Posts Tagged ‘Obama’

A Divina Frase de Obama e a Alma Interna que Emerge num Autentico Líder, um Exemplo para Dilma?

quinta-feira, janeiro 14th, 2016

xxxx

A Divina Frase de Obama e a Alma Interna que Emerge num Autentico Líder, um Exemplo para Dilma?

A UM ANO ATRAS, uma mãe dormindo de madrugada e acorda ouvindo a forte respiração de seu baby colado nela. Ela o aperte fortemente ao seu peito e sente a fragilidade daquele ser indefeso e pequenino, e então começa a pensar nas ameaças que existem neste mundo contra sua filha. Impulsivamente ela se levanta e começa a escrever uma carta para o presidente Obama!

” Estou certa que esta carta nunca vai chegar a suas mãos, mas neste momento, eu decidi gritar ao mundo o mais alto que posso e para um homem que pode fazer alguma coisa para me sentir mais segura. Ouvindo meu baby respirando perto de mim me deu um sentimento de urgência. Expresso aqui meus medos e preocupações com o futuro de minha criança no meio de mundo com tao sérios problemas como por exemplo, a mudança do clima do planeta provocada pela humanidade…”

O presidente leu a carta e foi ontem ate o interior de Nebraska passar 40 minutos na sala da casa de LIsa proferindo pensamentos otimistas para assegurar que esta tudo sob controle e ele tem a estrategia certa para solucionar estes problemas. Mas o que me tocou foi pouco depois quando ele foi fazer o discurso anual na televisão sobre o estado da nação, e disse a seguinte frase depois de mencionar Lisa, como exemplo do sentimento dos americanos hoje.

” Nosso coletivo futuro dependera’ do nosso desejo em praticar nossos deveres como cidadãos. Votar. Falar alto sua voz. Estar disposto a suportar os outros, especialmente os mais fracos, especialmente os mais vulneráveis, lembrando-se que cada um de nos somente podemos estar aqui porque alguém, em algum lugar, foi firme e suportou tudo por nos.”

Eu sou agnóstico, mas uma das frases mais poderosas que me marcaram desde a infância foi ouvida numa igreja: ” Quem são meus pais, meus irmãos, senão todos os pais e irmãos do mundo?” Dita por um filosofo carpinteiro ela revelava grande esperança na humanidade que despontava anseios para ultrapassar as egoístas lides da família nuclear e caminhar no sentido de uma grande família universal. Eu teria seguido a bandeia deste filosofo ate’ no inferno se necessário fosse. E agora, o fato de seu ser cidadão deste pais, e ouvir esta frase proferida pelo meu presidente, me recorda que também seguiria a bandeira deste homem ate a mais temerosa caverna do Afeganistão onde poderia estar alojado o inimigo, e funcionou como mais um arroubo de energia para sair e ver o que posso fazer pelos sem teto, os sem isso e aquilo, pois são meus irmãos. Mas também me lembro que a maioria destes mais vulneráveis eu os vi na infância no Brasil, o que me da’ a sensação a muito trabalho ainda a fazer depois de resolver os problemas aqui…sabendo que vou morrer antes no meio deste caminho.

Desde a infância eu aprendi a discernir nos politicos do brasil e mesmo nos daqui, usando um homem tem o mal no coração mas ‘e tal ator que consegue exalar esse mal disfarçado em retóricas de ilusão perfumada. Um dos maiores escravagistas e chefe de quadrilha rural no Maranhão, conseguia fazer poesias e foi guindado pelos seus semelhantes para a Academia Brasileira de Letras! Imagina! Este discernimento me da a certeza que estes homens, como o nazareno e o presidente americano, são autênticos, expressam o que lhes vai no coração.

O fato de Obama ter vencido a tudo e todos na vida e chegar ao poder que ten hoje, não desalojou da sua mente seu ideal que veio da infância, de trabalhar e servir sua família, seus vizinhos, seus colegas de escola, seus compatriotas de nação e quica, sua humanidade. Ele não resultou no comum dos humanos que chegam a cargos de poder e se tornam arrogantes descompromissados com a causa coletiva, apenas se concentrando em manter e aumentar sua riqueza. A prova e’ qe ela nunca se esquece dos que se sacrificaram pelo mesmo ideal, aos quais ele deve sua vida agora. El me lembrou outra celebre frase, do genial físico Isaac Newton: ” Se subi mais alto foi porque me apoiei sobre o ombro de gigantes!”, referindo-se aos trabalhos anteriores feitos por muitos anonimos cientistas.

Obama – quando disse aquela frase – estaria pensando em Jesus cristo, que teria, segundo a historia dos judeus, carregado a cruz pela humanidade? Não creio, mas como ele e’ esperto e precisa de votos dos cristãos, ele deixou isso no ar. Suspeito que ele pensava no recente Memorial Day, no que ele significa, a grande cerimonia americana para relembrar e celebrar os mortos nas guerras americanas, os assassinados em Pearl Harbour, os que foram para a Europa conter as pesadas botas nazistas antes que viessem a se instalarem na America também.

Oxalá, no meu também querido e saudoso Brasil, onde permanece minha família e pela qual temo como Lisa por sua criança, pelos amigos da infância, da escola, surgissem muitos babies destinados a serem lideres, com os valores humanitários inscritos na sua genética, de maneira que os prazeres tropicais e as vantagens oferecidas por uma população passiva não suplantassem jamais aquelas sementes da humildade e energia para fazer a diferença. Mas apenas isto não seria suficiente, pois sem o apoio da forca que emana do povo, lideres nada podem fazer. Então oxalá que no Brasil nascessem muitos babies nas classe mais pobres que tivessem inscrito em sua genética, a consciência de serem cidadãos,sócios de um território e seus recursos, reunidos numa palavra: ” nação”. E que como Lisa fossem capazes de exteriorizarem, ampliarem os valores em suas mentes para absorver a humanidade e seu frágil e moribundo planeta.

Brasileiros! Atuem com a determinação desta mãe americana. Despertem-se e sintam o respirar ofegante desta criança que depende de ti, esta baby nação! Grite alto para acordar seus vizinhos, seus compatriotas. Ignore os politicos, empresários, atletas, celeridades globais de seu pais que nada tem feito pela sua causa, pela causa de sua criança, e dos quais você sente emanar os ares da arrogância egoísta. Procure, como a mãe americana, homens e mulheres de ato que mostram querer fazer alguma coisa, e se não vê-los no amplo horizonte de sua pátria, torne-se você mesmo, você mesma, esta chama ativa e vigorosa! E que seus herdeiros – ao invés de chorarem o seu fracasso como hoje choramos os fracassos dos que nos antecederam – que cantem os seus sucessos! Faca algo para ser a diferença, deixe sua marca na Historia. E que a forca esteja contigo. Alem do oceano, eu estou te observando e confiando em ti. Assim como o seu Deus deve estar esperando de ti para que ampare e proteja e eleve Suas crianças neste mundo.