Posts Tagged ‘nucleotideos’

Nucleotídeos “não” são bases nitrogenadas. Nova pista para identificar as bases na formula

segunda-feira, março 28th, 2016

xxxx

Esta informação esta’ em:

https://www.sciencedaily.com/releases/2016/04/160427080733.htm

“DNA is made from four different monomer molecules called nucleotides: nucleotide A binds weakly to nucleotide T, whereas nucleotide C binds strongly to nucleotide G,”

Sempre tive dificuldades em traduzir o nome que aprendi na escola ” bases nitrogenadas” para o inglês, e tenho usado “nitrogenous bases”. Segundo a corrente informação, em inglês não existe nada com esse nome, e o que deveria ser base nitrogenada e’ apenas chamado de nucleotideos.

Nunca mais usar o nome “nitrogenuous bases”

Notar tambem algo que nao sabia: Adenina se conecta com Timina, fracamente, enquanto Citosina se conecta com Guanina, fortemente.

Preciso observar a formula tentando ver se ha’ razão para algumas conexões entre as funções são mais fracas e outras mais fortes… Epa… já entendi… As conexões da face esquerda devem serem fortes, pois a energia no circuito esta’ em sua fase crescente, ate’ chegar ao F4. Depois começa a entropia, e obviamente deve enfraquecer as conexões, pois a energia esta’ em decrescente.

E isto me fornece mais uma pista para identificar quem e’ quem nos nucleotideos. Se A e T são mais fracos, então um e’ F6 e o outro, F7, enquanto C e G devem ser F2 e F3. Então:

Adenina: F6 ou F7

Timina : F6 ou F7

Citozina: F2 ou F3

Guanina: F2 ou F3

Como as mãos evoluíram? (Mãos e a Fórmula da Matrix/DNA)

segunda-feira, fevereiro 9th, 2015

xxx

Baseado no  artigo da Fôlha de São Paulo:

Como as mãos evoluíram?

http://darwinedeus.blogfolha.uol.com.br/2015/02/01/como-as-maos-evoluiram/

A nossa explicação para esta pergunta, com figuras e modelos, está em:

http://theuniversalmatrix.com/pt-br/artigos/?p=8633

Meu comentario publicado no artigo da Folha, em Fev., 09, às 21:o0hs.

 

Louis Charles Morelli –

Desculpe mas a explicação para as mãos é muito mais complexa do que imagina seu amigo Matt. Ela pode ser vista no site da A Matriz Universal dos Sistemas Naturais, com figuras, modelos e ampla abordagem.

As mãos tiveram seus primeiros lampejos no nível biológico terrestre com os cílios dos unicelulares, bactérias, etc. Mas antes da biologia na terra elas já tinham seu template existente nas galaxias, escrito nas estrelas, na forma da fórmula para todos os sistemas naturais e seus acessórios, a Matrix/DNA. Quando a evolução chegou aos mamíferos quadrupedes, cujos predadores tinham garras e presas tinham cascos, as necessidades dos organismos estimularam mais uma vez a aplicação da fórmula, da qual a mão  humana é uma reprodução fiel. Apenas alguns detalhes:

1) Você nunca observou que justapondo suas duas mãos encima de uma figura de uma unidade fundamental do DNA, que é o trio lateral de nucleotídeos, a sua palma se fixa na posição do açúcar pentose, os seus 3 dedos médios se tornam as 4 bases nitrogenadas, e tanto mindinho como polegar se tornam as duas hastes de fosfato do DNA? Veja lá a explicação.

2) Olhe para suas mãos. Porque os dedos são como são? Perceba como cada dedo tem a exata forma e função de uma das formas que seu corpo inteiro adquire durante uma vida! Isto é porque a sua mão conta a História do seu Ciclo Vital em 80 anos! E isto porque o artista que criou os ciclos vitais, que criou seu corpo, e suas mãos, é o mesmo, o qual tem apenas um único e mesmo estilo. As explicações estão lá… na Matrix/DNA;

3) Coloque a palma de sua mão esquerda sobre sua boca. O dedo médio estará sobre o nariz, os dois laterais  estarão apontando para os dois olhos, e mindinho e polegar estarão apontando as duas orelhas. Porque? Ora… de novo, o mesmo artista que fêz sua face fêz sua mão… A explicação está lá… No Matrix/DNA website, que foi descoberto no meio da selva amazônica onde passei muito tempo comparando macacos com humanos.

xxxx

E no mesmo blog o autor continua este assunto em outro artigo sob titulo:

Xô, Lamarck!

http://darwinedeus.blogfolha.uol.com.br/2015/02/04/xo-lamarck/#comments

No qual enviei o seguinte comentario am 10/Fev,  ( aguardando moderação)

Louis Charles Morelli –

Lamarck e Darwin, ambos, estão 50% certos e 50% errados (segundo a teoria da Matrix/DNA). O fato é que o único e inevitável caso de evolução que podemos assistir aqui e agora é o que ocorre na embriogênese de cada animal. Um corpo vai se transformando, de mórula para blástula, feto, embrião, onde ocorre a seleção da forma de maneira inexorável e ex-machine, exercida pela espécie que produziu o embrião, e ocorre as mutações genéticas no sentido que genes são ativados e outros desativados à medida que o corpo desenvolve novas formas. Lamarck está certo quando justificava os incrementos na complexidade morfológica de uma estrutura atribuindo-a à “instauração gradual de um plano de organização disposto pela própria natureza”, sendo esse plano elaborado pela especie dos “pais”, e Darwin apenas estava errado nas causas das mutações genéticas selecionadas, que não são por acaso. Neste Universo está tambem ocorrendo um processo de reprodução genética

Origens dos Nucleotideos e pista para “Mutações Dirigidas Pela Matrix/DNA”

domingo, outubro 7th, 2012

Baseado no video:

3 — 淺談生命的起源 (The origins of life made easy)

The origins of life made easy

Deparo-me aqui com uma importante descoberta. Veja a formula de adenine:

adenine

adenine

Fixe a vista na dupla ponte que é link entre os dois grupos, feita de C. Agora repare como a face esquerda se copiou igual na face direita. São exatamente duas v6ezes a formula da Matrix, superpostas. Mas repare que durante a cópia houve uma mutação. Se na face esquerda havia apenas uma sequencia N>HC>N and um link saindo de N para um H1, na segunda face foi copiada a mesma sequencia N>CH>N mas apareceu mais um C, lá em cima, o qual se apossou do link para H porem foi acrescentado mais im H e mais um N. Isto pode ser interpretado como êrro de cópia ou leitura, as quais produzem as mutações. Mas pode ser que não seja um êrro acidental, pode ser que o processo estava sendo dirigido pela Matrix. Isto tenho que pesquisar, na sequencia da evolução, a que propósito ou final resultado se destinava esta mutação.  Mas por enquanto voi estudar o fato visto no video a pergunta: De onde vieram os nucleotideos? onde hidrogen cyanide ( HCN) mais amonia (NH3) expelidos por vulcões formaram a adenina.

Minha questão postada no debate do Bill Nye: Certainly he knows the theory about “single cell organism’s from chemical reactions” from high school. If he is asking how life began is because he does not accept this theory. Why hydrogen cyanide separated from the Prussian blue and linked to ammonia for resulting in adenine if it never happens and any other situation? The theory suggests it was due pure chance, which is a hypothesis not falsiable. He is in his right.

Hydrogen cyanide (with the alternate archaic name of prussic acid) is an inorganic compound[6] with chemical formula HCN. It is a colorless, extremely poisonous liquid that boils slightly above room temperature at 26 °C (79 °F). Hydrogen cyanide is a linear molecule, with a triple bond between carbon and nitrogen. A minor tautomer of HCN is HNC, hydrogen isocyanide.

History of discovery

Hydrogen cyanide was first isolated from a blue pigment (Prussian blue) which had been known from 1704 but whose structure was unknown. It is now known to be a coordination polymer with a complex structure and an empirical formula of hydrated ferric ferrocyanide. In 1752, the French chemist Pierre Macquer made the important step of showing that Prussian blue could be converted to iron oxide plus a volatile component and that these could be used to reconstitute it. The new component was what we now know as hydrogen cyanide. Following Macquer’s lead, it was first isolated from Prussian blue in pure form and characterized about 1783 by the Swedish chemist Carl Wilhelm Scheele, and was eventually given the German name Blausäure (lit. “Blue acid”) because of its acidic nature in water and its derivation from Prussian blue. In English it became known popularly as Prussic acid.

In 1787 the French chemist Claude Louis Berthollet showed that Prussic acid did not contain oxygen, an important contribution to acid theory, which had hitherto postulated that acids must contain oxygen[8] (hence the name of oxygen itself, which is derived from Greek elements that mean “acid-former” and are likewisecalqued into German as Sauerstoff). In 1815 Joseph Louis Gay-Lussac deduced Prussic acid’s chemical formula. The radical cyanide in hydrogen cyanide was given its name from the Greek word for blue, again owing to its derivation from Prussian blue.

Notar o  HCN como um H retirado de Fe ( o traço-ponte) e que HCN é o componente volatil, gasoso.