Posts Tagged ‘Matrix/DNA’

Os Fotons Escuros Luminosos: E a Dadiva do Poder do Mais Elevado Conhecimento

sexta-feira, maio 12th, 2017

xxxxx

A posição humana em relação `a busca do conhecimento sera’ melhor entendida se imaginar-mo-nos agora situados no centro da Terra. O conhecimento nos espera nos quatro quadrantes a partir do centro: a sudeste e sudoeste, a noroeste e nordeste. Para o sul vamos  cada vez mais descendo no microscópico e para o norte vamos subindo no macrocosmos.

No momento que pensei nesta analogia, descobri algo muito curioso: o cérebro humano esta’ construído exatamente nesta configuração dos quadrantes, como se fosse previamente desenhado para conquistar e armazenar todo o conhecimento universal.

Senao, vejamos: se nos situar-mos no centro do cérebro, mais próximo ao hipocampo, vemos a nossa esquerda o hemisfério esquerdo, que corresponde ao lado geográfico compreendido por sudoeste e noroeste; e vemos a nossa direita o hemisfério direito, que corresponde ao lado geográfico compreendido por sudeste e nordeste. Acima da nossa posição geográfica esta’ o Polo Norte, abaixo o Polo Sul. Tambem no cérebro, na parte baixa esta’ o cerebelo, a morada dos eus inferiores que herdamos dos instintos animais; enquanto na parte alta do cérebro esta’ o córtex, a região de onde emana a auto-consciência e se constrói o nosso eu superior.

Depois de dar a volta por todo Universo e chegar a suas ultimas fronteiras desvendando os segredos do mundo físico material, a cosmovisão da Matrix/DNA esta’ agora parada nas duas regiões fronteiriças, a de cima, e a de baixo. A microscópica e a macrocósmica. Na macrocósmica paramos no oceano escuro de matéria negra e na onda de luz original que banha este oceano, a radiação cósmica de fundo. Nas regiões microscópicas estamos parados nas partículas ultimas desta onda de luz, os fótons.

Porque já sabemos que a onda universal carrega em si as sete funções de todo sistema natural completo e funcional, e como ela gera o atrito ao passar pela matéria negra criando as energias, e dividindo tudo nestas sete funções para gerar todos os sistemas naturais. Enquanto não desenvolver-mos os nossos atuais sensores naturais e tecnológicos sera’ difícil avançar no conhecimento desta quase abstrata entidade cósmica. Nossos olhos então estão mais voltados para as regiões microscópicas, as partículas fótons.

Partindo do nosso campo visual normal, fomos avançando pelas ondas na hierarquia das dimensões escalares, descendo pelo nível das minusculas células, dos átomos, e depois de suas partículas, chegamos `a dimensão quântica. Mas nessa dimensão a realidade novamente se dobra e escurece as regiões abaixo onde estão os fótons. Podemos imaginar o mundo físico boiando sobre um oceano de pontinhos escuros moventes, e só’. A unica coisa que podemos inferir e’ que estes corpúsculos escuros são fótons, de intensa luminosidade, tao intensa que seu brilho nos cega e vemos a escuridão. Mas ai esta’ o segredo mais poderoso para a especie humana hoje, pois se conseguíssemos adentrar o mundo dos fótons, dominaríamos todos os aspectos da matéria, da energia, do mundo físico.

Sabemos que cada fóton e’ a copia completa da onda de luz universal. Portanto eles são sistemas em si, e funcionais. Em si mesmos são ondas comprimidas no microcosmos, portanto constituídos de sete faixas de frequências/vibrações diferenciadas entre si. E o mais importante: sabemos que eles se conectam em redes, networks, que eles adentram os elétrons dos átomos e assim – como os vírus fazem com as células – eles assumem a maquinaria e administração dos átomos, conduzindo-os a se combinarem para formarem sistemas, sempre modelados pela formula da Matrix/DNA, que e’ a forma da onda de luz universal.

Precisamos de alguma maneira limpar o negrume que esconde estes fótons, precisamos ver como estão formando o tórax humano, o sistema galáctico, o cérebro, cada célula, cada molécula, etc. e etc. Assim podemos ajuda-los a vencer os obstáculos que causam os defeitos nestes sistemas. As doenças nos humanos. As intempéries nos planetas e sistemas astronômicos…

Quando dois fótons se conectam devem criar uma ponte entre eles. De que sera’ feita esta ponte? Da mesma substancia deles? Serão extensões deles? Nas moléculas orgânicas os átomos se conectam através das pontes do semi-átomo, o primeiro a se formar como protótipo de átomo, o mais primitivo, o hidrogênio. Existira’ um tipo de fóton mais simples, mais primitivo, disponível no meio da material, que e’ capturado entre dois fótons superiores para formar seus elos de conexões?

As boas teorias sempre vão na frente das grandes descobertas. Elas tem guiado os humanos para as descobertas. Porque uma teoria gera uma vontade incansável na mente humana de buscar sua confirmação, de encontrar o objeto teorizado. Quando Lemaitre iniciou a teoria do Big Bang, tanto ele como a mente de muitos sentiram o desejo enorme de encontrar algo que fosse evidencia, e este desejo oculto na mente de dois radiotécnicos fê-los perceber que o ruido nos seus aparelhos estariam relacionados com o Big Bang. Quando Einstein elaborou suas teorias fantásticas mencionando espaços curvos encurvando a luz ele guiou mentes sedentas de encontrar evidencias a mentalizar uma experiencia e aproveitar a oportunidade unica de uma eclipse, para verem o objeto dos sonhos, a luz se encurvando.

Mas existem as teorias erradas, e nao sabemos se esta e’ uma boa teoria ou uma errada. Mas mesmo assim, quando se trata da evolução do conhecimento humano, melhor uma teoria errada do que teoria nenhuma. Os índios não formulavam estas teorias, e vemos no que deram. Quando uma teoria esta’ errada ela serviu de grande beneficio para nossa evolução, pois nosso conhecimento tem evoluído na base da tentativa e erro. Cada erro sofrido vai sendo eliminado das possibilidades e assim vamos cada vez mais nos aproximando do acerto.

Portanto, temos uma teoria, e temos agora uma vontade incansável de alcançar o reino fantástico dos fótons, um reino que revela os calcanhares da onda de luz original que veio junto ou deflagrou o Big Bang. Que extrapola as fronteiras do nosso universo perceptível e nos leva aos limiares da Criação… e talvez aos calcanhares do Criador. Estamos procurando agora uma maneira de mergulhar-mos nas trevas que antecede o reino dos fótons, isto nos ocupara’ a mente dia e noite, premissa necessária e suficiente de que vamos chegar la’.

 

Minha eterna briga contra os buracos negros

segunda-feira, maio 8th, 2017

xxxx

Estão tentando tirar uma foto do ralo que surge no centro de galaxias rotativas, pensando que vão fotografar um buraco negro, o mais fantasmagórico ser espacial que existe apenas na imaginação humana. Claro não pude deixar de dar meu piteco postando o comentário copiado abaixo:

How to take a picture of a black hole

https://www.ted.com/talks/katie_bouman_what_does_a_black_hole_look_like?utm_campaign=social&utm_medium=referral&utm_source=facebook.com&utm_content=talk&utm_term=science

Louis Morelli

Posted at 5/8/2017

The drain produced by the spirals of rotation of water at your sink, is a black hole? Galaxies are under rotations, they are spirals, there is a drain at their center… why the hell has human beings to see a drain as the ghost and complex black hole?
Produced by singularity? There was one unique moment of singularity in this universe, its first moment. Natural singularity never could happens again at any place in this universe. If it was possible, it should happened at the beginning when matter was to simpler and there was no systems yet, but then, the universe never would evolve.
Of course, at the center of a drain in a cloud of dust from nebulae of gaseous atoms or from the death of stars, must have heavy elements at fusion, like iron, etc. These elements are what makes the nucleus of astronomic bodies.
The theory that is pointing towards the existence of black holes as described like the cannibals of entire galaxies, etc, is Math lead to extreme intellectual masturbation. There are no such things. The astronomic models of Matrix/DNA Theory, suggesting all mechanisms for origins and death of such drains is more rational.
You are looking for photos of a natural drain, never will have photos of black holes, they does not exist…

Evidencias da Matrix/DNA

domingo, abril 30th, 2017

xxxx

“Don’t cry for more and more evidences while hiding an empty hand behind your back.”

Num Sonho, o Proposito da Matrix/DNA

sexta-feira, março 31st, 2017

xxxx

Como tentei e porque não consegui mudar o mundo.
Conheci pessoalmente o comandante militar que combateu e dizimou os 60 guerrilheiros do Araguaia nos anos 70, O Major Curio’. Eu estava trabalhando na Câmara dos Deputados Federais em Brasilia ( cavei o emprego porque queria derrubar a ditadura a partir de dentro dela), e o gabinete na frente do meu era do major que foi eleito como Deputado. Seu gabinete sempre cheio de garimpeiros, principalmente de Serra Pelada na Amazônia. Eu já havia vivido na Amazônia central, iniciado minhas pesquisas sobre os sistemas da biosfera, queria retornar, e as longas conversas com o assessor militar do deputado contando sobre os planos dos guerrilheiros em separar uma parte da Amazônia e fazer um sistema social, econômico, diferente, me fez mudar a ideia de derrubar a ditadura para me juntar ao povo que foi catequizado pelos guerrilheiros e continuar o plano com outra estrategia.
Fiz amizade com o sobrinho e assessor do Curio e consegui entrar na comitiva que foi fazer um discurso em Serra Pelada. 80.000 homens de todas as partes do Brasil, com algo em comum: uma desesperada ambição por dinheiro, ouro.
Nos primeiros dias observei o esquema, tive uma ideia, escrevi um projeto: Desenvolvimento Auto-Sustentável para Criação de Municípios Extrativistas na Amazônia. Os Funcionários do Departamento de Minas e Energias – diga-se, homens da ditadura do Curio – apreciaram o projeto, ficaram com ele, me gratificaram com a concessão de um grande terreno ao lado da mina para instalar um restaurante e hotel. Era para ficar rico em pouco tempo. Construí o negocio, botei um gerente e sai fora, ora na mata fazendo minha pesquisa, ora na aldeia onde comecei a atuar no plano social, pois a miséria ali era degradante. Construí uma escola e descobri que meus setecentos alunos adultos eram muito acessíveis a serem voluntários para obras que beneficiassem a comunidade. Criamos uma prefeitura, botamos energia elétrica, água encanada, caminhão recolhendo lixo, me obrigaram a ser o “prefeito”, asfaltamos ruas, assumimos e ampliamos o hospital, tudo na base do mutirão e doações. Eu fui um prefeito que botava dinheiro do lucro do meu estabelecimento na prefeitura para pagar nossos salários de funcionários e mante-la funcionando. 
 
De repente descobri que ali poderia conseguir realizar o sonho dos guerrilheiros mortos: separar do pais um território do Amazonas e construir um novo tipo de sistema social, econômico, politico. Pois eu estava dentro de quem iria nos combater, a turma do Curio, então, como espião saberia todos seus planos contra nos. Pois eu contava com muitos milhares de homens que tinham em mim confiança absoluta e eram abertos para este tipo de revolução. Nos possuía-mos a maior mina de ouro –  com calculadas 400 toneladas ainda a extrair. E eu tinha descoberto na selva a formula natural que ou Deus ou o Diabo usou para criar todos os sistemas funcionais do Universo, de átomos a galaxias a cérebros humanos. E eu tinha a formula no seu estado de extrema perfeição. Baseado nela desenhei no papel a cidade utópica, calculei tudo como seria um sistema social humano perfeito para todos.
 
Enquanto trabalhava este plano e conversava com os homens, houve uma surpresa: cresceu o olho da aristocracia dominante que usou a Vale do Rio Doce para influenciar o governo a nos expulsar da área, militarmente. Ordenaram suspender a mineração e nos deram um prazo rápido para sair. Ao menos eu e mais três mil homens juramos morrer juntos lutando, porque vivos não íamos sair de la’. Fomos falar com o Major o qual disse que na verdade capitalistas estrangeiros e nacionais haviam investido 12 bilhões no Projeto Carajás, e quando souberam do ouro de Serra Pelada ali perto, mudaram o mapa do projeto para por a nossa mina no meio, e pressionaram o presidente da ditadura, general Figueiredo, dizendo que a mina pertencia a eles. O major disse que nem ele nem o Figueiredo queriam obedecer os larápios, mas não tinham alternativa, a não ser que… Que houvesse resistência, mortandade, e a intervenção dos Direitos Humanos das Nações Unidas. Resultado?
 
Ora qual poderia ser o resultado se tinha um espião dentro do centro de decisões dos dois lados de uma Guerra? Fariamos uma revolução paralisando todas as rodovias dos cinco estados, aeroportos, águas navegáveis, dirianos aos repórteres internacionais que la’ estavam que na mata estava havendo confrontos e mortandade e… assim o Figueiredo respondeu aos larápios que não poderia atuar por ser uma grave questão social. A mina foi reaberta quando se juntaram garimpeiros e militares no que foi o maior churrasco do mundo, regado a 80 bois e carros-pipa distribuindo chopp a 100.000 pessoas.
 
Porem para mim houve uma outra surpresa mais importante e muito desagradável. Coloquei meus 3 mil alunos em caminhões e mandamos para a cidade de Paraopebas cercar o Projeto Carajás. Porem os homens tomaram a cidade, invadiram bares e se embriagaram. E começaram a fazer barbaridades com os estabelecimentos e a população e da Serra perdemos o controle sobre eles. Então o Major disse: “O difícil não e’ por esse povo numa briga. O difícil e’ tirar eles dela. Agora vocês se viram, vão la’ parar aqueles homens!” Conseguimos a duras penas mas notei que os homens haviam mudado, o sucesso e conhecimento do poder alteraram suas cabeças. Tornaram-se arrogantes e nao concordavam com meus apelos a disciplina.
 
Em seguida notei que a multidão de voluntários se esvaziava e pior, os serviços e instalações publicas que montamos estavam sendo tomados por grupos ou indivíduos particulares, tal como fizeram os bolcheviques lideres na revolução russa ( e os petistas no Brasil). Tive que entrar no Conselho Fiscal da Cooperativa Administradora que havíamos criado para administrar a mina e, na surdina, passando informações contábeis dos roubos praticados `a Policia Federal tiramos do poder o presidente e seus 40 pistoleiros de segurança. Ate’ hoje tenho pesadelos ouvindo o zunir de balas passando nas minhas orelhas no meio do tiroteio.
Arrumei minha mochila e fui embora para o meio da selva para nunca mais voltar ali, mesmo porque descobriram ouro embaixo do meu prédio e destruíram tudo, eu nada mais tinha ali. Como tinha doado todo o lucro do negocio, sai de la’ sem um centavo…, mas valeu a pena a experiencia, o aprendizado, as muitas fortes emoções…
 
Foi então que aprendi o que ocorreu com Che Guevara no seu fiasco revolucionário na Bolívia, com Karl Max e seu fiasco final, e com os intelectuais como Trotsky and Tolstoi na revolução russa. Max usou a cabeça e ao invés de pegar a baioneta e atacar homens, resolveu atacar o conceito “capitalismo” dentro das cabeças dos homens. Escreveu o gigantesco Das Kapital desmascarando cada detalhe do capitalismo. Colossal erro, penso eu. O capitalismo e’ o efeito, as consequencias. Nao adianta podar os galhos de uma arvore que produz frutos doentes se a doenca vem das raizes. E’ preciso cavar, descer as profundezas das raizes e inserir os elementos corretores. Assim como eliminar os capitalistas seria destruir as frutas doentes ainda na arvore para ver ao lado outras surgindo com a doenca. Os intelectuais russos aproveitaram o ataque ao conceito e resolveram completar com o ataque `a baioneta, puseram o povo no poder e se arrependeram amargamente, pois ao invés de terem amigos progressistas com quem trocar ideias intelectuais e progredir cientificamente, o povo queimou seus livros e lhes forçaram a ler revistinhas de humor e sacanagem. O império soviético caiu… mas porque?
 
Então descobri que não funciona apenas atacar o capitalismo, nem atacar `a baioneta o homem que carrega a ideia, pois o que nada adianta e’ por o povo no poder. Era preciso antes de tudo, cavar o cerebro humano e alcancar o subconsciente que criou a visao de mundo que criou todos os equivocados sistemas sociais, do capitalismo ao comunismo. Pedir inspiracao ao insconsciente libidinoso de Freud, ao sub de Jung, a camada do consciente coletivo de Gaia de Teilhard Chardin, e ate mesmo as nourees, as ondas de pensamento de Pietro Ubaldi. Eu acredito saber qual o elemento corretor a inserir nestes subterraneos: a formula da Matrix aberta que esta encriptada em ondas de luz. Porem como nao posso manipular essa luz, resta-me atacar e desconstruir a cosmovisão, a visão de mundo que cria culturas que inventam capitalismos, feudalismos, monarquias, e comunismo. Esta visão de mundo veio da herança da carga genética e instintos recebida dos animais, um ancestral que era meio predador carnívoro e meio-presa vegetariana. E depois foi burilada pelos predadores humanos para manter o domínio sobre as presas humanas, com estrategias como as religiões, a divisão do trabalho e das terras, as constituições nacionais das leis boas para os sistemas perpetrados por eles, etc. Era preciso exorcizar, antes de mais nada, os três instintos da psique humana: a tendencia para grande predador ( que criou a classe dominante) ou para médio predador ( que criou a classe media) e a tendencia para presa ( o povão inerte, passivo, anti-evolucionista, despossuído e escravo). Nessas culturas as interpretações imaginadas pelos homens, de todos os fenômenos naturais reais, estavam deturpadas, erradas. Observei isso quando descobri a formula natural dos sistemas na selva, a qual re-interpretava todos os fenômenos e eventos naturais por uma perspectiva diferente. Assim nasceu a Cosmovisão da Matrix/DNA. E por isso todo dia publico mais um artigo desmascarando um fenômeno natural sob a luz da formula que veio do alem deste Universo numa onda de luz emitida pelo Big Bang. Muita gente não entende porque faço isso, assim como ninguém entendia na Serra Pelada porque eu ignorava a corrida pelo ouro e ficava cavando buraco para fazer escola, etc. Entendeu agora?  Na selva eu fracassei porem o governo assumiu o hospital, assumiu a escola, reconstruiu-a e hoje tem 1.200 crianças estudando, ficou e floresceu algumas das minhas semente. Sei que vou morrer e fracassar de novo, porem, a cosmovisão  e seus efeitos esta’ pululando na Internet livre onde sementes boas são indestrutíveis, tenho a esperança de que também floresça alguma…    

Termodinamica: A Segunda Lei Obedecida Pela Matrix/DNA Formula

quarta-feira, março 15th, 2017

xxxx

Muito se debate a respeito da questão de que seres vivos não obedecem a segunda lei da termodinâmica.

A Segunda lei da Termodinâmica estabelece que, num sistema fechado, nenhum processo ocorre que aumente a rede de organização ( ou diminui a rede de entropia) do sistema.

A minha formula de sistema total, completo, funcional, isolado, fechado em si mesmo, apresenta a mesma lei. Vejamos:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Para que aumente o nível de organização de um sistema – o que implicaria em aumento de complexidade, evolução – é necessário nova informação, no sentido de que informação seja qualquer novo elemento com forma e função inexistentes antes. Como nada cria informação do nada, e o sistema e’ fechado, não realizando trocas de nenhuma especie com o mundo externo, nenhuma nova informação ira’ surgir dentro deste sistema.

Também a entropia, uma vez iniciada, não teria mais como o sistema estanca-la. No sistema fechado da Matrix/DNA a entropia tem inicio quando partículas saem fora do circuito de informação/energia, indo para o interior em direcao ao núcleo. Isto significa que na próxima rodada do circuito o sistema não mais sera’ de tanta perfeição como nas rodadas anteriores, e o aumento destas partículas desviadas acaba desmanchando o sistema.

A Ciência Academica Oficial não tem a formula natural universal para sistemas naturais, por isso faz grande confusão entre sistemas, processos e partes ativas ou desativadas despregadas de sistemas. Por exemplo, vejamos um texto onde essa falha produz erros conceituais:

” Devido a segunda lei da termodinâmica, o Universo tomado como um todo esta inevitavelmente movendo-se na direcao do estado de completo caos e acaso, sem qualquer ordem, padrão, ou beleza. Este destino foi popularizado no seculo 19 como a “morte quente” do Universo”.

Ora, não existe nenhuma prova de que o Universo constitua um sistema. Onde esta’ o núcleo? Quais são as partes funcionais e como funcionam? Como estão conectadas?

Conforme a Matrix/DNA o Universo deve ser uma massa de sistemas – as galaxias, ou conglomerados de aglomerados de galaxias – mas não um sistema, mesmo porque, sua função como reprodutor genético lhe da’ mais a forma disforme e função de placenta. Mas sem a formula da Matrix/DNA realmente muito se confunde sobre o que realmente são sistemas naturais.

Então o falho conhecimento sobre sistemas causa esse tipo de desentendimento, por exemplo, entre a vida e a teoria termodinâmica, ou mais exatamente entre os conceitos biológicos e as rígidas leis da Física. Vejamos:

Quando a entropia teve inicio num sistema astronomico, mais preferivelmente um sistema galáctico, ela se inicia na periferia e seus produzidos radicais livres são colapsados para o interior, já que do sistema fechado nada escapa. Estes bits-informação podem se encontrarem na superfície de um planeta na mesma época e causarem o caos entre si pois bits distantes uns dos outros no sistema não se reconhecem e não possuem a tendencia para se conectarem. Disputam espaço, energia, etc. Mas quando bits que foram vizinhos no circuito do sistema se encontram, se reconhecem e se reagrupam tentando reconstruir o sistema para o qual foram modelados. Tudo acontece normalmente como meteoritos no espaço são atraídos para astros e não para gazes.

Este caos inicial produz a continuidade do aumento da entropia, já que o sistema esta’ se enfraquecendo e mais partículas se desviam do circuito. Eu diria mesmo – e isto me ocorreu apenas agora – que, desde que o Sol esta sob entropia, perdendo sua energia, o sistema solar tende a desaparecer pela entropia. ( mas se a formação do sistema se deu pelo primeiro método original, os planetas ainda ativados vão sair antes do sistema, na forma de estrelas, ou novos sois).

O sistema esta’ morrendo, a operação automática de auto-reciclagem vai parar de funcionar, mas na verdade ele não esta’ desaparecendo, e sim, se transformando. Pois os bits reagrupados vão re-ergue-lo, dentro de seu próprio corpo, porem, devidos as abruptas mutações devido a gênese diferente de sistema fechado para sistema aberto, o sistema se transforma de astronômico em biológico. Então a entropia produz o caos, mas no caos ocorre a mutação, transformação e reordenação do estado de ordem. Este é outro detalhe que a Ciência Oficial e a teoria da termodinâmica não alcançaram ainda.

Algumas das Nebulosas Influencias que Minha Teoria esta Exercendo no Mundo Hoje

domingo, março 12th, 2017

xxxx

Do meu post publicado no meu Facebook em Mar/03-12-2017

 Louis Charles Morelli – Mar/03-12-2017

 

 

 

Minha teoria sendo usada num projeto de 100 milhoes de dolares!

Fiquei sabendo por acaso, surfando na Internet. Procurei pela sigla “Matrix/DNA” no Google, porque so eu uso esta sigla e descobri-a mencionada num jornal Americano de New Hampshire. Ali esta a copia de um comentario que postei num jornal e de um artigo que escrevi no meu website. Inclusive com todos meus erros de ingles, o trecho foi copiado fielmente, em ingles.

A unica e primeira pessoa no mundo que disse que os astros como a Terra tem uma existencia que imita o ciclo vital humano, fui eu, como resultado de meus calculos e modelos na selva amazonica, estudando os sistemas que compoem aquela biosfera – e cujas questoes me remeteram a questionar algo que eu nunca pensei que faria: o Cosmos! Porque e’ impossivel entender a cria (a nossa biosfera terrestre), sem entender o criador – o Cosmos. E o trecho no jornal fala desta minha teoria.

Um milionario excentrico fez uma doacao de 100 milhoes de dolares para uns cientistas que tem um projeto para procurar vida fora da Terra. Minha teoria da Matrix/DNA faz algumas sugestoes nao pensadas pelos cientistas, e ate’ agora ainda nao descobri como acharam minha teoria e porque esta mencionada no jornal. E infelizmente, sozinho e sem as necessarias condicoes para tocar meu projeto com eficiencia, tenho que ficar calado. Mas meus amigos do Facebook sao testemunhas. Clique no link abaixo e veja este meu texto que esta ali copiado.

Ha 5 anos atras um famoso radialista e evangelico dos USA criou um website para criar um novo movimento baseado na … (segundo suas palavras)… “fantastica descoberta da formula de Deus para criar o mundo, por um autor desconhecido…” Os ateus dos USA e Inglaterra deram em cima, combateram, ameacaram-no de plagio usando meu nome, e ele teve que parar seu website. E eu tive que ficar assistindo, calado!

“The study proposed a model Matrix/DNA model which the researchers think could tell how to look for aliens in space.
“It suggests that planets are developed by the life’s cycle process, suggests the ideal age and conditions a planet must have to harbor biological life, and suggests the ideal slice of electromagnetic radiation frequency/variation that could permitting planets to self-communicating”, said a researcher, René Heller. Various spacecraft and telescopes captured many images and data on Cosmos that do not hint life could be there. It suggests that the current models that astronomers are using are wrong.”

Study proposes Novel Method to Hunt for Aliens Looking at Us

Submitted by Jeanne Rife on Wed, 03/02/2016 – 15:21

http://nhv.us/content/16034673-study-proposes-novel-method-hunt-aliens-looking-us

Study proposes Novel Method to Hunt for Aliens Looking at Us

 

Corpo Humano pela Formula da Matrix/DNA: Mensagens da Matrix

domingo, fevereiro 12th, 2017

xxxx

Todas as partes do seu corpo foram construídas pela natureza acionando um conjunto de forças-comando que flui através da matéria e se você não conhecer isso, jamais vai entender com clareza seu corpo e não vai poder ajudar seu corpo a manter sua saúde e acelerar sua otimização, sua evolução. A sua sorte é que eu consegui descobrir esse comando e consegui transcreve-lo como uma figura, dinâmica, a qual chamo de “A Formula da Matrix/DNA”. Fica muito fácil entender todos os sistemas, sub-sistemas, órgãos, circuitos, doenças, do corpo tendo esta formula sobre sua mesa. E você vai descobrir coisas surpreendentes jamais imaginadas pela humanidade, o que vai levar seu cérebro, sua inteligencia mental a dar um grande salto evolutivo. Então por que não investir alguns minutos conhecendo a formula, se tudo e’ de graça?
Por exemplo, suas mãos. De onde a natureza tirou a ideia de fazer estes acessórios no seu corpo e nesta forma, com suas funções?! A nossa primeira forma foi redonda,uma célula, sem mãos e pernas, mas ela não sobrevivia bem sem poder agarrar alimentos próximos ou mover-se, então aquela célula percebia o alimento próximo e uma desesperada necessidade de agarra-lo, tentando alongar-se na direcao dele.Este “desejo” sempre aciona a formula, porque a célula já era a formula materializada, e “acionar a formula” significa a formula se reproduzir. Acionada a formula ela tem que construir uma arquitetura natural material para ela se expressar por completo, e isto leva tempo, depende dos materiais disponíveis no ambiente, etc. A instalação da forma material passa por fases evolutivas por isso primeiro surgiu o simples cílio na célula, depois foi evoluindo para patas de aranhas,cascos de cavalo, garras de leão, mãos de macacos, ate chegar a mãos humanas onde a formula esta quase ou já foi completada.Para entender sua mão e descobrir um novo mundo muito interessante, ponha sua mão esquerda sobre a primeira figura abaixo de maneira que a palma fique sobre F1, o cone, e o mindinho sobre F2, etc. mas entenda algo da formula antes: ela representa um sistema natural perfeito e foi feita pela Natureza aplicando uma onda de luz ( porque a onda de luz completa foi a primeira forma que esta formula apareceu neste universo, e você pode ver isto no meu website na figura do espectro eletromagnético) sobre um único corpo material inicial. Como a onda de luz, ou a formula, é um sistema construído pela força do ciclo vital que faz o corpo se derivar em varias formas/funções diferentes, cada parte, cada “F” da formula representa uma faixa etária da vida do sistema. F1 representa a gestação de um novo corpo, F2 representa o baby nascido, e assim por diante ate chegar em F7 quando o cadáver do corpo se desintegra em seus fragmentos. Então a palma da mão representa a chegada da formula no pulso e começando a gerar o novo acessório, o mundinho representa o baby nascido, o outro dedo representa a criança e adolescente, etc. Assim descobres que cada dedo tem uma função em tudo que você usa sua mão, e cada função é igual aquela que seu corpo inteiro representa e faz na vida real, em cada uma de suas faixas etárias. Experimente por exemplo tocar violão ou piano usando cada dedo de uma vez a começar pelo mindinho e tente perceber que você esta contando o ciclo da vida na forma de sons, e isto pode te inspirar a criar musicas.Muitas coisas interessantes vais descobrir sobre suas mãos.
Mas vamos a cada sistema do corpo, detecte o órgão principal, desenhe sobre ele F1, e siga localizando em cada outra parte do sistema os outros Fs. Veja no meu website por exemplo porque descobri o que faz o ciclo do bom colesterol se tornar o mau colesterol. Mas vamos agora ao cérebro, o qual é outra copia da formula. Tem um centro, o hipocampo, e em volta, espalhados no cérebro tem glândulas como a pineal, pituitária, etc. e este conjunto revela a formula, um novo entendimento do cérebro surge. Explica por exemplo porque e o que acontece por estar-mos usando quase que apenas o hemisfério direito do cérebro, vendo apenas a metade do mundo material ( vemos a substancia material mas não vemos a outra metade formada pela substancia luz). O hipocampo é a expressão de F1, que recebe os estímulos e começa a gerar um pensamento que sobe em circuito para a glândula que expressa o baby e assim por diante. Mas quando o pensamento chega em F4, onde termina a face esquerda da formula, ao invés de seu circuito seguir para F6 e fazer a volta completa, ele bate na parede do corpus callosum dividindo os dois hemisférios e despenca caindo de novo no hipocampo. Se for um pensamento importante, um estimulo importante, vai ficar ali armazenado como memoria. Mas o circuito não passou pela face direita da formula, não utilizou o hemisfério direito, por isso estamos operando no mundo material pela metade, e nossos conhecimentos, nossa inteligencia, são meias-inteligencias. nas minhas meditações baseadas na aura de fótons conectados como a formula eu tenho forçado o circuito mental atravessar o muro, e talvez tenha conseguido alguma coisa, pois fui o único humano ate agora a perceber numa onda de luz que ela é semi-viva pois ela se propaga pelo ciclo vital e ela contem o código da vida que mais tarde construiu o DNA. A humanidade continua sendo torturada pela nossa impossibilidade física de resolver obstáculos que depende de usar a formula. Esta sendo torturada por doenças milenares que nunca foram resolvidas, como canceres, diabetes, ataques cardíacos, etc., e tudo isto devido a nossa ciência ainda não conhecer esta formula, assim não entendo os princípios, as origens, e os significados do corpo como sistema, que é o que produz estas doenças. se você tiver juízo e realmente desejar tudo de bom para nossas crianças, nossas próximas gerações, tentar evitar que nossa especie seja extinta antes de conseguir-mos a evolução para enfrentar as mudanças cíclicas deste planeta semi-vivo igual a formula que o fez, você vai entender que deves colaborar na divulgação desta formula por todos os meios possíveis. A segunda figura abaixo retrata a formila no seu estagio evolutivo na nossa ancestral e criadora astronômica – a Via Láctea – e como estava naquela época a forma dos ancestrais dos cromossomas sexuais. A terceira figura mostra como a formula se apresenta em todos os sistemas naturais existentes, todas as arquiteturas naturais, desde os átomos, as células, as mãos, etc. E que… a força da Luz, a Matrix/DNA, esteja convosco…
E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Circuíto Sistêmico ou "Software" extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Circuíto Sistêmico ou “Software” extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Maos-Pela-Formula-da-MatrixDNA-300x268

Aprendendo a Entender e Detectar a Formula da Matrix/DNA

domingo, fevereiro 5th, 2017

xxxx

Photo

https://lh3.googleusercontent.com/

Borboletas e o Artista Misterioso

Uma pergunta:
Claro que não existe nada dentro da borboleta fazendo este desenho na superfície da borboleta, muito menos com algum proposito. Genes são desenhistas porem, cegos, obedecendo as forças envolvidas e não podem olhar a borboleta de fora para verem seus desenhos. Então como a natureza produz esta obra?!

Quando vejo estas linhas retas vermelhas, como que dirigindo-se a triângulos também vermelhos, rodeados de manchas negras, o que me lembra o horizonte de evento, logo me vem a mente a formula da Matrix/DNA, a qual produziu os genes. Todas estas formas e nestas posições estão naquela formula.

Parece que inconscientemente os genes, ou melhor, as forças brutas dominadas pela formula, estão projetando a formula na superfície da borboleta. Esta hipótese parece um pouco forçada, mas e’ a unica que me aparece, por isso vou continuar nesta linha de interpretação, testando-a.

Google e outros só mostram artigos de websites e não de blogs?

segunda-feira, novembro 30th, 2015

Quando se digita MatrixDNA no Google News, diz que nada foi encontrado, e entao sugere 3 caminhos. O primeiro, ‘e:

Try Google Blog Search

E aqui entao se encontra milhao de resultados. Preciso ver isto, se for caso, tentar trocar o blog para website.

Ver tambem:

Para onde estou conduzindo a Matrix/DNA neste momento? Na busca da sua forma primordial, a Luz com o Principio Vital

quarta-feira, setembro 9th, 2015

xxxx

Publicado no Facebook:

Louis Charles Morelli

Estou quase tocando… a luz magica que carrega o principio vital…
Tudo comecou quando nasci, sem teto e familia para viver na rua, lutando para sobreviver contra bandidos e traficantes e os filhinhos de papai que apreciam torturar e ate queimar os menores de rua. Isso enquanto trabalhava no duro e lia muito, muita filosofia e ciencias. Lutei e venci, cheguei a universidade e a um cargo de supervisor operacional numa estatal com mais de mil subordinados. Mas sempre fui demasiado ambicioso, nao por dinheiro e coisas materiais, mas por informacoes sobre a munha existencia: o que estou fazendo neste mundo que nao gosto, o que eu sou, de onde veio minha mente?
Status social e dinheiro para gastar nao impediram-me de perceber que eu era um escravo do mundo e do Sistema, aquela vida nao fazia sentido coerente, e entao resolve imitar os negros escravos que fugiam da senzala para o mato: arrumei minha mochila e parti para a selva amazonica. Ali era ainda o unico lugar onde os elementos naturais permaneciam virgens, intocados pelos humanos, e ali deviam estar ainda as pedras e as raizes que foram testemunhas das origens da vida, elas iriam me contar os seus segredos. Eu so precisava de um metod filosofico inteligente, e porque nao a anatomia comparada entre sistemas naturais vivos e nao vivos?  Este metod poderia me levar ao elo evolucionario entre a nao-vida e a Vida, ou seja, ao criador desta minha historia absurd de existencia. Quando o descobrisse eu o agarraria pelos cornos ou pela barba e exigiria explicacoes, enquanto o acusaia: ” Voce e’ um pai. ou uma mae irresponsavel, gerando filhotes neste estado de caos que e’ essa biosfera e abandonando a prole a’ propria sorte! Vais apanhar no bumbum agora…” Mais tarde, quando descobri que o elo foi a Via Lactea, nao deu para pega-la e dar-lhe umas palmadas….
Agachado na beira de pantanos, desafiando crocodilos e jiboias de 10 metros, com o ouvido atento nas minhas costas devido ao jaguar traicoeiro, e sem nada poder fazer com os milhares de minusculos vampirozinhos piuns e carapanas que ficavem me sugando o sangue atravs da roupa, nada disso impedia que eu apontasse o microscopico velho do tempo do Galileo para a lama procurando LUCA – the Last Universal Common Ancestor – … o Elo Perdido!
Mas o calor torrido na selva e’ infernal e a luz do Sol me batia forte na nuca querendo me cozinhar os miolos, para facilitar a digestao da fera que me pegasse primeiro. Assim era impossivel ignorer a energia do Sol, tira-la do pensamento, e isso foi bom: me fez lembrar que nao existe vida sem luz do Sol, ao menos suas particulas penetrando o fundo oceanico ou pantanoso. LUCA tinha que ter de alguma forma relacionado-se com aquela luz, interagido com a estrla distante.  Com os miolos cozidos comecei a ficar tantan e parecendo ouvir vozes dentro da cabeca. A luz quente penetrava fundo e entao ela comecou a falar: ” Criatura que se prostras de joelho a beira da lama, sei o que estas procurando. Mas estas na direcao totalmente errada! Porque voltas teu olhar para o solo quando a resposta sou eu, o Sol que esta’ acima da sua cabeca? Levante homem, erga seus olhos, olhe para mim, para minha luz, eu sou uma parte de LUCA!”
– ” Hei… estas querendo me gozar e’?…. Tu es muito grande para caber num ser microscopico…”
– ” Ah, e’? E como e’ que seu corpo inteiro cabe dentro de um espermatozoide microscopico? Tu ta’ pensando que o homem inventou a nanotecnologia? Ah…ah…. ah…. a natureza faz isso a bilhoes de anos! E faz mais: da nanotecnologia ela vai para a giantologia na velocidade da luz!”
Mas, e nao e’ que o danado tinha razao?! A Natureza nao apenas bota um humano adulto dentro de um saquinho invisivel, como tambem faz o tempo girar ao contrario e o espaco se contrair. Pois quando o corpo do adulto volta a luz daquele saquinho, ele volta com uma forma retornada ao tempo de baby e com a idade reduzida a 9 meses… E dentro da barraca deitado na rede na calada da noite ( quando nao havia uma fera urrando a volta querendo me jantar), minha mente divagava pelos treambulos nunca pensados desta Natureza. A essencia da Vida e’ o DNA, o qual ja tem uns 3 bilhoes de anos. O DNA velho assim e’ como o tronco de uma arvore, do qual ficam saindo os galhos, e cada qual e’ um ser vivo, cada qual leva consigo o estado evolucionario do DNA no ponto do qual ele emergiu do tronco. Isto significa que o DNA e’ novo nas suas raizes, mais perto do solo, e mais velho no topo da arvore. Ora, quando meu pai nasceu, ele levou um DNA com 3 bilhoes e 45 anos. Quando eu nasci, levei o DNA nos seus 3 bilhoes e 65 anos, mais velnho portanto. Entao em relacao ao DNA eu sou mais velho que meu pai?! E mais velho que meu avo, meu tataravo?! Claro, meu DNA e’ mais evoluido, maior, mais velho. E se eu tivesse filhos, eles seriam mais velhos que eu, mesmo na forma de criancas! Iac….Iac….. aqueles que pensam que sou velho fiquem sabendo que sou mais novo que meus filhos…. E voes mentem quando dizem que tem 23 ou 45 anos de idade. na verdade voces sao mais de 3 bilhoes de anos de idade.. Mas estas coisas so sao percebidas por um filosofo oculto na selva conversando com macacos e dando tapas em mosquitinhos….
A voz do Sol na minha cabeca tinha toda razao. Portanto levantei do chao, ergui meus olhos para cima, me interessei pelo Cosmos e por astronomia, corri `a universidade da capital buscar todo o material sobre astronomia, ate’ descobrir que LUCA nunca foi microscopico e nunca existiu na superficie deste planeta, ele paira no ceu, ele esta a nossa volta, ele nos contem, e nos estamos ainda dentro dele, como estao as bilhoes de celulas bacterianas vivendo dentro do meu corpo e sao celulas que nao me pertencem. Sorri ao lembrar que la fora da selva um exercito de quimicos positivistas continuavam agachados na beira de pantanos ou mergulhando no fundo de oceanos procurando aquela sopa primordial onde acreditam estar LUCA. De fato LUCA estava na sopa, mas nao como LUCA e sim na forma de seu genoma. Na forma de um principio vital, entao Pasteur tinha razao, os quimicos positivistas teriam que dar uma guinada de 180 graus, deixar de seguir Leibniz e voltarem-se para Pasteur. Desejei ter um telefone na selva e ligar para eles dizendo: ” Ei, LUCA nao esta ai nao, esta no ceu….” E ai iam pensar: ” O Morelli pirou de vez….”
Primeiro foi a descoberta que conectando os sete tipos de astros existentes – quasares, planetas, pulsares, black holes,etc. – se obtem um sistema funcionando igual uma celula viva. Isto indicava haver uma conexao hereditaria entre esta galaxia e as celulas do meu corpo. Se havia elo hereditario entao tinha que haver um transmissor da galaxia para a celula, como dos meus pais o genoma deles foi o transmissor hereditario.  Entao descobri que o DNA e’ mera forma biologica de um DNA universal, ao qual dei o nome de Matrix/DNA. Ate’  desenhei esta Matrix para descobrir mais uma grande surpresa: a galaxia inteira pode se miniaturizar microscopicamente como o corpo do meu pai pode faze-lo ao se tornar um espermatozoide com todas suas informacoes incluidas! Mas quando a galaxia faz isso, ela fica do jeitinho de um par lateral de nucleotideos, que e’ o tijolinho comum, o building block do DNA!
Entao descobri algo mais, muito importante! O que faz um corpo vivo como um macaco ser tao diferente de outro corpo material como uma pedra na beira do caminho? O corpo vivo nasce, cresce, mostra varias formas diferentes…, enquanto a pedra continua ali imovel, sempre do mesmo jeito. O que faz isso e’ uma forca, um processo natural ao qual demos o nome de “ciclo vital”, que pode ser tambem “principio vital”. Este processo e’ de muita importancia para se entender o que e’ um Sistema natural, pois a Natureza comeca aplicando este processo num corpo unico material ( como fez com a primeira estrela gasosos que surgiu no Universo), fazendo-o mudar de formas, crescer, etc. e depois conecta todas estas formas num unico circuito criando um funcional Sistema natural. Eu estava ficando num extase sem tregua com tantas descobertas, e contava tudo aos macacos meus vizinhos, principalmente para a orangotanga Marylin, assim batizada por mim, e que se tornou uma grande amiga, ja que nao tinha ali humanos com quem converser, e nem eu acreditava mais em fantasmas amigos invisiveis como as criancas acreditam. Assim surgiu o desenho dos varios sistemas pelo ciclo vital:
Human and Earth Life Cycle by MatrixDNA

Human and Earth Life Cycle by MatrixDNA

Claro, isso tudo reforcava a ideia de haver um DNA universal,… a Matrix! E assim cheguei ao Codigo Cosmico Humano, muito mal desenhado na selva, numa madrugada sentado numa pedra com um papel de embrulhar pao e lapis de cores, enquanto admirava aquelas noites mais limpidas e estreladas do mundo, que so podem serem vistas da selva…
A Fórmula da Matrix como "O Código Cósmico Humano" que veio através do DNA, do Sistema Celular e do Sistema Astronômico

A Fórmula da Matrix como “O Código Cósmico Humano” que veio através do DNA, do Sistema Celular e do Sistema Astronômico

O ciclo vital, uma forca carregada pela Luz pura natural emitida na epoca do Big Bang…. o principio do ciclo vital nunca teve sua importancia na organizacao de sistemas, na determinacao de formas dos sistemas, na determinacao das funcoes das parts de um Sistema, percbida e considerada pelos humanos de todas as epocas, que estavam la fora, alem da selva. De repente tudo comecou a ficar muito claro na minha mente, tanto que nunca acreditei nas minhas decobertas, sempre continuarei desconfiando delas, pois meu interesse nao e’ ficar me admirando pelos meus feitos ( feitos como quando na agua peguei uma sucuri pelo rabo quando ela estava prestes a comer uma anta, e depois tive que sair correndo da sucuri provando que eu sou mais anta do que a anta) e suim, descobrir a Verdade, doa o quanto doer ao meu ego. Mas nao tinha como escaper das evidencias. Olhava minha face refletida na agua e depois do sususto e horror inicial compreendia como minha face, com dois olhos, duas orelhas, uma boca e um nariz com dois buracos imitava exatamente o par lateral de nucleotideos, onde olhos se tornavam guanina e citozina, orelhas em timina e alanine, nariz e boca em dois acucares nas hastes direita e esquerda do DNA e entendia porque minha cara tinha aquela cara. mas ia muito mais longe e percebia que nem foi o DNA que inventou minha cara daquele jeito, pois a mesma figura estava no ceu como building block das galaxias. Minha face estava escrita nas estrelas a 10 bilhoes de anos! Quando descobri isso me deu vontade de imitar Galileo naquela madrugada da velha Padua quando ele apontava sua luneta do tempo de Jota Cristo para o ceu e percebia que havia uma nova estrela num lugar que nao havia na semana passada e saiu gritando na rua quase pelado, so de ciroulas: ” Olhem para o ceu, tem uma nova estrela la. O ceu nao e’ imutavel, Aristoteles e a Biblia estavam errados!” So me deu a vontade pois logo lembrei que estava na selva e nao podia sair gritando pelado la porque tinha uns macacoes suspeitos me olhando de um jeito esquisito….

Tudo no meu corpo  e na complexa diversidade da biosfera ao meu redor, cada detalhe, cada fenomeno ou evento natural, agora fazia sentido,  eu era capaz de contar sua historia evolucionaria de 13,7 bilhoes de anos, minha mente ia do presente observado aqui e agora ao momento original do Big Bang na velocidade da luz e retornava perfazendo o caminho desta historia na mesma velocidade, num zigue-zague infernal! Era gostozo sentir os miolos cozidos pelo Sol, pois ficam mais leves, apenas nos prejudica o equilibrio devido a insustentavel leveza do ser que de repente se mistura ao Cosmos, torna-se o Cosmos vivo na superficie da Terra num sorriso  arreganhando os dentes para macacos e jacares. Qualquer humano pode sentir esta esxperiencia inigualavel, basta conhecer e entender a Matrix/DNA. Tanto que olhava para minhas maos, sobre as quais sempre me perguntei como a evolucao esculpiu esta forma final e nao escolheu por exemplo uma mao na foma da cacamba de um trator. Bastou agora  por as duas maos estendidas a minha frente, juntar os dedos e ver que ali estava a mesma forma dos nucleotideos, os tres dedos medios se tornaram os tres degraus deuma seccao da escada em caracol, , os dois dedos extremos se tornaram as hastes, e as palmas das maos se tornavam os dois acucars nas hastes. Olhava os dedos e me perguntavam porque eram diferentes e entao de repente vi ali a presenca do ciclo vital contada pelos dedos, onde todas as formas do meu corpo ao longo da minha vida ja estava ali determinada:….. e vi o mindinho como um bebe meio inutil e desajeitado,, o indicador como o pai adulto que aponta o caminho ao filho, o polegar encurvado como o idoso corcunda a caminhar de bengalas…. nao tem outro jeito:: quando a Matrix modela o nosso meio-ambiente,, nossa biosfera,, e quando responde a necssidade de um ser vivo precisando de mais um acessorio para sobreviver, ela sempre aciona a mesma formula,  a qual se mantem como a infra-estrutura, o esboco do edificio, mas sendo plastic ela pode ser modelada nas suas arestas para o ser melhor se adaptar.  Mas adaptar-se a um mundo feito pela mesma formula, por isso detectamos este padrao eterno em tudo que a Natureza fez, onde a formula se torna o fractal vivo universal. E entao surgiu mais um desenho, onde o Mundo todo, desde as frequencias de uma onda de luz, das particulas elementares aos astros das galaxias e as glandulas do cerebro, coube  nas minhas maos:

Maos Pela Formula da MatrixDNA

A Natureza parece muito complexa e dificil de entender. mas a Natureza nao joga dados com suas criaturas, escondendo-os  debaixo do tapete. Ela se abre e conta seus segredos a mente que perante ela se ajoelha, humilde, implorando, como um semi-macaco moribundo nas selvas. Na primeira vez que levei um nativo a cidade e se aproximou um automovel ele queria arrancar o bodoque e dar uma flechada naquele bicho que rosnava como onca. Quando entrei no bicho e chamei ele  veio muito desconfiado, mas logo reagiu como qualquer animal, com indiferenca na busca de explicacoes, o bicho estava ali, era inofensivo, util, e nao se pensava mais no assunto. Mas teimei que ele seria motorista e mecanico, curioso em assistir os passos evolutivos de uma mente selvagem perante a tecnologia da civilizacao. Foi quando abri o capot do motor que vi seus olhares faiscarem curiosos. A inicial simplicidade que o e’ apenas porque nao foi inquirida, pensada, de repente se torna numa complexidade desanimadora, cremos que nunca vamos destrincha-la, como o nativo aceitou que nunca iria entender aquela fiacao dos diabos. Mas uma forca externa o empurrou para entender, insistiu, e depois de algum tempo a complecxidade havia sido desmontada em suas pecas, reunidas e conectadas de novo na sua frente e pelas suas maos, assim a complexidade se esfumacou no ar e no seu lugar ficou o sorriso do entendimento do que era facil de entender. Na verdade, a complexidade era simples.  Assim a Natureza que mostra uma complexidade aparente como as estranhezas do mundo quantico, as invisiveis forcas do pensamento ou da gravidade movendo astros no espaco sideral, nao o faz para se rir da nossa ignorancia, pois quando ela ensina, revela que tudo sempre foi tao simples no nivel do nosso simples entendimento. A Matrix/DNA e’ muito simples de entender, e ela e’ a linguagem universal da Natureza. A matematica, a fisica, a biologia, sao apenas pequenos dialetos dentro dessa voz que alem da  frieza do calculo matematico esta eivada de sentimentos e emocoes como  ela produziu em nossa linguagem  familiar.

Entao passei anos me perguntando de onde veio, como se originou esta Matrix, que ja existe pelo menos a 10 bilhoes de anos nas galaxias?

Acreditei que encontrei a resposta quando vi um grafico sobre o espectro eletromagnetico produzindo uma onda de…Luz! Luz pura, purissima, natural, nao essa luz que produzimos aqui com nossas lampadas e nem a luz das estrelas. Pois as estrelas so podem produzir uma faixa dessa onda de luz a cada tempo, enquanto a luz que seria a Matrix original teria que se apresentar com todas suas frequencias/vibracoes/cores ao mesmo tempo.

Essa solucao foi instantanea, intuitiva: ao pensar na onda que via no grafico percebi que a energia carregada por essa onda se comporta exatamente como a energia potencial com que um corpo humano nasce, vive sua longa vida e morre. As sequencias de potencia dessa energia, ora aumentando, ora diminuindo, eram as mesmas sequencias da energia desde um baby recem-nascido ate sua morte na velhice. Entao elaborei mais um modelo teorico:

Light-The-Electro-Magnetic-Spectrum by MatrixDNA THeory

Mas continuava a questao: de onde veio essa luz original? E onde esta ela agora? Como ela se transforma em corpo vivo material?

Ora, na mesma tela de computador onde vi o grafico do espectro da luz eu vejo o resultado do meu cerebro sendo filmado pelo MRI. Os meus pensamentos sao sinapses, descargas eletricas, que se parecem com relampagos no ceu num dia chuvoso. Os relampagos dentro da minha cabeca sao rapidos e desaparecem cada vez que mudo um pensamento, mas seu conseguisse produzir mais pensamentods ao mesmo tempo, e portanto mais relampagos, eu viria na tela do computador uma nuvem iluminada, pois a serie rapida de relampagos pareceria uma luz constante.

Image credit: © 2015 The Sherkow Center for Child Development and Autism Spectrum Disorder.

As sinapses no cerebro enquanto humanos ainda estao gestando um feto de auto-consciencia sao muito fracas, longe de se tornarem tao rapidas e maior quantidade para ser uma nuvem continua iluminada.

Raios! Este Universo seria uma grande cabeca que num dia tinha muitos pensamentos, produziu esta nuvem iluminada, a qual teria saido daquela cabeca, ido para o espaco vizinho, ali a nuvem se tornou a dark matter, a substancia escura do espaco, enquanto a luz que no fundo eram pensamentos, comecou a mover essa massa inerte construindo sistemas materiais, como paticulas, atomos, galaxias, celulas, humanos, e… os nossos pensamentos?!

Cosmos Visto Pelas Primeiras Culturas Humanas

Universo visto a distancia se parece com o interior do cerebro, onde estrelas luminosas se tornam sinapses. Essas diferencas seriam as mesmas entre um embriao e um adulto, sendo que talvez o Universo inteiro sera um dia uma bolha contendo uma nuvem luminosa auto-consciente…

Mas se foi assim, isso e’ pura genetica natural. Os meus pais tambem foram ensacados dentro de uma bolsa membranosa, enfiados numa placenta e dai foram reproduzidos numa copia de si mesmos.

E nao adianta eu procurar para ver e tocar aquela miniatura dos meus pais hoje em dia, ela esta dentro de mim, separada em muitos neuronios, desde que os genes dos pais sobem para a cabeca depois de construirem o novo corpo. Nao adianta eu tentar conversar, fazer perguntas, a miniatura dos meus pais, ela nao vai me responder, nem fala a minha linguagem. Entao aquela luz primordial que tambem reaparece dividida em muitos pedacinhos dentro da minha cabeca na forma de sinapses, me e’ intocavel.

Mas a luz na minha cabeca e’ produto do que antes era a luz nas cabecas dos meus pais, e a luz deles continua por ai, se estiverem vivos… ou ao menos continuou ao meu lado enquanto eram vivos. Por seu lado, a luz nas cabecas deles vieram das luzes nas cabecas dos meus avos, tataravos… e no final veio daquela luz primordial que estav numa cabeca antes e alem deste Universo.

Isto e’ de fundir a minha cuca. Ou entao resistir, esforcar para manter a cuca funcionando e procurar saber se aquela luz primordial, e se aquela cabeca ex-machine, ex-universo, ainda existe. Talvez ela esteja ao meu lado, como uma especie de tela de fundo de toda a a materia do Universo. Mas como posso chegar nessa dimensao? Nao sei, mas vou morrer tentando… ao menos tenho algo para ocupar meu tempo na aposentadoria ou na solidao quando estou na selva. Vou continuar me mantendo informado estudando tudo o que as ciencias naturais ai descobrindo sobre a natureza, pois tenho que entrar cada vez mais fundo na Natureza, porque la no fundo deve estar a luz que e’ meu supemo objetivo nesta existencia. Escrevo isto porque talvez exista mais algum humano com estas mesmas incucacoes e buscando a mesma coisa… e sempre e’ melhor a soma de mais cabecas juntas numa investigacao. de um misterio como esse.

Mas qual o objetivo pratico, o lucro material, a se obter desta investigacao? Esta luz esta muito distante de nos, mesmo que ocupando o nosso mesmo espaco agora. Uma onda de luz apresenta ste faixas principais, as quais podemos ver como as cores, e nos so conseguimos ver uma cor, a luz visivel. Por outro lado, a moderna teoria cientifica, chamada de Teoria das Cordas, preve a existencia de onze dimensoes, enauqnto nos apenas conseguimos captar e viver em tres ou quarto delas. Entao falta ainda desenvolver os nossos sensors, ou criar novos sensores, desenvolver nossos cerebros para alcancar estas dimensoes. Mas esse desenvolvimento e’ como o exercicio fisico do atleta, o corpo ideal nao vem de graca, e’ preciso continua luta na busca de mais forca, mais poder, mais perfeicao.

E’ preciso conhecer mais informacos sobre “luz” e isso nao e’ facil, a humanidade tem dado pequenos passos, como o de Einstein que nos trouxe novas revelacoes sobre a luz. Se os meus modelos teoricos estiverem certos, se eles corresponderem a realidade, eu tambem dei um contribuicao, ajudei a Humanidade a dar mais um pequeno passo, ao perceber que a luz natural carrega o principio vital, e como o faz. O meu objetivo e’ arrancar esta luz do fundo das dimensoes onde ela esta e traze-la para mais proximo da Humanidade. Ao mesmo tempo que com meus escritos e insistencia, tento dirigir a Humanidade na direcao da transposicao destas dimensoes intermediarias entre nos e a dimensao desta luz.

Pois se nos conseguirmos contactar, conhecer esta luz, todos os probelmas que torturam nossa existencia serao resolvidos, desde que foi esta luz que construiu tudo isso, e com ela nos podemos reconstruir tudo da maneira que for melhor para nossa existencia. Claro que nada mais do que um pequenino passo eu vou poder conseguir antes de morrer, mas acho que nao teria morte mais feliz se tiver certeza que deixo minhas propiras geracoes caminhando neste caminho, eles vao viver o meu sonho.

Foto de Louis Charles Morelli.