Posts Tagged ‘religiao’

O cristianismo e’ uma forssa para o bem da humanidade ou nao? Neste debate o publico decidiu que nao e’.

domingo, fevereiro 18th, 2018

xxxx

Quais devem ser as escolhas dos humanos para que a Humanidade tenha vida longa e melhor? Existe uma grande diferenca nas respostas quando separamos as pessoas em dois grupos: os que conhecem mais a natureza a nivel universal e os que conhecem muito menos. Neste video podemos vivenciar esta diferenca se comparar-mos as escolhas de uma plateia intelectualmente mais evoluida com as escolhas do povo comum que sao expressadas no dia a dia. A questao do debate e’: o cristianismo e’ uma forssa para o bem da humanidade ou nao? Dois altos representantes da Igreja Catolica sao confrontados com dois nao-religiosos com elevada educacao sobre os aspectos gerais da humanidade e da natureza universal. O fato de que as igrejas retiram da sociedade elevadissima soma em dinheiro e propriedades, devolve a titulo de esmolas uma paquena parcela deste dinheiro, e o maior montante e’ absorvido pela Igreja para aumentar seu patrimonio e distribuir entre seus elementos que consomem produtos e nada produzem com suas maos, ja revela que as religioes sao buracos negros sugando a ja pobre humanidade. Mas quem enxerga uma questao como essa tem que ser bem treinado a buscar o resultado geral final , e isto e’ impossivel ao povo comum que nao se dedica a informacoes e dados que ultrapassem seus limites individuais ambientais. Por nao considerar e nao conhecer a influencia destes aspectos em sua vida individual, mas ao mesmo tempo, por ouvir a fala mansa dos elementos da instituicao ocultando estes fatos, o povo comum votaria a favor da Igreja. Mas nesta plateia de pessoas mais esclarecidas, dentre 2.200 pessoas, 1800 votaram contra a existencia e os efeitos do cristianismo sobre a humanidade.

 

Porque humanos produzem este fenomeno de “crenca no supernatural e Deus?” Paper cientifico sugere novo motivo

sábado, novembro 18th, 2017

xxxx

” Religiao nao e’ um produto intuitivo e nem de questao analitica, como resposta ao desconhecido. E’ mais um produto da infiltracao cultural” – conclui este tipo de pesquisa.

Para se ver uma resenha em portugues do paper com link abaixo, veja antes este link antes – e para saber o que sugere a Matrix/DNA veja meu comentario abaixo:

Estudo conclui que a religião não está relacionada com o pensamento intuitivo ou racional

https://universoracionalista.org/estudo-conclui-que-a-religiao-nao-esta-relacionada-com-o-pensamento-intuitivo-ou-racional/

Nature.com:

Supernatural Belief Is Not Modulated by Intuitive Thinking Style or Cognitive Inhibition

http://www.nature.com/articles/s41598-017-14090-9

E meu comentario publicado pela Nature:

Avatar

It could be an effect of genetic transmission from a father/mother in state of consciousness to its offspring in state of consciousness embedded into matter. To believe ( as modern neurologists) that this matter perceived by our brains becomes itself conscious of its own existence is to believe in supernatural since nobody saw matter becoming conscious and it is seems impossible, rationally. Then, the believer needs a supernatural cause, and invents the ” creative magical randomness able to build complex things”. Since there is consciousness among this matter and it can not comes from this matter, the logical conclusion is that it comes from outside this matter. But, it does not need to come from the supernatural, there is the possibility that it comes from “the natural conscious systems that triggered the Big Bang as an act of fecundation and is being reproduced inside this egg-universe”.
If this hypothesis could be thru ( it is Matrix/DNA Theory) it should be rational that a human baby still fells the links of its consciousness with the producer, but the natural feelings goes lost due life’s experiences. It is not totally lost and what remains is projected as supernatural.
Is this a valid hypothesis ( if is possible to understand what I tried to explain)?

E o comentario enviado para Universo racionalista ( aguardando moderacao):

Existe uma alternativa diferente que de imediato parece inaceitavel mas conhecendo os argumentos pode se tornar racional (sugerida pela Matrix/DNA Theory). E’ possivel que a crenca em deuses supernaturais seja efeito de genetica transmissao de “pais” em puro estado de consciencia para rebentos em estado de consciencia fetal embebidos num meio material. Modernos neurologistas informam que a consciencia seja produto da materia, porem nunca ninguem viu materia se tornando auto-consciente de sua propria existencia e isto parece impossivel ( como diz-se ter sido provado por teoremas de Godel e Tarski). Entao o crente nesta teoria precisa de inventar uma ideia supernatural: a de um acaso magico capaz de construir complexos sistemas, cuja ideia nao e’ racional. Mas sabemos que na materia existe consciencia e como deduzimos que nao pode ter vindo desta materia percebida pelo cerebro humano e que nao existem fatos indicando a existencia do supernatural, resta uma alternativa logica: a consciencia vem de um Sistema “natural”, consciente, que produziu o Big Bang como um ato de fecundacao e deu inicio `a gestacao genetica de um feto de consciencia embebido nesta materia
Ao nascer um humano, sua consciencia ainda sente os elos geneticos com a consciencia produtora, porem as experiencias da vida na material vai fazendo-o perder esta remota e ofuscada lembranca. Nao a perde de todo, e por isso entao, a situa num possivel supernatural.

Religião: Boa definição para uma consciência superior

segunda-feira, junho 19th, 2017

xxxx

“… a deism of the sort that Thomas Jefferson advocated (“While reason, mainly in the form of arguments to design, assures us that there is a God, there is no room either for any supernatural revelation of that God or for any transactions between that God and individual human beings”).”

I only would change the words:

…. assures us that there is most evolved than us conscious beings, there is no room either for any supernatural revelation of any superior conscious being or for any transactions between any superior conscious being and individual human beings.”

Controversia Entre Bíblicos e Ateus e a Cosmovisão da Matrix/DNA

quarta-feira, março 22nd, 2017

xxxxx

https://www.youtube.com/watch?v=7WaWhkzRE8M

Criacionistas Piram com Cosmos de Neil DeGrasse Tyson – LEGENDADO

Louis Charles MorelliLouis Charles Morelli – 3/22/2017 (Publicado no Youtube)
Não podemos fazer um universo e criar a vida na frente de um crente na Bíblia e nem trazer o Nada na frente de um ateu para ele não ver nenhuma criacao. E a Ciência é uma constatação de fenômenos naturais e nada mais alem disso. Portanto a Ciência é indiferente as teorias humanas sobre coisas que a Ciência não constatou. Enquanto a Ciência não transformar um macaco real em um humano consciente ela nada sabe sobre humanos vindo de macacos, por maior numero de evidencias que humanos arrolem para sua teoria.  Combater a cosmovisão improvável da Bíblia tendo como base uma ausência de cosmovisão comprovada não é logico nem honesto.
Eu construí uma nova cosmovisão teórica que não tem inicio e não é infinita porque começa por um ponto e retorna ao mesmo ponto, dentro de algo que deve estar dentro de algo e isso pode continuar ao infinito ou não. Porem, todos os passos sequenciais desta cosmovisão são alicerçados em fatos constatados pela Ciência. Nesta cosmovisão todas as teorias ditas “cientificas” estão erradas ou incompletas, principalmente as que dizem respeito as origens do Universo e da vida e a evolução. Portanto a minha teoria tem mais evidencias concretas, factuais que as teorias atuais cientificas. A origem do Universo foi um processo genético semelhante ao que da origem a um corpo humano. Não houve origens da vida dentro deste Universo pois os sistemas biológicos vieram de sistemas igualmente animados. A evolução biológica tratada por Darwin e melhorada na Moderna Síntese não funciona sem os mecanismos que vem da evolução cosmológica. E assim por diante, minha cosmovisão sugere estar tudo errado ou incompleto. Porem, jamais serei louco de acreditar que a minha cosmovisão que não foi ainda comprovada é a real e com isso não posso refutar a teoria não comprovada dita cientifica, ou acadêmica moderna. Então vem o conselho acima: arrolar evidencias a meu favor e mostrar como elas estão contra as teorias acadêmica e a  religiosa. Façam o mesmo se querem exorcizar as religiões da mente humana. Mas estejam avisados que a sua cosmovisão também terá que ser mudada.

Religious Forum: Participacao da Matrix/DNA Theory

quarta-feira, novembro 30th, 2016

xxxxx

Comentario/resposta postado no Forum “Religious Forum”

http://www.religiousforums.com/threads/question-about-evolution.193071/

( notar que registrei uma conta através da minha conta do Google, pondo meu e-mail e o nome :Louis Morelli (nao foi feito passyword, username, etc).

Question About Evolution

Discussion in ‘Science and Technology‘ started by Animore, in 11/30/2016 at 7:14 PM.

I know this is a stupid question, but bear with me here. This is not skepticism of any kind, but a mere question.
If a cause of natural selection is mutation, how would that work, if mutation is a random process? I’m stuck here. If natural selection is adaptation, then how could genetic mutation be a part in it if it’s random? Thanks in advance.

xxxx

Louis Morelli New Member

Animore, I think I got your problem, because it is my problem also. Environment is not static, it is changing, and not by random, the changes obeys the laws of Physics. So, will be adapted the mutation that follow laws, that walks and dance in syntony with the environment’s movement. The academic official understanding of evolution is not the knowledge of the long chain of causes and effects that’s coming and advancing since the Big Bang ( and since before it because there was an ex-machine chain producing the Big Bang). We can’t know if is there evolution, or, for example, if we are watching a merely process of reproduction of the thing that was existing before the Big Bang. We are inside this chain, rolling with the chain, we have no view about where it came from and where it is going. As says the Godel’s incompleteness theorem: ” Nobody can knows the thru about a system standing inside it”. Then, we have an academic official “theory” believing in evolution.

I think that natural selection selects what is naturally designed. Natural design is the force producing all mutations. A random mutation should be produced by something coming outside the long chain (which is nature itself), so, a non-natural force. I think that due the existence of another theory, which I think is more rational than the Modern Synthesis from Darwinian theory. It is called ” The Universal Matrix of Natural Systems and Life’s Cycles”, or Matrix/DNA Theory, which is not known by the academic world.
Matrix/DNA built an astronomical model which is exactly equal an unity of information of the DNA – a base-pair of nucleotides. it is the theoretical model that should be the evolutionary ( or reproductive?) link between cosmological and biological evolution. So, if at 4 billion years ago occurred a mutation in the way that terrestrial atoms were doing their connections and producing water, rocks,air, and went to producing RNA, DNA… which already was existing 10 billion years ago at the astronomical system to which this planet belongs,…it was not atomic mutations by random, but, by natural design. If you are interested in seeing this theory, google it. Cheers,…

O maior Debate da Historia da Internet já conta com 489.925 Posts !!! – Bill Nye

quinta-feira, março 31st, 2016

xxxxx

O video publicado em Aug 23, 2012, e já rendeu 7,153,340 visitantes, mas não e’ isto que impressiona. O que impressiona e’ a militância aguerrida destes visitantes, expressada no turbilhão de discussões acaloradas que se segue no Youtube:

xxxxxx
… there is no other logical explanation for the diversity of species and all the other alternative ideas are very weak in comparison.

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – 03/30/2016

+Sahil Kumar – Of course, there is another logical explanation that makes the natural process of evolution more acceptable. It is MatrixLight/DNA: ” Diversity, in universal macro-evolution happens because the genome of a prior natural system is not transmitted as a whole package inside an envelope, like occurs at micro-biological evolution. The genes/information are spread in time and space, by all galaxies, and if they meet at some place at the same time, they joining trying to reproduce the system from where they came from. It happens that these ” smallers and diversified packages” can have a life of their own, if they gets the central nuclear informations. Transformation of species can occurs if it is accessible to new information entering their DNA.” – By the way,… LUCA was in the sky, and diversification here, at least at the microscopic world, were created one by one… by a non-magician natural system.

xxxxx

I’m just wondering, if DNA is so complex, how does evolution play a role in it? How was it created by something so accidental like the “Big Bang”?
Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – 03/30/2016

+TheStichedHuman Hummm… Let’s go to think about the same scene of Big Bang and the following complexity happening here and now? The “explosion” of a spermatozoon’s membrane inside an ovule. It is an event by chance because it could not happen. Then, inside the ovule begins the morula, which becomes more complex as blástula, etc. I elaborated the MatrixLight/DNA world view asking straight on to Nature – in the real Amazon jungle were still exists the witness of life’s origins – all my questions. And Nature always answered questions about the longest times and spaces, pointing out a sample here and now. Why? Nature does not plays dice with its creatures. This Universal Nature is not magician, so, it can not creates new information from nothing. If it produces a new natural system here, called human body, it will apply the method itself was created. That’s why yours fist moment of existence happened with a big bang inside an ovule. That’s why a morila mimics a atom nebulae, the blastula mimics the sky full of galaxies, and so on… yours personal history is the history of this Universe. Why are you wasting time, spending a lot of energy, elaborating complex theories like ” a Omnipotent God” or ” Everything came from Nothing”… if all answers are just here, facing yours eyes? Go to see my website and wander how yours natural origins is divine.

Atheism is stupid as it is so obviously false on every level. God reigns supreme in the temple of heaven. He clearly created all things, but atheists say that didn’t happen, not realizing that evolution is fantasy. So answer me now, why are atheists so stupid?

Louis Charles MorelliLouis Charles Morelli – 03/30/2016

+Navin Smith Atheism is stupidity because it is the other side of the coin which has as one side, creationism. it is ” The coin of the Absurd”. The unique rational state for human beings is agnosticism: ” I don’t know anything about metaphysics”
2 words for Louis C Morelli: agnostic atheism .

Louis Charles MorelliLouis Charles Morelli1 second ago

+ergonomover – Nope… The danger of atheism is that it leads you to believe in something, at least, in the world. But, you knows that if you clean all empty space from galaxies and stellar systems, and after that, cleaning the empty space inside the atoms and particles, this whole Universe’s matter could fit in a tea spoon. Maybe resting only a black liquid substance and a microscopic point of light. So,… This world does not exists, really, man!
We can’t explaining how and why but the true is: “IT DOES NOT EXIST” If you believe that science can to solve this mystery alone, your are being driven to beliefs like Lawrence Krauss ” From Nothing came Everything”, which is such absurd like creationism. There is a point in space /time when all our known natural laws are reversed to its opposite. Only this way there is a logical explanation for this world. Our little brain can not process a image of a world that had a beginning from Nothing, neither a world that had no beginning. There is no third alternative. Yes I am agnostic, not atheist, because after that point in space/time, all impossibles can b possible… till… magical gods…. which does not know that we exists here.

Video com o Melhor Debate Entre Religião x Ateísmo e Meu Post Critico

segunda-feira, dezembro 28th, 2015

xxxxx

Richard Dawkins takes on Religion: Al-Jazeera TV

https://www.youtube.com/watch?v=rRd-jlV82BI

E meu comentario publicado no Youtube:

Louis Charles Morelli Dec -28- 2015

Three things I found wrong about Dawkins message:

1) Believing in ” something from nothing” and then, bringing on the belief in billions of universes. why? Nobody can bringing on the Universe over the table for demonstrating a scientific fact about it. So, any hypothesis about the whole universe is merely metaphysics, not Science.

2) Genes are merely a bunch of atoms. Anthropomorphising them, projecting human traits over them, given “personality to them as selfishness, as the rational metaphysic propose to multiply and surviving, is not scientific, because tendencies, proposes, are not real objects, so, Science can not see them in a bunch of atoms. Believing in these things prejudices Science because it selects the next data to be find and build a hand-caped world view.

3) Dawkins comes from class media, so, it can not understand what the real life of a poor and slaved person is. I can, because I was born homeless He does not know that for that person, suicide is the best rational alternative he/she has. Why supporting a life under torture? Being an agnostic, a rationalist, but against any kind of violence against others, I planned my suicide four times, without any religion telling for doing it. So the basics for suicide is economics. And the basics for politics is pure economics. Religion only furnishes the guns. So, if Dawkins is against suicide bombers, why he focus on religion and not on the predation being made by his own social class, when vampirizing the cheap work of slaves? If Dawkins want a better and peaceful humanity, why he does not fight the values coming from Darwinian theory like the survival of the stronger? Natural history has proved it is wrong when leads to suppression and extinction those fittest, like dinosaurs, lions, eagles, wales, etc. All human social systems created till now, included the British social system is based on the wild jungle rules among animals. So, there are the big predators (the high class), the media predators ( the class media) and the preys ( the slaves workers). For a better humanity is necessary to exorcise this animal inheritance that humans are still carrying out as their moral values. But when Dawkins talks about anthropomorphic selfish genes and theoretical concepts like the survival of fittest, the blind force of evolution, etc., he is doing a bad service to humanity.

And is very convenient to him, keeping him safe from the dirty and manual hard work for producing what he is consuming. By the way, Dawkins still is a little better for us, the preys, than Mehdi Hasan, because his doctrine does not indoctrinate the preys to be satisfied and grateful for their stupid life conditions.To the opposite, they teach the preys to be unified against the predators and revolutionairries.

Cérebro e MRI de Estados Místicos, Religiosos, Produzidos por Campos Magnéticos

sexta-feira, outubro 10th, 2014

xxxxx

Religious experience is a natural product of the brain. (?)

http://www.christianitydisproved.com/brain.html

Aberto para pesquisa dos detalhes. Ver o video: ( Religious experience can be replicated using magnetic fields.)

The Sensed Presence with Dr. Persinger

https://www.youtube.com/watch?v=mDfhTsCm-l8

xxxx

Minha primeira impressão desta nova informação:

A memória humana tem sua História, que vem desde suas origens, sua ancestralidades, até chegar ao ponto em que está hoje. Acontece que essa história da memória obedece o mesmo processo de qualquer corpo evoluindo sob o ciclo vital.  Então essa memória um dia esteve no cérebro de répteis, outro dia antes ainda foi um mero sistema nervoso difuso numa bactéria, ou seja, a memória teve suas formas transformadas em novas formas assim como um corpo humano se transforma pela ação do ciclo vital. Acontece ainda que este ciclo vital vem originalmente das simples ondas de luz natural. Estas ondas são relacionadas com eletromagnetismo. Então quando aplicamos fortes forças eletromagnéticas no cérebro, estamos mexendo com toda essa história e diferentes niveis, dimensões, da Natureza. cada etapa da história da memória é relacionada com cada etapa de um espectro eletromagnético de uma onda de luz, ou seja, cada fase da evolução da memoria teve sua especifica frequencia vibracional. Ora, quando aplicamos uma força eletromagnética sobre o cérebro, estamos invadindo-o com uma especifica frequencia energética, muitas vezes sem saber-mos qual frequencia está chegando ao cérebro. E cada tipo de frequencia ativa um especifico campo da memória relacionado a uma especifica era anterior de sua evolução. Com isso, a memória envia ao cérebro, ou à “mente”, flashes registrados naquela época. Não sei ainda porque neste caso especifico desta experiencia do Dr. Persinger, os pacientes revelam estados religiosos, fato que vou investigar.

Pesquisa Mostra o Fim Próximo das Religiões. A Nova Geração Será Uma Nova Espécie de Humanos. Mas qual?!

sexta-feira, julho 13th, 2012

“Do total das pessoas ouvidas este ano nos USA, 44% afirmaram ter “bastante confiança” nas igrejas. Em 2002, esse percentual foi de 45% e em 1973, quando começou essa série de pesquisa, foi de 66%. De lá para cá, houve, portanto, queda de 22 pontos percentuais.”

Portanto, contra fatos não existem argumentos: os fatos indicam que as crenças religiosas serão expulsas de mente humana. Isto vai mudar muita coisa, principalmente vai cair o nivel de obediência das populações aos seus govêrnos que eram sustentados pela força da moral produzida pelas crenças religiosas. Os templos religiosos, as igrejas, hoje ainda nos centros das cidades, serão utilizados para alguma outra coisa. Penso que é um tema demasiado importante, por isto abro êste capitulo, para registrar as informções que vierem aparecendo e continuar uma pesquisa. Por enquanto, fica registrado o artigo com o link abaixo, e a seguir meu comentário que seria postado no artigo.


Paulo Lopes Blog:

Continua em queda confiança dos americanos nas igrejas, diz Gallup

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2012/07/confianca-na-religiao-continua-em-queda-nos-eua.html#ixzz20XDkPMox

SEXTA-FEIRA, 13 DE JULHO DE 2012

xxx
O que postei:
Luois Morelli:
” Bem, ou estou com um problema de convulção para a escrita ou o problema está na plataforma de seu blog, pois é-me impossivel comentar tal tema dentro do limite de 4096 caracteres.
O planeta Terra foi dominado pela espécie humana, esta dirige destinos de acordo com o que vai em sua “psique”, e esta é modelada por fatores como visões do mundo, as quais podem ser distorcidas por crenças religiosas ou equivocados/incompletos conhecimentos materialistas. Então o tema “queda das religiões” é fundamental, deve ser parte ativa nas nossas reflexões e planejamentos de vida. Não é assunto para ser comentado e debatido pela parte da atual geração das palavras sem vogais e frases curtas. É um assunto e uma oportunidade para pensadores registrarem publicamente seus pensamentos desordenados tentando ordená-los perante uma critica coletiva.
A minha alternativa foi abrir um capitulo no meu website para registrar a matéria, registrar minha confusão de dados e informações relacionados, e continuar una pesquisa.
No entanto vai uma questão: penso que o imaginario humano é uma camada nebulosa no cortex,formada por relampagos das sinapses e seus plasmas iluminados imitando as nuvens. Essa camada é um apêndice avançado de um acessório que está se firmando enquanto a evolução está gerando esta nova forma de sistema natural, a auto-consciência. Mas um apêndice avançado não é ainda usado e pode se atrofiar por desuso. Então é onde entra a utilidade das fantasias, sejam as das crianças fantasiando o mundo real, seja da humanidade-criança fantasiando através de mitos e religiões.
Estarei errado nesta teoria sôbre o imaginario? Se não, a que nova espécie de humanos conduzirá a queda das religiões? Existe ou existirá outro tipo de fantasia da qual a psique necessita para manter o instinto da sobrevivencia de uma condição de vida absurda?”
xxx
E o que deveria ter postado:
Louis Morelli:
” Êstes fatos indicam que os deuses serão definitivamente expulsos do imaginário humano.Mas os humanos das próximas gerações serão destituídos do imaginário? Ou haverá outros tipos de fantasias para mantê-los? A que destino se dirigiria uma Humanidade totalmente materialista? Em que tipos ela transformará seus sistemas sociais? Não seria o imaginario um fator imprescindível para os humanos manterem ideais altruistas, como o sacrificio no trabalho,obediência a uma ordem moral, etc.? E não seria o imaginario um apêndice natural e indispensável da mente atual na sua evolução para uma próxima forma,algo mais complexo? Se sim, não estaria a morte das fantasias que alimentam e suportam o imaginario, tornando a humanidade num novo beco sem saída, como foram todos os grandes animais ancestrais?
A morte das fantasias com o avanço do poder tecnológico tende a nos conduzir a humanos felizes e satisfeitos no Admirável Mundo Novo sob o contrôle do Big Btrother? Uma espécie em que a evolução da consciência é bloqueada tornando-se debilóide, apesar de fisicamente feliz? Isto nos conduziria a instalar um sistema fechado em si mesmo, a Humanidade tendo si encerrada sua finalidade? Haveria motivações para debilóides se prestarem aos sacrificios da aventura espacial abrindo possibilidades para outros destinos?
A Natureza por si só, e seus encantamentos, seria uma eterna fonte de reabastecimento do imaginario e de uma moral existencialista? E a crença numa visão exclusivamente materialista forneceria uma gama de valores subjetivos suficientes para que os individuos suportem uma ordem social?
Podemos fazer algo agora enquanto as religiões agonizam para planejar um curriculum educacional de maneira que os novos nascidos sejam encaminhados para rejeitarem as tentações do Admirável Mundo Novo, sejam abastecidos com informações que mantenha um estado psicológico propicio à evolução fisiológica do cérebro e evolução cósmica da consciência, mantendo esta livre antes que seja definitivamente entorpecida e aprisionada? Ou nada podemos fazer agora e nos resta observar como o mundo conduzirá nosso destino, com a esperança que êle tenha algo escondido que será apropriado no momento certo? Como talvez uma nova porta aberta para a evolução mental pelas misteriosas vibrações quanticas no vácuo sideral?
Talvez a minha experieência anormal nessa existência sirva de base para pensar-mos êste futuro. Tambem comecei minha vida acreditando num Deus, mas os revezes da vida somados ao bombardeio de informações cientificas sôbre a realidade natural foram aos poucos dilapidando essa crença. Assim imitei no micro e no individual o fenômeno que está ocorrendo no macro e no coletivo.Então o que aconteceu comigo após a queda da crença, pode tambem imitar o que vai acontecer com o coletivo.
Tive que procurar um novo porto onde ancorar o instinto da sobrevivência, pois passei a oscilar entre a submissão à tortura no dia seguinte ou o término de tudo pelo suicidio agora.Aqui parece-me que a humanidade será dividida em dois grupos: os ricos dos pobres. Os ricos tenderão a manter êste instinto simplesmente porque a vida lhes dá prazer. Mas e os pobres? Qual a razão em manter uma existência sob tortura? Até agora essa “razão” tem sido justamente a ausência dela
no imaginario devido as fantasias religiosas e suas promessas de esperanças. Numa classe média baixa tem sido a esperança no enriquecimento o suporte dêsse instinto.Mas apenas existe esperança no enriquecimento enquanto a economia estiver em boa situação. A crise atual conduzindo milhões às ruas entre paises pobres e ricos ilustra bem como a vida perde valor no imaginario se enfraquecer a esperança no enriquecimento material.
Enfim, êsse tema é importante porque provavelmente êle nos afetará ainda em vida se as religiões continuarem a cair no atual passo. Eu gostaria de ver um espaço na Internet aberto para os pensadores de plantão debaterem o tema, e aqui, nessa acolhedora casa virtual do Paulo Lopes, seria uma opção.
Antes de finalizar preciso trazer mais um detalhe importante. Todas as metrópoles dos países ricos estão cercadas por bolsões de imigrantes, minorias éticas, constituindo a gama dos trabalhadores nos serviços “sujos”.A êstes tem sido assustador o acréscimo dos novos milhões de cidadãos que perderam suas casas como nos USA, ou agora aposentados que perdem parte de suas aposentadorias na Grécia,Espanha, etc. Então me lembro como foi o fim da Idade Média e queda do Império Romano. As ordas se revoltaram e incendiaram as cidades. Contra essa fôrça interna de nada valem as bombas atômicas na modernidade. Penso que o que tem mantido e pode manter a ordem social é um imaginario desviado da razão pelas fantasias, como as religiosas. Mas com o fim destas, e no evento de uma crise economica maior, o que impediria a destruição da elite imperial na Idade Moderna?!

Êstes fatos indicam que os deuses serão definitivamente expulsos do imaginário humano.Mas os humanos das próximas gerações serão destituídos do imaginário? Ou haverá outros tipos de fantasias para mantê-los? A que destino se dirigiria uma Humanidade totalmente materialista? Em que tipos ela transformará seus sistemas sociais? Não seria o imaginario um fator imprescindível para os humanos manterem ideais altruistas, como o sacrificio no trabalho,obediência a uma ordem moral, etc.? E não seria o imaginario um apêndice natural e indispensável da mente atual na sua evolução para uma próxima forma,algo mais complexo? Se sim, não estaria a morte das fantasias que alimentam e suportam o imaginario, tornando a humanidade num novo beco sem saída, como foram todos os grandes animais ancestrais?
A morte das fantasias com o avanço do poder tecnológico tende a nos conduzir a humanos felizes e satisfeitos no Admirável Mundo Novo sob o contrôle do Big Btrother? Uma espécie em que a evolução da consciência é bloqueada tornando-se debilóide, apesar de fisicamente feliz? Isto nos conduziria a instalar um sistema fechado em si mesmo, a Humanidade tendo si encerrada sua finalidade? Haveria motivações para debilóides se prestarem aos sacrificios da aventura espacial abrindo possibilidades para outros destinos?
A Natureza por si só, e seus encantamentos, seria uma eterna fonte de reabastecimento do imaginario e de uma moral existencialista? E a crença numa visão exclusivamente materialista forneceria uma gama de valores subjetivos suficientes para que os individuos suportem uma ordem social?
Podemos fazer algo agora enquanto as religiões agonizam para planejar um curriculum educacional de maneira que os novos nascidos sejam encaminhados para rejeitarem as tentações do Admirável Mundo Novo, sejam abastecidos com informações que mantenha um estado psicológico propicio à evolução fisiológica do cérebro e evolução cósmica da consciência, mantendo esta livre antes que seja definitivamente entorpecida e aprisionada? Ou nada podemos fazer agora e nos resta observar como o mundo conduzirá nosso destino, com a esperança que êle tenha algo escondido que será apropriado no momento certo? Como talvez uma nova porta aberta para a evolução mental pelas misteriosas vibrações quanticas no vácuo sideral?
Talvez a minha experieência anormal nessa existência sirva de base para pensar-mos êste futuro. Tambem comecei minha vida acreditando num Deus, mas os revezes da vida somados ao bombardeio de informações cientificas sôbre a realidade natural foram aos poucos dilapidando essa crença. Assim imitei no micro e no individual o fenômeno que está ocorrendo no macro e no coletivo.Então o que aconteceu comigo após a queda da crença, pode tambem imitar o que vai acontecer com o coletivo.
Tive que procurar um novo porto onde ancorar o instinto da sobrevivência, pois passei a oscilar entre a submissão à tortura no dia seguinte ou o término de tudo pelo suicidio agora.Aqui parece-me que a humanidade será dividida em dois grupos: os ricos dos pobres. Os ricos tenderão a manter êste instinto simplesmente porque a vida lhes dá prazer. Mas e os pobres? Qual a razão em manter uma existência sob tortura? Até agora essa “razão” tem sido justamente a ausência dela      no imaginario devido as fantasias religiosas e suas promessas de esperanças. Numa classe média baixa tem sido a esperança no enriquecimento o suporte dêsse instinto.Mas apenas existe esperança no enriquecimento enquanto a economia estiver em boa situação. A crise atual conduzindo milhões às ruas entre paises pobres e ricos ilustra bem como a vida perde valor no imaginario se enfraquecer a esperança no enriquecimento material.
Enfim, êsse tema é importante porque provavelmente êle nos afetará ainda em vida se as religiões continuarem a cair no atual passo. Eu gostaria de ver um espaço na Internet aberto para os pensadores de plantão debaterem o tema, e aqui, nessa acolhedora casa virtual do Paulo Lopes, seria uma opção.
Antes de finalizar preciso trazer mais um detalhe importante. Todas as metrópoles dos países ricos estão cercadas por bolsões de imigrantes, minorias éticas, constituindo a gama dos trabalhadores nos serviços “sujos”.A êstes tem sido assustador o acréscimo dos novos milhões de cidadãos que perderam suas casas como nos USA, ou agora aposentados que perdem parte de suas aposentadorias na Grécia,Espanha, etc. Então me lembro como foi o fim da Idade Média e queda do Império Romano. As ordas se revoltaram e incendiaram as cidades. Contra essa fôrça interna de nada valem as bombas atômicas na modernidade. Penso que o que tem mantido e pode manter a ordem social é um imaginario desviado da razão pelas fantasias, como as religiosas. Mas com o fim destas, e no evento de uma crise economica maior, o que impediria a destruição da elite imperial na Idade Moderna?!”

Sindicato dos professores do Rio se mobiliza contra ensino religioso e eu ofereço minha participação

terça-feira, junho 26th, 2012

A matéria está no website do Paulo Lopes, cujo link vai abaixo.

http://www.paulopes.com.br/2012/06/sindicato-dos-professores-do-rio-se.html

http://www.paulopes.com.br/2012/06/sindicato-dos-professores-do-rio-se.html#ixzz1ywSSHMVE

Assim como Deus, se existe,  não apareceu e nada disse sôbre esta noticia, tambem a Matrix/DNA, se existe, nada disse aqui e não podemos mentir desonestamente dizendo que estamos transmitindo sua palavra. Mas assim como os crentes em Deus, e tambem os crentes na não existência de Deus, eu como eleitor da Matrix/DNA intervenho no debate mencionando o que penso ler e interpretar na face da Matrix/DNA, e qual seria sua palavra sôbre o tema. Primeiro vou copiar aqui os tópicos do artigo e dos comentários que se seguem ao artigo que acho interessantes e registrar meu comentário.

1) Artigo: … a entidade vai começar a realizar atos contra o ensino religioso que começa a ser ministrado no segundo semestre nas escolas do ensino fundamental da rede municipal.

R) Louis Morelli: Como?! Mas a constituição brasileira não é como a estadounidense que proíbe a influência de religiões nas decisões do Estado e portanto de qualquer instituição publica pertencente ao Estado? Que Estado é separado de religiões? Se está registrado êste ítem na Constituição Brasileira e alguem desobedeceu, tem que ser retirado do quadro de decisões do Estado e ser punido com multa em dinheiro e tempo de prisão. Não pode haver senões aqui. Se o juíz que for incumbido de julgar o caso tomar decisão diferente tambem estará agredindo a Constituição e deverá ser punido da mesma maneira.

Religiões (assim como visões do mundo, cosmovisões, filosofias, ideologias, etc.), devem serem vistas como produtos de algumas mentes humanas nas suas operações buscando explicações para existências dos fatos reais e dos eventos ocorridos que sugerem ao restante das mentes humanas a existência de fôrças invisiveis e imperceptíveis aos sentidos humanos que estariam envolvidas em tais fatos e eventos.  Portanto são religiões tôda asserção a  fôrças ou elementos aos quais não foram oferecidas provas pelo método cientifico enquanto êste se resume à compilação das fôrças e elementos que são causas comprovadas dos fatos e eventos reais. Portanto na gama das religiões são arroladas as crenças em deuses não comprovados, assim como as crenças nas teorias naturalistas ( teorias do Big Bang, da abiogênese, e em certo grau, a teoria da Síntese Moderna enquanto baseada na teoria da evolução neo-darwinista que ainda não comprovou serem seus postulados universais as causas fundamentais dos fenômenos que estuda), e como a crença na teoria da Matrix/DNA.

Acertado isto vem as perguntas: a escola publica deve conter em seu curriculum educacional um espaço para informar os alunos de que existem as religiões e o que são, cada uma delas? A Constutuição Federal não proíbe isto? Todos os cidadãos da nação devem retirar parte dos produtos de seu trabalho ou posses para sustentar êste espaço, se fôr aprovado? Ou se existem cidadãos que não autorizam que uma parcela de seus produtos pagos ao Estado sejam destinados a êste espaço e portanto devem ser respeitados em suas decisões, aos cidadãos que concordarem pagar por tal espaço serão obrigados a construir suas escolas privadas?

Quanto ao curriculum educacional atual, quais as   fronteiras em cada área, da Biologia, da Física, da Quimíca, da Geologia, da Matemática, entre os fatos e eventos reais comprovados pelo método cientifico e as interpretações teóricas feitas por quaisquer cidadãos sôbre tais fatos e eventos? Delineadas as fronteiras, e identificados as matérias concernentes às teorias, enquadrados os espaços tomados por estas teorias, como serão resolvidas tendo em vista as questões acima?

Minha sugestão: Apesar de intangível, inapalpável, invisível e indefinida, o fenômeno mental, que consiste no conjunto de todos os pensamentos produzidos nas sinapses das conexões neuroniais no cérebro humano, foi provado pelo método cientifico que é um elemento ainda abstrato mas do qual emana uma fôrça real capaz de interferir e dirigir a matéria, não só a limitada a corpos humanos como aseus efeitos no mundo exterior a tais corpos, inclusive afectando o Estado. Portanto, esta fôrça, seu suposto elemento causador que é a mente e seus efeitos, suas produções, devem sim, serem inseridas no curriculum educacional das escolas publicas. As religiões, as ideologias, as cosmovisões, as teorias cientificas, são tais produtos. Tôdo aluno deve ter o direito de poder absorver o conhecimento d6estes produtos, suas origens, histórias e estados atuais, para que não tenham que reinventar a roda, repetir êrros comprovados que outros cometeram, e assim, conhecedor de tôdo o existente, ter sua mente livre sem qualquer tipo de coerção ou direção, para escolher um dos produtos existentes ou elaborar o seu próprio… e requerer que, no caos de ter elaborado um novo e inédito produto, seja considerado em juízo sua inclusão no curriculum educacional.

Enquanto ninguem vier discutir as conclusões acima, e apresentar fatos ou eventos reais que disprovam tais conclusões, continuarei firme a defendê-las publicamente denunciando que no atual curruculum educacional existem muitos êrros. E militarei ativamente quando ocorrer sugestões ou medidas efetivas que aumentem tais êrros, como por exemplo êste fato denunciado pelo Sindicato dos Professôres do Rio de Janeiro. E particularmente publico minha opinião de não entendimento do porque os pais dos alunos em tais escolas estão aceitando estas agressivas contravenções da lei constitucional contra a saúde mental de seus filhos.

( Tenho que interromper agora êste artigo, mas voltarei para termina-lo)