Posts Tagged ‘prêsa’

A mentalidade invertida do predador humano

sexta-feira, junho 21st, 2019

xxxx

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2019/06/21/luciano-hang-temos-que-bater-palma-quando-alguem-compra-um-aviao-mas-no-brasil-a-inveja-e-triste.htm

Louis Morelli – 21 – Junho – 19

Na selva o sucesso dos leões como maiores predadores reforça a certeza leonina de que a existência de predadores e presas é a suprema ordem selecionada pela Natureza. Então os descendentes humanos que ainda mantem este instinto dos animais ancestrais acreditam que sua visão do mundo e por conseguinte o seu comportamento é a Verdade Absoluta. A falta de uma visão cósmica lhes cega pelo fato que esta biosfera que produziu animais irracionais e humanos veio no estado natural de caos, mas que a natureza mostra -pela harmonia celeste – que Ela descarta o caos e implanta o estado de ordem. Assim ela sempre descartou e continua extinguindo os maiores predadores ( o que resta dos leões estão nas jaulas) e presas conservadoras. Enfim… eu não quero para a humanidade o destino que quer esse predador. Estamos em lados opostos.

Os milhoes de sem-teto e trabalhador pobre na miseria na America

domingo, junho 9th, 2019

xxxx

The Working Poor and Homeless in the USA

https://www.youtube.com/watch?v=kSloUNWK45s&feature=share

Muito triste ver milhoes de compatriotas americanos nessa pobreza. Na minha anormal opiniao, a base de toda essa tragédia é uma so: errada visao do mundo. Enquanto acreditarem na fabula que os humanos vieram de Adão e Eva e não dos animais da selva não se conscientizarão que humanos trazem em si os tres instintos que são causas de toda essa tragédia: o instinto para grande predador, medio predador e presa. Esta situacao em que os ricos insaciáveis ficam mais ricos a custa dos pobres ficarem mais pobre ( relacao entre o valor do trabalho produtivo e o valor da agiotagem do capital) fé pura relacao predador x presa. Se todos os humanos caíssem na real, todos perceberiam que a maior necessidade para o bem de todos é ver em qual dos tres instintos esta sua psique modelada e fazer de tudo para auto-exorcizar-se dele. O s pobres que na maioria o são devido o instinto de presa tem que reconhecer que este instinto é tão pernicioso e maligno quanto os outros dois, pois ovelhas são os bichos mais egoistas que existem, vivem apenas para si so com os olhos dirigidos para a grama que estao pastando e nada querem saber do resto do mundo. Isto os impedem de descobrir que a salvação deles seria se associarem como familia, no trabalho, no consumo, na politica e tudo o mais. Jesus não aprovou esta familia nuclear e sim disse que a meta tem que ser a grande familia universal, esta é a sagrada familia para Ele. Entao quando o pobre arruma um emprego de sol a sol esta satisfeito porque sua indolência em não querer aprender o conhecimento geral estudando mesmo sozinho não lhe faz apreciar o tempo livre para estudar e asim não da valor ao seu tempo o qual da’ para o predador. E tendo seu emprego cega os olhos para os outros que não tem ou estao mal empregados, em nada os ajudando, nem nas suas reinvindicações politicas.  Assim parece ate que seu sofrimento vem para ver se se curam do demônio em si.

Relação entre predador e presa: pesquisador Rolf O. Peterson, a pesquisar.

sexta-feira, maio 24th, 2019

xxxx

Rolf O. Peterson (1944–)
Peterson helms the world’s longest-running study of the predator-prey relationship in the wild, between wolves and moose on Isle Royale in the middle of Lake Superior. He’s devoted more than four decades to the 58-year wildlife ecology project, a dedication and passion indicative, to me, of what science is all about. As the wolf population has nearly disappeared and moose numbers have climbed, patience and emotional investment like his are crucial in the quest to learn how nature works.

Ver na sua ficha da universidade os varios papers , com informacoes sobre predador/presa, como neste PDF:

http://cbi-toulouse.fr/eng/images/upload/721-jostetal-jae-005-pdf.pdf

Argumentos para defender a ideia da natureza animal do corpo humano e os instintos para predador/presa

sexta-feira, março 22nd, 2019

xxxxx

Este texto foi escrito por alguém respondendo a uma afirmação:

  • “Humans hate disorder by nature. Even animals despise it. We are creatures of habit, routine, and order.”
  • ” Are you sure that disorder is not a part of human nature? Then why do children who are blank slates, show psychopathic behavior? They only show order, empathy and kindness when they are thought to them. Even then, its not because of the right motivations as being their nature to be good. It’s because of consequences. Fear. Like what you try to use when you threatened me earlier. It only becomes authentic when children has passed grew out of their egocentric mindset. Order only came due to being nurtured. Animals also are quite the model for disorder. They kill and eat each other to survive.”

Os politicos bilionários do Brasil e seus parentescos na selva dos irracionais

terça-feira, setembro 18th, 2018

xxxx

Estes são os 8 políticos mais ricos do Brasil e aqui está a origem de suas fortunas

https://spotniks.com/estes-sao-os-8-politicos-mais-ricos-do-brasil-e-aqui-esta-origem-de-suas-fortunas/

Meu comentario postado no artigo em 18/09/2018:

Nao adianta nada se indignar e nem mesmo informar estas aberrações, a causa e a solução estão além da capacidade humana. A Natureza desenhou na Terra a biosfera adequada para a existência do grande predador, do médio, e da presa. Eu vivi na selva amazônica estudando este fenômeno ao mesmo tempo que estudava física, química, evolução, buscando entender este tema que me interessava mais que tudo, porque ele torna esta minha vida num inferno,  e a resposta a minha suprema questão: ” Porque?!
Todos os sistemas sociais criados por humanos até hoje ( seja monarquia, capitalismo, socialismo), sempre foram modelados por estes instintos herdados dos animais. Todos sempre imitaram as regras da selva, se dividindo em classe da alta predação, classe de media predação e a classe baixa dos servos. O que significa que não foi apenas para plantas e animais irracionais que a Natureza fez isto, mas ja inserindo o primata racional no esquema. Na Física, ou seja, antes desta biosfera, desde o Big Bang o poder sempre foi dividido entre energia e massa, nao encontrei ali nada exercendo a função de médio predador, ou classe média. Porque o dualismo de 10 bilhões de anos se abriu para uma tríade com o advento dos sistemas biológicos, é a grande questão. Parece até que existe um plano com uma promessa de que aqui se desenvolve um projeto para a transcendência da humanidade numa forma superior, pois esta alternativa do meio termo nas composições tripartites sempre significa um produto evolucionariamente mais evoluído resultante dos conflitos ou fusão dos opostos no dualismo. Seja como for, penso que ja existem humanos que se auto-exorcizaram destes tres instintos e compreenderam que este seria o caminho para evitar a extinção da espécie e salvar-se para a transcendência. 
A maior e única missão a por toda a energia de sua vida seria no sentido de estimular a que cada humano se auto-motivasse ao exorcismo. Tenho tentado isso e ao invés de algum bom resultado tenho produzido apenas ouvidos surdos e ódio contra mim, ao lembrar a humanos descendentes dos nobres Adão e Eva que eles são na realidade descendentes dos primatas selvagens. Mas vou continuar porque vejo um bom agouro nesse ódio: é uma forte emoção, e forte emoção cala fundo, fica ribombando na psique – “O cara diz que se apropriar das cotas de terras dos outros, e do produto do trabalho que não fiz com minhas próprias mãos é agir como animal predador…ora, ora,..” – ou ” o cara diz que não agir porque tem bom pasto e água fresca mas sabe que existe assim para ser comido, e ainda gerando mais bezerros para serem comidos, ao invés de agir arrebentando a cerca de arame é agir como vaca,…ora, ora..”. Todos me odeiam, mas fazer o que? Primeiro atuo como exorcizado, não aceitando trabalhar como patrão nem empregado, e sim procurando socios, senao encontro, volto para a selva. Enquanto aqui fico mandando e-mails, bilhetinhos, gritando nas conferencias destes predadores citados no artigo com a pergunta: ” Enquanto você comemora suas vitórias nesta carnificina, você não fica incomodado ao sentir seu cheiro repugnante de animal predador? Em cada centavo ganho você limpa seu bigode do sangue e a sua limpa o batom?” Querem e procuram me matar de ódio, porém como eu disse, não me interessa mesmo continuar vivo para viver esta vida amaldiçoada sem ao menos saber que existe uma esperança porque eu e mais alguns estamos lutando para transformar a maldição em benção… Todos os sistemas nossos ancestrais – de átomos a galáxias – produziram suas transcendências e com o sistema humano também é possível.

Aberrações psicológicas humanas analisadas pela cosmovisão da Matrix/DNA

quinta-feira, julho 12th, 2018

xxxx

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2018/07/12/casal-e-detido-acusado-de-prender-gemeos-de-tres-anos-em-caixote-no-es.htm?utm_source=facebook&utm_medium=social-media&utm_campaign=noticias&utm_content=geral

Espaço era pequeno e dividido em dois, para que as crianças não tivessem contato uma com a outra

Analise e solucoes baseada na cosmovisao da Matrix/DNA

O atraso da evolução biológica em certas linhagens genéticas revela essa ausência da empatia, pela qual outra genética mais evoluída com empatia teria a capacidade de sentir em si mesmo o que iria sentir estas crianças quando enjauladas. Mas não pode ser apenas o atraso evolutivo dessa raça, pois alguns animais irracionais nossos ancestrais já demonstram alguns exemplos de empatia. Isto significa que por algum motivo houve um atrofiamento e retrocesso evolutivo, e temos que procurar a resposta para melhorar a qualidade da humanidade. Assim, `a primeira vista, eu chutaria que a causa é a miséria física somada e causada pelo instinto predador da classe dominante nestes lugares. E mais o condicionamento religioso de uma religião que aceitava serem sacrificados os rebentos no altar dos sacrifícios aos deuses, o qual inconscientemente e’ projetado pela crença que é normal aos adultos e pais sacrificarem os filhos. em comportamentos castradores. Cinco seculos e 20 gerações dessa dominação e neste estado pode atrofiar propriedades biológicas e psíquicas que antes lutavam para se fixarem perpetuamente.
Resumo do que do leitor mais evoluído adota como atitude para erradicar este tipo de aberração:
1) Combate não-violento ao instinto predador da classe dominante do lugar;
2) Combate ao instinto de presa genético ( pelo qual as ovelhas saem correndo deixando para trás os filhotes a serem devorados pelos leões) explorado pelos predadores através de suas inventadas religiões para os pais e adultos entendam que não tem que se oferecer os mais novos a sacrifícios de nenhuma maneira;
3) Ensino aos pobres vivendo sob aquele ciclo eterno da miséria a se unirem em associações cooperativas de produção e consumo para boicotarem as fontes de renda e poder da classe dominante.
4) cientificamente fazendo o que estou fazendo: buscando mais conhecimento sobre a propriedade da empatia, da qual já detectei suas origens: ela vem do estado egoísta dos elementos de um sistema fechado egoísta ao se unirem altruisticamente para conservarem aquele estado.
5) Luta pelo controle de natalidade e planejamento dos nascimentos pela sociedade.

Analizando o Instinto predador no humano (1)

terça-feira, maio 8th, 2018

xxxxx

https://www.youtube.com/watch?v=pOH5SWK6Mcc&feature=youtu.be

No video, no momento aos 31:01′ – vamos tentar analizar um texto de um dos personagens para ver se extraimos alguma aprendizagem dele sobre a vida pratica:

Diz uma proprietária de uma cobertura no Rio de Janeiro, mãe ao lado de seu filho, para o reporter:

  • ” … então morar neste triplex de cobertura e’ um privilegio especial pois além das outras vantagens eu posso ver do mais alto o nascer e o pôr do sol, a maior área do mar e das ilhas…” – diz a mãe. ( Na selva dentre os animais irracionais, as feras grande predadoras tem por instinto apos a colheita de presas feita e o estômago cheio, subirem `a colina de onde podem descansar mas vigiar todo seu território la’ embaixo, os campos verdes onde suas presas trabalham transformando grama em carne suculenta, e de onde ficam ouvindo o uivar dos médios predadores – lobos, coiotes – que rondam além dos limites do território, pois sabem que se atacarem o rebanho as feras os trucidam, e assim servem de capatazes, pois as presas não escapam com medo deles. Para mim cada detalhe da vida e comportamento dos predadores humanos que vivem nestas coberturas, sao identicos aos detalhes apresentados pelas feras irracionais.
  • O filho diz: “… Era o sonho da minha mãe e ela fez por este sonho se tornar realidade. Ela conseguiu se conectar com o magnetismo da vida e aproveitar o que a Natureza oferece. Eu tenho consciência de que o que se aproveita na Natureza – que e’ isso que se faz – a Natureza está disposta a tudo, ela oferece muitas coisas boas e muita gente fica so no sonho, pensando nas consequencias, e no fim não realiza os sonhos, a questão e’ que nem todo mundo tem a sensibilidade para aproveitar o máximo do possível o que a vida nos oferece, a questao e’ de cada um ter a sensibilidade para aproveita-la,…”

Esta e’ uma amostragem de como funciona o instinto do predador irracional transformado na psique humana. Uma primeira nota clara e’ que ele acredita que o sentido da sua vida e’ o de se aproveitar das benesses que a natureza esta lhe oferecendo. Exatamente o que todos os animais irracionais – seja predador ou presa – fazem exclusivamente de sua vida. Os empregados humanos e as presas na selva são ofertas disponíveis na natureza `a sua disposição para serem aproveitados. E uma amostra do que esse estado mental produz de fato está no outro video onde um taxista faz um teste deixando uma nota de R$ 50,00 no banco traseiro: 2 pessoas recolhidas num ambiente de classe media alta como estes edificios de triplex pegaram e levaram o dinheiro silenciosamente, enquanto três pessoas recolhidas em bairros pobres e com aparência de pobres pegaram no dinheiro e entregaram-no ao motorista. Esta ai a questao de se ter a sensibilidade para se aproveitar do que a natureza oferece ou não ter essa sensibilidade.

Mas dizer que a natureza e’ dadivosa e existe para nos servir e’ uma grande alienação da realidade do que e’ a natureza, uma mentira absurda. A primeira condição antes mesmo do humano nascer, para ter direito `a vida, e’ ter que trabalhar com as próprias mãos e tortura e suor do corpo para produzir o que vai consumir. Claro, nada de bom cai do céu de graça e a natureza não nos oferece as coisas prontas, o prato cheio `a mesa, a casa onde morar, o carro para se mover. Tendo isto em mente desde jovem calculei que na vida consumiria cerca de 40 toneladas de alimento, no minimo uma pequena casa, 3.000 kilos de algodao para roupas, etc., e nunca me furtei de trabalhar calejando as mãos para produzir isto mesmo depois de ter diploma universitário ou quando estava com boas economias nos bancos. Eu não posso aceitar que uma jovem ou uma criança de 12 anos deixem de estudar sua lição do dia para fazerem 12 horas de trabalho duro para eu tomar delas a parte maior que consumo e ainda vai pagar minhas extravagâncias. Não posso aceitar que a mãe de duas ou quatro crianças deixe a casa dela para vir esfregar o chão da minha casa e ainda ter  a falta de escrupulo de pagar a ela 10% do valor que eu recebo com minha ocupação no ar condicionado. Não posso aceitar que o pai trabalhador trabalhe três vezes mais que requer a natureza para levar para a casa uma miseria que manterá seus filhos na miséria. Nao sou bactéria parasita ou fera carnivora predadora, tenho o corpo ainda animal mas uma mente que cada vez mais me distancia destes animais e por isso tenho repugnância da dita “esperteza felina” que alguns humanos se gabam sem a qual ninguém se enriquece do trabalho real produtivo,  mais que os vizinhos, pois que todos trabalham. Como estes indivíduos tem a coragem de mentirem escondendo esta espécie de maldição proferida pela natureza contra todo humano antes de nascer e’ coisa que nao consigo digerir. A única solução e’ boicota-los economicamente como sempre procurei fazer: so trabalho para mim, alguém da minha família ou qualquer outro trabalho apenas se for entre sócios. Antes de cair na escravidão prefiro me suicidar me preparando antes para matar tambem. Quem livra a humanidade de uma fera predadora faz um benefício `a humanidade.

Por isso na minha conversa com pobres digo: ” Os que exploram o seu trabalho e invadem todas as terras nao tem o menor escrúpulo em se aproveitar na hora toda oportunidade que a natureza oferece de agarrar o que ‘e bom, o que e’ vantajoso para se ter uma vida boa. Este negocio de ficar se perguntando se fazer isto ou aquilo e’ certo ou errado, e geralmente pensando que tem um Deus invisível assistindo o que você vai fazer so’ existe na cabeça dos pobres. Eu não sei se existe algum tipo de Deus assistindo-nos, mas se você acredita que sim eu pergunto: “Se você faz o que Deus quer e aprova, porque Deus não te protege dos assaltos destes que fazem o que Deus não aprova?” Das duas uma: ou você faz o que eles fazem e dê a sua mulher e filhos uma vida digna de ser vivida e esquece essa metafísica de Deus, ou então esse Deus não aprova que você não está se defendendo dos assaltos.” 

  • ” Uai… mas como vou me defender desses assaltos, como você diz, dos politicos corruptos, dos banqueiros agiotas, dos ladrões dos nossos minérios, etc.?”
  • ” Exato, aí está o que você está fazendo que eu, se fosse Deus não aprovaria: o seu extremo egoísmo que leva a este individualismo que te torna incapaz de chegar aos outros assaltados da sua classe social e se oferecer para ajuda-lo a se defender. Não se esqueça que vocês, da sua classe social, são em muito maior número que os assaltantes, portanto voces tem o poder para se defenderem, Deus, a natureza, ou seja la’ o que for, deu esta dádiva para você, e você não a aceita, não a assume, porque você tem ruindade em si para com seus irmãos de família, de profissão, de classe social. Assim Deus te abandonou e não está te assistindo e por isso nao esta te protegendo.”  

O que ele diz, está certo ou errado? Bem… certo ou errado em relacao a que? Se esta certo ou errado depende dessa questao relativistica.

Pensando nisso, vou tentar identificar ao que de fato ele está se referindo quando expressa sua personalidade. Então vejo dois fatos principais: a natureza e o resto dos seres humanos, que e’ quem ele está falando.

Quanto `a sua definição da relacao natureza/humanos acho que ele esta certo. No principio a natureza neste planeta era muito caótica e estéril (lembre a imagem de outros planetas sem vida), e depois quando ela criou os animais havia um meio-ambiente com alguns poucos locais quase paradisíacos para a existencia deles, e a maioria de locais sofriveis para a vida humana. Não sabemos onde e como a aquela natureza de paisagem esteril e tempestuosa conseguiu que suas forssas e elementos produzissem estes paraisos, a vida com sua enorme diversidade, ao mesmo tempo que produziu seres vivos em ambientes torturantes nos quais estes seres foram torturados e mesmo assim, atuando com um desejo irracional para sobreviver na tortura.

Com isso ja’ vamos percebendo que nao temos o conhecimento do que e’ natureza e como e porque ela fez aqui o que fez. Por exemplo, porque criar a felicidade de um lado e a tortura em outro? Porque ela tem essa dupla face de aplicar o bem ao mesmo tempo e na mesma medida que aplica o mal?

E com isso ja’ percebemos que o “filho” cometeu erros crassos ou omissoes cegas na sua definicao da natureza. Ele apenas mencionou a face natural da alegria que oferta dadivas e omitiu, se cegou, para a outra meia-face que so oferece dores e miseria. Pelo que ele disse, ele cre que a face boa tem um “magnetismo da vida”, e quem se conecta com esse magnetismo e’ agraciado com os privilégios. Claro esta que estamos perante uma criacao imaginaria metafisica, um atestado numa crenca de fe, e nao um ato racional. Ele sera incapaz de mostrar e provar esse “magnetismo da vida”, muito menos explicar de onde viria da natureza esse magnetismo, e seu dizer poderia sugerir que “na outra meia-face da vida, a do “mal”, nao existe esse magnetismo da vida”.

 

Calma la’! O Combate aos Instintos Predador/Presa deve considerar que ambos possuem propriedades salutares no momento evolutivo

terça-feira, maio 1st, 2018

xxxx

https://www.msn.com/en-us/money/companies/jeff-bezos-dreams-of-a-world-with-a-trillion-people-living-in-space/ar-AAwBb9T?ocid=spartanntp&ffid=gz

Jeff Bezos dreams of a world with a trillion people living in space

Nesta notícia percebi algo nunca pensado antes e um alerta de que vou ter de mudar de attitude. Tanto o instinto de predador como o instinto de presa que a humanidade herdou em genética do seu passado animal tem muita coisa de ruim, porém tem algumas coisas boas que são necessárias e inevitáveis para a evolução e salvação da humanidade, portanto, estas coisas boas devem ser preservadas. Uma delas esta aqui revelado por Bezos ( dono da AMazon e o mais rico com U$ 130 bilhoes de dolares) e por Elon Musk ( outro bilionatio dono da Tesla e da Space X). Ambos têm uma visão do futuro da humanidade: Temos duas alternativas – acreditam eles – Ou investimos pesado agora no desenvolvimento da ciência e tecnologia espacial e salvamos a humanidade para um futuro brilhante ou dirigimos a humanidade para um estado de êxtase eterno mas estúpido, robótico, enquanto a natureza nos permitir viver aqui. Tanto assim acreditam que cada qual criou uma companhia para atividades espaciais e já’ estão mandando foguetes para o espaço ( só não entende porque nao se juntaram numa companhia so, o que seria muito mais racional e vantajoso).

Enquanto isso, a maioria das pessoas comuns que me rodeiam, ignoram totalmente estas crenças, e quando pergunta, criticam tal comportamento dizendo que deveriam dar o dinheiro para matar a fome do mundo agora. Estas pessoas são preguiçosas mentais que ao invés de buscarem informações úteis para consertar e evoluir a humanidade não resistem a buscar os videos e piadas apimentadas dos colegas igualmente comuns no facebook ou whatsup. Por isso nao sabem – como Bezos mostra saber nesta noticia desde sua infancia – que a humanidade esta aumentando seu consumo de energia a todo ano de maneira que se isso continuar sem alteração em alguns anos vamos ter que cobrir o planeta com paineis solares para captar a energia necessaria para sobreviver mos. E pior ainda será se dermos dinheiro agora para todo mundo comer a vontade, pois pessoas comuns se multiplicam que nem coelhos e aí a necessidade de energia será muito maior.
Mas porque os grandes bilionarios se tornaram bilionarios por si mesmos? Porque neles atua com grande dominancia os genes de predador, e com muita recessividade inercial, os genes para gado. E os predadores tem como um de seus predicados a ansia indomavel de querer cada vez mais territorio e firmar-se sobre o território conquistador com garras, unhas e dentes. Ora, essa invasão do espaço sideral e’ nada mais, nada menos, que a luta por mais territorio. Quanto mais se expressa o instinto de gado, de presa, menos interessa por territorio apresentam: nos touros com um teor de predador se ve a defesa do pasto e ataque a invasores, mas nas ovelhas, nada: nem enxergam invasores, estão concentradas na grama sob seus narizes e satisfeitas se ao lado estão vendo mais grama para as proximas horas. Estas jamais se interessariam em ciências e tecnologia especial.
E’ óbvio que os dias da humanidade na Terra estão contados, planetas estão sempre em movimentos e transformações internas e externas, são lentos porque seu tempo e’ astronomico em relacao ao tempo dos humanos, mas eles se transformam e varrem toda vida de sua superficie. E estrelas queimam seu combustível e morrem, este sistema solar vai acabar. A única esperança da humanidade evitar dores e ranger de dentes a nossas futuras gerações e’ correr agora contra o tempo e investor pesado na ciencia e tecnologia especial, vamos ter que emigrar, e como diz Bezos, instalar captadores e transmissores da energia solar em outras luas e planetas.
Então, no final a lei natural que eu havia esquecido quando resolve que os instintos de predador e presa tinham que serem tenazmente combatidos, e que mostra que a evolução sempre coloca dois opostos em conflito para extrair os 50% de bom de cada um e eliminar os 50% de mal de cada um, funciona aqui também: ao menos temporariamente e como mal necessario inevitavel, temos que preserver alguns dos predicados destes instintos. temos agora que identifica-los, como acabei de identificar este, sobre conquista e posse de territórios.

Tiririca na simulação do computador corresponde ao boi na assembleia dos lobos

quinta-feira, março 22nd, 2018

xxxxxxx

Neste video o deputado Tiririca se despede do cargo dizendo aos demais deputados que “esta muito triste pelo que ele viu durante sete anos daqueles deputados que “nao estao trabalhando e se preocupando com o povo”. Nossa analise:

https://www.facebook.com/roberto.senatrindade/videos/1468267843299442/

 

Como se comportaria um boi que foi retirado do meio do gado e colocado no antro dos lobos e raposas com as regalias de ser respeitado e não devorado no ambiente? Para responder basta observar o deputado Tiririca.

Esta minha maneira de simular o desenvolvimento dos comportamentos humanos em cima de um software que representa o comportamento dos animais na selva, não e’ aprovada por mais ninguém alem de mim, mas aplico este método porque ele tem resultado na sugestão de muitas soluções para melhorar a vida humana que ninguém mais tem visto, e alem disso tem feito avançar meu conhecimento e entendimento da condição humana. O método funciona porque humanos e suas cidades são uma extensão dos animais e sua selva.

O boi e’ o Tiririca, o antro dos lobos e’ a assembleia visível ao publico, porque a verdadeira assembleia dos lobos acontece nos bastidores ocultos onde o Tiririca nunca foi convidado. Enquanto no alto da colina os grandes predadores que dirigem isto tudo espraiam-se nas orgias palacianas. Esta situação em que os leões permitem a um ou alguns bois subirem para a Assembleia de seus cães-de-guarda ( contra a vontade destes), apenas acontece quando os cães-de-guarda e todo aparato do sistema não esta’ dando o lucro desejado do vampirismo da energia das presas, porque as presas de alguma maneira não estão produzindo o requerido. Ao menos isto e’ o que vejo na simulação do computador.

Assim como as religiões criadas pelos predadores, essa aura do imaginário coletivo criada sob os nomes pomposos de “governo”, “politica”, “democracia” e tantas outras abstrações ilusórias, não afeta o poder de fato dos predadores, por isso ficam de portas abertas a médios predadores e ate’ quando as presas urram demais chorando as torturas, da-se um cala-boca no sentido de elegerem um boi ou uma vaca para passar pela porta, o que gera o efeito surpreendente de fazer as presas calarem o choro porque lhes reacendeu alguma esperança, e claro, ilusória.  sabem de antemão que o boi admitido não vai cheirar nem feder nada, porque boi nunca deixara’ de ser dominado pelo instinto de presa, o qual começa por entorpecer o cérebro inibindo qualquer busca de conhecimento mais elevado, o qual seria necessário para algum plano visando aproveitar a oportunidade para conquistar algum beneficio `a massa de presas. As portas abertas tem o efeito colateral de permitir a entrada furtiva daqueles nascidos dentre o gado porem com mutação genética tendente ao instinto de médio predador – que foi o caso do PT – e que pode causar prejuízos ao poder estabelecido, mas não vamos nos ocupar desse efeito colateral aqui. O Tiririca não foi este caso, o que se notou no seu semblante risonho tipico das presas de fazer brincadeiras da própria desgraça, que não se via nos semblantes carrancudos e barbudos dos elementos do PT.

Hoje mesm0 acabei de descobrir – numa pesquisa bem diferente sobre genética, um pormenor que se aplica a este assunto. Descobri que a causa natural que impediu os aminoacidos obtidos pelo experimento de Muller/Urey darem o segundo passo na evolução do processo das origens da vida, que seria o salto para formar proteínas, e’ a mesma causa natural que esta’ impedindo os 53% da população de presas do Brasil (a população miscigenada de índios e negros), darem o segundo passo na evolução do cérebro que seria a saída do umbral do egoismo/individualismo tipico das presas, para entrar no portal do coletivismo social ( por sinal uma simulação semelhante a longa cadeia de aminoacidos em coletividade que compõem uma proteína). Esta causa e’ um ingrediente natural faltante, tanto no frasco do laboratorio do Muller/Urey quanto no cranio daqueles 53% da população. Cujo mesmo elemento notoriamente esta faltando no cérebro do Tiririca, um exemplar tipico dos 53%. Esta ingenuidade simplista o leva a declarar e mesmo acreditar que fez o seu trabalho direito, que cumpriu sua missão, mesmo tendo que contradizer-se em seguida revelando que nada fez, alem do que a Assembleia dos lobos lhe permitiu. Desperdiçou assim uma grande oportunidade dos 53% conquistarem um naco do território na calada da noite, Ele ainda acredita e diz que o salario era mais que suficiente para mante-los trabalhando nos assuntos do povo, enquanto em seguida confessa que durante seu mandato correu o pais fazendo seus shows de palhaço, obtendo renda extra. Ou seja, o tempo em que um verdadeiro e compromissado trabalhador na causa que ele diz representar e para a qual apela para “nobres sentimentos” que não existem dentro daquelas quatro paredes, empregaria como trabalho de casa, no estudo e busca do conhecimento dos assuntos pertinentes, era desviado para shows de palhaços.

Estes 53% da população contem milhões de copias da Matrix/DNA, cada qual com uma informação genética unica, pessoal, intransferível, e da qual necessitamos mortalmente se quisermos nascer numa condição transcendente e sem nenhum aleijão por falta do trabalho de algum gene. Então temos que empregar todo esforço possível na busca da elevação material e intelectual desta população, ao mesmo tempo que temos de lhes corrigir a visão de mundo totalmente errada na qual foram doutrinados pelos predadores, para que, fortes e livres, sigam o caminho da transcendência e não o caminho do Admirável Mundo Novo sob as malhas de algum Big Brother.

Neste sentido perdemos uma oportunidade, que foi oferecida pelo fenômeno Tiririca. Fora da Assembleia ele diz que correu o pais falando com o povo ( geralmente numa churrascada de bêbados a contarem piadas), pois ele tinha acesso apenas as presas, nunca ao meio dos lobos que elegem o resto da Assembleia e que possuem as informações sobre um segundo nível do escalão do sistema. Ora, as presas não tem nenhuma informação para orienta-lo a atuar na Assembleia a seu favor, e aqui deveríamos ter entrado nos, de alguma maneira nos inserido no meio do povo com quem ele conversava, para chamar sua atenção ao que estava deixando de fazer.

E o que Tiririca deixou de fazer na oportunidade de acelerar a evolução mental do povo para conquistarem fracões de melhorias de vida e conhecimento naturalista? Foi por isso que vi a necessidade de escrever e registrar este artigo abrindo mais um capitulo de pesquisa de um assunto muito importante e que tenho deixado passar despercebido. A pesquisa sobre quais os itens e métodos eficientes para promover esta evolução. Creio que mais uma vez a formula da Matrix/DNA nos fornecera muitas sugestões, pois ela contem o segredo do ingrediente faltante neste estagio do processo evolutivo, e o qual podemos identificar.

xxxx

Obs: esta pesquisa deve abrir um novo diferente capitulo

Pesquisa:

  1. Aplicando o MRI nos cérebros dos primitivos e dos “um grau evoluídos”, ver as diferenças das sinapses… (claro, estou brincando…)

Predador e presa: estrategia para exorcismo sugerida por Chaos Theory

sexta-feira, fevereiro 23rd, 2018

xxxxx

Inspirado no texto abaixo:

( http://aip.scitation.org/doi/10.1063/1.5018728 )

To recap the history of the subject, the earliest investigations in synchronized chaos were due to Fujisaka and Yamada7.  Truly widespread interest was spurred by the work of Pecora and Carroll,1 who obtained synchronization of two Lorenz systems9 by completely replacing one variable, e.g., the X variable, in the “slaved” system by the value of the corresponding variable in the “master” system.

Entao, o que sugere isto para nosso interesse na exorcizacao dos instintos de predador e presa? Pecora e Carrol conseguiram uma sincronizacao entre dois sistemas caoticos identificaram e isolaram uma variavale comum nos dois sistemas. Claro, se a variavel e’ a mesma em dois sistemas diferentes, o valor das duas variaveis devem ser diferentes, senao isto igualaria os dois sistemas.  A seguir eles inseriram o valor mais elevado da variavel no sistema predador na variavel do sistema presa.

Entao, qual e’ umam variavel comum a um humano com instinto predador e outro humano com instinto de presa? Joao e Gil. Trunp e Darcy? Claro, nao pode ser uma variavel relacionada ao aspect fisico do corpo, pois isto nao tem como mudar. Tem que ser relacionada ao mental.

Depois que identificar as variaveis, avaliar sua intensidade no predador e ten tar aplicar esse valor de intensidade na presa, que certamente tera uma intensidade men0r.

Tentar identificar variaveis:

1 ) Crenca em Deus?

2) Apego limitado ao imediatismo?