Posts Tagged ‘mãos’

Maos humanas: novos detalhes sugeridos como influencias na psique e personalidade

terça-feira, agosto 7th, 2018

xxxx

Maos Humanas contam segredos da personalidade

The Secret To Your Personality Is The Length Of This Finger

https://www.riseearth.com/2018/08/the-secret-to-your-personality-is.html

E meu comentario publicado no artigo:

Louis Charles Morelli August 7, 2018 at 8:11 PM

There is a big secret about human hands: it is the copy of DNA’s fundamental unit of information, or DNA’s building blocks.Yours hands tells all shapes of your body in a lifetime: the palm is your pregnant mother, the pinky finger is you as a baby, the nest finger is you as a kid/teenager, the next one is you as young adult, the next is you as the boss of a family, old adult, and the last one is the senior. But,… it is not merely coincidence. When a living being needs something for survivor and ask it to DNA, the DNA sends a copy of itself to the local and build the thing. It happens that the DNA’s unit of information (two lateral sugars with four basis ) is a complete working system in itself, and Nature builds systems by applying the vital cycle, the process that changes shapes of a body. So, that’s why your hands mimics the history of your body, it is a exactly copy of a natural system.

There are a lot more secrets about your body and Nature in general, described by the new world view called Matrix/DNA Theory, because we are discovering that DNA is merely the biological shape of something that works at universal level, a kind of universal Matrix, which seems to be the God’s Genome. By while I call it as a theory, but there are too much evidences, too much right previsions, so, it deserves a look…

 

Para quem interessar, click na categoria “maos humanas” e veja as interessantes descobertas sobre elas que nunca foram notadas antes.

A Plasticidade da Formula: Matrix Biologica/Geometrica

quarta-feira, abril 18th, 2018

xxxx

Me informam agora, pela primeira vez, a informacao revelado pela imagem abaixo. As maos humanas continham segredos fundamentais sobre a existencia do corpo humano, que so foram descobertas depois da descobertas da formula Matrix/DNA, que foi quem as construiu da maneira como elas sao hoje. Algumas destas descobertas estao em varios artigos na categoria “Maos Humanas”, neste website, e resumidamente comentadas no comentario que postei no artigo da imagem que vai copiado abaixo.

Eu nao havia notado este aspecto relacionando as caracteristicas dos angulos geometricos com a geometria das maos humanas, quando as analisei tendo a formula como parametron comparacional. De fato tem sentido esta comparacao, porem, na verdade, os dedos humanos sao feitos `a imagem e semellhanca das funcionalidades do corpo inteiro segundo suas faixas etarias, as quais tambem, se dispostas graficamente em linha, revelarao o aspecto dos angulos e seus valores, mas estes valores sao variaveis por causa da plasticidade da formula que construiu as maos. Assim, eu trocaria os valores: ao inves de 0 – 30 – 45 – 60 – 90, como estao na imagem, e sabendo que os dedos foram alinhados obedecendo a sequencia das formas construidas pelo ciclo vital, eu calcularia os valores: 0 – 20 – 40 – 60 – 90. Mas se aplicar-mos isto em outra especie de ser vivo cujo longevidade e’ diferente, os valores seriam ainda mais diferentes, justo por causa da plasticidade existente na formula, que pode variar suas construcoes de acordo com as variaveis externas, como meio-ambiente, etc.

A Geometria na Formula Desenha as Maos Humanas

A Geometria na Formula Desenha as Maos Humanas

Acho que o segredo mais surpreendente sobre as maos ninguem ainda viu, e apenas o descobri baseado na formula da Matrix/DNA. Tudo nas maos – da palma `a forma dos dedos – revelam exatamente o ciclo vital e a sequencia etaria das formas do corpo humano. A palma representa a barriga da mae gravida, a fonte gestacional. Dela nasce o baby, que e’ o mindinho. Este cresce para a forma de crianca/adolescente ( o segundo dedo), e depois a forma jovem/adulta com a maturacao sexual ( dedo do meio), depois a forma da maturidade adulta ( o dedo indicador, nessa idade o pai, a mae, indicam os caminhos, a luz, a sabedoria, aos jovens), e dai comeca a fase da degeneracao fisica ate chegar ao velhinho desajeitado, encurvado, que e’ o polegar.

Mas isto seria mera coincidencia? Naaaoooo! Acontece que o corpo humano foi feito, desenhado, por uma formula natural universal representada biologicamente como DNA, e esta formula e’ um sistema cujas partes tambem foram criadas pelo ciclo vital. Assim, a unidade fundamental de informacao do DNA sao dois nucleotideos paralelos, cuja figura e’ exatamente igual ao que voce obtem quando voce poem suas duas maos na sua frente com os dedos esticados e confrontando-se: as palmas tornam-se os acidos nas hastes e os 4 dedos a tocarem-se sao as 4 bases, e os polegares sao a uracila intermitente. Note: ninguem mais no mundo sabe disso, apenas os leitores de  “Casos Interessantes”. Se queres ver esta formula fundamental para conhecer este mundo natural google: ” A Matriz Universal dos Sistemas Naturais e Ciclos Vitais”

Mas porque a formula Matrix construiu nossas maos, e nao a simples evolucao? A formula se multiplica emergindo sempre onde um sistema natural necessita uma melhoria. Nos sistemas biologicos ela atuou quando a celula redonda primordial precisou de cilio para se mover, entao a formula aplicou apenas um de seus mecanismos. Com as transformacoes desta celula a copia desta formula que estava nos cilios evoluiu para bracos, pernas, patas, pes, cascos, garras ate chegar as maos humanas onde ela esta quase completa. Ainda tem mais por vir…

Porque o DNA desenhou a mao humana nesta forma

segunda-feira, abril 9th, 2018

xxxx

A formula da Matrix/DNA nos conduziu a surpreendentes descobertas sobre as maos humanas, que podes ver na categoria “maos humanas”.

Anatomia da Mao Humana

Anatomia da Mao Humana

Anatomia da Mao Humana

Human hands anatomy

Post no Facebook em 9/4/18:

Imita exatamente um building block do DNA porque ela foi feita por quem? Senao o DNA? E ela mostra exatamente como funciona o ciclo vital, porque este esta encriptado em cada building block, por isso o DNA da’ vida ao que cria . Toda cria tem imagem semelhante ao seu criador. Para entender: a palma representa a molecula de acucar na haste do DNA, 4 dedos representam as 4 bases e um dedo representa a base uracila, que e’ intermitente no codigo genetico. Veja como ela expressa o ciclo vital: a palma representa a mulher gravida ou utero da formacao; o mindinho e’ o baby, nascido da palma e quase inutil para fazer as coisas, o seguinte e’ o baby crescido como a crianca, o do meio e’ o jovem, o indicador e’ o adulto que conhece e indica a luz da sabedoria, o polegar e’ o velho encurvado, tambem desajeitado. Mas infelizmente o curriculum de Biologia nao ensina isso. Voce pode aprender googlando: ” A Matriz Universal dos Sistemas Naturais e Ciclos Vitais”.

Maos humanas e a formula universal da Matrix/DNA: interacao da formula entre cerebro e dedos

segunda-feira, janeiro 22nd, 2018

xxxx

Depois que descobri que a mao humana retrata fielmente a formula universal dos sistemas naturais e por isso mesmo a forma e funcoes da palma e de cada dedo no seu conjunto reproduzem as formas diferentes do corpo humano ao longo de um ciclo vital, fico observando estes dedos movendo-se automaticamente e tantando discernir como a mesma formula que esta por tras da configuracao do cerebro se apodera de suas copias nas maos e as conduz de uma maneira quase extra-dimensional. Primeiro e’ preciso muito tempo de treinamento para o cerebro memorizar cada tipo de som que sai de cada posicao dos dedos na guitarra. Com isso parece que a formula no cerebro “engole” um modelo abstrato da guitarra, e passa a toca-la com emissoes de sinapses eletricas, as quais devem moverem-se a velocidade da luz. Entao estas sinapses passam a moverem os dedos tocando a guitarra real. Alguem tem outra explicacao a nao ser o famoso que nada diz…”ah, e’ o instinto…”? Instinto vem de animais que nada entendiam de tocar instrumentos, isso vem de uma dimensao alem dos instintos.

Tina S – Ludwig van Beethoven / Moonlight Sonata (3rd Movement…

https://www.facebook.com/GuitarLegacy/videos/1694809230537618/

 

Mãos: Imagem do espaço captada pela NASA

terça-feira, novembro 1st, 2016

xxxx

Poderia este fenômeno ser mais uma evidencia para minha teoria sobre a formação das mãos (ver artigos neste website na categoria “mãos humanas”? A formula da Matrix/DNA tem a mesma imagem da mão humana, ela produz uma tendencia natural da matéria a se conformar na imagem de mão. Pensar nisso… ( meu comentário postado no artigo, copiado abaixo)

 

NASA encontra “a mão de Deus” no espaço

Louis Charles Morelli · 10/31/2016

Agora, falando serio. Aos montes se juntam imagens de figuras bizarras obtidas em outras galaxias, e a maioria são interpretadas como meras nebulosas. Mas se pensar-mos em micróbios inteligentes como o Lula vivendo dentro de um ribossomo de uma célula e apontando um telescópio para o espaço exterior, ele veria o figado como uma nebulosa, o umbigo como um buraco negro, etc. Inimaginável seria sua surpresa se eles soubessem o que realmente são as imagens e que eles estão dentro de um corpo… E porque isso não poderia ocorrer conosco hoje?

Maos Humanas: Mais detalhes para a tese de que elas foram feitas pela formula da Matrix/DNA

terça-feira, agosto 16th, 2016

xxxx

Evolucao das Maos

Louis Charles Morelli – Facebook – 8/16/2016

https://www.facebook.com/biologicasemacao/photos/a.436030396417283.97850.435673183119671/1174555252564790/?type=3&theater

Pelo desenho, o mais parecido e indicado para ser ancestral das mãos humanas seria o crocodilo… Mas isto serve para entender-mos como a evolução funciona. As mãos humanas são da mesma forma que um nucleotídeo – os dedos mais a palma tem as mesmas funções sistêmicas das moléculas do nucleotídeo. Claro, tinha que ser assim, pois foram os nucleotídeos compondo o DNA que permitiram esta forma de mãos. Quando se poe as duas mãos frente aos olhos com as pontas dos dedos conectados – uma de costa a outra de frente – obtêm -se a exata forma de um par lateral de nucleotídeos, que e’ a unidade fundamental de informação do DNA. Acontece que este par, que e’ o building block do DNA, e’ exatamente igual ao building block de… átomos e galaxias! Isto se pode ver nos meus modelos em meu website. Resumindo – quando o primeiro ser vivo ( uma célula) precisava de membros para se mover e agarrar coisas, a formula universal dentro do DNA foi acionada e copiada numa certa posição na membrana da célula, pronta para se reproduzir materialmente, com carne e osso. A primeira forma erigida foram os cílios e depois a cada nova especie mais partes da formula eram manifestadas. Assim as especies inferiores tinham apenas pedaços da formula na forma de membros, esta formula se completa em formas mais evoluídas, como crocodilos, dinossauros. Porem, estes animais caíram na armadilha de se tornarem sistemas fechados em si mesmos, interrompendo sua evolução, se acomodando na forma de vida onde eram os reis dos rios e dos continentes, e assim se tornaram um beco sem saída, cujo único destino e’ a extinção. No crocodilo a formula se manifestou por completo, mas foi desperdiçada. E isso poderá também acontecer com a especie humana se formos no caminho do Admirável Mundo Novo de Huxley governado pelo Big Brother de Orwell. A natureza não se preocupa, ela tem todo o tempo do mundo, descartaria a especie humana e novamente a formula investiria numa especie inferior, ate o dia que uma não caia na armadilha e Gaia assista sua cria se levantando aos céus, na sua conquista espacial. Esta e’ uma versão do processo natural da evolução não contada pela teoria Darwinista mas em meu website e na categoria mãos humanas tem uma tese bem detalhada…

Mãos Humanas Formadas no Estagio Embrionario

terça-feira, abril 26th, 2016

xxxx

Copiado para traduzir e pesquisar

http://www.nytimes.com/2009/04/07/science/07limb.html?_r=1

From Developing Limbs, Insights That May Explain Much Else

For its first four weeks, a human embryo looks like a crumpled tube. But around its twenty-seventh day of development, four buds bulge from its sides. Over the next few days, the buds grow like tulips, stretching out into flattened stalks and blooming into crowns of fingers and toes. Inside these developing limbs, bones condense. Muscle cells, tendons, blood vessels and nerves all find their respective places. The embryo now has hands with thumbs to suck, legs ready to deliver a kick.

For developmental biologists, the development of limbs captures all that is marvelous about embryos: how a few cells can give rise to complicated anatomy. In fact, biologists understand the development of the limb much better than any other part of the body.

They have been experimenting on developing limbs for almost a century, and today they are figuring out how limb-building genes are organized into a network that almost always manages to build the same structures with the same shape.

In studying limb development, biologists are learning how the diversity of limbs — from bird wings to whale flippers — evolved. They are also getting clues that may someday make it possible to regenerate tendons or even entire limbs. But for many experts on limb development, their most important discoveries are how the rules for limb-building also apply to other parts of the embryo.

“The lessons learned in the limb give you insights into how you build a face, or how you build a heart,” said Clifford Tabin, a developmental biologist at Harvard Medical School.

For centuries doctors and naturalists observed how embryos developed, but it was not until the early 1900s that developmental biologists ran experiments to understand the forces at work.

“This was an era of slice and dice,” wrote Neil Shubin, a University of Chicago biologist, in his 2008 book “Your Inner Fish.” Developmental biologists would snip out pieces of embryos or graft parts together and watch how the development of the embryo was altered.

Limbs proved to be the easiest part of an embryo to study. “The limb is totally external, it’s easy to work with, and it’s totally expendable,” Dr. Tabin said. “No matter what you do to it, the embryo is going to be fine. Having a heart matters a lot to an embryo. But having a limb doesn’t.”

Chickens became a favorite animal for developmental biologists who studied limbs. “You actually break the eggshell and make a window, and you can cover it with tape afterwards,” said Cheryll Tickle of the University of Bath. “The embryo will continue to develop, and you can find out what happens later on.”

In the 1940s, a Johns Hopkins University biologist, John Saunders, discovered through some slicing and dicing that there were two parts of the limb bud that had mysterious powers over the entire limb’s fate.

One of those parts was a translucent ridge that formed along the outer edge, where the fingers eventually form. If Dr. Saunders clipped off the ridge, the entire limb stopped developing. If he grafted a second ridge onto a limb bud, it grew into two arms.

That patch of tissue was called the apical ectoderm ridge.

Dr. Saunders also discovered a zone on the lower edge of the limb bud, around the place where the pinky would later develop. It somehow sent signals across the limb bud, telling the cells where they were along the pinky-to-thumb axis of the hand and thus which digit to become, and it became known as the zone of polarizing activity.

When Dr. Saunders grafted an extra zone to the thumb side of a limb bud, he produced a second set of digits, arranged in a mirror image to the normal ones.

Five decades later, biologists began to pinpoint the signals that these special parts of the limb bud send out.

In 1993, for example, Dr. Tickle and her colleagues discovered that the ridge produces a growth-stimulating molecule called, descriptively, fibroblast growth factor. A limb bud could still grow without its ridge, they found, if they implanted in it a microscopic bead soaked with this growth factor.

In 1993, Dr. Tabin and his colleagues discovered another signaling chemical of major importance in the limb. Geneticists had a little more fun naming the protein, calling it sonic hedgehog, after a video game character.

Over the past 16 years, Dr. Tabin, Dr. Tickle and other researchers have identified more of the crucial limb-building proteins and the genes that carry the instructions to make them.

“We know most of the genes now, so it’s really a system where we can look at more complex things,” said Rolf Zeller of the University of Basel in Switzerland. “We’re trying to understand how these different genes work together.”

Continue reading the main story

RELATED COVERAGE

graphic
Rules for Limb Building SEPT. 25, 2011
FROM OUR ADVERTISERS
Limb development researchers have found that the first steps take place while an embryo is still a crumpled tube. Along the length of an embryo’s flanks, a series of segments forms. Each segment produces chemical signals. And at the places where the shoulders and the hips will be, the signals tell the outer cells to grow rapidly and form little pockets, into which other cells stream.

As the pocket grows, it forms the necessary ridge, which sends out other signals telling the cells just underneath it to multiply. As the limb bud grows, the ridge moves away from the cells at its base, which receive fewer growth factors. Without that stimulation, the cells grow more slowly and begin to develop into cells that produce cartilage. They form clumps that will eventually turn into limb bones.

Meanwhile, cells near what will become the pinky start making sonic hedgehog. That molecule spreads across about half the limb bud, to where the middle finger will later form.

Cells that produce sonic hedgehog are exposed to the protein the longest. The neighboring cells become separated as the limb bud grows, and so they are only briefly bathed in it.

Some experiments suggest that being exposed for a long time turns limb bud cells into pinkies. No time exposed to sonic hedgehog turns them into thumbs.

Each part of the limb knows what it should develop into thanks to sets of genes, each laying down the coordinates in one of three dimensions, and all working together. It turns out, for example, that the cells in the ridge can function only if the limb bud can make sonic hedgehog. Dr. Zeller and his colleagues have discovered why: sonic hedgehog switches on a gene in nearby cells called gremlin. Gremlin, in turn, inhibits a protein called BMP4 (for bone morphogenetic protein). At high enough levels, BMP4, can shut down the production of the growth factor in the ridge. So by keeping BMP4 levels low, sonic hedgehog lets the ridge continue to function.

Once the limb has reached the right proportions, it must quickly stop growing. Experiments carried out by Dr. Tabin and his colleagues point to the brake on limb development. The limb bud gets so big that the gremlin-producing cells drift farther and farther away from the cells that make sonic hedgehog. As their supply of sonic hedgehog drops, the cells cannot make gremlin proteins. The level of BMP4 rises , and it shuts down the ridge. Without the ridge’s help, the limb bud can no longer make sonic hedgehog. In other words, all the crucial genes for the development of the limb shut one another off.

Today, researchers still have much left to learn about the development of limbs. “Your knuckle and your humerus are the same size when they first form,” Dr. Tabin said. “Why does the humerus grow so much bigger than the knuckle? We don’t know.”

Dr. Tickle and other researchers are screening all the genes that are active in limb bud cells to find those that are essential for the development of limbs. She is optimistic that before long scientists will chart the entire path by which limb buds develop into fully formed limbs. “It’s just a question of having enough people plugging away at it,” she said.

Dr. Tabin shares that optimism. “It’s definitely clear that we’re going to get there,” he said. “We’re going to understand it from beginning to end.”

But Dr. Tabin argues that long before scientists find the complete pattern of limb growth, they will discover many important insights. It is now clear, for example, that genes involved in making limbs (like BMP4) are important for building other parts of the body as well.

“Within an embryo the same molecules are used over and over again,” Dr. Tabin said. “No one would have expected there would have been so few signals used to form an embryo. If you have a signal that says make a heart, you wouldn’t expect it to make a limb. But that’s exactly what you find.”

Deciphering the development of limbs may also lead to treatments for injuries and birth defects. In the near term, scientists are searching for the signals that cause tendons to develop and attach to bones. The signals might be able to cause cells in a dish to form extra tendon tissue, as well, which could be surgically implanted in arms or legs.

Eventually, it may even be possible to apply the right signals that can turn stem cells into limb buds and, ultimately, full-blown arms and legs.

“I’m optimistic it’s going to happen,” Dr. Tabin said. “If you can get the initial conditions right and the cells know what they’re supposed to do, you can turn them loose. It’s a self-organizing system. You don’t have to come back in and say you’ve got to split the muscle in two here. That will happen by itself.”

Mãos na Disclose tv: Comentário Postado

quinta-feira, março 31st, 2016

xxxxx

(O Disquss disse que meu comentario foi detectado como spam, por isso talvez nao seja publicado. Talvez porque inseri um link para meu artigo. Verificar next day se saiu, senão re-publicar tirando o link e pondo o nome do artigo para googlarem.)

http://www.disclose.tv/news/do_you_have_the_letter_m_on_your_palm_there_is_something_very_special_about_you/125732

Louis Morelli – Posted in 03/31/2016

The real signal in ours hands is that its shape and fingers coordinations are just the same shapes of ours bodies during a life time. The palm is yours body as embryo into yours mother, the smallest finger is you as baby, the other is the teenager, the other is the young adult sexually completed, the next is th old adult and the thomb is the senior going to die. If you grasp it, you will create good music expressing yours life, etc. Is it merely 6 coincidences in one? No, the reason is that everytime a new being needs and has the strong will for getting a new apendice/acessory for survival, Nature throught the building block of DNA emits the formula called Matrix/DNA, which can create any model fitted to the needs and the systemic functions of that formula are delivered for to be expressed or not. If you knows the shape of the building block (four nucleotides) you can mimic that shape with yours two hands linking the four fingers as the four nitrogenious base, the two palms as the 2 sugars and the thombs as the two streams of DNA. Everything explained in http://theuniversalmatrix.com/….

Mais Uma Importante Descoberta Sobre como e porque apareceram os Acessórios de seu Corpo: Bracos, Nariz, Pernas, Olhos, etc.

sábado, março 26th, 2016

xxxx

O primeiro ser vivo, realmente completo e funcional, foi um sistema celular, uma unica célula, com núcleo e todas as organelas. Mas esta célula era meio arrendondada, uma especie de bolota fechada dentro de uma capa membranosa. 3 ou 4 bilhões de anos depois esta célula se tornou um sistema humano. A forma arredondada se tornou alongada, surgiram os membros como braços, pernas, e os sensores primitivos da célula para sentir o mundo externo se exteriorizaram, tornando-se olhos, nariz, ouvidos…

Quando eu vivia isolado como ermitão no meio da selva amazônica, eu pensava muito nisso, depois que o Sol se punha, com os olhos ora indo da biosfera que me rodeava, ora ao céu límpido e mais estrelado do mundo. Não tinha tv, Internet, nem uma pessoa com quem conversar, nada a fazer, então tinha tempo para, literalmente, deixar meu corpo na rede e me imiscuir no meio destas duas tão diferentes dimensões do mundo externo, tentando senti-los por dentro para desvendar seus segredos, principalmente buscando o que havia no meio da matéria perceptível aos meus sentidos, daquele céu estrelado, que realizou esta fantastica façanha, de transformar um mundo de estrelas e planetas em uma célula viva, e depois num ser humano, como era meu corpo la’ embaixo.

Sentia que a coisa mais importante destes dois mundos estava escapando por entre minhas mãos, e se não a encontrasse, minha vida se esvairia sem sentido, inútil, como era a vida dos animais que me rodeavam na selva. Tinha que ter algo dentro da Natureza, no meio daquela matéria toda, que fosse dinâmica, imbatível, e com um proposito nos seus movimentos, um sentido, uma meta, para sua existência, senão, seria impossível explicar racionalmente este mundo. Mas o que poderia ser?!!

Então, numa destas ocasiões me imaginei pondo em cima da mesma mesa de laboratorio, o desenho do céu de estrelas, mais a primeira célula viva, e a seu lado, um corpo humano. E cheguei mesmo a quebrar um galho de arvore, fazer uma placa com uma folha de palmeira, colar um pedaço de cartolina na folha e escrever algo em letras grandes. O talo da placa foi amarrado `a mesa de maneira que em cima do corpo humano escrevi: “isto aqui…”, e em cima da célula escrevi ” veio daqui…”, enquanto em cima do céu estrelado escrevi: “… que veio daqui!

E mais embaixo em letras garrafais: ” Agora descubra como… o que fez isto!”

Claro que a resposta não poderia ser simplesmente, o DNA. Este era um efeito, e não a causa, o motor ou agente universal. Nem o acaso. Nem Deus. Não existe Magica. Ali estava a prova que não tem Evolução Cega, pois a vontade, os desejos, que estavam dentro daquela célula eram os mesmos desejos do mundo externo e seus meios-ambientes que se modelarem na mesma direcao da célula, justamente para um se encaixar no outro que o envolveria.

Bem que antes tentei todas estas hipóteses, mas descobri que para cada uma delas havia mais evidencias negativas que positivas. A resposta tinha que ser outra coisa, e esta coisa continuava oculta no meio das estrelas no alto, sussurrando no meio da escuridão da selva, pulsando e se movendo dentro da célula e do corpo humano. Mas o que e’ essa coisa oculta e tao misteriosa?

Em cima da mesa estavam os desenhos de uma célula primitiva, de uma galaxia, de um corpo humano, e as palavras de um mistério a resolver .

Sete anos depois o mistério estava resolvido. A força natural misteriosa foi detectada, e vindo não apenas das estrelas, mas dos momentos iniciais desde o Big Bang. Nunca vou poder provar a mim mesmo, que a coisa que encontrei foi a mesma que dirigiu aquela historia evolutiva de 13,7 bilhões de anos. Mas não importa. Porque e’ uma coisa que eu posso construir, e com ela eu posso começar de um Big Bang e depois de 13,7 bilhões de anos ter um universo e um corpo humano igualzinho aquele que representava o final atual da historia. Se foi Deus, se foi o acaso, se foi outro método, seja quem for, não me importa porque eu posso fazer o mesmo com esta formula, e ponto final.

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Então como a partir daquela célula primitiva foram aparecendo seus acessórios exteriorizados, se ela não era magica, e de fora dela tambem nada magico interviu?

Existe uma formula simples, natural, concreta. Mas nela já estão todos os requisitos necessários para projetar sua própria evolução ate’ chegar ao corpo humano, pois quando realizei mentalmente a construção da Historia, nada faltou nela para fazer cada detalhe do que existe hoje. Ela esta’ sob o processo da própria evolução. E sua vontade de evolução se explica porque ela quer retornar a forma de sua fonte, que e’ complexa. Assim como um espermatozoide quer voltar a forma de sua fonte originaria, que foi um ser humano, e trabalha incansavelmente com este proposito ate’ consegui-lo.

Esta formula chegou na superfície da Terra e construiu inicialmente para si, como ferramenta material projetando-se a si mesma, uma forma de átomos simples chamada ” molécula”. Ela começou tentando, experimentando e foi fazendo sua ferramenta pouco a pouco, a partir de moléculas que denominamos ” aminoacidos”. Ate’ que essa embriogênese de si mesma como forma materializada na Terra ficou pronta: era uma molécula composta de quatro nucleotídeos emparelhados lateralmente, horizontal e verticalmente, lado a lado, de maneira que, quando acionada pela luz ou energia solar… se punha a trabalhar como um robot faz-de-tudo. Este foi o building block que mais tarde iria se tornar todos os seres vivos e seus acessórios. Porque e’ a própria formula universal que já tinha construído os sistemas atômicos e astronômicos.

Nucleotideos e a Fórmula da MatrixDNA 2

A Fórmula da Matrix como "O Código Cósmico Humano" que veio através do DNA, do Sistema Celular e do Sistema Astronômico

A Fórmula da Matrix como “O Código Cósmico Humano” que veio através do DNA, do Sistema Celular e do Sistema Astronômico

Então quando um ser vivo, tal como aquele primitivo sistema unicelular quase arrendondado, oculto dentro de uma bolota simples e microscópica, precisa de um acessório qualquer para alcançar um objetivo para sobreviver e evoluir, não tem outro jeito de fazer este acessório senão o DNA fazer mais um novo building block e adiciona-lo `a pilha de nucleotídeos já existentes. Qualquer coisa que vai iniciar a ser feita, primeiro tem que fazer a formula e pô-la a trabalhar como sempre trabalhou, assim como quando queremos fazer um novo ser humano, primeiro precisamos fazer a sua formula, que e’ o genoma. Ela vai faze-lo automaticamente porem vai modelar o novo acessório, pelo mesmo motivo que a forma primeira no Universo desta formula começou a se modelar em diferentes formas e funções: uma onda de luz se expandindo, se infiltrando na substancia inerte e escura espacial, e como um rio, modelando-se em curvas, voltas, o que for necessário, para suas águas continuar fluindo, se expandindo.

Vamos então ver como surgiu o primeiro acessório naquela célula primitiva, que foi um cílio. O antepassado primeiro de bracos, pernas, rabos, pelos, cabelos, mãos de agarrar, etc. A célula precisava se mover na direcao de um grupo de átomos próximos que estavam formando um composto que continha o tipo de energia e massa que ela precisava para repor o que gastava na sua respiração, etc. Mas como bolota não tinha jeito de se mover e alcançar o ” alimento”. O lado da bolota mais próximo do composto de átomos sentiu extrema necessidade, extremo desejo, de se aproximar do composto. Toda a forca e energia da célula foi para ali, naquela região do seu corpo, canalizada. Por este canal chegou a formula projetada pelo nucleotídeo que o desejo criou. Na formula tem todos os requisitos para se fazer qualquer coisa neste universo.  Todos os mecanismos, todas as funções, e a capacidade para transformar estes mecanismos em tecnologia concreta, em aparelhos e instrumentos materiais. Assim como os humanos fazem hoje a tecnologia iniciada por um desejo, um imperativo de sobrevivência, de evolução, ou de bem estar.

Então era preciso uma extensão que ajudasse a célula se mover, Era preciso uma especie de tentáculo auto-movente, dirigido pleo nucleotídeo que era o cérebro primitivo da célula. E na formula, no nucleotídeo já existia o mecanismo, a função sistêmica para isso. E’ o próprio ” fio” desenvolvido por aquela onda inicial de luz, o leito por onde se esvai a água de um rio. Que na formula chamamos de circuito, o canal por onde passa o fluxo de energia/informação. Bastava alongar a membrana naquela região, mas não apenas isso, era preciso dotar a alongação de movimento próprio. Precisava então fazer uma especie de motor rotativo. E assim apareceu o que hoje conhecemos muito bem de motor ciliar. Porque na formula já existia a função de motor, ela já tinha feito este motor nas galaxias, constituído de um vórtice rotacional no núcleo da galaxia, um vórtice que mistura matéria com energia e ejecta tudo na forma de bolotas, as primeiras sementes do universo, que no caso eram sementes de novos astros celestes, planetas e estrelas.

ATP Sintase - How it Came From LUCA

ATP Sintase – How it Came From LUCA

Mas a formula contem sete partes, sub-ferramentas, porque ela e’ em si um sistema funcional completo, e estes precisam ter materializados as sete funções sistêmicas universais. Ora, para fazer aquele primeiro apêndice transportador e agarrador, um cílio, so’ precisava de aplicar duas das sete funções.

Mas e’ assim que a formula funciona. Ela tem que sempre ser a primeira coisa a se materializar quando um sistema, vivo ou não precisa de algum acessório ou sensor para se manter funcionando. Ela se materializa e se situa na região e onde deve sair o acessório. A partir dai ela começa a trabalhar, dirigida pela vontade do novo par de nucleotídeo que e’ ela mesma no centro do sistema. O cérebro. Se quando usou apenas duas de funções, o desejo se satisfez, a necessidade foi satisfeita, ela para de trabalhar. Como que recolhendo as ferramentas que ela levou para o trabalho mas que não precisaram serem usadas. E foi assim ao fazer os bracos, as mãos, as pernas… As vezes o novo acessório necessário e’ muito complexo. Como são os olhos, o sistema da visão. nestes casos ela talvez tenha que usar e aplicar todas suas funções, mas não apenas isso, ela tem que ,misturar, somar funções para criar ferramentas intermediarias. Assim como para tirar o pneu de um carro e’ preciso o macaco para levantar, a chave de roda para os parafusos, etc. Misturando suas sete funções, ou apenas duas, três, ela consegue o que chamamos de “fuzzy logics”, ela faz tudo o que precisa ser feito.

Então assim se explica o DNA como sendo uma ” pilha” de nucleotídeos, que dependendo do tipo de ser vivo, pode crescer infinitamente. Na verdade o DNA e’ uma pilha de unidades de uma formula. Por ser mais primitivo que o cérebro, o DNA não pode usar uma so’ unidade da formula para controlar todos os acessórios, como o cérebro faz com o corpo todo; o DNA precisa de uma unidade de “cérebro” para controlar cada detalhe do corpo.

Se eu não tivesse descoberto esta formula, nunca teria resolvido o mistério naquela naquelas noites que via ou pensava nas diferenças entre as mãos do macaco, as patas da capivara e as minha próprias mãos. Como foi a evolução daquele cilio inicial e porque se derivou em tantas formas diferentes? Com a formula na cabeça pela primeira vez na vida botei minhas mãos perante meus olhos e pela primeira vez na vida percebi que a palma da mão imitava – no sentido da evolução e no trabalho da formula – a minha mãe gravida, o dedo mindinho representava a minha forma quando era um baby, depois o dedo seguinte era o adolescente… ate’ ver no polegar encurvado e desajeitado como sera’ a ultima forma do meu corpo. Ali nas minhas mãos estava a historia da minha vida, do meu ciclo vital. Porque a formula foi montada assim. Cada peça, cada função foi surgindo do aprimoramento de uma forma anterior, ela toda e’ uma a historia de um cilo vital Assim ela contem o código que imprime vida na matéria inerte. Assim ela fez meus braços, minhas pernas, assim ela fez de mim, uma nova e ultima forma do universo, mas um universo que agora caminha… esvaindo-se pelas frestas dentre os obstáculos rumo ao retorno `a fonte paterna e materna que me gerou desde aquela primeira onda de luz. E quando pensei na luz, voltei a olhar para minhas mãos para agora descobrir que ela conta nao apenas a historia da minha vida, mas tambem a historia da vida inteira do Universo, como esta delineado na figura a seguir. Sagrado seja o cérebro humano que foi o primeiro nesta historia a despertar este universo como auto-consciente de sua própria existência.

Maos Pela Formula da MatrixDNA

Sentindo Emocoes Atraves das Maos… e a Explicacao da Matrix/DNA

segunda-feira, maio 25th, 2015

xxxx

Shutterstock_161584997_cropped

Fonte: http://angularjs.org

No artigo com link abaixo, uma cientista esta investigando como podemos sentir emocoes que estao no ar, atraves das palmas das nossas maos…! Parece coisa de louco mas desde a antiguidade muita gente ja percebeu isso e os instrumentos cientificos e experiencias de laboratorio usados pela cientista nao mentem. Esta noticia caiu em cheio sobre  nossa teoria da Matrix/DNA que tambem esta investigando as maos humanas desde que descobrimos que as formas, tamanhos e posicoes dos nossos 5 dedos revelam a historia da vida de um corpo humano ao imitarem exatamente as formas, tamanhos e posicoes no tempo da faixa etaria que sao produzidas pelo ciclo vital. Tambem descobrimos que duas maos emparelhadas formam exatamente a imagem de uma seccao inteira do DNA. E devido a isso tudo descobrimos que as maos humanas foram modeladas pela mesma formula universal que modelou todos os sub-sistemas e acessorios dos nossos corpos. E agora com esta noticia descubro mais uma evidencia para minha teoria, pois ela ja previu a muito tempo antes que as maos podem expresser propriedades do cerebro porque ambos sao feitos pela mesma formula. Arre…!!!

A seguir copio aqui meus comentarios postos no artigo que ajudam o leitor a melhor entender o que estou dizendo:

Air Burst Bracelet Transmits Human Emotion from Afar

http://bigthink.com/ideafeed/air-can-transfer-human-emotions-to-the-palm-of-your-hand

Avatar

The explanation is that a hand and a brain are both like fractals based on the same systemic formula with same properties ( you can see the formula called Matrix/DNA in the image below). The thumb, index finger, and middle part of the palm is the hand’s region of this fractal that is the right hemisphere and the superior cortex brain’s region. Dr. Marianna is doing a good job but limited to the effects, she need to know the deep causes of this phenomenon. Evolutionary theory believes that human hands are merely and unique product of natural selection plus the needs and efforts for survival of creatures. This idea is partially right because the real factor is that when creatures need to develop a new organ or accessory, their body produces first of all a universal formula for systems and it will be the limitations and adaptations that will shape the final forma of this formula. So, every organ or accessory like brains and hands are diversified copies of the same fractal formula. Specialization of each structure due the type of job it was made for makes strong expression of some functions while other functions are not used, but the disposition for to be expressed lays in it forever. Samples that are evidences:
1) beginning from the minor finger and going towards the thumb each finger mimics the exactly shape and energetic state that our whole body develops from the initial minor size ( baby) to the final older shape. In another words, our hand tell the history of a living being life’s cycle. The palm represents the womb from where the initial finger arises. That’s happens because the universal natural formula for perfect functional system has an energetic circuit which is also the force behind all life’s cycles ( see at my avatar above how this life’s cycles force applies to humans and astronomical bodies).

2) Put yours hands facing yours eyes. Leave the right hand with the palm towards yours face and the left hand in the opposite way. Now approximates the two hands in the way that four fingers are joined, leaving the two thumbs free. What did you get? Just the shape of a building block of information of the DNA – two lateral pair of nucleotides and the thumbs represents the lateral streams. Why? Is it merely coincidence? Nope. The explanation is that, again, the building block of the DNA was made by the same fractal universal formula. Like were made the cell system, the building block of galactic systems and so on.

It means that if we could training our hands for repeating the brain’s functions, after some million years we would make the cells of hands working like neurons and we would have a brain inside our hand…

Desde as primordiais ondas de luz no Big Bang, passando pelas galaxias e pelos animais, tudo foi feito pela formula universal da Matrix/DNA

 

Desde as primordiais ondas de luz no Big Bang, passando pelas galaxias e pelos animais e chegando ate as maos humanas, tudo foi feito pela formula universal da Matrix/DNA, a qual reproduzo na figura abaixo. Agora ponha sua mao esquerda sobre esta formula de maneira que a palma fique sobre o cone, o dedo mindinho fique sobre F2, o outro sobre f3, ate o polegar ficar sobre f7… e entenda melhor o que estou tentando explicar. E fique ainda mais surpreso com a incrivel maravilha secreta nesta Natureza ao saber que esta formula mostra simplesmente o que resulta quando um corpo vivo qualquer rola no tempo e espaco ao sabor da forca do ciclo vital, assim como seu corpo comeca sendo gerado em F1, nasce em F2 e chega moribundo a velhice em F7 como e’ o jeitao desengoncado do seu polegar que tambem esta em F7. A seguir a Natureza pegou as duas pontas deste circuito ( aonta inicial de F1 mais a ponta final de F7, uniu as duas fazendo uma roda, e assim surgiu o primeiro sistema natural e funcional neste mundo! A coisa e’ tao espetacular que chego a desconfiar que tenha uma inteligencia suprema por tras desta formula…

 

The MatrixDNA as Astronomic Closed System

The MatrixDNA as Astronomic Closed System