Posts Tagged ‘Matrix/DNA’

A Matrix/DNA é atéia? Qual o tipo de Deus deduzido da Filosofia Naturalista?

quinta-feira, setembro 20th, 2018

xxxx

Não. Ateu é o individuo que entra na imaginaria metafisica para dizer que lá não existe Deus. A Matrix/DNA lida apenas com fenômenos e eventos naturais, e perseguindo estes ela chega ate’ as ultimas fronteiras do Universo, o tempo vai até o instante do Big Bang, mas sempre para ai’, e dai’ retorna, revendo o que viu. Então ela não poderia ser deísta – do tipo de deísmo sugerido pela Bíblia – porque em toda essa caminhada ela nunca viu nada metafisico, nenhum Deus sobrenatural. Inclusive acho um contra-senso os deístas imaginarem que exista um Deus “que não é deste mundo”, que é “espirito”, um ser sobrenatural, que faça magicas fazendo coisas aparecerem do nada. Um deus desse tipo seria inútil para humanos. A forma de funcionar sua consciência, sua inteligencia, seus pensamentos, seriam totalmente diferentes dos pensamentos, sentimentos, desejos e emoções dos humanos. Se para um humano é insuportável assistir uma fera predadora comendo uma ovelha viva, para esse deus isso ignorável, sem importância.  Esse deus teria que se vestir de natural quando quisesse se relacionar com humanos, viver no meio de humanos, assistir e interferir na vida de humanos. Teria que comunicar-se nos idiomas dos humanos e ter a voz captável pelos ouvidos humanos. Mas ele não precisa disso, pelo mesmo motivo que a mãe gravida não se comunica com os genes que constroem seu filho. Basta ele ter a certeza que de uma maneira ou outra os genes construirão seu filho e perfeito.

Mesmo que esse Deus fosse metafisico – para entender e se envolver na vida humana, ele não pode ser metafisico. E aqui então, apenas aqui, a Matrix/DNA, tem a sensação, durante sua caminhada, e na analise do que vê, que exista ao menos um deus. Mas é um deus natural, que gera filhos e não cria do Nada. Que gera pelo mesmo processo genético. Que só recebe o nome de deus porque não tem outro nome adequando para algo natural que já existia desde antes do Big Bang, que deflagrou o Big Bang num mero ato de fecundação como meus pais deflagraram o microscópico big bang ao romper da membrana de um espermatozoide no centro do ovulo e deu inicio ao meu corpo num ato de fecundação.

Que só recebe esse nome porque em toda essa caminhada se sentiu uma estrela sempre indicando o norte, e quando chegamos na ultima fronteira, a estrela continua lá, indicando o norte, o mesmo caminho natural. Com esse deus natural ainda seria quase impossível a nos comunicar-mos, pois o resultado aprendido na caminhada indica que esse deus, é hermafrodita, está gravida, e nem uma mãe nem um pai pode se comunicar com os genes que constroem o embrião de seu filho. Talvez a oração fervorosa, de um tipo realmente emocional, especial, seja captada e ouvida e até atendida pelo pai e a mãe, porque ela pode funcionar como quando o embrião chuta a barriga, reclamando que algo vai mal.

A Matrix/DNA nunca se esquece, nos seus estudos, de seu Deus. Porque ela nunca se esquece da Natureza em sua totalidade atuando sobre o minusculo objeto que ela estuda, e isto é seu Deus. Mas ela nunca percebeu nenhuma força atuando nos fenômenos e eventos que não tenha sido detectada como natural, e nunca vê deus influenciando no objeto e nos eventos ao redor dos objetos, então, porque se preocupar ou ocupar-se com sua existência? Basta ‘a Matrix/DNA que ela procura aprender tudo e agir correto para contribuir com o processo da embriogênese, ou seja, com a evolução natural. Alias, em algum lugar foi escrito: ” Se queres conhecer a Mim, se queres saber como penso, observe e estude a Minha Obra!” Todo artista se revela em sua obra. E qual o elo entre um deus, mesmo que fosse metafisico, e o homem? Senão a Natureza?

Porem, não se deve esquecer que a biosfera terrestre, e mesmo esse sistema solar, são partes da natureza mais imediatas e próximas a nos, ao alcance do nosso tato e visão. Mas a Natureza é universal, é o Universo, e este – as fotos do Hubble estão avisando – é de uma dimensão estonteante, parece não ter fim. O ambiente e essa biosfera que nos cerca está em estado de caos, o que é apenas 33% da Natureza, ou de um ciclo da evolução. Depois de conhecido este estado de caos pelo qual nossos corpos físicos foram criados, vem o estado da ordem, já vislumbrado ao se levantar os olhos e ver a perfeita sincronia da mecânica do sistema solar. Para entende-lo temos que superar o pensamento reducionista e entrar no pensamento sistêmico. Mas mesmo depois do estado da ordem ainda temos apenas 66% da Natureza Universal. Os outros 34% por cento vem da comparação entre caos e ordem, de onde emerge seu nome, a SABEDORIA.

Se a Matrix/DNA tem o desejo e a necessidade de ser eterna, infinita, de não morrer com tão pouca vida, ela não precisa de um deus sobrenatural para lhe dizer que ela tem uma essência infinita. Ela aprendeu que todo sistema natural é composto de hardware e software, que sua mente, ou auto-consciência, e o software em seu cérebro. E ela sabe que a copia do cérebro, chamado de computador, tem suas gerações e mais gerações de hardwares abandonados, desaparecidos. Ela sabe que uma copia de um software foi inserida em uma unidade do hardware, que essa copia de software se foi quando o hardware se foi.  Mas ela sabe também que o verdadeiro software nunca foi totalmente colocado num computador. Em cada unidade, em cada geração, o software emitiu uma copia e a destacou para tal lugar, para tal unidade, para executar sua função. Quando aquela copia se vai com o hardware, a função executada, os obstáculos enfrentados, a aprendizagem adquirida, tudo isso é incorporado ao software total que de longe observou.

Assim como o DNA primordial teve trilhões de copias materiais divisíveis e todas morreram ou estão para morrer, mas o DNA primordial continua vivo, apenas evoluiu nestes 3,5 bilhões de anos. Como?  Porque?  Ora porque DNA visível é hardware, mas ele apenas funciona sob um comando de instruções, o qual é invisível, é o seu software, o seu projeto primordial que mais tarde se tornara mente no cérebro e auto-consciência da luz. Um software que não é apenas DNA, mas sim uma Matrix que apenas aqui neste Universo já conta 13,8 bilhões de anos e nunca morreu. E como tudo indica, esse software já tinha muito mais de 13,8 bilhões de anos quando se inseriu aqui.

Em certo momento de sua investigação, a Matrix/DNA flagrou o instante em que o software vem do espaço sideral e se insere num hardware. Foi quando a semente da galaxia chegou a Terra e gerou esta Vida. Nesse flagrante a Matrix descobriu  muito rapidamente, num relance, qual a substancia do software: fótons. Fótons vieram da luz primordial, a 13,8 bilhões de anos atras. Então a Matrix aprendeu que este software entra e sai de corpos hardwares a todo momento, ele continua inteiro, vivo, evoluindo, crescendo. Ele entrou no meu cérebro, ele vai sair, e vai para outro hardware. Isso é o que me interessava saber. Estou realizado.

” No principio, tudo era escuridão, e então a luz surgiu. E dessa luz tudo o mais foi feito”. Se existe deus, de qualquer forma, seus bracos e suas mãos que criam coisas são de luz. Ou a luz é a sua ferramenta. Na luz, todas as informações podem ser gravadas, e como a onda de luz funciona pelo ciclo vital, as informações se tornam vivas.

Todo galho pensa que é a arvore. Mas seus suportes e seus alimentos químicos vem do tronco de uma arvore. A arvore verdadeira tem suas raízes ocultas em algo que o galho nunca conheceu, o solo da Terra. Jamais um galho vai conseguir se agir e se entender como uma arvore. Quanto ‘a arvore, apenas emite cílios, extensões, para realizar certas tarefas, como captar mais luz do sol, etc.. Perdendo um galho, apodrecendo um galho, a arvore continua.

A ideia mais próxima do conhecimento humano que uso como analogia para explicar o que é a mente de um humano é a do lago de água produzindo bolhas contendo água em forma de vapor que sobem, flutuam, e voltam a cair no lago desfazendo-se, seus conteúdo de água misturando-se na água do lago, retornando ao lugar de onde veio. A bolha também pode ser chamada de ego humano, enquanto ela flutua separada do lago. O ego é descartável, o conteúdo da bolha, a auto-consciência, é eterna, volta porque pertence ao lago, o alicerce sempre solido. Mas na verdade não deve e não pode existir nada que possa ser conhecido pelo cérebro humano que sirva de analogia exata ao que seja auto-consciência e o mundo a qual ela pertence. O cérebro humano e o ego não teriam capacidade para processar tal informação.

Sabemos que o Windows existe em cada computador que compramos e jogamos fora, mas sabemos que o Windows continua numa mente fora do computador, na mente do Bill Gates, do pessoal da Microsoft, e continuará na mente humana depois que o Bill Gates morrer.

Agora, como entender que o EU, o EU que é software, não é apenas a copia no meu corpo, e sim algo muito maior que está fora e alem do meu corpo, que quando meu corpo hardware se for, o Eu continuará sendo o mesmo software que terá evoluído, crescido, um pouco mais, eu concordo que é difícil entender isto. Pois a mente do Bill Gates não está dentro do meu computador, aqui só está uma criacão, uma emissão produzida por ela. O Bill Gates não tem a menor idéia da existência deste computador ‘a minha frente. Então como o Eu tem ideia, sabe da existência do meu corpo? Ora, nem precisa saber. Ele só utiliza daqui os efeitos, os resultados, os obstáculos reclamados, para ele aprimorar-se.

Eu não vejo a mente do Bill Gates. Mas nem por isso eu a classifico como metafisica, ou como de outro mundo. Sei que ela existe aqui, agora, e em outros lugares. Por eu não ter acesso a essa mente, não vou nem tentar entende-la na sua substancia, na sua razão de existência, não adiantaria, eu nunca conseguiria. Assim acontece com Eu. Eu não existo aqui neste corpo, este corpo não sabe e não pode dizer o que é o Eu. Não tem capacidade para processar esta informação. A sede do software total, original, real, é onde existe o Eu. Não a copia. O resultado da existência do meu corpo não será inutilizado, ele será absorvido pelo Eu. Ele será sacramentado, entrará no tronco da arvore da evolução, ficará ali registrado para toda eternidade, como base do EU que não é apenas a arvore total, mas a forma transcendental em que ela estará se transformando na sua transcendência.

Talvez o Eu não seja material, não seja natural, talvez seja metafisico. De que me valeria saber isso agora? Nada, ou melhor, só atrapalharia, pois imediatamente eu deixaria de agir naturalmente, a copia do software num computador começaria a dar pane, fazer tudo errado. A copia tem que agir como copia, esta sua função, não querer ser o original. Como disse Don Juan a Carlos Castaneda: ” Estás na Terra como homem, então atue, exista, como homem”.

A copia é a imagem no espelho quando o original mira-se a si mesmo. O espelho se quebra, a copia, a imagem se vai, o original em nada será afetado por isso. A imagem do espelho não pode sair do espelho para ver o mundo do original. Por isso a ultima fronteira do Universo material é – para a Matrix/DNA – o bate-e-volta: dali não posso e nem quero passar agora. Deixei muitos problemas urgentes a serem resolvidos antes.

Os turbilhoes na superfície de Júpiter: Previsão correta e mais uma evidencia para a Matrix/DNA Theory

domingo, setembro 2nd, 2018

xxxxx

Intricate swirls in Jupiter's volatile northern hemisphere are captured in this image from NASA's Juno spacecraft. Bursts of scattered bright-white 'pop-up' clouds appear with some visibly casting shadows on the neighboring cloud layers beneath them.

Aqui estamos realmente assistindo a formação de um pulsar e posteriormente, de uma supernova… segundo meus modelos teóricos compondo a Matrix/DNA Theory. De dentro para fora cresce um germe de estrela, comendo o que resta de nutrientes nas camadas externas através das reações nucleares e a pressão gerada produz gigantescos vulcões com estes turbilhoes na superfície. Quanto mais os nutrientes pesados são processados, maior e mais leve Júpiter fica, e esta leveza o livra da força magnética do núcleo solar ate que ele um dia saia do sistema e vá brilhar como mais uma estrela. Os acadêmicos se riem e acham estranho que eu use metáforas do mundo vivo para descrever fenômenos astronômicos porque eles são misticos duvidando que a Vida foi criada por e dentro de sistemas astronômicos que seriam – segundo eles – não-vivos e por isso precisam de assombrações como o Acaso Magico para explicar origens espontâneas de astros e da vida, o que e’ um absurdo. O tempo com mais informações, sera o juiz de quem esta certo ou errado.

 

Espaço e tempo: Teoria de Seth (Jane Roberts) bate com a sugestão da Matrix/DNA Theory

terça-feira, agosto 28th, 2018

xxxx

WHAT IS THE NATURE OF TIME AND SPACE?

https://www.sethlearningcenter.org/q_time_space.html

“The settings in your physical environment…the physical aspects of life as you know it, are all camouflages.

Matrix/DNA: Camuflagens no sentido de que você chamaria de camuflagens as formas anteriores do seu corpo que não existem mais para você agora, como a forma de morula, blastula, feto, criança, etc… Todas as paisagens físicas do Universo ate agora, todas as vidas da Natureza, foram e ainda são formas criadas na grande obra de gerar uma consciência cósmica, a forma final para o dia do grande nascimento.

The brain is a camouflage pattern. It takes up space. It exists in time. The mind takes up no space, it does not have its basic existence in time.

Matrix/DNA: Grande! Somos habituados a questionar se nossa mente esta dentro da cabeça, ou fora da cabeça, etc. Ora… O cérebro é um objeto físico, então ele toma um lugar no espaço físico. A mente não é um objeto físico, para ela não existe espaço físico, então não faz sentido querer situa-la num ponto do espaço… O mesmo acontece com o tempo: a vida dura 70 anos? Pode ser, para o corpo físico. Para a mente não existe tempo, não existe 70 nem um milhão de anos, ela não tem um tempo para existir ou não.

The reality of the inner universe does not take up space, nor does it have its basic existence in time. Your camouflage universe, on the other hand, takes up space and has an existence in time, but it is not the real and basic universe, any more than the brain is the mind.

Your idea of space is some completely erroneous conception of an emptiness to be filled… True inner space is to the contrary vital energy, itself alive, possessing abilities or transformation, forming all existences, even the camouflage reality with which you are familiar, and which you attempt to probe so ineffectively.

This basic universe of which I speak expands constantly in terms of intensity and quality and value, in a way that has nothing to do with your idea of space. The basic universe beneath all camouflage does not have existence in space at all, as you envision it… Space is a camouflage… ”

Matrix/DNA: Acho fácil perceber como nossa ideia de espaço não tem fundamento na realidade. Suponha que esse aglomerado de galaxias que forma este Universo tenha realmente um limite, chega a certo ponto e terminam as galaxias. O que temos ‘a frente? Espaço? Certamente não o espaço como cremos, o que pode ter é o vazio infinito. Mas se alguém construísse mais uma galaxia e a colocasse depois da ultima galaxia, o intervalo de “nada” que ficasse entre as duas seria por nos chamado de espaço. Seria medido, ate ocupado, ou seja, de repente teríamos materializado este espaço, apenas em nossa crença… O mesmo pode-se dizer que este “tempo”, uma ideia inventada por nos para podermos mediar a sequencia de eventos e situar um evento em tal estado do mundo outrora, não existe de fato, ou como algum tipo de energia, fluido, substancia, etc. 

From the book, Seth Speaks, page 235:

“As I have said many times, time as you think of it does not exist.”

From the book, The Nature of Personal Reality, page 152:

“…the fact is that all ‘time’ is simultaneous.”

From the book, Seth Speaks, page 245:

“There are an infinite number of inner universes…”

Muito interessante: Seth, psicografado por Jane Roberts, bate com previsões da Matrix/DNA

terça-feira, agosto 28th, 2018

xxxx

Mas nunca ignore as contradicoes em cada teoria/revelacao/intuicao/etc. _ After all Jane Roberts was not able to reverse her fatal disease.

Seth: The spiritual teacher that started the "New Age"

https://www.sethlearningcenter.org/index.html

https://www.sethlearningcenter.org/q_purpose_of_life.html

From “The Early Sessions:”

“The child must mature, and your system is a maturing ground, a very primary one…. A beginning school…”

… bate quando a Matrix/DNA sugere que somos ainda consciencia na forma embrionaria.

“The human race is a stage though which various forms of consciousness travel. Before you can be allowed into systems of reality that are more extensive and open, you must first learn to handle energy and see, through physical materialization, the concrete result of thought and emotion.”

Matrix/DNA: Os humanos se dividem em varios niveis de evolucao, a auto-consciencia aqui esta nas varias formas embrionarias, como a morula, blastula,feto, enbriao, e as formas intermediarias entre estas. Nos queixamos que nos sentimos e vivemos como se estivessemos algmeados, sem poder fazer o que precisamos fazer, e isto significa que o sistema biosferico na Terra e’ menos extenso e menos aberto. Para evoluir e passar a sistemas mais extensos e mais abertos, onde essa prisao se desfaz, voce precisa antes aprender a controlar a forssa de sua energia, a qual sera universal. Pois sem auto-controle, voce pode por tudo a perder. E voce aprende esse controle observando os varios tipos de mentalidades humanas em suas posicoes financeiras, usando seus poderes, aprendendo o que fazem de errado e assim prejudicam os semelhantes e o mundo.

“In more advanced systems, thoughts, and emotions are automatically and immediately translated into action, into whatever approximation of matter there exists. Therefore, the lessons must be taught and learned well. The responsibility for creation must be clearly understood.”

Matrix/DNA: Nos sistemas mais avancados qe o humano terrestre, pensamentos e emocoes sao automatica e imediatamente trasnformados em acoes. Eles podem mudar qualquer tipo de materia existente. Assim voce cria e desfaz realidades apenas tendo subitos novos pensamentos. Portanto, as licoes para voce aprender a treinar e controlar seus pensamentos e emocoes devem ser serias, muito cuidadosas, e bem aprendidas. Voce tem – antes de passar a sistemas mais evoluidos que lhe permitem este poder – que entender e assumir a responsabilidade por suas criacoes ou destruicoes efetivadas por seus pensamentos e emocoes, como amor ou odio, etc.

Network Humana na Detecção de Sistemas Naturais pela Formula da Matrix/DNA

segunda-feira, agosto 27th, 2018

xxxx

Ideia:

Assim como existe o movimento na Astronomia formado por voluntários amadores do mundo todo ajudando a levantar e analisar dados do Universo obtidos pelos telescópios, precisamos de um movimento formado por voluntários de todos os países na busca de evidencias e análises da presença na natureza da formula Matrix/DNA. Onde existe qualquer objeto, qualquer fenômeno e evento natural, deve ser catalogado, mapeado em suas redondezas, detectadas suas interações, etc. A partir destes dados tenta-se identificar o sistema a que pertence o objeto, como o sistema esta’ atuando sobre o objeto. Que influencias o objeto esta recebendo de sistemas vizinhos, etc. Seria como esta’ tentando a neurologia, identificar e separar cada grupo de neurônios que se conectam pelas sinapses em cada pensamento, para entender o cérebro e a mente, corrigir suas imperfeiçoes, curar doenças mentais, etc. Nos nunca vamos eliminar as causas das doenças mortais, dos vírus mortais, ou controlar e bloquear o surgimento das catástrofes naturais, enquanto não fizer-mos este exaustivo trabalho.

Fica como projeto futuro. Em inglês chamam este tipo de iniciativa como “crowdsourcing, online citizen science”, como o movimento no link:

https://www.zooniverse.org/projects/zookeeper/galaxy-zoo/talk/1269/613791?page=1&scrollToLastComment=true

Veja como a Natureza criou o fenômeno da produção de óvulos – Embriogêneses

domingo, agosto 26th, 2018

xxxx

O Ovulo do Mês e o Germe estelar do Seculo

O Ovulo do Mês e o Germe estelar do Seculo –

Imagem: Jacqeus Donnez, “Observação laparoscópica da ovulação humana espontânea”, Fertility and Sterility 2008

Você está testemunhando a ovulação de um óvulo humano real, capturado no ponto de ruptura folicular. Cerca de 20% das mulheres que ovulam podem sentir a ovulação, uma sensação conhecida como “Mittelschmerz”, que em alemão significa “dor do meio” em tradução livre.
O termo refere-se a uma dor abdominal ou na região pélvica inferior, que ocorre no meio do ciclo menstrual. Algumas mulheres são tão sensíveis que conseguem até mesmo identificar qual dos dois ovários forneceu o óvulo naquele mês.
No entanto a Mittelschmerz é totalmente diferente das cólicas menstruais. Além de se tratar de uma resposta benigna do corpo, geralmente não dura mais do que algumas horas.
Mas aqui fica um alerta: a dor abdominal e pélvica pode significar muitas outras coisas. Por isso, mulheres, caso sintam qualquer desconforto na região, procure um médico.

Porem, para filósofos e pesquisadores que apreciam o conhecimento mais profundo sobre este Mundo, vejamos porque existe este fenômeno natural…

Observação da Matrix/DNA:

Ok. Mas como e de onde a matéria estéril, burra, de um planeta que era turbulento e nada tinha de vida na sua superfície, tirou a ideia para chegar a esta magnifica cena, a este curioso fenômeno natural de extraordinária engenharia?

Resposta:

A Natureza Universal não pode criar novas informações por magica, tudo o que Ela produz é feito com informações que Ela recebeu no instante inicial deste Universo, informações na forma de partículas fótons da onda de luz original. Assim como hoje tudo o que é feito num embrião humano sendo gestado depende de informações existentes no momento da fecundação do ovulo. Essa onda contem em si, ou melhor, ela é, a formula para criar  um sistema universal que iria se desenvolver pelo processo do ciclo vital, portanto, o sistema iria mudar de forma muitas vezes, cada vez mais complexas. Como o corpo humano depois da fecundação começa a mudar de forma – desde a morula, a blastula, o feto… até o adulto, o idoso… um fenômeno produzido pelo processo do ciclo vital. Assim foi formada a forma do sistema atômico, do galáctico, da célula vegetal, animal, etc., tudo numa mesma e unica linhagem evolutiva universal. Então…

Nós podemos ver na formula para sistemas naturais quando ela tinha formado os building blocks das galaxias, este mesmo mecanismo, praticamente esta mesma imagem, quando um germe de um novo astro é liberado do vórtice turbilhonar ( o equivalente astronomico ao folicular humano). Infelizmente o desenho explicitando isto foi feito em rudes condições na selva amazônica, mas creio ser suficiente para se notar a semelhança (clique na imagem para amplia-la):

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos – Matrix/DNA Theory

Vemos o vórtice turbilhonar que se forma numa nebulosa de poeira e gases estelar, e como, apos receber massa degradada e as informações mais energias dos cometas que fazem a função de espermatozoides, liberando as esferas amarelas, que correspondem aos óvulos no nível biológico, as quais vão ser os germes nos núcleos dos novos astros. E para clarificar mais, vejamos a formula universal para sistemas naturais no aspecto de um diagrama de software. O folículo representa a Função 1 e o óvulo a Função 2:

The Universal Formula of MatrixDNA as Software/Closed System

The Universal Formula of MatrixDNA as Software/Closed System

E meu comentário postado no Facebook em 26/08/18:

Veja como a Natureza criou o fenômeno da produção de óvulos – Embriogêneses

Eu nunca vi com meus olhos a imagem de um ovulo nascendo e sendo liberado como nesta imagem, mas vi esta mesma imagem com a mente que estuda, faz os cálculos certos e desenha as imagens mentais. Porem as imagens que vi se referiam as origens da Vida quando da sopa primordial emerge a primeira célula viva, e se referiam ao ambiente celeste nas origens dos astros… Mais uma evidencia e sugestão de que estou no caminho mais certo que o mundo acadêmico nas universidades… Infelizmente, eu preferiria ser o errado e eles o certo, pois seria mais fácil mudar uma cabeça do que assim, com milhões de cabeças duras que estão mentalmente bloqueadas e não querem mudar, evoluir… E por isso 90% da Humanidade continua em péssimas condições de existência e parece que a sua totalidade esta indo numa direcao muito errada…

Qual a fonte do melhor código moral? Deismo ou Ateismo? Nenhum dos dois… tem uma terceira alternativa melhor

sábado, agosto 25th, 2018

xxxx

Os ateus, céticos, publicam este video como publicidade do seu código moral. Abaixo, minha resposta postada no link para o Google+:

Excuse me my two cents here. Nobody knows the Thru (if have one) and human species is like a bridge, dangerous crossing, because we does not know what the Universal Nature will approve or not. We need the most correct worldview possible to our poor and limited human brain, so, we must to listen all brains for getting it. It is unavoidable that each human be free to choose which seems the best worldview, so we need to accept that you are atheist, other is deist, etc. I prefer my own, which is called The Matrix/DNA Theory, which suggests that in this Universe is occurring a merely process of reproduction of the unknown thing that triggered the Big Bang. Then, here and now, Nature is building the last evolved shape of this thing being reproduced, which is consciousness. So, we, are 8 billions half-conscious genes building this embryo, each human is a unique, specific, unavoidable information. From here, I think, arises the best moral code, since we learn that we need each human being doing his/her supreme mission and it means freedom, egalitarian distribution of resources, etc. The problem is that we have inherited a body with a primary brain from non-rational animal ancestors, with instincts like tendency to be predator or prey, and this genetics, this selfish genes, need to be exorcised. So, yes, we need to criticize beliefs that generates moral codes based on primary instincts, like mystical religions that are products of infant, children psique that creates fantasies and talks to imaginary friends ghosts. But we heed also to criticize these instincts that kills all beliefs in something great than us, like non rational animals does. I am agnostic, I don’t understand and don’t know metaphysics, like if there are or doesn’t gods…

https://plus.google.com/u/0/114511796075674138442/posts/9QNkVS7itmJ?cfem=1

Cometas e espermatozoides: o parentesco que o bloqueio mental moderno não permite ver

sexta-feira, agosto 24th, 2018

xxxx

Meu comentário postado no artigo abaixo, em 24/08/18:

How to explain this moving, falling, body, in an ecstatic picture? If not that this body has a proper propeller? Next to us, there is another moving body among ecstatic things: the spermatozoon going to an ovule. The modern occidental mindset has a mental wall which lead to prohibit these comparisons. That’s because they separates Cosmological Evolution apart from Biological Evolution. The result? Everything at Earth’s biosphere are product of the mystical magic absolute chance. The Matrix/DNA Theory, is the unique doing the opposite, with its astronomical models finding all evolutionary links between the two blocks of evolution, and building a new total different world view. Look to my avatar and see the position of comets at astronomical systems as the same position, shape, and function of spermatozoons at biological systems. Here, we are dealing with the spermatozoon self-propeller for to understanding the comet self-propeller. Astronomical systems are moved by electromagnetic and mechanics dynamics, but, they have already the principle of biological organization of matter, as a galactic cover, so, comets earns a new understanding, from a living being perspective.

https://plus.google.com/ – Anand Sankar – Space Exploration

Photo

Comet, Heart and Soul

Image Credit & Copyright: Juan Carlos Casado (TWAN, Earth and Stars)

Explanation: The greenish coma of comet 21P/Giacobini-Zinner stands out at the left of this telephoto skyscape spanning over 10 degrees toward the northern constellations Cassiopeia and Perseus. Captured on August 17, the periodic comet is the known parent body of the upcoming Draconid meteor shower. Predicted to be at its brightest next month, the comet is actually in the foreground of the rich starfield, only about 4 light-minutes from our fair planet. Giacobini-Zinner should remain too faint for your eye to see though, like the colorful Heart and Soul nebulae near the center of the sensitive digital camera’s field of view. But the pair of open star clusters at the right, h and Chi Persei, could just be seen by the unaided eye from dark locations. The Heart and Soul nebulae with their own embedded clusters of young stars a million or so years old, are each over 200 light-years across and 6 to 7 thousand light-years away. They are part of a large, active star forming complex sprawling along the Perseus spiral arm of our Milky Way Galaxy. Also known as the Double Cluster, h and Chi Persei are located at about that same distance. Periodic Giacobini-Zinner was visited by a spacecraft from Earth when the repurposed International Cometary Explorer passed through its tail in September 1985

As 6 Teorias de que o Universo vai ter um Fim.

quinta-feira, agosto 23rd, 2018

xxxxx

Tem as 5 teorias atualizadas no video sugerindo que o Universo vai ter um fim. Falta mencionar a minha teoria “Do Big Bang ao Big Birth”, que não esta no video por motivos óbvios ( nunca a publiquei a não ser neste site, apesar de ter os direitos autoriais registrados) e que resulta dos modelos e cálculos da Matrix/DNA Theory.

https://www.youtube.com/watch?v=0tap5MWevAA

Porque no Planeta Terra tem água, Vida e nos outros deste Sistema, não?

sexta-feira, agosto 3rd, 2018

xxxx

??

Video mostrando as maravilhas deste planeta:

https://www.facebook.com/earthescapevids/videos/349180758946573/?t=2

Não da’ para aceitar isso sem mais nem menos. Quando vejo as fotos do Hubble das superfícies de todos os outros planetas, desoladas, estereis, violentas, vazias, e a seguir vejo esta incrível complexidade na superfície deste planeta, tenho que perguntar: “O que aconteceu de tao diferente neste planeta? Qualquer que seja a resposta logo vem a seguinte pergunta: “E porque não nos outros?” E ai vem a Teoria da Matrix/DNA explicar: ” Primeiro, entenda que o Sol tem um campo magnético que começa no seu núcleo e se estende por todo o sistema. Segundo entenda que este campo emite ondas concêntricas. Terceiro, olhe no espectro eletromagnético, veras sete faixas de frequência, sendo a faixa justo no meio, a quarta faixa, o ponto de maior equilíbrio da onda. Justo onde esta a orbita da Terra. No ponto de equilíbrio não dominam nem os estados solido nem o gasoso da matéria, mas sim o estado do meio, o liquido, por isso, a água. Quarto,… entenda que a Vida e’ formada em superfícies onde se encontram os 50% de informações que estão no núcleo do planeta e vem ‘a superfície por vulcões, gases oceânicos, etc., mais 50% das informações sobre estrelas que vem gravadas nos fótons da luz solar, e que vem em condições ótimas de serem expressadas, o que acontece na quarta faixa vibracional. Assim, idade adequada, posição adequada e ótimo casamento de informações só pode irromper numa exuberância de vida… Nenhum outro planeta neste sistema reúne estas condições. Mas em muitos outros sistemas tem planetas iguais. Sera’ mesmo?