrigando-a se ampliar tambem. Os animais sao mestres em captar os detalhes imediatos, nao tem humanos melhores que eles, no entanto, nunca voltam seus olhos nem para admirar as coisas visiveis do ceu, por isso tem inteligencia zero.

Visual Intelligence Not the Same as IQ

http://neurosciencenews.com/iq-visual-intelligence-7897/

Cerebro e Matrix/DNA: Inteligencia Surge de Um Algoritmo no Cerebro Humano

domingo, março 26th, 2017

xxxx

Ha’ mais de um seculo – depois de algumas importantes descobertas sobre o cérebro – tem sido acreditado que existe uma infra-estrutura no estilo computacional que deve estar oculta por trás das funções do cérebro e tem-se insistido que e’ necessário descobrir esta infraestrutura para se entender melhor este cérebro. Esta logica computacional, acreditam os acadêmicos – deve dirigir a maneira pela qual as células neuroniais se conectam para produzirem o conhecimento inteligente e a flexibilidade nas atuações. Existe uma tal de Teoria da Conectividade que já’ sugeriu que a origem da inteligencia esteja enraizada numa logica de permutação na base da potencia-de-dois, um conceito bastante comum em algoritmos na programação computacional. Agora os cientistas responsáveis por um paper publicado nesta semana revelam uma pesquisa pela qual acreditam que confirma a teoria. A formula algorítmica seria N = 2i−1 ( onde i para números de entradas de informações distintas; N e’ o numero de neuronial cliques com todos os padrões possíveis de conectividades combinadas).

Por outro lado, eu – que venho da selva com uma teoria cosmovisionária para caipiras da roça – penso ter descoberto ha’ 30 anos atras uma formula que pode ser interpretada como um conjunto de algoritmos que teria modelado e inserido as funções no cérebro. Mas a formula que sugiro e’ mil vezes mais complexa e tem a grande diferença de produzir processos vitais e não apenas no estilo mecanicista computacional. Esta teria sido a formula aplicada pela Natureza para organizar a matéria em sistemas naturais e o cérebro em si mesmo e’ um sistema natural.

Esta formula e’ representada por uma figura animada pois suas variáveis são produzidas pelo processo do ciclo vital. Porem, a representação da formula e’, ao mesmo tempo, um programa de algoritmos como dos mais simples para softwares – descobri isso a 30 anos atras ainda na selva. Acontece que o cérebro em si mesmo e’ mais um sistema natural e portanto, deve ter sido modelado pela formula que e’ um conjunto de algoritmos. Então o que a Teoria da Conectividade e a investigação dos cientistas publicada hoje estão batendo com minhas previsões de 30 anos atras. Mas tem umas diferenças cruciais nas interpretações deste fenômeno e para explica-las preciso trazer a formula para cá:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Segundo minha teoria, o cérebro esta montado em cima desta formula. Devido uma serie de dificuldades ( como a falta de tempo, a falta de acesso aos cientistas da área, etc.) eu ainda não pude identificar qual elemento do cérebro corresponde a qual F (função sistêmica) da formula. Tenho anotado centenas de papers sobre as informações, mapas cerebrais e as mais recentes descobertas no campo das ciências neurológicas buscando montar essa identificação, porem a falta de tempo e condições de trabalho estão me atrasando. Alem disso, eu preciso algo que acho não existir: figuras inteiras do interior do cérebro para ter uma visão de conjunto como tenho da formula. A primeira indicação que salta aos olhos ‘e que `a esquerda da F5 temos o hemisfério esquerdo, e a direita de F5 temos o hemisfério direito. A base central, nuclear do cérebro deve ser a região do hipocampo e portanto este deve corresponder a F1, o qual’e’ o núcleo e o inicio do circuito da formula. Mas depois, no cérebro vem suas partes, como as glândulas, etc. e estas partes que precisamos identificar de acordo com suas funções. Então, num primeiro relance, penso que as camadas de neurônios representam os espaços das setas na formula, os quais são, na formula, as formas do corpo que rola sob a forca do ciclo vital. Se isto for correto, a teoria dos investigadores esta’ muito distante de finalizada. Eles estão pensando que apenas as camadas de neurônios, suas diferentes regiões no cérebro são o hardware onde se instala e se processa o software algorítmico. Estão ignorando as peças do cérebro nestas regiões?

Eu penso que o cérebro esta dividido – vertical e horizontalmente – em seis regiões, cada região tem um função especifica em qualquer pensamento, mas cada região e’ um sub-sistema no mesmo modelo da formula, ou da totalidade do sistema que e’ o cérebro.

O fato e’ que o cérebro tem uma grande diferença com computadores, apesar de que os humanos criaram os computadores como uma imitação do cérebro. A diferença e’ que o cérebro e’ autônomo, cria e produz e modifica, transforma por si próprio, enquanto o computador nada faz disso. Em outras palavras o cérebro e’ um sistema vivo e o computador um sistema em hibernação, mecânico. A diferença vem do fato que o código em que o cérebro se baseia e’ um código vivo, de algoritmos vivos, porque esta animado pelo ciclo vital. Então esta investigação acredita que descobriu a causa da inteligencia baseado num exercício matemático do calculo de todas as variáveis do numero dois elevado a uma potencia n, e disso resulta uma sequencia fixa, mecânica, linear de números.

Na minha macaquica e humilde opinião, eles vão se deparar com um cérebro-maquina, morto, que nada vai produzir do que o cérebro vivo produz. Muito menos a inteligencia com sua criatividade e autonomia. Não vejo como as nossas ciências vai mudar esta abordagem enquanto imperar no meio acadêmico esta visão de mundo mecanicista e redutora. talvez estes pequenos avanços no caminho errado sejam o guia para endireitar sua cosmovisão, pois a ciência tem progredido pelo método tentativa e erro para então descobrir o acerto. Vou me esforçar para estudar e assimilar o que fizeram pois nesse meio tem as informações cientificas que foram ( junto com as informações da natureza bruta da selva), a base da minha cosmovisão.

Fui notificado desta pesquisa primeiro por um artigo no link ( e dai puxei o paper cujo link vai depois a seguir):

https://futurism.com/new-clues-hint-at-the-imminent-release-of-teslas-newest-model/

Intelligence May Stem From a Basic Algorithm in the Human Brain

A theory posits that the all of our thoughts are a function of a basic algorithm, N=2^i–1. ( A teoria sugere que todos os pensamentos são uma função básica algorítmica: N=2^i-1)

This development may be huge for AI, since artificial neural networks operate much like the brain, applying this formula may be the key to true intelligence. ( Este desenvolvimento pode ser valioso para Inteligencia Artificial, desde que rede neuroniais artificiais operam aparentemente como o cérebro, aplicando esta formula pode ser a chave para a verdadeira inteligencia natural.)

 

The brain’s formula

Neste artigo obtive o Scientific Paper, cujo titulo e link e’:

Brain Computation Is Organized via Power-of-Two-Based Permutation Logic

http://journal.frontiersin.org/article/10.3389/fnsys.2016.00095/full

Original Research ARTICLE

Front. Syst. Neurosci., 15 November 2016 | https://doi.org/10.3389/fnsys.2016.00095

Meu comentario publicado no paper da Frontier:

I am a layman in this specific area, but from my specialized field I think I can offers a new insight to the authors about this “flexible behavior”. My theoretical results are suggesting ( since about 30 years ago), a general natural formula for all natural systems, and the brain’s structure for this process called “intelligence” must obey that formula. It happens that the formula is an algorithmic representation (as you can see the formula at my website). So, in this case my models has predicted yours findings.
The difference is that my algorithmic formula is a kind of “living process”, than, the flexible behavior, while yours mathematical algorithm is not. Thoughts mimics biological or living processes, they are developed by a life’s cycle common process. That’s the secret of creation, autonomy, etc., which, AI does not have it, yet. I had no time for learning yours mathematical development for arriving to yours formula and making comparisons with my formula, for to perceive where are the differences. I think this work can help you developing yours research and knowledge on this issue. Cheers…
xxxx
E outros comentários publicado pela MSN-USA, em:
http://www.msn.com/en-us/news/technology/researchers-uncover-algorithm-which-may-solve-human-intelligence/ar-AAkTr2R?fb_action_ids=10210902314866604&fb_action_types=og.comments

I have registered the copyrights from 30 years ago in Brasil and USA showing a set of alghoritms as the framework of the brain as of all natural systems and life’s cycles. But my formula/alghoritm is a lot more complex than this N = 2i-1 formula. It is not my interest to comunicate that I had predicted it, but suggesting that these researchers changes their interpretations and approaches, because they are in the most difficult and slow way, And we need this right konwledge for helping millions of people being tortured by mental ilness.

My formula represents a thing that is alive, autonomous, creator and has flexible behavior. There is not only two variables, but, seven, like seven are the variables encrypted at a DNA’a unit of information. And each variable for the whole system is variable in relation to itself. it is not translated by Math neither mechanistic processes like the alghoritm above which merely results in a sequence of fractals and nothing else. Each new brain’s region and elements are built by the same process of life’s cycle that build our entire boddy and produces the differentiation of shapes along a lifetime. This formula wich I called “Matrix/DNA” was extracted from comparative anatomy between living and non-living natural systems, so, it is natural and alive, can not be compared with our nowaday computers. The formula and explanations are at my website, if someone is curious about

Turiel Grigori ·Owner at Trabalhador(a) independente

And might this same algorithm be responsible for disallowing us from seeing reality as it REALLY is?
No, Turiel. We and the whole Universe has evolved under a kind of Matrix, in the sense that all biological systems has evolved under a matrix called DNA. Like the DNA is not playing dice with us, the universal matrix is not too. We can’t see the reality as it really is because we are almost blind ( we can see only one face of objects – those reflecting the visible frequency of the eletromagnetic spectrum, and we are blind to the other six frequency/vibrations that are here and compose this world. Also our brain has poor and limited sensors such our technological sensors. I am not seeing supernatural ghosts or intelligent aliens behind this matrix for explaining its existence and functionality, it is purely natural. But, since I am almost blind…who knows?
xxxx
ESTUDO/TRADUCAO DO ORIGINAL PAPER:
http://journal.frontiersin.org/article/10.3389/fnsys.2016.00095/full

Brain Computation Is Organized via Power-of-Two-Based Permutation Logic

Computação Cerebral e’ Organizada via Logica de Permutação Baseada na Potencia-de-Dois

Ha’ considerável interesse cientifico em entender como as células se conectam – o tao presumido computacional padrão – tao organizadas que o cérebro possa gerar inteligente conhecimento e flexível comportamento.

A Teoria da Conectividade propõe que a origem da inteligencia esta enraizada numa logica de permutação na base da potencia-de-dois (N=2i-1), ( ver wikipedia: https://en.wikipedia.org/wiki/Power_of_two ) produzindo especificidade para arquiteturas de células montadas capazes de gerar especificas percepções e memorias, assim como generalizado conhecimento e acoes flexíveis. Nos mostramos que esta logica de permutação e’ amplamente usada nos circuitos corticais e subcorticais através de especies animais e e’ conservada para o processamento de uma variedade de modalidades cognitivas incluindo apetite, emocional e social informações.

Todavia, modulatórios neurônios, tais como os neurônios dopaminergic (DA), usam uma logica mais simples apesar de seus distintos subtipos. Interessante, esta logica de permutação do especifico para o geral permanece largamente intacta através dos NMDA receptores – o switch sináptico para aprendizagem e memoria –  foram deletados durante a fase adulta, sugerindo que a logica ‘e um desenvolvimento pre-configurado. Alem disso, esta logica computacional e’ implementada no cortex via a combinação de uma estrategia de conectividade ao acaso nas camadas superficiais (2/3), enquanto ns profundas camadas as organizações  de não-acaso são 5/6.

(continuar tradução)

 

Pesquisar:

  • Theory of Connectivity ( proposes that the origin of intelligence is rooted in a power-of-two-based permutation logic (N = 2i–1), producing specific-to-general cell-assembly architecture capable of generating specific perceptions and memories, as well as generalized knowledge and flexible actions.)
  • Muito importante a pesquisar aqui: We show that this power-of-two-based permutation logic is widely used in cortical and subcortical circuits 
  • modulatory neurons, such as dopaminergic (DA) neurons – use a simpler logic despite their distinct subtypes.
  •  ler: Theory of Connectivity: Nature and Nurture of Cell Assemblies and Cognitive Computation ( em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4850152/

Onde se le: How should cell assembly organize itself so that incoming information can be orderly and gradually converted into memory, concepts, and flexible motor behavior?

 

Como Esta Geração Vai Descobrir a Verdade Oculta Entre Evolucionismo e Criacionismo

segunda-feira, março 21st, 2011

Psiu! Criança Pensando!

Do website da ” The Everyday Champions Church”, in Newark,  Inglaterra,  extraímos esta jóia:

“Creationism will be embodied as a belief at Everyday Champions Academy, but will not be taught in the sciences,” said its leader Gareth Morgan. “Similarly, evolution will be taught as a theory. We believe children should have a broad knowledge of all theories in order that they can make informed choice.”

Resumindo e traduzindo: ” Crianças devem terem um amplo conhecimento de ambas as teorias científicas (Evolução e Intelligent Designer) para que elas possam fazer uma escôlha estando bem informadas”.

Esta também é a sugestão desta terceira visão do mundo que descobrimos e denominamos “A Teoria da Matriz/DNA”.  

A evolução existe de fato, assim como a blastula evolui para feto, o feto se transforma para a forma do embrião, o adolescente evolui para a forma de adulto. O que está ocorrendo dentro dêsse enorme ôvo cósmico denominado de Universo é simplesmente um processo de reprodução daquilo ou D’Aquêle que existia/existe além do Universo, portanto a evolução está dentro de um processo criacionista e o criacionismo está dentro de um processo mais amplo de evolução além dos universos. A História Universal, como a Ciência está a demonstrar e qualquer rato ou girafa nos ensina, não emprega inteligência para se realizar. Tudo é e resume-se à Natureza.

Na multiplicação e diversificação de uma célula parental original, mecanismos e sub-sistemas são construídos paralelamente mas distantes entre si, e depois se reunem num unico corpo. Há pré-design em qualquer reprodução genética acontecendo sob nossos olhos, há irreductível complexidade em relação ao corpo gerado se desconsidera-mos os corpos dos pais e seus cromossomas, mas nenhum dos pais, sejam inteligentes ou não, não empregam inteligência para se reproduzirem. 

Portanto, este conflito atual entre criacionistas e evolucionistas, deístas e ateus, entre os quadros imaginados pelo livre fluir contenplativo da intuição humana que cria as religiões e os quadros teóricos matemáticamente calculados pelo método científico que induz ao ateísmo é necessário, inevitável e salutar. A Humanidade sempre quando se depara com um mistério, oscila e divide-se em dois extremos de opiniões, sendo que cada qual contém 50% de êrros e 50% de acêrtos, e quando se encontra a final solução percebe-se que ela estava justamente no ponto de equilibrio entre os extremos. Foi assim na famosa discussão entre os vitalistas representados por Pasteur e os químicos positivistas representados por Leibniz…, quando hoje estamos descobrindo que realmente a vida é resultado de processos quimicos porem tambem que na sôpa quimica estavam ingredientes provindos de algo vivo que os quimicos julgavam não-vivo. Se for provada a nova teoria de movimento rotativo das galáxias cujo resultado surpreendente mostra que de certa forma o Sol também gira em tôrno da Terra, a solução final entre os auto-conflitantes modêlos do geocentrismo e do heliocentrismo terá reunir ambos. Qual o certo para a humanidade? Capitalismo selvagem ou proletarismo selvagem? Nenhum nem outro, o certo será um meio-têrmo socialista. A fôrça negativa extrema da morte destruidora se duela com a fôrça extrema positiva do nascimento construtor, mas é dos ciclos resultantes das ações das duas fôrças que surge a definitiva alternativa: a transformação com evolução infinita. E assim por diante, a sabedoria sempre estará no ponto de equilíbrio. 

O que está faltando para que ambos, criacionistas e evolucionistas, se encontrem no pico da montanha a qual os dois vem escalando por lados opostos? Que os criacionistas devolvam ao seu Deus a grandeza e magnitude que Êle possui depois que os homens antigos e de pouca sabedoria tentaram ao máximo reduzi-lo ás imagens e semelhanças da ainda pequenêz humana. Deus cria Universos e está além dos Universos e não aqui se envolvendo em conflitos entre tribos humanas. Mas também falta aos cientificos intelectualizados ateus superar as barreiras do imediatista método reducionista e saltar para absorver a visão de mais amplos horizontes, o que é possível aprendendo-se a lidar com o método cientifico sistêmico. A verdade ultima diz respeito à matéria organizada em corpos vivos e funcionais e não em partes mortas e desconectadas. 

A frase acima faz parte da noticia “Free schools will not teach creationism, says Department for Education” no site…

http://www.guardian.co.uk/science/2011/mar/21/free-schools-creationism-department-education 

noticia esta que relata mais um dos embates entre as duas correntes de pensamento opostas.