Posts Tagged ‘Intelligent Designer’

Evidencias para Ausencia de Inteligente Designer, Video por Neil deGrasse Tyson

segunda-feira, novembro 21st, 2016

xxxx

(legendado) Stupid Design – Design Estúpido

E meu comentario postado no Youtube:

Louis Charles Morelli  Louis Charles Morelli – 11/21/2016

Existem duas explicações para esse estupido design sob a perspectiva humana:
1) Toda vez que o sistema universal mudou de forma ( de sistema atômico para sistema estelar e galáctico para sistema celular,etc.), a nova forma passou por duas fases evolucionarias. Primeiro a fase dos ovos botados fora onde a prole esta sujeita a todos os males e, segunda, quando os ovos são mantidos dentro, ate quando a prole pode se auto-sustentar. O sistema universal esta agora mais uma vez mudando de forma aqui na Terra. De sistema biológico para sistema consciente, e como esta ainda ‘e um embrião de consciência universal estamos na fase dos ovos fora, por isso sujeitos a rodas estas tragedias.
2) O sistema universal tem duas alternativas opostas a seguir: ser sistema aberto ou fechado em si mesmo. Quando ele adquiriu a forma de galaxia, essa nossa ancestral se tornou um sistema fechado em si mesmo, cortando relações com o resto do Universo e fechando suas portas a sua evolução ( veja o modelo cosmológico da Matrix/DNA Theory). Em sistemas fechados a morte ocorre quando a entropia fragmenta o sistema em suas unidades de informação (radicais livres) e ao invés destas partículas se exteriorizarem elas se dirigem internamente ao centro do sistema, onde geram o caos. Se elas se encontram numa plataforma ao mesmo tempo, ( como na superfície de um planeta favorável) elas tentam reconstruir geneticamente o sistema de onde vieram e por isso surgiram os sistemas biológicos na Terra.
Portanto somos filhos do caos pelo erro de um nosso ancestral. O fato e’ que a existência de regularidade formando estruturas complexas neste Universo refuta a eternidade do acaso, mas a falta de cuidados mínimos a estas estruturas organizadas refuta a existência de algum observador inteligente caindo de amores por humanos. Apenas se realmente surgir inteligencia humana na Terra ( a união de todos eliminando os conflitos internos, a sadia convivência sincronizada com as leis naturais do planeta), teremos chance de superar essa fase dos ovos fora abandonados a própria sorte e aguentar a nossa vida ate que este embrião de consciência nasce e assim obteríamos nossa transcendência para uma forma superior que não poderá ser afetada por todos estes males e perigos sabiamente apontados por Tyson

Informação e a Origem da Vida: Video com Tese do Intelligent Designer

segunda-feira, dezembro 28th, 2015

xxxx

Information Enigma

https://youtu.be/aA-FcnLsF1g

Informativo video, mas como foi feito com uma previa intenção e baseada no julgamento humano, não sendo portanto a voz da Ciência pura, certamente o video distorce as sequencias dos fatos reais naturais.

De acordo com o que penso ter descoberto na selva, os autores do video tem razão em acreditar que era necessário a pre’-existência de informações existindo fora da matéria bruta terrestre para que esta matéria pudesse gerar a vida. E com isso eles cantam sua crença: Intelligent Designer (ID). Mas então seus oponentes materialistas sugerem que as informações armazenadas pela vida surgiram por acaso, devido a infinitas tentativas em tempos tao longos como bilhões de anos.

A resposta do ID foram os cálculos matemáticos das probabilidades, mostrando que o numero de possibilidades para que a Natureza encontrasse o numero correspondente a ” sistema celular vivo” são infinitas, impossível de ter sido identificado no tempo da origem da vida. Os materialistas voltaram a carga com a teoria de que a natureza não procurou o numero certo para sistema celular vivo, mas sim simplesmente as forças em movimento poderia ter produzido qualquer outra coisa, mesmo outro tipo de sistema vivo; aconteceu ser este, por acaso.

Os ID insistem que todos os eventos por caso apenas destroem ou deterioram qualquer sistema complexo, não tendo nunca os materialistas demonstrado algum evento por acaso que tivesse construído algo novo e melhor do que os elemento existentes no momento do acidente.

Antes de ir para a selva eu suspeitava que os ID estavam corretos na hipótese de que teve de haver informações previas, mas não tinha fé que estas informações tenham vindo de alguma inteligencia e ainda mais, supernatural. E na selva so vi caos e péssimo designer, o que afastou de vez a ideia de inteligente projeto. Suspeitava que um evento por acaso possa resultar em uma nova mistura que sobreviva e se adapte melhor ao ambiente que os elementos misturados. Mas a vida para chegar aonde chegou teria exigido milhões de eventos por acaso dando resultados melhores, e ai não podia concordar, pois isso não seria mais acaso, seria a regra. E se havia uma regra, tinha que haver o legislador.

A solução que encontrei foi elaborar um modelo do estado atômico e astronomico do mundo antes da origem da vida que serve perfeitamente como o conjunto das informações previas que fizeram o primeiro sistema celular vivo, ou antes, o primeiro building block do DNA. Isto resolve os problemas dos dois lados. O que tenho a fazer agora e’ esperar que seja comprovado que o átomo e a galaxia seja tal como os meus modelo teóricos ainda, e não tal como os modelos teóricos acadêmicos em que os dois grupos estão acreditando, Se minha teoria estiver correta, a evolução utilizou mutações por acaso, se a seleção natural os tenha aprovado, mas, isto seria uma raridade, porem possível. E se a minha teoria estiver correta ainda, as previas informações que existiam para formar o primeiro ser vivo, Já existiam antes das galaxias e dos átomos. Portanto se houve alguma inteligencia como fonte destas informações, deste programa genético computacional que esta na essência da vida, esta inteligencia teria atuado antes e alem da origem do Universo. Por enquanto dentro deste universo observável e captável pela nossa inteligencia, todas estas informações estão limitadas dentro do Universo e todas tem origem natural. Então vamos ter que esperar o dia que possamos sair do Universo para ter a resposta certa.

O problema que vejo nos dois grupos e’ que assim estão desviando o caminho da Ciência e mesmo da Razão Pura Natural, do único caminho em que existe de fato Ciência. Pois uma teoria preconcebida e fixada na mente do cientista so’ vai lhe iluminar para fazer experiencias e criar novos instrumentos de pesquisas que venham a detectar fatos reais que somem `a sua teoria. Com isso seleciona-se alguns dos fatos ainda desconhecidos e ignora-se todos os demais desconhecidos. Se o caminho da Ciência pura vai de Norte para Sul, um grupo esta indo de Norte para Oeste e outro, de Norte para Leste. E se a minha teoria e’ o caminho que vai de Norte para Sol, vou ter que esperar terminar estas duas jornadas errantes, esperar que a Ciência se levante de seus escombros e reencete seu verdadeiro caminho. Se ao menos eu tivesse uma alma, que depois de morto pudesse sentar no sofa ao lado do Inteligente Designer assistindo esta briga na televisão… Não, não,… não iria querer isso, porque estaria assistindo todas as torturas de humanos que ainda vão decorrer devido esta brutal perda de tempo e conflito idiota. Ninguem provou que a galaxia seja igual seu modelo teórico, que um quasar ou uma estrela nasça de acordo com sua teoria, que o imenso espaço vazio dentro de um átomo não contenha forças e elementos ainda desconhecidos, que a teoria das Cordas esteja errada quando sugere que existem 11 dimensões, etc. e etc., então como e’ que podem ter fé’ numa hipótese sobre de onde vieram estas informações?!! Por favor, deixem as mentes dos jovens alunos abertas para escolherem seus caminhos, e deixem a Ciência livre para caminhar seu caminho!

A briga entre Intelligent Designer e Materialistas, no Brasil: Veja Video

quinta-feira, julho 2nd, 2015

xxxx

Universo Racionalista — Sepultamento do Design Inteligente

https://www.youtube.com/watch?v=xjPcrjClymQ

Louis Charles Morelli – June/02/2015

Eu não conheço nenhuma forma de vida que não tenha sido produzida por um prévio design ( note bem, digo design e não designer). E’ preciso que alguem mostre cientificamente que alguma molécula primordial nas origens da vida não tenha sido produzida por outra mais simples. Se não aparecer um fato real comprovado, ninguem racionalmente poderá negar que prévio design existe como lei natural. A teoria evolucionista terá que engolir esta: todos os sistemas biológicos (aka, vida) são produtos de prévios designs.

Não vou comentar o pessoal do ID porque para mim estão falando de metafisica sem mostrar fatos metafísicos e isto não me interessa. Suponho que exista prévio design porem, sei que mamãe girafa não usa nenhuma inteligencia para produzir e ser o prévio design da sua girafinha. Não conheço nenhum elemento que não seja natural no meio dos sistemas vivos.
Mas os modernos defensores da teoria evolucionista tem sérios problemas a corrigir. Vieram corrigindo Lamarck, Darwin, Gould e chegaram a Moderna Síntese sem corrigir problemas profundos na teoria. Coisas como: Qual foi a mutação por acidente que iniciou a transformação de um réptil ou um peixe, num mamífero, saindo da simples engenharia de botar os ovos fora e entrando na extraordinária e complexa engenharia que é a embriogenese, que mantem os ovos dentro. Se não foi uma mutação por erro ou acidente, qual a força que levou um peixe ou um réptil feminino, como o cianodonte a forçar sua transformação para obter a gravidez… E como poderia a seleção natural ter selecionado a fêmea mais fraca, ou seja, a que se torna gravida… Mas tenho reunido outros eventos assim que sugerem que quem acredita na Moderna Síntese da biologia evolucionaria assim como ela esta, é mais um ato inconsciente de fé pela simples doutrinação de uma peculiar visão de mundo que nesta época domina o meio acadêmico,que uma postura racional como exige a pratica da Ciência em relação a Natureza.

Na minha não acadêmica opinião, estas falhas na teoria da evolução atual não tem origem no processo natural da evolução, mas sim antes dela nas origens da vida. Isto porque pegaram emprestado dos Físicos a teoria do estado do mundo nos momentos das origens da vida, ou seja, o estado da Natureza que produziu a vida biológica aqui na Terra. Este modelo astronomico teórico da Física sugere que pela Terra foi inventada a evolução biológica, ao menos a que aconteceu aqui. A qual empurra o crente a divagar que todas as formas biológicas conhecidas foram produzidas por prévio design, mas a primeira, ou as primeiras, não o foram. De repente a logica natural mudou, em nenhum fato cientifico como prova, e quando a pedimos, apontam para o modelo astronomico e a atmosfera reduzida primordial Oparin. Não vale lembrar que os aminoacidos produzidos por Urey baseado em tal modelo não são os aminoacidos da vida e que nunca conseguiram por si só dar o próximo passo evolutivo na direção das proteínas ou do RNA world. E isto porque na sopa de Urey esta faltando o elemento natural do prévio design.

Sei que a teoria da evolução não trata da teoria da origem da vida. Mas justamente por isso que a teoria da evolução não esta traduzindo o real processo natural da evolução. Se toda forma de vida e todas as moléculas primordiais orgânicas foram produzidas por prévio design significa que a primeira, ou as primeiras, foram produzidas por prévios designs. E se houve evolução dos sistemas biológicos e porque esta evolução teve seu prévio design nos sistemas naturais não-biológicos que foram os ancestrais destes. Como os sistemas astronômicos, os atômicos, etc. Se os modelos teóricos corrente aceitos pela academia do estado do mundo e da evolução cosmológica pre-vida não batem com a evolução da vida… uma das duas disciplinas estão com sua teoria errada> ou a Biologia ou a Física. Por outro lado, o meu modelo teórico astronomico daquela época contem todas as forcas naturais e elementos naturais que seriam necessários para produzir toadas as propriedades da vida aqui conhecidas hoje. Tenho perguntado aos físicos onde estavam no seu modelo as forcas que produziram o sexo biológico, ou o sistema de defesa imunológico, etc., e eles nunca se fizeram estas perguntas. Isto porque separaram arbitrariamente a Historia Natural Universal em dois blocos sem nenhum elo entre eles. E os biólogos sem uma teoria autônoma da biologia caíram na armadilha.
Mas e agora que vamos chegar no objetivo final desta minha tentativa de contribuição ao progresso do conhecimento humano. Creio ser obvio que nem o Universo inventou a evolução porque o Universo não e magico e não teria como produzir uma nova informação que ele não a tenha recebido nas suas origens. Creio ser obvio que a evolução biológica e mero sequitour, mera continuidade da evolução cosmológica. Mas a evolução cosmológica tem mais 4 variaveis ( como a entropia, a termodinâmica, o ciclo caos/ordem, a mecânica na infra-estrutura sistêmica) que a teoria evolucionista não apresenta na sua formula VSI > Variação, Inheritance, Seleção. Acontece que estou descobrindo que estas 4 variáveis resolvem todas as falhas e eventos ainda não provados da teoria acadêmica evolucionista. Meu método foi simples e infantil > anatomia comparada entre sistemas naturais vivos e não-vivos. Simples mas trabalhoso pois já vem me tomando 40 anos de trabalho árduo. Os resultados estão num website que divulga a Teoria da Formula Matrix/DNA Universal para Sistemas naturais e Ciclos Vitais.

Acho que a biologia evolucionaria tem cortar suas amarras que a faz rastejar neste pequenino e insignificante planeta perdido na imensidão cósmica e se aventurar pelo Cosmos para ampliar seus horizontes e enxergar a coisa mais de cima, mais completa. Eu tenho tentado fazer isto a vida toda e não encontrei nenhum Designer Inteligente e muito menos magico mas tenho companhado as pegadas destes previous design, eles me levaram aos instantes iniciais da formação das partículas, mas quando chego nos limites do Universo e no momento do Big Bang, o danado do design me escapa porque atravessa estes limites os quais nunca poderei atravessar para continuar perseguindo e talvez descobrir sua fonte, se existe alguma. Mas uma coisa esta viagem tem me sugerido > alem do Universo continua o natural, mas este natural contem consciência e portanto… inteligencia. A qual não é necessária para ser o prévio designer.

Enfim, não pode existir duvida de que existe o prévio design, mas debater se ele vem de uma fonte e se esta fonte e inteligente ou não vai alem da capacidade sensorial deste meu pobre cerebrozinho rastejante neste planetinha. Me admira estes dos dois lados do debate que conseguiram cérebros tao evoluídos que os levam a crerem nas suas conclusões.

Expelled – A Agressiva Ideologia da Academia Cientifica – Veja Vídeo

segunda-feira, fevereiro 16th, 2015

Minha final impressão ao ver este vídeo é a lembrança de como funciona duas gangs de traficantes disputando um território: a escola, os colégios, as universidades. Cada gang vende um droga diferente da outra: se uma vende crack, a outra vende heroína. Estas duas drogas aqui – o deísmo e o ateísmo – são desejadas, necessárias e consumidas por todos os estudantes, que por serem mentes ainda infantis, necessitam alimentarem suas inevitáveis imaginações com fantasias mentais, e os traficantes sabendo disso, fornecem as drogas para estas fantasias.

Esta disputa de território entre humanos vem da herança dos instintos animais predadores, os quais são notoriamente disputadores de territórios. Lembre-se que, por exemplo, os lobos se unem em gangs e assumem a propriedade de um vasto território, que pode chegar a 200 milhas de extensão, e atacam em massa quem quer que invada esse território.

A cabeça dos seres humanos está sendo o palco de uma nova investida da evolução natural, a qual pode não ser apenas um processo de evolução, mas simples passos dentro de um processo maior: o de reprodução de uma possível e desconhecida fonte geradora de universos. Assim como todo feto humano no estagio intra-uterino aos 6 ou 7 meses aumenta o desenvolvimento de seu cérebro e começa a apresentar sinais do fenômeno conhecido como “auto-consciência” – o qual existia em seus pais e estava inativo nos genes nos 6 ou 7 meses anteriores – tambem o sistema natural que vem se desenvolvendo desde o Big Bang quando chega á forma humana começa a apresentar o mesmo fenômeno da auto-consciência , o qual, por dedução lógica, existia no elemento misterioso que gera universos e deve ter existido inativo na Matrix/DNA universal durante os 13 ou 14 bilhões de anos cosmológicos anteriores. O cérebro humano vem com uma capacidade instalada ociosa para ser ocupada por essa “mente e suas informações”, e como esta mente é lenta em se implantar, a capacidade ociosa tem que gerar fantasias para não se atrofiar ou ser suprimida por desuso. A criança muito nova ainda cria para si própria estas fantasias, geralmente crendo em amigos invisíveis com quem conversa e brinca. Mas a vida real começa a dilapidar estas fantasias então estes cérebros precisam de novas fantasias. Os vendedores de drogas alucinógenas sabem disso e se aproveitam para satisfazer essa necessidade com suas drogas que permitem ao imaturo ser a viver viajando mentalmente em reinos imaginários. As religiões deistas e os outros lados dessa mesma moeda – as religiões anti-deístas – são drogas que não vem na forma de pó, comprimidos, fumos ou bebidas, mas de interpretações falsas dos adultos sobre os fenômenos naturais e a realidade do mundo em si mesma, num conjunto denominado “cultura”. Desta forma o ato de predação, que se transformou dos animais inferiores ao homem da forma canibal para a forma de escravidão com o sugamento da energia no trabalho manual produtivo, torna grandes manadas de ovelhas humanas totalmente alienadas e submissas sem se despertarem para o fato de que possuem o poder para transformar as regras brutas da primitiva natureza caótica em regras ordeiras num estado em que não exista os horrores desta dicotomia entre predadores e vitimas.

 

O processo de aniquilamento e libertação destas drogas é lento, contado na grandeza dos tempos astronômicos, como é lento para os humanos a instalação, desenvolvmento e autonomia dessa auto-consciência universal. E p processo se dá de forma gradual, sendo que a cada nova idade da ghumanidade uma nova droga cultural é inventada, criando um sistema social, construindo uma civilização, a qual sempre rui e de suas cinzas surge outra menos animalesca, menos caótica. Assim, dos regimes e suas drogas como as monarquias e tiranias baseadas no deísmo, se levantam regimes modernos baseados em drogas anti-deístas, as quais tem por fundamento a propaganda da existencia mistica de um “acaso absoluto” que poderia produzir alguma coisa a partir do NADA.

Infelizmente chego então a conclusão que a minha obra, a visão do mundo denominada “Matrix/DNA” , é tambem a invenção de uma nova droga que conduz mentes a uma nova fantasia da imaginação. Da mesma maneira que os predadores estabelecidos em conflito hoje, os deístas e os anti-deístas, são uma máscara oculta dos traficantes de drogas considerados criminosos e disputam acirradamente o dinheiro produzido pelas presas, eu me torno um aspirante a novo predador traficante visando abocanhar tambem parte desse dinheiro. Então, se isto me incomoda e fere minha crença ética e moral, porque não elimino esta invenção e procuro outra ocupação menos criminosa? É justamente por acreditar que o processo de limpeza das fantasias mentais a nivel do inconsciente coletivo humano é muito lento, em tempos astronomicos e tem que ser uma evolução gradual, onde drogas mais perigosas vão sendo substituidas por drogas menos perigosas, cujas fantasias são menores que as anteriores porque interpretam menos erradamente o mundo real. Em outras palavras, é um mal necessário e que precisa vir rápido antes que as drogas mais potentes existentes dominem todas as mentes de forma irreversível.

O autor do Video, Ben Stein, é um conhecido predador e parasita da minha particular “desclasse social”. Ele nasceu em berço de casa própria, de família já altamente predadora ( o pai trabalhava pata o presidente Nixon), nunca teve que produzir com as próprias mãos uma grama sequer das 40 toneladas de vegetais que todo ser humano come durante uma vida, nunca teve que fazer buraco, cimento e assentar um tijolo para ter as casas que ocupou, portanto comeu os vegetais que eu fui torturado para produzir e de mim foram extorquidos, morou nas casa que construí e de mim foram roubadas pois nunca pude ocupar casa nenhuma como minha propriedade. Depois ele conseguiu fazer o que sempre foi meu sonho e nunca poderia te-lo conseguido: estudar por 16 ou 20 anos em prédios não feitos por suas mãos e sendo alimentados com todos seus funcionários por gente como eu, chamados de escolas, colégios, universidades. E foi determinado pela sua gang a ser mais um dos ideólogos mantenedores da fabricação da sua droga de dominação, estudando e se especializando em advocacia para defender as leis que eles mesmos criaram, para manter e lutar como vigilante o status da sua droga que é uma religião deísta que suporta sua pregação de sistema social, politico e econômico. Seu principal opositor, chamado Richard Dawkins tem a mesma história de vida com a diferença de que – talvez por raízes de família, não conseguiu alimentar suas elevadas ambições materiais e egocêntricas – decidiu vender a outra droga concorrente. Assim, este é um duelo entre grandes predadores… do  meu particular ponto de vista de rebelde não-submisso e autodidata vindo da minha andarilha e escravizada desclasse social. Cada qual tem sua opinião forjada pela sua privada experiencia de vida… e logicamente todas nossas opiniões humanas ainda são equivocadas. Existirá uma final opinião correta quando um único humano viver as 8 bilhões diferentes experiencias de vida neste planeta e mais as quintilhões experiencias dos seres inteligentes vivendo em outros rincões dese Universo. . .

Meu comentario enviado para:

http://designinteligente.blogspot.com.br/2009/09/expelled-com-legendas-em-portugues.html

Tanto o ID quanto o darwinismo estão certos e errados ao mesmo tempo. O darwinismo está certo ao explicar todas as espécies biológicas existentes como produto de transformação e aumento de complexidade ao longo de muito tempo mas está errado ao crer na origem da vida, que esta seria prevista no calculo das probabilidades, que as mutações responsáveis pelo aumento da complexidade se dão por erros ou acaso, que os 3 mecanismos VSI – Variation, Selection,Inheritance, – sejam suficientes para produzir as espécies existentes hoje. E cientificamente não se pode dizer que exista no Universo um processo de evolução.

O ID está certo ao sugerir que houve um prévio designer para os sistemas biológicos, mas está totalmente errado ao crer que este designer tenha surgido de fora da longa cadeia natural de causas e efeitos que começou nos princípios deste Universo, em crer que este designer seja sobrenatural, em “afirmar” que tanto o designer quanto o método aplicado neste desenvolvimento tenham sido inteligentes. E está muito mais errado ainda ao sugerir que este designer seria um Deus sugerido por antigos escribas humanos.

Estas frases acima são de autoria do autor de um novo método de investigação cujos resultados estão reunidos na teoria “A Matriz Universal dos Sistemas naturais e Ciclos Vitais”. Primeiro, a anatomia comparada entre todos os sistemas naturais conhecidos projetou um desenho do que seria o elo entre a Evolução Cosmológica e a Evolução Biológica. Segundo, este elo foi identificado com um modelo teórico do que deve ser o building block dos sistemas atômicos e astronômicos. Terceiro, este mesmo building block foi identificado como sendo um trio lateral de nucleotídeos, ou seja, a unidade fundamental de informação do DNA. Isto significa que o DNA teve um antepassado surgindo nos princípios do Universo, tendo passado e evoluído pelos átomos, as galaxias e chegando aos sistemas biológicos. Por isso recebeu o nome de “Matrix/DNA”. Mas a busca humana não tem por enquanto a menor condição de ultrapassar as fronteiras materiais naturais deste Universo para ver de onde vem essa Matrix/DNA, qual o método aplicado na inserção dela aqui e nestes tempos, e o que ou quem a inseriu, se natural ou não, se inteligente ou não.

Portanto, a julgar por esta nova teoria, as duas facções conflitantes e suas duas visões de mundo carecem de racionalidade e expressam a infância mental do coletivo inconsciente humano. Se os dois querem espaços na formação cultural dos jovens que chegam aos bancos escolares, o terceiro partido, os agnósticos tambem tem direito a ele.

Comentario enviado para:

 

 

Itens notáveis:

1)

” Newton era a Fisica, tudo se explicava por ele. mesmo quando começaram a aparecer problemas que não se encaixavam em sua grande teoria, nunca se pensou que o problema estaria na teoria e sim dos fatos. Até que por acaso surgiu a teoria da relatividade que “consertava” aqueles problemas e a fisica newtoniana teve que perceber que havia uma verdade maior que ela. Newton lidou com o nosso sistema solar, mas não existe como conhecer este sem considerar a nossa galaxia, pois ela influencia ele.

Estamos na época em que Darwin é a evolução biológica, tudo se explica por ele, mesmo quando se acumulam problemas que não se encaixam em sua teoria, nunca ninguem pensou que o problema estaria na teoria e sim nos fatos. Até que por acaso surgiu a teoria da Matrix/DNA que “conserta” estes problemas e a teoria Darwiniana terá que perceber que existe uma verdade maior que ela. Darwin lidou apenas com a evolução biológica, e não tem como se conhecer esta sem considerar a evolução cosmológica,pois esta influencia aquela.

2)

A frase  “A Grande Causa da Humanidade”, e a visão do mundo por trás do propósito “Para o bem da Humanidade”, jamais pode ditar regras e nortear politicas. Hitler foi levado por idéias como a evolução darwinista a buscar uma seleção das raças tendo como a sua raça sendo selecionada e com isso acreditava piamente que estava fazendo algo para “o bem da Humanidade”. Chegou ao ponto de mandar matar todos os defeituosos fisicos e outras raças consideradas inferiores e sem conserto. Argumentos para a “eugenia” eram muito convincentes,por exemplo: “Enquanto a seleção natural favorecendo os fortes e descartando os fracos tem levado a vida na Terra á evolução das espécies e a chegar ao Homem, nós humanos com nossos programas sociais e melindres zelosos temos feito tudo para manter vivos, sustentar com nosso trabalho, grandes quantidades desses que a Natureza sempre têve que descartar se quis continuar a evolução”.

Eu mesmo percebo agora que quando sou radical  sou movido por idéias fora da minha visão do mundo, como a de que “nascí condenado por predadores humanos a ser escravo vampirizado na minha energia a vida tôda e não vou procriar para não abastecer este regime com carne frêsca.” Tudo bem que eu adote esta idéia para modelar o meu comportamento, pois a realidade é essa mesmo e não tem como mistifica-la. Mas não devo divulga-la com a certeza intima de que isto se deve aplicar a todos os pobres do planeta. Pois a minha visão do  mundo, a Teoria da Matrix/DNA está sugerindo que os 8 bilhões de humanos são 8 bilhões de pedaços errados em que foi repartido um todo errado e essa divisão é lógica porque coloca os 8 bilhões vendo e sendo vitima dos resultados da atuação dos outros 7,99 bilhões de pedaços errados, uma oportunidade para o todo que estava totalmente errado perceber e odiar o erro em si mesmo, experimentando ele mesmo os resultados nefastos de sua obra. Ora, para que alguns pedaços errados sejam vitimas de outros pedaços errados e tenham a oportunidade de experimentar seu próprio erro é preciso que sejam mais fracos, defeituosos, o que confere mais fôrça ao elemento corretor. E se todo mundo seguir a risca o mesmo que fiz, se eu conseguisse tornar esta uma regra geral para toda a espécie, como os 8 bilhões de pedaços errados seriam consertados?

Então esta a grande descoberta do dia que nunca mais deverá ser esquecida quando eu estiver lendo ou debatendo as injustiças dos predadores e a indisciplina das presas: Não acreditar que eu descobri qual a grande causa da Humanidade, não ser radical tentando impor as regras que essa causa imaginada sugere, mas deixar que a Natureza continue a tratar de presas e predadores no campo fisico da economia, politica, organização social; apenas sempre insistir na mensagem intelectual e transcendental da Matrix/DNA que visa elevar o desenvolvimento cientifico e tecnológico da Humanidade ao mesmo tempo que esta humanidade misre-se no exemplo da genética para lidar com o mundo externo.

xxxx

Bern Stein mostra que ninguem sabe como a vida começou pois falta o elemento que combinou os ingredientes e nas exatas proporções que produziu as 250 proteinas iniciais. A unica alternativa apontada pelos materialistas é a teoria dos relampagos fornecendo a energia que teria feito isso,  teoria que,  como Stein afirma, não é algo cientifico.

Então os deístas como Stein se aproveitam deste mistério e imediatamente insinuam que apenas um inteligente designer poderia ter feito isso.

No meio destas duas visões do mundo surge a teoria da Matrix/DNA sugerindo a anatomia de um elo evolucionário entre a vida que surgiu aqui e o meio ambiente astronomico que circundava e continha esse local onde a vida surgiu. Ou seja, um elo evolucionário entre a evolução do mundo inorgânico que veio desde o Big Bang até momentos antes das origens da vida e a evolução posterior da própria vida. Porem o principal nesta sugestão é que o mesmo elemento apontado como dirigente da evolução cosmológica – uma fórmula natural tambem apresentada pela teoria da Matrix/DNA – é justamente o ancestral do elemento que se tornou a essência da evolução da vida, ou seja, o DNA. Com isso o DNA seria o produto final aqui e agora de um mesmo e único elemento dirigente de toda a evolução universal.

Mas a teoria da Matrix/DNA é puramente naturalista, ou seja, ela aborda a Natureza em toda sua grandeza universal, mas ao chegar às fronteiras ultimas do Universo no seu espaço e tempo, ela pára. Como ela vinha agarrada nos calcanhares desse elemento dirigente de toda essa evolução, e esse elemento parece continuar para alem desta fronteira, ela o perde ali e fica sem saber qual sua procedência, se de origem meramente casuística, ou origem inteligente, ou ainda qualquer outra origem inimaginável. Ela fica com uma quase certeza sobre a fonte dessa essência da evolução, da vida e da auto-consciência: deve ser um sistema natural, não mágico mas tambem que não aplica um método inteligente, porem esta fonte deve ter auto-consciência.

A diferença com as duas visões predominantes agora é que a teoria da Matrix/DNA não aponta um relâmpago nem uma entidade sobrenatural mágica, mas sim uma fórmula que pode ser buscada e testada cientificamente.

xxxxx

 

Aviso aos Físicos: O Excesso de Física Leva à Loucura. Veja Vídeo Aqui

segunda-feira, fevereiro 16th, 2015

Richard Dawkins Knows Nothing About Nothing?

https://www.youtube.com/watch?v=v34QjYPuiEA

Meu comentario explicando a versão da Matrix, publicado em:

http://designinteligente.blogspot.com.br/2013/08/dawkins-nada-confuso.html#comment-form

 

O problema dos ateus é o mesmo dos deístas…  é apenas uma palavra que nada significa: “origens”. Alguem alguma vez na vida viu a “origem”de alguma coisa? Ou seja, algo que comprovadamente nunca existiu antes em lugar e tempo nenhum surgindo perante seus olhos, ou mesmo que seja perante os olhos de mil gerações? Me apontem pelo menos uma. Tudo é produzido pelas transformações ou convergências de fôrças e elementos já existentes antes, isso é o que pode ser cientificamente comprovado. E este universo, assim como esta vida, não podem ter surgido ou se transformado de um NADA que não possuía nenhuma fôrça, nenhum elemento, assim como não pode ser o resultado da transformação de algum Deus Mágico nem a magia pode ter alguma fôrça ou elemento em si mesma.  Por causa desta nefasta palavra que logo conduz a imaginação humana aos reinos dos pensamentos mágicos, alguem precisa inventar soluções inexistentes, tais como deuses mágicos e nada mágicos. Falar ou pensar em origens de universos ou origens da vida é uma absurda aberração contra a racionalidade. A unica visão do mundo que não precisa de “origens” pra explicar as existências de universos e da vida é “A Matriz Universal dos Sistemas Naturais e Ciclos Vitais”, como explica seu website.

Publicado em Youtube:

 

The problem of atheists is the same for deists … it’s just a word that means nothing: “origins”. Anyone have ever seen the “origin” of something? That is, something that never existed before proven in any place and time appearing before their eyes, or even if it is in the eyes of a thousand generations? Please,  point at least one. Everything is produced by transformations or convergence of forces and before existing elements, this is what can be scientifically proven. And this universe, and this life, may not have arisen from a NOTHING that had no forces, no elements, and can not be the result of the transformation of a Magic God or some magics  that may have no some force or element in itself. Because of this ominous word that soon leads the human imagination to the realms of magical thinking, someone needs to invent nonexistent solutions, such as magic gods and magical nothing. Talking or thinking about origins of universes or origins of life is an absurd aberration against rationality. The only worldview  that does not need “origins” to explain the existence of universes and life is “The Universal Matrix of Natural Systems and Vital Cycles”, as explains their website.  But, then, they are agnostics.

Como se Auto-Corrigir de um Vicio Que se Torna uma Armadilha

quinta-feira, novembro 6th, 2014

Numa recente artigo aqui chamei a atenção de um ateu materialista e cientista que está criticando as pessoas que cometem o erro de projetar o mundo humano sobre os mistérios do mundo para elaborar suas explicações destes mistérios, o qual ele denomina de “self-centerers”, ou “egocentristas” e diz que isso é o principio forte do antropomorfismo. Eu apontei para os modelos da cosmovisão da Matrix/DNA que sugerem que tudo no mundo humano é produto evolutivo do que quer que esteja no lugar destes mistérios para alerta-lo que um pouco de antropomorfismo é saudável racionalmente, mas ele precisa olhar-se para dentro e tambem se corrigir, pois evidentemente ele está pecando por apelar ao principio forte do anti-antropomorfismo.

Claro… na realidade nem creio que um cientista inglês vá ler o comentário cujo “inglês” contem erros de concordância, o que demonstra um elevado grau de analfabetismo… para ele. Segundo, explico antes que tal visão de mundo foi elaborada por métodos simples no meio da selva amazônica, e isso faz qualquer cientista inglês já jogar o comentário no lixo pensando que não tem tempo para perder com semi-macacos. Mas se ele fosse um pouco mais mente aberta e compreendesse que estes destalhes acima são negativos sob o ponto de vista dele, e não de terceiros, e continuasse a ler, aí iria ficar furioso comigo. passaria a me odiar. Pela primeiras vez na vida ele ouviu um nome – forte principio de anti-antropomorfismo – o que já é suficiente para causar irritação em alguem que ataca agressivamente o forte principio do antropomorfismo. Alem disso, o pirralho semi-macaco analfabeto ainda vem dizer que detectou na sua visão de mundo que sua mente está contaminada pelo tal anti-antropomorfismo.  A ponto de ele não notar que sua “turma” dividiu a História da Evolução Universal em dois blocos separados entre si, sendo um bloco o da Evolução Cosmológica, e o outro da Evolução Biológica, e por isso não perceberam que devem procurar o elo perdido entre as duas histórias, mas chegando ao ponto de – perdidas as raízes das origens dos seres vivos na Evolução Cosmológica – preferirem que um acaso magico inventou a vida humana na Terra e assim se tornam tão anti-antropomórficos que se cegam para qualquer dado no Cosmos que esteja ligado a um dado na existência humana.  Isto acontece sempre com quem ainda não aprendeu com Einstein que tudo é relativo, e cada observador terá uma visão do mundo baseada no ponto do espaço/tempo que ele esteja ocupando diferente de todas as outras visões de mundo de outros observadores situados em outros pontos.

Hoje me deparo com outro artigo de cunho cientifico misturado com religião que me faz prescrever o mesmo diagnóstico para o autor. Mas é incrivel, muito curioso, como a coisa funciona, tão sutilmente, tão mascarada, que a vitima nunca percebe por si própria que ‘sua mente está contaminada pela armadilha do relativismo. E esse é um mal notavel porque ele sempre termina por destruir todo o patrimonio que as pessoas conseguem acumular quando ele se instala coletivamente no poder e derruba civilizações.

Ele engana tambem qualquer leitor atento. Para mostrar como funciona, vamos dispender um pouco do nosso tempo e aprender essa importante faceta das nossas vidas, lendo um texto do autor. Observe que ele começa citando fatos reais, demonstrando grande sabedoria inclusive cientifica, e não sai fora da realidade durante todo o texto, portanto ele se acha puramente racional, e essa disciplina racional embasa sua conclusão final como sendo o pináculo da sabedoria. mas suas palavras, num pequeno detalhe o traem, fazendo com que o leitor releia a descrição do mundo real e perceba como ele tentou enganar, porque ele está doentiamente enganado. Vamos ao seu texto:

http://www.spiritscienceandmetaphysics.com/5-ways-to-raise-your-vibration/ 

3) Practice Gratitude

You are not starving to death somewhere.   You have clean water to drink.  You have a roof to sleep under.  But on top of the endless list of things you could be grateful for, here is something to think about.  You are on a massive rock whirling around a ball of fire at a speed of 108,000 kph. The sun itself is whizzing along the outskirts of the galactic arm at a rate of 792,000 km/h,  and our Milky Way galaxy itself is moving at almost 1 million kph.  Nobody knows what caused the universe, why it is here, why/how subjectivity or consciousness exists, or how life formed out of dead inert matter in the first place.  I personally believe there is an Intelligence behind it all, but whatever your beliefs may be, here is the most amazing fact of all:

13.6 billion years of star formation and destruction, of chemical evolution, of biological evolution, of countless miraculous events that led to the formation of plants, moons, and ultimately to conscious beings took place so that YOU could experience this moment.  Right now.  The universe went through all of this so it could experience itself through your perspective.  YOU are a f**king miracle.  Life is so amazing.  Look outside.  Here the birds.  Feel the wind.   You are on a planet in outer space, and nobody knows how or why anything exists at all.  Take a look at your friends, your loved ones, and just sit with the internal realization that everything around you is literally a miracle.  We so often forget how lucky we are to experience anything at all.  Taking a moment to remember the preciousness of life is something that always brings your energetic state to a completely new level. ( See more at: http://www.spiritscienceandmetaphysics.com/5-ways-to-raise-your-vibration/#sthash.Cji3hnrF.dpuf)

Well…, o autor descreveu o mundo real? Ele pede para você sair e ver o mundo lá fora e aponta o que ele ve quando sai e vê do mundo. Mas…

Me lembro de uma noite na infância ainda  quando sentado num banco da praça comecei a olhar o mundo ao redor e anotar o que via. Eu estava naquele banco de madrugada porque não conseguia dormir -pelo frio, pelo mêdo, etc. – já que era órfão e não tinha uma casa para dormir. Minha conclusão é que eu sou grande erro, um grande desperdício e a Vida é horrível. Tanto que poucos dias depois foi quando me preparei pela primeira vez para o meu suicídio. Ao invés de ver os pássaros do autor, me lembrei dos cães dos burgueses a passearem horas antes no parque e latirem furiosamente para minha figura grotesca no banco, parece que captando o sentimento de asco de seus donos. o autor manda sentir o vento e sim, aquele vento frio horrível que me entrava até os ossos. O autor manda olhar aos amigos e pessoas ao redor e olhei… os outros miseráveis e alguns criminosos e pederastas que me obrigavam a ficar acordado na vigília mesmo estando morto de sono.

Bem, não vou desbancar cada argumento do autor mostrando que para cada cena boa que ele vê, na realidade existe uma cena má. Não vou dizer que ele está mentindo para si mesmo, pois eu mesmo, quando mais tarde estive em boa situação financeira e num local de certo luxo, tambem saí lá fora e por um bom tempo só ví coisas boas, até quase me esquecí das coisas ruins que sabia existirem  se eu fosse um pouco mais longe dali. Com isso eu aprendi a ver o mundo e pensar nos mistérios da existência me ausentando do mundo onde me encontro no momento da reflexão para ver do alto, todas as situações, tanto a metade das coisas boas, quanto a outra metade das coisas más.

O perigo da visão míope

O Universo tem sido metade mal desde o seu primeiro momento. Quando eram só as partículas, ora elas se juntavam, ora se canibalizavam. As galaxias se canibalizam. O mundo já era metade demoníaco antes de Adão e Eva cometerem o pecado no paraíso. O autor descreveu o mundo do ponto de vista de um observador que está do lado de cá e calou a boca do outro observador que está do lado de lá… Assim não vale!

ilusoes de otica

Só porque abraçar é bom, aceita-se que a morena está de vestido vermelho?

Mas a minha grande pergunta é: ” Porque esse autor está míope? Porque é cego de um olho? Porque falseia tudo buscando coletar dados para apresentar um quadro falso e afirmar que é verdadeiro? O mundo tem um passado em que tudo aconteceu para produzir a vida como ela é. É realmente incrível que o planeta Terra esteja movendo-se ou sendo movida na mesma exata direção que se moveu ontem e durante bilhões de anos, se sabemos que o planeta ou seja lá o que for que o move, tem todo o espaço aberto e livre para escolher uma diferente direção agora. E basta desviar-se apenas no ultimo numero de um numero de 20 dígitos para torrar ou congelar todo mundo aqui. Mas isto significa que o mundo foi planejado por algo ou alguem que gosta da vida aqui? Não, a vida aqui tambem esta sendo monstruosamente torturada, o que significa que foi feito tudo errado.

A pessoa que conserva o controle sobre suas faculdades mentais, que continua a ter a razão pura e reta tal como deve ser a razão produzida por tal natureza aqui, vê o mundo lá fora na sua totalidade, e assim vê as duas reais faces do mundo. Não vê o mundo numa balança em que o prato das coisas boas está cheio e o prato das coisas más está vazio, o que passaria a ideia de que o mundo é produto do bem. Não, na verdade os dois pratos estão iguais, o mundo está equilibrado pelo bem e pelo mal. Em cima desta incontestável verdade, em cima desta realidade que nenhum argumento pode distorcer, a pessoa com a razão pura pensa o mundo. Vê estes dois fluxos contrários, estas duas longas cadeias de causas e efeitos que vem desde as origens do mundo, vê duas alternativas, e baseado na realidade deste mundo assim dividido ele reflete, medita, e busca explicações. os dois opostos estão presentes na mente do pensador, de maneira que ele não consegue pender para nenhum lado, ele terá que decifrar o que causou a origem do mundo assim dividido.

Mas tem pessoas como autor, que está apenas vendo o prato das coisas boas, não enxerga o outro prato. De onde vem essa miopia? Assim fica facil resolver o maior problema de todos os tempos, basta pender para um lado, ver só uma metade, e de pronto se descobre como é o causador da origem do mundo. Se entortar a cabeça de maneira a ver só o prato das coisas boas, o mundo foi feito com inteligencia por um ser bondoso; se entortar para o outro lado, o mundo aconteceu por acaso ou foi feito por algo muito estupido, um ser maligno.

ilusoes de otica

“… E antes das origens da Vida, a mulher só existia na cabeça do Criador…”

Mas o autor comete um pequeno deslize na sua narrativa, pelo qual se desmascara. Revela o causador do seu desvio mental. Ele diz que ” Eu pessoalmente acredito que há uma inteligencia por trás disso tudo…”. Ora, então antes de começar a escrever o texto, ele estava possuído por uma ideologia fabricada por um dos pratos para revelar apenas as coisas contidas naquele prato, e assim ele selecionou arbitrariamente as cenas do mundo a mostrar e que ele quer que voce veja. O outro prato, a outra metade do mundo foi varrida para debaixo do tapete.

ilusoes de otica

Um anjo ou o demônio?

Mas assim tem acontecido nos dois mil anos das ciências humanas tambem. O Universo como “corpo” tem suas partes duras, suas partes moles, e suas partes tão imperceptíveis que as definimos como abstratas. Como é o caso dos pensamentos, da mente, da consciência, do eletro-magnetismo, da força gravitacional, etc. e etc. Assim como o corpo humano tem sua parte dura de esqueleto ósseo, sua parte mole de órgãos e fluidos, e sua parte de consciência. Uma das maiores surpresas na minha vida foi quando olhei a figura do mundo que minhas experiencias de vida nos dois pratos me conduziram a desenhar, e notei que há muito tempo atras, quando a arquitetura natural que era a mais evoluída do Universo, ainda não possuía a terceira camada abstrata dos pensamentos, ela possuia sua segunda camada na forma assim abstrata. Ou seja, o que hoje é a segunda camada de carnes e fluidos moles e suaves do corpo humano, naquela época era a ultima camada ainda numa forma abstrata. Pois essa camada mole, biológica, existia apenas como conceitos revestindo uma espécie de maquina feita de material duro, apesar de ser uma maquina perfeita. Uma das lições daí extraídas é que cada camada emerge primeiro como conceito abstrato, apenas depois se solidifica materialmente. Pois o esqueleto duro de átomos e galaxias do Universo foi antes, em tempos próximos às origens do Universo, meras névoas  informes de partículas quase abstratas. Outra lição importante foi entender porque as nossas ciências nunca perceberam essa camada suave do corpo do Universo que reveste seu esqueleto de galaxias. Sendo produto da parte dura, a vida seleciona os dados duros e ignora os dados suaves e moles de todos os fenômenos naturais. O observador tem estado ocupando apenas um ponto no tempo e espaço, o ponto mais duro, não se pode culpa-lo de ter crenças baseadas no que ele foi produzido para ver.

A vida humana tem existido e sobrevivido apenas na parte dura do Universo, os humanos só tem visto um dos três pratos, e esta parte dirigiu nossas ciências a se limitar a apontar, a descobrir, os fenômenos que fazem parte dessa parte dura. Por isso a Física e matemática dominam as Ciências hoje nas interpretações dos fenômenos naturais e as próximas descobertas da ciência, previamente selecionadas por uma tendencia. E por isso os cientistas e todos os estudantes educados nestas escolas modernas estão correndo o grande risco de serem contaminados pelo materialismo absoluto.

Devagar com o andor, minha gente, e por favor, fiquem mais atento a todos os sinais do mundo… Este autor, coitado, se ele conseguisse convencer todo mundo que ele está certo, que o mundo é como ele diz, que existe uma inteligencia por trás de tudo, ele vai destruir todo seu patrimônio e suas próximas gerações, como aconteceu com todos os viciados que já conseguiram fazer isso e arrastaram o povo todo a construir todas as civilizações que o mundo real fez questão de derrubar… Pois elas saíram fora da sintonia natural, do rumo em que o mundo caminha e muda, elas estavam fora da realidade. E eu seria louco, irresponsável, se tambem tentasse convencer os incautos que a minha visão de mundo é mais rica e certeira porque tenho visto os dois pratos. Aprendi lá na selva que existem no minimo três pratos… e sou ainda míope para um deles. Apenas os dois pratos me dão a certeza de que a crença do autor não tem fundamento na realidade.

 

Religiosos no Brasil Avançam Contra Teoria da Evolução nas Escolas. E resposta da Matrix/DNA

sábado, novembro 1st, 2014

Congresso reúne opositores da teoria da evolução; biólogos criticam ‘novo criacionismo’

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2014/10/1538622-congresso-reune-opositores-da-teoria-da-evolucao-biologos-criticam-novo-criacionismo.shtml

E o website do Congresso:

http://www.designinteligentebrasil.com.br/

O movimento tem como um de seus organizadores o pelo quimico Marcos Eberlin que é professor da Unicamp e membro da Academia Brasileira de Ciencias, e vão promover a partir de 14 de novembro em Campinas, o 1º Congresso Brasileiro do Design Inteligente, reunindo os principais adversários da teoria da evolução entre cientistas do Brasil.

É preciso entender que segundo o que penso ter descoberto em sete anos observando sistemas naturais no meio da selva amazonica e calculando as origens da biosfera terrestre com métodos nunca aplicados antes, tambem indica que a teoria da evolução de Darwin e sua mais recente forma, a Teoria da Sintese Moderna, está longe de traduzir a verdade, não que esteja totalmente errada, porem está muito incompleta. Por outro lado, esta minha possivel descoberta, resumida na “Fórmula Matrix/DNA de Todos os Sistemas naturais e Ciclos Vitais”, tambem indica que a Teoria do Intelligent Design igualmenteestá longe de traduzir a verdade, que não está totalmente errada, porem está muito incompleta.

A principal falha na teoria darwinista é que ela se concentra apenas num dos ciclos da evolução universal, o micro-ciclo em que se dá a evolução dos sistemas biológicos, ignorando totalmente a história anterior deste mesmo processo evolucionário, compreendida no que se entende por evolução cosmológica. Ela divide a História Universal em dois grandes blocos separados entre si, e para preencher o vácuo entre os dois blocos tem que recorrer à mistica, como seria o caso de probabilidades ou acidentes produzindo resultados impossíveis. A fórmula da Matrix/DNA não detecta esta divisão na História da Evolução Universal e ao contrario, aponta os elos entre todos os micro-ciclos evolucionários, tais como a evolução das partículas, dos átomos, dos sistemas astronômicos e por fim os elos entre a evolução cosmológica e a biológica, indicando onde estavam, no estado do mundo pré-vida, as forças e elementos que convergiram à superfície de planetas para gerarem as primeiras formas biológicas.

A principal falha na teoria do Intelligent Designer é ignorar o  estado do mundo antes das origens da vida e assim não detectar ali as forças e elementos que concorreram para a formação das primeiras moléculas orgânicas e suas consecutivas evoluções. Esta falha no entendimento da complexidade já existente naquele estado do mundo suscita o napelo à apelo à mistica, principalmente imaginando um agente supernatural montando sistemas através da magica. O principal argumento da teoria do Intelligent Designer é a correta detecção de que os diferentes mecanismos que surgiram na primeira célula viva não existiam juntos em algum cêpo ainda mais primitivo existente na Terra, portanto teriam que terem sido montados por alguma forma de inteligencia. Isto ocorre porque acreditam que tal cêpo primitivo teria que ter existido na superfície da terra, quando na verdade ( segundo indicam os modelos teóricos da Matrix/DNA), tal ancestral comum a todos os seres vivos nunca existiu na superfície da Terra, pois trata-se do inteiro sistema astronomico ao qual a Terra pertence.

Enfim, a Teoria da Matrix/DNA é uma desconhecida alternativa dentre os dois partidos contendores, que lutará por seu espaço nos debates enquanto busca mais provas, evidencias, ou, algum fato real comprovado, se existir,  que a inutilize para sempre.

Minha tentativa de contacto com os organizadores do Congresso ( enviado e-mail): 

Nome: Louis Charles Morelli

Como criador/autor de uma nova e nunca publicada teoria sobre a evolução e origens da vida ( Veja website http://theuniversalmatrix.com), peço resposta para o e-mail acima se existe a possibilidade para ceder-me um pequeno espaço nas áreas do Congresso para um pequeno stand apresentando cartazes dos meus modelos teóricos ( que estão na homepage do website), e explicando a teoria aos interessados. E se possível a permissão para participar dos debates defendendo uma terceira alternativa desconhecida tanto por darwinistas como partidários do ID.Agradeço de antemão qualquer resposta…

E meus  comentarios  postado na UOL, esperando moderação:

Matrix/DNA – monday – Octuber, 27, 2014

O Brasil precisa saber que existe uma terceira teoria criada dentro do Brasil que é uma evolução das teorias darwinista inglesa e e do Intelligent Designer americano. Isto porque o Brasil tem o melhor laboratório natural pois ainda conserva as testemunhas que participaram nas origens da vida na selva amazônica. Ali foi descoberta a fórmula da Matrix/DNA que surge nas origens do mundo na forma de ondas de luz e foi o molde para todos os sistemas naturais, de átomos a galaxias a células e humanos.

Matrix/DNA – Saturday, November, 01 – 2014

Os dois partidos estão certos e errados. A teoria darwinista não traduz o correto processo da evolução natural porque ela trata apenas da evolução a nível biológico, quando na verdade a evolução é universal, incluindo a cosmológica, que influencia na biológica com mais 4 mecanismos ignorados. por eles. E os criacionistas baseiam-se na irredutível complexidade crendo que o comum ancestral era terrestre, quando na verdade é o sistema astronomico. O terceiro partido ( Matrix/DNA) resolve tudo isto

Imagem publicada no artigo da Folha Press, aqui copiada para analisar e responder cada item:

Alex Argozino/Editoria de Arte/Folhapress

E continua no debate no artigo, no link: http://comentarios1.folha.com.br/comentarios/5964233?skin=folhaonline

Para Sandra: como provas que são erros? O DNA pode ser o registro da História real dos seres vivos,os quais cometem erros e a História os registra. Trechos não funcionais? Cada dia está se descobrindo mais funcionalidades nos trechos do “DNA-lixo” e este “lixo” pode ser o registro da História pré-DNA biológico, a qual é o alicerce inevitável. E veja a fórmula das origens do DNA na Matrix/DNA Theory para ver como ele é um software.

Os dois partidos estão certos e errados. A teoria da evolução darwinista não traduz o correto processo da evolução natural porque ela trata apenas da evolução a nível biológico, e aponta apenas 3 mecanismos variáveis, quando na verdade a evolução e’universal, incluindo a cosmológica, que influencia na biológica com mais 4 mecanismos ignorados pelos darwinistas. E o Intelligent Designer baseia-se na irredutível complexidade crendo que o comum ancestral era terrestre, quando na verdade é o sistema astronomico inteiro. A nova teoria “Matrix/DNA” é o terceiro partido mais razoável.

 

xxxxxx

Pesquisa da Matrix/DNA:

1) Googlar ” Marcos Eberlin “

Universo Tunelado para a Vida: Artigo com os Maiores Detalhes

terça-feira, outubro 28th, 2014

Livro: Fomos Planejados – Prof. Marcos N. Eberlin

Capitulo 6: O UNIVERSO E SEU AJUSTE ULTRAFINO

http://www.fomosplanejados.com.br/capitulos/assuntos/assunto.asp?codcapitulo=25&codassunto=127&numero=2

A melhor coleção de dados sobre o finíssimo ajustamento do Universo para chegar ao que é hoje. O que não está bem afinado com esse Universo é o cérebro do autor, infelizmente ele torna-se arrogante para crer que é capaz de saber a Verdade sobre o que produziu o Universo. É adepto do Intelligent Designer.

Pois um cérebro natural, configurado com uma razão exclusivamente natural, sem desvios causados por uma cultura civilizatória, ou imaginações fantasmagóricas próprias da infância, imediatamente concluiria o óbvio: se o Universo está justamente estruturado para gerar a Vida, é porque o Universo é um elo intermediário entre uma Vida já existente e outra a existir…

Assim como o utero, o saco embrionário, ou ainda o ovo, é o elo entre uma vida existente ( a mãe, o pai), e uma vida sendo gerada ( o feto).

Claro. Alguém já viu uma maquina, ou uma pedra, um fantasma magico e supernatural, um desenhista cósmico, ou qualquer outra coisa mais,  feito e preparado para produzir e suportar um ser vivo?! Não. Certamente que não. Se alguem disser que viu ou ouviu estará certamente mentindo ou tendo alucinações como tem o bebê, que por não conhecer como os adultos conhecem as origens das coisas que o rodeia na casa, imagina seres e coisas onde o único propósito de tudo é comer e brincar.

Mas a Natureza revela a resposta para quem quiser ver e ouvir. Ela mostra uma mulher gravida e tudo o que está acontecendo lá dentro da sua barriga, quando uma vida está surgindo, tendo suas origens. Isto é evidencia correta, clara, inquestionável, de prévio preparamento, prévio tunelamento. Assim funciona a Razão Pura, naturalista. E não existe outro caminho racional a partir daí, senão o olhar o Universo, todos os seus elementos e eventos, e tentar calcular como deve ser a forma de Vida alem dele, em volta dele, assim como os corpos do pai e da mãe estão em volta da bolsa embrionaria. Mas isto se torna praticamente impossível, pois não temos um peixinho pronto para daí inferir o que deve ser o peixe-pai. A vida ainda está se fazendo, a ultima forma ninguem sabe. Apenas a ultima forma nos dará uma idéia mais aproximada do que está lá fora aguardando o Big End do Universo e acolher sua cria nos… glup… eu ia dizer braços, mas é impossível saber se aquela forma tem braços. Basta lembrar que o embrião dentro deste ovo cósmico está agora na forma de sistema natural feito com substancia auto-consciente. Se o embrião chegou à sua ultima forma, a Vida que está lá fora é provavelmente pura auto-consciência. Mas só podemos teorizar…

E claro que para enxergar isso é preciso não se esquecer do que acontece com o aparato materno que produz e suporta uma vida: ele se transforma, está sob evolução. No inicio é simplesmente um óvulo simples, depois se torna uma intrincada placenta, quando a vida sendo gerada vai aumentando sua complexidade. É preciso entender a palavra vida nas suas diferenças quando aplicada ao que está dentro de um ovo e depois à galinha que saiu daquele ovo. Mas o problema da cultura acadêmica é que micróbios vivendo dentro de células dentro do esqueleto ósseo de um corpo humano apenas pode ver e conhecer os aspectos físicos, mecânicos e teorizar em termos matemáticos, sem poder ver as dimensões reais diferentes que cobrem o esqueleto, como as partes moles e suaves das carnes, órgãos, correntes de fluidos, e nem sequer pensar na cobertura de emoções, sentimentos, auto-consciência, que fazem parte do mundo destes pequeninos micróbios. Enquanto a academia cientifica estiver dominada pela Física, Matemática, e algumas tímidas inserções da química… estarão como os micróbios na estrutura esquelética do Universo, cegos aos seus aspectos biológicos, vivos. Por outro lado, um cérebro dominado pelo espirito selvagem da natureza ainda bruta, sem desvios desta cultura civilizatória, pode perceber as influencias vindas das partes moles e neuroniais sobre o esqueleto e elaborar teorias mais amplas, tal como a Matrix/DNA.

Uma pessoa irá acreditar que foi planejado ou não, dependendo de sua experiencia de vida, desde a infância. O autor tem toda razão para acreditar que foi planejado, pois surgiu ancorado numa família e algum patrimônio e assim pôde escolher caminhos e estar durante toda sua vida num estado próximo do confortável. Eu, que nascí em condições extremas total mente diferentes, não teria nenhum motivo para crer que fui planejado. Eu tenho certeza que não fui planejado. Minha experiencia especifica de vida prova isso. E então?

O Universo é incrivel, estonteantemente afinado e calibrado para produzir a Vida? E daí? Isto não implica que seja necessario um projetista inteligente aplicando inteligencia para afinar e calibrar um universo. sabemos que no principio de todos os sistemas naturais é o caos. O caos é resultante da entropia que ataca um sistema existente anterior. Os bits do sistema atacado se dirigem internamente ao centro do sistema, como se pode ver na fórmula da Matrix/DNA. Mas a fórmula ainda não foi comprovada? Então busquemos um parametro, uma evidencia, aqui e agora, para embasar a existencia deste processo. No centro de um óvulo ocorre um mini-big bang quando chega um espermatozoide no centro e explode sua membrana celular. Liberados genes masculinos e femininos a nadarem no amnion, deve ser a maior confusão, até que cada elemento encontre seu par. É o que se chama de caos. Cromossomas são resultantes da entropia atacando corpos humanos e produzindo ovulação e ejaculação se o corpo se comportar como sistema aberto, ou produzindo uma fecundação se o corpo se comportar como um sistema fechado. De todo caos se levanta o fluxo da ordem. É o estado de ordem que dirige tudo, calibrando, ajustando, pois a finalidade suprema da matéria é encontrar seu equilibrio termodinamico. Está havendo obstaculos à conformação do estado de ordem porque a constante gravitacional não chegou ao numero que demanda o equilibrio? O sistema todo se mexe e obriga a constante gravitacional chegar ao numero exato necessario.

O DNA parece mágico, pois ele produz o corpo da mulher, o utero, o óvulo e o embrião. Produz tudo. Uma fórmula complexa. Mas estamos descobrindo que o DNA nada tem de código, de mensagem secreta, de emissor inteligente. Ele é apenas uma pilha de milhões de unidades chamadas “par lateral de nucleotideos”, cada unidade com uma minima diferença das outras que a distingue de todas as outras cópias. E estamos descobrindo que essa unidade nada mais é que o mesmo building block de atomos e galaxias, um building block que em si mesmo é um sistema natural, perfeito, funcional. Ora então o DNA não surgiu aqui, ele é apenas uma continuidade evolucionaria do que vem desde o Big Bang, digamos, de uma Matrix Universal. A qual é uma fórmula simples. Porem viva e contendo nas suas entrelinhas o programa todo, do Big Bang ao Big End. Essa fórmula, a Matrix, e por dedução lógica, faz a nivel macro o que a vemos fazer no nivel micro. Então a Matrix produziu o corpo do sistema que envolve o Universo,  o aparato para alojar o universo, produziu o universo e agora o embrião dentro dele. Tudo natural. Não precisa de desenhistas inteligentes magicos e nem de acasos de matéria magica, apenas a Natureza.

É… mas então o que ou quem produziu a Matrix? Ora, vamos primeiro conhecer tudo o que esta dentro do nosso ovo-universo, depois do nosso nascimento vamos conhecer nossos pais alem do universo… a questão da Matrix fica para muito depois …. talvez nossos pais saibam. Nós não somos a ultima forma, e apenas ela poderá entender tudo.

Nós não temos outra alternativa e nunca teremos enquanto não botar-mos ao menos a cabeça para fora deste Universo. Esquecer-se do tamanho deste sistema solar, do tamanho desta galaxia, do tamanho deste Universo, e do que significa bilhões e bilhões de anos de idade, quando buscamos explicações para as existências das coisas é ignorar que nós não temos capacidade para encontrar e entender estas explicações. Apenas a Teoria das Cordas já está sugerindo que este mundo tenha no minimo 11 dimensões, nós temos sensores cerebrais para captar apenas algumas delas, jamais este nosso cérebro tão limitado poderia absorver este Universo para conseguir entende-lo, o que dirá do mundo que o produziu. Portanto, se afiliar a uma ideologia, um partido, reunindo pessoas que acreditam terem encontrado a Verdade, é irracional. Acreditar que acidentes podem construir coisas, e o pior, com mais informações do que as coisas que participaram do  acidente, é absurdo, pois nunca ninguem testemunhou isso acontecendo alguma vez em algum lugar. Acreditar que na infancia da Humanidade teve humanos que falaram com deuses é o mesmo que acreditar na sua criança quando ela está falando sózinha com seus amigos fantasmas imaginarios. Pois nunca ninguem seu conhecido viu, falou ou ouviu alguma entidade sobrenatural. Acreditar que exista a Matrix/DNA universal como carga genética organizando a matéria inerte em sistemas naturais, mesmo que tenhamos a forte evidencia comprovada de que existe realmente o DNA, é reduzir irracionalmente a grandeza e complexidade do DNA e dessa Matrix. Assim como acrteditar que algum humano teria a minima condição de acertar nas suas conjecturas algum detalhe do que seria um criador dessa imensidão universal. Temos que nos lembrar sempre que a resposta é muito maior e mais complexa do que possamos saber e entender nessa sofrível e limitada forma cerebral. Apenas assim mudamos do culto a amigos fantasmas imaginarios da infancia e nos voltamos ao humano próximo de nós para cultua-lo como o amigo necessário.

temos muito que ainda resolver. Uma das questões que me surge justo agora é: “Se as forças nucleares determinam a repulsão entre íons iguais e atração entre íons diferentes, qual foi a mudança, o passo evolucionário, o mecanismo responsável pela mutação, em que entre os seres vivos vemos um corpo repudiando outro que está sendo atraído ao mesmo?! É uma terceira situação nunca observada antes no reino da Física pura. É uma nova face da Natureza que se expressou aqui criando esse negócio de predadores e presas. Mas o Universo não é magico, a natureza aqui não pode criar novas informações que não tenham estado presente nas origens do Universo, assim como na gestação de um embrião não podem surgir informações que não estivessem nos corpos dos pais pu no ambiente no momento da fecundação. Esta terceira alternativa tem que ter estado aqui desde as origens, permeando o reino da Física. Se esta nunca a percebeu, significa que a Física não está completa, ela ainda não absorveu o Universo inteiro. Então agora assistimos nos dias de hoje as celebridades intelectuais propagando idéias como “Something from Nothing”, acreditando que a Física desvendou o Universo. Ora… isso não é Ciência e não é racional. O prejuízo de posturas dos crentes é que acreditando eles se cegam para impedindo-os de verem que ainda existem muitas questões irrespondidas, como essa que me surgiu agora.  Acreditar, como se diz em inglês, é um “science-stopper”.

Mas o trabalho do Professor Marcos Eberlin com este artigo é excelente, de enorme utilidade publica. Uma síntese eficiente para fácil entendimento das pessoas que tiveram seus cérebros configurados  fora da academia cultural desta civilização, como eu. Por isso vou identificar cada um dos inumeros items naturais que ele aponta que estão servindo de indicios de que este Universo foi planejado, ou ao menos, tunelado. Identificar e pesquisar mais amplamente cada item. para depois identificar os que ainda faltam na fórmula da Matrix/DNA

No final o autor apresenta as duas teorias materialistas que dominam os meios acadêmicos e intelectuais nestes dias: 1) Tiramos a sorte grande na loteria cósmica bilhões de vezes;

2) Um gerador cosmológico de multi-universos, em trilhões de tipos diferentes, sendo que com tantas possibilidades um teria que ser como o nosso.

E argumenta que estas duas teorias são fantasiosas, irracionais. para então apresentar a terceira teoria conhecida nos meios acadêmicos: O Intelligent Designer. E acredita que esta não é fantasiosa e irracional. Um leão comendo uma ovelha viva seria uma obra inteligente. Uma criança sendo devorada por uma sucuri ou pelo Ebola seria obra de um ser inteligente.

Por fim, o autor explica que estas três teorias para explicar esse tunelamento estonteante do Universo são as conhecidas no meio intelectual acadêmico, existindo – no seu dizer – outras menos populares, as quais ele nem se dá o trabalho de mencionar e procurar conhecer.

Existem teorias populares, caboclas. Como a do caboclo que aprendeu as milhões de estonteantes afinidades existentes dentro do útero materno e que por fim produzem um embrião. Então o caboclo aprendeu tambem que a mamãe girafa não aplica a menor inteligencia para fazer uma girafinha. e o caboclo então extrapolou a realidade do que el vê aqui em miniatura para ser a realidade que ele não pode ver da conjuntura. O Universo é como o útero materno. Isto significa, não que exista um gerador de universos, pois a fêmea não é geradora de úteros, mas um gerador de filhotes à sua imagem e semelhança, fazendo-o tudo naturalmente, sem precisar aplicar magicas e inteligencia. O mero fato de que o embrião dentro deste universo está apresentando ter tambem as propriedades da inteligencia e da auto-consciência indica que o gerador tem que ser inteligente e auto-consciente. Mas como vemos aqui na terra com nossos próprios olhos, inteligencia e auto-consciência tambem se reproduzem geneticamente. Naturalmente. E o caboclo deu um nome à sua conclusão: “A Matrix/DNA Universal dos Sistemas naturais e Ciclos Vitais”.

As três teorias conhecidas tem a mesma origem cultural. Uma cultura que reflete a infância do humano inventor de monstros, amigos invisíveis, etc. Uma cultura que ainda não chegou ao estado adulto, no qual todas estas imaginações infantis se desvaem no encontro com a realidade.  O caboclo, por outro lado, estava isolado na selva quando atingiu a idade adulta e a cultura da natureza substituiu a cultura da civilização.  Eu não acredito na teoria do caboclo tambem, claro, ele tem apenas um cérebro humano. Mas se eu tivesse que dizer qual a melhor dentre as quatro teorias, eu ficaria com a do caboclo. Ao menos, enquanto ninguém inventa uma megaloteria onde se ganha bilhões de vezes, ninguem apresenta um gerador de universos-bolhas e ninguém apresenta um fantasma inteligente magico,  o caboclo me leva no pasto, me mostra uma vaca dando cria e apresenta uma indiscutível evidencia à sua teoria.

Mas deixem os quatro ficarem correndo atras de evidencias e provas para suas teorias. É lógico que todas estarão muito distantes da Verdade, se é que exista alguma. Para um cérebro poder elaborar uma teoria mais próxima da verdade, ele teria que: 1) desenvolver antes mais pelo meno sete sensores alem dos cinco que o cérebro humano possui, para captar as pelo menos onze dimensões que a M-Teoria está apontando seja formado este Universo; 2) Cumprir com o teorema de Godel, o qual estabelece que “para saber a verdade de um sistema ( como o Universo) tem-se que sair fora do sistema e olha-lo de lá…

É como a idéia estapafúrdia de que o mundo seja infinito. O sujeito poderia caminhar trilhões de anos luz numa só direção e mesmo assim nunca poderia provar que o mundo é infinito, pois ele teria que provar que o mundo não acaba em algum ponto lá na frente…

Alem disso, uma simples constatação nos faz perceber que o cérebro humano não tem a menor condição de assimilar a verdade ultima. me refiro ao fato da dicotomia constante, pela qual tudo tem que ter seu exato oposto. Então, se tem um Universo positivo, com todas suas leis positivas para produzir a vida, tem que ter o Universo negativo, com todas suas leis negativas para não gerar a vida. Ou seja, um mundo onde o tempo vai do futuro em direção ao passado, onde quando as coisas caem estão subindo, quando estão crescendo estão diminuindo de tamanho, etc… O cérebro humano se fundiria totalmente se caísse no universo negativo, e assim não teria como continuar sua aprendizagem para conhecer a outra alternativa que tambem é uma constante: o universo do meio-termo entre o negativo e o positivo… Chega de bobagens por hoje e das masturbações intelectuais de criacionistas e materialistas…

xxxx

Itens Usados no Argumento do Universo Planejado ou Tunelado:

O ajuste fino em tres de seus aspectos gerais:

1) Na existencia do conjunto certo de forças naturais regidas por leis infinitamente exatas e precisas;

2) Na existencia do conjunto numeroso de constantes fisicas universais e fundamentais que ajustam as intensidades dessas forças com uma extidão estonteante, e de regras que regulam e restringem a ação dessas forças;

3) na razão certa de matéria e energia – que se interconvertem ( E=mc2) e assim as proporções podem variar.

Vamos ver cada um destes tres aspectos gerais:

1) Forças e Leis: Tres tipos, e sómente tres, de forças regem a operação deste Universo: 

a) Gravidade :  nos mantem na superficie da Terra sem flutuarmos e sem ser-mos esmagados. Faz existirem astros e sistemas astronomicos. é essencial para manter gases nas estrelas ( hélio e hifrogenio) e para manter o ferro o ‘sodio liquido na Terra e manter o campo magnético; para manter a atmosfera terrestre,

b) Forças eletromagnéticas : Gera a Luz, que é radiação eletromagnética. Faz com que íons de cargas opostas se atraiam e polos opostos de imãs tambem. Faz elétrons e prótons se atraírem para formar átomos, e portanto, moléculas. Faz eletrons impedirem a repulsão natural entre dois nucleos atomicos e assim permite as ligações entre atomos, senão apenas haveria gaz. A Luz visivel corresponde a uma faixa estreitissima do espectro de radiação eletromagnética, mas esta faixa que emana do Sol é indispensavel para a vida na Terra. Impressionante notar-mos então que a nossa atmosfera – através do ozonio por exemplo – filtra quase toda a radiação eletromagnética proxima da visivel, que é danosa à vida, deixando passar quase que exclusivamente a luz visivel.  O campo magnético da terra desvia o vento solar que é danosos à Vida.  Sem magnetismo não haveria não haveria tambem como ocorrer o pareamento de elétrons nos orbitais, de spin contrários, e o principio de exclusão de Pauli não teria como moldar a matéria, e a terra não teria seu escudo protetor – seu campo magnético e não haveria então como desviar o vento solar, que assim atingiria a terra e aniquilaria qualquer molécula ou polímero organico na sua superficie.

Forças eletromagnéticas são tão ajustadas como na formação da fantastica molécula de agua onde um atomo de oxigenio posiciona ao lado dois de hidrogenio obedecendo um  angulo magico e preciso de 104,45 graus

c) As forças nucleares ( fraca e forte) – Cargas opostas se atraem e cargas iguais se repelem – é fundamental para formação de átomos. A força nuclear forte é a responsavel pelo efeito Yukawa, unindo prótons a neutrons A força forte cerca de 10 _11 mais forte que a força fraca e e 10-39 vezes mais forte que a gravidade é tão tremenda que empacotam dois átomos dentro do núcleo, e dai vem a bomba atomica, quando a invasão de uma partícula separa estes dois prótons emitindo a violenta radiação.

d) Calibrando as forças naturais:

Não é só a existencia dessas forças e de leis exatas e precisas que as definem, mas é tambem o ajuste finissimo de suas intensidades que viabilizam o Universo. Este ajuste é dado por mais de 10 constantes universais, todas exatas, precisas, calibradas, ajustadas e finamente orquestradas.

O Incrivel Ajuste da Constante Gravitacional:

A força gravitacional é dada pr f= Gm1*m2/r2, onde G é a constante gravitacional. Mas qual o valor que a constante gravitacional poderia – num Universo arbitrario, sem tunelamento – assumir? Nada impediria que a gravidade existindo o valor dessa constante pudesse variar desde o -infinito até o +infinito. Mas um valor ela teria que ter, isto é certo. Mas que conclusão chegaríamos ao verificarmos que o valor que G tem é o unico, entre uma infinidade de outros valores possiveis, que viabiliza o Universo e a Vida no Universo? Pois se você mudar um pouco o valor de G, aumenta-lo uma fração bem pequena, algo como uma fração em 10 elevada à 34* potencia, , um digito apenas depois de 40 casas e após a virgula, um pouquinho de nada para maior por exemplo, todos os organismos vivos deste planeta seriam imediatamente esmagados, comprimidos contra o solo, e a estabilidade da célula e de sua membrana celular seria destruída. E se diminuíssemos esta constante um pouquinho, seriamos lançados para o espaço. Estrelas e planetas não se formariam mais, a Terra perderia de imediato sua atmosfera, um caos completo.

A massa dos quarks que formam os  neutrons e protons, é outro exemplo de ajuste fino, pois essa massa ajusta a taxa de…

…. formação de Oxigenio e Carbono.  Esses eklementos foram produzidos, acredita-se, quando atomos de hélio “queimaram”dentro de estrelas tipo “gigantes vermelhas”. O atomo de carbono-12 (12C) – o atomo da Vida – só pode se formar quando 3 particulas alpha, ou seja, 3 nucleos de 4He ( hélio) combinam-se em uma formamuito especifica. Um aspecto essencial na formação  do 12C é um estado excitado deste atomo conhecido como “Estado de Hoyle”. Esse estado possui uma energia tambem muito especifica – 379 keV acima das 3 particulas alpha. O atomo de oxigenio é produzido quando uma particula alpha com bina-se com um 12C. . Sabemos hoje que somente uma pequenissima variação da massa dos quarks mudaria a energia do estado de Hoyle e impediria a produção do 12C e oxigenio em nosso Universo e assim não existiria a vida.

( Parei em … A formação de carbono e Oxigenio…

 

 

Cérebro e MRI de Estados Místicos, Religiosos, Produzidos por Campos Magnéticos

sexta-feira, outubro 10th, 2014

xxxxx

Religious experience is a natural product of the brain. (?)

http://www.christianitydisproved.com/brain.html

Aberto para pesquisa dos detalhes. Ver o video: ( Religious experience can be replicated using magnetic fields.)

The Sensed Presence with Dr. Persinger

https://www.youtube.com/watch?v=mDfhTsCm-l8

xxxx

Minha primeira impressão desta nova informação:

A memória humana tem sua História, que vem desde suas origens, sua ancestralidades, até chegar ao ponto em que está hoje. Acontece que essa história da memória obedece o mesmo processo de qualquer corpo evoluindo sob o ciclo vital.  Então essa memória um dia esteve no cérebro de répteis, outro dia antes ainda foi um mero sistema nervoso difuso numa bactéria, ou seja, a memória teve suas formas transformadas em novas formas assim como um corpo humano se transforma pela ação do ciclo vital. Acontece ainda que este ciclo vital vem originalmente das simples ondas de luz natural. Estas ondas são relacionadas com eletromagnetismo. Então quando aplicamos fortes forças eletromagnéticas no cérebro, estamos mexendo com toda essa história e diferentes niveis, dimensões, da Natureza. cada etapa da história da memória é relacionada com cada etapa de um espectro eletromagnético de uma onda de luz, ou seja, cada fase da evolução da memoria teve sua especifica frequencia vibracional. Ora, quando aplicamos uma força eletromagnética sobre o cérebro, estamos invadindo-o com uma especifica frequencia energética, muitas vezes sem saber-mos qual frequencia está chegando ao cérebro. E cada tipo de frequencia ativa um especifico campo da memória relacionado a uma especifica era anterior de sua evolução. Com isso, a memória envia ao cérebro, ou à “mente”, flashes registrados naquela época. Não sei ainda porque neste caso especifico desta experiencia do Dr. Persinger, os pacientes revelam estados religiosos, fato que vou investigar.